meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Hemope realiza coleta externa em Moreno

    | Saúde

    A equipe de Coleta Externa do Hemope estará no município de Moreno, nesta quarta-feira (20). A ação, que tem como objetivo manter o estoque de sangue da instituição, será realizada no Salão Paroquial da Igreja Matriz Nossa Senhora da ConceiçãoO atendimento está programado para ocorrer das 9h às 15h e tem previsão de atender 100 candidatos. O santuário fica na Avenida Cleto Campelo, sem número, centro.

    Para doar sangue, é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos - neste último caso, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos -, pesar, no mínimo, 50kg, estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas), alimentado e apresentar documento original, com foto, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social). Menores de 18 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis e ambos devem estar munidos de documento com foto.

    Cidades: Moreno
    Assuntos: hemope, coleta externa, doaçao de sangue, ses
    Compartilhe: Link para o post:
  • Projeto Boa Visão é implantado em Petrolina

    | Educação, Saúde

    Consultas serão ofertadas na UPAE, oitava unidade no Estado dentro da ação
     
    Neste segundo semestre, as Unidades Pernambucanas de Atenção Especializada (UPAEs) de Caruaru e Garanhuns iniciaram os atendimentos do Projeto Boa Visão. A partir desta terça-feira (19.09) será a vez da UPAE de Petrolina. Com essa, já são oito unidades ofertando consultas e exames oftalmológicos para estudantes e profissionais da rede estadual de saúde.
     
    A UPAE Petrolina atenderá o público dos sete municípios da VIII Gerência Regional de Saúde (Geres). Além de Petrolina, serão beneficiadas as cidades de Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó. O Boa Visão busca melhorar o desempenho e desenvolvimento das crianças e jovens em idade escolar e dos profissionais da educação, contribuindo para aumentar o rendimento em sala de aula, evitando a evasão escolar.
     
    “O Boa Visão é mais uma iniciativa do Governo de Pernambuco para melhorar o desempenho dos alunos em sala de aula. Com as consultas, é possível verificar os problemas oculares dos estudantes e oferecer os exames necessários para que seja feito o tratamento adequado para cada caso. Isso pode ajudar no melhor desempenho do estudante em sala de aula e, consequentemente, dar mais qualidade de vida aos jovens”, diz a coordenadora do Projeto Boa Visão na Secretaria Estadual de Saúde (SES), Mayra Ramos.
     
    Antes da consulta na UPAE, os pacientes passam por uma triagem prévia na própria escola. Essa triagem é feita pelos profissionais de cada unidade, que são capacitados para verificar os estudantes que aparentam ter algum problema ocular. Na UPAE, os alunos serão vistos por um especialista e realizarão exames complementares. Caso seja indicado, os óculos são entregues, gratuitamente, pelo Lafepe.
     
    “Nos sentimos muito honrados em fazer parte desse projeto pela sua importância em si. Saúde e educação formam uma parceria de sucesso e nós estamos entrando nesse cenário para somar. A UPAE Petrolina está recebendo o Boa Visão de braços abertos e na expectativa de também fazer a diferença para o Sertão do Estado”, ressalta a coordenadora geral da UPAE Petrolina, Ana Beatriz Mota Aguiar.
     
    Além da UPAE Petrolina, o Boa Visão já está implantado nas unidades de Limoeiro, Caruaru, Belo Jardim, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada.
     
    DADOS Desde 2012, já foram mais de 94 mil atendimentos e cedidos, após indicação médica, 59 mil óculos, produzidos gratuitamente pelo Lafepe.
    Cidades: Petrolina
    Assuntos: UPAE, projeto boa visao, ses, geres, lafepe
    Compartilhe: Link para o post:
  • Lei Seca realiza atividades na Semana Nacional do Trânsito

    | Saúde, Mobilidade, Trânsito

    Além da fiscalização, equipes educativas irão atuar em escolas da RMR e Interior 

    A partir desta segunda-feira (18/09), quando tem início a Semana Nacional do Trânsito, o Estado de Pernambuco mobiliza as equipes da Operação Lei Seca (OLS) para desenvolver atividades de conscientização de condutores, pedestres e estudantes. O tema escolhido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), para este ano, tem como mote “Minha escolha faz a diferença no trânsito”. Em Pernambuco, a OLS, sob a coordenação da Secretaria Estadual de Saúde (SES), montou cronograma de palestras educativas na Região Metropolitana do Recife (RMR) e Interior do Estado. 

    Serão realizadas 86 atividades em escolas, universidades, empresas e associações por meio de seminários e palestras. Desse número, 51 instituições de ensino serão visitadas. Já na manhã desta segunda (18), ocorreu ação de panfletagem e orientação pela equipe educativa da OLS, no Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa). Entre os dias 19 e 22, os municípios de Itapissuma e Olinda irão receber a Feira Nacional de Trânsito, conjunto de atividades direcionadas aos estudantes de escolas públicas e ao público circulante desses municípios com foco na prevenção de acidentes, uso da faixa de pedestre, utilização de cinto de segurança, uso de celular e consumo de bebidas alcoólicas. Demais cidades do interior mobilizam suas ações por meio das Gerências Regionais de Saúde (Geres), com apoio da OLS, órgãos e instituições parceiras.

    Dando continuidade às atividades, no sábado (23) a mobilização será por meio de uma blitz educativa, na avenida Agamenon Magalhães, em parceria com o Detran-PE, Corpo de Bombeiros, Samu, Política Militar de Pernambuco e Universidade de Pernambuco (UPE). Na ocasião, as equipes irão abordar condutores para realização de sensibilização sobre as leis de trânsito e respeito ao pedestre. “Nosso trabalho está focado na conscientização dos condutores a fim de motivá-los a refletir sobre a prevenção de casos de acidente. Em nossas ações educativas, nossos educadores que são pessoas com deficiência, cadeirantes e muletantes, que sofreram lesões ocasionadas por algum tipo de acidente de trânsito, vão demonstrar na prática o impacto pós-acidente e falar sobre a importância do uso dos equipamentos de proteção individual”, salientou o coordenador da Operação Lei Seca, Fábio Bagetti. Em 2016, a Operação Lei Seca em ações durante a Semana Nacional de Trânsito sensibilizou 8.997 pessoas em palestras em escolas, blitz e ações educativas.

    Assuntos: ses, semana nacional do transito, operaçao lei seca, conscientizaçao, detran
    Compartilhe: Link para o post:
  • Mata Norte tem atendimento gratuito de saúde nesta segunda-feira (18)

    | Social, Saúde

    Além de orientação nutricional, a Arena da Cidadania de Paudalho terá aferição de pressão e exame de glicose, além de assistência social com corte de cabelo e manicure, entre outros serviços

    Atendimentos gratuitos de saúde, assistência jurídica, assistência social e atividades esportivas estarão disponíveis gratuitamente para a população de Paudalho, na Zona da Mata Norte do Estado, a partir da próxima segunda-feira (18), na Arena da Cidadania de Paudalho. O evento, que segue até a quinta-feira (21) na quadra externa do Loteamento Primavera, é promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco em parceria com a Prefeitura de Paudalho e com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Econômico e Social (ABDESM).

    Cerca de 800 jovens são esperados. As inscrições são gratuitas e realizadas no local das atividades, que ocorrem sempre entre 8h e 12h e entre 14h e 17h. Os atendimentos de saúde contarão com orientação nutricional, aferição de pressão e exame de glicose. Também haverá assistência social com corte de cabelo e manicure, entre outros serviços, e atividades esportivas como alongamento, futebol e gincanas. A assistência jurídica será prestada por especialistas disponíveis para esclarecimentos. 

    A ação visa contribuir com o fortalecimento do papel social dos jovens, resgatar a cidadania e desenvolver uma metodologia participativa da autoestima, despertando o sentimento comunitário com foco no bem comum. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (81) 98136-5514.

    SERVIÇO: Arena da Cidadania de Paudalho

    Local: Quadra do Loteamento Primavera
    Horários: Entre 8h e 12h e entre 14h e 17h
    Programação: Atividades de saúde, assistência social e cidadania, atividades físicas e recreativas, corte de cabelo e manicure, entre outras.
    Informações: (81) 98136-5514.

    Cidades: Paudalho
    Assuntos: sdscj, arena da cidadania de paudalho, assistencia social
    Compartilhe: Link para o post:
  • Campanha de Multivacinação imuniza crianças e adolescentes em PE

    | Saúde, Juventude, Infância

    Até o próximo dia 22, postos de saúde realizam atualização dos cartões de vacina 

    O Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação levou crianças e adolescentes aos postos de saúde espalhados pelo Estado de Pernambuco, no último sábado (16.09). Essa estratégia vem sendo adotando desde 2012 e tem a finalidade de atualizar a situação vacinal de rotina da população de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). Cada município organizou suas ações para o Dia D. 

    Atualmente, o calendário nacional de vacinação conta com 14 vacinas para as crianças e 5 para os adolescentes. Por isso, é fundamental que toda a população alvo compareça aos serviços de saúde levando a caderneta de vacinação, até a próxima sexta-feira (22.09), para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas, para completar o esquema vacinal. Com isso, é possível evitar casos de sarampo, coqueluche, difteria, tétano, HPV, meningite, poliomielite, hepatites A e B, entre outras doenças.

    “A Campanha de Multivacinação busca chamar a atenção dos pais e responsáveis para que mantenham a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes em dia. Esse é um momento oportuno para fazer a atualização e, com isso, evitar diversos tipos de doenças, inclusive algumas que estão fora de circulação no Brasil, como a poliomielite, que foi registrada pela última vez em Pernambuco em 1988”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo.

    Entre as vacinas que poderão ser aplicadas nas crianças, estão as das hepatites A e B, tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo), meningocócica C, BCG e as contra a poliomielite. Já para o público entre 7 e menores de 15 anos, há a dupla adulto (dT - difteria e tétano), hepatite B, meningocócica C e HPV.

    Edjane Maria de Souza levou os filhos e o sobrinho à Unidade Básica de Saúde Bairro Novo, em Camaragibe. Após avaliação dos profissionais da unidade, só o sobrinho Joanderson Alexandre, de 13 anos, precisou atualizar a caderneta. O adolescente recebeu a dose contra meningite. “Sempre fico atenta as datas para vacinação, campanhas como essas e as doses que são aplicadas de acordo com a idade deles”, disse.

    “Para cada vacina é estabelecido o número de doses, a idade mínima e máxima para receber cada dose e os intervalos ideais entre as elas. Se um esquema vacinal não for completado ou for realizado no tempo inadequado, a pessoa não ficará imune às doenças”, ressalta Ana Catarina.

    Assuntos: ses, dia d, campanha de vacinaçao, multivacinaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Dia do Ortopedista lembrado no HMA

    | Saúde

    Uma equipe de quase 50 profissionais em traumato-ortopedia se reveza para atender a demanda diária que chega ao Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, referência em Traumato-Ortopedia, Cirurgia Geral e Clínica Médica. Nesta terça-feira, dia 19 de setembro, esse pessoal será lembrado no HMA, na passagem do Dia do Ortopedista. Coordenada pelos médicos Antônio Queiroz (foto 1) e Sormane Britto (foto 2), a equipe, formada por plantonistas e residentes, realiza atendimentos e cirurgias. Somente no ano passado foram 4.300 cirurgias em traumato-ortopedia; uma média de quase 360 por mês, associadas às mais variadas patologias. O Hospital Miguel Arraes agradece por toda a dedicação desses profissionais e deseja um feliz dia a todos os seus ortopedistas. 

    Cidades: Paulista
    Assuntos: hospital miguel arraes, dia do ortopedista
    Compartilhe: Link para o post:
  • IST/Aids/Hepatites Virais: SES investirá R$ 500 mil em projetos

    | Saúde

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES) financiará dez projetos comunitários que trabalhem as infecções sexualmente transmissíveis (IST), Aids e hepatites virais. Ao todo, serão disponibilizados R$ 50 mil por projeto, totalizando R$ 500 mil. Podem se inscrever Organizações Não-Governamentais (ONG) e outras Organizações da Sociedade Civil (OSC), sem fins lucrativos, com sede em Pernambuco e com, no mínimo, 2 anos de existência. O objetivo da iniciativa é reduzir a incidência das infecções pelo HIV e outras IST; ampliar o acesso e melhorar a qualidade do diagnóstico, tratamento e assistência aos portadores do HIV/Aids e outras IST; e fortalecer as instituições públicas e privadas responsáveis pelo controle das IST/AIDS.

    O edital do processo de seleção pública foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira (15.09). Ele também está disponível no portal.saude.pe.gov.br.  Serão considerados no processo de seleção somente projetos direcionados para os segmentos da população mais vulneráveis, obedecendo o quantitativo a seguir:  Homossexuais e/ou bissexuais, travestis, transexuais (2 projetos financiados); Adolescentes jovens masculino e feminino (2); Mulheres (1); Pessoas vivendo com HIV/Aids (2); Profissionais do sexo (2); e Pessoas vivendo com Hepatites Virais (1).

    Os projetos devem ser entregues até o dia 17.10. Já o parecer técnico da coordenação municipal/gestor de saúde (do município onde as ações serão desenvolvidas) pode ser encaminhado até 24.10. Ambos devem ser enviados ao Programa Estadual de IST/Aids/HV à Rua Dona Maria Augusta Nogueira, 519 – Bongi, CEP 50.751-530 – Recife/PE, com o título: DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO DE PROJETOS. No dia 27.10 serão divulgados os projetos habilitados para seleção e em 21.11, o resultado final. A análise das iniciativas será feita por um Comitê Externo de Seleção, constituído por quatro profissionais de Universidades e Instituições Públicas de Ensino e Pesquisa não ligados a ONGs/OSCs.

    Cada atividade selecionada deve ter a duração de 1 ano, a contar da data do pagamento da primeira parcela. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) fornecerá, sem custo, insumos de prevenção (preservativos e gel lubrificante) necessários às atividades previstas, de acordo com o solicitado e após análise do órgão.

    Assuntos: ses, projetos comunitarios, investimento, processo de seleçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • SES distribuirá preservativos masculinos e femininos na Parada da Diversidade

    | Saúde

    Além de ter política de saúde para população LGBT, Estado reforçou respeito ao uso do nome social.

    Na 16º Parada da Diversidade, que ocorre neste domingo (17.09) na orla de Boa Viagem, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) distribuirá preservativos e fará sensibilização e divulgação sobre prevenção às infecções sexualmente transmissíveis (IST). Durante o evento, os técnicos do Programa Estadual de IST/Aids entregarão 130 mil camisinhas masculinas, 2 mil preservativos femininos e 16 mil sachês de gel lubrificante.

    O Programa Estadual ressalta que, mensalmente, abastece os municípios pernambucanos com esses insumos de prevenção, que são disponibilizados em todos os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Serviços de Assistência Especializada (SAE), além dos postos de saúde. É importante ressaltar que a população deve ter acesso livre aos preservativos, podendo pegar a quantidade que necessitar.

    HOMENAGEMA secretária executiva de Coordenação Geral da SES, Ana Cláudia Callou, é uma das homenageadas da 16ª edição da Parada da Diversidade. A gestora foi eleita por unanimidade pelo colegiado do Fórum LGBT pelo seu desempenho voltado ao direito e cidadania da população LGBT, agindo no combate ao preconceito que atinge esse público.

    POLÍTICAS PÚBLICAS Pernambuco é um dos cinco Estados brasileiros que contam com um ambulatório especializado para a população trans. O Estado também foi o primeiro do Nordeste a criar uma Política Estadual de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, lançada em 2015. Entre as ações da Política, está o trabalho para aliviar o sofrimento, dor e adoecimento relacionados aos aspectos de inadequação identitária, corporal e psíquica nas travestis e pessoas transexuais, além de garantir a atenção necessária durante todo o processo de readequação sexual. Além disso,vem sendo reforçada a humanização do acolhimento para lidar com as especificidades de cada grupo.

    Já em 2017, foi publicada uma instrução normativa para respeito ao uso do nome social nos serviços de saúde do Estado.

    Cidades: Recife
    Assuntos: ses, parada da diversidade, lgbt
    Compartilhe: Link para o post:
  • Dia D da campanha de multivacinação para crianças e adolescentes é neste sábado (16.09)

    | Saúde, Juventude, Infância

    Será neste sábado (16.09) o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação. Essa estratégia vem sendo adotando desde 2012 e tem a finalidade de atualizar a situação vacinal de rotina da população de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). Cada município organizará suas ações para o Dia D. 

    Atualmente, o calendário nacional de vacinação conta com 14 vacinas para as crianças e 5 para os adolescentes. Por isso, é fundamental que toda a população alvo compareça aos serviços de saúde levando a caderneta de vacinação, para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas, para completar o esquema vacinal. Com isso, é possível evitar casos de sarampo, coqueluche, difteria, tétano, HPV, meningite, poliomielite, hepatites A e B, entre outras doenças.

    “A Campanha de Multivacinação busca chamar a atenção dos pais e responsáveis para que mantenham a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes em dia. Esse é um momento oportuno para fazer a atualização e, com isso, evitar diversos tipos de doenças, inclusive algumas que estão fora de circulação no Brasil, como a poliomielite, que foi registrada pela última vez em Pernambuco em 1988”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo.

    Entre as vacinas que poderão ser aplicadas nas crianças, estão as das hepatites A e B, tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo), meningocócica C, BCG e as contra a poliomielite. Já para o público entre 7 e menores de 15 anos, há a dupla adulto (dT - difteria e tétano), hepatite B, meningocócica C e HPV.

    “Para cada vacina é estabelecido o número de doses, a idade mínima e máxima para receber cada dose e os intervalos ideais entre as elas. Se um esquema vacinal não for completado ou for realizado no tempo inadequado, a pessoa não ficará imune às doenças”, ressalta Ana Catarina.

    Assuntos: ses, dia d, campanha de vacinaçao, multivacinaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • 2,1 mil pessoas receberam medula óssea em Pernambuco

    | Saúde

    Primeiro procedimento no Estado foi em 1999. Este ano, 133 já saíram da fila de espera

    Neste sábado (16.09) é celebrado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea. Desde 1999, quando foi realizado o primeiro procedimento em Pernambuco, até julho deste ano, 2.186 pessoas fizeram transplante de medula. Só neste ano, até julho, 133 pacientes saíram da fila de espera, uma ampliação de 10% em relação ao mesmo período de 2016, com 121 procedimentos. Ainda há 20 pessoas aguardando pela doação.

    Para ser doador de medula óssea, é preciso fazer o cadastro no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). Em Pernambuco, o cadastro é feito no Hemope. Para doar, é preciso ter entre 18 e 55 anos e levar RG e CPF. Além de uma palestra informativa sobre a doação de medula óssea, será feita a coleta de uma amostra de sangue do possível doador para os testes de compatibilidade. Uma vez no banco de dados, o possível doador pode ajudar alguém em qualquer lugar do Brasil e também do mundo. Mais informações podem ser obtidas pelo 0800.081.1535.

    É importante ressaltar que a doação só ocorre quando há compatibilidade entre a medula do doador e a medula do receptor. A chance de encontrar um doador compatível em um banco de medula é de 1 em 100.000. Também é importante frisar que o candidato à doação já cadastrado precisa manter seus dados atualizados no sistema do Redome (telefone, endereço). Para isso, basta acessar o link https://goo.gl/MoN1G4 e fazer a atualização.

    MEDULA ÓSSEA

    Tecido líquido-gelatinoso que ocupa o interior dos ossos, popularmente conhecido como tutano. Ela tem um papel fundamental no desenvolvimento das células sanguíneas, pois é lá que são produzidos os leucócitos (glóbulos brancos), as hemácias (glóbulos vermelhos), e as plaquetas.

    TIPOS DE TRANSPLANTES DE MEDULA ÓSSEA

    O transplante pode ser alogênico, quando as células precursoras da medula provêm de outro indivíduo (doador), de acordo com o nível de compatibilidade do material sanguíneo. A primeira opção é sempre pela medula de um irmão. Se o indivíduo não tem irmão ou este não é compatível, também verifica-se a compatibilidade com a mãe e o pai. Se não há um doador aparentado com boa compatibilidade, procura-se um não aparentado compatível. Este tipo de transplante também pode ser feito a partir de células precursoras de medula óssea obtidas do sangue de um cordão umbilical.

    Já o transplante autólogo é feito a partir das células da medula do próprio indivíduo transplantado (receptor). Esse tipo de transplante é usado basicamente para doenças que não afetam a qualidade da medula óssea, ou seja, aquelas que não têm origem diretamente na medula ou quando a doença já diminuiu a ponto de não ser mais detectada na medula (estado de remissão).

    TIPOS DE COLETA DA MEDULA:

    - Punção direta: em um procedimento, as células da medula óssea são retiradas do interior dos ossos da bacia, por meio de punções com agulhas. Os doadores retornam as suas atividades habituais em média de uma semana após a doação.

    - Por aférese: o doador recebe uma medicação que estimula a produção das células-tronco e faz com que as células da medula óssea sejam levadas para a corrente sanguínea. Essas células são retiradas pelas veias do braço do doador, ou por um acesso venoso central com uso de uma máquina de aférese.

    Assuntos: redome, registro de doador de medula ossea, dia mundial do doador
    Compartilhe: Link para o post: