Governo do estado de
Pernambuco

Blog

Prefeituras podem procurar sede do órgão, no Recife, para obter auxílio na documentação necessária para acessar recursos e apoio estadual e federal. Nesta quarta-feira, o Estado contabiliza 6.650 desabrigados

A Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado montou, em sua sede, uma estrutura de apoio às cidades que decretaram situação de emergência por conta das fortes chuvas que atingiram Pernambuco desde a semana passada. O objetivo é orientar os municípios no preenchimento do Sistema Integrado de Informações de Desastres, para que tenham acesso aos recursos e apoio estadual e federal. A Codecipe fica na Avenida Cruz Cabugá, 1211 - Santo Amaro. (Fones 3181-2490 e 199). O trabalho recebeu o reforço de sete representantes da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e do Grupo Nacional de Apoio a Desastres, inclusive com a presença do secretário nacional, coronel Alexandre Lucas.

De acordo com os dados compilados pela Central de Operações da Codecipe, 6.650 pessoas estão desabrigadas no Estado, principalmente na Região Metropolitana do Recife e Mata Norte. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) renovou o aviso meteorológico, uma vez que persistem instabilidades no Oceano Atlântico que favorecem pancadas de chuvas isoladas, com intensidade moderada na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata nesta quarta-feira (01.05), com tendência de redução gradativa até o final de semana. A Defesa Civil, porém, alerta a população a permanecer atenta, sobretudo nas áreas de risco.

Ainda de acordo com a Apac, as Plataformas de Coleta de Dados dos municípios de Timbaúba, Vicência e Nazaré da Mata na bacia do Rio Goiana se mantém em cota de alerta, com tendência de estabilidade. Mesma situação de Jacuípe. Já São Lourenço da Mata, na bacia do Rio Capibaribe, e São Benedito do Sul, na bacia do Rio Uma, estão em cota de pré alerta, também com tendência de estabilidade. Os demais pontos monitorados estão estáveis, com cota em situação normal.

A Compesa atualizou situação das barragens localizadas nas regiões Metropolitana do Recife, Agreste e Mata Norte. A RMR continua com seis mananciais com capacidade máxima de acumulação e vertendo: Várzea do Una (São Lourenço da Mata), Duas Unas (Jaboatão dos Guararapes), Pirapama (Cabo de Santo Agostinho), Sicupema (Cabo de Santo Agostinho), Utinga (Ipojuca) e Bita (Ipojuca). Outras barragens importantes para a região continuam acumulando um bom nível de água, a exemplo de Botafogo, que chegou a 79,7%, e Tapacurá, que atingiu 75,9%.

Na Mata Norte e no Agreste, onze mananciais estão com capacidade máxima de acumulação e vertendo: Inhúmas e Mundaú (Garanhuns), Santana II (Brejo da Madre de Deus), São Jacques (Lajedo), Pedra Fina (Bom Jardim), Pau Ferro (Quipapá), Siriji, (Vicência), Caianinha (São Joaquim do Monte), Orá/Cursaí (Paudalho), Tiúma, (Timbaúba) e Tabocas/Piaça (Belo Jardim). As barragens do Prata, Jucazinho e Poço Fundo continuam sendo monitoradas. O Prata atingiu 73,89%; Jucazinho alcançou 15,84%; e Poço Fundo está com 17,28%.

RODOVIAS – O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) permanece monitorando as rodovias estaduais e federais sob sua jurisdição. De acordo com informações registradas hoje, ainda há alguns trechos com alagamentos ou deslizamento de barreiras, que provocam interdições parciais ou tráfego em meia pista. Seguem os registros atualizados:

Região Metropolitana do Recife
BR-232: Km 62 - Pombos (sentido Recife) - deslizamento de barreira, com interdição parcial da via.

Mata Norte

PE-040: Chã de Alegria - deslizamento de barreira, com tráfego interditado na via. Os veículos estão trafegando pelo perímetro urbano da cidade.

PE-041: Araçoiaba (imediações da Usina São José) – Açude transbordou, destruindo grande parte da área utilizada pela usina como retorno e estacionamento. Ao longo da via há resíduos na pista e deslizamento de barreiras. Empresa mobilizada para executar serviços de limpeza. Veículos podem transitar com cautela pela rodovia.
Vicinal Mussurepe: km 6 - Paudalho - Ponte sobre o Rio Capibaribe foi arrastada pela correnteza, gerando perda total.
PE-095: Limoeiro/Passira (comunidade de Ribeiro do Mel) - Duas erosões na pista, já sinalizadas. Empresa mobilizada para executar serviços de recomposição.

Mata Sul

PE-063: Km 24 – Amaraji (área urbana) - risco de deslizamento de pista (lado direito), com interdição parcial da via.

Agreste Meridional

PE-177 - Próximo ao entroncamento com a BR-104 (perto de Quipapá)- deslizamento de barreira, sem impacto no tráfego. Limpeza em andamento.

PERNAMBUCO SOLIDÁRIO – No primeiro dia de funcionamento, a campanha Pernambuco Solidário, promovida pelo Governo do Estado, arrecadou mais de 1,2 mil donativos, entre roupas, calçados, alimentos, itens de higiene pessoal e colchões. Os materiais foram entregues por pessoas físicas ou jurídicas nos 19 pontos de arrecadação já em operação na Região Metropolitana do Recife e interior do Estado. Além de receber doações, a campanha conta com duas cozinhas solidárias no Centro da Juventude de Santo Amaro e no Centro Social Urbano (CSU) da Imbiribeira. Por meio desse trabalho, mais de 1,1 mil refeições foram preparadas e disponibilizadas para comunidades afetadas pelas chuvas. A lista completa de pontos de arrecadação está disponível no site www.sdscj.pe.gov.br/pesolidario. Mais informações pelo telefone 0800.081.4421.

 

Governador designou seus auxiliares diretos para somar esforços com os gestores municipais visando o restabelecimento dos serviços básicos e a assistência à população

O governador Paulo Câmara anunciou, em reunião promovida pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), na tarde desta terça-feira (31.05), que designou secretários estaduais para trabalhar em linha direta com os prefeitos das cidades atingidas pelas chuvas, que decretaram situação de emergência. O objetivo é acelerar o restabelecimento dos serviços básicos e a circulação nos locais afetados pelos temporais, além de prestar assistência à população.

A decisão foi tomada mais cedo, durante reunião com os secretários e representantes dos demais órgãos envolvidos na operação de assistência e recuperação dos impactos das chuvas. O governador reforçou que os trabalhos devem focar no restabelecimento dos serviços essenciais, como abastecimento de água, fornecimento de energia elétrica, desobstrução de vias e assistência social.

“Esse é um passo adiante do que vem sendo feito até agora. Estamos próximos de concluir a busca pelos desaparecidos e temos uma tarefa muito importante pela frente, de dar assistência às pessoas desabrigadas e cuidar do restabelecimento dos serviços e dos acessos viários. Será um trabalho que vai levar semanas, e os secretários vão atuar de maneira integrada com os prefeitos nessa tarefa”, afirmou Paulo Câmara.

Durante a reunião da Amupe, realizada por videoconferência, o governador também ouviu as necessidades urgentes dos prefeitos e assegurou que mesmo os municípios que não decretaram situação de emergência vão contar com o apoio do Estado.

 

A lista de municípios e secretarias que irão trabalhar de maneira conjunta ficou definida da seguinte forma:

 

Abreu e Lima, Araçoiaba e Igarassu – Desenvolvimento Social

 

Glória do Goitá, Nazaré da Mata, Lagoa do Carro e Paudalho - Controladoria Geral

 

Aliança, Macaparana, São Vicente Ferrer, Timbaúba e Vicência - Desenvolvimento Agrário

 

Cabo de Santo Agostinho - Desenvolvimento Urbano e Habitação

 

Camaragibe, Moreno e São Lourenço da Mata – Educação

 

Recife - Infraestrutura e Recursos Hídricos

 

São José da Coroa Grande e Rio Formoso - Meio Ambiente e Sustentabilidade

 

Bom Jardim, Limoeiro e Passira - Trabalho, Emprego e Qualificação Profissional

 

Jaboatão dos Guararapes - Justiça e Direitos Humanos

 

Paulista - Prevenção à Violência e às Drogas

 

Goiana e Olinda – Cehab

 

Equipamento inaugurado pelo governador Paulo Câmara vai tornar mais eficiente o monitoramento, garantindo respostas mais ágeis aos órgãos responsáveis pelo controle ambiental

O governador Paulo Câmara inaugurou, nesta terça-feira (08.03), as novas instalações do Laboratório Professor Adaucto da Silva Teixeira. Com investimento de R$ 5,3 milhões, o equipamento, localizado na Praça Farias de Neves, no bairro de Dois Irmãos, zona norte do Recife, vai ampliar o trabalho de análise físico-química e bacteriológica para a água, além de proporcionar mais celeridade nas respostas do monitoramento da qualidade das águas dos rios, praias (balneabilidade) e reservatórios do Estado.

“Temos a preocupação de providenciar as ferramentas necessárias para tudo que precisa ser fiscalizado, controlado e planejado em Pernambuco. O laboratório está equipado para dar respostas rápidas a tudo aquilo que precisa ser feito para que as pessoas possam, efetivamente, saber que moram em um Estado que faz um controle adequado dos seus recursos hídricos e da qualidade do ar”, afirmou Paulo Câmara.

De acordo com o secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, o laboratório tem um destaque especial, por ter dado origem à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), em 196. Com a inauguração do novo equipamento, o laboratório de análise de ar e da qualidade do solo também será reativado. “Com isso, somado ao que já se faz em termos de análise de água e de um cuidado geral do meio ambiente, a CPRH se tornará um equipamento de referência para os municípios, empresas e também para o Governo do Estado”, explicou Bertotti.

O novo laboratório conta com mil metros quadrados de área construída, em dois pavimentos, com 22 salas onde serão distribuídos os setores administrativos (recepção, sala de reuniões, gerências), o setor de amostragem e o setor de biologia (laboratórios de microbiologia e hidrobiologia) e de físico-química. “A construção do prédio do laboratório representa uma conquista muito grande para o estado de Pernambuco e para a CPRH”, disse o diretor-presidente da agência, Djalma Paes.

Também participaram da inauguração a vice-governadora Luciana Santos; a secretária-executiva de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Inamara Mélo; a presidente da Compesa, Manuela Marinho; a procuradora do Ministério Público de Pernambuco, Cristiane Roberta; o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, José Patriota; e o secretário de Meio Ambiente do Recife, Carlos Ribeiro.

 

 

--

 

 Nesta quarta-feira (30), o sistema de compartilhamento de bicicletas BikePE recebe 100 novos veículos que serão integrados às estações já em operação no Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes. O recebimento das novas bicicletas será realizado no Parque da Jaqueira, onde está a segunda estação com maior retirada de veículos, ficando atrás apenas da estação Boulevard Rio Branco – local onde foi realizada a entrega de 60 bicicletas em fevereiro.

As novas bicicletas serão colocadas nas estações do centro do Recife (Santo Amaro, Santo Antônio, Boa Vista e Recife Antigo) por apresentarem maior demanda dos usuários. Mas, pela natureza do serviço, podem “flutuar” para outras estações nos dias seguintes sendo distribuídas naturalmente nas regiões atendidas. Agora o sistema passa a operar com 960 bicicletas e 90 estações. Cada uma delas realiza, em média, quatro viagens por dia e os usuários as utilizam por, em média, 30 minutos.

Atualmente o Bike PE conta com 19.105 clientes ativos distribuídos entre os planos avulso (R$ 3,40 por 30 min), diário (R$ 8,00 por 60 min, sendo 120 min nos domingos e feriados), mensal (R$ 29,90 por 60 min, sendo 120 min nos domingos e feriados) e anual (R$ 239,90 por 60 min, sendo 120 min nos domingos e feriados).

A TemBici opera o sistema BikePE, que tem patrocínio do banco Itaú e gestão da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Pernambuco. Líder em micromobilidade na América Latina, é responsável por mais de 60 milhões de deslocamentos com bicicletas nas principais capitais brasileiras, como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife, Porto Alegre e Brasília, além de Santiago, no Chile, e Buenos Aires, na Argentina. O recebimento das bikes estava previsto para o final de abril, mas foi antecipado em um mês graças à articulação da Secretaria Executiva de Políticas Urbanas da Seduh.

Escritório da Bicicleta – Também nesta quarta, será apresentado o Projeto de Lei que instituirá o Conselho Consultivo Escritório da Bicicleta. Formado por cicloativistas, acadêmicos, prefeituras e órgãos do estado para o assessoramento da ciclomobilidade em Pernambuco, o organismo assessorará a coordenação das tarefas internas de ciclomobilidade e terá as funções de promover o uso da bicicleta. O papel do Conselho Consultivo Escritório da Bicicleta será o de dar o apoio necessário às prefeituras para garantir que a infraestrutura cicloviária a implantar seja feita de acordo com os parâmetros de desenho e qualidade estabelecidos no PDC.

Termo de cooperação - A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Pernambuco (Seduh) assina termo de cooperação técnica com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) para desenvolver ações que possibilitem a ampliação e melhoria na infraestrutura cicloviária da cidade do Recife, para que os ciclistas tenham mais segurança viária, além de estimular o uso da bicicleta nos deslocamentos cotidianos da população.

O plano de trabalho prevê três eixos: adequação dos ciclos existentes e implantação de novos; instalação de paraciclos; e realização de campanhas educativas. As vias que serão contempladas com o termo de cooperação técnica para adequação e implantação de novos ciclos são:
 Rua Professor Othon Paraíso
 Avenida Boa Viagem
 Avenida Professor José dos Anjos
 Ciclovia Camilo Simões
 Ciclofaixa de Brasília Teimosa
 Ciclofaixa do Canal do Cavouco

A intenção é dotar as vias de maior segurança para que os ciclistas possam utilizar com maior frequência, apontando as necessidades de cada trecho (segregador, gradil, parapé, balizadores, sinalização horizontal e vertical) e realizando a manutenção dos espaços. A aquisição e implantação dos dispositivos – inclusive paraciclos – caberão ao Governo de Pernambuco, através da Seduh, após celebração de convênio. O termo ainda prevê a realização de campanhas educativas voltadas à conscientização de motoristas de veículos motorizados sobre o respeito aos pedestres e ciclistas.


 

Na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, governador entregou aos deputados o relatório das ações de 2021 da sua administração e fez projeções para o último de mandato

O governador Paulo Câmara participou, nesta terça-feira (01.02), por meio de videoconferência, da solenidade de reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), e apresentou formalmente aos parlamentares o Relatório da Ação do Governo referente ao exercício de 2021. De acordo com o governador, mais que uma prestação de contas prevista na Constituição do Estado, o documento representa a reafirmação dos compromissos assumidos com a população em relação ao acesso a informações legítimas e transparentes.

Paulo Câmara agradeceu a parceria da Alepe e dos demais poderes do Estado e fez um breve resumo dos desafios e avanços registrados durante sua gestão, com ações em diversas áreas, como educação, segurança pública, saúde e assistência social, entre outras. “São apenas alguns aspectos a serem destacados ao rememorar uma trajetória de quase oito anos, com muitos desafios ainda a vencer, mas com marcos importantes a serem lembrados por todos”, pontuou, acrescentando que este ano as projeções são de que o Estado registre um recorde nos investimentos.

O governador reafirmou ainda que Pernambuco sempre acompanhou atentamente o desenrolar da pandemia do novo coronavírus, adotando ações enérgicas para combater seus efeitos, com base nas recomendações do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, criado no início de 2020. “Todas as medidas adotadas sempre foram precedidas de muito diálogo com os segmentos envolvidos, a exemplo dos poderes constituídos, especialistas em saúde, universidades, prefeitos e entidades da sociedade civil, no intuito comum de salvaguardar a vida dos pernambucanos”, frisou.

O relatório também detalha o Plano Retomada, com mais de mil ações realizadas, nas 12 regiões de desenvolvimento do Estado, orçadas em aproximadamente R$ 3,1 bilhões. O governador observou que a iniciativa já mostrou os primeiros resultados concretos, com Pernambuco registrando, em 2021, o maior saldo de geração de empregos dos últimos dez anos, com quase 90 mil novos postos de trabalho.

Finalizando sua participação, Paulo Câmara elencou as medidas exitosas empreendidas ao longo da sua administração para promover o equilíbrio das contas e o controle de gastos, sem prejuízo para as políticas públicas, permitindo retomar as operações de crédito no mercado nacional e internacional e ampliar o horizonte de investimentos. “Neste momento em que iniciamos o último ano do mandato, gostaríamos de reiterar nossa permanente disposição de luta, capacidade de trabalho e abertura ao diálogo institucional e com a sociedade, honrando os compromissos assumidos e mirando um futuro cada vez melhor para a nossa gente”, concluiu o governador.