Governo do estado de
Pernambuco

Blog

 

Ao todo, serão 628 voos semanais em Pernambuco, cerca de oito mil movimentos, com oferta de um milhão de assentos

O governador Paulo Câmara anunciou, na tarde desta segunda-feira (04.10), a maior malha de voos da Azul em Pernambuco e região Nordeste já consolidada para a alta temporada de verão. Ao todo, serão 628 voos semanais no Estado – 593 deles partindo do Recife para capitais brasileiras, além de outras cidades do interior do País – com dez novas rotas operadas na capital pernambucana e cerca de oito mil movimentos, entre pousos e decolagens, totalizando uma oferta de um milhão de assentos.

Durante o evento, o governador destacou a importância do aumento da malha aérea no Estado. “Nós já tínhamos essa parceria se consolidando com a empresa Azul, e ela vem se ampliando. Se nós olharmos para cinco anos atrás, tínhamos menos de vinte destinos entre Recife e demais municípios brasileiros. Hoje, já são mais de quarenta destinos, ou seja, nós mais que dobramos. Quanto mais voos vindos ao Recife ou passando pelo Recife, mais se abrem oportunidades de geração de renda, de que as pessoas que passam por aqui deixem divisas, ou seja, movimentem a economia. E a gente vê na retomada essa oportunidade. O turismo movimenta toda uma cadeia”, ressaltou Paulo Câmara.

Na comparação com anos anteriores, o crescimento é superior a 15% no número de voos operados na capital e 17% superior ao número de assentos oferecidos no último verão. Além do incremento de voos em rotas que já são operadas, entre dezembro e o fim de janeiro de 2022 a Azul terá voos sazonais do Recife para Boa Vista (Roraima), Macapá (Amapá), Santarém (Pará), Campo Grande (Mato Grosso do Sul), Porto Velho (Rondônia), Curitiba (Paraná), Florianópolis (Santa Catarina), Londrina (Paraná), Galeão (Rio de Janeiro) e Jericoacoara (Ceará), chegando a 42 destinos no total.

A operação é um marco histórico para a Azul e para Pernambuco, visto que nenhuma companhia aérea deteve uma operação dessa magnitude na história do Estado e da região Nordeste. O secretário estadual de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, afirmou que a nova oferta é a consolidação de uma política bem feita de atração de voos, aumentando a conectividade do Recife e de Pernambuco com outras cidades do País.

“A gente vai avançar agora no mês de dezembro para quarenta e dois municípios, dez novos destinos e mais Serra Talhada e Caruaru, também um avanço importante no que diz respeito à aviação regional. Existe a perspectiva de podermos operar pela Azul para Garanhuns e Araripina já nos próximos meses, mas a boa novidade é de contarmos com a alta temporada com uma conectividade ainda maior”, afirmou Novaes.

“Há cinco anos a Azul estava buscando uma localidade mais apropriada para criar o centro de conexões aqui do Nordeste. Na época, existia uma grande disposição do Governo do Estado em investir nisso. Então, foi uma parceria construída a quatro mãos. Mas, além disso, Recife também tem uma vantagem geográfica, está no centro do Nordeste. Então, para a gente que queria construir essa conectividade com toda a região, isso também faz a diferença. Além da economia de Pernambuco, que há cinco anos já estava em ascensão e continua, com algumas obras de grande porte”, disse o diretor de Relações Institucionais da Azul, Marcelo Bento Ribeiro.

Estiveram presentes ao evento desta segunda-feira o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes; o diretor presidente da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), Antônio Neves Baptista; a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça; o prefeito do Recife, João Campos; a secretária de Turismo e Lazer do Recife, Cacau de Paula; além do vice-presidente de Receitas da Azul, Abhi Shaah, e do diretor presidente da Aena Brasil, Santiago Yus.

 

 

Início das obras está previsto para o final de 2021 e começo de 2022, gerando mais empregos diretos nos três municípios do interior do Estado 

O governador Paulo Câmara fechou, nesta quarta-feira (04.08), uma parceria com o grupo Accor, especializado em hospitalidade, e a operadora hoteleira Stelar, para construção de três novos hotéis da rede Ibis que, somados, terão 352 apartamentos. Os empreendimentos serão erguidos nos municípios de Caruaru (Agreste), Serra Talhada (Sertão do Pajeú), e Petrolina (Sertão do São Francisco), com investimentos totais na ordem de R$ 90 milhões.

Em Petrolina, serão 140 apartamentos da marca Ibis Styles. Já Caruaru contará com 120 unidades construídas pela empresa CP., e em Serra Talhada, a responsável pela construção dos 92 apartamentos será a Jodibe Empreendimentos. “Estamos muito felizes em fazer esse anúncio. As construções dos três hotéis, além de incentivar o turismo, também vai gerar empregos diretos nos três municípios, localizados no interior do nosso Estado. Seguimos firmes e empenhados em busca de parcerias para que Pernambuco continue crescendo”, pontuou Paulo Câmara.

O início das obras está previsto para o final de 2021 e começo de 2022. “O anúncio dos três novos hotéis, que vão operar com a bandeira do Ibis, fortalece ainda mais essa retomada do turismo. Pernambuco ganha o reforço de 352 apartamentos na hotelaria, em cidades que são polos de negócios e cultura, como Serra Talhada e Caruaru, que contam agora com voos regionais, além de Petrolina, que já tem um bom fluxo turístico. É mais emprego no turismo e, em breve, mais visitantes circulando pelo interior do Estado”, salientou o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Além do governador e do secretário, estiveram presentes ao encontro o presidente da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), Antonio Neves Baptista; o vice-presidente sênior de Desenvolvimento de Novos Negócios Accor América do Sul, Abel Castro; o gerente de Desenvolvimento Accor Brasil, Henrique Martins; Marcelo Duque, que atua na área de varejo e estruturação de negócios imobiliários; Rafael Amaral, arquiteto e presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-PE); e o empresário Felipe Haeckel, um dos fundadores da operadora Stelar.

Crédito: Francisco Andrade.

Objetivo é promover Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte de forma unificada, aumentando a competitividade dos destinos nos mercados nacional e internacional, gerando emprego e renda para os Estados


Uma nova forma de divulgar o Nordeste. É assim que os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte pretendem de forma unificada promover o turismo na região, aumentando a competitividade dos destinos nos mercados nacional e internacional. Além de difundir ainda mais o apelo histórico, cultural e as belezas naturais dos destinos, a iniciativa busca fortalecer a geração de emprego e renda dessas localidades.

Na manhã da última terça-feira, os secretários de estado de Turismo, Rodrigo Novaes (PE) e Ana Costa (RN); a assessora Especial da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, Sandra Villanova, e a presidente da PBTur, Ruth Avelino (PB), apresentaram ao ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, o projeto, que prevê a promoção conjunta com bases no acervo cultural e histórico de cada estado. A conectividade com os principais destinos emissores domésticos e internacionais e a divulgação da grandiosidade de oferta de produtos e serviços turísticos com impactos reais na econômica de cada região são outros focos da ação.

"Sabemos que cada estado é singular, mas compartilham a mesma essência turística: são destinos de sol e praia com forte tradição e apelo histórico-cultural. Além disso, a proximidade geográfica dos quatro estados possibilita que o turista, em uma única viagem, visite diversos destinos, incrementando a permanência média e gerando mais riquezas para a região", disse o Ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

O secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, destaca que os quatros estados propõem uma articulação inovadora, com nova estratégia de ações e um produto importante para o turismo no Brasil. "No momento em que o setor está sendo repensado por causa das leis e regulamentações pela pandemia, essa é uma ação de extrema importância e peculiar, tendo em vista que nunca houve no turismo algo que unisse a cultura, arte, gastronomia e belezas naturais desses quatro estados que são tão importantes para economia turística nordestina. Tenho certeza de que tem tudo pra dar certo", afirmou.

Para a secretária de Turismo do Rio Grande do Norte, Ana Costa, a iniciativa de integrar os três estados vizinhos ao Rio Grande do Norte será fundamental para apresentar um produto novo ao mercado. "Promover nosso estado em conjunto com a Paraíba, Pernambuco e Alagoas irá colaborar para a retomada do setor, envolvendo vários atores importantes do turismo nacional e internacional", disse.

O projeto, que será desenvolvido e implementado pela BBG Brasil, já aponta "por meios de estudos com todos os envolvidos" a ênfase em alguns produtos segmentados como, por exemplo, Sol e Mar, Luxo, Ecoturismo e Turismo Rural, Arte, Cultura e Gastronomia. "Todo conceito será baseado nos diferenciais de cada região, como atrativos e locomoção - trechos rodoviários, por exemplo, para quem deseja seguir uma viagem pelos destinos de carro", diz Vitor Bauab, da BBG Brasil.

Outro fato que deve ser levado em conta está ligado à divulgação das principais tendências de sustentabilidade e economicidade neste momento pós-pandemia. "Importantíssima a união dos estados nesse momento em que a pandemia dificultou e continua impactando o turismo. Acredito que dará um grande impulso ao Turismo da Paraíba! Estou muito confiante", enfatiza Ruth Avelino, presidente da PBTur.

Na reunião, o ministro Gilson Machado ainda destacou que ideias como estas "fora da caixa" são fundamentais para promover o turismo no cenário atual. "Acredito que as características turísticas semelhantes e a estrutura de primeiro mundo" hoje são quatro aeroportos internacionais com expectativa para mais um em Maragogi (AL)" são fundamentais para a implementação e sucesso de um projeto de promoção como este", ressalta. "Aliás, este projeto pode ser a referência para que outros estados possam desenvolver também ações de promoção e comercialização conjuntas", finaliza.

Foto: Francisco Andrade.

Projeto Pernambulando, site novo e publicidade online formam o conjunto de ações anunciadas nesta terça-feira pelo secretário Rodrigo Novaes em live.

Recife, 15 de junho de 2021 – A Secretaria de Turismo e Lazer e a Empetur promoveram live, na manhã desta terça-feira, para anunciar novidades do Bora Pernambucar, o programa de interiorização do Turismo do Estado para a imprensa. Com foco na preparação de municípios para a retomada do setor no segundo semestre, foram apresentados o projeto Pernambulando, o novo design no site Bora Pernambucar e a programação de divulgação online do destino Pernambuco.

O encontro virtual contou com a presença do Secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, e do presidente da Empetur, Antonio Neves Baptista, “É com muita expectativa que apresentamos essa nova etapa do Bora Pernambucar, uma iniciativa que muito nos orgulha, por ter conseguido de fato despertar o interesse dos pernambucanos por viajar pelo Estado. Durante todo este tempo de pandemia, seguimos trabalhando para uma retomada gradual e segura neste segundo semestre. E agora apresentamos nosso novo site, a campanha de mídia focada em redes sociais e em revistas de turismo, ação nos voos da Azul e o Pernambulando, que vai estruturar as cidades que ainda não possuem CAT”, detalha o secretário Rodrigo Novaes.

Nova menina dos olhos do Bora Pernambucar, o Pernambulando vai funcionar como um ponto móvel de divulgação das atrações turísticas dos municípios. Em formato de carroça, ele tem estrutura móvel, podendo ser facilmente levado a eventos, espaços diversos, possibilitando que a cidade utilize-o da melhor forma que desejar. O nome deste “centro de atendimento volante” traduz a ideia do caminhar, andar por diferentes locais, sem rumo, e ao mesmo tempo, tendo Pernambuco como destino certo.

Inicialmente, 23 municípios das três regiões receberão o novo equipamento: Arcoverde, Águas Belas, Bonito, Buíque, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Gravatá, Goiana, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Itapissuma, Ipojuca (Porto de Galinhas), Lagoa Grande, Palmares, Pesqueira, Petrolândia, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Serra Talhada, Sirinhaém, Tamandaré e Triunfo. Além de um lote do Passaporte Pernambuco, carimbos das cidades e seus atrativos, o Pernambulando terá folheteria atualizada sobre os destinos, o Guia Bora Pernambucar e um tablet acoplado para que os visitantes possam navegar pelo site do programa.

E por falar no site do Bora Pernambucar, está novinho em folha. Além da identidade visual que dá mais visibilidade ao Passaporte Pernambuco, a página oficial do turismo do Estado traz mais informações, fotos e serviços. Agora, 50 municípios são contemplados. Uma das principais novidades é a possibilidade do usuário acessar roteiros integrados, com programação de um a oito dias, por várias cidades. É possível fazer o download da programação da viagem.

Cada aba é referente a um município foi atualizada com dados, novos links de páginas promocionais, atrativos, meios de hospedagem, gastronomia e passeios locais, gerando mais interatividade do usuário com o destino.

A Empetur também deu início a uma nova campanha de mídia digital para divulgar Pernambuco como um destino seguro, dando destaque ao Selo Turismo Seguro, criado pelo Governo do Estado e à certificação internacional, Safe Travels.

A ideia é apresentar Pernambuco como um local seguro para  os turistas que estão pesquisando destinos para viajar. Escolhemos trabalhar com mídias especializadas, redes sociais, além de ação com a Azul, que possui o hub no Aeroporto do Recife. Acreditamos que a campanha ajudará bastante a impulsionar a retomada do turismo local”, pontua o presidente da Empetur, Antonio Neves Baptista.

As peças serão publicadas nas redes oficiais do Turismo do Estado e em sites e revistas especializadas. Um novo vídeo institucional também foi apresentado, além de ações para divulgação da Azul Linhas Aéreas. Ao longo dos meses de junho e julho, serão feitos speech temáticos (fala do comissário) a bordo de aeronaves, anúncio no site da companhia e no Tapete Azul – tecnologia de realidade aumentada usada para indicar ao passageiro o momento certo de embarcar. Essa última ação foi realizada em 16 portões do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

Crédito: Francisco Andrade.

Live é voltada a capacitar gestores e trade turístico sobre potencialidades e atrativos dos municípios. Encontro será nesta quinta, às 16h, e é preciso fazer inscrição

Difundir os destinos turísticos de Pernambuco de forma a capacitar o trade sobre o potencial e oportunidades em todo o Estado é o propósito do projeto "Conexão Municípios - Famtour Virtual". Nesta quinta-feira, às 16h, o encontro online abordará as potencialidades do Cabo de Santo Agostinho, no Litoral Sul, e de Caruaru, no Agreste do Estado.

O evento é gratuito e busca aproximar destinos e agências de viagens para fortalecer a comercialização de pacotes para cada região. A ação é promovida pela Secretaria de Turismo e Lazer como parte do projeto Bora Pernambucar.

"Através do Bora Pernambucar, o trade turístico de Pernambuco torna-se cada vez mais qualificado, a partir das orientações fornecidas pela equipe do Bora Pernambucar. O Famtour Virtual é uma chance para que profissionais do setor e gestores municipais se conectem, fortalecendo a atividade turística do litoral ao Sertão", destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes. 


Na última semana, o Famtour Virtual tratou sobre as potencialidades turísticas dos municípios de Água Preta, na Mata Sul, e São José da Coroa Grande, no Litoral Sul. Para o encontro online desta quinta, é preciso fazer inscrição. O link para garantir a vaga é o https://forms.gle/ritYZAj9SyHFbRBZ6.

Foto: Francisco Andrade