Governo do estado de
Pernambuco

Blog

Ao concluir a quarta rodada de visitas ao interior somente neste mês, governador anunciou novas intervenções e firmou convênios com associações, por meio do Programa Força Local

MIRANDIBA e SÃO JOSÉ DO BELMONTE — Pernambuco segue avançando com as ações voltadas à melhoria da malha viária estadual. Concluída a quarta rodada de anúncios de ações e obras no Sertão, incluídas no Plano Retomada, lançado no início de agosto, o governador Paulo Câmara superou a marca de mais de mil quilômetros de rodovias com requalificação autorizada. As intervenções estão previstas no Programa Caminhos de Pernambuco, e somam aproximadamente R$ 730 milhões em investimentos, em projetos e obras de infraestrutura nas regiões do Pajeú, São Francisco, Araripe e Sertão Central, beneficiando cerca de 2,7 milhões de pessoas e gerando mais de cinco mil empregos.

“Está sendo feito aqui um conjunto de ações, com algumas obras já em andamento e outras que vão começar agora. Queremos melhorar muito o desenvolvimento das cidades nos próximos meses. Estamos muito focados também na questão das estradas, que com certeza vão ajudar muito quem trabalha por aqui e quem precisa ir e vir diariamente. E seguimos determinados a impulsionar a geração de empregos. Por isso estamos fazendo esse esforço, inclusive assinando convênios com as associações por onde passamos nas nossas andanças”, explicou Paulo Câmara.

Nesta sexta-feira (27.08), em visita ao município de Mirandiba – a terra da goiaba – no Sertão Central, o governador autorizou o desenvolvimento do projeto para restauração da rodovia PE-425, no trecho de 12 quilômetros que vai da BR-232 à entrada da cidade. O aporte total é de quase R$ 13,7 milhões. De acordo com a secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, as estradas de Pernambuco vão passar a ser referência. “É um grande desafio, mas vamos tornar isso possível, tratando da engenharia pública com toda seriedade que o tema requer, e também faremos o melhor projeto possível para implantar acostamentos em todas as rodovias cujas obras foram iniciadas”, ressaltou.

Paulo Câmara assinou, ainda, convênio do Programa Força Local com a Associação Mirandibense de Apicultores e Meliponicultores (AMIRAMEL), com investimento de mais R$ 132 mil, possibilitando a 30 sócios adquirirem itens para ampliação dos apiários e contratação de cursos e capacitações, para atender questões técnicas, sanitárias e de mercado. Ainda em Mirandiba, o governador autorizou a construção de quadra da EREM Francisco Pires, com investimento de R$ 444 mil. Também assinou convênio para reforma de praças públicas e um protocolo de intenções para construção do pátio de eventos e reforma de canteiros.

SÃO JOSÉ DO BELMONTE – Encerrando a agenda de compromissos no Sertão Central, Paulo Câmara esteve na EREM Walmy Campos Bezerra, onde acompanhou ações do Programa Governo Presente e autorizou as obras de requalificação das PEs 430 e 435, com orçamento total de R$ 80,8 milhões. A rodovia PE-430 possui 44 quilômetros e vai da entrada da BR-232, no distrito de Bom Nome, até a divisa com o Ceará. A PE-435 tem 34 quilômetros e segue do município até a divisa com a Paraíba. Também serão retomadas as obras de iluminação no trecho urbano da PE-430.

Por último, o governador assinou convênios do Programa Força Local, para fortalecimento da agricultura familiar, e outros convênios com a Associação dos Apicultores e Meliponicultores de São José do Belmonte-ABAMEL e com a Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de São José do Belmonte-ASCOBEL. Por último, foi firmado um protocolo de intenções para reforma do prédio do mercado público.

Além das autoridades que já acompanhavam a comitiva do governador pela manhã, também marcaram presença nas agendas da tarde os prefeitos de Mirandiba, Evaldo Bezerra, e de São José do Belmonte, Romonilson Mariano, além dos deputados estaduais João Paulo Costa e Guilherme Uchoa Júnior.

Governador assinou novos convênios para fortalecimento dos arranjos produtivos locais, beneficiando criadores e produtores rurais do Sertão Central

PARNAMIRIM e TERRA NOVA — O governador Paulo Câmara deu continuidade à programação desta quinta-feira (26.08), no Sertão Central, com visitas aos municípios de Parnamirim e Terra Nova. No primeiro, ele autorizou o desenvolvimento do projeto de engenharia para implantação da VPE-580, que conecta o município ao distrito do Barro, com oito quilômetros e um investimento previsto de R$ 240 mil. Também foi anunciada a elaboração de projeto e contratação de obra para restauração da PE-555, no trecho de 36 quilômetros até Urimamã. O aporte é de R$ 36 milhões. Todas as ações fazem parte do Plano Retomada, anunciado pelo governo estadual no início de agosto.

“Estamos com muitas obras na malha viária do Estado. Obras já em andamento e outras que vão começar. São intervenções importantes, não apenas para o município A ou B, mas para toda uma região. Seguimos olhando as regiões e analisando as necessidades de cada município”, reforçou Paulo Câmara.

A secretaria estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, ressaltou a iniciativa do governador de colocar esse importante tema das estradas na pauta no Plano Retomada. “Sabemos que reconstruir uma estrada é muito caro, mas é disso que nossa economia depende.  Precisamos escoar a produção, ter um acesso seguro, um tráfego adequado para as ambulâncias e para o transporte escolar. São mais de 320 quilômetros de estradas só aqui no Sertão Central”, afirmou Fernandha.

Ainda em Parnamirim, Paulo Câmara assinou convênios do Programa Força Local para fortalecer os arranjos produtivos. O primeiro deles, com a Cooperativa dos Produtores de Caprinos, Ovinos e Peles de Parnamirim-COOPROCOPE, representa um investimento de mais de R$ 417 mil, beneficiando 22 associados e a correlação com outras cooperativas: COAMPAR e COCANE, apoiando o o curtimento de peles e agregar valor ao produto final.

O segundo convênio foi assinado com a Associação dos Produtores Rurais da Fazenda Boa Vista-APRFBV, para implantar um sistema de produção e estoque de forragens, com a aquisição de ensiladeiras. A iniciativa conta com um aporte superior a R$ 112 mil, favorecendo 30 pequenos produtores e suas famílias. O governador ainda anunciou mais dois convênios, com a Prefeitura de Parnamirim, para obras de calçamento, e com o Pátio Pernambuco.

Em Terra Nova, encerrando a programação do dia, Paulo Câmara autorizou o início da segunda etapa das obras de implantação e pavimentação da PE-499, que vai até Cabrobó, com quase 32 quilômetros de extensão. Conhecida como Estrada da Cebola, a via receberá investimentos de quase R$ 48,5 milhões. Também foi anunciado o início das obras de Implantação do Sistema Adutor de Terra Nova, a partir do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, orçado em R$ 712 mil.

Além das autoridades que já estavam acompanhando a comitiva do governador pela manhã, também marcaram presença nas agendas da tarde o prefeito de Parnamirim, Nininho, e a prefeita de Terra Nova, Aline Freire.

 

Contrato que estabelece parceria com a Copergás foi firmado nesta terça-feira, durante reunião no Palácio do Campo das Princesas 

O governador Paulo Câmara assinou, nesta terça-feira (24.08), um acordo inédito com a empresa Shell do Brasil. O contrato vai permitir que, a partir de 2022, a Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) passe a contar com mais uma supridora de gás natural, além da Petrobras e da New Fortress.

“Essa parceria é um sonho antigo nosso, de ampliar a expansão do gás para todo o Estado. Pernambuco avançou nesse processo de interiorização do desenvolvimento, mas precisávamos de mais oferta, precisávamos chegar a locais que têm potencial, mas faltava garantir essa condição”, comemorou Paulo Câmara.

O acordo foi firmado após chamada pública, lançada em setembro de 2020 pela Copergás, em conjunto com outras quatro distribuidoras do Nordeste. O processo contou com a participação de oito empresas, que apresentaram 18 propostas comerciais. A partir do ano que vem, a Copergás receberá um suprimento de 750 mil m³/dia de gás natural da Shell, o que representa cerca de 50% do mercado não-termelétrico atendido pela empresa pernambucana. Já em 2023, esse volume adquirido passará a 1 milhão de m³/dia, correspondendo a 66% do volume destinado aos segmentos não-termelétricos.

Além da diversificação do suprimento, a companhia busca proporcionar aos seus usuários maior competitividade e estabilidade de preços, frente às oscilações do petróleo no mercado internacional. Com o acordo, a Copergás terá três supridores de gás natural: Petrobras, New Fortress e Shell. O suprimento será feito não só por meio da malha integrada de transporte, mas também para atendimento às redes locais, situadas em municípios afastados da rede tradicional de distribuição de gás natural.

Para o secretário Geraldo Julio, o acordo representa um momento histórico do mercado de gás no Brasil, cujos resultados irão impactar diretamente na competitividade industrial do Estado e na melhoria da qualidade de vida das pessoas.  “A Copergás se coloca hoje como pioneira no país”, disse.

Segundo o presidente da Copergás, André Campos, a empresa pernambucana assume posição de destaque no cenário nacional com esse primeiro acordo, em um momento de abertura do mercado brasileiro de gás natural.  “Esse trabalho pioneiro da Copergás pretende consolidar o compromisso do governador Paulo Câmara e do secretário Geraldo Júlio com o desenvolvimento sustentável de Pernambuco. Estamos levando o gás natural aos principais polos econômicos do Estado e também abrindo novas fronteiras para que a criação de emprego e renda chegue a todas as regiões. O gás natural será um dos indutores dessa expansão”, disse Campos, acrescentando que  o acordo com a Shell servirá de referência para outras companhias estaduais do setor, na busca pela diversificação de supridores, garantindo maior competitividade e estabilidade de preços.

A reunião ocorreu por videoconferência, e contou ainda com as participações da vice-governadora Luciana Santos, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, dos secretários executivos Ana Paula Vilaça e João Guilherme Ferraz, dos presidentes da Copergás, André Campos, do Complexo Industrial e Portuário de Suape, Roberto Gusmão, e da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima, além do presidente da Shell Brasil, André Araújo, e do diretor da empresa, Christian Iturri.

 

Na região, o governador lançou ações importantes de infraestrutura, educação e desenvolvimento econômico. Previsão é de gerar cerca de 2,5 mil novos empregos

CEDRO e SERRITA – O governador Paulo Câmara iniciou, nesta quinta-feira (26.08), o quarto giro pelo Estado, com uma série de compromissos em municípios do Sertão Central, envolvendo ações do Plano Retomada, anunciado no início de agosto.  Com investimentos na ordem de R$ 286,4 milhões em infraestrutura, educação e desenvolvimento econômico, as iniciativas têm previsão de gerar 2,5 mil empregos na região. Na manhã de hoje, o governador esteve na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Professor Manoel Joaquim Leite, em Cedro, onde acompanhou ações do Programa Governo Presente e autorizou a licitação do projeto e contratação das obras de implantação da Rodovia PE-475, no trecho de acesso ao distrito de Barro Branco. O investimento previsto é de R$ 1,5 milhão.

“Estaremos, nesses dois dias, anunciando obras de estradas, saneamento, água e investimentos na educação e saúde do Sertão Central, além de parcerias na área da agricultura familiar. Queremos gerar emprego e renda para superarmos juntos esse momento difícil que passa o País. Aqui em Pernambuco, daremos respostas rápidas com as nossas ações”, destacou Paulo Câmara. Ele anunciou ainda que a Assembleia Legislativa de Pernambuco analisa hoje projetos como o da anistia de débitos do IPVA e o programa de criação de 20 mil empregos, por meio do Plano Retomada.

De acordo com a secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, a estrada de acesso ao distrito de Barro Branco vai garantir mobilidade para mais de 11 mil moradores. “Além disso, facilitará o escoamento agrícola, em especial o de feijão e milho, principais fontes de renda local, além de toda a produção de caprinocultura e avicultura”, explicou.

Paulo Câmara também anunciou a construção de duas quadras cobertas: uma na EREM Professor Manoel Joaquim Leite e outra na Escola Waldicleyton da Silva Menezes. Esta última, com investimento de R$ 567 mil. Ainda no município, ele visitou a Associação de Pequenos Agricultores do Sítio Amolar, onde assinou o termo de entrega de equipamentos para os produtores.

Em Serrita, o governador assinou a autorização para licitação das obras do novo sistema adutor do município. O projeto prevê a captação de água no Reservatório de Negreiros, componente do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, e o assentamento de mais de 20 mil metros de adutora, que será interligada à Estação de Tratamento de Água Serrita. As intervenções permitirão eliminar o rodízio no município, beneficiando sete mil pessoas. Serão investidos na obra cerca de R$ 10,8 milhões.

Reforçando a malha viária do Estado, Paulo Câmara também assinou a autorização para contratação do projeto de restauração dos 34 quilômetros da PE-507, saindo do entroncamento da rodovia até o Parque Estadual João Câncio, no Sítio Lajes, onde acontece anualmente a Missa do Vaqueiro, no mês de julho. Orçado em R$ 680 mil, o projeto dessa via será publicado ainda este mês. As obras definitivas de requalificação beneficiarão mais de 93 mil pessoas do Sertão Central, com um investimento de R$ 34 milhões.

Ainda em Serrita foi assinada a licitação para construção de uma quadra coberta na EREM Desembargador João Paes, além das ordens de serviço para pavimentação de nove ruas no município e instalação da nova Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE). O equipamento vai beneficiar cerca de 30 mil pessoas, incluindo a população de cidades vizinhas, como Parnamirim, Cedro e Terra Nova.

Participaram do evento os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Cloves Benevides (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas), Lucas Ramos (Ciência, Tecnologia e Inovação), Marcelo Barros (Educação e Esportes), Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer), Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação), Claudiano Martins Filho (Desenvolvimento Agrário), Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação) e Alexandre Gabriel (Assessoria Especial). Também presentes a prefeita de Cedro, Marly Quental; o prefeito de Serrita, Aleudo Benedito; a presidente da Compesa, Manuela Marinho; o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; os deputados federais Gonzaga Patriota e Silvio Costa Filho; e os estaduais Aglailson Victor e Roberta Arraes.

 

Entre as ações, governador autorizou a licitação para a recuperação da PE-545, que liga os municípios de Exu, Bodocó e Ouricuri, com 75 quilômetros de extensão

O governador Paulo Câmara vistoriou, nesta quinta-feira (19.08), obras que já estão em andamento em rodovias do Sertão do Araripe e autorizou licitações para execução de novas intervenções, previstas no Plano Retomada - pacote de incentivos anunciado no início de agosto, que prevê projetos estruturadores e estímulo à geração de empregos em Pernambuco. Antes das visitas às novas rodovias, ele assinou a autorização da licitação do projeto da VPE-700, que compreende o trecho de 18,8 quilômetros entre Araripina e a divisa com o Ceará, no valor de R$ 540 mil.

“A pandemia ainda existe, mas é muito importante estarmos presentes nos municípios, e fazia muito tempo que não tínhamos condições de vir ao Araripe. A gente veio para anunciar obras, para dizer que vamos gerar empregos com esses serviços, pensando em melhorar a vida da população”, frisou Paulo Câmara, que está acompanhando de perto as ações. “Estamos anunciando as contratações para fazer os projetos e executar as obras em várias estradas”, acrescentou.

A primeira obra vistoriada foi a da VPE-674, no acesso ao distrito de Lagoa do Barro, em Araripina, que vai beneficiar cinco mil pessoas com a redução de tempo de deslocamento, e aumentar a geração de renda dos moradores ao permitir um melhor escoamento da produção agropecuária e hortifrutigranjeira.

No município de Trindade, Paulo Câmara autorizou a licitação do projeto da PE-630, no trecho de 13 quilômetros que vai de Barra de São Pedro à entrada da BR-316. A elaboração dos estudos está orçada em R$ 390 mil, e a execução das obras tem um investimento previsto de R$ 19,5 milhões. Em Ipubi, o governador fiscalizou o andamento das obras da PE-576, no trecho que liga ao município de Trindade, com 18,8 quilômetros. Um aporte de R$ 38 milhões. E ainda autorizou a licitação do projeto da PE-590, que liga ao distrito de Santa Rita, em Ouricuri.

Finalizando a agenda desta quinta-feira, no município de Bodocó, Paulo Câmara autorizou a licitação do projeto e contratação de empresa encarregada das obras da implantação da PE-560. Também foi anunciada a recuperação da PE-545, que liga as cidades de Exu, Bodocó e Ouricuri, com 75 quilômetros de extensão. Juntas, as intervenções somam um investimento de aproximadamente R$ 100 milhões.

“O governador anunciou uma série de investimentos no Sertão do Araripe, e grande parte desses recursos são destinados às obras de reconstrução de rodovias estaduais, a exemplo da PE-545. São obras importantes, de estradas que vão levar acesso, mas também dignidade aos moradores”, pontuou a secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista.

Integraram a comitiva do governador a vice-governadora Luciana Santos, os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Alexandre Rebelo (Planejamento e  Gestão), Marcelo Barros (Educação e Esportes), André Longo (Saúde), Rodrigo Novaes (Turismo), Lucas Ramos (Ciência, Tecnologia e Inovação), Claudiano Martins Filho (Desenvolvimento Agrário), Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação), Tomé França (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Cloves Benevides (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas); o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; os presidentes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Maurício Canuto; da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Manuela Marinho; da PERPART, Nilton Mota; da AD DIPER, Roberto Abreu e Lima; e do SEBRAE, Ricardo Essinger. Também participaram os deputados federais Augusto Coutinho, Gonzaga Patriota, Silvio Costa Filho, Fernando Monteiro e Tadeu Alencar; os deputados estaduais Roberta Arraes e Antônio Fernando, além de prefeitos da região.