Governo do estado de
Pernambuco

Blog

As cidades de Itambé, Goiana e Araçoiaba receberam recursos por meio do Plano Retomada. Investimentos deverão gerar, ao todo, mais de mil novos postos de trabalho

ITAMBÉ – O governador Paulo Câmara percorreu municípios da Mata Norte e da Região Metropolitana do Recife (RMR) nesta sexta-feira (08.10), anunciando ações e investimentos previstos no Plano Retomada, lançado em agosto. Em sua primeira parada, em Itambé, na Mata Norte, o governador autorizou os serviços de restauração da rodovia PE-075. As intervenções, a cargo do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), acontecerão em um trecho de aproximadamente 40 quilômetros de extensão, entre as cidades de Goiana e Itambé e o distrito de Ibiranga, passando também pela entrada do município de Condado.

Além da requalificação asfáltica, a nova estrada passará por serviços de drenagem e sinalização vertical e horizontal. O investimento total é de cerca de R$ 44 milhões. A obra vai facilitar o deslocamento de mais de 530 mil moradores e fomentar o potencial econômico do Distrito Industrial de Goiana, dos polos Farmacoquímico, de Biotecnologia e Automotivo instalados na região, além da agricultura, caracterizada pelo cultivo de banana, mandioca e da cana-de-açúcar.

“Dentro do Plano Retomada, a recuperação de estradas é um dos fatores mais importantes. Vamos dar início a essa obra da PE-075, os recursos estão garantidos e a construtora já está autorizada a começar. O prazo é de um ano, mas já solicitei e vamos encurtar para oito meses. Será uma estrada muito bem feita, garantindo a segurança com muita sinalização. Mais uma ação que vai gerar emprego e renda, é isso que Pernambuco precisa”, afirmou Paulo Câmara.

De acordo com a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, a recuperação total da estrada é essencial para trazer mais integração entre os municípios. “Além de segurança e integração, a obra também vai permitir um maior crescimento nessa região, que tem diversificado tanto as atividades econômicas”, detalhou.

O governador anunciou ainda a licitação para pavimentação em paralelepípedo granítico de diversas ruas de Itambé, com um investimento de mais de R$ 1 milhão. Além disso, foi liberada a quarta parcela do FEM, com valor superior a R$ 234 mil, para pavimentação de ruas no distrito de Quebec. Paulo Câmara também autorizou a liberação de recursos para obras de captação de água subterrânea e poços artesianos para expansão do Sistema de Abastecimento Água de Itambé, no valor de R$ 190 mil, a partir de emenda parlamentar apresentada pelo deputado estadual Aluísio Lessa.

Foi anunciado ainda o repasse de R$ 31 mil, por cofinanciamento, para manutenção do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e pagamento de benefício eventual. Visando a retomada da geração de emprego e renda, Paulo Câmara também assinou ordem de serviço para instalação de uma Central de Oportunidades (COPE) no município. A expectativa é que a iniciativa beneficie cerca de 10 mil pessoas.

Na área de educação, o governador assinou a licitação para construção de quadra coberta na Escola Estadual Arruda Câmara e na Escola Estadual José Antônio Bezerra de Menezes, além de uma ordem de serviço para a quadra coberta da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Frei Orlando, que será construída em uma área total de 772 metros quadrados, orçada em R$ 695 mil. Ele anunciou ainda a instalação do Centro Vocacional Tecnológico de Confecção, em parceria com a Prefeitura de Itambé, um investimento de R$ 75 mil, também previstos por emenda do deputado Aluísio Lessa.

Finalizando a visita ao município, Paulo Câmara entregou títulos de propriedades a mil famílias, dentro do programa de regularização fundiária, o Propriedade Legal, e assinou ordem de fornecimento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na localidade, determinando a ampliação para mais 146 famílias. No total, 250 famílias serão beneficiadas.

Integraram a comitiva do governador os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos), Alexandre Gabriel (Assessoria Especial), Marcelo Barros (Educação e Esportes), Alexandre Rebelo (Planejamento e Gestão), Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação), Ana Elisa Sobreira (Mulher), e Lucas Ramos (Ciência, Tecnologia e Inovação), e Gilberto Freyre Neto (Cultura).

Também presentes o presidente do Departamento de Estradas de Rodagem, Maurício Canuto; o presidente da Companhia Estadual de Habitação, Bruno Lisboa; o presidente da Perpart, Nilton Mota; o comandante geral da Polícia Militar, Roberto Santana; o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, Rogério Coutinho; o senador Humberto Costa; os deputados federais Raul Henry, Carlos Veras e Renildo Calheiros; o presidente da Assembleia Legislativa, Eriberto Medeiros; os deputados estaduais Aluísio Lessa, Antônio Moraes, Henrique Queiroz Filho e Guilherme Uchôa Júnior; as prefeitas Dona Graça (Itambé) e Talita Cardozo (Camutanga) e os prefeitos Fabinho Queiroz (Buenos Aires), Xisto Freitas (Aliança), Zé Roberto (Ferreiros), Eduardo Honório (Goiana), Jogli Uchôa (Araçoiaba) e Zé de Irmã Teca (Itapissuma), além de vereadores da região.

 

 

Governador esteve na manhã desta quinta-feira nos municípios de Amaraji e Primavera lançando novas ações e obras em diversas áreas

AMARAJI – O governador Paulo Câmara anunciou, nesta quinta-feira (14.10), mais ações e investimentos previstos no Plano Retomada para a Mata Sul. Pela manhã, ele esteve em dois municípios. Em Amaraji, autorizou a recuperação e implantação da sinalização da PE-063, que segue até Escada e obras de restauração da PE-071 – entre Amaraji e Chã Grande – e da PE-058, que liga a cidade ao município de Pombos, além da liberação de recursos para o projeto do acesso ao distrito de Demarcação. Somando as obras nas cidades de Amaraji, Primavera e Ribeirão, os investimentos são da ordem de R$ 39,2 milhões.

“São obras pedidas há muito tempo e que agora nós temos condições de tirar do papel, em parceria com a prefeitura. Nós vamos cuidar da infraestrutura, vamos fazer as estradas que a população de Amaraji pede e que vão garantir o ir e vir das pessoas. Vamos realizar o sonho de construir a estrada até Demarcação, que vai trazer segurança e ajudar o município a se desenvolver. Sem contar as estradas que já existem, onde vamos reforçar a sinalização e a conservação. Vamos fazer o que precisa ser feito”, destacou Paulo Câmara.

Em Amaraji, o governador também autorizou as obras da Estação de Abastecimento de Água dos bairros Alice Batista e Recanto dos Pássaros, estimadas em R$ 867.296,18, beneficiando 22.870 habitantes; anunciou a licitação para cobertura da quadra da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Antônio Alves de Araújo e um convênio, por meio do Programa Educação Integrada, com a Escola Municipal São José da Boa Esperança.

Outro convênio foi assinado para reforma do mercado público e do açougue municipal, assim como um termo de compromisso para implantação da Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE), beneficiando aproximadamente seis mil pessoas. Por fim, foram liberados R$ 194 mil para implantação de uma cozinha comunitária, com capacidade de oferecer 200 refeições diárias, além de um convênio, no valor de R$ 750 mil, para pavimentação de ruas e implantação de coberta da Rua Raul Araújo e Silva.

PRIMAVERA – Em seguida, o governador esteve em Primavera, onde foram liberados R$ 56 mil para elaboração de projeto e obra da APE-010, no acesso à Cachoeira do Urubu, e autorizada a execução do projeto de duplicação da ponte sobre o Riacho Aurora, que dá acesso à cidade, com investimento de R$ 500 mil.

O governador também liberou R$ 100 mil para a ampliação do abastecimento, com assentamento de adutora para interligação ao reservatório Alto da Barra e atendimento do Residencial Primavera. Ao todo, 2,8 mil pessoas serão beneficiadas. Ele autorizou ainda a licitação para construção da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Elisa Marques de Assis, com orçamento estimado em R$ 10 milhões, e anunciou a implantação da Central de Oportunidades. Por fim, foram liberados R$ 32,5 mil para o Centro de Assistência Social (CRAS).

Acompanharam Paulo Câmara a vice-governadora Luciana Santos e os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Alexandre Gabriel (Chefe da Assessoria Especial), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Marcelo Barros (Educação e Esportes), Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer), Gilberto Freyre Neto (Cultura), Sileno Guedes (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude), Cloves Benevides (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas) e Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação).

Também integraram a comitiva o senador Humberto Costa; os deputados federais Carlos Veras, Fernando Monteiro e André de Paula; o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; os deputados estaduais Waldemar Borges, Simone Santana, Aluísio Lessa, Guilherme Uchôa, Henrique Queiroz Filho, Joaquim Lira, Clovis Paiva, Álvaro Porto, Aglailson Victor, Clodoaldo Magalhães e Paulo Dutra. Também o presidente da Perpart, Nilton Mota; a presidente da Compesa, Manuela Marinho; o diretor geral de Fomento, Inovação e Arranjos Produtivos da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), João Suassuna; o diretor da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), Bruno Lisbôa; o subcomandante geral da Polícia Militar, Aníbal Fernandes; o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, Rogério Coutinho; as prefeitas Aline Gouveia (Amaraji), Mary Gouveia (Escada), Dayse Juliana (Primavera), e o prefeito Marcello Maranhão (Ribeirão).

 

 

Iniciativa faz parte do Programa Caminhos de Pernambuco e integra o Plano Retomada. Serão investidos R$ 18,2 milhões nas obras
 
O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (14.10), em reunião no Palácio do Campo das Princesas, ordem de serviço para requalificação da PE-170, no Agreste Meridional. A rodovia liga os municípios de Lajedo e Canhotinho e possui 31,45 quilômetros de extensão. A iniciativa faz parte do Programa Caminhos de Pernambuco e integra o Plano Retomada, lançado em agosto pelo Governo do Estado. As obras estão orçadas em R$ 18,2 milhões.
 
De acordo com Paulo Câmara, o investimento em infraestrutura é um dos pilares do plano de retomada econômica e uma das prioridades estabelecidas pelo Governo do Estado. “É com muita satisfação que autorizamos mais um anúncio voltado para a requalificação da malha viária estadual, que vai contribuir para o desenvolvimento da região. A ação vai beneficiar diretamente mais de 65 mil pessoas, ao garantir a trafegabilidade da rodovia”, assegurou o governador.
 
A intervenção está sob a coordenação da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos e será executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), com prazo máximo de 18 meses para conclusão. Na requalificação da via estão previstos serviços de terraplenagem, drenagem, obras de arte especiais, pavimentação e sinalização horizontal e vertical.
 
Estiveram presentes à reunião o deputado federal Milton Coelho; o secretário executivo da Casa Civil, Eduardo Figueiredo; o presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Maurício Canuto; e o prefeito de Lajedo, Erivaldo Chagas. 
 
 

 

Programação incluiu anúncios de intervenções previstas no Plano Retomada, liberações de recursos e visitas a obras em três municípios

RIBEIRÃO – Finalizando a programação na Mata Sul do Estado, nesta quinta-feira (14.10), o governador Paulo Câmara esteve no município de Ribeirão, onde visitou as obras da Metalúrgica Barra do Piraí e o Engenho Cachoeira, conferiu as ações do Governo Presente, na Escola Padre Américo Novais, e anunciou mais uma série de ações e investimentos dentro do Plano Retomada, lançado em agosto.

“Estivemos na Mata Sul, visitando os municípios, atendendo aos pleitos, alguns antigos, outros novos, e sempre buscando a geração de emprego e renda. Tivemos a oportunidade, em Amaraji, de anunciar ações como estradas, parcerias na educação, recursos hídricos e também infraestrutura, dentro do Plano Retomada. O mesmo fizemos em Primavera e aqui em Ribeirão”, pontuou Paulo Câmara.

Reafirmando o compromisso com a geração de emprego e renda, o governador assinou termo de compromisso para implantação da Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE), que deve atender cerca de 30 mil pessoas economicamente ativas, incluindo a população de Gameleira e Cortês. Também serão repassados R$ 32,5 mil, oriundos de cofinanciamento, para o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Na área de infraestrutura e recursos hídricos, Paulo Câmara assinou ordem de serviço para execução de obras de restauração da PE-064, entre Ribeirão e Sirinhaém, orçadas em R$ 14,7 milhões; autorizou a licitação de projeto para restauração da PE-085, com extensão de 51,7 quilômetros, no valor de R$ 2,7 milhões; e liberou R$ 2,5 milhões para projeto e obra de implantação de nova captação de água a partir do Rio Amaraji. A intervenção permitirá o bombeamento de até 200 litros de água por segundo, por adutora, até a Estação de Tratamento de Água de Ribeirão.

O governador ainda autorizou a licitação para cobertura da quadra da Escola de Referência em Ensino Médio João Lopes de Siqueira Santos e a construção de uma quadra coberta na Escola Joaquim Nabuco. Foi assinado também um termo de transação para cessão do Hospital Geral Professor Clovis de Azevedo Paiva à administração municipal. Por fim, o governador firmou convênio para pavimentação de ruas no município e entregou 14 títulos de direito real de uso do assentamento Serrinha. Encerrando a passagem pela cidade, ele visitou as obras da Metalúrgica Barra do Piraí e o Engenho Cachoeira.

Integraram a comitiva do governador os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Alexandre Gabriel (Chefe da Assessoria Especial), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Marcelo Barros (Educação e Esportes), André Longo (Saúde), Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer), Gilberto Freyre Neto (Cultura), Sileno Guedes (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude), Cloves Benevides (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas) e Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação).

Também presentes o senador Humberto Costa; os deputados federais Carlos Veras e Fernando Monteiro; o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; os deputados estaduais Simone Santana, Aluísio Lessa, Guilherme Uchôa, Henrique Queiroz Filho, Clovis Paiva, Clodoaldo Magalhães e Paulo Dutra, os presidentes da Perpart, Nilton Mota, da Compesa, Manuela Marinho, e do Iterpe, Henrique Queiroz; o diretor geral de Fomento, Inovação e Arranjos Produtivos da Adepe, João Suassuna; o diretor da Cehab, Bruno Lisbôa; o subcomandante geral da Polícia Militar, Aníbal Rodrigues; o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, Rogério Coutinho; as prefeitas Mary Gouveia (Escada) e Camila Machado (Sirinhaém), e os prefeitos Marcello Maranhão (Ribeirão), doutor Leandro (Gameleira) e Álvaro Filho (Quipapá).

 

 

Governador esteve nos municípios de Gravatá e em Chã Grande, nesta quinta-feira, anunciando novas intervenções previstas no Plano Retomada

GRAVATÁ – O governador Paulo Câmara visitou, nesta quinta-feira (07.10), os municípios de Gravatá e Chã Grande, localizados, respectivamente, no Agreste Central e Mata Sul do Estado. Desde que lançou o Plano Retomada, no início de agosto, o governador vem percorrendo as regiões de Pernambuco para anunciar novas ações e investimentos, visando gerar empregos e renda para a população. Em Gravatá, ele autorizou uma série de obras e ressaltou a importância da retomada da economia, neste momento em que a vacinação contra a Covid-19 segue avançando.

“Nós temos que investir cinco bilhões de reais até o final de 2022. A expectativa é de gerar 130 mil empregos. E nós vamos avançar e anunciar muitas obras em todas as regiões, seja na área de estradas, água, educação, assistência social, agricultura, entre outras. Nós temos muita satisfação em percorrer os municípios pernambucanos, principalmente após esse período tão difícil da pandemia”, pontuou Paulo Câmara.

Em Gravatá, além dos anúncios, o governador inaugurou o parque ambiental Janelas para o Rio, um conjunto de intervenções previstas nos planos hidroambientais das bacias dos rios Capibaribe e Ipojuca, desenvolvidas para proteger as margens de usos indevidos e ocupações irregulares. Cerca de R$ 2,3 milhões foram investidos nessa obra.

O governador também autorizou o processo de contratação da empresa responsável pela implantação e pavimentação de um trecho de 11 quilômetros da PE-087, entre os distritos de Mandacaru e Uruçu-Mirim. Os recursos, de aproximadamente R$ 16,5 milhões, já estão assegurados para a elaboração do projeto e execução das obras. Ele também assinou termo de compromisso para implantação da Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE), que reúne serviços da Agência do Trabalho, Expresso Empreendedor, Junta Comercial e Agência de Empreendedorismo. Serão beneficiadas 40 mil pessoas, incluindo a população da cidade vizinha, Amaraji.

Para garantir a assistência social à população, o governador anunciou um cofinanciamento para reabertura de uma cozinha comunitária, com capacidade de produzir 200 refeições diárias, além do repasse de R$ 130 mil, também como cofinanciamento, para manutenção do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Gravatá.

Paulo Câmara autorizou ainda a implantação do sistema de abastecimento de água do Loteamento Casa Nova I e II, com o assentamento de tubulações para atendimento da comunidade via rede de abastecimento, a partir do incremento na produção do sistema produtor de Amaraji. O investimento é de R$ 1,5 milhão, beneficiando cerca de 1,6 mil pessoas.

Reforçando o compromisso do Governo do Estado com a educação, Paulo Câmara anunciou a implantação do programa Espaço 4.0, que prevê laboratórios com tecnologias portadoras de futuro, e autorizou a reforma e ampliação da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Professor Antônio Farias, além da licitação para cobertura da quadra da Escola Aarão Lins de Andrade.

Ainda em Gravatá, foi assinado um convênio para pavimentação de ruas, no valor de R$ 750 mil; e outro, com a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e a Secretaria de Meio Ambiente (Semas), para cessão do Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental para acompanhamento de processos de licenciamento e fiscalização. Por último, foi assinada ordem de serviço para requalificação do Terminal Rodoviário, no valor de R$ 280 mil, além da liberação de uma emenda parlamentar do deputado estadual Waldemar Borges para obras de pavimentação, calçamento e drenagem.

CHÃ GRANDE – Em seguida, já no município de Chã Grande, na Mata Sul, o governador autorizou serviços de sinalização e manutenção do pavimento da PE-071, no trecho de 30 quilômetros a partir do entroncamento com a BR-232, em Gravatá, até a entrada da PE-063, em Amaraji, passando por Chã Grande. A intervenção está orçada em R$ 400 mil. As obras anunciadas nas PEs 071 e 087 integram o Programa Caminhos de Pernambuco, e vão gerar mais de 170 empregos diretos. Essas estradas são importantes para a conexão entre o Agreste Central e a Mata Sul, sobretudo para o escoamento da produção industrial que chega e sai do Porto de Suape.

Paulo Câmara também autorizou a liberação de recursos da ordem de R$ 3,3 milhões para o projeto de implantação e melhoria da rede de distribuição de Chã Grande, com o assentamento de novas tubulações e substituição de trechos da rede atual. A obra vai ampliar a oferta de água para cerca de 17 mil pessoas.

Também foi assinado convênio para obras de acesso aos distritos de Mangueira e Macacos, assim como a ordem de serviço para requalificação do Terminal Rodoviário, no valor de R$ 274 mil. O governador firmou ainda o termo de compromisso para implantação da Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE), beneficiando aproximadamente oito mil pessoas, incluindo a população economicamente ativa das cidades de Cortês e Primavera.

Na área da educação, Paulo Câmara autorizou a licitação para construção da nova escola estadual da região, em uma área de oito mil metros quadrados, orçada em cerca de R$ 10 milhões. Ele também anunciou o repasse de R$ 65 mil, oriundos de cofinanciamento, para manutenção do CRAS, e a liberação de recursos para benefício eventual, no valor de R$ 7 mil, concedido à população que necessitar, em virtude de nascimento, óbito, vulnerabilidade ou calamidade pública.

Estiveram presentes aos eventos desta quinta-feira a vice-governadora Luciana Santos; os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), coronel Carlos José (Casa Militar), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Marcelo Barros (Educação e Esportes), Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos), Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Lucas Ramos (Ciência, Tecnologia e Inovação), Sileno Guedes (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude), Ana Elisa Sobreira (Mulher), Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação), José Bertotti (Meio Ambiente e Sustentabilidade), Cloves Benevides (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas), Alexandre Campelo (Chefe do gabinete do governador), Alexandre Gabriel (Assessoria especial), José Maurício (Executivo de Relações Institucionais), Eduardo Figueiredo (Executivo de Articulação e Projetos Especiais), João Charamba (Executivo de Gestão da Rede) e Maria Medeiros (Executiva de Educação Integral e Profissional).

Também integraram a comitiva o diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem, Maurício Canuto; a presidente da Compesa, Manuela Marinho; o diretor-presidente da Perpart, Nilton Mota; o diretor-presidente da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal, Antônio Júnior; o comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco, Roberto Santana; o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, Rogério Coutinho; o diretor-presidente da CPRH, Djalma Paes; os deputados federais Carlos Veras, André Ferreira, André de Paula e Sebastião Oliveira; o presidente da Assembleia Legislativa, Eriberto Medeiros; os deputados estaduais Joaquim Lira, Henrique Queiroz Filho, Waldemar Borges, Guilherme Uchôa e Aglaison Victor; os prefeitos padre Joselito (Gravatá), Diogo Alexandre (Chã Grande), Sandro Correia (São Benedito do Sul), doutor Marcos (Pombos) e Aline Gouveia (Amaraji), além de vereadores e ex-prefeitos da região.