meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Reeducandos conquistam espaços e oportunidades nas empresas públicas e privadas

    | Turismo

    caisA vontade de mudar de vida faz com que se dediquem ao trabalho e, em alguns casos, sejam contratados após a pena. É o que acontece na Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur).  

    A ressocialização de reeducandos caminha lado a lado com a chance de voltar ao mercado de trabalho. Empresas parceiras do Patronato Penitenciário, órgão de execuções penais da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), dão oportunidades a muitos, 1.220 atualmente. E essa oportunidade tem se transformado em garantias de emprego, como acontece na Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur).

    A instituição conta com 17 reeducandos que cumprem pena no regime aberto e trabalham em vários setores, incluindo o Museu Cais do Sertão, no bairro do Recife, onde fazem serviços de manutenção. “Gosto muito de trabalhar aqui, faço serviços de manutenção e limpeza, e o pessoal nos trata com atenção. Para mim é uma terapia ocupacional. Meus planos são terminar o curso de Radiologia e fazer faculdade de Engenharia”, ressalta Diogo Santiago, reeducando que trabalha no museu há um ano e três meses.  

     Além destes, quatro ex-reeducandos que já concluíram a pena, foram contratados  como encanador, pedreiro, advogado e serviços gerais, e um outro deve ser contratado pela empresa no início de 2021.  De acordo com Josafá Reis, superintendente do Patronato Penitenciário, “o reeducando que se emprega através dos convênios com empresas públicas ou privadas têm aproveitado a oportunidade para transformar a vida através do trabalho. A carteira assinada é o resultado de um desempenho muito produtivo”.

    Além da Empetur, outras 32 empresas no estado contam com o trabalho de ex-reeducandos, contratados pelo regime CLT, a exemplo das indústrias: Algobom, que atua na produção de panos para limpeza; e da GI Granplast, do setor de construção.  

    FOTOS: Divulgação

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estudo epidemiológico em Fernando de Noronha entra na quarta fase

    | Turismo
     
    Fernando de Noronha deu início nesta segunda-feira (21) à quarta fase do estudo epidemiológico, que desde maio avalia a circulação do novo coronavírus entre os moradores da ilha. Cerca de 900 pessoas, entre homens e mulheres, participam do estudo, respondendo questionários e realizando exames. Nesta nova etapa, os agentes comunitários, agentes de endemia e integrantes das equipes de saúde de Fernando de Noronha inicialmente vão fazer entrevistas com as pessoas, para manter os dados atualizados sobre a presença do coronavírus na comunidade. A etapa de coleta de exames, do tipo RT-PCR e o de identificação de anticorpos, vai ocorrer a partir do dia 04 de janeiro de 2021.
     
     
    Para esta penúltima fase, um teste diferente será realizado. Em vez do teste sorológico rápido, como vinha sendo aplicado até agora, será feita a pesquisa quantitativa de IgG (com amostras de plasma), no equipamento da empresa Abbott, que fornece respostas mais precisas na detecção dos anticorpos para a doença. O material coletado será encaminhado à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope), no Recife, para ser processado, sendo oferecido um resultado ainda mais exato, se a pessoa já teve a doença e se apresenta imunidade contra a Covid-19.
     
     
    Para Guilherme Rocha, administrador de Fernando de Noronha, a pesquisa se mostrou importante desde o início, contribuindo para a reabertura gradual do turismo na ilha, que entrou na terceira etapa de flexibilização para os visitantes também nesta segunda-feira. “Considerando o retorno das atividades turísticas e o cenário epidemiológico atual, com o aumento do número de casos da Covid e o retorno da circulação do vírus na ilha, é importante garantir a continuidade da pesquisa para manter a vigilância ativa da população e colaborar com o controle da doença em Fernando de Noronha”, diz o gestor.
     
    Denominada de Incidência e Prevalência da Covid-19 no Arquipélago de Fernando de Noronha, a pesquisa monitora a transmissão do vírus na ilha, fornecendo informações para as ações da vigilância em saúde, com medidas restritivas, como o fechamento do aeroporto, do comércio e das atividades turísticas no auge da pandemia, para conter o avanço da doença no território noronhense. Ao longo das três primeiras fases do estudo foram realizados mais de 4,8 mil testes sorológicos e RT-PCR. Isso garantiu o sucesso no combate ao vírus e a retomada do turismo no arquipélago, com o retorno seguro, sob protocolos rígidos, das atividades econômicas, deixando Noronha livre dos casos mais graves, com monitoramento dos infectados, não registrando óbitos.
     
    Na primeira fase do estudo epidemiológico, aprovado na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), foram identificados 46 casos, sendo 42 novos e quatro antigos, já identificados pela Vigilância em Saúde. Na segunda fase, a pesquisa encontrou mais quatro casos, todos já curados, com anticorpos para a Covid-19, diagnosticados a partir do exame sorológico rápido. Todos os exames do tipo RT-PCR realizados na segunda fase foram negativos. Já na terceira fase, foram identificados mais dois casos novos pelo RT-PCR, totalizando 52 casos da Covid-19 identificados pelo estudo. Todos os casos positivos foram para o isolamento, com acompanhamento da Vigilância Epidemiológica local.
     
    Como a doença voltou a circular na ilha, inclusive com vários participantes testando positivo entre uma fase e outra, é importante saber se o contato com o vírus o protegeu, lhe dando imunidade. Por isso a importância da participação de todos os voluntários da comunidade noronhense, para terem o acompanhamento correto, fornecendo informações precisas ao estudo. 
     
     
    “Ao longo da pandemia, a pesquisa foi importante para orientar as ações de vigilância e controle da Covid-19, assim como apoiar as decisões da administração na retomada das atividades sociais e econômicas em Fernando de Noronha. Na última fase do estudo, prevista para maio de 2021, compreendendo um ano do início do estudo, a expectativa é ser realizada com a população já vacinada. Então, o estudo epidemiológico vai contribuir com a avaliação da efetividade da vacina, ao verificar por meio do teste sorológico a presença de imunidade contra o vírus na população da ilha”, comenta Regina Brizolara, coordenadora do estudo epidemiológico, tecnologista na área de doenças transmissíveis, especialista da Secretaria Estadual de Saúde.
     
     
    Com as festividades de final de ano muitas pessoas acabam viajando. Então, quem não estiver de volta ao arquipélago até o início de janeiro, quando serão realizadas as coletas, pode entrar em contato através do número de WhatsApp 81-99285 4133 pedindo a antecipação do exame. Outras informações, ligar para (81) 98494 0520. Mesmo que o voluntário tenha faltado em alguma etapa da pesquisa, ele pode participar desta fase sem problema algum, bastando se comunicar com a equipe do estudo.
     
    Fernando de Noronha registrou até o momento 303 casos de Covid-19, sendo 231 casos em Noronha e 72 casos importados. Desse total, 279 pessoas já estão curadas e 24 permanecem em quarentena. Nenhum óbito, ou caso mais grave, aconteceu por conta do coronavírus no arquipélago.
    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • https://www.pe.gov.br/_resources/files/_modules/files/files_22151_202012151454274bb1.jpg

    | Turismo

    passaporteVisitantes que participam da iniciativa da Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco poderão registrar a passagem pelo Museu do Estado, Torre Malakoff, Casa da Cultura e Museu do Trem

     

    Lançado recentemente pela Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco para estimular a visita aos diversos destinos turísticos do Estado, o Passaporte Pernambuco agora também conta com carimbos de quatro equipamentos culturais gerenciados pela Secult-PE/Fundarpe. Os visitantes poderão registrar a passagem pelo Museu do Estado, Torre Malakoff, Casa da Cultura e Museu do Trem. Também será possível adquirir o caderninho com aparência que lembra o passaporte oficial e começar a participar a partir de então.

    A ação de marketing lançada em outubro deste ano brinca com o bairrismo pernambucano e a expressão “meu país Pernambuco”. O passaporte foi distribuído pelos Centros de Atendimento ao Turista, agências de turismo de Pernambuco e de outros estados, além de destinos como os equipamentos culturais da Fundarpe.

    Cada destino possui um carimbo colorido individual que são marcados nas páginas em branco do passaporte após cada visita. A estratégia faz parte da retomada do turismo no Estado. Outros espaços culturais deverão receber carimbos personalizados em breve.

    “É uma iniciativa muito positiva que chega para contribuir bastante para a difusão dos atrativos turísticos do estado. As pessoas se sentem convidadas a visitar, conhecer os lugares e, assim, guardar a lembrança por meio do carimbo. Aqui no Museu do Trem, por exemplo, já recebemos vários visitantes nos últimos dias procurando o Passaporte ou querendo registrar sua visita por meio do nosso carimbo”, afirmou André Cardoso, do educativo do Museu do Trem.

    Confira abaixo os endereços dos equipamentos culturais integrantes do Passaporte Pernambuco:

    Museu do Estado de Pernambuco

    Av. Rui Barbosa, 960 – Graças

    Torre Malakoff

    Praça do Arsenal, s/n, Bairro do Recife

    Casa da Cultura

    Cais da Detenção, s/n, Santo Antônio

    Museu do Trem

    Rua Floriano Peixoto s/n, São José

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Atividade turística em Pernambuco cresceu 4,2% em junho

    | Turismo

    secretaria de turismo

    Atividade turística em Pernambuco cresceu 4,2% em junho
      

    De forma gradual, o turismo vem retornando suas atividades, apesar do panorama da pandemia do Covid-19. Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na última quarta-feira (19), aponta o aumento da receita de hotéis, restaurantes e locadoras de automóveis no junho: a média de crescimento da atividade turística nacional foi de 4,2%. Os dados foram revelados na Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), que compara junho com o mês de maio de 2020.

    “Os dados divulgados pelo IBGE sobre a atividade turística no Brasil mostram uma retomada do segmento em Pernambuco. Isso comprova que estamos no caminho certo, mantendo a preocupação com as questões sanitárias e com a saúde da população e dos visitantes, mas ao mesmo tempo esse recomeço, mesmo lento, do turismo, tem um potencial para a geração de emprego e renda para nosso Estado”, destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.
     
    A média nacional de junho aponta um aumento de 19,8% em comparação ao mês anterior, com destaque para o setor aéreo (+59,8%) e para os serviços de alojamento e alimentação (+17,3%). Entre março e abril, o turismo nacional chegou a registrar uma queda de 68,1%. Além de Pernambuco, outros Estados do País pesquisados pelo IBGE tiveram crescimento nas taxas de serviços das atividades turísticas em junho. Santa Catarina liderou o ranking (26,1%), seguido do Rio de Janeiro (23,7%), além de São Paulo (19,6%).  

     
     
    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Paulista, Recife
    Assuntos: IBGE, covid19, secretária de Turismo e Lazer
    Compartilhe: Link para o post:
  • Com mais voos, Aeroporto do Recife tem movimentação de quase cem mil passageiros em junho

    | Turismo

    aeroporto

    Os efeitos da pandemia da Covid-19 têm causado forte impacto no turismo nos últimos meses. Apesar disso, em Pernambuco, o segmento começa a dar sinais de retomada. Segundo dados do Aeroporto Internacional do Recife - hoje administrado pela espanhola Aena - houve um aumento de 58,5% na movimentação de passageiros no comparativo de junho em relação a maio deste ano.

    Mais de 96 mil pessoas passaram pelo Aeroporto do Recife no mês passado, embarcando ou desembarcando no terminal. Além disso, o Estado saltou de 30 voos (pousos e decolagens) diários em junho, para 58 voos neste mês de julho. A Azul Linhas Aéreas, que mantém hub no Aeroporto Internacional dos Guararapes, e a GOL ampliaram frequências ligando o Estado a todo Brasil.

    Todos estes números confirmam a posição do Aeroporto do Recife como a principal porta de entrada do Nordeste. Para se ter uma ideia, o Aeroporto de Salvador, outro terminal de destaque na região, demonstrou crescimento de 39,5% no período, atingindo movimentação de pouco mais de 56 mil passageiros.

    “Nós sabemos que o momento é de preservar a saúde de todos, de ter muito cuidado e seguir os protocolos que estão sendo anunciados. O Governo de Pernambuco está evoluindo com o plano de convivência com a Covid e as atividades do turismo, aos poucos, voltam a funcionar, sempre com muita cautela. Em parceria com a Aena e as companhias aéreas, fazemos um esforço para recompor a malha aérea de nosso Estado ao longo deste processo de retomada da economia”, afirma o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

    Os bons resultados na aviação aliam-se ao avanço diagnosticado na Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE. Em maio, último mês com dados avaliados pelo instituto, o Turismo de Pernambuco cresceu 7,9% no índice de atividades turísticas em relação a abril. O resultado conquistado supera a média nacional, que ficou em 6,6%. Outros Estados do Nordeste, a exemplo da Bahia e do Ceará, também com importante presença no setor, obtiveram 0,4% e -4,4%, respectivamente.

    Pernambuco também apresenta melhora no índice de receita nominal das atividades turísticas, com incremento de 9,3%. O número coloca o Estado à frente do Brasil (7,9%), e de outros da região, como Bahia (2,6%) e Ceará (-2,8%).

    Foto: Guga Matos

    Assuntos: turismo, aeroporto, covid
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco promove segunda etapa da entrega de cestas básicas para guias de turismo

    | Turismo

    cesta turismo

    Como forma de minimizar os impactos sociais causados pela interrupção das atividades do turismo em Pernambuco, a Secretaria de Turismo e Lazer, por meio da Empetur, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, promoverá a segunda etapa da entrega de cestas básicas para os guias de turismo. 

    Nesta segunda (6) e terça-feira (7), das 9h às 13h, no Centro de Convenções, as cestas serão entregues para os guias de Olinda e Litoral Norte. Nos dias 8 e 9 de julho as entregas acontecem no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) da Praça do Arsenal, no bairro do Recife, a entrega para os profissionais do Recife. Na sexta-feira (10), também no CAT, a distribuição será para os residentes em Jaboatão dos Guararapes.

    “Neste momento incomum, com a pandemia da Covid 19, se tornou necessário criar ações que possam fortalecer os trabalhadores que exercem a atividade do turismo no Estado, em especial os guias de turismo. Fizemos uma primeira entrega, em maio, para guias da Região Metropolitana e também do interior, e vamos fazer esta segunda entrega por entendermos que este socorro emergencial é extremamente necessário”, afirma o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

    Serão atendidos cerca de 500 guias de turismo em todo Estado. A seleção contempla os profissionais que estão com as informações regularizadas no Cadastro Nacional do Turismo, o Cadastur, do Ministério do Turismo. 

    As entregas do interior do Estado serão feitas com logística própria, nos dias 9 e 10  de julho, na Zona da Mata Norte, Agreste e Sertão. A distribuição das cestas básicas aos guias conta  ainda com apoio das Secretarias de Turismo do Ipojuca e do Cabo de Santo Agostinho, que farão as entregas para os profissionais residentes nestes municípios, também nesta semana.

     

    Serviço: 

    Entrega de cestas básica para guias de turismo

    Data: De 6 a 10 de julho

    Horário: 9h às 13h.

    Local: Centro de Convenções de Pernambuco - Endereço: Av. Prof. Andrade Bezerra, s/n - Salgadinho, Olinda - PE, 52171-011. (Obs: Entrada lateral do Cecon, paralela ao Shopping do Automóvel) e no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) da Praça do Arsenal, no Bairro do Recife.

     

    Assuntos: turismo
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco reforça a malha aérea em julho

    | Turismo

    aeroporto

    Companhias ampliam as operações de forma gradual, com protocolos sanitários, para garantir a segurança dos viajantes

    Mesmo no cenário atípico devido à pandemia da Covid-19, em que países em todo o mundo restringem o número de voos, Pernambuco vem numa crescente em sua malha aérea desde o mês de abril. E em julho, mais novidades positivas são anunciadas para o setor aéreo: o Estado salta de 30 voos (pousos e decolagens) diários em junho, para 58 voos. A Azul Linhas Aéreas, que mantém hub no Aeroporto Internacional dos Guararapes, e a GOL ampliam frequências ligando o Estado a todo Brasil.

    “A pandemia promoveu uma queda enorme na conectividade aérea de Pernambuco, tanto em ligações nacionais quanto internacionais. Mas desde abril já estamos num crescente. A partir deste mês, as empresas vão operar ainda mais voos para o Estado, e isso é muito importante dentro do panorama de retomada gradativa do turismo. Sabemos que ainda temos muitos desafios, a preocupação em manter a segurança para a população é grande, mas ao mesmo tempo esse recomeço, mesmo lento, do turismo, é importante para voltar a movimentar a economia local”, declara o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

    A Azul Linhas Aéreas anunciou um reforço importante no Recife, que voltará a ter conexão direta com Guarulhos (SP), Santos Dumont (RJ), Belo Horizonte (MG) e Maceió (AL), já a partir do dia 06; e com João Pessoa (PB) e Teresina (PI), começando em 13 de julho.

    Para as ligações com Paraíba e Alagoas, serão usadas as aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para 70 passageiros. Já as rotas do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Piauí serão operadas com os Airbus A320neo, com capacidade para 174 lugares. 

    Já a Latam anuncia voos diretos para Brasília (BSB) e Guarulhos (SP) agora em julho. A aérea também divulga partidas diárias para São Paulo e às segundas, quartas, quintas e sextas-feiras para a capital federal, Brasília.

    Enquanto isso, a GOL reforça voos a partir do Recife para Fortaleza (FOR), Galeão (GIG), Brasília (BSB) e Salvador (SSA), com dois voos diários para cada destino. A companhia ampliará ainda para quatro as frequências diárias da rota Recife-São Paulo, com partidas para Guarulhos (GRU) e Congonhas (CGH). Em Petrolina, no Sertão do Estado, haverá ampliação de voos partindo do Aeroporto Senador Nilo Coelho para o terminal de Guarulhos (SP).

    Assuntos: turismo
    Compartilhe: Link para o post:
  • Para matar a saudade e despertar vontade, Pernambuco lança hotsite Bora Pernambucar

    | Turismo

    pernambucar

    Litoral, agreste e sertão. Mar, caatinga, poesia matuta e forró de rabeca, chocalho de maracatu, sombrinha de frevo e estandarte pendurados num museu. E Gonzagão, chapéu de couro, pôr do sol lindo visto de cima do Cais, onde o Sertão encontra o mar. Pernambuco tem tudo isso pra te mostrar, e vai ficar aguardando a tua visita, quando chegar o tempo de viajar de novo.

    Mas enquanto a gente espera, dentro de casa, nessa temporada em que o coração está apertado e a gente sente saudade de fazer tanta coisa, o Turismo de Pernambuco criou um espaço cheinho de informações para aguçar o seu desejo de partir danado pra Catende, ou melhor, rapidinho, com sua mala, para aquele destino que mais tem vontade de conhecer no Estado (ou aqueles, quem sabe?), quando o tempo de cair na estrada com segurança chegar.

    Está no ar o www.borapernambucar.com.br, o hotsite que vai ajudar os de casa e os de fora a conhecer Pernambuco. Nele você vai encontrar informações sobre vários destinos locais - por enquanto, 25 municípios estão destacados, mas a meta é incluir opções de todo o Estado -, além de fotos, molduras, filmes publicitários, sugestões de roteiros para 1 dia, um fim de semana, ou o tempo que se queira. A página é voltada para informar viajantes em geral e também para nutrir agências de viagens, operadoras, hotéis e equipamentos turísticos com material bacana que poderá ser utilizado nas redes sociais para mostrar como tem coisa bonita por aqui.

    É o encontro do Bora Pernambucar - que a Secretaria de Turismo e Lazer e a Empetur tanto falaram, cuidaram e realizaram em 2019 - com a campanha “Meu Destino é Brasil”, criada pela BBG Brasil. E como a palavra do momento é colaboração, rede colaborativa, e trabalho em conjunto, convidamos você a fazer parte deste trabalho. No hotsite, na aba “Baixe as peças”, estão imagens e artes liberadas para o uso nas redes sociais. Dá até para editar, substituindo as fotos pelos seus cliques preferidos, mantendo a moldura da campanha.

    Tem “Meu Destino é Pernambuco” pra todo mundo! Com a paisagem exuberante de Fernando de Noronha, a rosa dos ventos do Marco Zero do Recife e as jangadas de Porto de Galinhas. Ao longo do tempo, mais e mais destinos estarão disponíveis para uso. A ideia é encher as redes, pernambucar online, demonstrando o carinho por toda essa beleza, que segue aqui, enchendo a gente de vontade e esperança por dias melhores, em breve.

    Um último pedido: no site, é possível se cadastrar para ficar recebendo mais informações e material sobre as nossas cidades. E se alguma dúvida aparecer, tem e-mail direto para voltar a ficar sabido: borapernambucar@empetur.pe.gov.br. Boa navegação, boas postagens, seu cuida direitinho que a gente tá organizando tudo pra quando você chegar. #borapernambucar #meudestinoépernambuco #descubrapernambuco #meudestinoébrasil

     

    Link do hotsite:  www.borapernambucar.com.br 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Empetur renova mandato de diretores e anuncia novo presidente

    | Turismo

    empetur

    A Empresa de Turismo de Pernambuco - Governador Eduardo Campos realizou reunião do seu conselho administrativo na tarde desta segunda-feira, 29 de junho. No encontro, foi renovado, por mais dois anos, o mandato do  quadro de diretores da instituição e anunciado o novo presidente. O advogado recifense Antonio Peres Neves Baptista, 40 anos, assumiu o cargo, que estava sendo acumulado pelo secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, desde fevereiro de 2019.

    Antonio Neves Baptista já integrava a equipe de Novaes, sendo o executivo de Turismo desde o início da gestão, em janeiro de 2019.

    “A Empetur exerce um papel fundamental para o turismo pernambucano. A empresa tem um excelente time técnico, com profissionais experientes do turismo, de marketing, entre outras áreas, capazes de dar o fôlego que precisamos para a retomada do setor, que esperamos que seja muito em breve. Este tempo em que estive à frente da presidência da Empetur, além da secretaria, foi muito importante para conhecer todo o funcionamento do órgão e desenvolver ações robustas como o Bora Pernambucar. Antônio já acompanha esta rotina”, salientou Novaes.

    Com vasta experiência como servidor público, com passagens no Judiciário, Legislativo e Executivo, Antonio Neves Baptista é pós-graduado em Direito Público e em Direito Eleitoral. Atuou como assessor jurídico no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, foi chefe de gabinete na Assembleia Legislativa de Pernambuco e diretor de Operações da EPTI - Empresa Pernambucana de Transportes Municipais.

    “Assumo este desafio com muito orgulho e tranquilidade, sabendo que contamos com um corpo de servidores experiente e o melhor trade do Brasil, aguerrido e parceiro. Juntos, vamos não apenas superar as dificuldades e recolocar Pernambuco na posição de destaque que ele sempre ocupou, mas elevaremos nosso patamar de competitividade no cenário nacional e internacional.”, afirma o novo presidente da Empetur, que é casado e pai de dois filhos.

    Assuntos: empetur, turismo
    Compartilhe: Link para o post:
  • Cais do Sertão promove seminário sobre sociabilidade e diversidade nas quadrilhas

    | Turismo

     setur

    Debates abertos ao público acontecem no canal do museu no YouTube na quinta e sexta-feira, 25 e 26 de junho


    Nos últimos anos, as quadrilhas juninas têm chamado a atenção de pesquisadores das ciências humanas e das artes. A festa e dança, que movimentam toda a cadeira artística e produtiva, são responsáveis por promover a interação entre os diversos gêneros que compõem a sociedade. Com a missão de refletir sobre a vivência dessa arte, o Centro Cultural Cais do Sertão, o Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPE e o Observatório de Museus e Patrimônios Culturais (Observamus) promovem, nos dias 25 e 26, o seminário Sociabilidades e Diversidade na Experiência Festiva. A iniciativa conta ainda com o apoio da Federação de Quadrilhas Juninas de Pernambuco - Fequajupe.

    Durante os dois dias do evento, pesquisadores de vários Estados e artistas das quadrilhas juninas de Pernambuco vão refletir sobre gênero, sexualidade, gestão e integração, em três lives no Google Meet e transmitido simultaneamente no canal do YouTube do Cais. Todas as mesas terão duas horas e meia de duração, e a ideia é provocar novos fluxos na produção do conhecimento sobre as festividades locais.

    Serão três momentos de discussão, sendo um no primeiro dia, das 16h as 18h30, e no segundo dia, no mesmo horário e também pela manhã, das 10h as 12h30. “Este ano, o São João será comemorado em casa, devido à pandemia, e uma das formas de viver a essa festividade é refletir sobre a sua  importância na formação da nossa sociedade e cultura. As quadrilhas juninas são um caminho que tem ajudado na formação de novos profissionais para a dança, a produção cultural e as artes cênicas, indo muito além do caráter meramente lúdico da festa”, reflete o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

    A primeira mesa, nesta quinta-feira (25), vai contemplar “A experiência festiva das quadrilhas juninas: sociabilidades, interação, produção de coletividades e identidades em fluxo”. Ela será mediada pelo antropólogo, pesquisador e gestor cultural Eduardo Sarmento, da UFPE, que vai comandar o bate-papo com os professores do Programa de Pós-Graduação em Antropologia (UFPE)  Luciana Chianca e Hugo Menezes. O doutorando em Sociologia da Universidade Federal do Ceará Thiago de Castro também participa do debate, que vai abordar a funcionalidade das festas juninas e as quadrilhas como lugares privilegiados de produção de sociabilidades específicas, de relações e vínculos sociais e de grupos. A interlocução acontece das 16h às 18h30.

    Já na sexta-feira (26), os internautas vão poder acompanhar duas rodas de conversa. A primeira, das 10h às 12h30, dá voz aos quadrilheiros e artistas sobre “Gênero e sexualidade na experiência quadrilheira LGBTQI+”. Mediada pelo educador do Cais do Sertão Perácio Gondim, a conversa reúne os quadrilheiros Fábio Andrade (Quadrilha Junina Lumiar), Mel de Carvalho (Quadrilha Junina Zabumba), Stephany Araújo (Quadrilha Junina Dona Matuta) e Marcone Costa (diretor da Quadrilha Junina Tradição).

    O segundo turno do debate, das 16h às 18h30, prioriza os “Estudos sobre a gestão da diversidade nas quadrilhas juninas”, sob a mediação do historiador Mário Ribeiro (UPE). Participam Rafael Noleto (UFPE), Hayeska Barroso (UnB) e Liana Queiroz (UFPE).
     
    SERVIÇO:
    Seminário Sociabilidades e Diversidade na Experiência Festiva. Quinta-feira (25), às 16h, e sexta-feira (26), às 10h e as 16h. No perfil Cais do Sertão no YouTube. Aberto ao público

    Programação
     
    25/06 - 16h às 18h30.
    Mesa 1: A experiência festiva das quadrilhas juninas: sociabilidades, interação, produção de coletividades e identidades em fluxo.
    Facilitadores: Luciana Chianca, Thiago de Castro e Hugo Menezes
    Mediação: Eduardo Sarmento (PPGA/UFPE)
     
    26/06 - 10h às 12h30
    Mesa 2: Gênero e sexualidade na experiência quadrilheira LGBTQI+
    Facilitadores: Fábio Andrade, Mel de Carvalho, Stephany Araújo e Marcone Costa
    Mediação: Perácio Gondim (Museu Cais do Sertão)
     
    26/06 - 16h às 18h30
    Mesa 3 – Estudos sobre a gestão da diversidade nas quadrilhas juninas
    Facilitadores: Rafael Noleto, Hayeska Barroso e Liana Queiroz
    Mediação: Mário Ribeiro

    Fotos: Chico Andrade

    Assuntos: setur, cais do sertão, seminario, sociabilidade, diversidade nas quadrilhas
    Compartilhe: Link para o post: