meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Cartilha da PGE-PE orienta servidores no período eleitoral

    | Social


    Cartilha da PGE-PE orienta servidores no período eleitoral

    Está disponivel no site da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) a Cartilha Eleições 2020, com orientações gerais aos agentes públicos estaduais sobre as condutas vedadas durante o período eleitoral. O documento é publicado pela PGE-PE nos anos de eleição desde 2006, sempre com as atualizações necessárias e em linguagem simples.

    Este ano a cartilha está disponível apenas na versão on-line. “Ao fornecer informações sobre as condutas que não são permitidas no período, a Procuradoria, mantendo sua tradição, busca garantir segurança aos atos jurídicos dos servidores e agente públicos, igualmente contribuindo, sob esse ângulo, para a adequação do processo eleitoral”, destaca o procurador-geral do Estado de Pernambuco, Ernani Medicis. 

    “A observância das orientações mantém sua relevância mesmo em se tratando de eleição municipal, considerando que muitas das condutas vedadas pela legislação eleitoral podem restar caracterizadas independentemente da circunscrição do pleito”, afirma a procuradora-geral adjunta do Estado de Pernambuco, Giovana Ferreira.

    A cartilha elenca as condutas impedidas e vedadas aos agentes públicos, contém uma seção de perguntas e respostas, outra com a jurisprudência atualizada e o calendário simplificado das eleições 2020. Este ano, devido à pandemia, houve a edição da Emenda Constitucional nº 107, de 2 de julho de 2020, que determinou o adiamento das eleições municipais e readequação do calendário eleitoral. No conteúdo da publicação, houve uma significativa atualização do repositório jurisprudencial.

    A publicação foi atualizada e revisada pelas procuradoras Manuela Laurentino, Mariana Varejão e Giovana Ferreira, que é procuradora-geral adjunta do Estado de Pernambuco, e pelo procurador Paulo Rosenblatt.

    Para ler ou baixar a cartilha, clique aqui ou acesse www.pge.pe.gov.br e a guia Cartilhas e Orientações.

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: PGE-PE, servidores, cartilha eleitoral
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secult-PE e Fundarpe recebem pedido de tombamento da Capela das Almas, em Garanhuns

    | Social

    Secult-PE e Fundarpe recebem pedido de tombamento da Capela das Almas, em Garanhuns

      O monumento religioso é uma construção do século XVIII que abriga o antigo cruzeiro

    A pedido do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (CEPPC), a Secretaria Estadual de Cultural (Secult-PE) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), deram início ao processo de tombamento da Capela das Almas, no Quilombto do Castainho, em Garanhuns.
     
    O monumento religioso é uma construção do século XVIII que abriga o antigo cruzeiro, a primitiva cruz das Almas, e também serviu como cenário para a realização de cultos e práticas religiosas de origem africana.
     
    O processo de tombamento ainda não tem data para conclusão pois, uma vez apresentadas as observações recomendadas pelo CEPPC à Secult-PE e Fundarpe, o processo é encaminhado para o governador do Estado, responsável pela publicação do decreto de tombamento. Depois de publicado, o decreto é despachado ao CEPPC, que inscreve os imóveis no seu livro de tombo.
     


    Cidades: Garanhuns
    Assuntos: Secult-PE, CEPPC, Fundarpe, tombamento, capela
    Compartilhe: Link para o post:
  • Série pega a visão qualifica estudantes em empreendedorismo

    | Educação, Social

    série pega a visão

    Série pega a visão qualifica estudantes em empreendedorismo
     
    A segunda temporada da série on-line, com apoio da Secretaria do Trabalho de Pernambuco, inicia nesta quarta-feira (26), engajando jovens ansiosos por inovação profissional
     
    Em mais uma parceria com a NEO Brasil, a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco apoia a segunda temporada da série Pega a Visão: um novo olhar sobre trabalho para as juventudes. A transmissão on-line começa nesta quarta-feira (26), a partir das 15h, como um auxílio educacional para os jovens que querem fazer a opção pelo empreendedorismo.
     
    Pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM) aponta que, em 2020, o Brasil deve alcançar o maior índice de empreendedores iniciais das últimas duas décadas. Com esse novo cenário previsto, a demanda por qualificação e inovação se torna maior para quem pretende enveredar no mercado de trabalho abrindo sua própria empresa. 
     
    “É de fundamental importância que os jovens se qualifiquem neste período de pandemia. A capacitação também ajuda no resgate da autoestima, na inclusão social, especialmente neste período de isolamento, e na geração de renda. Temos acompanhado o testemunho destes jovens e os que fizeram a primeira temporada estão felizes. Isso é muito importante”, disse o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação do Estado, Alberes Lopes.
     
    Direcionada ao público jovem em geral, mas com foco especial para alunos das escolas técnicas do Estado e do SENAI, a série Pega a Visão é uma produção original da Aliança NEO Brasil e está sendo disponibilizada gratuitamente, com direito a certificação para aqueles que assistirem a mais de 75% das aulas. 
     
    A segunda temporada conta com quatro episódios, que serão disponibilizados sempre às 15h, no canal do YouTube do Instituto Aliança (www.youtube.com/compartilhabrasil) e na TV Pernambuco, e segue com lives semanais até o dia 16 de setembro. 
     
    Se na primeira temporada foram abordadas técnicas e habilidades para garantir emprego no mercado formal, esta nova fase traz vídeos com orientações e dicas para os jovens que querem abrir, aperfeiçoar ou ampliar seu próprio negócio. “Os jovens, que já representavam a população mais afetada pelo desemprego, estão sendo desproporcionalmente afetados pelo COVID-19, com vários choques, incluindo interrupção da educação e treinamento, perdas de emprego e renda e maiores dificuldades em encontrar um emprego. Nesse contexto, se torna mais intensa a busca por alternativas de empreender algum tipo de negócio”, declara Neylar Vilar, Coordenadora Geral do NEO Brasil.
     
    A nova temporada abre com o tema “Partiu! Alternativas para criar o próprio negócio: um papo sobre empreendedorismo” no qual o analista do Sebrae, Victor Abreu, e a master coach e consultora, Silvana Campos, falam das várias formas de se empreender um negócio e quais os novos nichos de mercado em tempos de pandemia. 
     
    “O intuito é prestar serviço para o jovem de modo que ele possa perceber, no cenário de pandemia, quais são as possibilidades reais de gerar renda”, afirma a consultora Carolina Conde, que irá mediar este episódio. Já o segundo encontro, no dia 02 de setembro, será conduzido por Micaías Paiva, da Paiva Consultoria e Tecnologia, que fará “Um papo sobre como montar um plano de negócio”, para ajudar o novo empreendedor a atingir seus objetivos, diminuir riscos e incertezas do negócio e captar recursos financeiros e humanos.
     
    A temporada terá ainda as temáticas “Como conseguir financiamento”, no dia 09 de setembro, e “Mulher e empreendedorismo em um mercado machista”, encerrando a série. Cada episódio tem aproximadamente uma hora de duração, reunindo falas de especialistas atuantes no mercado, jovens protagonistas, conferindo uma linguagem que se adequa e é chamativa ao público-alvo. As aulas, que trazem conteúdos complementares, contam ainda com acessibilidade em Libras. 
     
    Pra quem perdeu a primeira temporada, basta acessar o canal do YouTube do Instituto Aliança (www.youtube.com/compartilhabrasil) para conferir os conteúdos, que já foram visualizados por mais de 17 mil pessoas. Para a segunda temporada, as inscrições podem ser feitas no link https://credencial.imasters.com.br/serieonlineneo-2atemporada
     
    CONFIRA OS EPISÓDIOS DA 2ª TEMPORADA DA SÉRIE "PEGA A VISÃO", QUE SERÁ VEICULADA ÀS QUARTAS-FEIRAS, ÀS 15h:
     
    Episódio 01 (26/08):
    PARTIU! ALTERNATIVAS PARA CRIAR O  PRÓPRIO NEGÓCIO : UM PAPO SOBRE EMPREENDEDORISMO    
    Convidados: Victor Abreu (Sebrae) e Silvana Campos (ETRE Pessoa,negócios, resultados) / Mediadora: Carolina Conde (Calazans Consultoria)
     
    Episódio 02 (02/09):
    A LUA ME TRAIU! TENHO A IDÉIA MAS... UM PAPO SOBRE COMO MONTAR UM PLANO DE NEGÓCIO 
    Convidado: Micaias Paiva (Paiva Consultoria e Tecnologia) / Mediadora: Julyane Silva (CIEE/SEIP) 
     
    Episódio 03 (09/09):
    QUEBRANDO O PORQUINHO! TIRAR O NEGÓCIO DO PAPEL:  COMO CONSEGUIR FINANCIAMENTO
    Convidados: Antonio Jácome (AGE PE) e  Luiza Bonini (Aliança Empreendedora)/ Mediadora: Adriana  Franco (NEO/ Estrela Ideias Sociais)
     
    Episódio 04 (16/09):
    LUGAR DE MULHER É ONDE ELA QUISER!  MULHER E EMPREENDEDORISMO EM UM MERCADO MACHISTA 
    Convidado: Andrea Rodrigues (RODRIGUES Assessoria)  e Priscila Veras (Muda Meu  Mundo) / Mediadora: Lúcia Costa (SETEQ)
    Cidades: Recife
    Assuntos: Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pe, empreendedorismo, estudantes
    Compartilhe: Link para o post:
  • Semana Estadual da Pessoa com Deficiência promove programação virtual a partir desta sexta (21)

    | Social

    semana estadual da pessoa com deficiência

    Semana Estadual da Pessoa com Deficiência promove programação virtual a partir desta sexta (21)


    Com o tema “Artes e Saberes da Pessoa com Deficiência”, o evento virtual vai promover ações de incentivo à arte e ao desenvolvimento de talentos no segmento. A Semana acontece no canal do Youtube da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude


    De 21 a 28 de agosto, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude promove a Semana Estadual da Pessoa com Deficiência. Este ano, o evento aposta no formato online e vai estimular a arte e o desenvolvimento de talentos artísticos entre as pessoas do segmento. Com o tema “Artes e Saberes da Pessoa com Deficiência”, a programação inclui debates sobre a importância da arte como ferramenta de contribuição para a autonomia dessas pessoas e como garantir acessibilidade no setor.

    O público também acompanhará performances de grupos artísticos formados por pessoas com deficiência localizados em sete municípios pernambucanos: Recife, Igarassu, Araçoiaba, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Vitória de Santo Antão e Camaragibe. Toda a programação da Semana será transmitida pelo canal do Youtube da SDSCJ, através do youtube.com/secdesenvolvimentosocial.

    O secretário da SDSCJ, Sileno Guedes, destaca que a Semana Estadual da Pessoa com Deficiência reafirma o compromisso da Governo do Estado em defender e valorizar as bandeiras do segmento. “A Semana é uma realização anual que ressalta a importância deste grupo e da participação deles nas decisões e na gestão pública do Estado. Com a Superintendência Estadual de Apoio às Pessoas com Deficiência, que é parte da estrutura da SDSCJ, nós buscamos trazer sempre ações de estímulo à autonomia e, principalmente, serviços importantes para que eles possam executar o exercício da cidadania”, pontua o gestor.

    A Semana Estadual da Pessoa com Deficiência foi fundamentada na Lei Estadual nº 13.381, de 21 de dezembro de 2007, e, por ter sofrido alterações posteriores, foi disciplinada pelo art. 240 da Lei Estadual nº 16.241, de 14 de dezembro de 2017. A secretária executiva de Segmentos Sociais, Laura Gomes, pontua que desde a primeira edição o evento tem como principal objetivo sensibilizar e conscientizar a sociedade e os órgãos públicos e privados sobre os direitos fundamentais das pessoas com deficiência. “Com a Semana, nosso foco é criar debates sobre as deficiências em geral e construir, junto a sociedade civil, formas de tornar a inclusão social uma realidade”, afirma.

    Atuando como superintendente estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência, Edimilson Silva destaca que a Semana é considerado um marco relevante no calendário estadual. “Com o evento, queremos reunir a maior quantidade de sugestões e percepções para a criação de ações em defesa das pessoas com deficiências”, completa.

    Abaixo, confira a programação.

    Data: 21/08 - Abertura da semana em Recife
    Horário: 17 horas.
    Live com o subtema: Arte como forma de expressão e autonomia.
    Participantes: Paulo Fernando (Gerente da pessoa com deficiência do Recife)
    Canal: youtube.com/secdesenvovilmentosocial

    Data: 24/08
    Horário: 18 horas
    Atividade: Live com o subtema: Descobrindo talentos
    Participantes: Edimilson Silva (Superintendente estadual da pessoa com deficiência)
    Canal: youtube.com/secdesenvovilmentosocial

    Data: 26/08
    Horário: 18 horas
    Atividade: Live com o subtema: Arte e acessibilidade.
    Participantes: Paulo Fernando (Gerente da Pessoa com Deficiência do Recife) e
    Yane Marques (representante da Fundação de Cultura do Recife)
    Canal: youtube.com/secdesenvovilmentosocial

    Data: 28/08
    Horário: 17 horas
    Atividade: Live com o subtema: A arte sobre o olhar da Lei Brasileira de inclusão (LBI)
    Participantes: Edimilson Silva (Superintendente da Pessoa com Deficiência)
     Domingos Sávio (Radialista e artista com deficiência)
    Ellen Meireles (Assessora de Artes Visuais da Secretaria de Cultura de Pernambuco). Canal: youtube.com/secdesenvovilmentosocial

     
    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: SDSCJ, programação virtual,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Casa de Cidadania e Justiça de Fernando de Noronha passa a oferecer serviço de conciliação matrimonial

    | Social

    Casa de cidadania e justiça Fernando de Noronha

     

    Casa de Cidadania e Justiça de Fernando de Noronha passa a oferecer serviço de conciliação matrimonial

    Criada com a intenção de ser um espaço para aproximar o cidadão noronhense do Poder Judiciário e dar uma maior agilidade nos processos dos ilhéus, a Casa de Cidadania e Justiça de Fernando de Noronha começou a realizar também audiências de conciliação matrimonial. Nesta quinta-feira (30) os dois primeiros atendimentos para casos de divórcio aconteceram. Em um deles, o acordo não foi feito, e o caso será enviado para a Defensoria Pública de Pernambuco, na capital do Estado, para ser executado o divórcio litigioso. Na outra audiência, uma das partes não esteve presente e a sessão foi remarcada para o próximo dia 4 de agosto.

     A Casa de Cidadania e Justiça de Fernando de Noronha é uma parceria entre o Tribunal de Justiça e a administração da ilha, e oferece diversos serviços de apoio à comunidade noronhense, incluindo agora a mediação de conflitos, que envolve, além da separação e divórcio, o reconhecimento e término de união estável, além de serviços como pensão alimentícia, reconhecimento, investigação de paternidade, guarda e visitação de menores. Há ainda questões relacionadas a direitos do consumidor, seguro DPVAT, orientações sobre aposentadoria, além de casamentos coletivos e palestras.

     A partir do momento em que as partes entram em consenso, já saem da audiência com o processo finalizado, aguardando apenas a homologação do juiz, através do sistema mediador do Tribunal de Justiça. Depois disso, os envolvidos recebem toda a documentação necessária do divórcio, reconhecimento da paternidade, entre os outros serviços. A Casa também oferece conciliações extrajudiciais, como questões de consumo, dívidasconflitos entre vizinhos, por exemplo. Ou qualquer problema que poderia gerar processo na área cívil. Nesse caso, não é necessário juiz, tudo é resolvido e assinado entre as partes envolvidas na presença dos mediadores. 

     “A comunidade noronhense não precisa de um advogado para utilizar os serviços da Casa de Cidadania, porque oferecemos gratuitamente. Inclusive os serviços que os cartórios normalmente realizam por meio de cobrança de taxas, nós também fazemos, mas de maneira gratuita para o cidadão do arquipélago”, destaca Felipe Campos, superintendente Jurídico de Noronha. 

     Segundo Sandra Lima, coordenadora da Casa de Cidadania, e também mediadora e conciliadora, a intenção é ser um elo ágil entre as pessoas da ilha e o Poder Judiciário, fazendo a mediação e a conciliação. “Damos atenção necessária a todos os trâmites judiciais. Depois que a gente faz a conciliação, encaminhamos ao juiz e ele homologa. Existe um núcleo que coordena todas as Casas de Cidadania de Pernambuco, com o desembargador Erick Simões, responsável por fazer as homologações. E pode ser também o juiz da comarca de Noronha”, diz Sandra Lima.

     Para fazer a solicitação de audiência com os mediadores e conciliadores de conflitos, é preciso ir até a Casa de Cidadania munido de documentos de identificação. Na hora é gerado o protocolo, com horário e dia da audiência.

    A Casa de Cidadania e Justiça fica localizada na Vila dos Remédios, e funciona no horário das 9h às 12h.

     

    Foto: Karol Vieira


    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: fernando de noronha, serviço, casa de cidadania, justiça
    Compartilhe: Link para o post:
  • Instituições de Longa Permanência para Idosos recebem cartão de alimentação e higiene para assistência ao segmento durante pandemia

    | Social

    cartão

    Durante três meses, serão direcionados R$ 500 mil do Fundo Estadual do Idoso para 73 entidades sem fins lucrativos que cuidam desse público. Ato de entrega será na próxima segunda-feira (13)

    Dentro das medidas de assistência social para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus, o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa aprovou e Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), vai entregar a 73 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) cartões eletrônicos pré-pagos para compra de alimentação e materiais de higiene pessoal e limpeza. Ao todo, serão direcionados R$ 500 mil para manutenção das ILPIs públicas e privadas sem fins lucrativos acompanhadas pelo Projeto HumanIdade. O valor sairá do Fundo Estadual da Pessoa Idosa, provenientes de Lei de Incentivo Fiscal. O ato de entrega dos cartões será realizado na próxima segunda-feira (13), na sede da SDSCJ, a partir das 9h. 

    O repasse será realizado durante três meses por meio de créditos mensais no cartão emitido para as instituições. Os valores variam de acordo com a quantidade de idosos e idosas atendidos pelas entidades, sendo o benefício de R$ 71,93 per capita. A verba deverá ser usada para custeio de alimentação (60%) e higienização (40%). As ILPIs devem prestar contas do uso através de notas fiscais, que deverão ser enviadas para o monitoramento da SDSCJ, através da Coordenadoria da Pessoa Idosa. As entidades também devem assinar termo de aceite para receber o recurso. 

    Para dar o pontapé no serviço, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude entregará, na próxima segunda, o cartão a cinco instituições que foram convidadas para representar as ILPIs estaduais: o Abrigo Cristo Redentor, de Jaboatão dos Guararapes, que atende 114 pessoas idosas, a Casa do Idoso Nova Esperança, localizada em Abreu e Lima, com 51 idosos, o Abrigo Santo Antônio, em Olinda, com 29 atendidos, o Abrigo Espírita Lar de Jesus, situado no Recife, com 28 pessoas idosas, e o Lar Amparo ao Idoso, de Gravatá, com 40 pessoas. 

    O secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, explica que essas entidades vão representar as 73 instituições que estão localizadas em 44 municípios pernambucanos. "Diante do cenário de dificuldades enfrentadas com a pandemia do coronavírus, a rede assistencial do Estado enxergou a necessidade de reforçar o orçamento dessas instituições, que não têm fins lucrativos, e sobrevivem, basicamente, de doações. Para otimizar esse a chegada do recurso ao município e, consequentemente, suprir as ILPIs neste contexto de emergência, providenciamos o cartão, que é pré-pago. A instituição receberá exatamente o valor de acordo com a quantidade de idosos atendidos. Serão três parcelas de R$ 166.666,67 para atender os 2.317 beneficiários residentes nessas instituições no Estado", detalha o gestor. 

    Os valores do benefício variam entre R$ 863,19 e R$ 24.600,78 entre as entidades acompanhadas pelo Projeto HumanIdade em Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Igarassu, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Recife, São Lourenço da Mata, Barreiros, Carpina, Catende, Condado, Escada, Goiana, Macaparana, Maraial, Nazaré da Mata, Palmares, Paudalho, Timbaúba, Vitória de Santo Antão, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Camocim de São Félix, Canhotinho, Caruaru, Garanhuns, Gravatá, Orobó, Pesqueira, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una, Surubim, Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Custódia, Flores, Petrolina, Salgueiro, São José do Egito, Serra Talhada, Sertânia, Tabira e Tuparetama. As entregas dos cartões às ILPIs a entrega dos cartões ocorrem pela SDSCJ e por meio dos Correios. 

    A verba que será utilizada é oriunda de metas dos Projetos Pernambuco 60+ e Projeto HumanIdade que visam qualificar as entidades da sociedade civil e gestores municipais que atuam no segmento da pessoa idosa, fortalecendo a articulação das iniciativas da sociedade civil, rede socioassistencial e gestão municipal na execução da política da pessoa idosa. A presidente do Conselho estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Laura Gomes, destaca a importância da iniciativa. "Os recursos vão chegar num momento crucial e para um público que demanda uma atenção especial, que está inclusive no grupo de risco da pandemia do coronavírus. Essa iniciativa será muito importante para o segmento", pontua. 

    ILPIS - As ILPIS foram criadas por sugestão da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia para substituir o papel dos asilos na rede de assistência social ao idoso. Trata-se de um local destinado à moradia, permanente ou temporária, para pessoas com 60 anos ou mais. Segundo definição da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são instituições governamentais ou não-governamentais, de caráter residencial, destinadas a domicílio coletivo de idosos, com ou sem suporte familiar.

     

    Serviço: Entrega de cartões para alimentação e higiene às ILPIs pernambucanas 

    Data: 13 de julho

    Hora: A partir das 9h

    Local: Sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude - Av. Cruz Cabugá, 665, Santo Amaro

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Socioeducandos ganham livros por participação em prêmio nacional de literatura

    | Social, Juventude

     sdscj

    Adolescentes atendidos na unidade de internação da Funase em Caruaru tiveram crônicas concorrendo com obras de acadêmicos e escritores de vários estados

    Seis adolescentes pernambucanos ganharam livros como reconhecimento especial à participação deles no 1º Prêmio de Literatura Josemar Guilhermino. Durante a competição literária, os estudantes, que cumprem medida de internação no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru, no Agreste do Estado, tiveram crônicas avaliadas juntamente com textos inscritos por acadêmicos e escritores de vários estados brasileiros. A entrega das obras aos socioeducandos foi feita, na sexta-feira (10), por representantes do Sistema Preciso de Comunicação e do Clube do Livro, instituições idealizadoras da premiação nacional.

    Os livros abordam temas como o racismo e a poesia como ferramenta de transformação. Já as crônicas inscritas pelos socioeducandos tiveram relatos sobre o desejo de liberdade e perspectivas de futuro. Participaram ainda do concurso integrantes da Academia Jovem de Letras de Campos do Jordão (SP), do curso de Antropologia da Universidade Federal do Oeste do Pará, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e da Associação Mundo das Artes, de São Miguel dos Campos (AL). O texto mais votado pelos jurados foi de uma participante de São Paulo, que recebeu prêmio em dinheiro, um livro de crônicas e certificado.

    Estiveram no ato de entrega dos livros a representante do Sistema Preciso de Comunicação e servidora da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Elizabete Nunes, e gestores do Case Caruaru. “Pudemos celebrar o poder transformador da leitura e da escrita, que colocou nossos adolescentes ao lado de pessoas do Brasil inteiro através dos seus textos”, relatou o coordenador geral da unidade, Ramonn Melo. “Houve todo um carinho da equipe do prêmio ao fazer as dedicatórias e a entrega dos livros. Foi uma experiência muito bonita”, completou a coordenadora técnica do Case Caruaru, Ana Paula Ferreira.

    Em mensagem em vídeo, a representante do Clube do Livro no 1º Prêmio de Literatura Josemar Guilhermino, Myrian Araújo, afirmou que a expectativa é de que outras edições sejam realizadas. “Tivemos obras belíssimas inscritas neste concurso. Queremos que esse seja o primeiro de muitos”, disse. No mesmo sentido, a professora Josicleide Guilhermino, também integrante do Clube do Livro, avaliou a premiação de forma positiva. “Nossos agradecimentos aos adolescentes do Case, que tornaram este momento ainda mais significativo. O acesso à leitura e à escrita tem que ser um bem universal", complementou.

    Imagens: Divulgação

    Assuntos: sdscj, funase, adolescentes, leitura
    Compartilhe: Link para o post:
  • Em Caruaru, projeto estimula nova relação de adolescentes com a leitura

    | Social, Juventude

     funase

    Iniciativa, desenvolvida no período de até 45 dias, é uma das boas práticas pernambucanas concorrentes ao 17º Prêmio Innovare

    O contato mais próximo com a leitura proporciona a melhoria do vocabulário e o despertar do senso crítico sobre desigualdades sociais. É essa experiência que adolescentes em internação provisória na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, estão vivenciando em apenas 45 dias, período máximo em que permanecem nesse tipo de regime. A iniciativa, considerada inovadora pelos resultados alcançados em um curto tempo, já impactou 120 pessoas em menos de um ano de funcionamento e é um das práticas pernambucanas que disputam o 17º Prêmio Innovare, o principal da Justiça brasileira.

    Com o título “Entre livros e textos: leitura, diálogo e relações sociais”, o projeto reúne os adolescentes duas vezes por semana. Dos encontros, eles saem com livros emprestados para exercitarem a leitura em seus alojamentos e, na semana seguinte, discutirem sobre os temas abordados. No acervo, composto por mais de 100 exemplares, obras como “Triste Fim de Policarpo Quaresma” e “A Batalha dos Mamulengos”. Os internos são estimulados a produzir redações, anexadas aos relatórios encaminhados ao Judiciário com o intuito de mostrar o viés produtivo do período que passam na Funase e contribuir com a avaliação dos processos de cada um.

    “Os adolescentes que chegam, em sua maioria, têm problemas de autoestima. Então, essa iniciativa tem ajudado nesse processo e estimulado que aproveitem o tempo livre de forma produtiva. Costumamos levar textos com alguma intencionalidade, propondo questões de gênero, machismo, preconceito e outros temas. Fazemos a leitura em grupo, trabalhando a oralidade e estimulando que eles despertem para essas questões. É comum que, alguns encontros depois, eles passem a se perceber em algumas situações, como de racismo, e comecem a problematizar isso”, avalia a pedagoga Maurinúbia Moura, uma das autoras do projeto.

    A ação, que é voltada a internos já alfabetizados, ocorre desde setembro de 2019. Na unidade, é atendido um público oriundo de 42 municípios do Agreste e com idades entre 12 e 18 anos. “O projeto leva o adolescente a fazer uma reflexão e ele passa a ter voz por meio dessa ação. Quando é levado a esse lugar de fala, ele se percebe como indivíduo e passa entender que o espaço dele termina onde o do outro começa. Passa a pensar, inclusive, sobre a possibilidade de retorno à escola, entendendo que a educação é a melhor opção para iniciar um novo projeto de vida”, completa a assistente social Natália de Melo, também autora da iniciativa.

    A expectativa é de que, além de pleitear reconhecimento nacional, por meio da participação no Prêmio Innovare, o projeto possa ser estendido a outras unidades de internação provisória da Funase. “Mesmo tendo apenas 45 dias para trabalhar com esses adolescentes, temos buscado realizar atividades que influenciem positivamente o momento posterior da vida deles. Os resultados do grupo de reflexão e leitura nesses primeiros meses de funcionamento nos orgulham muito e têm potencial, com certeza, para obter reconhecimento nacional”, avalia a coordenadora geral do Centro de Internação Provisória (Cenip) Caruaru, Maria Clara Amorim.

    Imagens: Divulgação/Funase

    Vídeo sobre o projeto: https://youtu.be/blm_puo1Tn8

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sdscj, funase, adolescentes, leitura
    Compartilhe: Link para o post:
  • Caruaru e municípios do Agreste recebem ações sociais em reforço ao combate à Covid-19

    | Social

     geres

    Nas cidades, serão realizadas distribuição de 470 mil máscaras para 53 municípios, além do cadastramento de comerciantes informais de Bezerros, que serão beneficiados com cestas básicas

    Os municípios que integram as IV e V Gerências Regionais de Saúde (Geres), representados por Caruaru e Garanhuns, respectivamente, recebem um reforço social no combate à Covid-19. A partir da próxima segunda-feira (29), 470 mil máscaras serão distribuídas para 53 municípios que são abrangidos pelas regionais. Além disso, haverá a distribuição de cestas básicas para comerciantes informais em Bezerros, previamente cadastrado pelas equipes municipais de assistência social. A ação faz parte das estratégias do Governo de Pernambuco para controlar os índices de disseminação do Coronavírus nessas regiões. Vale lembrar que em Caruaru e Bezerros, a gestão estadual decretou regras mais restritivas até o dia 05 de julho. 

    Do total de máscaras disponibilizadas, 321 mil serão repassadas para a IV Regional, que engloba 32 municípios do Agreste. O maior quantitativo será entregue ao município de Caruaru, sendo 61.600 itens para adultos e 18.400 para crianças. A entrega será feita na segunda-feira pela manhã. 

    Na IV Geres, também recebem os itens: Brejo da Madre de Deus, Gravatá, Santa Cruz do Capibaribe, Belo Jardim, Bezerros, Pesqueira, São Bento do Una, Toritama, Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Bonito, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Cupira, Frei Miguelinho, Jataúba, Jurema, Panelas, Poção, Riacho das Almas, Sanharó, Santa Maria do Cambucá, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Ibirajuba e Sairé. 

    Já na regional V, que compreende Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhus, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmerina, Paranatama, Saloá, São João e Terezinha, 149 mil máscaras serão entregues, sendo 50 mil somente para Garanhuns.

    Secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes explica que a ação faz parte da estratégia do Governo de Pernambuco para contribuir com o controle da proliferação do novo Coronavírus nessas regiões. “Sabemos que 85 municípios do Estado não puderam avançar nas etapas fixadas pela gestão para retomada das atividades justamente por não terem apresentado redução dos casos como nas demais cidades pernambucana. O Governo do Estado está monitorando e realizando novas ações nessas áreas e uma delas é referente a distribuição das máscaras que recebemos de doação do Banco Itaú. Levando em consideração o número de casos e a população desses municípios, organizamos uma logística de distribuição, que é feita pela empresa Ebrasil. O material será entregue nas regionais e a distribuição aos municípios será feita pela Geres”, explica, ressaltando o apoio também da Secretaria estadual de Saúde. 

    Além desses 85 municípios, o material também foi distribuído para a população indígena, que recebeu 110 mil itens de proteção individual, para movimentos sociais da Região Metropolitana do Recife, beneficiados com 150 mil máscaras e nos terminais de transporte intermunicipal, que receberam 34 mil itens. As máscaras são feitas de tecido e seguem as recomendações dos órgãos de vigilância sanitária, podendo ser reutilizadas após lavagem.

    AMBULANTES

    Além do reforço das máscaras, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude também vai promover uma ação de distribuição de cestas básicas para comerciantes ambulantes de Bezerros, em parceria com a equipe municipal de Assistência Social, que ficou responsável pelo cadastro prévio desses profissionais. “Serão disponibilizadas 1.000 cestas básicas para 500 ambulantes, que receberão duas vezes a concessão. Essa entrega é alinhada com uma ação que busca conscientizar esses profissionais a permanecerem em casa durante o período de restrição das atividades em Bezerros. Já realizamos essa experiência na Região Metropolitana, em Camaragibe, São Lourenço da Mata, Jaboatão e Olinda, além de Garanhuns e Palmares, e o resultado foi muito positivo”, explica o secretário-executivo de Assistência Social, Joelson Rodrigues.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sdscj, pernambuco solidario
    Compartilhe: Link para o post:
  • Operação Longa Permanência: irregularidades são encontradas em Instituição para idosos(as)

    | Social

     sdscj

    Uma ação de fiscalização conjunta entre Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI), programa vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), e órgãos estaduais e municipais, realizada em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI), no bairro de Jardim São Paulo, na Zona Oeste do Recife, identificou irregularidades, como: remédios armazenados de forma inadequada, falta de corrimãos em algumas áreas, como o banheiro e pouca ventilação nos quartos. Esta ação que aconteceu, na quinta-feira (18), foi a segunda ação realizada nesta semana, ambas alusivas ao Junho Violeta, mês de conscientização da violência contra a pessoa idosa.

    Após a fiscalização desta quinta-feira (18), a vigilância municipal enviará o relatório para ILPI, junto com uma notificação, informando os ajustes que deverão ser providenciados.  A operação, para além do CIAPPI, contou com a participação de representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Procon/PE, Mecanismo Estadual de Prevenção e Combate à Tortura (MEPCT), Vigilância Sanitária do Recife e agentes do Distrito Sanitário responsável pela região de Jardim São Paulo. A primeira ação, que também compôs a Operação Longa Permanência, aconteceu na última terça-feira (16), em uma ILPI localizada no bairro de Casa Forte, Zona Norte do Recife.

    “O objetivo da operação é identificar irregularidades nas Instituições e sensibilizar a população sobre a importância de denunciar qualquer tipo de violações contra as pessoas de 60 anos ou mais, em qualquer lugar que ela esteja acontecendo”, relata o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

    Para realizar denúncia de violações contra pessoas idosas, qualquer pessoa da população pode entrar em contato pelo telefone (81) 3182-7649 ou pelo e-mail ciappi2016@gmail.com, no horário das 9h às 13h (horário especial durante a pandemia).

    Assuntos: sdscj, ciappi, operacao longa permanencia
    Compartilhe: Link para o post: