meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • INFORME SES-PE - COVID-19

    | Saúde
    SEXTA-FEIRA, 25.12.2020

     
    Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (25/12), 1.109 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 29 (2,6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.080 (97,4%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 214.562 casos confirmados da doença, sendo 29.150 graves e 185.412 leves.

    Também foram confirmados 21 óbitos, ocorridos entre os dias 21/05 e 23/12. Com isso, o Estado totaliza 9.544 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.
    Assuntos: boletim, covid19, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • BOLETIM COVID-19 - COMUNICAÇÃO SES-PE

    | Saúde
    Sexta-feira, 25/12/2020


    Nesta sexta-feira (25/12), Pernambuco ultrapassou a marca dos 900 mil exames para detecção da Covid-19 realizados na população. Por ser considerado pelos especialistas como padrão ouro para detecção do novo coronavírus, já que identifica a infecção na sua fase aguda, ou seja, no período de transmissão do vírus, o Governo de Pernambuco tem investido fortemente na aquisição e realização de exames de biologia molecular (RT-PCR). Dos 905.689 testes laboratoriais feitos no Estado, 448.823 foram do tipo RT-PCR. Destes, 343.418 (76,5%) foram realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), seja pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE) ou pela rede parceira do Estado.

    No boletim epidemiológico de hoje, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou 1.109 casos da Covid-19, sendo 29 (2,6%) casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.080 (97,4%) casos leves. Agora, Pernambuco totaliza 214.562 casos confirmados da doença, sendo 29.150 graves e 185.412 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

    Além disso, o boletim registra um total de 183.555 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.338 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 165.217 eram casos leves.

    Também foram confirmados laboratorialmente 21 novos óbitos (12 masculinos e 9 femininos), registrados entre os dias 21/05 e 23/12. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Arcoverde (1), Buíque (1), Camaragibe (1), Flores (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Moreno (1), Olinda (2), Paulista (1), Recife (8), Tupanatinga (1), Tuparetama (1), Venturosa (1) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 9.544 mortes pela doença.

    Os pacientes tinham idades entre 37 e 95 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (1), 50 a 59 (3), 60 a 69 (4), 70 a 79 (7) e 80 ou mais (5). Do total, 14 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (6), diabetes (6), doença renal (5), histórico de AVC (3), hipertensão (2), doença respiratória (1) e doença neurológica (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não possuía comorbidades e os demais estão em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 24.034 casos foram confirmados e 43.312 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. 
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • INFORME SES-PE - COVID-19

    | Saúde

     

    QUINTA-FEIRA, 24.12.2020

     


     

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (24/12), 1.457 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 64 (4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.393 (96%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 213.453 casos confirmados da doença, sendo 29.121 graves e 184.332 leves.

    Também foram confirmados 36 óbitos, ocorridos entre os dias 03/10 e 23/12. Com isso, o Estado totaliza 9.523 mortes pela Covid-1. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.


    Assuntos: covid
    Compartilhe: Link para o post:
  • BOLETIM COVID-19 - COMUNICAÇÃO SES-PE

    | Saúde
    Quinta-feira, 24/12/2020


    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (24/12), 1.457 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 64 (4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.393 (96%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 213.453 casos confirmados da doença, sendo 29.121 graves e 184.332 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

    Além disso, o boletim registra um total de 182.854 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.326 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 164.528 eram casos leves.

    Também foram confirmados laboratorialmente 36 novos óbitos (19 femininos e 17 masculinos), registrados entre os dias 03/10 e 23/12. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Abreu e Lima (1), Afogados da Ingazeira (1), Arcoverde (1), Bodocó (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (4), Caruaru (1), Custódia (1), Granito (1), Ipubi (1), Jaboatão dos Guararapes (4), Olinda (1), Ouricuri (1), Paulista (1), Pesqueira (2), Recife (11), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Caitano (1) e São José da Coroa Grande (1). Com isso, o Estado totaliza 9.523 mortes pela doença.

    Os pacientes tinham idades entre 42 e 95 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (4), 50 a 59 (4), 60 a 69 (9), 70 a 79 (6) e 80 ou mais (13). Do total, 27 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (16), diabetes (15), hipertensão (8), histórico de AVE/AVC (3), doença respiratória/histórico de doença respiratória (3), obesidade (2), doença renal (2), tabagismo (1), etilismo (1), doença de Alzheimer (1) e doença vascular (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não possuía comorbidades e os demais estão em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 24.014 casos foram confirmados e 43.262 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. 
    Assuntos: boletim, covid19, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • BOLETIM COVID-19 - COMUNICAÇÃO SES-PE

    | Saúde

    Quarta-feira, 23/12/2020


    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (23/12), 1.915 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 38 (2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.877 (98%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 211.996 casos confirmados da doença, sendo 29.057 graves e 182.939 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

    Além disso, o boletim registra um total de 181.767 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.264 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 163.503 eram casos leves.

    Também foram confirmados laboratorialmente 28 novos óbitos (15 masculinos e 13 femininos), registrados entre os dias 12/10 e 22/12. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Arcoverde (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Carpina (1), Custodia (1), Exu (1), Garanhuns (1), Iati (1), Ibimirim (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Lagoa do Carro (1), Olinda (1), Petrolandia (1), Petrolina (3), Recife (8), São José do Belmonte (1), São Lourenço da Mata (1), Tabira (1) e Tacaratu (1). Com isso, o Estado totaliza 9.487 mortes pela doença.

    Os pacientes tinham idades entre 35 e 88 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (2), 40 a 49 (1), 50 a 59 (3), 60 a 69 (6), 70 a 79 (9) e 80 ou mais (7). Do total, 18 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (11), diabetes (7), tabagismo (6), doença respiratória (3), câncer (2), obesidade (1), doença hepática (1), hipertensão (1), doença neurológica (1) e imunossupressão (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não possuia comorbidades e os demais estão em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 23.984 casos foram confirmados e 43.144 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. O boletim de hoje também traz, em sua parte final, o detalhamento da testagem destes profissionais.

    CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS - Com o objetivo de manter o compromisso com a qualificação da rede de assistência aos pacientes com quadros suspeitos ou confirmados da Covid-19, o Governo de Pernambuco convoca nesta quinta-feira (24.12), véspera de Natal, mais 900 profissionais de saúde aprovados em seleção pública simplificada para a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Os novos médicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas e técnicos de enfermagem, radiologia e farmácia, serão lotados em serviços da Região Metropolitana do Recife (RMR) – área de abrangência da I Gerência Regional de Saúde (Geres) – e também na II Geres (sede em Limoeiro), IV Geres (Caruaru), V Geres (Garanhuns) e VII Geres (Salgueiro).

    Com a nova autorização, que será publicada no Diario Oficial, a SES-PE fará os trâmites para chamamento e encaminhamento de todos os profissionais de forma imediata. Do total, 67 vagas são para médicos nas especialidades de cirurgia geral e vascular, clínico geral, pediatria, traumato-ortopedia e radiologia. Outras 392 vagas estão distribuídas entre diversas áreas de nível superior (biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas e nutricionistas). Há, ainda, 441 técnicos de enfermagem, radiologia e farmácia.

    “Durante toda a pandemia da Covid-19, sempre mantivemos um olhar atento para a qualificação da nossa rede de saúde e para a segurança dos trabalhadores que atuam na linha de frente do enfrentamento à doença. A contratação de mais 900 novos profissionais, que vão se integrar no cuidado à saúde da população, é mais uma ação que empreendemos para qualificar ainda mais a assistência no atual momento da pandemia. Também é uma forma que encontramos de agradecer todo o empenho e dedicação dos profissionais de saúde neste ano tão desafiador que passamos”, afirmou o governador Paulo Câmara.

    No Recife, os novos profissionais serão lotados nos hospitais Otávio de Freitas (HOF), Getúlio Vargas (HGV), Barão de Lucena (HBL), Agamenon Magalhães (HAM), da Restauração (HR), Correia Picanço (HCP), Ulysses Pernambucano (Hup) e Geral de Areias (HGA). Em Jaboatão dos Guararapes, no Hospital Jaboatão Prazeres (HPJP). Em Paulista, no Hospital da Mirueira. Em Limoeiro, no Hospital Regional Fernandes Salsa (HRFS). Em Caruaru, nos hospitais Jesus Nazareno (HJN) e Regional do Agreste (HRA). Em Garanhuns, no Hospital Dom Moura (HDM). E em Salgueiro, no Hospital Inácio de Sá (HIS).

    De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, ao todo, neste ano em que houve a maior mobilização de recursos humanos da história da Saúde Pública de Pernambuco, mais de 8,1 mil profissionais foram convocados para atender a população nos hospitais estaduais, para auxiliar no processamento das amostras biológicas no Lacen e para trabalhar na Vigilância em Saúde. No momento mais crítico da pandemia, mais de 1,8 mil profissionais que já atuavam na rede, mas em ambulatórios de situações eletivas, também foram recrutados para a linha de frente do combate ao novo coronavírus ou para o atendimento no aplicativo Atende em Casa.

    “Estamos trabalhando com determinação para coibir práticas de risco ou que atentem contra os protocolos vigentes, analisando permanente a situação epidemiológica para implementar as ações necessárias  e conscientizando o público das medidas necessárias para evitar novos adoecimentos”, disse Longo, acrescentando que, caso seja necessário, os pernambucanos poderão contar com uma rede ampla, espalhada por todas as regionais de saúde do Estado, pronta para prestar o atendimento devido.

    TERAPIA INTENSIVA – No Diário Oficial desta quinta-feira (24.12), o Governo de Pernambuco também autoriza a realização de nova seleção pública simplificada para contratação de 60 médicos intensivistas, que vão atuar nas UTIs da rede pública. A previsão é que o edital seja publicado nos próximos dias. Das vagas, 44 serão para intensivistas de adultos e 16 para intensivistas pediátricos, que serão lotados em serviços das I, IV e V Geres. Atualmente, a rede de saúde pública de Pernambuco conta com 913 leitos em todo o Estado dedicados, exclusivamente, aos pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), incluindo, portanto, casos suspeitos e confirmados da Covid-19.

    LACEN-PE - Além da convocação dos 900 profissionais para a rede hospitalar e a autorização de seleção para contratação de médicos intensivistas, o governador Paulo Câmara também autorizou a chamada de 49 biomédicos aprovados em seleção pública simplificada para reforçar as escalas do Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE). Com a autorização, já publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (23.12), a Secretaria de Saúde já iniciou os trâmites para convocação e encaminhamento dos profissionais.

    “Estamos trabalhando permanentemente para prover o Lacen das condições necessárias para o processamento das amostras biológicas dos pacientes suspeitos para a Covid-19. Convocamos aprovados em seleções simplificadas e em concurso público, inauguramos um novo parque tecnológico que quadruplicou a capacidade de processamento dos exames de RT-PCR e fizemos diversas melhorias estruturais. Com isso, saímos de 770 exames semanais para uma capacidade de até 21 mil por semana” informou André Longo.

    Segundo o secretário, tudo isso é fruto do comprometimento do Governo do Estado com a oferta de testes da Covid-19 para todos que precisam, independente de ter quadro leve ou grave de saúde, além dos contatos dos casos confirmados, possibilitando ao poder público, a partir da situação epidemiológica, implementar as medidas necessárias para controle da doença no Estado. Neste mês de dezembro, outros 23 técnicos de laboratório já tinham sido convocados para o Lacen-PE e já estão sendo lotados na sede do órgão, no Recife, além dos laboratórios das Geres de Caruaru (IV), Petrolina (VIII) e Serra Talhada (XI).

    Nesta quarta-feira, Pernambuco contabilizou mais de 893 mil testes realizados a detecção da Covid-19, entre as redes pública e privada, incluindo todos os tipos de teste (RT-PCR, rápidos e sorológicos).  Considerado padrão ouro para detecção do novo coronavírus, dos mais de 443 mil testes de RT-PCR feitos no Estado, 55% foram processados no Lacen-PE, o que corresponde a 247,6 mil exames. Quando somado à produção dos laboratórios parceiros da rede estadual, o percentual sobe para 76,6%, ou seja, mais de 340 mil processamentos.


    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco contrata mais 900 profissionais para a rede de assistência à Covid-19

    | Saúde

    saúde

    Médicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas e técnicos de enfermagem atuarão em hospitais da rede estadual, reforçando e qualificando o atendimento


    Com o objetivo de manter o compromisso com a qualificação da rede de assistência aos pacientes com quadros suspeitos ou confirmados da Covid-19, o Governo de Pernambuco convoca nesta quinta-feira (24.12), véspera de Natal, mais 900 profissionais de saúde aprovados em seleção pública simplificada para a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Os novos médicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas e técnicos de enfermagem, radiologia e farmácia, serão lotados em serviços da Região Metropolitana do Recife (RMR) – área de abrangência da I Gerência Regional de Saúde (Geres) – e também na II Geres (sede em Limoeiro), IV Geres (Caruaru), V Geres (Garanhuns) e VII Geres (Salgueiro).

    Com a nova autorização, que será publicada no Diario Oficial, a SES-PE fará os trâmites para chamamento e encaminhamento de todos os profissionais de forma imediata. Do total, 67 vagas são para médicos nas especialidades de cirurgia geral e vascular, clínico geral, pediatria, traumato-ortopedia e radiologia. Outras 392 vagas estão distribuídas entre diversas áreas de nível superior (biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas e nutricionistas). Há, ainda, 441 técnicos de enfermagem, radiologia e farmácia.

    “Durante toda a pandemia da Covid-19, sempre mantivemos um olhar atento para a qualificação da nossa rede de saúde e para a segurança dos trabalhadores que atuam na linha de frente do enfrentamento à doença. A contratação de mais 900 novos profissionais, que vão se integrar no cuidado à saúde da população, é mais uma ação que empreendemos para qualificar ainda mais a assistência no atual momento da pandemia. Também é uma forma que encontramos de agradecer todo o empenho e dedicação dos profissionais de saúde neste ano tão desafiador que passamos”, afirmou o governador Paulo Câmara.

    No Recife, os novos profissionais serão lotados nos hospitais Otávio de Freitas (HOF), Getúlio Vargas (HGV), Barão de Lucena (HBL), Agamenon Magalhães (HAM), da Restauração (HR), Correia Picanço (HCP), Ulysses Pernambucano (Hup) e Geral de Areias (HGA). Em Jaboatão dos Guararapes, no Hospital Jaboatão Prazeres (HPJP). Em Paulista, no Hospital da Mirueira. Em Limoeiro, no Hospital Regional Fernandes Salsa (HRFS). Em Caruaru, nos hospitais Jesus Nazareno (HJN) e Regional do Agreste (HRA). Em Garanhuns, no Hospital Dom Moura (HDM). E em Salgueiro, no Hospital Inácio de Sá (HIS).

    De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, ao todo, neste ano em que houve a maior mobilização de recursos humanos da história da Saúde Pública de Pernambuco, mais de 8,1 mil profissionais foram convocados para atender a população nos hospitais estaduais, para auxiliar no processamento das amostras biológicas no Lacen e para trabalhar na Vigilância em Saúde. No momento mais crítico da pandemia, mais de 1,8 mil profissionais que já atuavam na rede, mas em ambulatórios de situações eletivas, também foram recrutados para a linha de frente do combate ao novo coronavírus ou para o atendimento no aplicativo Atende em Casa.

    “Estamos trabalhando com determinação para coibir práticas de risco ou que atentem contra os protocolos vigentes, analisando permanente a situação epidemiológica para implementar as ações necessárias  e conscientizando o público das medidas necessárias para evitar novos adoecimentos”, disse Longo, acrescentando que, caso seja necessário, os pernambucanos poderão contar com uma rede ampla, espalhada por todas as regionais de saúde do Estado, pronta para prestar o atendimento devido.

    TERAPIA INTENSIVA – No Diário Oficial desta quinta-feira (24.12), o Governo de Pernambuco também autoriza a realização de nova seleção pública simplificada para contratação de 60 médicos intensivistas, que vão atuar nas UTIs da rede pública. A previsão é que o edital seja publicado nos próximos dias. Das vagas, 44 serão para intensivistas de adultos e 16 para intensivistas pediátricos, que serão lotados em serviços das I, IV e V Geres. Atualmente, a rede de saúde pública de Pernambuco conta com 913 leitos em todo o Estado dedicados, exclusivamente, aos pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), incluindo, portanto, casos suspeitos e confirmados da Covid-19.

    Além da convocação dos 900 profissionais para a rede hospitalar e a autorização de seleção para contratação de médicos intensivistas, o governador Paulo Câmara também autorizou a chamada de 49 biomédicos aprovados em seleção pública simplificada para reforçar as escalas do Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE). Com a autorização, já publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (23.12), a Secretaria de Saúde já iniciou os trâmites para convocação e encaminhamento dos profissionais.

    “Estamos trabalhando permanentemente para prover o Lacen das condições necessárias para o processamento das amostras biológicas dos pacientes suspeitos para a Covid-19. Convocamos aprovados em seleções simplificadas e em concurso público, inauguramos um novo parque tecnológico que quadruplicou a capacidade de processamento dos exames de RT-PCR e fizemos diversas melhorias estruturais. Com isso, saímos de 770 exames semanais para uma capacidade de até 21 mil por semana” informou André Longo.

    Segundo o secretário, tudo isso é fruto do comprometimento do Governo do Estado com a oferta de testes da Covid-19 para todos que precisam, independente de ter quadro leve ou grave de saúde, além dos contatos dos casos confirmados, possibilitando ao poder público, a partir da situação epidemiológica, implementar as medidas necessárias para controle da doença no Estado. Neste mês de dezembro, outros 23 técnicos de laboratório já tinham sido convocados para o Lacen-PE e já estão sendo lotados na sede do órgão, no Recife, além dos laboratórios das Geres de Caruaru (IV), Petrolina (VIII) e Serra Talhada (XI).

    Nesta quarta-feira, Pernambuco contabilizou mais de 893 mil testes realizados a detecção da Covid-19, entre as redes pública e privada, incluindo todos os tipos de teste (RT-PCR, rápidos e sorológicos).  Considerado padrão ouro para detecção do novo coronavírus, dos mais de 443 mil testes de RT-PCR feitos no Estado, 55% foram processados no Lacen-PE, o que corresponde a 247,6 mil exames. Quando somado à produção dos laboratórios parceiros da rede estadual, o percentual sobe para 76,6%, ou seja, mais de 340 mil processamentos.


    Créditos nos arquivos das fotos.

    Assuntos: saúde
    Compartilhe: Link para o post:
  • Doação de sangue: Hemope Recife funciona normalmente no período natalino

    | Saúde

    sangue 

    A Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) informa que o Hemocentro Recife funcionará normalmente durante o período natalino para as doações de sangue. Entre a quinta-feira (24/12) e sábado (26/12), o serviço acolherá o público das 7h15 às 18h30. O ato de solidariedade é essencial para auxiliar pacientes da rede hospitalar que precisam do insumo. Cada doação pode ajudar até quatro pessoas.

    Para doar sangue, a pessoa deve ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação). Os menores de 18 anos precisam da presença do responsável legal (pai ou mãe), bem como levar xerox da identidade. É necessário ter mais de 50 kg, estar alimentado e em boas condições de saúde, além de apresentar um documento original, com foto (identidade, carteira de habilitação ou carteira de trabalho). Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, que são de três meses, para homens, e quatro meses, para mulheres.

    Por conta da pandemia da Covid-19, o Ministério da Saúde recomenda esperar 30 dias após a cura dos sintomas gripais para a doação de sangue. Para quem teve chikungunya, dengue ou zika, também é necessário esperar o prazo de 30 dias após cura e ausência total de sintomas (como as dores nas articulações). Estão impossibilitados de doar sangue aqueles que fizeram endoscopia/colonoscopia ou cirurgia de grande porte nos últimos seis meses; fizeram tatuagem e micropigmentação de sobrancelhas nos últimos 12 meses, colocaram piercing (piercing na região genital e/ou oral só é permitido 12 meses após retirada do piercing); quem teve hepatite após os 11 anos de idade e quem está em tratamento médico e fazendo uso de medicação controlada.

    Existem, ainda, outras limitações que precisam ser observadas antes do procedimento:

    • Vacinas: é necessário esperar o prazo de 48 horas após vacinar-se contra HPV, Influenza ou Tétano; e 30 dias - Febre Amarela e Tríplice Viral.

    • Bebidas alcoólicas: é necessário esperar o prazo de 12 horas após a ingestão.

    • Menstruação: a menstruação não impede a realização da doação. Mas é necessário levar em consideração algumas questões, a candidata que se encontra menstruada não pode estar sentindo cólica ou estar com fluxo intenso durante o período menstrual.

    • Tratamento dentário: depende do procedimento realizado, o triagista avaliará.

    • Gravidez e amamentação: é necessário aguardar até 90 dias após o parto normal e 180 dias após a cesariana. Se o parto ocorreu há menos de 12 meses ou amamentação não é exclusiva.  A mulher que está amamentando não pode doar sangue, a menos que o parto tenha ocorrido há mais de um ano.

     
    Assuntos: doação de sangue, hemope
    Compartilhe: Link para o post:
  • INFORME SES-PE - COVID-19

    | Saúde
    QUARTA-FEIRA, 23.12.2020

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (23/12), 1.915 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 38 (2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.877 (98%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 211.996 casos confirmados da doença, sendo 29.057 graves e 182.939 leves.

    Também foram confirmados 28 óbitos, ocorridos entre os dias 12/10 e 22/12. Com isso, o Estado totaliza 9.487 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

    Assuntos: boletim, covid19, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Dezembro Laranja: um alerta para prevenção ao câncer de pele desde a infância

    | Saúde

    Manutenção de hábitos saudáveis ao longo da vida ajuda a prevenir o surgimento da doença

     

    Em 2020 o foco do Dezembro Laranja são as crianças e os adolescentes. O mês alusivo as ações preventivas contra o câncer de pele quer chamar a atenção para exposição solar exagerada e desprotegida ao longo da vida, como fator de risco para o câncer de pele. Diante do cenário vivenciado pela pandemia do novo coronavírus, as ações de mobilização e prevenção da doença, como os mutirões de atendimento, precisarão ser evitadas.

    De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de pele corresponde a 27% de todos os tumores malignos no Brasil. Os carcinomas basocelular e espinocelular (não melanoma) representam 177 mil dos casos novos registrados da doença por ano. Já o câncer de pele melanoma tem 8,4 mil casos novos anualmente. Em Pernambuco, de janeiro a junho, 101 pessoas faleceram em decorrência de melanomas ou neoplasia malignas na pele. Em todo ano anterior, foram 216 óbitos pelas mesmas causas.

    A exposição prolongada ao longo da vida e o aparecimento de queimaduras solar na pele constituem um dos principais fatores de risco para o surgimento, muitas vezes silencioso, do câncer de pele.  A dermatologia do Hospital Otávio de Freitas (HOF), Patrícia Guimarães, sinaliza para prática do autoexame frequente da pele para o diagnóstico e tratamento precoce da doença. “O câncer de pele pode acometer qualquer região de nosso corpo, até as mais escondidas como couro cabeludo e a planta dos pés. Orientamos as pessoas a prestarem atenção ao aparecimento de pintas e manchas que podem crescer ou sinais que com o tempo podem modificar seu aspecto e feridas que não cicatrizam”, alerta.

    No ano de 2020, o serviço de ambulatório de dermatologia da unidade atendeu 2.440 pacientes, entre os meses janeiro e setembro. Já 2019, o serviço atendeu 7.021 pacientes, de janeiro a dezembro.

    “Observamos que a maioria de nossos pacientes apresentam lesões do tipo mais comum, o carcinoma basocelular (CBC). Para este tipo de lesão, o principal tratamento é cirúrgico, mas também há casos que o tratamento pode ser feito de forma conservadora, dependendo das comorbidades e idade do paciente. Cada caso precisa ser avaliado individualmente, pois cada um tem suas especificidades”, afirma Patrícia Guimarães.

    A dermatologista destaca ainda a importância da manutenção de hábitos saudáveis no momento da exposição prolongada ao sol, mas sem esquecer do cuidado diário. “Temos que estabelecer em nossa rotina hábitos de proteção como o uso de protetor solar, com FPS igual ou superior a 30 - reaplicando a cada duas horas ou sempre que houver contato com a água -, uso de bonés ou chapéus, óculos de sol, blusas com fator de proteção UV, e evitar exposição ao sol entre 9h e 15h. Neste ano, o foco dos profissionais de dermatologia são as crianças e jovens, visando à promoção e multiplicação das informações relacionadas às medidas de fotoproteção desde a infância com a intenção de criar esse hábito preventivo junto aos pequenos e adolescentes”.

    Diante da impossibilidade de realização de atividades que promovam a aglomeração de pessoas, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) realizará suas ações em ambiente digital, em seus canais de comunicação. Para 2020, diversos slogans foram criados para repercutir a iniciativa do Dezembro Laranja e estimular o debate sobre o tema nas redes sociais: “Câncer de pele é coisa séria!”; “Um pequeno sinal pode ser câncer de pele!”; “Uma ferida pode ser câncer de pele!” e “Uma mancha pode ser câncer de pele!”. Para Instagram, Facebook, Youtube é indicado o uso das hastags: #DezembroLaranja, #CancerdePeleECoisaSeria, #CancerdePele #CampanhaCancerdePele2020.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • o boletim desta terça-feira (22/12) sobre a situação da Covid-19 na ilha de Fernando de Noronha.

    | Saúde
     
    A Administração de Fernando de Noronha informa que foi registrado mais um caso importado de Covid-19 no arquipélago. O paciente é um trabalhador da ilha, que havia desembarcado sem o resultado do exame, ainda sob o protocolo anterior. Ele permanece em quarentena, em isolamento domiciliar. Com o novo caso, sobe para 315 o total de registros da doença, sendo 234 casos em Noronha e 81 casos importados. Desse total, 283 pessoas já estão curadas e 32 permanecem em quarentena.
     
    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: covid, noronha
    Compartilhe: Link para o post: