meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Pernambuco registra menor número de casos graves da Covid-19 desde o início da pandemia

    | Saúde

    Coletiva

    Foram notificados 503 casos de SRAG na última semana epidemiológica, menor número desde março

    Desde o final de maio, os principais indicadores da pandemia da Covid-19 em Pernambuco entraram em queda progressiva e sustentada, apontando, ao longo dos últimos meses, baixos patamares e sem expressivas oscilações para cima ou para baixo. E, nesta quinta-feira (19/11), o Estado registrou o menor número de casos graves suspeitos por semana epidemiológica (SE 46) para a doença desde o início da epidemia do novo coronavírus no território pernambucano. Foram 503 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) notificados entre os dias 8 de novembro e o último sábado (14/11).

    Quando comparado à semana epidemiológica 45, o número de casos graves suspeitos para a Covid-19 teve queda de 26,5% no Estado. Já na comparação com os últimos 15 dias, a redução foi de 22%. “Podemos dizer, com a análise da semana epidemiológica 46, que se encerrou no sábado passado, que tivemos a melhor semana desde o início da pandemia com relação aos casos de síndrome respiratória aguda grave. A marca de 503 casos registrados é a menor desde a semana epidemiológica 12 (15 a 21 de março), quando se configurava o início da epidemia do novo coronavírus em Pernambuco e quando tivemos 645 registros”, detalhou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

    O gestor também pontuou a queda dos indicadores da doença nos cálculos das médias móveis – quando se calcula o percentual pelas datas de notificação dos casos e pelo dia de efetiva ocorrência dos óbitos. Nos últimos sete dias, Pernambuco registrou queda de 40,7% na média móvel de óbitos em comparação com 14 dias atrás e de 8,4% nos casos confirmados no mesmo período.

    Ainda segundo o secretário estadual de Saúde, os dados epidemiológicos da SE 46 tiveram impacto direto nos indicadores hospitalares, com quedas entre 3,9% e 14%, entre mobilizações para leitos de enfermaria e leitos de terapia intensiva. “Na semana passada, tivemos uma queda de 3,9% nas solicitações por leitos de enfermaria e de 14% em relação aos leitos de UTI. Já na comparação de 15 dias, a queda foi de 5,7% nos pedidos de vagas de enfermaria e de 10% nos pedidos de terapia intensiva”, pontuou.   

    CAMPANHA – O secretário de Saúde André Longo também apresentou à imprensa a nova campanha do Governo de Pernambuco para conscientizar a população sobre a Covid-19. A partir desta quinta (19/11), as mídias serão transmitidas nas TVs, rádios e portais de internet em todo o Estado. O material também será veiculado em outdoors e backbus.

    “Este material reforça o que precisa ser entendido por todos: o vírus continua entre nós e, para que haja contaminação, só é preciso um descuido. Não é o momento de abandonar os cuidados. Manter as mãos sempre limpas, praticar o distanciamento social, evitar aglomerações e usar a máscara corretamente (cobrindo sempre a boca e o nariz), são as únicas formas efetivas de se proteger contra o novo coronavírus. Precisamos da compreensão e do senso de responsabilidade de toda a população. O relaxamento nos cuidados de forma recorrente poderá trazer um aumento na contaminação, gerar novos casos e propiciar mais mortes. Os indicadores registrados nos últimos dias não significam que temos algo a comemorar e que estamos numa situação tranquila. A pandemia ainda não acabou”, alertou André Longo.

    EXAMES - Nesta quinta-feira (19/11), Pernambuco chega a marca de 701.052 testes da Covid-19 realizados, entre biologia molecular (RT-PCR), testes rápidos e sorológicos. A marca foi alcançada apenas 20 dias após chegar aos 600 mil exames. Nas últimas 24 horas, foram mais de 5,3 mil amostras processadas, juntando as redes pública e privada.

    Anteriormente, foram necessários 25 dias para sair dos 500 mil exames e chegar aos 600 mil. O aumento no processamento das amostras é reflexo da modernização do parque tecnológico do Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE) e também da ampliação do público prioritário, já que, atualmente, qualquer pessoa com sintomas gripais, independente de ter um quadro leve ou grave, pode fazer o exame. Os contatos de casos confirmados, mesmo assintomáticos, também podem fazer, além de mulheres entre a 37º e 38º semana de gestação e pessoas em pré-operatório, entre outros.

    "Desde o início da pandemia, o Governo de Pernambuco tem trabalhado para dar mais acesso ao público que precisa fazer o exame e vamos continuar qualificando e reforçando a rede enquanto for necessário. Equipamos o Lacen-PE com maquinário moderno e com maior capacidade de análise das amostras biológicas, como também reforçamos o quadro de recursos humanos. Além disso, ampliamos o número de centros de testagem sob gestão estadual ao longo dos últimos meses, duplicando a capacidade do Centro de Convenções e iniciando, na semana passada, o atendimento no Geraldão. Tudo isso reflete no aumento dos exames processados", pontua o secretário estadual de Saúde, André Longo.

    Dos 701 mil exames feitos no Estado, 341.257 foram de biologia molecular (RT-PCR), considerado padrão-ouro por ter maior sensibilidade para diagnosticar a doença na sua fase aguda, quando há risco de transmissão. Entre os exames moleculares, 55% (187.434) foram processados no Lacen-PE e somando os laboratórios parceiros da rede estadual, o índice sobe para 77% (264.328). 

    PROFISSIONAIS - Para intensificar a atuação no combate à Covid-19 em Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) nomeou mais 45 sanitaristas aprovados em concurso público. A nomeação foi publicada, nesta quinta-feira (19.11), no Diário Oficial do Estado. Os profissionais irão atuar na Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde (SEVS), em ações diversas, a fim de reforçar as estratégias de controle da doença no território pernambucano.

    Desde o início da pandemia, já foram cerca de 3,1 mil profissionais aprovados em concursos públicos chamados para os serviços ligados à SES-PE e para o complexo hospitalar da UPE. Outros 4,9 mil profissionais também foram chamados por meio de seleções públicas simplificadas.

     

    Fotos: Douglas Fagner/SEI

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • #200 || Pernambuco contra o novo coronavírus

    | Comunicação, Saúde

    Segunda-feira, 31/08/2020

    BOLETIM 200 | Nesta segunda (31), chegamos à edição de número 200 deste boletim! São 200 dias levando informações aos pernambucanos sobre as medidas de enfrentamento ao Novo Coronavírus no estado e valorizando a transparência na comunicação com a população.

    UNIVERSIDADES | O Governo de Pernambuco autorizou o início do processo de retomada das aulas presenciais do ensino superior, de forma escalonada, com a primeira etapa prevista para o dia 8 de setembro. A permissão vale para as macrorregiões 1 e 2 e também para a 8ª Gerência Regional de Saúde (Geres), sediada em Petrolina. Nessa fase, as instituições de ensino só poderão receber até 25% da sua capacidade, dando prioridade aos concluintes. No dia 14 de setembro, poderão retomar as atividades com até 50% da capacidade, e nos dias 21 e 28 de setembro, com 75% e 100% de sua capacidade, respectivamente. Confira o calendário: https://bit.ly/2QIn6vL.

    => O decreto de suspensão das aulas da educação básica foi prorrogado até o dia 15 de setembro. Aulas práticas e práticas de estágio curricular para o ensino superior já tinham sido liberadas.

    = > A partir desta segunda-feira (31.08), os cursos livres (línguas, formação e qualificação profissional e outros) poderão operar com 75% da capacidade. A última etapa da retomada é no dia 8 de setembro, quando poderão atingir 100%. Não está autorizada ainda a retomada dos cursos preparatórios para o ENEM, SSA e outros vestibulares, ou cursos de disciplinas específicas da educação básica (matérias isoladas, por exemplo), nem cursos técnicos de nível médio.

    PLANO DE CONVIVÊNCIA | A RMR e Zona da Mata estão na etapa 8 do Plano de Convivência com a Covid-19. A partir de hoje (31), está autorizada a retomada do comércio de praia e a reabertura dos museus e espaços de exposições, sempre seguindo novos protocolos de higiene, saúde e comunicação. Além disso, os escritórios localizados nessa região já podem voltar a operar com 100% da capacidade.

    FERNANDO DE NORONHA | Amanhã (1°), o arquipélago de Fernando de Noronha inicia o processo de reabertura para o turismo, quando serão permitidas as visitas de pessoas que tiveram diagnóstico de Covid-19 e já estão comprovadamente curadas. Antes do desembarque, é preciso apresentar os exames, seja o RT-PCR positivo realizado há mais de 20 dias, seja o exame sorológico (IgG) positivo, que indica a presença de anticorpos contra a Covid-19.

    CORONAVÍRUS | A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (31.08), 445 novos casos da Covid-19. Destes, 417 (94%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar. Agora, Pernambuco totaliza 125.539 casos já confirmados e um total de 107.243 pessoas recuperadas da doença.

    O boletim da SES também aponta 19 novos óbitos, ocorridos desde o dia 9 de junho. Das mortes contabilizadas hoje, 6 (31,5%) ocorreram nos últimos dois dias, sendo 2 óbitos registrados no dia de ontem (30), 4 em 29/08. Com isso, o Estado totaliza 7.593 mortes pela Covid-19.

    => Leia o boletim da SES-PE completo: https://bit.ly/32OabhM.

    => Entenda a metodologia para definição de casos: https://bit.ly/321Ih31.

    SIM-P | Pernambuco possui 10 casos de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), todos com resultado positivo para Covid-19 e possivelmente relacionados ao novo coronavírus.

    Destes, 8 receberam alta, 1 está internado (estável), e 1 faleceu (Recife). A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) instituiu a notificação dessa síndrome no início de agosto e está resgatando também as ocorrências desde o começo da pandemia. A SIM-P tem características semelhantes à síndrome de Kawasaki e síndrome do choque tóxico, com sintomas que podem incluir febre persistente e elevada, hipotensão, inflamações, manifestações cardiovasculares ou gastrointestinais agudas, conjuntivite e manifestações cutâneas. É importante que a notificação da SES-PE seja feita em até 24 horas. Saiba mais: https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br/3979-2/.

    OUTRAS NOTÍCIAS:

    SETEMBRO VERDE | Amanhã (1°), começa o Setembro Verde, mês voltado à conscientização para doação de órgãos e tecidos. Nesta primeira quinzena, a Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE) realizará webpalestras para profissionais de saúde, com transmissão pelo YouTube do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (youtube.com/cremepe).

    => Entre janeiro e julho de 2020, foram realizados 455 transplantes em Pernambuco, o que representa 51,6% a menos do mesmo período em 2019. Devido à pandemia, vários procedimentos foram suspensos, mas já voltaram a ocorrer. Doar órgãos e tecidos é um gesto de solidariedade e salva vidas.

    FAKE NEWS => Não procede a informação que circula nas redes sociais sobre falta de água em bairros do Recife, Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe, a partir desta terça (1°). Paralisações programadas de grande impacto são previamente comunicadas à agência reguladora do Estado e à população. Antes de repassar alguma notícia, confirme em fontes oficiais! Confira boatos já desmentidos: https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br/#fakenews.

    ATENDE EM CASA | Está com sintomas gripais? O Atende em Casa faz marcação de testes para quem tiver sintomas da doença nos 143 municípios cadastrados (consulte aqui: portal.saude.pe.gov.br). Você pode acessar www.atendeemcasa.pe.gov.br ou baixar o app em celulares com sistema Android.

    PROTOCOLOS => Consulte aqui os protocolos para setores econômicos autorizados a funcionar: https://bit.ly/3gDeiCw.

    Informe Epidemiológico: https://www.cievspe.com/novo-coronavirus-2019-ncov.

    Para dados sobre testagem para o novo coronavírus: https://dados.seplag.pe.gov.br/apps/corona.html#testes.

    Para denunciar descumprimento das medidas ligue 190.

    Assuntos: sei, boletim, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • Boletim Covid-19 - Comunicação SES-PE

    | Saúde

    Segunda-feira, 31/08/2020

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (31/08), 445 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 28 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 417 (94%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 125.539 casos já confirmados, sendo 25.533 graves e 100.006 leves.

    Além disso, o boletim registra um total de 107.243 pacientes recuperados da doença. Destas, 14.796 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 92.447 eram casos leves.

    Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 184 municípios pernambucanos (tabela 2), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da  ocorrência de pacientes e outros Estados e países.

    Também foram confirmados laboratorialmente 19 óbitos (sendo 10 do sexo masculino e 9 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Abreu e Lima (1), Água Preta (1), Caruaru (1), Catende (1), Gameleira (1), Glória do Goitá (1), Gravatá (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Jupi (1), Limoeiro (2), Petrolina (2), Recife (3), Riacho das Almas (1), Salgueiro (1). Com isso, o Estado totaliza 7.593 mortes pela doença.

    As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 9 de junho e 30 de agosto. Do total de mortes do informe de hoje, 6 (31,5%) ocorreram nos últimos dois dias, sendo 2 óbitos registrados no dia de ontem (domingo, 30/08), 4 em 29/08. Os outros 13 registros (68,5%) ocorreram entre os dias 09/06 e 27/08.

    Os pacientes tinham idades entre 28 e 88 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (1), 40 a 49 (1) 50 a 59 (3), 60 a 69 (4), 70 a 79 (5), 80 anos ou mais (4).

    Dos 19 pacientes que vieram a óbito, 14 apresentavam comorbidades confirmadas: diabetes (10), doença cardiovascular (9), hipertensão (4), tabagismo/histórico de tabagismo (3), AVC (2), Alzheimer (1), etilismo (1), doença hepática (1), doença respiratória (1), obesidade (1)  - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 20.807 casos foram confirmados e 30.916 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

    Durante entrevista coletiva, realizada nesta segunda-feira (31.08), o secretário estadual de Saúde, André Longo, ressaltou a importância da análise dos indicadores gerais da Covid-19 e sua redução, que se dá de forma heterogênea, nas diversas regiões do Estado. “Com relação aos dados da última semana epidemiológica, continuamos observando a queda nos indicadores gerais da doença, especialmente em relação aos casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) e os desfechos fatais aqui em nosso Estado. Com relação aos casos de síndrome respiratória aguda grave houve uma queda de 15,7% quando comparamos com a semana epidemiológica 34 – estamos falando da semana epidemiológica 35 e comparando com a 34 -, e esse número chega a 17,5% quando observamos os quinze últimos dias. Já quando analisamos os óbitos, a redução das mortes por srag foi na ordem de 29,2%”, afirmou.

    “Interessante destacar que, em relação aos casos de síndrome respiratória aguda grave nós observamos que nas quatro macrorregiões do Estado houve redução quando se observa os últimos quinze dias, mesmo algumas regiões que tinham crescido na semana 34 se comportaram agora melhor na semana epidemiológica 35”, disse o gestor.

    “Ainda não há uma homogeneidade dentro das próprias macrorregiões, então ainda temos algumas situações em algumas das Gerências Regionais de Saúde (Geres), naquelas regiões dentro das macrorregiões, que ainda exigem cuidados, pois não temos um comportamento uníssono nos quinze dias que é um dos critérios que a gente utiliza. Então é importante continuar acompanhando algumas das regiões e é por isso também que nós não vamos tomar medidas homogêneas para todas as macrorregiões do Estado”, acrescentou.

    EDUCAÇÃO - O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (31.08), durante coletiva de imprensa, a autorização para o início do processo de retomada das aulas presenciais do ensino superior, incluindo as respectivas datas para cada etapa. A permissão contempla as macrorregiões 1, 2 e 4, valendo para esta última apenas a 8ª Gerência Regional de Saúde (Geres), sediada em Petrolina. Também foi anunciada a prorrogação do decreto de suspensão das aulas da educação básica até o dia 15 de setembro. É importante lembrar que aulas práticas e práticas de estágio curricular para o ensino superior já tinham sido liberadas pelo Governo do Estado.

    A retomada das aulas presenciais do ensino superior acontecerá de forma escalonada, com a primeira etapa prevista para o dia 8 de setembro. Nessa fase, as instituições de ensino só poderão receber até 25% da sua capacidade, dando prioridade aos concluintes. No dia 14 de setembro, as faculdades e universidades poderão retomar as atividades com até 50% da capacidade de estudantes. O retorno às aulas presenciais deste segmento de ensino segue nos dias 21 e 28 de setembro, estando as instituições de ensino autorizadas a retomarem as atividades com 75% e 100% de sua capacidade, respectivamente.

    As instituições devem seguir todas as normas estabelecidas no protocolo setorial da educação, respeitando orientações sobre distanciamento social, medidas de proteção e prevenção, bem como de monitoramento e orientação. Até o final da próxima semana, será publicada uma nova versão do protocolo setorial.

    As instituições e os estudantes decidirão sobre o início do processo de retomada das aulas presenciais, desde que observem as regras estabelecidas pelo Governo do Estado. As unidades de ensino poderão optar pela manutenção das aulas à distância ou pela retomada das aulas presenciais e oferta de ensino híbrido, combinando atividades presenciais e não presenciais.

    “O Comitê de Enfrentamento à Covid-19, após análise dos números da pandemia em Pernambuco, autorizou o início da retomada das aulas presenciais nas instituições de ensino superior. Também foi levada em consideração a faixa etária desses estudantes, a grande maioria com mais de 18 anos. Mas é importante ressaltar que o plano de retomada está diretamente ligado ao monitoramento do comitê e, se necessário, esse cronograma de evolução das etapas de retorno às atividades presenciais do ensino superior poderá ser reconsiderado a partir dos dados da Covid-19”, explicou o secretário de Educação e Esportes, Fred Amancio.

    CURSOS LIVRES - O Governo de Pernambuco já tinha autorizado a retomada das aulas presenciais dos cursos livres (línguas, formação e qualificação profissional, música e outros). Esses cursos são atividades de ensino que não se enquadram como educação básica ou ensino superior. Não está autorizada ainda a retomada dos cursos preparatórios para o ENEM, SSA e outros vestibulares, ou cursos de disciplinas específicas da educação básica (matérias isoladas, por exemplo), assim como os cursos técnicos do nível médio.

    A retomada das aulas presenciais dos cursos livres está acontecendo de forma escalonada desde o dia 17 de agosto, etapa em que as instituições de ensino estavam autorizadas a atender estudantes a partir de 18 anos e receber até 25% da sua capacidade. No dia 24 de agosto, as instituições ofertantes de cursos livres deram início à segunda etapa da retomada, atendendo até 50% da capacidade de estudantes, com idade mínima de 15 anos. A partir desta segunda-feira (31.08), as instituições poderão contar com 75% da capacidade do corpo discente, com alunos a partir de 11 anos de idade. No dia 8 de setembro, início da última etapa, os cursos livres poderão atender a 100% da capacidade de estudantes.

    SIM-P - Pernambuco possui 10 casos de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), possivelmente relacionados à Covid-19. Desse total, 8 receberam alta, 1 está internado, com quadro estável, e 1 óbito (Recife). Todos tiveram resultado positivo para o novo coronavírus. A notificação dessa síndrome foi instituída no início deste mês de agosto e os serviços de saúde, além de casos novos, estão resgatando ocorrências desde o começo da pandemia.

    Dos casos registrados até o momento, 4 são do sexo masculino e 6 do sexo feminino, com idades entre 1 e 13 anos e residentes nos municípios de Jaboatão dos Guararapes, Joaquim Nabuco, Sirinhaém, Goiana, Limoeiro, Timbaúba, Caruaru, Flores e Recife, além de uma criança de Alagoas (Maragogi) assistida na rede de saúde pernambucana. Os adoecimentos ocorreram entre maio e este mês de agosto e foram atendidos nos hospitais Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), Correia Picanço, Barão de Lucena e Imip, no Recife; no Hospital Prof. Agamenon Magalhães (Hospam), em Serra Talhada; e no Memorial de Goiana, na Zona da Mata Norte.

    O que é: Os relatos da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica descrevem manifestações sindrômicas caracterizadas por febre persistente e elevada acompanhada de um conjunto de sintomas que podem incluir hipotensão (pressão baixa ou choque), comprometimento de múltiplos órgãos e elevados marcadores inflamatórios. O paciente hospitalizado pode apresentar manifestações cardiovasculares ou gastrointestinais agudas (diarreia, vômito, dor abdominal); conjuntivite ou manifestações cutâneas; quadro inflamatório e confirmação laboratorial (técnica RT-PCR ou sorologia) ou história de contato com caso confirmado do novo coronavírus.

    Os sintomas respiratórios não são presentes em todos os casos, de acordo com as evidências atuais. As características são semelhantes à síndrome de Kawasaki e síndrome do choque tóxico. Os pacientes farão exames para confirmar ou descartar a infecção pelo Covid-19, além de outros testes laboratoriais, especialmente os marcadores de atividade inflamatória. Toda a definição de caso está explicitada em nota técnica da SES-PE, que reforça a notificação em até 24 horas quando o paciente se enquadra como um caso que atende essa definição da síndrome, ou seja, já tem os resultados dos exames e é um caso confirmado.

    DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS - A Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE) dá início, nesta terça-feira (1º.09), às ações em alusão ao Setembro Verde, mês voltado à conscientização da importância da doação de órgãos e tecidos. Nesta primeira quinzena do mês, serão realizadas webpalestras para os profissionais de saúde, com transmissão pelo YouTube do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (youtube.com/cremepe), parceiro da iniciativa. Serão três eventos, sempre às 20h, que abordarão como funciona a doação de órgãos e tecidos (dia 1º.09), como diagnosticar e comunicar às famílias a morte encefálica (08.09) e como manter a função hemodinâmica do potencial doador (15.09).

    Além do médico André Bezerra, da CT-PE, os eventos também contam com a participação de Joel de Andrade e Glauco Westphal, coordenador e médico da Central de Transplantes de Santa Catarina, respectivamente. A mediação será feita pela médica Zilda Cavalcanti e pela coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes.

    "Nós trabalhamos permanentemente para qualificar os profissionais de saúde com o intuito de termos equipes capacitadas para fazer o diagnóstico correto da morte encefálica, manter as funções vitais do doador para que o procedimento de retirada dos órgãos seja realizado e também para o acolhimento dos familiares neste momento de dor, repassando as informações necessárias para que seja garantido esse direito de ajudar o próximo. A necessidade por um doador de órgãos e tecidos é constante e, neste momento de pandemia, se faz ainda mais necessário o empenho de todos para conseguirmos dar qualidade de vida aqueles que estão na fila de espera por um sim", afirma a coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes.

    Dados - Entre janeiro e julho de 2020, foram realizados 455 transplantes em Pernambuco. O quantitativo é 51,6% menor que o mesmo período de 2019, quando foram realizados 940 procedimentos.

    Importante destacar que a diminuição foi provocada pela suspensão dos procedimentos eletivos de córnea pelo Ministério da Saúde (casos de urgência continuaram sendo realizados). Os de rim, em uma decisão colegiada dos centros transplantadores e o Estado, também foram suspensos, já que o paciente tem um tratamento substitutivo (hemodiálise), mas já voltaram a ocorrer desde a segunda quinzena de julho.

    É preciso frisar, ainda, que, desde o início da pandemia, foram mantidos os transplantes de fígado, coração e medula óssea.

    A Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE) reforça a importância da doação de órgãos e tecidos e que este gesto de solidariedade pode salvar diversas vidas. É preciso continuar conscientizando a população sobre o tema e trazer o debate para o seio familiar, já que a doação, de acordo com a legislação brasileira, só pode ser autorizada por um parente de até segundo grau. Atualmente, a fila de espera conta com 1.425 pacientes, sendo 1.152 aguardando um rim.

    Assuntos: ses, saude, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • Boletim Covid-19 - Comunicação SES-PE

    | Saúde

    Domingo, 30/08/2020

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste domingo (30.08), 943 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 30 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 913 (97%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 125.094 casos confirmados, sendo 25.505 graves e 99.589 leves.

    Além disso, o boletim registra um total de 105.859 pacientes recuperados da doença. Destas, 14.790 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 91.069 eram casos leves.

    Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 184 municípios pernambucanos (tabela 2), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da  ocorrência de pacientes e outros Estados e países.

    Também foram confirmados laboratorialmente 27 óbitos (sendo 16 do sexo masculino e 11 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Águas Belas (1), Buenos Aires (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (1), Caruaru (6), Cupira (1), Escada (1), Ferreiros (1), Goiana (2), Jaboatão dos Guararapes (1), Joaquim Nabuco (1), Lajedo (1), Limoeiro (1), Olinda (1), Paulista (2), Recife (1), Santa Terezinha (1), Serra Talhada (1), Taquaritinga do Norte (1) e Timbaúba (1). Com isso, o Estado totaliza 7.574 mortes pela doença.

    As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 01 de junho e 29 de agosto. Do total de mortes do informe de hoje, 3 (11%) ocorreram nos últimos três dias, sendo 2 mortes registradas no dia de ontem (sábado, 29/08) e 1 em 28/08. Os outros 24 (89%) óbitos ocorreram entre os dias 01/06 e 22/08.

    Os pacientes tinham idades entre 25 e 96 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (5), 70 a 79 (10), 80 anos ou mais (9).

    Dos 27 pacientes que vieram a óbito, 18 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (14), diabetes (6), hipertensão (4), tabagismo/histórico de tabagismo (3), doença respiratória (2), doença renal (2), obesidade (2), etilismo/histórico de etilismo (1) e AVC (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um paciente não apresentava comorbidades e os demais estão em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 20.784 casos foram confirmados e 30.854 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

    Assuntos: ses, saude, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • #198 || Pernambuco contra o novo coronavírus

    | Comunicação, Saúde

    Sábado, 29/08/2020

    PRAIAS E MUSEUS | A partir de segunda-feira (31), os municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) e da Zona da Mata pernambucana avançam para a etapa 8 do Plano de Convivência com a Covid-19, sempre respeitando as medidas de segurança para evitar a contaminação. Confira aqui os protocolos de duas das atividades que poderão voltar a funcionar: museus/espaços de exposições (https://bit.ly/31Dqtug) e comércio de praia (https://bit.ly/2YOnldf). O avanço das etapas do Plano depende dos indicadores da doença, inclusive a taxa de contágio, que atualmente está em 0,87 em Pernambuco, em média. Na retomada, é fundamental continuar seguindo as orientações das autoridades, usando máscaras, respeitando o distanciamento físico e higienizando as mãos.

    CORONAVÍRUS | Neste sábado (29), a Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou 1.005 casos de Covid-19. A maioria deles (92,5%) é leve, ou seja, não demandou internamento hospitalar. Pernambuco tem, agora, 124.151 registros confirmados da doença, sendo que 105.381 desses são de pessoas já curadas.

    O boletim da SES também aponta 35 novos óbitos, ocorridos entre 5 de maio e 28 de agosto. Das mortes contabilizadas hoje, 10 (28,5%) aconteceram nos últimos três dias: três ontem (sexta, 28/08), três no dia 27/08 e quatro em 26/08. Com isso, passou para 7.547 o número de óbitos causados pela Covid-19 em Pernambuco.

    => Leia o boletim da SES-PE completo: https://bit.ly/3gEe2CL.

    => Entenda a metodologia para definição de casos: https://bit.ly/321Ih31.

    OUTRAS NOTÍCIAS:

    SARAMPO | Foi prorrogada até o dia 31/10 a campanha de vacinação contra o sarampo para o público entre 20 e 49 anos. Todos dessa faixa etária devem tomar uma dose da vacina, independente da situação vacinal. O imunizante também protege contra a rubéola e a caxumba. Até o momento, 448 mil pernambucanos foram vacinados - a Superintendência de Imunizações da SES-PE já distribuiu mais de 1,4 milhão de doses para os municípios do Estado. A vacina contra o sarampo é disponibilizada de rotina nos postos de saúde para a população entre 12 e 59. As outras faixas etárias podem continuar procurando normalmente os serviços para atualizar a caderneta de vacinação.

    ATENDE EM CASA | Está com sintomas gripais? O Atende em Casa faz marcação de testes para quem tiver sintomas da doença nos 143 municípios cadastrados (consulte aqui: portal.saude.pe.gov.br). Você pode acessar www.atendeemcasa.pe.gov.br ou baixar o app em celulares com sistema Android. Atualmente, 178 municípios estão cobertos pelo programa.

    PROTOCOLOS => Consulte aqui os protocolos para setores econômicos autorizados a funcionar: https://bit.ly/3gDeiCw.

    FAKE NEWS => Antes de repassar alguma notícia, confirme em fontes oficiais! Confira boatos já desmentidos: https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br/#fakenews.

    Informe Epidemiológico: https://www.cievspe.com/novo-coronavirus-2019-ncov.

    Para dados sobre testagem para o novo coronavírus: https://dados.seplag.pe.gov.br/apps/corona.html#testes.

    Para denunciar descumprimento das medidas ligue 190.

    Assuntos: sei, boletim, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • Boletim Covid-19 - Comunicação SES-PE

    | Saúde

    Sábado, 29/08/2020

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste sábado (29.08), 1.005 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 75 (7,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 930 (92,5%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 124.151 casos confirmados, sendo 25.475 graves e 98.676 leves.

    Além disso, o boletim registra um total de 105.381 pacientes recuperados da doença. Destas, 14.773 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 90.608 eram casos leves.

    Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 184 municípios pernambucanos (tabela 2), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da  ocorrência de pacientes e outros Estados e países.

    Também foram confirmados laboratorialmente 35 óbitos (sendo 22 do sexo masculino e 13 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Água Preta (1), Alagoinha (1), Arcoverde (1), Cabo de Santo Agostinho (4), Caruaru (3), Catende (1), Exu (1), Goiana (1), Iguaraci (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Ouricuri (1), Palmares (1), Passira (1), Paulista (3), Petrolina (1), Recife (7), Salgueiro (1) e Serra Talhada (1), além de 2 casos de outro Estado. Com isso, o Estado totaliza 7.547 mortes pela doença.

    As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 05 de maio e 28 de agosto. Do total de mortes do informe de hoje, 10 ocorreram nos últimos três dias (28,5%), sendo 3 mortes registradas no dia de ontem (sexta, 28/08), 3 em 27/08 e 4 mortes em 26/08. Os outros 25 (71,5%) óbitos ocorreram entre os dias 05/05 e 25/08.

    Os pacientes tinham idades entre 40 e 101 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (3), 50 a 59 (5), 60 a 69 (5), 70 a 79 (9), 80 anos ou mais (13).

    Dos 35 pacientes que vieram a óbito, 23 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (11), hipertensão (10), diabetes (7), tabagismo/histórico de tabagismo (3), doença respiratória (3), doença renal (2), doença de Alzheimer (1), - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um paciente não apresentava comorbidades e os demais estão em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 20.735 casos foram confirmados e 30.688 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

    SARAMPO - Foi prorrogada até o dia 31 de outubro a campanha de vacinação contra o sarampo para o público entre 20 e 49 anos. Todos dessa faixa etária devem tomar uma dose da vacina, independente da situação vacinal. Além do sarampo, o imunizante protege contra a rubéola e a caxumba.

    Até o momento, 448 mil pernambucanos foram vacinados. Para garantir a proteção, a Superintendência de Imunizações da SES-PE já distribuiu mais de 1,4 milhão de doses da vacina para os municípios pernambucanos. "Os postos de vacinação estão organizados de acordo com as novas diretrizes de segurança e higiene para receber aqueles que precisam se imunizar. É importante também que os gestores municipais busquem estratégias extramuros para chegar até o público elegível da campanha", pontua a superintendente de Imunizações da SES-PE, Ana Catarina de Melo.

    Em 2020, até 15 de agosto, foram confirmados 34 casos da doença no Estado, sendo 9 na faixa etária elegível nesta campanha de imunização. Os casos confirmados este ano foram de residentes dos municípios de Camaragibe (1), Igarassu (4), Ipojuca (3), Jaboatão dos Guararapes (9), Olinda (3), Paulista (4), Recife (6), Sirinhaém (1), São Bento do Una (1), Cabrobó (1), Petrolina (1). Em Pernambuco, no ano de 2019, foram confirmados 345 casos de sarampo.

    Importante ressaltar que a vacina contra o sarampo é disponibilizada de rotina nos postos de saúde para a população entre 12 e 59. As outras faixas etárias podem continuar procurando normalmente os serviços para atualizar a caderneta de vacinação.

    Assuntos: ses, saude, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • #197 || Pernambuco contra o novo coronavírus

    | Comunicação, Saúde

    Sexta-feira, 28/08/2020

    REFORÇO NO LACEN | Em visita ao Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), nesta sexta-feira (28), o governador Paulo Câmara inaugurou dois novos equipamentos que vão quadruplicar a capacidade de testagem da Covid-19 no Estado. De última geração, os equipamentos vão automatizar a extração do RNA das amostras do material biológico coletado e o processamento do exame de RT-PCR. Com isso, o Lacen, que hoje processa 800 testes por dia, poderá fazer até 3,2 mil. Para reforçar o quadro de servidores, o governo estadual autorizou a convocação de mais 39 biomédicos e farmacêuticos/bioquímicos, todos aprovados em seleção pública. Também foram adquiridos 120 mil testes do tipo RT-PCR.

    O Governo já convocou 268 profissionais para o Lacen-PE, entre biomédicos, farmacêuticos, bioquímicos, sanitaristas e outros. A chegada dos novos profissionais e os investimentos em infraestrutura deverão sextuplicar a capacidade de produção de exames na área molecular de RT-PCR em Pernambuco.

    RT-PCR NO INTERIOR | Na próxima segunda (31) começa a funcionar o primeiro centro de processamento de exames de biologia molecular (RT-PCR) para detecção do vírus da Covid-19 no interior do estado. O laboratório do Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, será responsável pelas análises. De início, serão 210 exames semanais, podendo chegar a 500. A iniciativa foi possível por meio de parceria do Governo do Estado com a universidade, a prefeitura de Petrolina, o Ministério da Saúde e entes privados.

    TESTAGEM | Até o momento, foram realizados mais de 321 mil exames para a detecção da Covid-19 em pacientes no Estado. Desse total, mais de 148,5 mil foram do tipo RT-PCR e demais testes rápidos. Dos testes de biologia molecular, mais da metade (74,4 mil) foi processada no Lacen e apenas 16% foram realizados na rede privada. De acordo com a Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (Ivis) do Ministério da Saúde, Pernambuco é o 7º Estado do país que mais realizou exames do tipo RT-PCR no Brasil.

    MAIS CRÉDITO | O Governo de Pernambuco incrementou a linha de crédito para comerciantes de praia cadastrados como microempreendedores individuais (MEI), que agora poderão conseguir até R$ 5 mil em financiamento. O crédito é voltado a comerciantes ambulantes ou fixos e pode ser usado para capital de giro e compra de mercadorias. O comércio da faixa de areia está autorizado a reabrir na próxima segunda (31), de acordo com o Plano de Convivência com a Covid-19.

    Dúvidas sobre o crédito podem ser esclarecidas pelo Disque AGE, no telefone 0800 081 8081, de segunda a sexta-feira. O primeiro passo é fazer o pré-cadastro pelo site www.age.pe.gov.br, clicando no banner “Crédito Popular”. Em seguida, um agente de negócios entrará em contato com o empreendedor, agendando uma visita técnica ao seu estabelecimento ou residência.

    Com novas linhas de crédito, criadas para auxiliar diferentes segmentos econômicos na retomada das atividades, a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) ampliou ainda mais o seu papel social. O banco de fomento estadual alcançou, em julho, R$ 13,5 milhões injetados na economia local, por meio de sua carteira de microcrédito, com mais de seis mil empreendedores beneficiados.

    CORONAVÍRUS | Mais 999 casos de Covid-19 foram confirmados nessa sexta-feira (28) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). A maioria deles (95%) é leve, ou seja, não demandou internamento hospitalar. Pernambuco conta, agora, 123.146 registros confirmados doença, sendo que 84% (103.517) desses são de pessoas já curadas.

    O boletim da SES também aponta 32 novos óbitos, todos ocorridos desde 5 de junho. Das mortes contabilizadas hoje, 14 (44%) aconteceram nos últimos três dias: seis no dia de ontem (quinta, 27/08), cinco em 26/08 e três em 25/08. Com isso, passou para 7.512 o número de óbitos causados pela Covid-19 em Pernambuco.

    Está em 55% a ocupação média dos leitos destinados a pacientes suspeitos ou confirmados para Covid-19. Essa taxa é de 43% para leitos de enfermaria, e de 67% para leitos de UTI, uma das menores taxas desde o início da pandemia.  Leia o boletim da SES-PE completo:  https://bit.ly/3gA7IMJ.

    => Entenda a metodologia para definição de casos: https://bit.ly/321Ih31.

    PEDIATRIA | A secretária executiva de Atenção à Saúde da SES-PE, Cristina Mota, reuniu-se, nessa sexta-feira (28), com representantes de entidades médicas de Pernambuco para debater sobre assistência a pacientes pediátricos com suspeita ou confirmação de Covid-19. Também divulgou o planejamento para ampliação da rede estadual de saúde para bebês e crianças com sintomas respiratórios, além das ações já implementadas pelo Governo de Pernambuco. Diante da falta de perspectiva do fornecimento por parte do Ministério da Saúde, o Governo de Pernambuco já adquiriu cerca de mil ampolas de imunoglobulina humana para abastecimento imediato das unidades que atuam no tratamento dos casos de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), potencialmente associada ao novo coronavírus.

    OUTRAS NOTÍCIAS:

    REFENO | O Governo de Pernambuco confirmou a realização da 32ª edição da Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha 2020 (Refeno). O evento acontece no dia 10/10, com partida no Marco Zero, no Recife, e chegada no Mirante do Boldró, em Fernando de Noronha -- um percurso de 300 milhas náuticas, o equivalente a 560 quilômetros. A tradicional regata vai seguir o protocolo de prevenção à Covid-19, que será divulgado em breve. A Refeno é um dos maiores eventos náuticos da América do Sul, e as inscrições podem ser feitas em http://refeno.com.br/inscricoes_nova.php.

    PROTOCOLOS => Consulte aqui os protocolos para setores econômicos autorizados a funcionar: https://bit.ly/3gDeiCw.

    FAKE NEWS => Antes de repassar alguma notícia, confirme em fontes oficiais! Confira boatos já desmentidos: https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br/#fakenews.

    Informe Epidemiológico: https://www.cievspe.com/novo-coronavirus-2019-ncov.

    Para dados sobre testagem para o novo coronavírus: https://dados.seplag.pe.gov.br/apps/corona.html#testes.

    Para denunciar descumprimento das medidas ligue 190.

    Assuntos: sei, boletim, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • BOLETIM COVID-19 - COMUNICAÇÃO SES-PE

    | Saúde

    BOLETIM COVID-19 - COMUNICAÇÃO SES-PE

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (28/08), 999 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 51 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 948 (95%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 123.146 casos já confirmados, sendo 25.400 graves e 97.746 leves.

    Além disso, o boletim de hoje registra, ao todo, 103.517 pessoas recuperadas da doença. Destas, 14.732 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 88.785 eram casos leves. 

    Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos (tabela 2), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes e outros Estados e países.

    Também foram confirmados laboratorialmente 32 óbitos (sendo 20 do sexo masculino e 12 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Alagoinha (1), Araçoiaba (1), Arcoverde (1), Cabrobó (1), Capoeiras (1), Caruaru (1), Garanhuns (1), Itambé (2), Jaboatão dos Guararapes (5), Olinda (1), Petrolina (2), Recife (8), Riacho das Almas (1), Salgueiro (2), Santa Maria do Cambucá (1), Serra Talhada (1), Timbaúba (1) e Venturosa (1). Com isso, Pernambuco totaliza 7.512 mortes pela doença. 

    As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 05 de junho e 27 de agosto. Do total de mortes do informe de hoje, 14 (44%) ocorreram nos últimos três dias, sendo 6 óbitos registrados no dia de ontem (quinta, 27/08), 5 em 26/08 e 3 em 25/08. Os outros 18 registros (56%) ocorreram entre os dias 05/06 e 24/08.

    Os pacientes tinham idades entre 5 e 96 anos. As faixas etárias são: 0 a 9 (2), 30 a 39 (3), 40 a 49 (2), 50 a 59 (4), 60 a 69 (5), 70 a 79 (8) e 80 ou mais (8). 

    Dos 32 pacientes que vieram a óbito, 24 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (15), diabetes (12), hipertensão (10), doença renal (7), tabagismo/histórico de tabagismo (3), etilismo (3), obesidade (3), doença respiratória (3), doença hepática (2), histórico de AVC (1), doença de Alzheimer (1), doença pulmonar (1), doença hepática (1), câncer (1),  esplenomegalia (1) e imunossupressão (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 20.682 casos foram confirmados e 30.494 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

    LACEN-PE – Em visita ao Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), nesta sexta-feira (28.08), o governador Paulo Câmara e o secretário estadual de Saúde, André Longo, inauguraram dois novos equipamentos que vão ampliar a capacidade de processamento de testagem das atuais 800 amostras diárias para 3,2 mil. Foram investidos, por meio da Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), R$ 6 milhões nos equipamentos, além da compra de 120 mil testes RT-PCR.  No Diário Oficial de hoje, foi publicada autorização para a convocação de mais 39 biomédicos e farmacêuticos/bioquímicos, aprovados em seleção, para reforçar o quadro do Lacen.

    “A pandemia da Covid-19 mostrou a necessidade de estarmos cada vez mais preparados para os desafios que possam acontecer no futuro. A testagem, o diagnóstico, os exames laboratoriais precisam e têm uma relevância fundamental nesse processo. Pernambuco sai na frente, mais uma vez, com a aquisição de máquinas que vão dar uma capacidade de testagem quatro vezes maior que a atual. Vai dar celeridade e qualidade, a um custo menor, e vamos estar preparados para o futuro", afirmou Paulo Câmara.

    Os novos equipamentos, de última geração e importados, vão fazer a extração do RNA das amostras do material biológico coletado e o processamento do exame de RT-PCR em si, automatizando esse processo e permitindo quadruplicar a capacidade de produção diária. Desde o início da pandemia da Covid-19, o Lacen-PE já processou mais de 74,4 mil exames de biologia molecular (RT-PCR), considerado padrão ouro por ser mais sensível e detectar a atividade viral em sua fase mais aguda, ou seja, quando a carga de transmissão do paciente está mais alta. Esse quantitativo representa 50% de toda a produção desse tipo de exame no Estado.

    Além dos 120 mil kits de testagem comprados via Facepe, o Governo do Estado também foi responsável por adquirir mais de 57,5 mil exames do tipo RT-PCR para o Lacen e laboratórios conveniados. Outros 102 mil foram repassados pelo Ministério da Saúde, e houve a doação de outros 56 mil do Grupo Unilever, Petrobrás e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Por meio da Secretaria Estadual de Saúde, ainda foram comprados outros equipamentos para o laboratório (freezer, extrator, termoiclador, entre outros), além de insumos (swab, kits de amplificação) e equipamentos de proteção individual (EPIs) para garantir a atuação com segurança dos profissionais que circulam por áreas com risco biológico.

    "Esse novo parque tecnológico, com essas duas máquinas, transformam a virologia em Pernambuco. As máquinas automatizadas, tanto de extração de RNA quanto de processamento, são o que há de melhor no mundo à disposição do povo de Pernambuco, à disposição dos valorosos técnicos do Lacen, que começaram esse processo aqui manualmente, mas com muito afinco, com muito zelo, fazendo um trabalho de manhã, de tarde e de noite para dar resposta a essa pandemia. Agora, a gente consegue entregar para eles equipamentos de última geração que vão fazer a diferença para podermos entregar exames de qualidade e no menor espaço de tempo”, declarou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

    RECURSOS HUMANOS – Para garantir essa ampliação, vários investimentos no quadro de pessoal estão sendo realizados no Lacen desde o início da pandemia. Ao todo, 268 profissionais ampliaram o quadro do laboratório, entre biomédicos, farmacêuticos, bioquímicos, sanitaristas e demais técnicos. Desses, 51 foram aprovados em concurso público. Os outros 217 são oriundos de seleções públicas, sendo que 39 deles foram chamados em publicação do Diário Oficial desta sexta. Com isso, já são cerca de 450 profissionais na instituição.

    "Com a convocação de novos profissionais que o governador está fazendo, além dos investimentos em infraestrutura que estamos fazendo aqui – e com a perspectiva de ampliar ainda mais na medida em que formos melhorando a infraestrutura e a chegada dos recursos humanos – esperamos chegar até a sextuplicar essa capacidade de produção de exames na área molecular de RT-PCR”, destacou André Longo.

    PROCESSAMENTO EM PETROLINA – A partir da próxima segunda-feira (31.08), começa a funcionar o primeiro centro de processamento de exames de biologia molecular (RT-PCR) para detecção do vírus da Covid-19 no interior do Estado. As análises serão feitas no laboratório do Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, a partir de uma parceria entre essa instituição, a Secretaria Estadual de Saúde, o Ministério da Educação, a Prefeitura de Petrolina e parceiros privados. Inicialmente, a produção será de 30 exames diários, atendendo à demanda dos sete municípios da VIII Gerência Regional de Saúde (Geres). A expectativa é chegar a 500 testes processados semanalmente, atendendo toda a IV Macrorregional de Saúde, que integra, além da VIII Geres, a VII (Salgueiro) e a IX (Ouricuri). A Univasf cedeu toda a infraestrutura e pessoal – professores e alunos ficarão responsáveis pelas análises – para que o trabalho pudesse ser efetivado.


    TESTES REALIZADOS – Até o momento, foram realizados mais de 321 mil exames para a detecção da Covid-19 em pacientes no Estado. Desse total, mais de 148,5 mil foram do tipo RT-PCR e demais testes rápidos. Dos testes de biologia molecular, mais da metade (74,4 mil) foi processada no Lacen e apenas 16% foram realizados na rede privada. De acordo com a Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (Ivis) do Ministério da Saúde, Pernambuco é o 7º Estado do país que mais realizou exames do tipo RT-PCR no Brasil.

    PEDIATRIA - Em reunião sobre a assistência a pacientes pediátricos com suspeita ou confirmação da Covid-19 no Estado, a secretária executiva de Atenção à Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Cristina Mota, se reuniu, na manhã desta sexta-feira (28.08), com representantes de entidades médicas de Pernambuco e divulgou o planejamento proposto pela Secretaria para novas estratégias de ampliação da rede estadual de saúde para bebês e crianças com sintomas respiratórios, além das ações já implementadas pelo Governo de Pernambuco.

    Na pauta das iniciativas para os pacientes pediátricos, o grupo discutiu a capacidade de testagem na faixa etária, ampliação de leitos, uso da imunoglobulina no tratamento da síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P) potencialmente associada ao novo coronavírus e as propostas de ações nas principais referências estaduais em pediatria. "Sabemos a importância da assistência aos pacientes pediátricos com suspeita ou confirmação da Covid-19. Por isso, precisamos ouvir as entidades de classe, assim como também estamos atentos às demandas da população, dialogando com transparência sobre os números e os cenários atuais para encontrar soluções viáveis e possíveis", destacou Cristina Mota.

    Sobre as vagas de pediatria para Covid-19, a secretária executiva divulgou que o Estado pretende pôr em funcionamento nos próximos dias, novos leitos de UTI pediátrica em serviços estaduais, seja abrindo novas vagas ou reestruturando o perfil de unidades. O grupo também discutiu propostas de reestruturação de fluxo de atendimento aos pacientes nas unidades com o intuito de otimizar o funcionamento da rede.

    Como já dito pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, em coletiva de imprensa online transmitida na última quinta-feira (27.08), a secretária executiva de Atenção à Saúde destacou que, apesar da responsabilidade do fornecimento ser do Ministério da Saúde, diante da instabilidade e falta de perspectiva do fornecimento por parte do órgão federal, o Governo de Pernambuco já adquiriu cerca de 1 mil ampolas de imunoglobulina humana para abastecimento imediato das unidades que atuam no tratamento dos casos de SIM-P. A remessa deve chegar ao Estado já na próxima semana.

    Em relação ao processamento das amostras biológicas dos pacientes pediátricos com suspeita da doença, a secretária executiva de Atenção à Saúde ressaltou que o novo parte tecnológico do Lacen-PE, inaugurado nesta sexta-feira pelo Governo de Pernambuco vão assegurar a diminuição do tempo dos resultados laboratoriais, bem como a ampliação da capacidade laboratorial.


    Cidades: Ipojuca , Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: boletim, covid19, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara entrega novos equipamentos que quadruplicam processamento de exames no Lacen-PE

    | Saúde

    Paulo Câmara entrega novos equipamentos

    Paulo Câmara entrega novos equipamentos que quadruplicam processamento de exames no Lacen-PE

    Com investimento da ordem de R$ 6 milhões, máquinas vão quadruplicar a capacidade de processamento de exames de biologia molecular para Covid-19 em Pernambuco

    Em visita ao Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), nesta sexta-feira (28.08), o governador Paulo Câmara inaugurou dois novos equipamentos que vão ampliar a capacidade de processamento de testagem das atuais 800 amostras diárias para 3,2 mil. Foram investidos, por meio da Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), R$ 6 milhões nos equipamentos, além da compra de 120 mil testes RT-PCR.  No Diário Oficial de hoje, foi publicada autorização para a convocação de mais 39 biomédicos e farmacêuticos/bioquímicos, aprovados em seleção, para reforçar o quadro do Lacen.

    “A pandemia da Covid-19 mostrou a necessidade de estarmos cada vez mais preparados para os desafios que possam acontecer no futuro. A testagem, o diagnóstico, os exames laboratoriais precisam e têm uma relevância fundamental nesse processo. Pernambuco sai na frente, mais uma vez, com a aquisição de máquinas que vão dar uma capacidade de testagem quatro vezes maior que a atual. Vai dar celeridade e qualidade, a um custo menor, e vamos estar preparados para o futuro", afirmou Paulo Câmara.

    Os novos equipamentos, de última geração e importados, vão fazer a extração do RNA das amostras do material biológico coletado e o processamento do exame de RT-PCR em si, automatizando esse processo e permitindo quadruplicar a capacidade de produção diária. Desde o início da pandemia da Covid-19, o Lacen-PE já processou mais de 73 mil exames de biologia molecular (RT-PCR), considerado padrão ouro por ser mais sensível e detectar a atividade viral em sua fase mais aguda, ou seja, quando a carga de transmissão do paciente está mais alta. Esse quantitativo representa 50% de toda a produção desse tipo de exame no Estado.

    Além dos 120 mil kits de testagem comprados via Facepe, o Governo do Estado também foi responsável por adquirir mais de 57,5 mil exames do tipo RT-PCR para o Lacen e laboratórios conveniados. Outros 102 mil foram repassados pelo Ministério da Saúde, e houve a doação de outros 56 mil do Grupo Unilever, Petrobrás e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Por meio da Secretaria Estadual de Saúde, ainda foram comprados outros equipamentos para o laboratório (freezer, extrator, termoiclador, entre outros), além de insumos (swab, kits de amplificação) e equipamentos de proteção individual (EPIs) para garantir a atuação com segurança dos profissionais que circulam por áreas com risco biológico.

    "Esse novo parque tecnológico, com essas duas máquinas, transformam a virologia em Pernambuco. As máquinas automatizadas, tanto de extração de RNA quanto de processamento, são o que há de melhor no mundo à disposição do povo de Pernambuco, à disposição dos valorosos técnicos do Lacen, que começaram esse processo aqui manualmente, mas com muito afinco, com muito zelo, fazendo um trabalho de manhã, de tarde e de noite para dar resposta a essa pandemia. Agora, a gente consegue entregar para eles equipamentos de última geração que vão fazer a diferença para podermos entregar exames de qualidade e no menor espaço de tempo”, declarou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

    RECURSOS HUMANOS – Para garantir essa ampliação, vários investimentos no quadro de pessoal estão sendo realizados no Lacen desde o início da pandemia. Ao todo, 268 profissionais ampliaram o quadro do laboratório, entre biomédicos, farmacêuticos, bioquímicos, sanitaristas e demais técnicos. Desses, 51 foram aprovados em concurso público. Os outros 217 são oriundos de seleções públicas, sendo que 39 deles foram chamados em publicação do Diário Oficial desta sexta. Com isso, já são cerca de 450 profissionais na instituição.

    "Com a convocação de novos profissionais que o governador está fazendo, além dos investimentos em infraestrutura que estamos fazendo aqui – e com a perspectiva de ampliar ainda mais na medida em que formos melhorando a infraestrutura e a chegada dos recursos humanos – esperamos chegar até a sextuplicar essa capacidade de produção de exames na área molecular de RT-PCR”, destacou André Longo.

    PROCESSAMENTO EM PETROLINA – A partir da próxima segunda-feira (31.08), começa a funcionar o primeiro centro de processamento de exames de biologia molecular (RT-PCR) para detecção do vírus da Covid-19 no interior do Estado. As análises serão feitas no laboratório do Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, a partir de uma parceria entre essa instituição, a Secretaria Estadual de Saúde, o Ministério da Educação, a Prefeitura de Petrolina e parceiros privados. Inicialmente, a produção será de 30 exames diários, atendendo à demanda dos sete municípios da VIII Gerência Regional de Saúde (Geres). A expectativa é chegar a 500 testes processados semanalmente, atendendo toda a IV Macrorregional de Saúde, que integra, além da VIII Geres, a VII (Salgueiro) e a IX (Ouricuri). A Univasf cedeu toda a infraestrutura e pessoal – professores e alunos ficarão responsáveis pelas análises – para que o trabalho pudesse ser efetivado.

    TESTES REALIZADOS – Até o momento, foram realizados mais de 321 mil exames para a detecção da Covid-19 em pacientes no Estado. Desse total, mais de 146,7 mil foram do tipo RT-PCR e demais testes rápidos. Dos testes de biologia molecular, mais de 123 mil (84%) foram processados no Lacen e nos laboratórios parceiros e conveniados. Os outros 16% foram realizados na rede privada. De acordo com a Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (Ivis) do Ministério da Saúde, Pernambuco é o 7º Estado do país que mais realizou exames do tipo RT-PCR no Brasil.

    Fotos: Diego Nigro/SEI


    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco, Paulo Câmara, Facep, covid 19
    Compartilhe: Link para o post:
  • INFORME SES-PE - COVID-19 SEXTA-FEIRA, 28.08.2020

    | Saúde

     

    INFORME SES-PE - COVID-19 
    SEXTA-FEIRA, 28.08.2020

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (28.08), 999 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 51 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 948 (95%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 123.146 casos já confirmados, sendo 25.400 graves e 97.746 leves.

    Também foram confirmados 32 óbitos, ocorridos desde o dia 5 de junho. Do total de mortes do informe de hoje, 14 (44%) ocorreram nos últimos três dias, sendo 6 óbitos registrados no dia de ontem (quinta, 27/08), 5 em 26/08 e 3 em 25/08. Os outros 18 registros (56%) ocorreram entre os dias 05/06 e 24/08. Com isso, o Estado totaliza 7.512 óbitos pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.
     
    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: boletim, covid19, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post: