meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco destina cestas básicas para a população de Noronha

    | Economia, Saúde, Juventude, Infância

    cestas básicas fernando de noronha

    Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco destina cestas básicas para a população de Noronha

    A Administração de Fernando de Noronha, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco, vai distribuir para a população da ilha 1023 cestas básicas, para garantir a segurança alimentar e nutricional das famílias noronhenses. A concessão é feita através da Lei de Benefício Eventual do Estado, em decorrência da vulnerabilidade temporária e da situação de emergência gerada pela pandemia. As cestas devem chegar à ilha nos próximos dias. 

    No total, cada cesta contém quatorze itens, como arroz, feijão, bolacha, macarrão, leite, entre outros gêneros alimentícios e serão distribuídas às famílias cadastradas pela assistência social da ilha. Além das cestas básicas, serão agregados às doações material de limpeza, como 1.023 lava roupas líquidos de 900 ml e 2.046 pacotes de sabão em pó de 800g, doados pela empresa Unilever, dentro da campanha Pernambuco Solidário Contra o Coronavírus. Também serão entregues 194 pares de sapatos e 50 pacotes de meias, oferecidos pelo Grupo Paquetá.
      
    “Desde o começo da pandemia, a administração não tem medido esforços para garantir o amparo à população local. Temos feito doações de cestas básicas, peixes e frango. Também entregamos vale gás e água, entre outras medidas, para ajudar os noronhenses a enfrentar este momento difícil. Agora, mais uma vez, cada família da ilha vai receber uma cesta básica com itens necessários para a alimentação diária, acrescida de produtos de limpeza, em uma parceria com o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. A nossa intenção é não deixar a população desassistida em momento algum”, diz Guilherme Rocha, administrador do arquipélago.
     
    O secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, explica que entrega das cestas básicas faz parte de um conjunto de ações desenvolvidas durante a pandemia do novo coronavírus com o objetivo de diminuir as dificuldades dos grupos em situação de vulnerabilidade social. “A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, em parceria com a administração da ilha, promove essa entrega para os moradores de Fernando de Noronha que precisam do alimento nesse momento tão difícil de retomada gradual das atividades. Em um período anterior já havíamos enviado cestas básicas da campanha Pernambuco Solidário para moradores que estavam fora de suas casas quando a ilha estava fechada. Com certeza, essa nova entrega será um diferencial para essas famílias”, afirma o secretário.
    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: sds, fernando de noronha, cestas básicas, pandemia
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programa do Governo de Pernambuco age para erradicação do trabalho infantil nas praias e cadeia produtiva do turismo

    | Infância

    trabalho infantil

    Lançamento da edição 2020 reuniu gestores de todos os 13 municípios litorâneos e do distrito de Fernando de Noronha, além da deputada Simone Santana e o secretário Alberes Lopes, em prol do Praia Legal

    Com o recado das crianças do Instituto Maria da Penha, “criança não trabalha, criança tem que brincar, tem que ler, tem que sonhar, tem que aprender. Criança tem que estudar”, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude iniciou a nova edição do Praia Legal. A apresentação cultural de cordel ocorreu nesta quarta-feira (05/02), durante evento no Centro de Convenções, marcando o lançamento do programa, que tem como objetivo principal desenvolver ações de enfrentamento ao trabalho infantil na cadeia produtiva do turismo.

    Para dar o pontapé na nova campanha, equipes da SDSCJ e da Prefeitura do Recife estarão juntas, neste sábado (08), fazendo abordagem social, a partir das 8h, no comércio e na praia de Boa Viagem, numa forma de sensibilização e prevenção à violação dos direitos das crianças e adolescentes. “O Estado está contribuindo para a erradicação do trabalho precoce através da realização de ações contínuas, levando informação, monitorando e conscientizando a população durante todo o ano. É importante nos unirmos numa só corrente contra o trabalho infantil. Essa é uma responsabilidade de todos nós, enquanto cidadãos”, pontuou o secretário Sileno Guedes.

    O programa tem uma parceria com 13 municípios litorâneos e o distrito de Fernando de Noronha, que levou seus secretários e gestores de assistência social para acompanhar as explanações, o balanço do ano de 2019 e receber o material de divulgação do Praia Legal, com panfletos, cartazes, banners, camisas com proteção UV e bonés com proteção para o pescoço. “Apesar do nome, o Praia Legal não é só na praia. É o ano todo, inclusive no período de chuva. Estamos sempre monitorando, articulando e visitando comunidades, escolas e comércio”, completou Guedes.

    “Tenho o sonho de acabar com o trabalho infantil. Precisamos combater essa grande mazela social. Para isso, é importante a massificação dessa campanha”, disse procurador do Trabalho do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco, Leonardo Osório, que estava presente no encontro. Segundo o promotor, o trabalho infantil impede o crescimento da criança, da economia e o desenvolvimento do país. De acordo com o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, o Estado também vem realizando ações específicas nas agências do trabalho, levando informação e apoio. “Lugar de criança é na escola. Essa é uma conscientização que toda a sociedade deve ter”, enfatizou o secretário.

    Durante o evento, a deputada Simone Santana, que é coordenadora da Frente Parlamentar pelos Direitos da Primeira Infância de Pernambuco, pontuou que está concluindo o diagnóstico a respeito dos direitos das crianças com até 7 anos em Pernambuco. “No Brasil, são 2,4 milhões de crianças em situação de trabalho infantil e 93% do trabalho doméstico são do sexo feminino”, informou a deputada.

    Assuntos: sdscj, trabalho infantil, praia legal
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programação de férias do Espaço Ciência terá demonstrações culinárias de alimentação vegana

    | Meio Ambiente, Infância
    espaço

    Como parte da programação de férias do Espaço Ciência, está de volta o VEGCiência. Realizado em parceria com a UVA - União Vegana de Ativismo e AVEG - Associação Vegana do Recife, o evento promove demonstrações culinárias com alimentação saudável.

    A cada dia, um nutricionista, especializado em comidas veganas, oferece uma demonstração diferente. Os participantes poderão degustar e aprender a fazer iguarias como pães recheados, trufas de amendoim, bolo de limão glacê, bolo de macaxeira com coco, pizza Caprese e Sorbet de morango com chips de chocolate.

    São dez convidados, responspaveis pela cozinha de empreendimentos como Cozinha Abolicionista, VegStuff,  Lievito Pães, The Bake Republic, Mooncake, Complô Veg,  Restaurante Capitania, Massa Ancestral, Veglicious e Frutetto.

    As demonstrações acontecem das 15h às 16h. Não é necessária inscrição. Os interessados devem chegar com meia hora de antecedência e pegar uma senha na Recepção do Espaço Ciência.

    Confira a programação:

    • Dia 13: Carla Falcão (Cozinha Abolicionista) prepara um Baião de Dois com feijão Macassar
    • Dia 14Beatriz Uchoa (VegStuff) prepara leite vegetal e ricota
    • Dia 15Raquel Brizola (Lievito Pães) prepara pães recheados
    • Dia 16: Milena Ferreira (The Bake Republic) prepara trufas de amendoim
    • Dia 17: Andrea Rios (Mooncake) prepara bolo de limão glacê
    • Dia 20: Nana Barros (Complô Veg) prepara Quiche de macaxeira com tomate e manjericão e bolo cremoso de macaxeira com coco
    • Dia 21: Alice Elihimas (Capitania) prepara Pizza Caprese
    • Dia 22: Bethania Bandeira (Massa Ancestral) prepara crumble de maçã
    • Dia 23: Polli Fontoura (Veglicious) prepara torta de amendoim e coco com ganache
    • Dia 24: Fabrisa Silva (Frutteto Cozinha Artesanal Natural) prepara Sorbet de Morango com chips de chocolate
    Cidades: Recife
    Assuntos: secti, espaco ciencia, ferias, vegciencia
    Compartilhe: Link para o post:
  • Parque de Dois Irmãos tem programação especial no fim de semana das crianças

    | Meio Ambiente, Infância

    dia das crianças

    As atrações acontecem em três diferentes polos, em comemoração ao Dia das Crianças, e com atividades para visitantes de todas as faixas etárias

    A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas) promove, neste fim de semana (12 e 13/10), das 9h às 16h, uma programação especial para receber os visitantes que forem comemorar o Dia das Crianças no Parque de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife. Haverá oficinas de música, apresentações teatrais, brincadeiras, sarau poético e mais. As atividades acontecem com o acompanhamento da equipe técnica do Parque e de voluntários. A ação tem o apoio da empresa de alimentos Capricche.

    “Montamos uma programação que busca aproximar as famílias da natureza, através de atividades que agregam educação ambiental e diversão. Da mesma forma, também garantimos o bem-estar dos animais”, ressaltou o secretário de Meio Ambiente, José Bertotti. Durante o fim de semana, as atrações vão se concentrar em três polos instalados dentro da área do zoológico. São eles: o Parquinho de brinquedos, a Alameda dos Primatas e a Cidade das Crianças.

    No polo do Parquinho, a partir das 9h, as crianças podem entrar no clima da brincadeira, fazendo pinturas de figuras de animais como leão, borboleta ou tubarão, no stand montado no local. Pela manhã, também haverá oficina de brinquedos e instrumentos com material reciclado, e a contação de história “O sumiço do maçarico-esquimó”, que narra a aventura dessa espécie de ave avistada no Brasil há 90 anos. À tarde, acontecem a oficina de cultivo de plantas e a esquete teatral “Entre latidos e miados”.

    Já na Alameda dos primatas, os visitantes vão encontrar as oficinas de rap “Repensando a natureza” e de embolada com o tema “aves”; além de  brincadeiras de circo com a prática de equilibrismo e malabarismo. Os pequenos ainda poderão curtir apresentações de sarau poético e musical. Esse espetáculo acontece às 11h e às 15h.

    As atrações na Cidade das Crianças também prometem movimentar a garotada. No local, haverá a encenação da esquete musical “Bicho homem”, às 9h e às 13h. Outra pedida é participar da oficina de cordel com os temas peixes, anfíbios e répteis, às 10h, e da oficina de percussão corporal, que terá uma trilha sonora inspirada nos sons dos animais e da natureza, das 14h às 15h.  

    A coordenação do Parque de Dois Irmãos, como todos os anos, montou duas centrais de achados e perdidos. O funcionamento será na Alameda dos Primatas (ao lado do stand do sorvete) e ao lado do prédio administrativo, no bosque do pau-brasil.

    Durante todo o período de atividades, os animais do zoo terão  acompanhamento especial de biólogos, veterinários e tratadores. O objetivo é garantir o bem-estar deles e minimizar o calor da estação do ano. Para tanto, alguns “mimos”, como picolés de frutas, serão oferecidos aos animais e haverá banhos de mangueira para refrescar algumas espécies que precisam desses cuidados. 

    PROGRAMAÇÃO 

    Polo 1 - Parquinho
    9h às 10h - Pintura de pele com a tema fauna 
    10h às 11h - Oficina de brinquedos com material reciclado
    11h às 12h - Contação de história “O sumiço do maçarico-esquimó”
    13h às 14h - Brincadeira de caça ao tesouro
    14h às 15h - Oficina de cultivo de plantas
    15h às 16h - Espetáculo teatral “Entre latidos e miados”

    Polo 2 - Alameda dos Primatas
    9h às 10h - Brincadeira de bola de sabão - Super bolhão
    10h às 11h - Oficina de embolada com os temas aves e mamíferos
    11h às 12h - Sarau poético e musical
    13h às 14h - Brincadeiras de circo: pés de lata, malabares e cambalhotas
    14h às 15h - Oficina de rap “Repensando a natureza”
    15h às 16h - Sarau poético e musical

    Polo 3 - Cidade das Crianças
    9h às 10h - Espetáculo musical “Bicho homem”
    10h às 11h - Oficina de cordel temática (peixes, anfíbios e répteis)
    11h às 12h - Sarau poético e musical
    13h às 14h - Espetáculo musical “Bicho homem”
    14h às 15h - Oficina de percussão corporal - corpo e natureza
    15h às 16h - Sarau poético e musical

    Cidades: Recife
    Assuntos: semas, parque estadual dois irmaos, dia das crianças
    Compartilhe: Link para o post:
  • Campanha “Leãozinho Amigo das Crianças” segue até o próximo dia 30

    | Juventude, Infância

    leao

    Campanha convoca a sociedade pernambucana e os servidores públicos a destinar até 3% do imposto devido.

    A 4º edição da campanha “Leãozinho Amigo das Crianças” segue até o próximo dia 30 de abril, último dia para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Lançada pelo Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Pernambuco (CEDCA/PE), em parceria com a Receita Federal  e o Conselho Regional de Contabilidade de Pernambuco (CRC/PE), a iniciativa visa a sensibilização de contribuintes Pessoa Física para a destinação de até 3% do Imposto de Renda (IR) ao Fundo Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Pernambuco (FEDCA/PE).

    A medida consiste na doação direta de até 3% do Imposto de Renda devido – a pagar ou restituir – do contribuinte pessoa física que optar pela Declaração de Renda Modelo Completo. Ou seja, o cidadão pode destinar parte do valor devido por ele à Receita através da opção “Doações diretamente na declaração – ECA”, localizada na ficha Resumo da Declaração. A partir disso, será gerada um DARF com o valor da porcentagem calculada para colaboração, que deverá ser pago em qualquer agência bancária. Os outros 97% do valor total devido pelo contribuinte deverá ser quitado de acordo com as normas da instituição Federal.

    Caso o contribuinte não possua nenhum valor a pagar, mas tenha direito a restituição, a doação vigora como parcela dedutível. Ao declarar suas despesas anuais, o contribuinte deve incluir também a opção “Doações diretamente na declaração – ECA”, escolher o tipo de fundo “Estadual”, e o cálculo será feito automaticamente. Dessa forma, o valor doado é somado ao valor a ser restituído ao contribuinte.

    A destinação não ocasiona nenhum custo extra ao contribuinte. Pelo contrário, ela promove a livre escolha sobre o destino de parte desses tributos que pagamos anualmente à União e acresce no valor a ser restituído. Todo o valor arrecadado será destinado ao atendimento às crianças e adolescentes no estado de Pernambuco. A destinação do recurso é realizada por meio da abertura de editais públicos e convênios com as instituições cadastradas nos conselhos municipais. Essas entidades trabalham na promoção de diversas atividades assistenciais nas áreas de saúde, ressocialização, educação, esporte e lazer.

    Assuntos: cedca, campanha, imposto de renda
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco marca presença no Seminário Internacional da Primeira Infância, em Brasília

    | Juventude, Infância


    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude do Estado assina pacto de compromisso com o programa Criança Feliz, que visa impulsionar o desenvolvimento cognitivo, motor, socioafetivo e da linguagem dos pequenos beneficiados com programas sociais.

    O estado de Pernambuco firmou pacto pela continuidade e o avanço do Criança Feliz durante o Seminário Internacional da Primeira Infância, que ocorreu em Brasília, nessas terça e quarta-feira. Com intuito de continuar aprimorando o Programa para que chegue a mais famílias, o Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude garantiu a repactuação do compromisso para execução do Criança Feliz em Pernambuco, que atualmente está em 163 municípios.

    O programa consiste em visitas semanais de técnicos capacitados que orientam sobre o desenvolvimento das crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família e de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). As gestantes também recebem atendimento. O Criança Feliz integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos.

    O programa consiste em visitas semanais de técnicos capacitados que orientam sobre o desenvolvimento das crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família e de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). As gestantes também recebem atendimento. O Criança Feliz integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos.

    “Pernambuco abraça essa causa com a firmeza da importância de programas como o Criança Feliz. Precisamos unir forças do poder público e privado para auxiliarmos maior número de famílias e orientá-las”, afirmou o secretário da SDSCJ, Sileno Guedes. No Brasil, o programa está em 2.622 cidades. No total, mais de 12,1 milhões de visitas domiciliares foram realizadas por cerca de 16 mil profissionais capacitados para orientar as famílias a impulsionar o desenvolvimento cognitivo, motor, socioafetivo e da linguagem das crianças. Já foram mais de 519 mil crianças e gestantes atendidas.

    A assinatura reuniu representantes de 24 estados e do Distrito Federal dentro da programação doSeminário Internacional da Primeira Infância - o melhor investimento para desenvolver uma Nação, onde foram debatidos outros temas. A inclusão social de crianças com deficiência, seus direitos e a criança com deficiência no Sistema Único de Assistência Social (Suas), além da parceria entre o poder executivo e empresas foram outros assuntos abordados no evento. “Participar de evento como este é importante para avaliar e discutir as políticas públicas voltadas às crianças em vulnerabilidade social e criar reflexões que qualifiquem e ampliem seu atendimento”, reforçou o gerente de Políticas para Criança, Macdouglas de Oliveira, que assinou o termo.

    O Seminário - É promovido pelo Ministério da Cidadania e reúne especialistas internacionais e brasileiros no tema primeira infância para avaliar as políticas públicas e provocar reflexões que qualifiquem e ampliem o atendimento a essa faixa etária no país.

    Assuntos: sdscj, primeira infancia, programa criança feliz, brasilia
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco alerta: trabalho infantil não é folia

    | Infância


    A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco faz um alerta aos responsáveis para que ajudem a fiscalizar o trabalho infantil, especialmente nesse período de carnaval. No Brasil, segundo o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, há cerca de 2,6 milhões de crianças trabalhando - muitas estão nas ruas – e as demandas irregulares podem aumentar nos festejos de Momo, época do ano em que se ampliam os serviços, o turismo e o entretenimento.

    Quando a criança trabalha nas ruas, fica exposta, por exemplo, a maus tratos, exploração sexual, uso de drogas, violência, desaparecimento, entre outros problemas graves. Por esse motivo, a Seteq pede a contribuição dos pernambucanos para que ajudem a combater o trabalho infantil. Não comprem em estabelecimentos onde há crianças trabalhando. 

    A proteção integral e a prioridade absoluta estão previstas na Constituição Federal de 1988 e devem beneficiar todas as crianças. Ajude a evitar a reprodução de desigualdades sociais. O trabalho infantil priva as crianças da infância e pode prejudicar o seu desenvolvimento físico e mental.

    “Peço uma atenção redobrada às nossas crianças nesse período, porque trabalho infantil não é motivo de alegria. Quando as crianças estão trabalhando nas ruas, elas ficam mais expostas à exploração sexual, à violência física e psicológica. Que também possamos ser um fiscal para ajudar as nossas crianças”, disse o titular do secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes.

    No carnaval, qualquer denúncia pode ser feita 24 horas na Ouvidoria Social disponibilizada pela Secretária de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco. Dique 0800.081.4421 ou 81-98494-1298. Depois das festas, o horário retoma à normalidade, de 8h às 17h.

    Assuntos: seteq, alerta, trabalho infantil, carnaval
    Compartilhe: Link para o post:
  • SDSCJ lança o programa Praia Legal

    | Direitos Humanos, Infância

    praia legal

    Idealizado em 2015, o projeto Praia Legal - que realiza ações de enfrentamento ao trabalho infantil na Cadeia produtiva do turismo - sai do papel e ganha as praias do litoral de Pernambuco

    Numa parceria do Governo do Estado, através das Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, com as Secretarias municipais de Assistência Social dos 13 municípios litorâneos do estado e o distrito estadual de Fernando de Noronha, foi lançado, nesta terça-feira (19), o programa Praia Legal. Com objetivo de desenvolver ações de enfrentamento ao trabalho infantil na Cadeia produtiva do turismo, o programa contribui para a erradicação do trabalho precoce, através da realização de ações contínuas e articuladas em três eixos de atuação: Prevenção e Articulação; Identificação de Trabalho Infantil e Proteção Social.

    “Nesse programa, vamos dar andamento a uma prática que já é marca do Governo Paulo Câmara: unir Estado e municípios, criando uma parceria também nesse projeto. Vamos realizar um trabalho permanente junto com as prefeituras, de forma conjunta para unirmos forças, afinal estamos segurando a mesma bandeira”, afirmou o secretário, Sileno Guedes, que estava presente na cerimônia de lançamento. Para viabilizar as parcerias, cada município assinou um termo de cooperação para elaborar planos de trabalhos individuais, e assim, o Estado possa monitorá-los.

    Junto com o lançamento, a SDSCJ realizou a formação de equipes sobre abordagem social com técnicos que vão para as praias realizar as ações de abordagem, ou seja, quem vai realmente cair em campo. Para isso, cada município enviou cerca de cinco representantes para serem multiplicadores nas suas respectivas equipes. “Com essa formação damos o pontapé inicial e os municípios já estão aptos a irem às ruas, inclusive somando o Praia Legal com outros projetos já desenvolvidos pelo município, o Atenção Redobrada, por exemplo”, explicou coordenador do Praia Legal, Leonidas Leal.

    O encontro serviu para apresentar o programa, sua metodologia, acertar os detalhes com os municípios, debater com as equipes, além de repassar as ações que devem ser desenvolvidas, sendo tudo adaptado a cada necessidade e realidade de cada município. “Vamos realizar articulação com o trade, os estabelecimentos comerciais, bares e restaurantes e também ações de sensibilização com a sociedade. Queremos estimular a sociedade, por exemplo, a não comprar produtos de crianças”, pontuou a gerente da proteção Social Especial de Média complexidade, Lioniza dos Santos.

    O público-alvo do projeto são as crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil, suas famílias, os comerciantes e o trade turístico dos municípios participantes. “A sociedade precisa internalizar que criança tem que brincar, estudar, ser livre e não explorada. Essa ideia deverá ser repassada não só no Carnaval, como no ano inteiro”, disse o secretário executivo de Assistência Social, Joelson Rodrigues. A ideia é que o programa se fortaleça e ganhe cada vez mais qualidade com formações de reciclagem ao longo do ano.

    Para a realização do Praia Legal, a SDSCJ, através da Executiva de Assistência Social e da Gerência de Proteção Social Especial de Média Complexidade, vai disponibilizar para todas equipes municipais, materiais informativos e kits para a execução das ações nos territórios, como bonés, camisas com proteção UVA manga longa, panfletos informativos, cartazes e banners.

    MUNICÍPIOS - A abrangência do projeto compreende os territórios litorâneos do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Sirinhaém, Goiana, Barreiros, Tamandaré, São José da Coroa Grande, Ilha de Itamaracá, Ilha de Fernando de Noronha, Igarassu e Paulista.

    Assuntos: sdscj, praia legal, trabalho infantil, governo de pernambuco, paulo camara
    Compartilhe: Link para o post:
  • Crianças conhecem hábitos de animais noturnos no Parque Estadual Dois Irmãos

    | Meio Ambiente, Infância

    zoo noturno

    O passeio faz parte da programação do Zoo Férias 2019, promovido pelo Governo de Pernambuco, durante o mês de janeiro

    Um passeio iluminado com lanternas e com aprendizado sobre as curiosidades e os hábitos dos animais que preferem a noite. Essa é a proposta do Zoo Noturno, que será realizado pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), nesta sexta-feira (18/01), a partir das 19 horas, no Parque Estadual de Dois Irmãos (Pedi). O passeio faz parte da programação do Zoo Férias 2019.  

    Na natureza, existem muitas espécies que preferem passear ou realizar outras atividades durante a noite, como a maioria dos felinos, algumas serpentes, a Jaguatirica, o gato-do-mato, a onça pintada, o lobo-guará, as corujas, entre outros. Para muitos, a noite é o momento perfeito e, por isso, eles acabaram adquirindo habilidades especiais como: supervisão, superaudição, superolfato, entre outros, justamente por viverem durante esse período do dia.

    Durante todo, o passeio as equipes técnicas do zoo, formada por médicos veterinários, biólogos, zootecnistas, tratadores e monitores do Pedi vão explicar todas as curiosidades sobre os animais. É importante que os participantes usem calça comprida e sapatos fechados para aproveitarem melhor a trilha por dentro da Mata. As crianças também devem estar acompanhadas de um responsável.

    Serviço: Zoo Noturno do Parque Estadual de Dois Irmãos

    Local: Parque Estadual de Dois Irmãos, na Praça Farias Neves, s/n - Dois Irmãos, Recife - PE

    Data: 18 de janeiro de 2019 - a partir das 19h

    Entrada:  R$ 12,00 (preço único), os participantes devem usar calça comprida e sapatos fechados para o passeio dentro da Mata

    Cidades: Recife
    Assuntos: semas, cprh, parque estadual dois irmaos, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Livro infantil adota a poesia de cordel para falar sobre os seres encantados do folclore

    | Cultura, Infância

    capa

    É a narrativa poética do cordel, com suas métricas e rimas, que serve de esteio para a história contada em Uma festa na floresta, sétimo livro infantil da escritora pernambucana Lêda Sellaro, que ganha lançamento pela Cepe Editora no dia 20 de janeiro, às 10h, no Museu do Homem do Nordeste, dentro do projeto Domingo dos Pequenos no Museu. Ilustrado pela escritora e designer gráfica argentina Anabella López, o livro mergulha no universo do folclore brasileiro para revelar a divertida trama envolvendo os seres encantados da cultura popular a partir da ideia do Saci em realizar uma grande confraternização.

    Pedagoga, mestre em Educação e Doutora em História, Lêda Sellaro sempre recorreu à poesia em sua produção literária voltada para os pequenos leitores. Costuma dizer que cada livro tem a sua própria história. A que está por trás de Uma festa na floresta, e que a motivou a escrevê-la, foi a curiosidade dos netos e bisnetos, sempre atentos às leituras sobre os personagens das lendas nativas.

    Em 23 páginas, e recorrendo às sextilhas (estrofes de seis versos de sete sílabas), o livro narra as aventuras envolvendo o Vaqueiro Misterioso, a Cuca, o Lobisomem, a Iara, o Curupira, o Negrinho do Pastoreio, o Boitatá, o Bicho Papão, a Mula Sem Cabeça, o Pai da Mata e a Cabra Cabriola. Todos reunidos para um jantar e concorrentes em disputa que escolherá a melhor cantiga – ponto alto da festa e momento em que cada um se apresenta. A Cuca esbanjando simpatia, o Saci cordial e diplomático e o Bicho Papão incomodado com a fama de malvado são algumas boas surpresas da leitura.

    Programação – Lêda Sellaro participará da manhã de autógrafos prevista no Domingo dos Pequenos no Museu. A contação da história ficará sob o comando da turma do Tapete Voador. Na programação, totalmente gratuita, e que acontece das 9h às 12h, a criançada poderá ainda participar de atividades em Libras (Linguagem Brasileira dos Sinais), apresentação de teatro de mamulengo (tema Como se relacionar com vários mundos), além de muita brincadeira. O Domingo dos Pequenos do Museu é uma ação cultural da Companhia Editora de Pernambuco em parceria com o Museu do Homem do Nordeste/Fundaj.

    Serviço:
    Quando: 20.01, domingo
    Horário: 10h
    Local: Museu do Homem do Nordeste/Domingo dos Pequenos no Museu
    Endereço: Avenida Dezessete de Agosto, 2187 - Casa Forte,
    Valor do livro: R$ 35,00 (impresso e R$ 9,00)

    Cidades: Recife
    Assuntos: casa civil, cepe, cordel
    Compartilhe: Link para o post: