meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Mais dois pacientes trazidos do Amazonas recebem alta no Recife

    Com as novas liberações, o Hospital de Referência à Covid-19 totaliza cinco altas hospitalares. Sete pacientes ainda seguem em acompanhamento na unidade

    Mais dois pacientes internados no Hospital de Referência à Covid-19 – unidade Boa Viagem (antigo Alfa) receberam alta hospitalar. Nesta quinta-feira (04.02), dois pacientes do sexo masculino, de 35 e 48 anos, deixaram a unidade rumo ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre na expectativa da volta para casa. Uma força-tarefa humanitária envolvendo vários atores trouxe a Pernambuco, além de Nadson Daniel Ribeiro de Oliveira e Epitácio Furtado de Brito, outros 24 pacientes que recebem assistência multiprofissional no Hospital de Referência, por possuir estrutura especializada e voltada para os casos mais graves da Covid-19, e no Hospital das Clínicas, ambos no Recife. O retorno destes pacientes está previsto para as 20h50.

    Com as novas saídas, a equipe do serviço contabiliza a alta hospitalar de cinco pacientes em menos de uma semana. “A alta desses pacientes só reforça o papel desempenhado pelos profissionais da rede de saúde de Pernambuco na assistência aos casos da Covid-19. O Hospital de Referência, assim como todas as nossas unidades, conta com o aporte para os casos de alta complexidade da doença, como era o caso desses pacientes que hoje retornam para seu Estado de origem”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

    Todos os pacientes recebidos na unidade de referência recebem o suporte da equipe multidisciplinar, com realização de avaliações contínuas que envolvem o monitoramento de qualquer alteração clínica ocasionada pelo vírus respiratório. Permanecem internados no serviço outros sete pacientes (cinco homens e duas mulheres) com idades entre 37 e 55 anos. Todos estão sendo monitorados em leitos de Terapia Intensiva. 

    Durante a internação, devido a distância dos familiares, a equipe do serviço está realizando contato por chamada de vídeo ou áudio com os familiares dos pacientes para passar a evolução do quadro e diminuir o impacto emocional do isolamento. As famílias dos sete pacientes também estão recebendo todas as informações do quadro de saúde dos amazonenses da própria equipe do hospital.

     

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Boletim Covid-19 Fernando de Noronha

    A Administração de Fernando de Noronha informa que foram registrados mais nove casos de infecção pelo novo coronavírus no arquipélago. Os pacientes, moradores e trabalhadores da ilha, cumprem quarentena em isolamento domiciliar.  Com os novos casos, Noronha tem um total de 462 registros da doença, sendo 380 casos no arquipélago e 82 casos importados. Desse total, 378 pacientes estão recuperados e um óbito foi registrado.

    Nesta quinta-feira (04/02), um paciente teve o quadro agravado e precisou ser transferido por salvamento aéreo para uma unidade de referência no Recife. Há ainda outros quatro pacientes internados em hospitais da capital e 78 em quarentena na ilha.



    Assessoria de Imprensa – Administração de Fernando de Noronha



    GEORGIA KYRILLOS

    Gerente de Comunicação



    NEY ANDERSON, BRUNA WOOLLEY

    Jornalistas - Escritório de Apoio Recife

    +55 (81) 3182.9632



    CLARISSA PAIVA, ELOÍDE ARAÚJO, KAROL VIEIRA

    Jornalistas - Fernando de Noronha

    +55 (81) 3619.0913



    RAYANE BONHEUR

    Estagiária



    CLEIDE SENA, MARÍLIA MARTINS

    Secretária de Redação/Relações Públicas



    --

    www.noronha.pe.gov.br

    facebook.com/administracaofernandodenoronha

    instagram.com/noronha_oficial



    Email: imprensa.noronha@noronha.pe.gov.br

    --

    #NoronhaOficial
    ...

    [Mensagem cortada]  Exibir toda a mensagem
     
     
     
     
    2 anexos
     
     
     
     
     
     
     
     
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Compesa realiza testes em mais uma etapa útil da Adutora do Agreste entre Belo Jardim e o distrito de Serra dos Ventos

     ADUTORA

    Uma das maiores intervenções hídricas em execução no Brasil, com o compromisso de levar água para dois milhões de pernambucanos, a Adutora do Agreste terá mais uma etapa entregue no próximo mês. O Governo do Estado, através da Compesa, que executa as obras de implantação da adutora, concluiu uma importante etapa de testes em um trecho de mais de 17 quilômetros, entre a cidade de Belo Jardim e o distrito de Serra dos Ventos, e já planeja uma segunda bateria de testes de Belo Jardim ao distrito de Barra de Farias, em Brejo da Madre de Deus, até o fim desse mês, totalizando quase 29 quilômetros prontos para o início das operações. Os serviços executados nesse trecho da Adutora do Agreste vão levar água até as estações de tratamento de Barra de Farias e de Fazenda Nova, garantindo o abastecimento dos distritos de Barra de Farias, Fazenda Nova e Mandaçaia, beneficiando o total de 11 mil pessoas.

     

    A água que será disponibilizada para Fazenda Nova e o próprio distrito de Serra dos Ventos, para mais cinco mil habitantes, percorrerá um longo caminho até a população. O abastecimento será viabilizado via Adutora do Moxotó, que capta água do Rio São Francisco no distrito de Rio da Barra, em Sertânia, e se conecta à Adutora do Agreste na cidade de Arcoverde. A Adutora do Moxotó foi uma solução desenvolvida pelo Governo de Pernambuco e pela Compesa para antecipar o uso das águas do “Velho Chico” mesmo sem a finalização do Ramal do Agreste, obra do Governo Federal essencial para a operação da Adutora do Agreste. Por esse sistema, a Compesa já consegue atender as cidades de Arcoverde, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim e São Bento do Una.

     

    A secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado, Fernandha Batista, esteve nesta quinta-feira (4), nas obras da Adutora. Durante a visita técnica, a titular da pasta ressaltou o significado especial dessa iniciativa para quem reside na região e a importância do início do teste útil.  “O Governo de Pernambuco assumiu o compromisso de trabalhar em prol da universalização do acesso à água, garantindo a segurança hídrica tão necessária para qualidade de vida da população. Estamos conseguindo vencer as etapas dessa obra para enfrentar a seca no Agreste, região que mais sofre com o maior déficit de água do país”, pontua Batista.

     

    A presidente da Compesa, Manuela Marinho, avalia positivamente a conclusão de mais uma etapa importante da adutora. “Esse é mais um trecho imprescindível entregue pela Compesa dentro do projeto da Adutora do Agreste. Particularmente, é mais um investimento expressivo do Governo de Pernambuco na região com a menor disponibilidade hídrica do Estado, desatrelando o funcionamento da adutora à conclusão do ramal. Pernambuco continua empenhado na execução do empreendimento, com o investimento sistemático de recursos para dar celeridade às obras e garantir o abastecimento da região”, comenta Manuela.

     

    A Compesa executa a obra da Adutora do Agreste e faz a gestão dos recursos repassados pelo Governo Federal. Do montante de R$ 1,030 bilhão repassado até 2020, a Companhia adquiriu tubulação e executou 647,8 quilômetros da adutora, o que corresponde a 67% da obra. As tubulações de grande porte, com 1.200 milímetros de diâmetro, que farão o transporte de uma vazão de 2 mil litros de água por segundo, têm capacidade projetada para operar em conjunto com o Ramal do Agreste. A primeira etapa da obra prevê a cobertura de 23 municípios. Na segunda etapa, ainda não conveniada com o Governo Federal e com recursos estimados em R$ 2 bilhões, serão implantados mais 728 quilômetros de extensão para atender mais 45 cidades com água da Transposição do Rio São Francisco.

     

    POÇOS DE TUPANATINGA - Outra alternativa de operação desenvolvida pela Compesa para antecipar o funcionamento da Adutora do Agreste é o Sistema Adutor dos Poços de Tupanatinga, que consiste na perfuração de bateria de 20 poços e implantação de sistema com 61,2km de adutora e conjunto de 6 estações de bombeamento para abastecer, a partir da cidade de Tupanatinga, as cidades de Buíque, Itaíba e Águas Belas. O percentual de conclusão desse sistema é de 62%.

     

    JANELAS PARA O RIO – Ainda durante à tarde, em agenda no Agreste Central, Fernandha Batista, esteve em Gravatá para vistoriar o Parque Ambiental Janelas para o Rio, situado no bairro do Jucá. O equipamento é o terceiro em construção no Estado e se encontra, neste momento, com o percentual de de quase 31% de execução. Estão sendo realizados os trabalhos restauração de patrimônio público, execução da pista de Cooper, concretagem de estruturas, montagem de estrutura metálica e revestimento, além da construção de reservatórios para abastecimento do parque. A previsão é a de que o trabalho seja finalizado em maio deste ano. O investimento gira em torno R$ 2,3 milhões.

     

    “Essa ação do Governo de Pernambuco busca resgatar a bacia do rio Ipojuca e sensibilizar os moradores para o cuidado com o ambiente. Além disso, a construção do parque é mais uma opção de espaço para a socialização em comunidade”, ressalta a secretária Fernandha Batista. De acordo com a gestora, estão sendo construídos parques lineares em São Caetano e Caruaru, com orçamento total de R$ 15 milhões. 

     

    As estruturas contam, no geral, com passeios (calçadas), mobiliário urbano (praça de convivência), pista de cooper, playgrounds, portaria, administração, quiosque, sanitários, vegetação paisagística, além de bloco destinado à educação ambiental, área de reflorestamento, sinalização, ecopontos e iluminação pública.

     

    A iniciativa consiste em um conjunto de intervenções previstas para proteger as margens do rio Ipojuca e, ainda, ser espaço de convivência para população. O projeto foi elaborado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) e a fiscalização da obra está a cargo da executiva de Recursos Hídricos.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara participa de encerramento do I Encontro da Gestão do MPPE

     sei

    Governador destacou a importância da parceria com o órgão, que vem buscando diminuir desigualdades e levar justiça a todos

    O governador Paulo Câmara participou, nesta quinta-feira (04.02), do encerramento do I Encontro da Gestão do Ministério Público de Pernambuco (Biênio 2021-2023). A solenidade aconteceu no auditório do MPPE, localizado no bairro de Santo Antonio, no Recife. De acordo com o governador, o órgão tem sido um parceiro fundamental para o progresso, buscando diminuir desigualdades e levando justiça a todos os pernambucanos.

    “Os avanços desta gestão serão elementos importantes para os desafios que Pernambuco continuará tendo, seja na diminuição de desigualdades ou na ajuda no combate à pandemia. E, para isso, a gente precisa de instituições fortes, bem representadas e que tenham foco em melhorar a vida do povo”, destacou Paulo Câmara.

    A reunião foi comandada pelo procurador-geral de Justiça do MPPE, Paulo Augusto de Freitas Oliveira, que se disse pronto para enfrentar os desafios. “Tenho certeza que, aqui, as instituições estão prontas para auxiliar esses novos enfrentamentos que virão daqui para a frente”, salientou Paulo Augusto. 

    Também participaram da solenidade o secretário da Casa Civil, José Neto; o procurador-geral do Estado, Ernani Medicis; o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Fernando Cerqueira; e o presidente da Assembleia Legislativa (Alepe), deputado Eriberto Medeiros.

    Foto: Hélia Scheppa/SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, reunião
    Compartilhe: Link para o post:
  • BOLETIM COVID-19 - COMUNICAÇÃO SES-PE

    Quinta-feira, 04/02/2021
     

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (04/02), 1.650 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 57 (3,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.593 (96,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 266.999 casos confirmados da doença, sendo 31.266 graves e 235.733 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

    Além disso, o boletim registra um total de 226.973 pacientes recuperados da doença. Destes, 19.158 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 207.815 eram casos leves.

    Também foram confirmados laboratorialmente 31 novos óbitos (9 masculinos e 22 femininos), ocorridos entre os  dias 06/12/2020 e 02/02/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Jaboatão dos Guararapes (3), Maraial (1), Olinda (4), Paudalho (1), Petrolina (1),  Recife (19), Santa Cruz da Baixa Verde (1) e Tacaimbó (1). Com isso, o Estado totaliza 10.430 mortes pela doença.

    Os pacientes tinham idades entre 43 e 94 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (2), 50 a 59 (4), 60 a 69 (7), 70 a 79 (11) e 80 ou mais (7). Do total, 25 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (17), diabetes (14), hipertensão (6), doença hepática (3), doença renal (3), histórico de AVC (2), câncer (2), doença respiratória (2), obesidade (1), doença de Parkinson (1),  doença neurológica (1) e etilismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não tinham comorbidades e os demais casos seguem em investigação.

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 25.659 casos foram confirmados e 45.431 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

    NOVAS DOSES - O Governo de Pernambuco anunciou, durante coletiva de imprensa online nesta quinta-feira (04.02), a previsão de chegada de novas doses da vacina contra a Covid-19 da Sinovac/Butantan até o final desta semana. A gestão estadual já pactuou com as prefeituras o uso dessa nova remessa – acordada em reunião com o Ministério da Saúde, na manhã desta quinta – para ampliar a vacinação dos trabalhadores de saúde, dando continuidade ao que vem sendo feito para essa categoria, em decisão tomada durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), na última quarta-feira (03.02), que também passou pelo aval do Comitê Técnico Estadual para acompanhamento da vacinação contra a Covid-19. O quantitativo de doses a ser enviado ainda não foi detalhado pelo Ministério da Saúde.

    O secretário estadual de Saúde, André Longo, explicou que as realidades dos municípios são distintas, assim como as redes assistenciais. “Há locais que já estão vacinando a atenção primária e já completaram a linha de frente da Covid-19, as UTIs, emergências e, com isso, a recomendação é continuar avançando em outras estratégias para proteção dos trabalhadores de saúde. Lembramos que é importante priorizar aqueles que estão diretamente mobilizados na assistência aos pacientes da Covid-19 e planejar as outras áreas, de acordo com a disponibilidade das doses que estão sendo enviadas pelo Ministério da Saúde", disse.

    Até o momento, mais de 117 mil trabalhadores de saúde foram contemplados, em ambas as doses, nas remessas anteriores da vacina Sinovac/Butantan. Isso significa 40% dos mais de 294 mil trabalhadores da categoria.  No primeiro momento, foi pactuado que a prioridade era vacinar os trabalhadores de saúde da linha de frente da Covid-19, como aqueles que atuam em UTIs e enfermarias de pacientes com o novo coronavírus, emergências e todos os funcionários que atuam em unidades exclusivas para atendimento Covid, seguindo para outras áreas hospitalares e para a atenção primária de acordo com a realidade da rede de saúde de cada município.

    O Comitê Estadual de Vacinação também orientou, na reunião da última quarta-feira, que a segunda dose da vacina do Butantan pode ser feita entre 21 e 28 dias. A recomendação do Ministério da Saúde é de duas a quatro semanas após a primeira dose. Cada município pode utilizar a estratégia de acordo com a organização da sua rede.

    BALANÇO – Pernambuco ultrapassou a marca dos 160 mil vacinados contra a Covid-19. Desde o início da imunização no Estado, 161.566 pessoas do público prioritário da primeira fase da campanha já foram vacinadas. Deste total, 85.471 são trabalhadores da saúde; 22.004 indígenas aldeados; 4.535 são idosos que vivem em instituições de longa permanência; 49.240 idosos acima de 85 anos; e 316 pessoas com deficiência que vivem em abrigos.

    Até o momento, Pernambuco recebeu duas remessas da vacina Sinovac/Butantan, totalizando 309.360 unidades. Além dos 40% dos trabalhadores de saúde, as doses contemplaram 100% da população indígena e a totalidade de idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições. Já as 38.400 doses da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz foram destinadas a 100% dos idosos a partir dos 85 anos, apenas para a primeira dose. A segunda será enviada posteriormente, segundo o Ministério da Saúde.

    André Longo ressaltou ainda a importância de a população seguir as recomendações oficiais sobre o uso do imunizante. “A vacina é um bem coletivo e é preciso respeitar os públicos prioritários e o tempo entre a primeira e a segunda dose. Em Pernambuco, nós não iremos aceitar nenhum tipo de desvio de conduta na aplicação das doses e já estamos atuando, em parceria com os órgãos de controle e as autoridades policiais, para que os casos que não estejam em conformidade com o plano estadual de vacinação sejam devidamente investigados e punidos”, salientou.

    RECIFE – Presente à coletiva, a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque, fez um balanço da vacinação na capital. "Até o meio-dia de hoje, 32.016 pessoas já tinham sido vacinadas, sendo 12.601 idosos acima dos 85 anos, 18.399 trabalhadores de saúde, 760 pessoas entre idosos acima dos 60 anos institucionalizados e trabalhadores dessas instituições e 256 pessoas com deficiência institucionalizadas e trabalhadores dessas instituições”, informou. Segundo Luciana, Recife conta com nove centros de vacinação e cinco drive-thrus, sendo dois abertos mais recentemente. “Um deles foi aberto ontem, no estádio do Arruda. Outro foi aberto hoje, no Tribunal Regional Federal (TRF). É importante dizer que o acesso a esses centros se dá por meio do cadastro no Conecta Recife”, finalizou.

     
     
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco receberá novas doses de vacina contra a Covid-19

    saude

    Previsão é que a próxima remessa do imunizante da Sinovac/Butantan chegue ao Estado até o final desta semana, ampliando a vacinação dos trabalhadores de saúde

     

    O Governo de Pernambuco anunciou, durante coletiva de imprensa online nesta quinta-feira (04.02), a previsão de chegada de novas doses da vacina contra a Covid-19 da Sinovac/Butantan até o final desta semana. A gestão estadual já pactuou com as prefeituras o uso dessa nova remessa – acordada em reunião com o Ministério da Saúde, na manhã desta quinta – para ampliar a vacinação dos trabalhadores de saúde, dando continuidade ao que vem sendo feito para essa categoria, em decisão tomada durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), na última quarta-feira (03.02), que também passou pelo aval do Comitê Técnico Estadual para acompanhamento da vacinação contra a Covid-19. O quantitativo de doses a ser enviado ainda não foi detalhado pelo Ministério da Saúde.

    O secretário estadual de Saúde, André Longo, explicou que as realidades dos municípios são distintas, assim como as redes assistenciais. “Há locais que já estão vacinando a atenção primária e já completaram a linha de frente da Covid-19, as UTIs, emergências e, com isso, a recomendação é continuar avançando em outras estratégias para proteção dos trabalhadores de saúde. Lembramos que é importante priorizar aqueles que estão diretamente mobilizados na assistência aos pacientes da Covid-19 e planejar as outras áreas, de acordo com a disponibilidade das doses que estão sendo enviadas pelo Ministério da Saúde", disse.

    Até o momento, mais de 117 mil trabalhadores de saúde foram contemplados, em ambas as doses, nas remessas anteriores da vacina Sinovac/Butantan. Isso significa 40% dos mais de 294 mil trabalhadores da categoria.  No primeiro momento, foi pactuado que a prioridade era vacinar os trabalhadores de saúde da linha de frente da Covid-19, como aqueles que atuam em UTIs e enfermarias de pacientes com o novo coronavírus, emergências e todos os funcionários que atuam em unidades exclusivas para atendimento Covid, seguindo para outras áreas hospitalares e para a atenção primária de acordo com a realidade da rede de saúde de cada município.

    O Comitê Estadual de Vacinação também orientou, na reunião da última quarta-feira, que a segunda dose da vacina do Butantan pode ser feita entre 21 e 28 dias. A recomendação do Ministério da Saúde é de duas a quatro semanas após a primeira dose. Cada município pode utilizar a estratégia de acordo com a organização da sua rede.

    BALANÇO – De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde, nesta quinta-feira Pernambuco ultrapassou a marca dos 160 mil vacinados contra a Covid-19. Desde o início da imunização no Estado, 161.566 pessoas do público prioritário da primeira fase da campanha já foram vacinadas. Deste total, 85.471 são trabalhadores da saúde; 22.004 indígenas aldeados; 4.535 são idosos que vivem em instituições de longa permanência; 49.240 idosos acima de 85 anos; e 316 pessoas com deficiência que vivem em abrigos.

    Até o momento, Pernambuco recebeu duas remessas da vacina Sinovac/Butantan, totalizando 309.360 unidades. Além dos 40% dos trabalhadores de saúde, as doses contemplaram 100% da população indígena e a totalidade de idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições. Já as 38.400 doses da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz foram destinadas a 100% dos idosos a partir dos 85 anos, apenas para a primeira dose. A segunda será enviada posteriormente, segundo o Ministério da Saúde.

    André Longo ressaltou ainda a importância de a população seguir as recomendações oficiais sobre o uso do imunizante. “A vacina é um bem coletivo e é preciso respeitar os públicos prioritários e o tempo entre a primeira e a segunda dose. Em Pernambuco, nós não iremos aceitar nenhum tipo de desvio de conduta na aplicação das doses e já estamos atuando, em parceria com os órgãos de controle e as autoridades policiais, para que os casos que não estejam em conformidade com o plano estadual de vacinação sejam devidamente investigados e punidos”, salientou.

    RECIFE – Presente à coletiva, a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque, fez um balanço da vacinação na capital. "Até o meio-dia de hoje, 32.016 pessoas já tinham sido vacinadas, sendo 12.601 idosos acima dos 85 anos, 18.399 trabalhadores de saúde, 760 pessoas entre idosos acima dos 60 anos institucionalizados e trabalhadores dessas instituições e 256 pessoas com deficiência institucionalizadas e trabalhadores dessas instituições”, informou. Segundo Luciana, Recife conta com nove centros de vacinação e cinco drive-thrus, sendo dois abertos mais recentemente. “Um deles foi aberto ontem, no estádio do Arruda. Outro foi aberto hoje, no Tribunal Regional Federal (TRF). É importante dizer que o acesso a esses centros se dá por meio do cadastro no Conecta Recife”, finalizou.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Cais do Sertão lança podcast no Spotify


    Programa Raízes Sertanejas foi desenvolvido pelo músico-educador Diogo do Monte a partir do material colhido nas lives promovidas pelo museu durante a pandemia

    Recife, 4 de fevereiro de 2021 - Cada vez mais atento às oportunidades de interagir com o seu público no meio digital, o Cais do Sertão lança, nesta quinta-feira, um podcast. A iniciativa busca ampliar ainda mais a presença do centro cultural na internet, o que vem num crescente desde o começo da pandemia da Covid-19, em 2020, e tem colaborado para que a instituição conquiste admiradores de todo o País. Batizado de “Raízes Sertanejas”, o podcast foi idealizado e realizado pelo músico-educador da casa, Diogo do Monte, por meio da Lei Aldir Blanc. O programa está disponível gratuitamente pelo Spotify, plataforma que já abriga o canal de playlists do museu.
    A inspiração para criar o podcast veio do sucesso dos debates ao vivo promovidos no Instagram do Cais durante a pandemia. Artistas e pesquisadores da cultura foram os convidados das faixas semanais Papo de Museu e Conexão Cais, que agora deram origem ao “Raízes Sertanejas”.  Alguns deles contribuíram ainda com as playlists, propondo seleções especiais sobre temas variados.
     
    “Inicialmente, a ideia era apenas capturar os áudios das lives do Instagram para divulgarmos no agregador do Spotify, mas ouvindo tudo de novo percebi que poderia ser um produto que divulgasse as sonoridades e histórias locais”, comenta Diogo.

    O podcast reúne, portanto, as análises de artistas e pesquisadores sobre a cena musical nordestina, além de episódios inéditos com aspectos da cultura sertaneja, como religiosidade, e personagens históricos. Neste primeiro episódio, o internauta pode conferir a versão em áudio da entrevista com o cantor Josildo Sá, referente à Semana Nacional de Museus.

    Na conversa, ele aborda a importância de Luiz Gonzaga para a música brasileira. “Os programas seguintes serão apresentados no formato de entrevista, com a participação do corpo educativo do Cais e convidados”, finaliza o educador.

    Além do podcast, o internauta interessado em cultura popular pode navegar nas playlists temáticas do Spotify do Cais. Há seleções para todos os gostos: desde repertórios dedicadas ao Rei do Baião, como Luiz Gonzaga, Gonzaga em Outras Vozes e O Sertão cantado por Gonzaga, a   listas com sucessos de músicos da cena local, a exemplo de Josildo Sá, Cristina Amaral e Quinteto Violado. Destaque para as homenagens ao Recife, como a lista Saudade do Recife, proposta por Johnny Hooker, além de um tributo a Naná Vasconcelos.

    O CAIS
     
    O Centro Cultural Cais do Sertão também dispõe de acervo audiovisual em seu espaço. O visitante poderá conhecê-lo na visita ao museu, que opera com 40% da sua capacidade de público, às quintas e sextas-feiras, das 10h às 16h, e aos sábados e domingos, das 11h às 17h. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).  
    Todos os protocolos de convivência com a Covid-19 estão sendo cumpridos, obedecendo o distanciamento social, o uso de máscara e a higienização das mãos. O Cais é um equipamento do Governo de Pernambuco, sob gerência da Secretaria de Turismo e Lazer e da Empetur.
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário Claudiano Martins recebe homenagem da Sociedade Nordestina dos Criadores

     criadores

    Produtores rurais pernambucanos comemoraram a nomeação de Claudiano Martins para o comando da pasta de Desenvolvimento Agrário e deram as boas-vindas ao novo gestor do executivo estadual durante visita à Sociedade Nordestina dos Criadores (SNC), localizada no bairro do Cordeiro, no Recife. O recém-empossado secretário, vice-presidente da SNC licenciado, foi bastante parabenizado pelos produtores, que consideraram “muito acertada a decisão do governador Paulo Câmara” ao escolher Claudiano para o cargo, tendo em vista sua conhecida atuação em favor das reivindicações dos diversos setores ligados à agropecuária e o conseqüente desenvolvimento e fortalecimento da agricultura pernambucana.

     

                “Claudiano Martins entende as necessidades do setor, está aberto ao diálogo e vai defender junto ao Governo as nossas reivindicações. Sabemos das dificuldades desse período que estamos vivenciando, mas temos certeza que ele conduzirá a gestão da secretaria da melhor maneira possível. Por isso, estamos dando as boas-vindas e desejando sucesso ao novo secretário”, pontuou o presidente da SNC, Delmiro Gouveia.

    Alexandre Andrade Lima, presidente da COAF e da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP), afirmou que a expectativa é bastante positiva. “O governador Paulo Câmara acertou bastante na escolha de Claudiano Martins, que tem um olhar voltado ao desenvolvimento da agropecuária do Estado e muita articulação junto ao partido ao qual pertence, que atualmente ocupa a presidência da Câmara e pode conseguir apoio do Governo Federal para atender aos nossos pleitos”.

    Francisco Hermano Cavalcanti, diretor-financeiro da SNC e proprietário do grupo Rancho Alegre, é da mesma opinião. “O governador está de parabéns pela escolha por um representante da classe, que entende as dificuldades. Ele é muito competente e será um elo na reivindicação de melhorias para o segmento”, elogiou. Opinião compartilhada pelo presidente da Associação Avícola de Pernambuco (Avipe), Giuliano Malta. “Claudiano é parceiro e defensor do segmento apropecuário, tenho certeza que vai fazer um grande trabalho”.

    Também estiveram presentes Stênio Andrade; produtor e proprietário da Bom Leite; Lula Malta, presidente da Associação dos Criadores de Suínos de Pernambuco;  e Edival Veras, presidente do Instituto de Ovos Brasil, dentre outros.

    Claudiano Martins Filho é pernambucano de Águas Belas, Agreste do Estado. Durante seus mandatos eletivos, presidiu a Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Alepe, e participou ativamente das comissões de Negócios Municipais; de Esporte e Lazer; Ética Parlamentar e Redação Final. Por dois biênios, fez parte da Mesa Diretora da Alepe, como 2º Secretário.

    Comandou ativamente a participação da Alepe nos eventos de pecuária, agricultura, irrigação e empreendedorismo rural. Criou leis que estimulam a geração de emprego e renda para as regiões rurais de Pernambuco, em especial para o beneficiamento de alimentos a exemplo da política estadual de produção de queijos e derivados, e ainda no fortalecimento da economia dos municípios da bacia leiteira e dos polos de caprinoculturas e aviculturas.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Em ritmo acelerado, entrega das obras da segunda etapa da PE-166 é antecipada para junho


    Os serviços de restauração, implantação e pavimentação da via entre os distritos de Vila de Serra dos Ventos e Barra de Farias, no Agreste, alcançaram o percentual de 60% de execução

     

    Cumprindo agenda no Agreste Central do Estado, a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado, Fernandha Batista, acompanhada do diretor executivo de Conservação do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Severino Monteiro, vistoriou, na manhã desta quinta-feira (4), o andamento das obras de restauração, implantação e pavimentação da segunda fase da rodovia PE-166, que liga a Vila de Serra dos Ventos, em Belo Jardim, a Barra do Farias, em Brejo da Madre de Deus. Os trabalhos na localidade se encontram em ritmo acelerado e estão com o percentual de 60% de execução. Durante a visita, os moradores e comerciantes da região receberam uma boa notícia da titular da pasta: os trabalhos na estrada, que estavam previstos para serem concluídos em setembro deste ano, serão entregues à população em junho, garantindo mais desenvolvimento socioeconômico para a região, ao facilitar o escoamento da produção do Pólo Textil, além de levar segurança e conforto para quem precisa circular pela estrada diariamente.

     As intervenções fazem parte do Programa Caminhos de Pernambuco e acontecem no trecho de 13,4 quilômetros de extensão. As obras são executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e, quando finalizadas, vão ligar as regiões do Agreste Central e Setentrional, reduzindo em 60 quilômetros o percurso para o escoamento da produção local de confecção de roupas.

    “Esse trecho da PE-166 é bastante esperado pela população desde a década de 50 para encurtar distâncias. O governador Paulo Câmara autorizou a inclusão dessa rodovia no planejamento do Programa Caminhos de Pernambuco pela importância da estrada para a malha viária do Estado, ao possibilitar a ligação direta de quem se desloca do Sertão com destino ao Pólo Têxtil”, explica Fernandha Batista.

    O primeiro trecho da PE-166, que vai do segmento do entroncamento com a BR-232, em Belo Jardim, até Vila de Serra dos Ventos, foi inaugurado pelo Estado em novembro de 2020. Foram realizados na extensão de 16,6 quilômetros os serviços de drenagem, recuperação asfáltica e sinalização. Ao todo, a iniciativa contempla 30 quilômetros de extensão da rodovia e conta com investimento do Estado na ordem de R$ 23 milhões.

    CAMINHOS DE PERNAMBUCO – Criado em maio de 2019, é considerado o maior programa de reestruturação de malha viária proposto pelo Estado. A iniciativa, que tem como objetivo garantir mais qualidade de vida, mobilidade à população e o desenvolvimento econômico local, conta com aporte de R$ 505 milhões para recuperar 5.554,5 quilômetros de rodovias até dezembro de 2022.

    Em 2020, o Programa Caminhos de Pernambuco superou a marca de R$ 270 milhões de investimentos em ações de infraestrutura viária. Os serviços de manutenção rotineira executados somam aproximadamente R$ 65 milhões e já foram realizados em 3.378 mil quilômetros.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seminário de Terreiros de 2021 já tem nova data


    O II Seminário Patrimonialização e Musealização de Bens Culturais de Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana, ou Seminário de Terreiros, já tem nova data definida. Acontecerá de 1º a 5 de março, com programação on-line transmitida pelo canal do YouTube da Secult-PE/Fundarpe.

    A agenda inclui minicursos, rodas de conversa e até uma visita guiada virtual à Comunidade do Ilê Axé Oya Megue, conhecida como Terreiro da Xambá. Inscrições para participação gratuita e mais detalhes dos eventos serão divulgados em breve.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: