meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Banco de pautas

Exposição de fotografias mostra resultados do programa Mãe Coruja

O Programa Mãe Coruja Pernambucana promoverá, entre os dias 5 e 17 de outubro, a exposição de fotografias A Arte de Amamentar. A mostra reunirá fotos de mulheres e bebês dos 103 municípios de Pernambuco onde o Programa já foi implantado. A exposição será realizada no hall da Sede Provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções de Pernambuco.

O Mãe Coruja foi criado em 2007, por meio do decreto de n° 30.859, e depois transformado em lei, através da Lei n° 13.959/2007. O programa tem o intuito de garantir uma boa gestação e um bom período posterior ao parto às mulheres, e às crianças o direito a um nascimento e desenvolvimento saudável. A ação busca reduzir a morbi-mortalidade materna e infantil, assim como estimular o fortalecimento dos vínculos afetivos entre mãe, filho e família.

Com uma rede de ações intersetoriais, o Mãe Coruja atua nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento social e assistência. As ações são desenvolvidas por meio dos Cantos Mãe Coruja, espaços físicos que estão presentes em todos os municípios com mortalidade acima de 25 para cada 1000 nascidos vivos. Cada canto conta com profissionais para cadastrar e acompanhar as gestantes e seus filhos, articulando as ações das diversas secretarias estaduais, municipais, sociedade civil organizada e parceiros, criando assim uma rede solidária para o cuidado integral da gestante, filho e família. Para visualizar necessidades e encaminhamentos, foi criado um sistema de informação por onde se faz o monitoramento das ações.

Além da implantação e equipagem dos Cantos Mãe Coruja, o Programa investe também na estruturação de equipamentos para utilização nas maternidades por meio de convênios com os municípios. Dentro das ações desenvolvidas pelo Programa, mantém-se um calendário de capacitações para profissionais de saúde dos municípios onde o Programa atua, nas áreas de: saúde da mulher, parto humanizado, imunização, aleitamento materno, segurança alimentar e nutricional, monitoramento da criança de risco, entre outros. Há, também. o incentivo a investigação do óbito materno, fetal e infantil.

Período:05 a 17 de outubro de 2013
Assuntos: Não há assuntos relacionados.
Compartilhe: Link para o post: