meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Banco de pautas

Governo de Pernambuco entrega celulares para pessoas com deficiência auditiva

O Governo de Pernambuco, por intermédio das Secretarias de Ciência e Tecnologia (Sectec) e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (Sedsdh), irá entregar amanhã (06/09) os primeiros celulares do Projeto Nambiquara “Audição Digital” para 42 pessoas com deficiência auditiva selecionadas em edital. A entrega acontece às 14h no auditório da Sectec, na Rua Vital de Oliveira, 52, Bairro do Recife. O Projeto prevê a concessão de aparelhos de telefonia móvel e de uso de software tradutor de voz para 621 usuários que se mostraram interessados em participar como voluntários e em caráter experimental, das ações do Nambiquara. Os demais usuários irão receber os celulares na próxima semana. Ao todo, estão sendo investidos R$ 533 mil.

O Projeto de Telefonia para surdos é um teste de campo para pesquisa de inclusão de deficientes auditivos à rede de telecomunicações móvel. De posse dos aparelhos celulares, os primeiros beneficiados poderão executar o sistema desenvolvido e testá-lo para transformá-lo em um produto comercial acessível a todos os deficientes auditivos. Os 621 aparelhos foram comprados pela Sectec no final de 2012.

O Nambiquara “Audição Digital” contempla não apenas a cessão de aparelhos para os 621 beneficiados, mas também a cessão de uso do software e acesso aos servidores a qualquer deficiente que já disponha de aparelho compatível (sistema operacional Android 2.2, ou superior) e que queira contribuir com essa etapa de desenvolvimento do sistema. O sistema comporta até 3 mil usuários simultâneos.

Como Funciona o Audição Digital?
Segundo o gestor de inovação da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado (Sectec), Alexandre Stamford, o Software está em etapa de pesquisa e desenvolvimento, daí a necessidade de selecionar voluntários para aprimorar o sistema. “Os deficientes auditivos já utilizam o sistema de mensagens e chats dos celulares para se comunicarem, mas estamos trabalhando para desenvolver um sistema que permita maior autonomia dos surdos”, explicou.

Stamford citou como exemplo uma situação de emergência. “Imagine que um deficiente auditivo sofre um acidente na rua. A primeira coisa que ele faz é mandar uma mensagem de texto para um parente. Esse familiar é que vai ligar para o SAMU pedindo atendimento. Com o sistema de audição digital ele poderá ligar diretamente para a Central do SAMU agilizando o atendimento e garantido maior autonomia”.

O sistema funciona com decodificação de mensagens de texto em mensagens de voz e vice-versa. Ao ligar para uma pizzaria, por exemplo, a ligação será encaminhada para um servidor, onde está rodando o software. É esse programa que vai ‘interpretar’ cada palavra da mensagem e substituí-la por arquivos de voz do seu banco de dados e enviar essa mensagem de voz para o atendimento da pizzaria. Da mesma maneira o atendente da pizzaria poderá responder a ligação e o software vai fazer o caminho inverso, ‘interpretando’ as palavras do atendente e codificando-as em mensagem de texto.

Serviço:
Entrega dos primeiros aparelhos Celulares para deficientes auditivos.
Onde: Auditório da Sec. De Ciência e Tecnologia (Sectec) – Rua Vital de Oliveira, 32, Bairro do Recife (ao lado da Torre Malakkof)
Horário: 14h

Data:06 de setembro de 2013
Assuntos: Não há assuntos relacionados.
Compartilhe: Link para o post: