meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • ITEP e Sebrae oferecem cursos para fabricação de laticínios em Garanhuns

    | Tecnologia

    curso

    Com o objetivo de qualificar a produção de laticínios e bebidas lácteas no Agreste de Pernambuco, o Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP) e o Sebrae promovem dois cursos de capacitação em Garanhuns no mês de junho. Os cursos têm carga horária de 32 horas e são voltados aos produtores da região e são realizados via Sebraetec com foco no aumento da produtividade, variedade e qualidade dos alimentos lácteos produzidos na região.

    Nos dias 01, 02, 08 e 09 de junho será promovido o curso “Fabricação de bebidas lácteas”, cujo conteúdo inclui a produção de bebidas lácteas com sabor de frutas, achocolatado, coalhada, sorvete, iogurte e também a fabricação de queijo prato com leite pasteurizado. Já nos dias 15, 16, 29 e 30 de junho será a vez do curso “Boas práticas de fabricação de laticínios”, que abordará as principais exigências legais do setor, segurança dos alimentos e principais perigos que envolvem o manuseio de laticínios.

    As aulas serão ministradas na sede do Centro Tecnológico de Laticínios, que conta com uma fábrica-escola para aplicação prática das atividades. “Pretendemos capacitar os participantes para que possam aumentar a oferta de produtos qualificados e seguros nos seus estabelecimentos, contribuindo para que possam conquistar novos mercados e novos clientes”, afirma Vânia Lemos, coordenadora de operações do CT Laticínios.

    São oferecidas 15 vagas para cada curso. O investimento é de R$104,00 por curso. O participante deverá ter bota antiderrapante na cor branca para uso nas atividades práticas. Os interessados em participar devem entrar em contato com a unidade do Sebrae em Garanhuns no telefone (87) 3221.3333.

    Serviço

    Curso Fabricação de bebidas lácteas
    Período: 01, 02, 8 e 09 de junho de 2018
    Curso Boas práticas de fabricação de laticínios
    Período: 15, 16, 29 e 30 de junho de 2018
    Horário: 8h às 12h e 13 às 17h
    Local: CT Laticínios – Av. Bom Pastor, s/n, bairro Mundaú – Garanhuns
    Inscrições e mais informações: Sebrae Garanhuns - (87) 3221.3333.

    Cidades: Garanhuns
    Assuntos: secti, itep, cursos, sebrae, producao de bebidas, laticinios
    Compartilhe: Link para o post:
  • TV Pernambuco anuncia novidades em evento no Cinema São Luiz

    | Tecnologia
    tvpe

    A #ViradaDigitalTVPE, que acontecerá segunda-feira (21), às 19h, marcará a transição da emissora do sinal analógico para o digital. O evento é aberto ao público

    A TV Pernambuco preparou um evento especial para anunciar as novidades da sua transição do sinal analógico para o digital. Batizada de #ViradaDigitalTVPE, a iniciativa acontecerá na próxima segunda-feira (21/5), às 19h, no Cinema São Luiz, e tem como intuito reunir realizadores e realizadoras da cadeia de audiovisual pernambucana para que eles apresentem/enviem suas produções para a composição de uma programação totalmente local para as primeiras 48h da nova transmissão digital da TVPE. O conteúdo disponibilizado também será exibido, ao longo do ano, no programa #TVPEnoAr, junto com conversas inusitadas entre artistas e convidados de diversos locais do Estado.

    Na noite de lançamento, haverá a projeção em primeira mão de trechos das séries Na Contra Mão (REC Produtores Associados), Anjos Humanos (Urso Filmes) e Nosso Ofício (Ateliê Produções), todas realizadas com incentivo da EPC, através do edital DOC.PE Inovação e que estrearão na nova programação da TVPE. Também serão anunciados os projetos contemplados pelo Edital FACEPE n. 03/2018 - TV Digital, Novas Mídias e Inovação na Comunicação Pública, e apresentadas as linhas temáticas propostas à ANCINE para o futuro Edital EPC/TVPE de Incentivo à Produção Audiovisual, que aguarda autorização de uso de recursos do PRODAV 2 - Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual, do FSA.

    TV Pernambuco - A Empresa Pernambuco de Comunicação S.A. - EPC foi criada em 2011, a partir da mobilização da sociedade civil, com o objetivo de prestar serviços de radiodifusão pública, principalmente através da TVPE, emissora estadual fundada em 1984. Com a sua geradora em Caruaru e retransmissoras em outras 60 cidades, a EPC/TVPE, além de produzir conteúdo próprio com excelência, deve servir à difusão da produção independente e/ou financiada por importantes fundos públicos, como o Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura - FUNCULTURA/FUNDARPE e Fundo Setorial do Audiovisual – FSA/ANCINE.

    Após o investimento de R$ 3,3 milhões do Governo de Pernambuco para a compra de novos equipamentos de transmissão, a TVPE lançará, até agosto próximo, o seu sinal digital, em Caruaru (canal 12.1) e na RMR (canal 46.1). Uma transformação tecnológica profunda que se soma à melhoria da infraestrutura, também nessas duas cidades, com a mudança da EPC na RMR para o imóvel no Morro do Peludo/Olinda, onde funcionou a Rede Globo Nordeste, e a ampliação do uso do prédio-sede em Caruaru.

    Assuntos: secti, tvpe, governo de pernambuco, cinema sao luiz, transmissao digital,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Espaço Ciência promove a Semana da Energia, a partir de segunda (21)

    | Tecnologia

    secti

    Nada no universo existe sem energia. Por isso, a partir de segunda (21),  os visitantes do Espaço Ciência estão convidados a conhecer as diferentes formas de energia e como elas funcionam. Além dos experimentos permanentes, há quinze opções de oficinas nas quais será possível construir circuitos elétricos; entender o funcionamento dos capacitores; construir cata-ventos enquanto descobre sobre energia eólica; entre várias atividades.

    Que tal, por exemplo, conhecer uma lâmpada que acende sem eletricidade, usando apenas um componente químico? Ou perceber a transformação da energia potencial em energia cinética a partir da construção de um carrinho movido por um elástico?

    Em outra atividade, os participantes se dividem em grupos e participam de um desafio para montagem de um circuito elétrico. Podem, ainda, construir uma fritadeira de salsicha na qual a salsicha funciona como condutora.

    Enquanto constroem diferentes modelos de barcos, os visitantes poderão conhecer as fontes de energia que podem movimentá-los. E que tal construir cata-ventos para descobrir sobre a energia eólica?

    Há também contação de histórias nas quais o Sol e sua energia são protagonistas; e experimentos que mostram as várias maneiras de geração de energia e também o funcionamento dos capacitores.

    Em outra oficina, é possível conhecer mais sobre a fonte que gera energia para os seres humanos: o alimento. Há, ainda, a possibilidade de construir um microfone com caixa de fósforo; conhecer uma mini usina termelétrica; entender como funciona a tinta magnética; ou descobrir o eletrodoméstico que mais consome energia em nossa casa.

    A Semana da Energia segue de segunda a sexta, 21 a 25. Para agendar a visita de grupos com mais de dez pessoas, ACESSE AQUI. Grupos menores devem procurar a Recepção em um horário mais cedo que o previsto para a oficina na qual tenham interesse. O Espaço Ciência funciona de segunda a sexta das 8h às 12h e de 13h às 17h; e nos fins de semana, de 13:30h às 17h.

    Confira as oficinas e faixas etárias:

    1. Show da Energia (Todos os públicos): apresentação repleta de experimentos acessíveis que estimulam o interesse do visitante para conhecer um pouco mais sobre essa área de estudo.
    2. Lâmpada química (Fundamental 2 e Médio): Utilização de um composto químico (acetona pura) como fonte de energia para acender uma lâmpada.
    3. Carro de Motor Elástico (Fundamental 1 e 2): Criação de um carrinho movido por uma liga elástica para entender a transformação de energia potencial em energia cinética
    4. Labirinto Elétrico (Fundamental 1, 2 e Médio): Desafio em que grupos participarão da construção de circuitos elétricos
    5. Nada se perde, nada se cria, tudo se transforma (Infantil e Fundamental 1): Construção de cataventos para entender melhor sobre a energia eólica
    6. Power boats (Fundamental 1, 2 e Médio): Construção/observação de barquinhos (power boats) para descobrir as diferentes fontes de energia.
    7. Energisha – A eletricidade a partir da salsicha! (Fundamental 1, 2 e Médio): Construção de uma fritadeira de salsicha, na qual a salsicha se comporta como condutora elétrica
    8. Solaris (Infantil e Fundamental 1): contação de histórias na qual o sol e a energia solar são protagonistas
    9. Mini Usina Termoelétrica (Fundamental 2 e Médio): criar uma representação de termoelétrica utilizando a pastilha de peltier para compreender a geração de energia elétrica a partir do calor.
    10. Onde está o amido? (Fundamental 1, 2 e Médio): Esta oficina mostrará como é o processo de obtermos a energia para o nosso corpo através dos alimentos, e que substâncias são fundamentais para termos essa energia.
    11. Geradores de energia não convencionais (Fundamental 1, 2 e Médio): A oficina demonstra métodos desconhecidos de geração de energia
    12. Microfone de caixa de fósforo (Fundamental 1, 2 e Médio): O projeto consiste na construção de um microfone feito a partir de uma caixinha de fósforo, pontas de grafite, alto falante proveniente de rádio velho, e uma bateria de 9 V.
    13. Tinta que conduz eletricidade, será que funciona? (Fundamental 1, 2 e Médio): Será que é verdade que da pra substituir fios por tinta magnética? A proposta é mostrar como funciona a tinta magnética e que podemos funcionar como interruptores e ligarmos uma lâmpada.
    14. Circuitos elétricos capacitivos (Fundamental 2 e Médio): A oficina tem como objetivo dar a devida importância pedagógica ao tema de Capacitores. A ideia é tornar o aprendizado do tema muito divertido com a execução de 4 experimentos envolvendo circuitos elétricos.
    15. Quem mais gasta energia? (Fundamental 2 e Médio): Qual será o eletrodoméstico que acaba sendo o vilão da nossa conta de energia? Como podemos descobrir se um equipamento eletroeletrônico consome muita energia? Nesta oficina, será demonstrado o quanto gasta cada um dos itens e o que podemos fazer para reduzir os gastos.
    Assuntos: secti, espaco ciencia, semana da energia, oficinas
    Compartilhe: Link para o post:
  • ITEP estimula desenvolvimento tecnológico do polo de confecções

    | Tecnologia

    audaces

    O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP) assinou, nesta segunda-feira (14), acordo de cooperação técnica com a empresa Audaces para implementação de um novo modelo de negócios voltado ao desenvolvimento tecnológico das lavanderias industriais do Agreste de Pernambuco. O acordo foi firmado com o representante Lucas Dutra Amorim e prevê a realização das atividades em ambiente multiusuário.

    Com prazo de 1 ano, o acordo objetiva o compartilhamento do espaço e da infraestrutura do Centro Tecnológico do Agreste (CT Moda) para teste e validação de um modelo de negócios que fomente a inovação do polo de confecções do Agreste. A parceria também contempla articulação com as empresas locais da área têxtil e a prospecção de negócios no segmento, além da realização de eventos para movimentação do setor. “O acordo abrange elementos de capital físico, humano e intelectual. Nossa proposta é construir um hub de empreendimentos direcionado ao segmento têxtil na região”, afirma o presidente do ITEP, Antonio Vaz.

    Assuntos: secti, itep, acordo de cooperacao, audaces, polo de confeccoes, agreste
    Compartilhe: Link para o post:
  • Espaço Ciência participa da Semana dos Museus

    | Tecnologia

    A partir da próxima segunda (14), museus de todo o país participam da 16ª Semana dos Museus que, este ano, tem o tema: “Museus Hiperconectados – novas abordagens, novos públicos”. O objetivo é trazer a reflexão sobre novas formas de interação dos museus com seu público e seu entorno por meio da conectividade digital. O Espaço Ciência se insere na programação, que segue até dia 20 de maio.

    No Espaço Ciência, além da programação permanente, três atividades enfocam o tema da Semana. São duas oficinas, de robótica e de programação, e a atividade “Hiperconectados – Espaço Ciência e Universo Compesa”.

    O Universo Compesa, situado na Avenida Jayme da Fonte - Santo Amaro, é um ambiente digital interativo, que combina informação e recursos tecnológicos para apresentar a história da gestão dos recursos hídricos e de saneamento no estado. As instituições interessadas podem agendar a atividade Hiperconectados, que acontece nos dias 14 e 16 e inclui a programação no Espaço Ciência e  a visita ao Universo Compesa.

    As oficinas estão programadas para os dias 15 e 17. Os interessados poderão ter algumas noções de Robótica e construir circuitos eletrônicos e programas que os controlem, por meio da plataforma Arduíno. Também poderão brincar de fazer programas e jogos por meio de um software simples e intuitivo.

    CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO ESPAÇO CIÊNCIA NA SEMANA DOS MUSEUS

     

     
    Assuntos: secti, espaco ciencia, semana dos museus, oficinas,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estação Digital é implementada na Agricultura de Pernambuco

    | Agricultura, Tecnologia


    Estação Digital

    A plataforma de tecnologia da informação, criada para apoiar a gestão dos programas do Governo de Pernambuco, está sendo disseminada na Secretaria de Agricultura Reforma Agrária de Pernambuco (SARA ) e instituições vinculadas visando potencializar o trabalho dedicado ao desenvolvimento rural.

    Começa a funcionar, neste mês de maio,  uma plataforma capaz de mapear e atualizar resultados da execução de ações que visam a melhoria da vida dos trabalhadores do campo com maior rapidez. O objetivo é disseminar a implementação da tecnologia corporativa. Para isso, o Núcleo de Planejamento e Gestão da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco (NUPLAG) reuniu, na última quarta-feira (02) no prédio do IPA, os gestores do órgão para apresentação do sistema.

    Criado pelo Governo de Pernambuco, a Estação Digital promete subsidiar a equipe da Agricultura, no gerenciamento de 13 programas executados na área rural de todas as regiões de desenvolvimento do Estado. A sistematização permanente da informação contribuirá na divulgação das ações e estreitará o diálogo entre as áreas apoiando o trabalho do Governo de Pernambuco na qualidade da vida no campo.

    Estaçaõ Digital1

    A disseminação do sistema aos gestores da área da Agricultura está sendo facilitada pelo gerente Técnico de Informações – GTI, Márcio Marques, da Secretaria Executiva de Articulação Institucional – SEAI, vinculada à Assessoria Especial ao Governador, e coordenada dentro da secretaria de Agricultura através do Núcleo de Planejamento e Gestão.

    Assuntos: sara, governo de pernambuco, estacao digital, mapear acoes, tecnologia corporativa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Ciência reduz desigualdade?

    | Tecnologia

    Debate no Espaço Ciência marca início da organização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em PE.

    A Ciência pode reduzir desigualdades? Com essa questão, Pernambuco dá a largada no processo de organização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que, no estado, é coordenado pelo Espaço Ciência – Museu Interativo de Ciência vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. O tema, nacional, será discutido em reunião nesta quarta (09), com presença de representantes das várias instituições e municípios que participam da ação. O debate contará com a contribuição da cientista política Nara Pavão.

    A realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia foi estabelecida por decreto em 2007, como forma de contribuir com a democratização do acesso ao conhecimento científico. A cada ano, é escolhido um tema que norteará as milhares de atividades que ocorrem, no mês de outubro, em todo território nacional.

    Este ano, A SNCT ocorre de 15 a 21 de outubro e o tema é “Ciência para Redução das Desigualdades”. Como se trata de um tema que perpassa várias áreas do conhecimento, entre as quais as Ciências Políticas e Sociais, o Espaço Ciência convidou uma cientista política para contribuir com a discussão na primeira reunião preparatória.

    Nara Pavão é professora visitante do departamento de Ciência Política da UFPE. PhD em Ciência Política (Comparative Politics) pela University of Notre Dame (EUA), realizou pós-doutorado no Center for the Study of Democratic Institutions na Vanderbilt University (EUA). Possui mestrado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP) e graduação em Ciências Sociais pela UFPE.

    SNCT-PE – Pernambuco tem se sobressaído nacionalmente nas ações da SNCT. No ano passado, foi o segundo estado do país com maior número de atividades realizadas, atrás apenas de Minas Gerais. Foram 11.279 atividades, realizadas por 85 instituições em 58 municípios.

    Para garantir o êxito e integração destas atividades, são realizadas várias reuniões no decorrer do ano. “Nossa proposta é que as ações não fiquem restritas a uma semana. As escolas e instituições devem tratar do tema durante o ano inteiro e a culminância das atividades é na Semana de 15 a 21 de outubro”, explica Roberta Cristina, da Coordenação da SNCT-PE.

    O processo de organização da SNCT-PE reflete uma experiência que se estende desde 2011, quando o Espaço Ciência passou a organizar a Semana. “Desde então, o número de atividades e instituições envolvidas vem crescendo progressivamente”, afirma o diretor do Museu, Antonio Carlos Pavão. No primeiro ano, foram 1.297 atividades. Em 2016, o estado foi terceiro lugar em número de atividades cadastradas: 8.844. No ano passado, ganhou quase 3 mil atividades a mais. Confira as estatísticas ano a ano:

    • 2011: 1297 atividades; 32 municípios e 444 Instituições
    • 2012: 1644 atividades; 34 municípios e 68 instituições
    • 2013: 739 atividades; 27 municípios e 70 Instituições
    • 2014: 2.515 atividades; 44 municípios e 45 instituições
    • 2015: 7.844 atividades; 59 municípios e 157 instituições
    • 2016: 8.844 atividades; 32 dos municípios e 106 instituições
    • 2017: 11.279 atividades; 58 municípios e 85 instituições
    Assuntos: secti, espaco ciencia, reducao das desigualdades, snct,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Espaço Ciência celebra o Dia Nacional Da Matemática

    | Tecnologia
    matemática
     

    Xadrez gigante; jogos topológicos e matemáticos;  exposição Jogos e Acasos... essas são algumas das atrações do Espaço Ciência neste domingo (6), Dia Nacional da Matemática.  A data é uma homenagem ao escritor, matemático e educador brasileiro Júlio César de Mello e Sousa, mais conhecido como Malba Tahan.

    As atividades do Espaço Ciência incluem os jogos matemáticos e os experimentos permanentes. O Xadrez gigante, os poliedros de Platão, o PI e o Plano Cartesiano são algumas das possibilidades.

    No mural da Ilusão de Ótica, os visitantes poderão aprender conceitos como os de anamorfose – representação de figuras que, quando observadas frontalmente, parecem distorcidas. Na “Sala Maluca” e no experimento “Olhar de Escher”, poderão descobrir como perspectivas e angulações podem modificar a maneira como percebemos os objetos.

    A relação entre a música e a matemática também poderá ser observada em experimentos como a Flauta de Pan e o Xilofone de Garrafas. Os ângulos e formas na propagação das ondas de som ou de luz poderão ser observados em experimentos como as Parábolas Acústicas ou o fogão solar.

    JOGOS E ACASOS – Outra atração é a exposição  “Jogos e Acasos”, produzida pelo Espaço Ciência para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2017, cujo tema foi: A Matemática está em tudo”. Distribuída para 40 diferentes polos do estado, “Jogos e acasos” une jogos de estratégia e jogos de azar, atividades que despertam o raciocínio lógico e levam as pessoas a refletir sobre o que se chama de sorte e o estudo das probabilidades.

    O Jogo da Velha todos conhecem. Mas, na exposição, o jogo ganha uma dificuldade a mais: é realizado em três dimensões. Em diferentes jogos de azar, como pedra, papel e tesoura; cara ou coroa; ou jogos de roleta, os visitantes poderão verificar como cálculos de probabilidade podem influenciar na “sorte”.

    O Espaço Ciência, Museu Interativo de Ciência vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, está localizado no Parque Memorial Arcoverde entre Recife e Olinda. Aos domingos, funciona de 13:30h às 16h.

    Assuntos: secti, espaco ciencia, dia nacional da matematica, jogos,
    Compartilhe: Link para o post:
  • PE-Conectado trará modernidade aos serviços de telecomunicações do Governo

    | Tecnologia, Administração

    O projeto, que está em sua segunda versão, trará ainda mais conectividade e acesso às mais recentes tecnologias de comunicação disponíveis na rede

    Por determinação do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, a Secretaria de Administração lançou o edital de licitação da segunda versão do PE-Conectado. Já no próximo dia 21 de maio, será realizado o pregão eletrônico deste sistema. Esta nova etapa consolida a trilha de modernização que o Governo do Estado vem percorrendo para aperfeiçoar a gestão pública em Pernambuco. O programa, que consiste na contratação de serviços técnicos especializados para implantação de serviços de telefonia fixa/móvel, acesso à internet e transmissão de dados, tem como principal objetivo promover uma maior conectividade em todos os órgãos do Poder Executivo. 

     Segundo a Secretária de Administração, em exercício, Marília Lins, o projeto, além de versar pela modernização digital que Pernambuco precisa, também traz economia aos cofres públicos  “A criação desta rede nos permite unificar a demanda de todos os órgãos estaduais, ou seja, poderemos fazer a gestão centralizada de todos os serviços de telemática mantendo o controle de uso num único sistema. Além disso, estes mesmos serviços serão padronizados, garantindo a interoperabilidade. Isso tudo reduz custos aos cofres públicos e traz eficiência aos processos da rede”, destacou a secretária da pasta, informando ainda que o contrato terá duração de quatro anos. 

    Esta nova versão do PE-Conectado foi feita em parceria com a Agência Estadual de Tecnologia da Informação do Estado (ATI). O presidente da ATI, Romero Guimarães, acredita que o projeto colocará Pernambuco na vanguarda dos serviços integrados de telecomunicações. “A rede deverá ampliar ainda mais a capacidade da Internet do Governo (de 2,5 Gbps para 10 Gbps), com a possibilidade de conexão a 100 Gbps com provedores Internacionais, além da velocidade mínima dos Links (Acessos Dedicados) de 10 Mbps, independentemente da localidade, e exigência de tecnologia 4G para telefonia móvel no estado. É mais um grande passo”, garante o gestor.

    Romero pontuou ainda que antes mesmo do surgimento da Rede Digital de Telemática no Estado, a contratação desses serviços de transmissão de dados feita pelo Estado era baseada na “utilização integrada de serviços através de uma rede corporativa de Telemática, com contratação descentralizada dos serviços de telecomunicações e preços distintos conforme velocidade e a distância geográfica do órgão”. “A Rede PE Conectado II é mais que uma prestação de serviços de telemática, é um Modelo de Gestão que permitiu incluir digitalmente e dotar todas as unidades de Governo (em todo o Estado) de serviços de internet e de comunicação de voz. Tudo isso de forma otimizada, custos baixos e gestão integrada”, concluiu ele.

    Antes desta segunda versão a ser implantada em todo o Estado, os órgãos do Poder Executivo contavam com o PEConectado em sua primeira versão, a qual oferecia: comunicação unificada; infraestrutura de voz para Contact Center e Comunicação de LTE Privado. Com a versão II houve uma evolução destes serviços. “Teremos avanços significativos na Segurança de Rede com a autenticação centralizada; novos recursos de voz fixa, como aparelhos sem fio para Contact Center; menor link de dados de 10Mbps e serviços de telefonia 4G”, listou o Secretário Executivo de Administração, José Augusto Bichara Filho.

    Bichara destaca ainda que os serviços compartilhados da rede, como os pontos de presença da rede (backbone) e a internet corporativa, terão seus custos rateados entre a Administração Pública Estadual e órgãos aderentes à Rede de outras esferas de poder (TJPE, TCE, MPPE e ALEPE). “Para ampliar a concorrência e consequentemente o Estado obter melhores preços, os serviços de tráfego de voz extrarrede, a telefonia móvel e a internet corporativa estão sendo disputados em lotes distintos, consequentemente com contratos distintos. Tudo para racionalizar os custos”, ressaltou o Secretário.

     O Gerente de Redes e Conectividades da ATI-PE, José Rangel, corroborou com a fala de Bichara destacando os cinco lotes em o que processo foi dividido para aumentar a concorrência: “o primeiro, composto de todos os componentes da Intrarrede do Governo como, por exemplo, a Operação de Rede; a Segurança da Informação; a Comunicação Unificada; os Pontos de Presença em todas regiões de desenvolvimento (inclusive Fernando de Noronha); os Links de Dados e os Pontos de Voz Fixo. Já o segundo lote ficou exclusivo para o serviço de Trafego de Voz Fixo. O terceiro lote ficou destinado aos serviços de Dados e Voz Móvel, com fornecimento de dispositivos móveis (celular). Por fim, os dois últimos lotes, foram para contratação da Internet Corporativa do Governo do Estado”, destrinchou Rangel, destacando que, dessa forma, “é possível trazer um caráter de transparência e colaboração para a fase Interna do processo”.

    Assuntos: sad, paulo camara, pe-conectado, conectividade, ati,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Após visita a petroleiro, Paulo Câmara destaca a qualidade da produção pernambucana

    | Suape, Tecnologia

    pc

    Governador conheceu, nesta segunda-feira, no Estaleiro Atlântico Sul, em Suape, o navio Castro Alves - primeiro Aframax construído no Brasil e com fabricação 100% no Estado.

    O governador Paulo Câmara e o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, visitaram, nesta segunda-feira (23.04), as instalações do navio Castro Alves – primeiro petroleiro do tipo Aframax  construído no Brasil, com produção e montagem 100% pernambucanas. Fabricada no Estaleiro Atlântico Sul (EAS), no Complexo Industrial de Suape, a embarcação é uma das duas que serão lançadas na próxima sexta-feira (27.04), juntamente com a Skandi Recife, embarcação do tipo PLSV (Pipe Laying Support Vessel). Ambas foram financiadas pelo Fundo da Marinha Mercante (FMM), somando um total de R$ 1,25 bilhão de investimentos.

    “Vim aqui, hoje, junto com o ministro para que ele conhecesse como funciona o Estaleiro Atlântico Sul. E, sem dúvida, ele sai daqui sensibilizado de que é muito importante e estratégico nós termos uma política de confiança nacional que possa garantir ao Estaleiro Atlântico Sul e outros aqui em Pernambuco que possam ter encomendas, porque eles vão dar conta do recado. É um setor estratégico, que toda nação tem que ter como prioridade. Sabemos da importância dessa indústria para Pernambuco e tudo que eles avançaram. Hoje, é um estaleiro de nível mundial, com uma produtividade altíssima. Fruto da aposta em Pernambuco e da qualificação da mão de obra pernambucana”, destacou o Governador.

    Paulo aproveitou a visita ao estaleiro para ratificar o apoio do Governo com os avanços do setor naval em Pernambuco. “A gente tem certeza de que todo o esforço que foi feito para trazer essa indústria Naval aqui para Pernambuco está valendo a pena. Para se ter uma ideia, o primeiro navio do EAS durou 60 meses para ficar pronto. Esse, que nós visitamos hoje, durou apenas 18. Os próximos irão durar 14 meses. Ou seja, eles estão em um nível de excelência mundial. É uma indústria que se profissionalizou e agora vai precisar, realmente, do apoio de todos nós para continuar avançando. Hoje, o estaleiro é um patrimônio de Pernambuco e do Brasil em termos de qualidade, tecnologia, fazendo navios bem feitos, que podem ser vendidos para o mundo todo”, frisou.

    Após visita à embarcação, Ministro Casimiro ponderou: “já temos algumas medidas que estão sendo encaminhadas para o Congresso. Medidas que vinham sendo trabalhadas com o setor, para que possamos fomentar a utilização dos nossos estaleiros, com a construção de embarcações viabilizando o aumentando do Fundo que garante esses financiamentos junto ao BNDES. E já me comprometi em conversar com o presidente do BNDES para que a gente possa liberar os financiamentos que já estão aprovados pelo FMM, mas que ainda precisam da liberação do banco”, declarou.

    Cada uma das embarcações teve 90% dos seus custos financiados pelo FMM, sendo o restante pela Transpetro (Castro Alves) e outro, pela Dofcon (Skandi Recife), totalizando R$ 1,25 bilhão. O navio Castro Alves é a primeira embarcação tipo Aframax construída no Brasil, produzida pelo Estaleiro Atlântico Sul para a Transpetro, no valor de cerca de R$ 250 milhões. O petroleiro de grande porte é destinado ao transporte de petróleo bruto, com capacidade de carga de 158 mil toneladas, em 274 metros comprimento;  43,8 metros de boca e 15 metros de calado.

    Já o PLSV é uma embarcação complexa e altamente especializada, dotada de equipamentos e sistemas sofisticados, que atua no lançamento de linhas rígidas e flexíveis, que conectam as plataformas a sistemas de produção de petróleo. O navio pertence à empresa Dofcon e foi construído pelo estaleiro Vard Promar, pelo valor de cerca de R$ 1 bilhão. O navio tem 139,9 metros de comprimento; 28 metros de boca (equivalente à largura) e 12 metros de calado. 

     FMM – O Fundo é a principal fonte de financiamento do setor naval brasileiro. Entre 2007 e 2017 proporcionou a construção de 14 estaleiros e 680 embarcações, sendo 27 delas destinadas à navegação de cabotagem, como o Aframax, e 183 destinadas à navegação offshore, como o PLSV. Em Pernambuco, o FMM já financiou 2 estaleiros e 23 embarcações até hoje.

    Assuntos: sei, paulo camara, estaleiro construido no brasil, navio castro alves, fmm, investimentos,
    Compartilhe: Link para o post: