meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Secretário da SDSCJ e Diretora-Presidente da Funase recebem o Coordenador Nacional do Sinase

    | Social, Juventude
    encontro

    A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) recebeu a visita do coordenador geral do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), Ricardo Peres, em agenda oficial do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), que também contou com a presença do conselheiro Romero Silva. O coordenador foi recebido pela Diretora-Presidente da instituição, Nadja Alencar, que juntamente com o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Roberto Franca, os diretores, assessores e funcionários da Funase, apresentou o monitoramento do Plano de Ação de Curto Prazo da instituição, já em execução, compartilhando todo o trabalho que vem sendo desenvolvido, e as ações já implementadas.

    “Viemos para verificar o que foi anunciado enquanto plano de reordenamento institucional da Funase. Com isso, monitorar, apoiar e incentivar as ações que precisam ser implementadas no âmbito da proteção aos adolescentes e aos servidores. O que eu pude verificar neste encontro foi que parece que há uma força tarefa, um empenho em melhorar as condições que estão estabelecidas até então. O que nós ouvimos, parece que temos todos os setores da Funase funcionando, atentos e preocupados com a mudança de fato do sistema socioeducativo”, destacou Ricardo Peres.

    Além do encontro de compartilhamento de informações, Ricardo também esteve em dois Centros de Atendimento Socioeducativo (Case), o de Abreu e Lima e o de Caruaru. “Ricardo tem uma experiência profissional muito grande na área do sistema socioducativo, que será de grande importância para o Estado. Creio que a presença dele irá nos ajudar, assim como outras unidades do Brasil, a atualizar tanto as normas de padrão arquitetônico, quanto às orientações que nós tanto precisamos para aperfeiçoar em Pernambuco”, destacou o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Roberto Franca.

    Cidades: Abreu e Lima, Caruaru
    Assuntos: sdscj, funase, sinase, roberto franca, nadja alencar, case
    Compartilhe: Link para o post:
  • SDSCJ coordena II Encontro Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil

    | Social, Infância

    O II Encontro Estadual do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) será realizado, nesta quarta-feira (05/07) e quinta-feira (06/07), a partir das 9h, no Centro de Convenções de Pernambuco. A coordenação é da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão do secretário Roberto Franca, e a Executiva de Assistência Social (SEASS), dirigida por Socorro Araújo. O evento conta com a participação do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e Organização Internacional do Trabalho (OIT)​, em parceria com o Governo Paulo Câmara​. É destinado a gestores e profissionais dos 68 municípios pernambucanos com AEPETIs (A​ções​ Estratégicas​ do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil). 

    ​O coordenador estadual do PETI, Leônidas Leal, integra a organização do encontro e destaca: ​"O ​o​bjetivo ​é ​discutir os entraves e avanços na execução das ações estratégicas de enfrentamento do trabalho infantil em Pernambuco, inclusive a necessidade da intersetorialidade na realização dessas ações​"​.​​
    ​Segundo Leônidas, ​"na ocasião​ ​serão prestadas orientações técnicas aos municípios e capacitação para os profissionais participantes, através de oficinas temáticas facilitadas pela equipe da Coordenação Nacional e Estadual do PETI e OIT​"​.

    SERVIÇO:
    Evento: II Encontro Estadual do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI)
    Quando: 05/07/2017 e 06/07/2017
    Onde: Centro de Convenções de Pernambuco – Auditório Brum
    Horário: 9h às 17h​

    Assuntos: sdscj, roberto franca, trabalho infantil, encontro
    Compartilhe: Link para o post:
  • Comunidades carentes vão receber auxílio ​para o exercício da cidadania

    | Social, Direitos Humanos

    Estações do Programa Governo Presente vão receber, em breve, o reforço de Comitês Territoriais Prioritários, que são espaços de integração dos órgãos públicos com as comunidades. Com isso, equipes de técnicos passarão a trabalhar as carências, já mapeadas, de cada comunidade em áreas como trabalho, saúde, segurança, entre outras. A partir de cada diagnóstico, moradores em situação de vulnerabilidade receberão apoio do Governo do Estado para enfrentar as dificuldades. 

    A ação foi anunciada, nesta segunda-feira (03.07), durante o Seminário de Instalação dos Comitês realizado na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão, com participação de integrantes de todas as secretarias estaduais. O Governo Presente é um programa que reúne várias secretarias levando serviços gratuitos para a população carente.  É coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão do secretário Roberto Franca, por meio da Secretaria Executiva de Articulação Social (SEART), dirigida por Anelena Almeida.

    Segundo Franca, "o momento é importante para o fortalecimento das ações do Governo Presente, como também das ações previstas no Pacto Pela Vida, que tem como objetivo reduzir os índices de violência". E acrescentou: "São ações que se manifestam pela prevenção social, e não apenas restritas à área de segurança pública". No próximo dia 11.07, será realizada uma reunião para definir os próximos passos dos comitês. Já no início de agosto, na Estação Ibura/Cohab, será dado o pontapé inicial das atividades com os moradores.

    Anelena destacou a importância da instalação dos comitês para as comunidades. "É uma forma de obtermos êxito a partir de uma ação realizada de forma coletiva", afirmou.  A executiva de Articulação Social explicou que, a partir da atuação do Governo Presente nos territórios, foi possível identificar as vulnerabilidades  que ocorrem no âmbito escolar e no próprio território. Essa ação culminou na necessidade de serem pensadas, de forma articulada com as secretarias, órgãos e entidades públicas e privadas, através do Comitê Intragovernamental e a Câmara de Prevenção Social, ações que possam ir de encontro a essa realidade, de forma a promover direitos sociais e a valorização da vida e da dignidade individual e coletiva da população carente​. 

    COMITÊS - São espaços de participação das secretarias e órgãos públicos, visando a estruturação, execução e acompanhamento do plano territorial de ações integradas para atender às vulnerabilidades identificadas em cada território.

    Cada Comitê será formado pelos técnicos da Estação que ​coordena​m o Comitê e os representantes das  secretarias dos Governos estadual, federal e municipal que pactuaram projetos, programas e ações. A partir do diagnóstico identificado pelo Governo Presente, foram compatibilizadas as vulnerabilidades com as ações de políticas públicas organizadas em áreas carentes da cidade​.

    As ações do plano serão monitoradas pelo comitê e por representantes do fórum territorial, instância da sociedade civil organizada. Haverá um encontro mensal, nas Estações Regionais do Governo Presente, com agenda definida, tendo uma comunidade carente ​como foco de trabalho.​

    Assuntos: sdscj, roberto franca, governo presente, pacto pela vida
    Compartilhe: Link para o post:
  • Operadores do atendimento socioeducativo participam de formação na temática LGBTI

    | Social, Direitos Humanos


    Funase

    Iniciativa se dá por meio de uma parceria firmada com o CECH e busca garantir a melhoria no atendimento a essa população de internos e internas 


    Gestores, agentes socioeducativos e equipe técnica - advogados, assistentes sociais, pedagogos e psicólogos – da Unidade de Atendimento Inicial (UNIAI) e do Centro de Internação Provisória (Cenip) Recife participaram das primeiras ações formativas ministradas pelo Centro Estadual de Combate à Homofobia (CECH). A iniciativa é resultado de uma parceria firmada entre o Centro e a Funase e tem como objetivo debater e sensibilizar o público participante sobre temas como respeito da identidade de gênero, orientação afetivo/sexual, LGBTIfobia institucional e direitos humanos.

    As ações acontecem nas unidades da Região Metropolitana do Recife e se estenderão posteriormente ao Interior do Estado. A próxima formação está marcada para quinta-feira (22), no Cenip Santa Luzia. "Essas formações possibilitam que os funcionários da Funase tenham dimensão da importância de um tratamento respeitoso e digno com a população LGBTI. Ademais, através dos diálogos suscitados, é possível verificar os casos que ocorrem dentro dos estabelecimentos e refletir sobre as possíveis soluções”, explica Natalia Kajiya, advogada do CECH.

    Durante o encontro, foram abordados temas como: direitos humanos, saúde integral, identidade de gênero e sexual, nome social e o enfrentamento a LGBTIfobia. Assistente social do Cenip Recife, Elis Gomes destaca a importância de ações formativas com esta temática. “Como recebemos esse público aqui, quanto mais informado estivermos, mais vamos ter subsídios para lidar com essa temática”, ressalta.

    O Centro é um programa da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), órgão vinculado a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), que atua na garantia dos direitos e do respeito à livre orientação afetivo/sexual e identidades de gênero em Pernambuco. “Acreditamos que assim vamos diminuir principalmente a questão do preconceito com essa parcela da população que atendemos”, destaca a Diretora Geral da Política de Atendimento (DGPAT), Iris Borges. Para desenvolver esse trabalho o CECH conta com uma equipe técnica multidisciplinar composta por profissionais das áreas jurídica, de psicologia e assistência social.

    AÇÃO EDUCATIVA - O ponta-pé inicial dessa parceria foi dado em maio, com uma ação educativa realizada no auditório da instituição, que contou com a participação da Diretora-Presidente da Funase, Nadja Alencar, diretores, assessores, supervisores e técnicos da instituição. No encontro foram abordados temas muitas vezes vistos como tabu, entre eles: Transexualidade (Homem e Mulher trans), Direitos Humanos e Cidadania LGBT (Nome Social, leis e resoluções) e Orientação Sexual (Bissexualidade, Homossexualidade e Heterossexualidade).


    Assuntos: funase, sdscj, capacitação, cenip, cech, lgbtfobia, lgbt, atentes socioeducativos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Domingo na Arena entra no clima do São João com quadrilhas e Dudu do Acordeon

    | Social, Cultura

    Arena PE

    Edição temática terá também a fazendinha de mini animais e trio pé de serra

    O Domingo na Arena vai entrar no clima do São João! A edição temática do mês de junho será voltada para as festas juninas, e o público terá diversas atrações gratuitas no próximo dia 18/06, como show de Dudu do Acordeon, fazendinha de mini animais, apresentação de quadrilhas juninas e muito mais.

    O dia começará com uma novidade: será montado um pavilhão coberto para as atrações na Praça Sul, protegendo, além dos shows, o público. As ações começam com apresentação de trio pé de serra, que colocará todo mundo pra arrastar o pé e se mexer na Praça Sul da Arena de Pernambuco. A apresentação do grupo será gratuita aos presentes, e se inicia às 09h, sendo a primeira atração do palco.

    Uma das maiores marcas do nosso São João estará presente em dois horários no Domingo na Arena: as quadrilhas juninas se apresentarão no Pavilhão, também de forma gratuita! A população irá se divertir e dançar com os personagens clássicos de nossos festejos, como o casal de noivos, o marcador da quadrilha, o padre e mais, tudo com muito balancê!

    Encerrando a programação do palco, o show de zumba com o professor Edmilson Leandro, marca registrada do projeto, se apresenta no período da tarde. Para fechar a noite, os pernambucanos irão curtir o show de Dudu do Acordeon. Considerado atualmente uma das grandes revelações da música popular nordestina, Dudu começa a colocar todo mundo pra dançar a partir das 15h30.

    A criançada não foi esquecida: grande destaque de edições anteriores do Domingo na Arena, a fazendinha de mini animais está de volta. O público poderá curtir os animais presentes na Praça Sul da Arena de Pernambuco, e mais: a criançada passeará com pôneis, que poderão ser alugados para passeios, ao custo de R$5 por passeio. O interessado deve adquirir uma ficha, que será vendida no local, para poder brincar com o pônei. Além das atrações citadas, os polos diversos seguem presentes, além do tour pela Arena, que custa R$2 por pessoa.

    Programação do dia 18/06 – 09h às 17h

    - 09:00-10:30 - Trio pé de serra
    - 10:30-12:00 - Show de Quadrilhas Juninas
    - 13:00-14:00 - Zumba Junina
    - 14:00-15:30 - Show de Quadrilhas Juninas
    - 15:30-17:00 - Show de Dudu do Acordeon

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Arena de Pernambuco: um ano de gestão pública com mais eventos e custo operacional pela metade

    | Social, Meio Ambiente, Turismo, Esportes, Cultura

     arena de pernambuco

    A Arena de Pernambuco teve sua gestão assumida pelo Governo do Estado, Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, no dia 10 de junho de 2016. Desde então, após um ano, os resultados alcançados pelo empreendimento são positivos nas mais variadas áreas: incremento no número e variedade de eventos, redução de custos operacionais, criação de cases de sucesso, referência em termos de sustentabilidade e público: em 12 meses, 532.034 pessoas passaram pela Arena. Ainda assim, os objetivos não mudaram: redução nos custos com excelência no serviço entregue ao público e integração cada vez maior do equipamento com o pernambucano. 

    Para o secretário de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, Felipe Carreras, a Arena de Pernambuco está cada vez mais deixando um legado de espaço multiúso. “Recebemos esse desafio de gerir a Arena e transformá-la realmente em um espaço dos pernambucanos. E estamos satisfeitos que isso está acontecendo. Em todos os aspectos, conseguimos melhorar a qualidade no serviço e trazer o público para perto do equipamento. Vamos seguir trabalhando para reduzir custos e desenvolver mais projetos e eventos aproveitando toda a modernidade e possibilidades que a Arena de Pernambuco tem para oferecer”, ressaltou.

    Balanço das principais áreas da Arena de Pernambuco:
    (junho de 2016 a junho de 2017): 

    EVENTOS - Em 12 meses, a Arena tornou-se uma grande praça pública de atividades, bem como sede dos mais variados tipos de eventos. Foram 71 eventos de caráter multiúso, contra nove da gestão privada no mesmo período (segundo semestre de 2015 e primeiro semestre de 2016), o que dá uma média de quase seis por mês. Um crescimento de 83%. Foram eventos comerciais, confraternizações, eventos de empresas privadas, entre outros. 

    Buscando integrar o empreendimento ao cotidiano do povo pernambucano, a Seturel instituiu “Domingo na Arena”, que se iniciou no dia 24 de julho de 2016. Com 35 edições, o público já ultrapassou a marca de 215 mil pessoas. Foram apresentados projetos temáticos como o “Arena Radical”, no qual a Arena foi transformada em um local de atividades radicais, como tirolesa, rapel, eurobungy e muitos outros; além do “Som na Arena”, um concurso de bandas autorais de Pernambuco. 

    Outro case de sucesso foi o “Arena Motor”, quando houve a invasão do universo automotivo, com competições de tuning e som, além de exposição de helicópteros, carros antigos e miniaturas. A Arena sediou ainda: show dos 26 anos da Comunidade Obra de Maria, Play Music Festival, partidas de futebol americano do Recife Mariners, além do evento da Rodobens, principal revendedora de caminhões Mercedes-Benz do Nordeste, em um case que virou sucesso internacional da empresa. 

    A Copa Afia foi outro marco inédito que ocorreu no local. O equipamento sediou a final do torneio. A Afia é primeira entidade especializada na organização de Copas de Futebol Internacional para atletas amadores com idade entre 35 e 70 anos. A organização está presente em diversos locais do mundo realizando estes torneios, como Portugal, Espanha, República Dominicana, Chile, México, Caribe, com mais de 300 clubes filiados, em mais de 60 eventos. 

    Um grande case de sucesso foi o Jogo do Bem, realizado no dia 29 de junho de 2016. Uma partida beneficente organizada pela ONG Love.Fútbol, que completara 10 anos de fundação. O jogo contou com 23 mil pessoas e arrecadou R$180 mil Foram mais de uma tonelada de alimentos para ONGs da Região Metropolitana do Recife. A partida contou com jogadores como Hernanes, Miranda, zagueiro da Inter de Milão, Lucas, atacante do Paris Saint-Germain, além de artistas como Tony Garrido e Wesley Safadão. A Arena também realizou diversos “Jogue na Arena”, em que grupos comerciais locam o espaço para promover reuniões comerciais ou confraternizações.

    TOUR & BIKE TOUR - Um destaque foi a reativação do tour pela Arena de Pernambuco e a inauguração do bike tour, passeio pelas dependências internas do equipamento com bicicletas. Somados, os tours, em 12 meses, receberam, 14.852 pessoas.  

    FUTEBOL - Em 12 meses, a Arena sediou 35 jogos, totalizando 256.821 torcedores, com média de 7.338 torcedores. Dentre eles, Náutico, Sport e Santa Cruz atuaram como mandantes. Também ocorreram partidas de futebol feminino envolvendo Náutico e Sport. A Arena ainda abriu as portas para os clubes do interior do estado, como Central e Belo Jardim, atuarem como mandantes durante o Campeonato Pernambucano. Para o restante de 2017, a Arena continua prospectando jogos: o Santa Cruz realizará, no mínimo, seis jogos no empreendimento.  Nos primeiros 12 meses, o clube atuou por duas vezes como mandante no local.

    CUSTOS OPERACIONAIS - Quando o Governo de Pernambuco assumiu o estádio, o valor mensal para a manutenção da Arena era em torno de R$ 2 milhões. A partir de junho de 2016, contratos foram ajustados e a despesa com pessoal começou a seguir as regras da administração pública. Hoje o custo gira em uma média de R$ 840 mil mensais, uma redução de 58%. No último mês (maio/2017), o custo mensal foi de R$830 mil. O trabalho neste momento é diminuir cada dia mais este montante, sem perder a qualidade. Nestes 12 meses, a receita média da Arena foi de R$200 mil. 

    SUSTENTABILIDADE - Na questão do reuso/aproveitamento de água, o empreendimento consumiu 6,7 milhões de litros de água de reuso e aproveitamento, proporcionando uma economia de 61% na conta, um acréscimo de 10% em relação à gestão privada. 

    A reciclagem de resíduos, além de ajudar o meio ambiente, melhora vidas. Em 12 meses, foram geradas 21,5 toneladas e, aproximadamente, 10,1 toneladas foram encaminhados para reciclagem, recebendo um destino ecologicamente correto. A coleta seletiva é feita em parceria com a Associação dos Catadores da Dignidade (CAD Recicla) de São Lourenço da Mata. 

    A usina solar da Arena de Pernambuco tem, por sua vez, 1MW (megawatt) de capacidade instalada. Neste tempo, foram gerados 788 MWh (megawatt por hora), proporcionando uma economia de até 15% na conta de luz. Além disso, o programa de Educação Ambiental, em parceria com a Celpe, proporciona visitas ao local. Em 12 meses foram realizadas 7.312 visitas de estudantes de todos os níveis de escolaridade.

    PROJETOS FUTUROS - Para o segundo semestre, já estão confirmados o show da Obra de Maria, e, posteriormente, um evento da Assembleia de Deus.

    Além disso, o (CFE – Centro de Formação Esportiva) será implantado na Arena, tendo por objetivo fomentar a cultura esportiva como forma de inclusão social e atenderá 300 crianças e adolescentes com idades de 08 a 18 anos. O projeto contará com aulas de esportes coletivos, individuais, reforço escolar, alimentação e cidadania para a população do entorno da Arena.

    O UniEsporte será outra novidade: uma unidade de excelência esportiva e também acontecerá nas dependências internas da Arena. Tem como objetivo trazer aos atletas e profissionais pernambucanos, mais conhecimento, capacitação e cursos de extensão. Haverá palestras e aulas sobre vários temas ligados ao esporte, contribuindo com uma formação de excelência.

    Uma novidade será o Espaço Interativo Arena de Pernambuco, que será uma área onde o público irá se deliciar com muita tecnologia e história do futebol de Pernambuco. Projeções animadas, realidade aumentada, momentos marcantes do nosso esporte e muito mais. Além de aprender sobre a história da Arena de Pernambuco e seus eventos inesquecíveis.

    A Arena será palco de grandes eventos esportivos. O empreendimento sediará o Campeonato Brasileiro de Judô, 1º GP Pernambucano de Ciclismo, final de futebol de Jogos Escolares de Pernambuco (JEPS), Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, além de cinco jogos do Santa Cruz e cinco do Sport na temporada. 

    O Domingo na Arena trará, em 2017, novas edições:

    • Domingo na Arena Social - versão do projeto onde oferecemos mais de 35 serviços gratuitos, como retirada de documentos, para a população, além do lazer habitual. 

    • Domingo na Arena Gastrô - Edição onde a Arena de Pernambuco reunirá chefs renomados para transformar o local em uma grande praça de alimentação com palestras e encontros sobre o mundo gastronômico, contará com a presença do chef César Santos.

    •  Domingo na Arena Games - O mundo dos jogos eletrônicos e de tabuleiro invadirá a Arena, com presença de empresas como o Google. Com internet dedicada e toda a estrutura do Domingo na Arena, o Arena Games promete entrar para o calendário geek da cidade.

    • Domingo na Arena Fitness - Além do polo esportivo, a Arena terá um dia onde abordaremos saúde, bem-estar e qualidade de vida, através da prática dos exercícios físicos, criando uma atmosfera das academias na Arena.

    O Secretário Felipe Carreras anunciou, também durante a coletiva, o retorno do Recifefolia ao estado de Pernambuco. O evento, que ocorreu de 1993 à 2003 e marcou época no calendário de lazer da região, ocorrerá no primeiro semestre de 2018. Datas específicas serão anunciadas posteriormente. 

    LICITAÇÃO | NOVO GESTOR PRIVADO - O processo de licitação para concessão da Arena de Pernambuco está no estágio de estudo de viabilidade para um novo modelo de negócio. Para esta fase de execução do estudo, há 3 consórcios autorizados a realiza-lo, com prazo de entrega de 180 dias - até o final de outubro de 2017. O modelo de gestão mais indicado para a Arena de Pernambuco será exatamente apontado pelo estudo de viabilidade. É a partir deste documento, confeccionado por uma empresa independente, que o Governo do Estado decidirá qual o molde de administração menos oneroso para o equipamento e para o estado em um futuro próximo. 

     Felipe Carreras

     

    Cidades: São Lourenço da Mata
    Assuntos: seturel, arena de pernambuco, um ano de gestão pública,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco lança medida de incentivo à construção de moradias populares

    | Social
    CAPHAB


    Em um esforço conjunto de seis órgãos estaduais e a Celpe, a CAPHAB vai desburocratizar e agilizar análises técnicas de projetos habitacionais em todo o Estado


    O governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (12.06), em evento no Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (SINDUSCON/PE), no Recife, decreto que cria a Câmara de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais (CAPHAB). Com o intuito de incentivar o setor a investir na construção de moradias populares, a iniciativa prevê a redução do tempo de análise dos projetos, no âmbito estadual, de oito meses para até 30 dias úteis. O objetivo é agilizar e desburocratizar os pareceres técnicos de projetos habitacionais através da centralização da tramitação em seis órgãos estaduais e a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

    “Essa ferramenta vai permitir que a gente avance nas análises de projetos habitacionais tão necessários e importantes para grande parte da população que precisa dessas moradias de baixo custo. Essa ação é fruto de uma série de reuniões, de um grande consenso e da necessidade de desburocratizar esses processos que demoram meses. Então, é muito importante no momento que nós estamos vivendo que hajam, por parte do Estado, os devidos encaminhamentos para que esses projetos possam sair do papel com a maior celeridade possível”, destacou o governador.

    Integram a CAPHAB a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (CONDEPE/FIDEM), a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC), o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e a Celpe. 

    A CAPHAB será responsável pelo recebimento e envio simultâneo aos órgãos competentes dos documentos e plantas dos empreendedores, além do acompanhamento de toda a tramitação até a conclusão dos processos. Dividido em duas fases, o processo se inicia com a consulta prévia, etapa opcional, que terá 15 dias úteis para realizar o estudo de viabilidade do empreendimento. A segunda etapa, que analisa se o projeto obedece a legislação vigente, é obrigatória e deverá ser concluída em até 30 dias úteis. Após obter os pareces técnicos estaduais através da CAPHAB, o construtor deverá encaminhar o projeto para validação do município no qual será implantado o habitacional. 

    O secretário estadual de Habitação, Bruno Lisboa, explicou como vai funcionar a integração das órgãos responsáveis no cumprimento dos novos prazos estabelecidos. “Com o funcionamento da Câmara, todos os órgãos se reunirão mensalmente em conjunto para avaliar as deliberações. E a partir de todas as informações já coletadas e previamente consultadas por cada estrutura interna envolvida no processo de análise, a gente vai conseguir cumprir com o prazo máximo de 30 dias”, afirmou.

    “O Estado tem sido um parceiro importante desde o início deste projeto, quando ainda não se tinha nada concretizado, e nos mostrou que isso poderia ser uma realidade. Acredito que a câmara seja um ganho importante para o setor e chega num momento que se consegue um alinhamento perfeito. O nosso objetivo é saber quais são as prioridades, saber o que o governo precisa para que nós possamos construir e garantir o sucesso das parcerias”, ressaltou o presidente da SINDUSCON, José Antônio Alvarez de Lucas Simón.

    ATENDIMENTO - A Câmara de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais irá atender, nos primeiros 30 dias úteis, empreendimentos com até 100 unidades habitacionais. Após os 60 dias úteis de vigência do decreto, o atendimento da Câmara será ampliado para projetos com até 200 unidades. E, por fim, após os 90 dias úteis da publicação da medida, a CAPHAB atenderá empreendimentos com mais de 200 unidades. A partir da publicação do decreto, a Secretaria de Habitação terá 30 dias para instalar o serviço.
     

    Fotos: Wagner Ramos/SEI
    Assuntos: paulo camara, sinduscon, caphab, decreto, camara de análise e aprovação de projetos habitacionais, bruno lisboa,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Reeducandos doam alimentos recebidos de familiares aos desabrigados

    | Social

     

    Os reeducandos dos presídios Juiz Antônio Luis Lins de Barros (Pjallb), no Complexo do Curado, e de Igarassu (PIG), se solidarizaram com a população atingida pelas enchentes na Mata Sul e em parte do Agreste de Pernambuco e decidiram doar tudo que receberam dos familiares na visita do último sábado aos desabrigados.

    A doação das unidades prisionais somou aproximadamente 1.500 quilos de alimentos, 800 peças de roupas, além de materiais de higiene pessoal e sapatos. Toda a arrecadação seguiu para o quartel do Derby nesta terça-feira (06.06), e chegará para os municípios impactados.

    "É dever de todo pernambucano contribuir com a reestruturação dos municípios afetados. O governador Paulo Câmara tem reunido sua equipe constantemente e determinado atenção total à causa" enfatizou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

    PRODUÇÃO DE PÃES - No último dia 1º, cerca de 35 reeducandos  passaram a produzir diariamente uma média de 12 mil pães que também estão sendo distribuídos entre as famílias do Agreste e da Mata Sul. O alimento está sendo produzido nas três unidades prisionais do Complexo Prisional do Curado (Pjallb, Pamfa e PFDB); no Centro Regional do Agreste (CRA), em Canhotinho; no Presídio Romildo da Rocha Leão (PRRL), em Palmares; e no Presídio Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru.

    Presideos

    Presideos
    Assuntos: sjdh, reeducandos, mata sul, agreste, doação de familiares,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fernando de Noronha inicia campanha de arrecadação de donativos para os desabrigados

    | Social
    Noronha

    A Autarquia Territorial de Fernando de Noronha, sensibilizada com o atual quadro de calamidade no Estado, devido as fortes chuvas que atingiram a Zona da Mata e o Agreste pernambucano, iniciou nesta segunda-feira, 29, uma campanha para arrecadação de doações para ajudar as pessoas desabrigadas pelas enchentes. Igualmente solidários, os integrantes da ONG “Eu vivo não uso drogas”, também estão recolhendo donativos, como roupas, lençóis e kits de higiene. 

    Os interessados podem contribuir com doações de roupas, agasalhos, água mineral, colchões, lençóis e alimentos não perecíveis nos seguintes pontos de entregas:

    Fernando de Noronha: 
    Centro de Geração e Renda – de 8h às 12h e 14h às 17h- Aline Tiburcio
    “Eu vivo não uso drogas” – Rua Dom Juquinha, 310 – Vila do Trinta (Almir ou Izabel)

    Recife: Setor de Gestão de Pessoas


    Assuntos: Fernando noronha, mata norte, chuvas, solidariedade,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sefaz-PE se mobiliza para ajudar as vítimas das enchentes

    | Social

     

    Os servidores da Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE) estão engajados na campanha de apoio às vítimas das enchentes da Mata Sul do Estado. Com a quantia arrecadada hoje já foram adquiridos 300 colchões que serão entregues nos locais mais atingidos pelas águas. Além disso, uma equipe de voluntários da instituição está se deslocando para a região afetada com o objetivo de ajudar na coleta e distribuição das doações arrecadadas.  

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: