meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • ​Recursos de penas Alternativas financiam projetos sociais

    | Social, Direitos Humanos

    O Instituto Cristina Tavares foi contemplado com R$ 18 mil para auxiliar na assistência de pacientes com Câncer 

    Os recursos provenientes de prestação pecuniária, relativa ao cumprimento de pena ou medida alternativa, têm contribuído para potencializar projetos sociais em Pernambuco. A quantia que fica retida na conta do poder judiciário é repassada às entidades sem fins lucrativos através de uma seleção pública. Para participar, as instituições devem realizar atividades de cunho social, atender aos requisitos determinados no edital e encaminhar o projeto ao juizado responsável.

    No processo de seleção, o Governo do Estado, através da Gerencia de Penas Alternativas e Integração Social (Gepais), é responsável por desenvolver ações de divulgação, capacitação e elaboração dos projetos, além de auxiliá-los na prestação de contas. Para a Gerente da Gepais, Raquel Brandão, “o recebimento desses recursos é uma forma de aproximar o judiciário das Centrais de Apoio às Medidas e Penas Alternativas e de estimular as instituições a ampliarem suas atuações na sociedade”.

    O Instituto Cristina Tavares, que comemora 12 anos nesta sexta-feira (17), foi contemplado este ano com o valor de R$ 18 mil para dar continuidade ao trabalho que desenvolve com pacientes do Centro de Oncologia (Ceon) do Hospital Osvaldo Cruz e seus acompanhantes. São serviços jurídicos e psicológicos, além da distribuição de 300 lanches por dia e cestas básicas. Com o valor arrecadado, o instituto está ampliando a oferta de cestas básicas aos seus assistidos.

    Com o objetivo de dar uma nova chance aos autores de crimes de natureza leve, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio da Gepais, encaminha cumpridores, que por decisão judicial devem prestar serviço à sociedade, ao Instituto.  “Esses cumpridores têm a oportunidade de ajudar o próximo, de atuar numa causa que devolve a autoestima dessas pessoas e passam outra visão do mundo” aponta a gestora da entidade, Raquel de Menezes.

    Ex-paciente do Ceon, Margarete Serpa, 65, venceu o câncer de mama e há três anos é voluntária no Instituto, onde auxilia na área administrativa e na distribuição de lanches. ”Descobri que o câncer é uma luta pela vida, mas não me abati e a doença não me deprimiu, só me levantou”, destaca a voluntária.

    Pernambuco conta com 11 Ceapas que acompanham quem comete crimes de menor potencial ofensivo ao longo do cumprimento da pena ou medida. As Centrais estão distribuídas no interior do estado e na Região Metropolitana do Recife (RMR).

    SELEÇÃO - As Instituições de Jaboatão do Guararapes podem se inscrever no concurso disponível no I juizado Especial Criminal (Jecrim) da cidade. O Edital está aberto até o dia 20 de Dezembro e vai contemplar organizações sem fins lucrativos. Para Orientar as organizações, a Gepais prepara uma capacitação para a última semana de Novembro, com data e local a serem definidos pelo órgão. 

    Cidades: Recife
    Assuntos: sjdh, gepais, governo de pernambuco, instituto cristina tavares, projetos sociais
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seminário reúne mulheres no Quilombo Onze Negras para discutir violência

    | Social, Direitos Humanos

    SecMulher-PE realiza ação itinerante e vai até as mulheres para criar novas estratégias de prevenção à violência  

    A Secretaria da Mulher do Governo de Pernambuco e o Comitê das Mulheres Negras Metropolitanas realizam, nesta quinta-feira (09), das 8h às 16h, o Seminário Mulheres Negras e as Violações de Direitos: Mães Quilombolas e o Extermínio da Juventude Negra. O evento, em alusão ao mês da Consciência Negra, acontece no Quilombo Onze Negras, o único existente na Região Metropolitana do Recife, localizado no Loteamento Engenho Trapiche, área rural do Cabo de Santo Agostinho. 

    A gerente de Fortalecimento Sociopolítico da SecMulher-PE, Beatriz Vidal, explica que ir à comunidade ouvir suas demandas, anseios e propostas, é uma forma itinerante de construir uma política pública de prevenção contra a violência de meninas, jovens e mulheres adultas das comunidades. “As mulheres negras representam 64% das pernambucanas, segundo dados da PNAD 2013 e são as que mais sofrem violências. Para enfrentar essa realidade, o Governo do Estado se une a sociedade civil e vai até a comunidade para buscar formas eficientes e eficazes para enfrentar a violência e demais demandas das mulheres negras”, completa Beatriz Vidal.

    A coordenadora do GT Racismo do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a procuradora Maria Bernadete Azevedo, falará sobre o tema: Mulheres Negras e as Violações de Direitos: mães quilombolas e o extermínio da juventude negra.

    A organização do evento contabiliza 150 mulheres inscritas para participar do Seminário e informa que esse número é resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido desde 2012, data da criação do Comitê das Mulheres Negras Metropolitanas que, desde então, vem desenvolvendo ações voltadas para as mulheres nas áreas de enfrentamento da violência, saúde, formação e inclusão econômica.

    Entre os órgãos que apóiam a ação estão: a Secretaria da Educação de Pernambuco, Secretaria de Saúde de Pernambuco, Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Secretaria da Mulher do Cabo de Santo Agostinho, Secretaria de Ação Social de Altinho, Instituto do Ministério Público de Pernambuco, sociedade civil e movimentos de mulheres negras.

    Cidades: Cabo de Santo Agostinho
    Assuntos: secmulher, governo de pernambuco, seminario, mppe, quilombo onze negras
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chapéu de Palha Mulher inicia capacitação de 1.500 Mulheres da Zona Canavieira e da Pesca Artesanal

    | Social, Emprego, Direitos Humanos

    Formação para 540 agricultoras da Zona Canavieira e 960 pescadoras iniciam nos dias 13 e 16 de novembro 

    O Programa Chapéu de Palha Mulher da Zona Canavieira e da Pesca Artesanal inicia o ciclo de capacitação da edição 2017. Executado pela Secretaria da Mulher do Governo de Pernambuco (SecMulher-PE), as aulas começarão no próximo dia 13 de novembro, na Zona Canavieira, para 540 mulheres dos municípios de Amaraji, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Primavera, Rio Formoso, Sirinhaém e Xexéu.

    A gerente de Articulação e Interiorização da SecMulher-PE, Márcia Aguiar, ressalta que para contemplar as 540 mulheres, serão formadas 18 turmas do Curso de Formação Sociopolítica e Artesanato, com 30 mulheres em cada turma e que, paralelamente às aulas, serão ofertadas atividades recreativas para 180 crianças, filhas e filhos das trabalhadoras rurais.

    Para as pescadoras artesanais da Região Metropolitana do Recife, as aulas terão início no dia 16 de novembro. O Chapéu de Palha Mulher da Pesca Artesanal contemplará 960 pescadoras dos municípios do Recife, Goiana, Itapissuma, Itamaracá e Igarassu. Para tanto, serão criadas 27 turmas do Curso de Formação Sociopolítica e Artesanato e cinco turmas do Curso de Formação Sociopolítica e Produção e Beneficiamento de Alimentos. Também serão oferecidas atividades de recreação para 320 crianças, filhas e filhos das mulheres pescadoras.

    FORMAÇÃO DE EDUCADORAS E RECREADORAS - Etapa fundamental do Programa Chapéu de Palha Mulher que acontece, anualmente, antes das atividades com as mulheres e crianças. A Oficina de Formação com Educadoras e Recreadoras tem o objetivo de oportunizar reflexões sobre a proposta pedagógica e metodológica e favorecer a troca de conhecimentos e experiências entre as profissionais envolvidas. Nos dias 09 e 10 de novembro, acontece na Faculdade de Escada (FAESC), a Oficina com Educadoras e Recreadoras do Chapéu de Palha da Zona Canavieira.

    As atividades serão coordenadas pela Associação das Mulheres de Nazaré da Mata (AMUNAM) e executadas por organizações sociais que atuam na perspectiva de gênero, são elas: Centro das Mulheres de Vitória de Santo Antão, Centro de Estudos e Ação Social Rural (CEAS Rural) e Grupo Mulher Ação, selecionadas no chamamento público realizado pela SecMulher-PE em 2017.

    A formação com as Educadoras e Recreadoras do Chapéu de Palha da Pesca Artesanal acontece nos dias 13 e 14 de novembro, no Centro de Educação Comunitária e Social do Nordeste (CECOSNE).

    As atividades serão coordenadas pela Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE) e executadas pela: Gestos, Casa da Mulher do Nordeste, Grupo Curumim, IEDES E IDGE, organizações selecionadas no chamamento público realizado pela SecMulher-PE, em 2017.

    Assuntos: secmulher, governo de pernambuco, programa chapeu de palha, capacitaçao, formaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • 2º Encontro de Serviço Social do HMA acontece nesta quarta

    | Social, Saúde

    hospital MA

    Com vagas esgotadas desde o segundo dia de inscrições, o II Encontro de Serviço Social do Hospital Miguel Arraes (HMA) acontece nesta quarta-feira, dia 8, a partir das 8h, no Auditório Alice Figueira, no IMIP, bairro dos Coelhos, no Recife. Este ano, o tema do encontro será “As interfaces e desafios dos Serviços de Saúde e da Assistência Social no Atendimento à População em Situação de Rua na RMR”. 

    Para o evento foram convidadas Danielle Soares, assistente social do HMA; e as psicólogas da Prefeitura do Recife Brena Leite, coordenadora do Consultório na Rua; Fernanda Carvalho, coordenadora dos Serviços Especializados para a População em Situação de Rua; e Silvana Lima, supervisora técnica da Rede de Acolhida de Adultos. Assuntos como a “prática do Serviço Social com os usuários em situação de rua” e a “promoção da cidadania a partir dos serviços especializados” serão discutidos no encontro. O debate vai até o meio-dia.


    Cidades: Paulista
    Assuntos: ses, saude, 2º encontro de serviço social do hospital miguel arraes, assistencia social
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fernando de Noronha recebe ações voltadas para o consumidor

    | Social

    O Governo do Estado implantará nos próximos dias a rede  do consumidor de Fernando de Noronha. A ação é uma iniciativa do Procon-PE e da Administração da Ilha. A criação da rede foi unanimidade após uma reunião, que foi realizada na Ilha, com representantes do MPPE, Defensoria Pública e Delegacia local.

    Os órgãos envolvidos desenvolverão trabalhos conjuntos na defesa do consumidor. "A ideia é que o consumidor ao procurar um dos órgãos, e não o resolva não precise começar do zero em outro local. Porque os participantes da rede sempre irão trabalhar em conjunto para uma maior agilidade", explicou a gerente jurídica do Procon-PE, Danyelle Sena.

    Para a superintendente jurídica da Administração da Ilha, Ana Patrícia Teixeira, a rede virá para fortalecer ainda mais os direitos do consumidor em Fernando de Noronha. "Serão desenvolvidas atividades educativas com os moradores e turistas de Fernando de Noronha".

    Ações Educativas - Durante dois dias o Procon-PE realizou ações educativas no Arquipélago de Fernando de Noronha. Cerca de 200 alunos, da Escola de Referência de Fernando Noronha, que foram divididos em três turmas, de acordo com a faixa etária, receberam de foram lúdica informações sobre direito do consumidores.

    Moradores e fornecedores da Ilha também tiveram um momento para tirar suas dúvidas em relação ao Código de Defesa do Consumidor.  Entre as principais dúvidas estavam produtos com validade próxima do vencimento, anúncio de promoção e precificação.

    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: fernando de noronha, governo de pernambuco, rede do consumidor, procon, sds
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estação do Governo Presente Caruaru supera a marca de mil emissões de carteiras de identidade em 2017

    | Social, Direitos Humanos

    Garantir a igualdade de oportunidades e o acesso da população às ações do Governo Estadual: esse é o principal objetivo da Estação do Governo Presente Caruaru, a pioneira do Estado, que há 6 anos foi instalada na Capital do Forró pelo saudoso governador Eduardo Campos, com base na Lei 14.357. No último sábado (21), a Estação superou a marca de mil emissões de carteiras de identidade em mais uma Ação de Impacto realizada na cidade em 2017. Sendo os dos principais programas do governo Paulo Câmara, o Governo Presente é coordenado pela executiva de Articulação Social da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão do secretário Roberto Franca

    A Ação aconteceu na Igreja da Sagrada Família, bairro José Carlos de Oliveira e também contou com emissão das certidões de nascimento, casamento e óbito, corte de cabelo, limpeza de pele, aferição de pressão, teste de glicemia, orientações jurídicas com a OAB, atendimentos comerciais da COMPESA, aplicação de flúor, atendimentos do PROCON e exames rápidos de visão.

    Em Caruaru oito bairros possuem atenção especial do Programa, sendo eles: Centenário, São Francisco, São João da Escócia, Salgado, Santa Rosa, Vassoural, João Mota e José Carlos de Oliveira os quais são monitorados e acompanhados por técnicos da Estação que detectam as vulnerabilidades existentes e articulam ações de cidadania, executam projetos de cultura de paz e prevenção à violência nas comunidades vulneráveis, bem como, a promoção de politicas públicas.

    “Nos esforçamos em proporcionar o melhor para população, articulando junto às secretarias estaduais, municipais e órgãos privados, ações que modifiquem a realidade existente e tragam dias mais felizes, bem como novas perspectivas de vida para a população vulnerável. Essa é nossa meta, e não vamos parar de lutar”, frisou  Cícera Vasconcelos, coordenadora da Estação do Governo Presente Caruaru.

    A sede da Estação Caruaru está localizada na Avenida Nossa Senhora de Fátima, nº 400, Bairro Maurício de Nassau, funcionando de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h, onde todos os documentos emitidos nas Ações de Impacto são entregues à população. Na sede da Estação também funciona o Patronato Penitenciário, a Central de Libras e o Centro de Referência em Direitos Humanos.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sdscj, governo de pernambuco, estaçao governo presente, paulo camara,
    Compartilhe: Link para o post:
  • SDS promove ação de inclusão para famílias de catadores de Jaboatão

    | Social, Direitos Humanos

    Famílias de catadores que atuam na Cooperativa de Catadores Maria da Penha, que funciona no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, serão beneficiadas, neste sábado (28/10), com uma ação do Projeto Resgatando Cidadania. O objetivo é emitir um total de 150 carteiras de identidade, de forma gratuita, para os catadores e seus familiares. 

    Facilitando o acesso a serviços como emissão de documentos, o Resgatando Cidadania permite o exercício pleno da cidadania e fortalece a prevenção social. “Esse é um trabalho de inclusão social, que, ao permitir a essas pessoas o acesso ao documento de identidade, lhes abre uma série de direitos que, muitas vezes, ficam sem acesso pela falta do documento”, explica o gerente de Prevenção e Articulação Comunitária da SDS, João Evangelista

    Iniciativa conjunta de diversos órgãos da Secretaria de Defesa Social, como a Polícia Científica, a Gerência de Prevenção e Articulação Comunitária (GPAC) e o Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), o Projeto Resgatando Cidadania é realizado semanalmente, em diversos municípios pernambucanos.

    MAIS AÇÕES - Nesta semana, além de Jaboatão dos Guararapes, o programa estará realizando ações no Recife e Olinda. Em Recife, as ações já começam nesta quinta-feira (26/10) e seguem até o sábado (28/10). No primeiro dia, 50 moradores serão beneficiados com a emissão de carteira de identidades na Associação da Vila dos Milagres, localizada no bairro da Vila dos Milagres.

    Já na sexta (27/10), o trabalho será realizado na Escola Municipal Adalto Pontes, no Jordão Alto. Ao todo, serão emitidas 100 carteiras. Finalizando a semana, no sábado, os beneficiados serão os moradores da Vila Tamandaré. A ação, que prevê a emissão de 100 documentos de identidade, será realizada no Espaço da Associação da Vila Tamandaré. Em Olinda, a ação será realizada na Igreja Episcopal Paróquia Shekinah, em Jardim Atlântico. Ao todo, a previsão é emitir 50 carteiras de identidades.  As ações começam às 8h e seguem até as 12h.

    Serviço:

    RECIFE (8h às 12h)

    26 de outubro de 2017 (quinta-feira)

    Local: Associação da Vila dos Milagres

    Endereço: Quadra J, Lote, Ibura - 1, Vila dos milagres

    Serviços: Emissão de 50 carteiras de identidades de forma gratuita,

     

    27 de outubro de 2017 (sexta-feira)

    Local: Escola Municipal Adalto Pontes

    Endereço: Rua Sertânia, nº 35, Jordão Alto

    Ponto Ref. posto da Compesa do Jordão Alto

    Serviços: Emissão de 100 carteiras de identidades de forma gratuita,

     

    28 de outubro de 2017 (sábado)

    Local: Espaço da Associação da Vila Tamandaré

    Endereço: Rua Gil Rodrigues, 44

    Serviços: Emissão de 100 carteiras de identidades de forma gratuita

    Ponto de ref. próximo ao terminal de ônibus da Vila Tamandaré

     

    OLINDA (8h às 12h)

    27 de outubro de 2017 (sexta-feira)

    Local: Igreja Episcopal Paróquia Shekinah,

    Endereço: Rua Jornalista Edson Regis, 1150. Jardim Atlântico - Olinda. ( Na rua por trás do colégio Souza leão, sentido Jardim Atlântico/Rio doce)

    Serviços: Emissão de 50 carteiras de identidades de forma gratuita,

     

    JABOATÃO DOS GUARARAPES (8h às 12h)

    28 de outubro de 2017 (sábado)

    Local: Cooperativa de Catadores Maria da Penha

    Endereço: Rua Biritinga, 555, Piedade/Loreto

    Ponto de ref. próximo a padaria N. Srª do Loreto

    Serviços: Emissão de 150 carteiras de identidades de forma gratuita

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: sds, resgatando a cidadania, policia cientifica, iitb
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fernando de Noronha ganhará Rede do Consumidor

    | Social

    Amanhã (25.10), o Governo do Estado irá implantar no Arquipélago de Fernando de Noronha, a Rede do Consumidor da Ilha, a ação já acontece em todo o Estado. A iniciativa para a criação da Rede partiu do Procon-PE.

    A rede do Consumidor é o trabalho conjunto de todos os órgãos que atuam na defesa do consumidor. Participam o Tribunal de Justiça, o Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Defesa Social e a Administração da Ilha.

    O consumidor ao procurar um desses órgãos terá seu problema analisado e resolvido pelo órgão competente.

    A criação da Rede será realizada no Auditório da Escola de Referência em Ensino Médio de Fernando de Noronha, às 16h.

    Já nos dia 25 e 26 o Procon-PE realizará ações educativas para os alunos do Fundamental II e Médio; para os comerciantes da Ilha e para a comunidade em geral. 

    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: fernando de noronha, governo de pernambuco, rede do consumidor, procon, sds
    Compartilhe: Link para o post:
  • Casa Militar e Secid realizam ação para atender aos desabrigados de Cortês

    | Social, Administração

    habitacional

    A Casa Militar de Pernambuco/Codecipe em parceria com a Secretaria das Cidades iniciou a colocação de 20 módulos habitacionais no município de Cortês, Zona da Mata Sul. Os equipamentos serão utilizados como 40 moradias provisórias para os desabrigados pela enchente ocorrida no último mês de maio, atendendo a 150 pessoas.

    “É uma solução temporária para atender a população, enquanto aguarda a moradia definitiva. É uma ação pioneira no Brasil utilizar módulos habitacionais para atender desabrigados das enchentes”, diz o coordenador local da Operação Prontidão no município de Cortês, Tadeu Godoy, que também é chefe de gabinete da Secretaria das Cidades. “A nossa ação está sendo desenvolvida para atender a uma determinação do governador Paulo Câmara para que os desabrigados tenham uma moradia digna enquanto aguardam os novos imóveis”, complementou. Todas as ações no município estão sendo coordenadas pelos secretários da Casa Militar, o coronel da Polícia Militar, Eduardo Pereira, e das Cidades, Francisco Papaléo.

    Os módulos habitacionais estão sendo instalados em uma área do município conhecida como Nova Cortês, que é mais alta do que a cidade. Uma localidade próxima ao hospital, fórum e de uma escola que está em construção. Os equipamentos transformados em moradias, sendo montados em dupla de módulos, totalizando 30 m2. Dois banheiros estão sendo montados em local estratégico para atender aos portadores de necessidades especiais e idosos.

    Os módulos habitacionais possuem portas, janelas, uma cobertura especial que protege da chuva e do sol e estão sendo montados em bases a fim de evitar o contato direto com o chão. Além disso, estão sendo posicionados para que seja possível disponibilizar um espaço de convivência com 36 m2 entre cada módulo.  

    A rua que dá acesso ao conjunto de módulos habitacionais é asfaltada, possui calçada e já foram providenciadas a coleta de lixo, a iluminação pública e saneamento. O investimento previsto é de R$ 700 mil. 

    Cidades: Cortês
    Assuntos: camil, secid, codecipe, habitacional, operacao prontidao, paulo camara
    Compartilhe: Link para o post:
  • Jovens e idosos unidos através do diálogo e da música

    | Social, Saúde

    Momentos de interação fizeram parte da Semana Estadual da Pessoa Idosa, promovida pelo Governo Paulo Câmara​
     
    Jovens do Programa Vida Nova e grupos de idosos de Olinda viveram, nesta quinta-feira (19/10), momentos de interação através do diálogo e da música. As apresentações ocorreram no Espaço Cultural Oswaldo Sérgio (Rua São Francisco, n° 26, Carmo, Olinda –PE) e fizeram parte da Semana Estadual da Pessoa Idosa, que tem o apoio do Governo Paulo Câmara​Com vários instrumentos de percussão, os jovens levaram o batuque da nossa música, proporcionando um dia de alegria para os idosos.

    O Programa Vida Nova, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão de Roberto Franca, acolhe a população em situação de risco e rua, oferecendo um conjunto de serviços e ações sociais.
    A Proposta de interação entre jovens e pessoas idosas foi elaborada pela Superintendência de Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa do Estado de Pernambuco, que integra a SDSCJ. 
     
    O evento foi promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos do Idoso de Olinda e Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos de Olinda. Estavam presentes também representantes do Ministério Público retirando dúvidas, e a Secretária de Saúde realizando testes rápidos.
     
    Depois das apresentações do Grupo de percussão, os jovens do Centro da Juventude saíram em forma de cortejo até a Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) “Abrigo Nossa Senhora de Lourdes”, que é acompanhada pelo Projeto HumanIdade da SDSCJ. A ideia foi contemplar as idosas que não puderam ir ao evento. 
     
    A coordenadora do Projeto HumanIdade, Renata Guedes, destacou que "a ação refletiu no sentimento de valorização e empoderamento das pessoas idosas, ao se darem conta do quanto têm a ensinar às novas gerações e o quanto têm
    a aprender".
     
    Além do grupo de percussão, jovens ofereceram serviço de corte de cabelo e deixaram uma lembrança artesanal para todas as 38 pessoas idosas da ILPI.
    Cidades: Olinda
    Assuntos: sdscj, programa vida nova, paulo camara, semana estadual da pessoa idosa, ses
    Compartilhe: Link para o post: