meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Governo de Pernambuco detalha plano de segurança em Caruaru

    | Segurança, Administração
    Aluisio Moreira

    Representantes da administração municipal e sociedade civil foram recebidos, nesta quarta-feira, no Palácio do Campo das Princesas

    Reforçando o compromisso de dialogar com prefeitos e sociedade civil para a construção de um Estado melhor para todos, o Governo de Pernambuco recebeu, nesta quarta-feira (20.09), a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra; seu vice, Rodrigo Pinheiro, e cerca de 30 representantes de associações empresariais, sindicatos, movimentos religiosos e culturais, entre outros segmentos, para detalhar as ações do Governo para a melhoria da segurança pública do município. O grupo foi recebido pelo chefe de Gabinete do Governo, João Campos; o secretário estadual de Defesa Social, Antônio de Pádua; e o secretário executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto.  Na reunião, que durou uma hora, foram detalhadas, ponto a ponto, todas as ações e esforços que Governo do Estado tem feito de prevenção e combate à violência na região.

    “Caruaru, na verdade, já está sendo objeto de reforço por determinação do governador Paulo Câmara. Hoje, em Caruaru, nós temos pela terceira vez uma operação integrada chamada Força no Foco, que tem como objetivo realizar prisões de homicidas, traficantes e isso está acontecendo lá agora. Estamos também com a Operação Monte Seguro, justamente para realizar a prisão dessas pessoas. Só hoje, foram presos um homicida e um traficante de drogas, lá em Caruaru”, destacou o secretário de Defesa Social. Boa parte das reivindicações trazidas pelo grupo de Caruaru, já estão sendo atendidas pelo governo, como por exemplo, o efetivo de policiais nas ruas do município.   

    Nesta quinta-feira (21), 1.500 policiais militares sairão da academia e, desses, 300 vão integrar o Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp), em Caruaru, que beneficiará toda a região. O Biesp contará com quatro companhias especializadas, hoje existentes apenas na Região Metropolitana: Ronda Ostensiva com o Apoio de Motocicletas (Rocam), Radiopatrulha, Choque com Cães e Trânsito. “Temos a operação chamada Roni, que pela terceira vez está em Caruaru, fazendo um esforço concentrado junto às nossas operativas especiais. Temos também o GATI (Grupo de Apoio Tático Itinerante), e a Rocrop (Rondas Ostensivas Coronel Roberto Pessoa), que estão atuando para dar repostas mais rápidas à população da cidade”. 

    Ao mesmo tempo em que fizeram reivindicações, integrantes do grupo de Caruaru reconheceram o trabalho do Governo do Estado. No âmbito da Polícia Civil, quatro delegacias terão novas estruturas, com equipamentos novos, no Agreste. Ainda este mês, entrarão em pleno funcionamento, em dois edifícios que abrigarão a Área Integrada de Segurança 14: a Diretoria Integrada do Interior 2, a Divisão de Homicídios do Agreste, duas Delegacias de Homicídios e a Seccional de Caruaru.  

    Pela terceira vez, o município de Caruaru recebeu, esta semana a Operação Força no Foco, realizada em 18 e 19/09/17. Durante a ação integrada, foram realizadas diligências visando combater os homicídios; oitivas de inquéritos abertos; fiscalizações de bares e restaurantes em situação irregular; fiscalizações nas rodovias; e abordagens ostensivas em bairros como Salgado e São João da Escócia, além do cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão. O Agreste também já recebeu, este ano, outras ações integradas entre as policiais Militar, Civil, Científica e Corpo de Bombeiros: Bar Seguro, Escola Segura, Operação Rone, Operação Esforço Concentrado e Fecha Batalhão, alcançando resultados significativos na desarticulação de quadrilhas, grupos de extermínio e prisão de assaltantes.
     
    "Temos fundo para financiar saúde e educação no Brasil, mas não existe um fundo para financiar a seguranca. Posso assegurar que aqui em Pernambuco o governador Paulo Câmara está fazendo um dos maiores investimentos do país. São mais de R$ 3 bilhões na segurança pública, sendo R$ 300 milhões só em equipamentos e viaturas. Até o final do ano, o governador vai adquirir dois helicópteros, sendo um só para Caruaru e região. Um helicópetro com visão noturna", explicou Pádua. 
     
    Outro reforço já previsto e detalhado na reunião, é a entrada de 1.100 mil policiais civis nas ruas. A formatura é no dia 2 de outubro próximo. Caruaru e todas as demais cidades do Estado receberão reforço de equipes com os novos policiais civis. "Caruaru, por exemplo, recebeu há 15 dias a primeira delegacia específica no combate de narcóticos. Isso é uma ação proativa do governador. 70% dos crimes é resultado de entorpecentes. E esta semana, Caruaru também ganhou um centro de comando e controle móvel. Então não resta dúvida da preocupação e dos esforços do governador com a maior cidade do Agreste", pontuou Pádua. O secretário também lembrou que esta semana a reunião preparatória do Pacto pela Vida foi transferida para Caruaru, em mais uma iniciativa que mostra a prioridade do Governo do Estado coma  segurança e com o Agreste. 
     
    Com a lista de reivindicações em mãos, Pádua falou, ponto a ponto, sobre as ações concretas do governo. Outro destaque foi o envio de viaturas. Este ano, Caruaru recebeu mais dez veículos. Até o final de outubro, chegarão mais viaturas. E até novembro, mais de 700 motocicletas serão compradas pelo governo, e parte delas seguirá para o Biesp, em Caruaru. Também foi citado no encontro o caso do jornalista baleado num confronto de bandidos, no fim de semana. Em menos de 72 horas, as Polícias Civil e Militar prenderam todos os envolvidos. Os acusados são foragidos do Presídio de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, e estavam em Caruaru com o objetivo de praticar assaltos. Para dar uma pronta resposta, o secretário de Defesa Social designou um delegado especial, Bruno Vital, para estar à frente das investigações.
     
    Pádua fez questão também de ressaltar a transparência com que o Governo de Pernambuco trata os números da violência. “O governo não esconde. Nós temos números altos, temos consciência disso e é por isso que nós estamos trabalhando tanto”, reforçou. Questionado sobre as condições das delegacias e batalhões, o secretário afirmou que avaliações nessas estruturas estão sendo realizadas em todo o Estado. “Contratamos, recentemente, 15 engenheiros que já estão circulando por Pernambuco, identificando a situação das delegacias, dos batalhões e fazendo relatórios, para que a gente possa retomar as licitações e melhorar essas localidades, para que assim, o nosso policial possa exercer o seu trabalho de forma ainda melhor do que já faz”, completou.

    Uma ação conjunta entre as Polícias Civil e  Militar também vai reforçar a segurança no bairro do Salgado, o mais populoso de Caruaru. O objetivo é prevenir homicídios, capturar pessoas ligadas a atividades criminosas e fazer repressão qualificada ao tráfico de drogas. Os trabalhos serão coordenados pelo Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM) da Secretaria de Defesa Social, instalado no bairro (próximo à estação da Compesa). A iniciativa conta com policiais do 4º BPM, Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), equipes do GATI, da Rocam e do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI).

    Representando a Casa Civil, Marcelo Canuto destacou a importância da "união e do trabalho em conjunto", em um momento que o Governo Federal deixa lacunas no seu dever de ajudar os Estados. "As prefeituras também têm seu papel. E é preciso estarmos juntos nessa batalha. Estamos num contexto social grave, de dificuldades. O Governo do Estado não faz cena com relação ao combate à violência. Aqui, todo mundo conhece o trabalho sério e responsável do governador Paulo Câmara", afirmou Canuto. 

    Chefe de Gabinete do governador, João Campos assinalou que o diálogo é uma prática do Governo do Estado. "É mais fácil acertar quando você escuta o povo e está próximo dele. Aqui nesta reunião, fizemos questão de escutar um a um. Pernambuco não é uma ilha e não está isolado do resto do Brasil. Todo mundo acompanha no noticiário a situação de outros Estados no Brasil. Aqui em Pernambuco temos uma política pública, que é o Pacto Pela Vida, com resultados. É uma política em que o governador vai à mesa como esta aqui e reúne Judiciário, Legislativo, Executivo para tratar de segurança, toda semana. Hoje, por exemplo, está acontecendo uma reunião preparatória do Pacto lá em Caruaru. O governador fez também um dos maiores pacotes de reajuste para as polícias que já se viu", elencou João Campos. 

    REDUÇÃO -  O número de homicídios em Caruaru vem decrescendo desde maio. De 31 registros naquele mês, passou para 21 em junho, 22 em julho e 18 em agosto. De maio a agosto, portanto, houve redução de 42% em apenas três meses. Ao todo, houve 193 CVLIs em Caruaru nos oito primeiros meses de 2017.

    PATRIMÔNIO - A tendência de redução de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) em Caruaru se confirma desde junho: de 934 casos naquele mês, passou-se para 822 registros em agosto. Ao todo, nos primeiros oito meses do ano de 2017, registraram-se 6.043 CVPs em Caruaru.

    FORÇA NACIONAL – Com relação ao pedido feito pela oposição, na manhã desta quarta-feira (20), para que o governador Paulo Câmara solicite a Força Nacional no Estado, o secretário Antônio de Pádua descartou. "Não necessitamos aqui em Pernambuco. Não há nenhuma consideração sobre isso. Amanhã, o governador Paulo Câmara, inclusive, estará na formatura de 1.500 novos policiais militares, que finalizaram o curso e a partir de amanhã já estarão nas ruas de Pernambuco. E o governador já autorizou que mais 500 policias sejam contratados todo ano. Serão mais 3.000 policiais até março de 2018. É um número bastante expressivo e, com esse contingente, nós teremos condições de atender as nossas demandas”, declarou Pádua. O secretário reconheceu que "os números são altos". "E é justamente por isso que estamos trabalhando incansavelmente. O Governo está empenhando todos os esforços e realizando os maiores investimentos financeiros já feitos no Estado", complementou. 
    Cidades: Caruaru, Recife
    Assuntos: raquel lyra, governo do estado, reuniao, acoes de prevencao, combate a violencia, reivindicacoes, reconhecimento
    Compartilhe: Link para o post:
  • Polícia Civil prende quinto suspeito de tentativa de homicídio de jornalista em Caruaru

    | Segurança

    Caruaru

    Homem era foragido de presídio no Rio Grande do Norte, estava escondido no bairro José Carlos Oliveira e portava duas armas

    A Polícia Civil de Pernambuco prendeu o quinto suspeito de participar da tentativa de homicídio do jornalista Alexandre Farias, em Caruaru. O crime ocorreu no último sábado (16/09). Outros três suspeitos já haviam sido detidos na segunda-feira (18/09), em uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil na qual um outro integrante do grupo acabou morto em confronto.

    Jefferson Santos da Silva, 22 anos, era foragido do Presídio de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, desde a rebelião de 14 de janeiro na unidade. Ele estava escondido em uma casa no bairro José Carlos de Oliveira, em Caruaru. Na residência, vive Pedro Guilherme da Silva Filho, 47 – padrasto de Igor Alves do Nascimento, 34, o suspeito que morreu durante a operação policial. O dono da casa está sendo autuado por associação criminosa.

    Com Jefferson, foram apreendidas duas armas: uma pistola e um revólver. Ele já responde a processo no Rio Grande do Norte por homicídio e latrocínio. Nesta terça-feira, ele foi encaminhado à Diretoria Integrada do Interior 1 (DINTER 1), na BR-104, onde se realizou o flagrante.

    As prisões relacionadas ao caso tiveram início menos de 48 horas após o crime. Os primeiros suspeitos detidos estavam no Sítio Maniçoba, na zona rural de Caruaru. Durante a operação policial, quatro suspeitos trocaram tiros com o helicóptero do Grupamento Tático Aéreo (GTA).

    De acordo com o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, o grupo é do Rio Grande do Norte e estaria em Caruaru com o objetivo de praticar assaltos, como o efetuado sábado à noite (16/09). Uma residência foi invadida, e um veículo dos moradores, roubado.

    Na fuga, os acusados chegaram a atropelar socorristas do SAMU e a vítima de acidente de trânsito que estava sendo atendida. Uma viatura da Polícia Militar que estava próxima ao local foi acionada e os suspeitos atiraram contra os policiais. Um dos projéteis atingiu o jornalista Alexandre Farias, que dirigia seu carro.

    RESPOSTA – Ainda no sábado, o delegado especial Bruno Vital foi designado pelo secretário de Defesa Social para apurar o caso. Informações das vítimas do assalto auxiliaram a Polícia Científica a confeccionar o retrato falado de dois dos suspeitos. Com a divulgação, as polícias obtiveram informações que levaram à prisão dos suspeitos. Com eles, foram apreendidas cinco armas sendo duas espingardas, dois revólveres calibre 38 e uma pistola calibre 380.

    De acordo com informações preliminares, os quatro envolvidos no crime possuem antecedentes criminais por homicídio, receptação de produtos roubados, tráfico de entorpecentes e roubo. No sítio, com eles, foram apreendidos também objetos que haviam sido roubados. As diligências para prendê-los começaram ainda no sábado, logo após o assalto, enfatizou o secretário Antônio de Pádua. “A Polícia de Pernambuco deu uma resposta eficaz e contundente à população, realizando as prisões em menos de 48 horas para apresentá-los à Justiça”, frisou.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: policia civil, caruaru, prisao do quinto suspeito, jornalista alexandre farias
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário Antônio de Pádua faz defesa do Pacto pela Vida em evento na Amupe

    | Segurança

    Amupe

    Titular da SDS ministrou palestra na Associação Municipalista de Pernambuco e ressaltou que a estratégia de segurança pública poupou 11 mil vidas em 10 anos

    O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, fez uma defesa dos resultados do Pacto pela Vida durante evento voltado aos gestores municipais do Estado. Nesta terça-feira (19/09), ele ministrou palestra durante a Assembleia Extraordinária da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), no Recife, com o tema “O papel dos municípios na segurança pública”.

    Criado há 10 anos, o Pacto pela Vida é uma política pública que integra poder público e sociedade civil na criação, execução e monitoramento de estratégias de combate à criminalidade. No evento da Amupe, o titular da SDS destacou que, ao longo da última década, 11 mil vidas foram poupadas como resultado dessa atuação.

    “O Pacto é um modelo para o Brasil, e os colegas secretários da área de segurança têm o Pacto como uma inspiração. No entanto, hoje não há uma política nacional que integre os estados e isso tem repercussão no combate à criminalidade”, considerou o secretário.

    Antônio de Pádua frisou que o engajamento dos municípios, estados e da União, de maneira integrada, é parte essencial do Pacto pela Vida. Depois de apresentar o modelo de gestão da segurança do Governo de Pernambuco na Assembleia da Amupe, ele detalhou ações importantes a serem desenvolvidas no âmbito dos municípios, que podem ter papel fundamental na segurança da população.

    Entre essas ações, está estimular a Guarda Municipal a apoiar as forças de segurança na identificação de pontos vulneráveis à violência, assim como o envolvimento da instituição na segurança comunitária. Os municípios também podem contribuir com a instalação de câmeras de videomonitoramento; o disciplinamento territorial para evitar a favelização, a qual dificulta o acesso da polícia a indivíduos envolvidos com crimes; o investimento em iluminação pública; e a inibição da perturbação do sossego.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sds, antonio de padua, palestra, amupe, pacto pela vida
    Compartilhe: Link para o post:
  • Polícias Civil e Militar prendem suspeitos de ferir jornalista em Caruaru

    | Segurança

    Menos de 48 horas após o crime, três homens foram detidos e outro foi morto em confronto na zona rural do município

    Menos de 48 horas após o crime que deixou ferido o jornalista Alexandre Farias, em Caruaru, as Polícias Civil e Militar prenderam, na tarde desta segunda-feira (18/09), os suspeitos de participar da investida. Localizados no Sítio Maniçoba, na zona rural do município, quatro suspeitos trocaram tiros com o helicóptero do Grupamento Tático Aéreo (GTA), e um deles acabou morto no confronto. Um suspeito está foragido e buscas estão sendo realizadas a fim de encontrá-lo.

    Os detalhes da operação, que teve reforço da Operação Força no Foco, foram explicados pelo secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, em entrevista coletiva na sede da secretaria, na noite desta segunda. Foram presos José Ranieri de Oliveira Simões, 32 anos, Vagner Santos Figueiredo, 30, e Victor Luiz Bezerra da Silva, 20. Um quarto integrante do grupo, identificado apenas como João Pedro, terminou morto. Todos são do Rio Grande do Norte, e seriam foragidos do Presídio de Alcaçuz, naquele estado.

    De acordo com o secretário, o grupo estaria em Caruaru com o objetivo de praticar assaltos, como o efetuado sábado à noite (16/09). Uma residência foi invadida, e um veículo dos moradores, roubado. Na fuga, os acusados chegaram a atropelar socorristas do SAMU e a vítima de acidente de trânsito que estava sendo atendida. Uma viatura da Polícia Militar que estava próxima ao local foi acionada e os suspeitos atiraram contra os policiais. Um dos projéteis atingiu o jornalista Alexandre Farias.

    O delegado especial Bruno Vital foi designado pelo secretário de Defesa Social para apurar o caso. Informações das vítimas do assalto auxiliaram a Polícia Científica a confeccionar o retrato falado de dois dos suspeitos. Com a divulgação, as polícias obtiveram informações que levaram à prisão dos suspeitos. Com eles, foram apreendidas cinco armas sendo duas espingardas, dois revólveres calibre 38 e uma pistola calibre 380.

    De acordo com informações preliminares, os quatro envolvidos no crime possuem antecedentes criminais por homicídio, receptação de produtos roubados, tráfico de entorpecentes e roubo. No sítio, com eles, foram apreendidos também objetos que haviam sido roubados. As diligências para prendê-los começaram ainda no sábado, logo após o assalto, enfatizou o secretário Antônio de Pádua. “A Polícia de Pernambuco deu uma resposta eficaz e contundente à população, realizando as prisões em menos de 48 horas para apresentá-los à Justiça”, frisou.

    REPRESSÃO – Durante a entrevista coletiva, o secretário de Defesa Social destacou os investimentos que vêm sendo feitos pelo Estado no combate à criminalidade. Somente em 2017, serão quase R$ 300 milhões aplicados na estrutura e no reforço de pessoal das polícias pernambucanas, assim como a aquisição de mais de 500 viaturas e da capacitação do efetivo policial. As medidas fazem parte do Plano Estadual de Segurança, inserido no Pacto pela Vida.

    “Sem dúvida, reconhecemos que a situação da segurança pública não só de Pernambuco, mas de todo o Brasil, tem passado por um momento difícil. Mas somos um dos estados que mais investem. Estamos reequipando a frota e, na próxima quinta-feira, mais 1.500 PMs estarão nas ruas. Outros 1.300 ingressarão na Academia de Polícia ainda este mês, e concluirão o curso no primeiro semestre de 2018. Na Polícia Civil, diversas operações de repressão qualificada já resultaram em 15 mil prisões somente este ano, dos quais mais de 1.500 eram homicidas.”, elencou Antônio de Pádua.
     
    Cidades: Caruaru
    Assuntos: policia civil, policia militar, sds, operaçao força no foco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Polícia Civil abre inquérito para investigar duplo homicídio em Boa Viagem

    | Segurança

    A Polícia Civil de Pernambuco já iniciou as investigações sobre o duplo homicídio, registrado neste domingo (17/09), no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Em coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (18/08), o delegado Luiz Andrey Oliveira, gestor da Diretoria Integrada das Especializadas (Diresp), informou que equipes do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), do Departamento de Narcotráfico e da Delegacia de Boa Viagem, atuarão de forma conjunta nas investigações.

    Esse trabalho será coordenado pelo delegado Francisco Océlio, da 3ª Delegacia de homicídio, que já está de posse dos primeiros indícios coletados no local e das informações repassadas pelas primeiras equipes da força-tarefa da DHPP, que estiveram no local logo após o ocorrido. “Provavelmente, os carros utilizados na ação foram roubados e a motivação preliminar do crime seria o conflito de traficantes da comunidade Entra Apulso e de outra comunidade da região", explicou o delegado.

    Ainda durante a coletiva, o delegado informou que serão realizadas perícias técnicas para identificar os corpos carbonizados encontrados dentro do carro. “Há uma identificação preliminar, que precisa ser ratificada pela perícia papiloscópica ou, caso não seja possível, pelo DNA. Provavelmente, as vítimas já estariam mortas, a perícia está investigando isso. A partir da identificação, a gente pode confirmar se são pessoas envolvidas com o tráfico de drogas”, completou Andrey.

    Redução da violência – Nos últimos dois meses, a Área Integrada de Segurança – 3, que engloba o bairro de Boa Viagem, tem conseguido bater as metas de redução de homicídios previstas nas ações do Pacto pela Vida. "Na Capital, conseguimos bater a meta de redução, o que não ocorria há dois anos e dois meses. Já na área de segurança de Boa Viagem, conseguimos bater a meta nos últimos dois meses, graças ao trabalho que estamos implementando de trabalhar, de forma integrada, as investigações de homicídios e tráfico de drogas. Isso porque, o trafico de drogas representa 60 a 70% da motivação dos homicídios, seja de forma direta ou indireta. Assim, aprofundaremos essa estratégia, nesse caso específico, mais uma vez”, finalizou.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sds, policia civil, diresp, dhpp, força tarefa, boa viagem
    Compartilhe: Link para o post:
  • Agosto tem redução nos homicídios e crimes contra o patrimônio

    | Segurança

    O Recife e RMR registraram o menor número de CVLIs desde novembro de 2016. A capital teve ainda estatísticas melhores em relação ao mesmo mês do ano passado

    A Secretaria de Defesa Social registrou, no mês de agosto, 413 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), 34 a menos em relação a julho (447). Com isso, o mês é o segundo de 2017 com menos assassinatos, perdendo apenas para junho (380). A queda em todo o Estado foi de 7,61%. O Recife destacou-se pelo menor número de homicídios desde novembro de 2016. Foram 50 CVLIs na capital, contra 53 no mês anterior e 71 em agosto do ano passado. Na RMR, a diminuição foi de 22 mortes (passou de 186 para 164). Esses e outros dados estatísticos estarão disponíveis no site da SDS (www.sds.pe.gov.br) na tarde desta sexta-feira (15). 

    Agosto também teve queda nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), que englobam assaltos a transeuntes, roubos a ônibus, bancos e outros que visam a subtração de valores e pertences. Foram contabilizados 10.206 crimes dessa natureza, contra 10.675 no mês anterior, o que significa uma diminuição de 4,39%. Em relação a janeiro, quando foram registrados 11.351 CVPs, a queda chega a 11,21%.

    “Tivemos, no mês de agosto, a prisão e retirada de circulação de 226 homicidas (36 a mais em relação a julho), sendo 1.583 em todo o ano. As polícias estão trabalhando de forma integrada e produzindo intensamente, fazendo a sua parte. Operações de repressão qualificada, a Força no Foco e a Impacto Integrado, já atuaram em 50 cidades pernambucanas. E estamos ampliando a ostensividade com ajustes operacionais, a exemplo do ocorrido na Avenida Agamenon Magalhaes. Teremos maior capacidade com a chegada dos 1.500 policiais militares em formação e a ativação do Biesp, em Caruaru, e do Bope, na Capital”, explica o secretário Antonio de Pádua.

    MOTIVAÇÕES - Os CVLIs de agosto foram motivados, em sua maioria, pelo tráfico de drogas e outras atividades criminais (57,6%), conflitos na comunidade (15,5%), conflitos afetivos ou familiares (exceto feminicídios) (4,1%) e feminicídio (1,5%). No último dia 4, o governador Paulo Câmara assinou decreto retirando o termo crime passional dos boletins de ocorrência. Com isso, as mortes de mulheres praticadas pelos seus companheiros ou ex-companheiros serão tipificadas como feminicídio, aumentando a notificação dos casos.

    A produtividade policial, em agosto, foi de 530 armas apreendidas, 510 mandados de prisão cumpridos, 2.298 prisões em flagrante, 519 autuações por ato infracional e 453 ações de combate ao tráfico de drogas.

    Assuntos: sds, reducao dos homicidios,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Força no Foco reforça ações de segurança em Jaboatão

    | Segurança

    Operação reúne efetivos das Polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros e da Lei Seca

    O município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR), recebe, nesta quinta-feira (14/09), a Operação Força no Foco, que integra ações das Polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros. O objetivo é combater os crimes de homicídio e tráfico de drogas.

    A ação também recebe o apoio de diversos batalhões especializados, como o efetivo das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e o Grupamento Tático Aéreo (GTA). Durante a operação, esses efetivos intensificarão as rondas e abordagens, assim como bloqueios em locais mapeados pelo maior número de ocorrências criminosas.

    O objetivo é ampliar as abordagens a transeuntes, automóveis e motos nessas áreas, assim como os veículos utilizados para transporte de passageiros. Esse trabalho também é fortalecido pela presença da Operação Lei Seca. Além disso, com o apoio da PM, o Corpo de Bombeiros colocará em prática a Operação Bar Seguro, fiscalizando e, caso necessário, interditando estabelecimentos que estejam funcionando de forma irregular.

    Ainda dentro das ações da Operação Força no Foco, a Polícia Civil estará, por meio das Forças-Tarefas de Homicídios, empenhada na instrução de inquéritos policiais de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) cometidos neste ano. A operação busca a elucidação da autoria e adoção das demais providências necessárias em relação a essas ocorrências, como a solicitação de novas perícias. As equipes ainda reforçarão as oitivas de inquéritos em aberto, assim como o cumprimento de mandados de prisão e apreensão.

    SERVIÇO

    Operação Força no Foco em Jaboatão dos Guararapes

    Dia/Horário: 14/09 às 10h

    Local: Área Integrada de Segurança – AIS 6 situada na Estrada da Batalha, em Prazeres – Jaboatão dos Guararapes.

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes
    Assuntos: sds, operaçao força no foco, policia civil, policia militar, bombeiros, lei seca
    Compartilhe: Link para o post:
  • Polícia Civil de Pernambuco recebe reforço de delegacias móveis e lancha no combate à criminalidade

    | Segurança
    Delegacias Móveis

    Os equipamentos irão fortalecer as operações ‘Força no Foco’ e ‘Verão’ em Todo o Estado, além de apoiar grandes eventos e facilitar o atendimento à população
     
    Na manhã de hoje (12), o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, fez a entrega de seis delegacias móveis e uma lancha para a Polícia Civil, na sede da corporação, localizada na Rua da Aurora, área central do Recife.  Os equipamentos estavam desativados há três anos e foram restaurados para dar maior capacidade de investigações em todo o Estado. O valor do investimento foi de R$ 108 mil por parte do Governo de Pernambuco. A partir de agora, o Estado passa a contar com oito unidades móveis.
     
    As unidades estão equipadas para executar as mesmas atividades de uma delegacia física da polícia. Duas vão atuar na Região Metropolitana do Recife, duas na Zona da Mata, duas no Agreste e duas no Sertão, contemplando todas as regiões do Estado. "Esse reforço é o compromisso do Estado com o combate à violência. Os equipamentos vão atender operações como 'Força no Foco' e 'Verão', que necessitam de uma estrutura móvel de fácil transporte e um policiamento mais ostensivo", explicou o secretário Antônio de Pádua. 
     
    As unidades também serão utilizadas em grandes eventos do Estado e para auxiliar o atendimento à população. “A Polícia ganha musculatura na repressão aos crimes com essas novas unidades. Temos quatro diretorias, cada uma delas receberá duas delegacias móveis contando com quatro a cinco cartórios onde serão instruídos os inquéritos, sobretudo os de homicídios”,  ressalta o chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle. 
     
    O delegado explicou ainda a importância dos equipamentos nas Operações Força no Foco: “as delegacias móveis irão fortalecer muito as ações que reúnem todas as forças de segurança  do Estado em um município escolhido, um esforço integrado durante 48 horas para combater a criminalidade”. Até agora, 60 municípios já receberam a Força no Foco, cerca de um terço dos municípios pernambucanos.
     
    Plano de Segurança  - O Governo de Pernambuco realiza o maior  investimento em segurança pública da história. Serão R$ 290,8 milhões destinados a ações de combate à criminalidade até 2018. Sendo R$ 150,8 milhões investidos na renovação e ampliação de frotas e equipamentos, além do recurso (R$140 milhões) destinado ao aumento do efetivo policial. Até o início do próximo ano, 4.500 novos policiais civis militares e bombeiros estarão nas ruas.
    Assuntos: sds, delegacias moveis, novos equipamentos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Drones fiscalizam rodovias no 7 de Setembro

    | Segurança

    A operação com é fruto da parceria do Batalhão e a Rota do Atlântico, que administra a rodovia que dá acesso ao Complexo de Suape e ao Litoral Sul 
     
    A partir desta quarta-feira (06/09), o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) lançará na Rota do Atlântico (PE-09) a Operação Independência, um esforço operacional da unidade na busca pela redução de acidentes e crimes nas rodovias estaduais pernambucanas durante o feriadão de 7 de Setembro. Com a expectativa da chegada do verão e o aumento no fluxo de veículos em direção às praias localizadas no litoral Norte e Sul de Pernambuco, o Batalhão realizará testes iniciais de fiscalização de trânsito por meio do uso de drones.
     
    A iniciativa, pioneira em rodovias estaduais no Brasil, será testada durante o feriado e ajudará nas ações do BPRv, que visam a redução de acidentes, geralmente ocasionados por infrações relacionadas aos itens de segurança, excesso de velocidade, desatenção e ultrapassagens indevidas.
     
    O drone poderá ser empregado também em operações policiais, como ferramenta de videomonitoramento móvel, que auxiliará o BPRv em ocorrências que envolvam interdição de rodovias, acidentes com veículos transportando produtos perigosos, roubo de cargas e tráfico de drogas.
     
    O equipamento funciona com uma câmera que é interligada a um tablet que fica com o controlador do equipamento, com imagens transmitidas em tempo real, o que facilita a prevenção e agiliza a intervenção do BPRv, já que os policiais repassam imediatamente pelo rádio comunicador qualquer movimento suspeito observado pela visão de cima.
    Assuntos: sds, drone, 7 de setembro,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Operação Força no Foco fortalece ações de segurança pública em Santa Maria do Cambucá e Ibimirim

    | Segurança

    Operação desenvolvida pelas policias civil e militar, além do Corpo de Bombeiros, a Força no Foco intensifica as ações de segurança pública, a partir desta terça (05 /09), nos municípios de Santa Maria do Cambucá, localizado no Agreste do Estado, e em Ibimirim, situado no Sertão do Moxotó.

    Durante a Operação Força no Foco, as duas cidades receberão reforço nos efetivos das forças policiais com o intuito de combater os homicídios e tráficos de drogas, além dos demais crimes ligados a essas ocorrências. Nas ruas, os policiais militares atuarão de forma a intensificar as rondas e abordagens, assim como as blitz em pontos quentes das cidades, que são aqueles conhecidos pelo maior número de ocorrências criminosas.

    O objetivo é ampliar as abordagens a transeuntes, automóveis e motos nessas áreas. Ainda com o apoio dos policiais militares, o Corpo de Bombeiros colocará em prática a Operação Bar Seguro, que busca fiscalizar e, caso necessário, interditar estabelecimentos que estejam funcionando de forma irregular.

    As investigações de homicídios também serão reforçadas. A Polícia Civil, com o apoio da PM, vai promover mobilização para realização de diligências, intimações, oitivas e cumprimento de mandados de prisão na cidade. O objetivo é elucidar a autoria de crimes em aberto, assim como adotar as demais providências necessárias para os casos.

    Lei Seca – No caso do município de Santa Maria do Cambucá, no Agreste do Estado, a Força no Foco contará com o reforço de uma equipe da Lei Seca, que realizará abordagens e ações de fiscalização.

    Cidades: Ibimirim, Santa Maria do Cambucá
    Assuntos: operaçao força no foco, sds, policia militar, policia civil
    Compartilhe: Link para o post: