meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Por videoconferência, Paulo Câmara comanda reunião com deputados estaduais

    | Política

    videoconferencia

    Participaram da conferência 42 parlamentares estaduais, dos quais 32 fizeram uso da palavra

    O governador Paulo Câmara comandou, na noite desta quarta-feira (08.04), uma reunião por videoconferência com o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros, e 42 deputados estaduais, para pontuar as ações de enfrentamento ao coronavírus implementadas pelo Governo do Estado.

    “Foram quatro horas de reunião com os deputados, onde tivemos a oportunidade de esclarecer que a Assembleia é uma grande parceira nesse processo democrático que nós vivemos de funcionamento das instituições. Agora dentro de uma epidemia mundial do coronavírus, a compreensão de todos é fundamental. Esse apoio é primordial não só em aprovação de projetos importantes para o momento, mas principalmente pelos esclarecimentos junto à população em vários pronunciamentos. Isso tudo só nos engrandece na busca de salvar vidas de Pernambuco” ressaltou o governador Paulo Câmara.

    Também participaram do encontro os secretários da Casa Civil, José Neto; da Saúde, André Longo e o de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, que apresentou aos deputados um resumo da situação da pandemia e as medidas tomadas pelo Poder Executivo Estadual. Dentre as ações apresentadas, estão o teleatendimento, ampliação de leitos, aquisição de equipamentos e EPIs, contratação dos profissionais da saúde, central de regulação e as ações sociais.  

    Fotos: Heudes Regis /SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, videoconferencia,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Elaboração do PDUI/RMR entra na reta final

    | Política, Administração

    O Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana do Recife (PDUI-RMR) entra na reta final de sua elaboração com a realização nos dias 04, 05 e 06 de fevereiro das Audiências Públicas Regionais. Os eventos ocorrerão em três regiões diferentes, com a presença de representantes dos 15 municípios metropolitanos. Na próxima etapa está prevista, ainda, a realização de um Seminário de Validação das propostas, apresentação ao Conselho de Desenvolvimento Metropolitano para aprovação e, encaminhamento, pelo Governador Paulo Câmara, do projeto de lei do PDUI/RMR à Assembleia Legislativa.

    O objetivo das audiências públicas regionais será o de apresentar as propostas de diretrizes e de ações estratégicas direcionadas à implementação das funções públicas integração econômica, desenvolvimento humano, de ordenamento urbano metropolitano, de mobilidade metropolitana e da sustentabilidade ambiental e do saneamento. Estão sendo convidados representantes do poder público (gestores e técnicos das prefeituras e do governo do estado) e da sociedade civil, especialistas, entre outros. A coordenação dos eventos é da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem.

    Pelo cronograma de trabalho, a primeira audiência pública regional ocorrerá no dia 04 (terça-feira), a partir das 8h30, no auditório do IFPE (em Ipojuca) e reunirá os municípios do sul metropolitano : Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho. No dia 05, será a vez do note metropolitano. O evento será realizado no auditório da Escola Técnica Estadual Jurandir Bezerra Lins, em Igarassu, também a partir das 8h30. Reunirá representantes de Abreu e Lima, Araçoiaba, Goiana, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Itapissuma e Paulista. Por fim, no dia 06, a audiência pública da área centro e oeste metropolitano, se dará na CTG/UFPE, na Cidade Universitária, em Recife, com a participação da população de Camaragibe, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Recife e São Lourenço da Mata.

    O PDUI-RMR é, na prática, de acordo com a presidente da Condepe/Fidem, Sheilla Pincovsky, um instrumento legal de planejamento, estabelecendo diretrizes, projetos e ações para orientar o desenvolvimento urbano e regional.

    PDUI/RMR – O processo de construção do PDUI-RMR foi iniciado em junho de 2019 com a realização das audiências públicas municipais. A ação voltou-se para divulgar o Plano, reunir a população dos 15 municípios da RMR para apresentar breve diagnóstico e discutir e sugerir propostas para o documento, levando em conta as reais necessidades dos cidadãos no dia-a-dia. A primeira destas audiências aconteceu em Olinda e a última em Goiana.

    Nestas audiências públicas entre as principais reivindicações foram apontadas: a melhoria dos transportes e da mobilidade urbana, além da preocupação com a questão ambiental, principalmente a limpeza urbana. Dentro desta ótica, foram realizados seminários temáticos, com o propósito de trazer especialistas convidados para apresentar experiências para ajudar na discussão destes desafios metropolitanos. As temáticas centrais discutidas foram : Macroeconomia e Vulnerabilidade Social; Mobilidade Metropolitana, Meio Ambiente e Sustentabilidade; e, Ambiente Construído.

    Assuntos: seduh, agencia condepe fidem, pduirmr
    Compartilhe: Link para o post:
  • Consórcio Nordeste reforça convite para o Itamaraty integrar missão comercial na Europa

    | Política
    consórcio

    BRASÍLIA - Uma comissão do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste) apresentou, nesta terça-feira (12.11), ao Governo Federal o planejamento da missão comercial que o colegiado realizará em países europeus, a partir do próximo dia 18. Os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Rui Costa (Bahia), Wellington Dias (Piauí) e o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão Júnior, aproveitaram a reunião, realizada na sede do Itamaraty, com os ministros Ernesto Araújo e Luiz Eduardo Ramos, de Relações Exteriores e Secretaria de Governo da Presidência da República, respectivamente, para reforçar o convite para a diplomacia brasileira integrar a comitiva.

    O objetivo da iniciativa é reforçar o trabalho integrado com as embaixadas para ajudar no desenvolvimento do País, por meio do Nordeste brasileiro. Durante a agenda no exterior, os gestores pretendem apresentar um mapa de oportunidades do Nordeste, com foco na ampliação de investimentos, aceleração do crescimento e geração de emprego e renda em áreas como Infraestrutura, Energias Renováveis, Parcerias Público-Privadas e Turismo.

    Diante da ocasião inédita, em que nove estados se reúnem em uma agenda internacional, o governador Paulo Câmara chamou a atenção para a oportunidade de defender e mostrar os potenciais da região. “Nessa ação conjunta, vamos colocar de forma muito clara os nossos potenciais, seja na área de energia, do turismo, que já é um grande cartão-postal nordestino, de cultura e patrimônio. Estamos em busca de mostrar que, independente da crise por que passa o Brasil, o Nordeste tem muito potencial. Temos uma mão de obra qualificada e uma infraestrutura que tem muito a ajudar a desenvolver a região, então, com certeza, tudo o que chegar no Nordeste será muito bem utilizado em nosso favor”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

    O governador da Bahia e presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, reforçou a importância da presença do Itamaraty na comitiva e que já está confirmada. “O ministro ficou de anunciar quem será ou serão os representantes que acompanharão os governadores. Estaremos lá fora representando e defendendo a região Nordeste e destacando as grandes oportunidades que existem nos estados nordestinos e, por isso, viemos reforçar o convite para que as embaixadas se façam presentes”, pontuou.

    O gestor detalhou, ainda, que, na próxima semana, os governadores nordestinos visitarão a França, Itália e Alemanha e, posteriormente, Espanha e China em outras datas. “Em todos os países, vamos chamar atenção para as grandes oportunidades que existem nos estados nordestinos. Precisamos passar confiança para o mundo de que investir no Brasil é bom, dá retorno e sobre a importância de desenvolver a região", frisou Rui Costa.
    Assuntos: sei, paulo camara, consorcio nordeste, itamaraty
    Compartilhe: Link para o post:
  • Em Fórum de Infraestrutura, Luciana defende retomada de um projeto de nação

    | Política
     fórum


    Vice-governadora apresentou novas oportunidades de investimentos no Estado, durante evento promovido pela ABDIB

    A vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, defendeu que o país precisa voltar a ter “um projeto de nação”, durante a edição Nordeste do Abdib Fórum Infraestrutura Regional. O evento aconteceu em Teresina (PI), nesta quinta (22). Um dia após reunião do Consórcio do Nordeste, ela ressaltou os esforços de integração da região, em busca da retomada do crescimento. E falou sobre novas oportunidades de investimentos em infraestrutura no Estado.  

    “Se a gente compara a taxa de investimento médio, no Brasil – juntando o público e o privado – , de 2010 a 2014, tivemos uma taxa de 20,5% do PIB. De 2014 em diante, despencamos para uma taxa de 15,5% do PIB. Os países emergentes investem o dobro do Brasil. E 90% dos países têm taxas de investimento maiores que as nossas. Precisamos resgatar o sentido de um projeto de nação”, disse Luciana, que representou Pernambuco, no evento que contou com governantes de todos os estados do Nordeste.

    Ela lembrou que, no processo de construção do país, os nordestinos sempre tiveram papel destacado. E citou como exemplo os chamados “boêmios cívicos”, que compunham a assessoria econômica de Getúlio Vargas. “Eles ajudaram a pensar o Brasil do futuro, idealizando projetos estratégicos que consolidaram o Estado brasileiro moderno, como a Eletrobras e o BNDES”, citou.

    Agora, os governadores do Nordeste se unem para fortalecer políticas públicas para o país e a região. “Não queremos nem estado mínimo, nem máximo. Mas o Estado necessário para cumprir o seu papel de indutor e garantir que isso se reflita na qualidade de vida de nossa gente”, discursou.

    Ao falar sobre a agenda de oportunidades nos setores de Energia, Transportes e Logísticas e Saneamento e Resíduos Sólidos, Luciana lembrou que Pernambuco cresce mais que o Brasil como um todo. Resgatou que, a partir das gestões de Luiz Inácio Lula da Silva, na Presidência, e Eduardo Campos, no governo, o Estado mudou sua matriz produtiva e diversificou a economia.

    “Nos inserimos em cadeias mais dinâmicas da economia, como o setor automobilístico, a indústria naval, a refinaria, a indústria farmoquímica. Tudo isso é fruto de uma decisão política, de um momento muito recente da história”, colocou.

    Também sublinhou que há hoje um esforço no sentido de formar mão de obra qualificada, ter um estado eficiente, com governo profissional e equilíbrio fiscal, e um moderno ambiente de negócios e alta competitividade.

    “Apesar da crise econômica e da instabilidade política, estamos conseguindo resistir e sobreviver. Eu sempre digo que ser bom, no bom, é fácil. Difícil é ser bom no ruim. E o governador Paulo Câmara conseguiu fazer isso”, afirmou, destacando que a educação de Pernambuco é considerada das melhores do país, segundo o Ideb, que o número de homicídios caiu pelo 20º mês consecutivo, e que há uma atuação no sentido de atrair novos investimentos para o Estado.

    A vice-governadora ressaltou que, de 2015 a 2018, houve um total de R$ 5,13 bilhões em investimentos, sendo 39,6% em recursos hídricos; 17,5% em saúde, educação e segurança; 14,8% em estradas; 8,2% em habitação.

    “Combinamos vocações e potencialidades da região aos objetivos de desenvolvimento sustentável, a partir de uma visão de inclusão social, de beneficiar o povo pernambucano, para que ele tenha condições de trabalho e qualidade de vida. Quando observamos o orçamento e os investimentos, é o reflexo dessa visão. Na infraestrutura básica, de água e saneamento, são quase 40% da capacidade de investimento. Isso impulsiona não só a economia, mas beneficia a população diretamente”, declarou.

    Ao final de sua apresentação, Luciana listou novas oportunidades nas áreas de infraestrutura turística, de logística e energia e desenvolvimento urbano. Entre elas, os aeroportos de Petrolina, Fernando de Noronha e Serra Talhada; obras em BRs 102, 232 e 116; a Transnordestina (trecho de Suape); e obras para eficiência e aproveitamento energético.

    Assuntos: vice governadoria, abdib
    Compartilhe: Link para o post:
  • Consórcio do Nordeste avança em negociações para ações conjuntas entre os estados

    | Política

    vice

    A vice-governadora Luciana Santos foi a representante do Governo de Pernambuco na reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, que aconteceu nesta quarta-feira (21), em Teresina (PI). Ela substituiu o governador Paulo Câmara que esteve em agenda em Petrolina, em mais uma rodada dos seminários Todos Por Pernambuco.

    Os governadores aproveitaram o encontro para avançar no planejamento estratégico do Consórcio e discutir um mapa das oportunidades de investimentos no nordeste. “O consórcio é a consolidação de um esforço muito saudável, de um conceito integrado que entende que nós temos situações muito parecidas, sejam de problemas históricos como a ausência de um projeto nacional de desenvolvimento que incluísse as regiões e enfrentasse as desigualdades regionais, até questões condicionantes como as similaridades na convivência com o semiárido ou no potencial turístico, por exemplo, então temos que buscar convergência também nas questões econômicas”, avaliou Luciana Santos.

    Durante os trabalhos da tarde, foi anunciada a constituição de um grupo de trabalho para acelerar os arranjos necessários para a compra coletiva de insumos e equipamentos de saúde. Na próxima terça-feira (27), os secretários de Saúde se reunirão em Salvador na perspectiva de que possam publicar o primeiro edital de compra coletiva ainda no mês de agosto.

    Também foi decidida a data e agenda da visita do consórcio à Europa, que deve acontecer em novembro com reuniões na Alemanha, França, Espanha e Itália. De acordo com Rui Costa, governador da Bahia e presidente do consórcio em 2019, a inclusão de Portugal no roteiro está em negociação. Outro ponto anunciado foi a realização de reunião técnica em Fortaleza, já na próxima semana, para afunilar os detalhes do Termo de Referência para parceira público-privado na área de tecnologia e informação. A proposta denominada Nordeste Conectado visa, principalmente, atração de investidores internacionais.

    “Somos eminentemente ainda um região agropecuária, mas já conseguimos nos inserir numa cadeia mais dinâmica da economia. Nós temos setor automotivo; refinaria; uma matriz energética diversificada, renovável e limpa; precisamos ter oportunidade de nos articular e fortalecer essas vocações e acho que o consórcio tem um papel decisivo nessa direção. É um momento de auge. Paradoxalmente temos um ambiente nacional de muita desesperança, mas aqui a gente procura trabalhar para alimentar e lutar para que cheguem os serviços essenciais para nossa gente”, comentou Luciana Santos.

    Ao final do encontro foi divulgada uma carta com a síntese dos debates e uma  preocupação acerca do anúncio de privatização de empresas estatais. “Sem estudos técnicos aprofundados e a necessária compreensão de todos os impactos, tais vendas poderão trazer consequências negativas para a soberania nacional e um possível retrocesso à integração regional”.

    Além de Luciana Santos (PE) participaram da reunião os governadores Flávio Dino (MA); Rui Costa (BA); Belivaldo Chagas (SE); João Azevedo (PB); Fátima Bezerra (RN), Camilo Santana (CE), Wellington Dias (PI), e os vice-governadores Luciano Barbosa (AL) e Regina Sousa (PI).  A próxima reunião discutirá como ponto principal a Reforma Tributária e acontecerá em Natal (RN), com data a ser definida entre os dias 15 e 17 de setembro, período que a capital recebe o Encontro Brasil – Alemanha.

    Assuntos: vice governadoria, consorcio nordeste
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara vai analisar a proposta de Reforma da Previdência para propor sugestões ao Congresso

    | Política
    forum

    Proposta do Governo Federal foi apresentada, em Brasília, durante o III Fórum de Governadores 

    BRASÍLIA -  O governador Paulo Câmara afirmou, nesta quarta-feira (20/02), que vai avaliar, junto com o corpo técnico do Governo de Pernambuco, cada uma das propostas que constam no texto da Reforma da Previdência, apresentado hoje pelo Governo Federal. Essa análise permitirá à administração estadual a possibilidade de contribuir com o texto, que tramitará no Congresso Nacional. 

    "Em Pernambuco, vamos analisar de maneira célere todos os pontos, para um posicionamento e oferecimento de sugestões ao Congresso Nacional", indicou Paulo Câmara, completando: "São muitas alterações, algumas em cima justamente dos mais pobres, o que nos causa muita preocupação, como as propostas para a concessão do Benefício de Prestação Continuada e de aposentadoria rural."

    A apresentação da proposta da Reforma da Previdência foi realizada durante o III Fórum de Governadores, no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Participaram da reunião o ministro Paulo Guedes (Economia), o  general Santos Cruz (Secretaria de Governo), e o secretário especial de Previdência, Rogério Marinho, que detalhou as medidas sugeridas pela União. 

    Entre as propostas incluídas na reforma apresentada pelo Governo Federal está a determinação da idade mínima de aposentadoria, de 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens; o tempo de contribuição passa de 15 para 20 anos (incluindo a aposentadoria para trabalhadores rurais); o fim da aposentadoria por tempo de contribuição, após um período de transição; idade mínima e 60 anos para trabalhadores rurais; e mudanças na alíquota de contribuição.

    FINANÇAS – No próximo dia 19 de março, os governadores voltam a se encontrar com o ministro Paulo Guedes. A pauta da reunião será a definição de medidas emergenciais de ajuda financeira aos Estados. O evento será novamente no Centro Internacional de Convenções, em Brasília.
    Assuntos: sei, paulo camara, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara recebe embaixador da Suíça, Andrea Semadeni

    | Comunicação, Economia, Política

    suiça

    Em encontro nesta segunda-feira, no Recife, governador debateu com o diplomata a possibilidade de novas parcerias entre o Estado e o país europeu

    Visando fortalecer a parceria e as relações comerciais entre Pernambuco e a Suíça, o governador Paulo Câmara recebeu, nesta segunda-feira (18.02), no Palácio do Campo das Princesas, o embaixador daquele país europeu no Brasil, Andrea Semadeni. Setores como serviços, comércio, tecnologia e inovação foram debatidos entre o chefe do Executivo estadual e o embaixador, que reiterou o interesse da Suíça em estreitar relações com o Estado.

    Andrea Semadeni aproveitou o encontro para falar sobre o Seminário Internacional Suíça e Brasil, que será realizado no Recife, em parceria com a Federação as Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe). O evento, que acontece amanhã (19), na Casa da Indústria, vai reunir autoridades empresariais, acadêmicas e políticas para discutir o panorama de novos negócios e potencialidades econômicas entre os dois países.

    “Fiz questão de vir conversar com o governador e informá-lo que estamos fazendo uma missão oficial de promoção do comércio e também de cooperação tecnológica de inovação entre o Brasil e a Suíça. Estamos organizando vários seminários, encontros com pessoas da academia, do setor privado para fortalecer essa relação bilateral com o Estado de Pernambuco”, destacou o embaixador.

    Participaram da audiência o secretário-chefe da Assessoria Especial, Antônio Figueira, o cônsul Honorário da Suíça no Recife, Rodolfo Fehr, e o cônsul geral da Suíça no Rio de Janeiro, Rudolf Wyss.




    Assuntos: governo de pernambuco, paulo camara, suiça, parceria
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara destaca relevância do MPPE durante posse do procurador-geral de Justiça

    | Política, Administração

    MPPE 

    Governador participou da solenidade que consagrou o início do segundo mandato de Francisco Dirceu de Barros à frente da instituição 

    O governador Paulo Câmara participou, na noite desta sexta-feira (15.02), da cerimônia de posse de Francisco Dirceu de Barros como procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco para o biênio 2017-2019.  À frente do órgão desde 2017, Dirceu foi o mais votado da lista tríplice na eleição do MPPE, com 281 votos. A solenidade, realizada no Centro Cultural Rossini Alves Couto, em Santo Amaro, área central do Recife, contou com representantes dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, além de procuradores-gerais do Ministério Público brasileiro.

    "Esse ato de hoje é um reconhecimento do trabalho que foi feito pelo procurador Dirceu nos últimos dois anos. Um trabalho que foi reconhecido pela categoria e que mostra claramente a função fundamental de combate à violência, à corrupção, às injustiças sociais, que o Ministério Público tem feito. Cabe a nós fazer as parcerias necessárias para que o órgão possa fortalecer sua missão, contando sempre com o apoio das instituições democráticas", destacou Paulo Câmara.

    Ao expressar sua gratidão pela confiança de todos os membros do MPPE, o procurador disse estar animado para o novo mandato, e pontuou os desafios para os próximos anos. "Vamos fazer um Ministério Público mais próximo da sociedade, que resgate a cidadania e que combata com mais eficiência a criminalidade", afirmou, reforçando que a expectativa é investir mais em inteligência artificial para o fortalecimento das atividades do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPPE (Gaeco).

    BIOGRAFIA – Natural do Crato (CE), Francisco Dirceu de Barros ingressou no MPPE em 1º de outubro de 1999, como promotor de Justiça na Comarca de Exu, no Sertão de Pernambuco. Passou – como titular ou por cumulação – pelos municípios de Correntes, Moreilândia, Ouricuri, Trindade, Bodocó, Panelas, Águas Belas, Lagoa do Ouro, Angelim, Jurema, Bom Conselho e Garanhuns. Em fevereiro de 2014, foi promovido para a segunda Promotoria Criminal de Garanhuns. Conhecido por ser professor, ele é mestre em Direito e especialista em Direito Penal e Processo Penal, sendo o autor de mais de 70 títulos.

    Foto: Heudes Regis/SEI

    Assuntos: governo de pernambuco, paulo camara, mppe,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco representará região Nordeste em fórum nacional

    | Política

    forum

    No Fórum Nacional de Secretarias Estaduais do Trabalho, Alberes Lopes foi escolhido par integrar a diretoria executiva e representar a região nordestina  

    O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, foi escolhido para integrar a diretoria executiva do Fórum Nacional de Secretarias Estaduais do Trabalho. Aos 36 anos, ele representará a região Nordeste, como vice-presidente. É o mais jovem da diretoria.
     
    Alberes Lopes está em Brasília reunido com outros secretários que representam a mesma área nos demais estados do País. 
     
    Secretários adjuntos também foram convidados para o encontro, onde estão sendo discutidos temas como a extinção do Ministério do Trabalho e como as funções dele devem ser distribuídas para outras pastas do governo federal. 
     
    A reunião está sendo presidida por Milton Rattes de Aguiar, ex-presidente do Fórum Nacional de Secretarias Estaduais do Trabalho. A reestruturação do Fonset, inclusive, é um dos assuntos que serão debatidos ao longo do dia.
    Assuntos: sempetq, forum nacional
    Compartilhe: Link para o post:
  • Zé Maurício assume Secretaria Executiva de Relações Institucionais

    | Política
    mauricio

    O ex-deputado estadual José Maurício Cavalcanti assumiu a Secretaria Executiva de Relações Institucionais da Casa Civil. O governador Paulo Câmara nomeou o ex-parlamentar, nesta terça-feira (12.02). Zé Maurício, que é economista e já foi secretário de Habitação da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes e superintendente do Ministério de Agricultura do Estado de PE, esteve à frente de dois mandatos na Alepe. Na Casa Joaquim Nabuco, foi presidente da Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Alepe e defendeu a proteção do meio ambiente, a garantia da sustentabilidade, as questões de abastecimento d’água em PE e a defesa e promoção dos direitos humanos.
    Assuntos: sei, paulo camara, casa civil
    Compartilhe: Link para o post: