meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Paulo Câmara empossa Kaio Maniçoba como novo secretário de Habitação

    | Política, Administração

    O novo gestor substituirá Bruno Lisboa, que assume a presidência da Agência Estadual de Planejamento
    e Pesquisas de Pernambuco (CONDEPE/FIDEM)

     
    O governador Paulo Câmara empossou, na tarde desta quinta-feira (13.07), durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, o novo secretário de Habitação do Governo de Pernambuco, Kaio Maniçoba. O gestor se licenciou do cargo de deputado federal para  substituir Bruno Lisboa, que passará a presidir a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (CONDEPE/FIDEM). Na solenidade, Paulo destacou as tarefas que serão cumpridas pelo novo auxiliar.
     
    “A habitação precisa ser prioridade, ter um olhar diferenciado, pois é uma área estratégica e fundamental, que dá dignidade à população. Kaio traz, no seu DNA, o compromisso de trabalhar por aqueles que mais precisam e, diante do nosso maior desafio, que é melhorar a vida do povo pernambucano, está pronto para essa tarefa”, afirmou o governador Paulo Câmara, ressaltando que Kaio encontrará a pasta organizada, com planejamento, mas com muitos desafios pela frente. “Hoje, Bruno entrega a secretaria a Kaio com condições de ele mostrar o trabalho e fazer as entregas que são importantes para a população pernambucana”, registrou.
     
    Após assumir oficialmente a Secretaria de Habitação, Kaio Maniçoba agradeceu ao governador pela confiança e afirmou estar consciente da nova missão à frente da pasta. O novo gestor disse, ainda, que, a experiência de dois anos de mandato como deputado federal agregará à gestão. “Sei dos desafios e do trabalho que precisaremos fazer para trazer mais recursos para o Estado. Quero não só levar adiante o que já está acontecendo na secretaria, mas também trazer coisas novas, para que a gente possa continuar com Pernambuco seguindo em frente, pensando no futuro. É isso que nos motiva a fazer parte dessa grande gestão que é a do governador Paulo Câmara”, declarou.
     
    Paulo também agradeceu ao agora presidente da CONDEPE/FIDEM, Bruno Lisboa, pelo trabalho realizado à frente da Secretaria de Habitação e registrou que ele deixa a pasta para seguir em um novo desafio. “Bruno foi um batalhador e destravador e, agora, vai para uma nova missão que, embora não seja fácil, com certeza, vai dar conta. Ele vai atuar, decisivamente, até o final do ano, para destravarmos o Estatuto da Metrópole, que é um desafio, diante do crescimento das cidades, de ordenamento urbano na Região Metropolitana”, pontuou.
     
    Com relação à Operação Prontidão, realizada nos municípios atingidos pelas chuvas no último mês, o governador ressaltou que Kaio começará a atuar na reconstrução da Mata Sul e que Bruno continuará o trabalho que vinha realizando.  “Bruno vai continuar a nos ajudar onde ele tem se dedicado, nos últimos meses, integralmente, que é na Operação Prontidão. E Kaio vai nos ajudar na reconstrução, pois vamos precisar de novas casas, construídas em locais adequados”, concluiu.

    Estiveram presentes na solenidade o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; os secretários Antonio Figueira (Casa Civil); Alexandre Valença (Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação); coronel Eduardo Pereira (Casa Militar); Ruy Bezerra (Controladoria); Milton Coelho (Administração); Nilton Mota (Agricultura e Reforma Agrária); Roberto Franca (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude); Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão); Lúcia Melo (Ciência e Tecnologia); César Caúla (Procuradoria Geral do Estado); Sérgio Xavier (Meio Ambiente e Sustentabilidade); José Neto (Projetos Especiais); o secretário-executivo de Projetos Especiais das Cidades, Fernando Freire; e o prefeito do Recife, Geraldo Julio.
     
    Participaram, ainda, os deputados federais Augusto Coutinho e Gonzaga Patriota; e os deputados estaduais Rodrigo Novaes, Laura Gomes, Ricardo Costa, Everaldo Cabral; Eriberto Medeiros, Claudiano Martins e Beto Accioly.
     
    BREVE PERFIL - Kaio Cesar de Moura Maniçoba Novaes Ferraz é recifense e nasceu em 14 de novembro. É filho de Kaio Novaes Ferraz e Rorró Maniçoba. Na Câmara dos Deputados, Kaio atuou na Comissão Permanente de Desenvolvimento Urbano, entre maio de 2016 e fevereiro de 2017, e na Comissão de Defesa do Consumidor, em maio deste ano.
    Assuntos: condepe, sehab,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo transfere sede do Governo para o Cabo por um dia

    | Política
    Nesta sexta-feira, o governador assinou decreto que oficializa mudança temporária do Governo de Pernambuco 

    Para comemorar o aniversário de 140 anos do Cabo de Santo Agostinho, celebrado no dia 9 de julho, o governador Paulo Câmara irá transferir, na próxima segunda-feira (10.07), a sede do Governo de Pernambuco do bairro de Santo Antônio, no Centro do Recife, para o município da Região Metropolitana. Durante a mudança, que durará apenas um dia, o chefe do Executivo estadual comandará uma série de ações, a partir do Centro Administrativo da cidade. Ao lado do prefeito Lula Cabral, Paulo anunciará importantes obras e iniciativas que vão beneficiar a população cabense e de toda a região.  

    Às 9h, Paulo iniciará os despachos administrativos com o prefeito Lula Cabral, na sede da gestão municipal. Na sequência, no Auditório do Centro Administrativo, Câmara assina termo de doação de terreno para a construção, na PE-60, da nova sede do 18º Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco. A estrutura, que hoje funciona no bairro da Cohab, também será reforçada com ações previstas no Plano de Segurança de Pernambuco, lançado em abril, e dará uma contribuição significativa para o combate à violência no município. 

    A implantação do batalhão contará com a ajuda de emendas parlamentares - do deputado Everaldo Cabral e do prefeito Lula Cabral, do período em que ele era membro da Assembleia Legislativa - que serão liberadas durante a agenda. Cada uma das indicações orçamentárias corresponde ao valor de R$ 500 mil, totalizando R$ 1 milhão.

    O governador também lançará o edital de licitação da ponte que ligará BR-101 Sul ao Distrito Industrial do Cabo de Santo Agostinho e assinará a Ordem de Serviço para o início das obras da PE-33. A rodovia terá 8,8 km de extensão e será concluída em 18 meses. Logo depois, Paulo ainda assinará o contrato que vai possibilitar a instalação da Academia Pernambuco. O espaço será montado em um piso emborrachado especialmente para a prática de musculação e atividades funcionais e de ginástica. 

    Às 12h10, Paulo Câmara encerra a sua visita ao município na inauguração do Hotel Intercity Suape, que fica localizado próximo ao Shopping Costa Dourada. No momento, o governador se reunirá no hotel com empresários e convidados locais.
    Cidades: Cabo de Santo Agostinho
    Assuntos: cabo de santo agostinho, governo de pernambuco, paulo camara, lula cabral
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo defende novo Pacto Federativo durante a Marcha dos Prefeitos

    | Política
    Brasilia

    Governador de Pernambuco participou de painel sobre as reformas 
     
    BRASÍLIA - O governador Paulo Câmara defendeu hoje (17/05) a Reforma do Pacto Federativo Brasileiro, durante debate promovido na programação da Marcha dos Prefeitos. "A unidade dos prefeitos e dos governadores pode fazer a diferença, de forma que possamos oferecer melhores serviços de Educação, Saúde e Segurança Pública à população. Um novo Pacto Federativo é urgente e necessário", afirmou Paulo. 

    O governador lembrou que, em 1990, a União era responsável por 75,6% dos gastos públicos com Saúde, enquanto Estados e municípios somavam 24,4%. Hoje, essa relação passou para 43% da União e 57% para Estados e municípios. 

    "Precisamos desconcentrar receitas e competências. Nos últimos anos, prefeitos e governadores ganharam novas competências sem que tenha ocorrido a respectiva redistribuição de receitas", explicou Paulo Câmara. 

    Para o governador pernambucano, o debate sobre as reformas institucionais é fundamental. "Precisamos de mais discussões como essa promovida pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O diálogo é fundamental para que a gente construa o Brasil que desejamos", ponderou.

    A XX edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios começou no último dia 15 e vai até o próximo 18 de maio, com a bandeira da luta pela melhoria dos serviços prestados ao cidadão nas cidades, através da revisão do Pacto Federativo e da implementação de medidas que promovam maior  equilíbrio das contas públicas municipais.  O movimento é organizado pela Confederação Nacional dos Municípios.

    Fotos: Ennio Benning/SEI
    Assuntos: Paulo Camara, brasilia, marcha dos prefeitos, pacto federativo brasileiro,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara recebe ministro Moreira Franco no Palácio do Campo das Princesas

    | Política, Suape


    Moreira Franco

    O governador Paulo Câmara recebeu, nesta quinta-feira (11.05), no Palácio do Campo das Princesas, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco.

    No encontro, os gestores conversaram sobre parcerias entre o Governo Federal e o Governo de Pernambuco na área de infraestrutura, entre elas: a volta do controle das atividades do Complexo Industrial Portuário de Suape ao Estado. O presidente Michel Temer volta a Pernambuco ainda neste mês para oficializar a devolução.

    Participaram da reunião também o vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; o deputado federal Fernando Monteiro; e o secretário estadual da Casa Civil, Antonio Carlos Figueira. 

    Fotos: Roberto Pereira/SEI

    Assuntos: paulo camara, suape, ministro moreira franco, raul henry,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara: "reformas não podem prejudicar os trabalhadores"

    | Política
    Governador volta a defender diálogo para melhorar proposta da Reforma da Previdência


    O governador Paulo Câmara disse, nesta quarta-feira (26/04), em entrevista à Imprensa, que acredita que as chamadas reformas institucionais são necessárias, mas alertou para propostas que possam prejudicar quem mais precisa do serviço público. "Entendo que as reformas devem ser feitas para cortar privilégios e não para prejudicar os trabalhadores e aqueles que mais precisam do poder público", disse Paulo.

    Sobre a Reforma Trabalhista, que está para ser votada hoje pelo plenário da Câmara dos Deputados, Paulo Câmara informou que orientou os deputados federais do PSB a votar segundo o encaminhamento do partido. "O PSB tem uma posição clara no sentido de que a reforma não seja feita em prejuízo dos segmentos mais vulneráveis", destacou.

    O governador Paulo Câmara também falou sobre a Reforma da Previdência: "reconhecemos que o relatório mais recente traz avanços como na questão dos trabalhadores rurais e na questão das mulheres, no entanto, pode-se avançar ainda mais. Precisamos olhar, por exemplo, a situação dos trabalhadores informais, que dificilmente atingirão os 25 anos de contribuições, assim como dos atendidos pelo benefício de prestação continuada, que representam a maior parte dos segurados de Pernambuco", frisou.

    Paulo afirmou que há tempo disponível para ampliar a discussão sobre as mudanças na Previdência. Ainda temos duas ou três semanas até à votação do projeto. Tempo, portanto, para aprofundar o debate e construir um acordo. "É fundamental que uma decisão desta dimensão seja encaminhada com diálogo, com todos podendo dar sua contribuição sem preconceitos. "Não podemos interditar o diálogo", ponderou.

    Com relação às manifestações previstas para esta sexta-feira (28/04), o governador de Pernambuco afirmou: "No Brasil, os avanços que conquistamos, ao longo da nossa história, foram frutos da mobilização popular, com a participação ativa da sociedade. Esses movimentos, sempre que ocorreram no nosso País, trouxeram coisas positivas. Espero que essa manifestação de sexta-feira tenha esse papel".
    Assuntos: Reforma da previdência, paulo camara, governo de pernambuco,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Nos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, governador inaugura igreja no Cabo de Santo Agostinho

    | Política


    Localizado no Distrito de Jussaral, o espaço celebrou a primeira missa para mais de 1000 pessoas vindas de várias  regiões vizinhas

    O governador Paulo Câmara participou, neste sábado (22.04), da inauguração da Igreja Nossa Senhora Aparecida, no Distrito de Jussaral, no Cabo de Santo Agostinho. A primeira missa no espaço sagrado foi em comemoração aos 300 anos da última aparição de Nossa Senhora Aparecida. A igreja, construída em homenagem à Santa, também recebeu a réplica da imagem da padroeira do Brasil que peregrinou por todas as paróquias da Arquidiocese de Olinda e Recife durante o último ano.

    Para o governador Paulo Câmara, a inauguração da igreja será importante para os moradores de Jussaral. "Com certeza, vai marcar a vida de quem mora aqui. Vai ajudar no processo de evangelização, levando a palavra de Cristo para termos um mundo mais justo, com mais paz, amor e união", afirmou. O chefe do Executivo estadual também destacou que, embora o momento pelo qual o País esteja passando seja de dificuldade, momentos como esse ajudam muito. "Saímos daqui hoje com mais energia, mais determinados, com mais vontade de ajudar a população e a trabalhar muito por um Pernambuco melhor", ressaltou.

    "É com muita alegria que estivemos, hoje, em Jussaral, para a inauguração desta igreja, que conseguimos edificar com muito esforço. Somos muito gratos a todos que colaboraram, inclusive o governdo do Estado", afirmou o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, destacando que a igreja será um santuário de Nossa Senhora Aparecida. "Ainda estamos no tempo da Páscoa, então juntar esses dois elementos, a inauguração e a chegada da imagem da padroeira, é uma alegria enorme para esse povo", completou o religioso que nasceu no município.

    Presidente da Obra de Maria, Gilberto Barbosa explicou que, durante um ano, a replica da imagem de Nossa Senhora Aparecida percorreu, ao todo, 120 paróquias e capelas da Arquidiocese de Olinda e Recife. “Agora, a Santa encontrou o seu lugar”. Ele conta que a nova igreja, que ficou pronta após um ano de obras, vai dar espaço para mais fiéis. “Tínhamos apenas uma capelinha, mas que não comportava todos os fiéis. Agora, a igreja tem capacidade para mil pessoas”, comemorou Barbosa.

    Fotos: Wagner Ramos/SEI

    Assuntos: Paulo camara, governo de pernambuco, cabo de santo agostinho, igreja de nossa senhora aparecida,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Presidente Temer afirma a Paulo que vai promover mudanças na Reforma da Previdência

    | Política, Administração

    Governador de Pernambuco também recebeu a garantia de que o Governo Federal não vai cortar ou reduzir recursos para as obras hídricas. Autonomia de Suape também entrou na pauta da conversa

    BRASÍLIA - O governador Paulo Câmara se reuniu hoje (05.04) pela manhã, no Palácio do Planalto, com o presidente Michael Temer. Paulo atendeu convite do presidente para a conversa. Entre os assuntos tratados na reunião, que durou 1h, a Reforma da Previdência, o andamento das obras hídricas de Pernambuco e a autonomia do Porto de Suape.

    "O presidente Temer me revelou que o deputado federal Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), relator da matéria, está ouvindo as bancadas no Congresso Nacional e que vai promover mudanças na proposta de Reforma da Previdência encaminhada pelo Governo Federal". Paulo disse que reconhece a necessidade da Reforma, mas falou ao presidente das preocupações dos governadores do Nordeste com relação à assistência social do trabalhador rural e o acesso ao Benefícios de Prestação Continuada. "A Reforma não pode prejudicar os mais vulneráveis".

    "Também pedi ao presidente que o Governo Federal deixasse as obras hídricas de fora do contigenciamento. No sexto ano consecutivo de seca no Nordeste, o que precisamos é de acelerar as obras em andamento para que a população de Pernambuco e dos outros Estados do Nordeste diminuam o sofrimento causado pela falta d'Água". Segundo o governador de Pernambuco, o presidente Temer garantiu a priorização para não haver redução dos recursos para os projetos hídricos.

    Outro assunto abordado por Paulo Câmara foi o retorno da autonomia do Porto de Suape, tirada pelo Governo Federal em 2013. Segundo o presidente Michel Temer, em breve o Governo estará publicando decreto que devolverá a Suape a competência para condução de estudos, a elaboração dos editais, a realização dos procedimentos licitatórios e a celebração dos contratos relativos aos arrendamentos portuários. Com a autonomia, Suape também passará a ser responsável pela aprovação das expansões e adensamento de áreas e, prorrogações antecipadas de contratos em vigência. "Essa medida corrigirá uma injustiça que foi cometida contra Pernambuco e contra Suape e permitirá que o nosso Porto continue crescendo num ritmo acelerado", disse Paulo Câmara.


    Assuntos: paulo camara, governo de pernambuco, michel temer, reforma da previdência, obras hidricas, autonomia suape, benefícios prestação continuada, trabalhador rural,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governadores do Nordeste definem pauta para reduzir desemprego e retomar o crescimento econômico

    | Política
    governadores do NE

    Não-contigenciamento de recursos para obras hídricas e o subfinanciamento da Saúde estão entre os temas prioritários. Reforma da Previdência também entrou na pauta dos líderes nordestinos
     
    FORTALEZA - Os governadores do Nordeste fizeram hoje (29/03) o primeiro encontro do ano para discutir temas de interesse da região. "Entendemos que todas essas medidas são fundamentais para que a gente possa retomar a criação de empregos e a redução das desigualdades históricas no Nordeste", disse o governador Paulo Câmara sobre a pauta do encontro.  A reunião contou com as presenças do anfitrião, Camilo Santana, e dos governadores Wellington Dias (Piauí), Robinson Faria (Rio Grande do Norte), Renan Filho (Alagoas) e Ricardo Coutinho (Paraíba) e do vice-governador de Sergipe, Belivaldo Chagas. Paulo participou com os secretários Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão) e Marcelo Barros (Fazenda).

    Na "Carta de Fortaleza", os líderes dos Estados nordestinos relacionaram temas de interesse regional: a obtenção imediata do alongamento das dívidas do BNDES sem diferenciação de fontes, incorporando todas as linhas de financiamento; liberação dos empréstimos já autorizados em 2016; a convalidação dos incentivos fiscais, fazendo a transição para um sistema que acelere o crescimento econômico das regiões Norte-Nordeste; apoio à Emenda Constitucional que autoriza a securitização da Dívida Ativa do setor público brasileiro; o não-contingenciamento das obras hídricas no orçamento do Governo Federal; ampliação das fontes de financiamento à saúde, assegurando aos menos favorecidos o direito garantido pela Constituição Federal; definição de uma estratégia nacional de enfrentamento da questão da segurança pública; liberação da bolsa estiagem e também a suspensão dos pagamentos das dívidas dos agricultores afetados pela seca; garantir a  imediata realização dos leilões de energia solar e eólica suspensos em dezembro de 2016.

    "O Brasil é um país muito grande. Não dá para discutir um tema da seriedade, da importância da Reforma da Previdência sem ter um olhar para a peculiaridade regional. Precisamos separar a Previdência da Seguridade Social. Todos sabemos, por exemplo, que o maior contigente de trabalhadores rurais está na nossa região. São pessoas que precisam de um tratamento diferenciado", avaliou Paulo, ao falar sobre a Reforma da Previdência.

    Crédito: Marcos Studart/Governo do Ceará


    Assuntos: Reunião de Governadores do Nordeste, reforma previdência, carta de fortaleza,
    Compartilhe: Link para o post:
  • União e Estados buscam destravar a Transnordestina

    | Política
    Ministros e governadores se reuniram com ministro-relator do Tribunal de Contas da União para que as obras da ferrovia sejam retomadas

    BRASÍLIA - Os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Camilo Santana (Ceará) e Wellington Dias (Piauí) e os ministros Maurício Quintella (Transportes) e Dyogo Oliveira (Planejamento) se reuniram ontem (15/02) à noite com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Walton Alencar Rodrigues, para buscar a retomada das obras da Ferrovia Transnordestina. O ministro bloqueou repasse de recursos federais para o projeto. O TCU apontou descompasso entre os valores dos investimentos já realizados e o andamento da ferrovia.

    A reunião contou também com a participação do  vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Raul Henry, e do presidente da Transnordestina, Sergio Leite.

    No encontro de hoje, ficou definido que serão enviadas as informações exigidas pelo Tribunal para que a questão possa ser reavaliada pela equipe técnica do TCU.  Além disso, o ministro Walton assegurou que a conclusão da ferrovia é uma prioridade do TCU e que tão logo as informações sejam fornecidas, o caso será reavaliado para se verificar as condições necessárias para a retomada dos repasses de recursos.

    Fotos: Humberto Pradera/Divulgação


    Assuntos: paulo camara, governo de pernambuco, raul henry, ferrovia transnordestina,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara se reuniu com Temer em Brasília para falar de segurança, desemprego e crescimento econômico

    | Economia, Política, Segurança, Emprego

    Governador tratou de segurança, desemprego e retomada do crescimento

    BRASÍLIA - O governador Paulo Câmara se reuniu com o presidente Michel Temer nesta quarta-feira (09.02), no Palácio do Planalto. Na oportunidade, Paulo tratou de temas nacionais, como as reformas importantes para o País, a segurança pública, o desemprego e a retomada do crescimento econômico.

    "A conversa foi positiva. Mostramos mais uma vez que vamos colaborar com os projetos fundamentais para o Brasil sair da crise e ajudar os Estados e municípios a voltarem a crescer", destacou Paulo Câmara. Ele estava acompanhado do presidente do PSB, Carlos Siqueira;  do senador Fernando Bezerra Coelho; da deputada Tereza Cristina; além do vice-governador de São Paulo, Márcio França.

    Junto com Siqueira, Paulo, que também é vice-presidente do PSB, reafirmou para o presidente Temer que continuará defendendo as bandeiras históricas do partido, como o desenvolvimento social, o combate à pobreza, a universalização da educação.

     "Colocamos as preocupações que nós temos com o País, como o atual momento da segurança pública. Hoje, vários Estados enfrentam problemas com as polícias, os presídios, as drogas e o desemprego. Coloquei ao presidente que este é um debate nacional. Precisamos de resultados rápidos. É isto que a população espera de nós", defendeu Paulo.

    Fotos: Beto Barata e Marcos Corrêa/PR
    Assuntos: paulo camara, michel temer,
    Compartilhe: Link para o post: