meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • SDSCJ realiza encontro regional da Assistência Social

    | Juventude, Infância

    Carpina foi sede do encontro da Mata Norte

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) realizou nos dias 1 e 2 de fevereiro, no município de Carpina, na Mata Norte do Estado, o II Encontro Itinerante de Assessoria Técnica do Sistema Único da Assistência Social (SUAS). O evento em Carpina reuniu cerca de 80 secretários municipais e profissionais da rede socioassistencial de 20 municípios da Mata Norte, no Centro de Eventos Salesianas Carpina (CESC), no bairro de São José, em Recife.

    Segundo a Executiva de Assistência Social, Socorro Araújo, o objetivo deste encontro é prestar assessoria técnica aos municípios para a melhoria do atendimento a população. “O encontro busca oferecer aos gestores e trabalhadores da assistência social subsídios para qualificar a atuação nos territórios. São momentos, também, para a troca de experiências e um momento de escuta dos municípios a partir das suas demandas”, disse.

    A ideia é contribuir para o aprimoramento do Sistema Único de Assistência Social em Pernambuco, apoiando os gestores e trabalhadores na garantia da proteção social a população. Os encontros, que estão em seu segundo ano, são uma realização do Governo Paulo Câmara, por meio da Executiva de Assistência Social da SDSCJ, em parceria com o Centro de Desenvolvimento e Cidadania (CDC).

    Segundo a gerente de Vigilância Socioassistencial de Nazaré da Mata, Miriam do Nascimento, quando a secretária Geruza Salustiano assumiu a Assistência Social de Nazaré, a política estava abandonada no município. “Entrar em contato com outros gestores nos encontros e com a assessoria técnica da Executiva de Assistência Social fizemos mudanças significativas, como a reabertura do Creas em maio de 2017”, disse Miriam, que trabalha com a política social a mais de dez anos.

    Programação - Este ano serão realizados mais cinco encontros regionais, em cidades polos, facilitando o acesso e participação do maior número de profissionais, de todo o Estado. Os próximos eventos serão em Recife (Região Metropolitana, dias 01 e 02 de março), Garanhuns (Agreste Meridional, dias 08 e 09 de março), Caruaru (Agreste Central, dias 13 e 14 de março), Salgueiro (Sertão Central, dias 19 e 20 de março) e Afogados da Ingazeira (Sertão do Pajeú, dias 21e 22 de março).

    Durante os encontros serão abordados em palestras, com debates e atendimento individualizado, diversos temas pertinentes à Política de Assistência Social como: Gestão do SUAS, Indicadores Sociais, Gestão Financeira e Orçamentária, Relação entre o SUAS e o Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional, e Metodologias do Trabalho Social com Famílias, entre outros.

    No segundo dia, a plenária será dividida em quatro grupos de trabalho, com os seguintes temas: benefícios do SUAS; Gestão Administrativa, Financeira e Orçamentária no SUAS; atuação do SUAS no enfrentamento à violência doméstica e violação de direitos e Prontuário SUAS e Registro Mensal de Atendimento (RMA).

    Foto: Divulgação/SDSCJ

    Cidades: Carpina
    Assuntos: sdscj, encontro regional, assistencia social, suas, governo de pernambuco, cdc, paulo camara
    Compartilhe: Link para o post:
  • Rede hoteleira receberá orientações sobre crimes de exploração sexual e trabalho infantil

    | Juventude, Infância

    Ação, que faz parte do programa Atenção Redobrada, acontece em Olinda, Recife e Jaboatão de segunda (05) à quarta-feira (07)

    Com a proximidade do Carnaval, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) incrementa as ações itinerantes de combate ao trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes com atuações educativas nas redes hoteleiras das cidades de Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes. A prática também será estendida ao sistema de transportes e comércio que fica no entorno dos hotéis. A operação faz parte do programa Atenção Redobrada e começa na segunda-feira (05) e segue até a quarta-feira (07).

    Uma equipe de profissionais da Gerência de Políticas para a Criança, que é vinculada à Secretaria Executiva de Políticas para a Criança e Juventude (SEPCJ), e da Secretaria Executiva de Assistência Social (Seass), entrará em todos os hotéis e pousadas para explicar sobre os crimes de violência e exploração que envolvem crianças e adolescentes, pontuar sobre as consequências de quem executa ou colabora para a efetivação dos crimes e equipar os responsáveis e locais com materiais educativos e de alerta, como folders e cartazes.

    O gerente de Políticas para a Criança da SEPCJ, Macdouglas de Oliveira, ressalta que durante o período carnavalesco a vulnerabilidade e a exploração infantil e juvenil tende a aumentar. Com a ação a expectativa é receber mais denúncias e conseguir reduzir comportamentos indevidos. “O espaço que receber crianças sem identificação ou permitir que façam uso de álcool e outras drogas, por exemplo, será responsabilizado pelo crime, podendo ter o estabelecimento fechado e o responsável preso. É um programa educativo, com o intuito de informar que qualquer órgão da prefeitura ou do Estado, que esteja no festejo, pode receber a denúncia e encaminhar para o atendimento”, destaca.

    Em 2017, a Ouvidoria da SDSCJ recebeu mais de 1,5 mil denúncias de crimes envolvendo crianças e adolescentes. Para o secretário da SDSCJ, Cloves Benevides, ações educativas são necessárias para sensibilizar e orientar os pernambucanos e turistas sobre condutas inadequadas previstas na legislação brasileira e tipificadas como crime. “Essas ações são importantes, pois o estado mobiliza e orienta a sociedade, fortalece a rede de garantia e proteção de crianças e adolescentes, além de permitir que todos exerçam a cidadania, contribuindo para coibir condutas inadequadas. É Atenção Redobrada de todos: Governo, rede de proteção e cidadãos. Cada um fazendo a sua parte”, destaca.

    Conheça o Atenção Redobrada

    O programa educativo Atenção Redobrada é realizado em parceria com os municípios em grandes eventos culturais. Iniciada no São João de 2011, a partir da demanda de oferecer maior proteção às crianças e adolescentes nos grandes e médios eventos festivos, a ação chama a atenção da sociedade contra violações de direitos às crianças e adolescentes (trabalho infantil, exploração sexual e venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos). Esta ação é planejada com a articulação entre secretarias estaduais e municipais, e executada pelas prefeituras em ação conjunta com o governo estadual, através de parceria formalizada por meio de termo de cooperação técnica.

    Programação da Ação

    Segunda-feira (05), a partir das 8h30 - Olinda
    Terça-feira (06), a partir das 8h30 - Recife
    Quarta-feira (07), a partir das 8h30 - Jaboatão dos Guararapes

    Foto: Divulgação/SDSCJ

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: atencao redobrada, sdscj, sepcj, seass, cloves benevides, exploracao sexual, trabalho infantil
    Compartilhe: Link para o post:
  • Filho de servidor da PGE embarca para a Nova Zelândia pelo Programa Ganhe o Mundo

    | Educação, Juventude

    O estudante Seminaldo Davi de Souza da Silva, filho do servidor Seminaldo Amaro da Silva, do Núcleo de Dívida Ativa da Procuradoria da Fazenda, é um dos 184 alunos de escolas públicas estaduais que embarcaram esta semana rumo à Nova Zelândia, por meio do Programa Ganhe o Mundo (PGM), do Governo de Pernambuco. O rapaz de 16 anos é aluno do 3º ano da Escola de Referência do Ensino Médio (Erem) Luiz Rodolfo de Araújo Júnior, em Caetés I, em Abreu e Lima.

    A Secretaria de Educação informa que, por intermédio do PGM, os alunos terão a chance de estudar por um semestre letivo no país da Oceania, onde poderão, além de aprender um novo idioma, explorar novos costumes e enriquecer o seu repertório cultural. Para se candidatar ao PGM, os alunos precisam estar participando do Programa Segunda Língua, que oferece 25 mil vagas anualmente em todo o Estado. Destes, mil são selecionados para participar do PGM em países como Estados Unidos, Nova Zelândia, Canadá, Austrália, Alemanha, Espanha, Colômbia, Argentina, Uruguai e Chile.

    O servidor da PGE-PE está radiante com a conquista do filho. “É emocionante. Ter um filho numa escola pública e ele ter a oportunidade de estudar no exterior. Estou lisonjeado com a conquista dele, de ficar entre os mil de 25 mil concorrentes. Ele se esforçou e se dedicou muito para conseguir a vaga”, disse o pai orgulhoso, sem esconder que já está com muita saudade.

    Seminaldo Davi embarcou domingo (29/1) para a Nova Zelândia e após quase três dias de viagem chegou ao destino final, Auckland, maior cidade e o principal centro financeiro e econômico do país. “Ele está bem, nos falamos pelo Whastapp, e ele já mandou fotos de lá”, contou o pai, acrescentando que durante os próximos quatro meses, Seminaldo Davi ficará hospedado na residência de uma família com mais dois estudantes orientais. “É para estimular a prática do idioma. Lá os intercambistas só podem se comunicar em inglês.”

    O estudante pernambucano é atleta de taekwondo há dois anos. “O esporte ajudou na disciplina. Desde que entrou na Erem, no 1º ano, ele me disse que queria participar do Ganhe o Mundo e já ingressou no curso preparatório de inglês oferecido na escola (Programa Segunda Língua). A rotina foi puxada nesses dois anos. De manhã, escola com integral na terça e quinta e todas as tardes o curso de inglês. À noite, treino de taekwondo. Estava determinado a passar. É tudo mérito dele, resultado de esforço e dedicação”, relatou Seminaldo.

    Assuntos: pge, see, educacao, ganhe o mundo, nova zelandia,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Projeto Camaragibe Melhor realiza seminário de resultados

    | Juventude, Emprego

    O projeto Camaragibe Melhor realiza, na próxima terça-feira (30), o seminário final: resultados e lições aprendidas. No evento será apresentada a contribuição da iniciativa, destacando a importância da integração de ações de fortalecimento da sociedade civil e formação profissional e geração de renda de jovens, com atenção particular à questão de gênero. O evento ocorrerá, das 9h às 12h, no espaço Art Festa Recepções, localizado em Camaragibe (Rua Teodoro Borges, 65, Timbi). A ação é apoiada pela União Europeia e executada pela Fundação AVSI, em parceria com a AVSI Brasil, a Prefeitura de Camaragibe e o Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades.

    Está prevista no seminário a presença do secretário das Cidades, Francisco Papaléo, do diretor-presidente AVSI Brasil, Fabrizio Pellicelli, do prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, secretário executivo da Secid, Nelson Menezes, secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Camaragibe, Paulo Wilton, e da auditora fiscal do Trabalho e presidente do Fórum de Aprendizagem de Pernambuco (FORAP), Simone Brasil. Dentro da programação, será apresentada a metodologia de trabalho do Camaragibe Melhor, um debate sobre a importância de investir no fortalecimento de entidades da sociedade civil e formação profissional de jovens, além da geração de renda. Ao final, a experiência de desenvolvimento urbano integrado, resultados e lições aprendidas serão repassados aos presentes.

    A fase inicial do projeto contribui para a formação e inserção de mais de 200 jovens no mercado de trabalho e de mais de 170 jovens, que foram preparados para entrar no meio profissional. Além disso, o Camaragibe Melhor realizou diagnóstico e trabalho com as organizações de base do município por considerar a sociedade civil importante para o desenvolvimento. Essas organizações juntas beneficiam mais de 18 mil pessoas. O objetivo foi voltado para o desenvolvimento institucional, buscando fortalecer o diálogo com o município e apoiar projetos desenvolvidos pelas organizações.

    A cooperação finaliza com a execução de seis projetos socioambientais de organizações da sociedade civil como parte da contrapartida do Governo de Pernambuco, por meio da Secid, cujo cronograma físico - financeiro é de oito meses de execução, nos quais serão  desenvolvidas ações no  município na área socioambiental, cultural e educativa. A expectativa é que beneficie 420 pessoas de Camaragibe com mais ações de fortalecimento da sociedade civil.

    Cidades: Camaragibe
    Assuntos: secid, francisco papaleu, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Camarotes de Acessibilidade abrem inscrição no dia primeiro de fevereiro

    | Juventude, Direitos Humanos

    Além do Galo da Madrugada, os camarotes vão funcionar em Olinda, Bezerros e Vitória

    As inscrições para os Camarotes da Acessibilidade no Carnaval 2018 abrem nesta quinta-feira (1/2), a partir das 8h. Neste ano, as pessoas com deficiência poderão curtir o carnaval em quatro camarotes: no Galo da Madrugada, no Recife, em Olinda, em Vitória de Santo Antão e em Bezerros.

    Os interessados da Região Metropolitana do Recife (exceto a capital) e interior devem entrar em contato no dia 1º de fevereiro, das 8h às 16h, com a Ouvidoria Social da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) pelo telefone (81) 3183-3075. O serviço exclusivo às pessoas surdas será por meio do Whats app no telefone 9.8494.2310.

    Nas outras localidades (Olinda, Vitória e Bezerros), a inscrição deverá ser feita diretamente com a Prefeitura do respectivo município, nos telefones abaixo. A Superintendencia Estadual de Apoio a Pessoa Com Deficiencia (Sead) é parceira de todas as prefeituras municipais e vai apoiar a iniciativa levando a equipe da Central de Libras.

    Os Camarotes da Acessibilidade no sábado do Galo (10/2) ficará na Avenida Sul, próximo à praça Sérgio Loreto, no Recife – nas imediações do camarote oficial do Galo da Madrugada e do Mercado das Flores. O Camarote da Acessibilidade em Olinda, em parceria com a Prefeitura, funcionará no bairro do Carmo: Av. São Francisco, na praça do Carmo. O camarote de Olinda estará aberto, nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro, a partir de 9h.

    INTERIOR - Em Bezerros, o camarote estará localizado na Praça Duque de Caxias, na sede da Prefeitura, e funcionará nos dias 10,11 e 12 de fevereiro, das 10h às 16h. O camarote de Vitória de Santo Antão vai estar na Praça Diogo Braga, na matriz.

    Mais informações:

    Cidades: Bezerros, Olinda, Recife, Vitória de Santo Antão
    Assuntos: sdscj, sead, carnaval, camarotes de acessibilidade, acessibilidade
    Compartilhe: Link para o post:
  • Adolescentes da Funase visitam o Universo Compesa

    | Juventude, Direitos Humanos

    funase

    Espaço interativo e multimídia sobre o saneamento em Pernambuco funciona na sede da companhia, no bairro de Santo Amaro

    Um grupo de adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) do município de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul, visitou hoje (26) o Universo Compesa, um espaço digital interativo e multimídia destinado à educação socioambiental, que funciona na sede da companhia, no bairro de Santo Amaro. Essa foi a segunda visita de internos da instituição realizada nesta semana, outro grupo de jovens do Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) da Funase de Jaboatão dos Guararapes também conheceu o Universo Compesa

    Durante as visitas, os adolescentes aprenderam sobre a história do saneamento e da Compesa, o processo de abastecimento de água, de coleta e tratamento de esgoto, além de dicas de consumo racional da água e para a preservação do meio ambiente. Com o apoio de maquetes em 3D, que oferecem navegação simples e interativa, os jovens conheceram o funcionamento de uma Estação de Tratamento de Água (ETA) e de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), e também as principais obras que a companhia está realizando no estado para a melhoria dos seus serviços em saneamento ambiental.

    De acordo com o psicólogo da Funase, Valdir Peixoto, as saídas das unidades são ações de um projeto socioeducativo que proporciona aos adolescentes conhecerem os equipamentos culturais e educativos. A primeira atividade do grupo aconteceu no Universo Compesa, também estão programadas visitas a outros espaços como o Museu do Homem do Nordeste e o Cais do Sertão. Ainda segundo Valdir Peixoto, para participar das atividades externas, os adolescentes precisam atendem a critérios de participação na escola e de comportamento. “A visita ao Universo Compesa foi muito interessante, pois os adolescentes conseguiram apresentar uma boa interação com as ferramentas disponibilizadas no espaço”, observou o psicólogo Valdir Peixoto.

    Para Daniela Lima, responsável pelas visitas ao Universo Compesa, essa parceria com a Funase contribui para a relação desses adolescentes com temáticas importantes, como o saneamento e preservação dos recursos hídricos, numa linguagem acessível e por meio de ferramentas tecnológicas que atraem a atenção do público. “Sabemos que essas interações colaboram para a ressocialização deles junto à sociedade e estamos satisfeitos em poder dar essa contribuição”, explica Daniela Lima.

    Serviço:
    Universo Compesa
    Onde: Centro Administrativo Governador Eduardo Campos (Avenida Jayme da Fonte, s/n, Santo Amaro)
    Visitação: segunda a sexta-feira, das 9h às 13h / 14h às 17h
    Entrada: gratuita
    Informações e agendamentos de visitas mediadas: Fone: 81 3412-9039 universocompesa@compesa.com.br

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Recife, Vitória de Santo Antão
    Assuntos: funase, sdscj, compesa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Adolescentes da Funase discutem empoderamento feminino e vivenciam a cultura

    | Juventude, Cultura, Direitos Humanos

    Encontros foram promovidos pelo projeto “Outras Palavras”. Estiveram presentes o músico Cannibal, a autora Cida Pedrosa, 
    o autor Mário Filipe Cavalcanti e o grupo Aliados CP.

    Visando estreitar o contato com a educação através das artes, o projeto “Outras Palavras”, do Governo de Pernambuco, foi realizado pela primeira vez em unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). No último dia 18, as socioeducandas do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Santa Luzia receberam a autora e poetisa pernambucana Cida Pedrosa e o grupo de hip hop Aliados CP. Já no dia 19, os socioeducandos do Case Jaboatão dos Guararapes passaram à tarde com o músico Canibal, integrante da Banda Devotos, e com o autor pernambucano Mário Filipe Cavalcanti, premiado no 3º Prêmio Pernambuco de Literatura.

    Para as adolescentes do Case Santa Luzia o “Outras Palavras” levou cultura através da escrita, por meio da autora e poetisa Cida Pedrosa. O momento foi repleto de empoderamento feminino, com discussões sobre a violência contra a mulher a declamações de poemas de sua autoria. “Eu adorei participar desse momento, por já ter advogado em casos de menores, e vemos o quanto elas são sedentas e precisam de arte e cultura. Proporcionar isso é transformador”, contou Pedrosa.

    O grupo Aliados CP, que há mais de dez anos divulga a cultura hip-hop através das rimas e canções, mesclando com as expressões culturais pernambucanas, levou música à unidade. O momento também foi de bate-papo. “Buscamos sempre levar auto-estima, mostrar um novo caminho, e a cultura é o instrumento perfeito”, destacou ManoGão, integrante do grupo. A socioeducanda L.S., de 19 anos, foi uma das participantes da tarde cultural. “Foi muito legal, a melhor tarde de todas. Adorei o poema e as danças”, disse.

    Já no Case Jaboatão dos Guararapes o debate sobre literatura contou com a presença do autor pernambucano Mário Filipe Cavalcanti. Ele tirou a curiosidade de muitos dos adolescentes de como se escreve um livro, além de incentivar a leitura constante. “A gente percebe como eles precisam de leitura, apesar de ver que eles têm bastante contato com a arte através da música. Vejo que foi uma experiência diferente, que despertou a minha humanidade interior”, contou Cavalcanti.

    O incentivo aos socioeducandos para seguirem seus sonhos e encontrarem outro caminho foi levado por Cannibal, vocalista e baixista da banda de punk rock Devotos. Ele compartilhou um pouco de sua história por meio de vídeos e da música. “A música que eu faço é justamente para este público, que não tem muito acesso e tem outra mentalidade”, destacou.

    Um dos adolescentes mais participativos, o jovem W.V., de 15 anos, recebeu um livro do escritor, além de uma camisa do projeto “Outras Palavras” e um CD da Banda Devotos. “Aprendi que para ser alguma coisa na vida, tem que querer”, disse. Encerrando as visitas nas unidades da Funase, a Vice-presidente da Fundarpe e gestora do projeto, Antonieta Trindade, viu como muito positiva essa experiência. “Foi algo novo, tanto para nós quanto para os socioeducandos. Só de ajudá-los a pensar fora da caixa e sonhar com o mundo diferente lá fora, já vale a pena”, compartilhou.

    O “Outras Palavras” foi levado às unidades da Funase por meio de uma parceria com a Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e a Fundação de Patrimônio Histórico de Pernambuco (Fundarpe), realizadoras do projeto. A pretensão é dar continuidade a momentos como esse no ano que vem. “Nós do Eixo profissionalização também nos preocupamos em facilitar o acesso à cultura, esporte e lazer, e cremos que com isso podemos proporcionar outras liberdades, liberdade enquanto eu me candidato a um lugar no futuro”, destacou o responsável do Eixo Profissionalização da Funase, Normando Albuquerque.

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Recife
    Assuntos: secult, fundarpe, sdscj, governo de pernambuco, projeto outras palavras, funase, case
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário Cloves Benevides se reúne com gestores da Funase

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância

    Gestores Funase  

    Momento foi de conhecimento mútuo, onde os presentes compartilharam os avanços do ano, assim como as dificuldades e os desejos para 2018.

    Na última quinta-feira (21), o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Cloves Benevides, se reuniu com gestores das unidades de atendimento socioeducativo da Região Metropolitana do Recife e também do Interior do Estado, além da Diretora-Presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Nadja Alencar, seus diretores, assessores e funcionários da instituição.

    A reunião aconteceu no auditório da sede Funase e foi um momento de conhecimento mútuo, onde os presentes compartilharam os avanços deste ano, assim como as dificuldades e os desejos para o próximo, com a apresentação do Plano de Ação Prioritário, que prevê melhorias infra-estruturais além de melhorias nas condições de trabalho.

    Para o secretário, o grande desafio é estruturar o sistema e destaca a organização com um dos valores da Funase. "Do ponto de vista de saber onde ir, não há dúvida: esse sistema tem convicção do caminho que quer percorrer. Pernambuco marca posição de que o ambiente da medida é um ambiente que deve refletir as condutas e o preparar para a convivência sócio-familiar", completou.

    Comandando a SDSCJ desde o início deste mês, Clovis Benevides já visitou grande parte das 23 unidades distribuídas por todo o Estado. "Do ponto de vista pedagógico e educacional, do trato com os adolescentes, é surpreendente perceber a organização do sistema, a qualidade das práticas, das equipes e de tudo que aqui é desenvolvido. Seja no Grupo de Orientação a Drogadição, seja nas salas de Robótica, seja na organização das escolas, que são de fato um ambiente de educação, com aulas regulares e as atividades culturais", pontuou o secretário

    Nos próximos dias 27 e 28, o secretário juntamente com Nadja Alencar, segue para Petrolina, onde vai conhecer de perto o trabalho desenvolvido na Casa de Semiliberdade (Casem), no Centro de Internação Provisória (Cenip) e no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) lá instalados.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdscj, funase, socioeducandos, encontro gestores
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fóruns da Juventude começam no Recife

    | Juventude, Infância

    Governo presente 

    Executivas da SDSCJ se unem para momento de escuta nas comunidades

    Para chegar junto das comunidades mais vulneráveis, a nova estratégia do Programa Governo Presente é começar o debate junto com o segmento mais vulnerável à violência: os jovens. O Fórum da Juventude é a nova ação do programa em 14 bairros prioritários, onde serão ouvidas as propostas de minimizar a violência, em conjunto com escolas, entidades e coletivos juvenis das comunidades.

    Além dos 14 territórios prioritários, o Governo Paulo Câmara está, com o Governo Presente, em outras 32 comunidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Petrolina, no intuito de diminuir os índices de violência, levando políticas públicas e ações de cidadania.

    Neste mês de dezembro as Estações do Governo Presente realizaram seus fóruns em quatro bairros no Recife e dois bairros em Caruaru. Os Fóruns da Juventude tiveram 432 participantes de 13 escolas do Pina, Dois Unidos, Santo Amaro e Cohab, no Recife, já em Caruaru, eles ocorreram no Salgado e em São João da Escócia. O calendário de atividades será retomado no próximo ano.

    O Fórum é uma forma de controle social e uma iniciativa das executivas da SDSCJ: de Políticas para Criança e Juventude (SEPCJ) e de Articulação Social (SEART), em parceria com a Secretaria Estadual de Educação. A ação é conduzida pelos próprios jovens e trabalha nos eixos da segurança, educação, saúde e infraestrutura.

    O programa pretende, no ano que vem, implantar nas escolas os Núcleos de Cultura de Paz. Segundo a secretária executiva da SEART, Anelena Almeida “O caminho encontrado para montar os Núcleos de Cultura de Paz é primeiro o momento de escuta da juventude nos fóruns, a partir daí identificar as potencialidades da juventude local para que sejam multiplicadores dos temas nas escolas”.

    Fóruns – No fórum da Cohab os jovens apontaram como perspectiva para o futuro ter uma profissão com estabilidade financeira e uma sociedade mais igualitária, sem homofobia. Já a juventude de três escolas do Pina se reuniram na Escola Estadual Delmiro Gouveia, nomesmo bairro, para participar do primeiro Fórum da Juventude do Recife, realizado no dia 4 de dezembro.

    As demandas debatidas no Pina foram a violência no bairro (assaltos, disputa por facções dentro da comunidade, gerando conflitos entre os moradores e medo), falta de policiamento, de comunicação entre as pessoas e de saneamento na comunidade do Bode.

    Brenda Aparecida, 15, que estuda na Escola Nossa Senhora da Conceição, no Pina, acredita que o evento é uma oportunidade para serem ouvidos e mudarem a comunidade para melhor. “No Bode tem muita sujeira e falta policiamento e iluminação. O principal problema é mesmo a falta de diálogo entre as pessoas, que disputam espaços, brigam e não se unem para mudar as coisas”, disse.

    Ao todo foram 24 encontros preparatórios em 12 escolas e seis Fóruns da Juventude pela Prevenção, onde houve a participação de 792 jovens. Os fóruns voltam a acontecer em fevereiro com programação até o final do ano.

    Programa – Com foco no atendimento a pessoas inseridas na faixa etária de 15 a 29 anos, adolescentes e adultos provenientes dos sistemas de medidas socioeducativas e prisional, os que cumprem penas alternativas e os usuários de álcool e outras drogas, o Governo Presente é um programa de garantia de direitos e de prevenção social da violência, coordenado pela Executiva de Articulação Social (SEART) da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ).

    Instituído em 2011, como braço da prevenção social dentro do Pacto Pela Vida, o Governo Presente é um programa que articula 161 secretarias e órgãos parceiros que buscam integrar suas ações dentro do Plano Territorial de cada território. O plano engloba seis tipos de atuações: cultura de paz, mediação de conflitos, acompanhamento das demandas dos universos prioritários, ação de cidadania, diálogo com territórios e inserção socioprodutiva.

    Cidades: Caruaru, Petrolina, Recife
    Assuntos: sdscj, governo de pernambuco, paulo camara, sepcj, seart, programa governo presente
    Compartilhe: Link para o post:
  • Jovens da Funase são inseridos no mercado de trabalho por meio de programas de aprendizagem

    | Juventude, Direitos Humanos

    Prática vem mostrando como a sociedade civil pode fazer a diferença na vida dos socioeducandos ao oferecer oportunidades.

    Tendo a profissionalização como uma das prioridades institucionais de caráter inclusivo, a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) contabiliza números positivos das parcerias firmadas tanto com entidades do poder público quanto com empresas privadas. Neste ano, 26 socioeducandos foram inseridos no mercado de trabalho por meio de articulações do Eixo Profissionalização da instituição, assim como por meio dos projetos Vida Aprendiz e o Novas Oportunidades, do Governo Paulo Câmara, coordenados pela Secretaria de Desenvolvimento Social Criança e Juventude (SDSCJ).

    Esse trabalho de preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho é movido pela troca. Enquanto os jovens desenvolvem competências para o mundo do trabalho, os empresários contribuem para a formação desses futuros profissionais. Uma das empresas parceiras da Funase na busca pela construção de novos projetos de vida para os adolescentes é a Viana & Moura Construções, que desde 2014 recebe socioeducandos das unidades de atendimento de Caruaru.

    Adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru, inserido nos cursos de Alvenaria e de Eletricista Predial de Baixa Tensão e no curso de Pedreiro ministrados no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), têm a oportunidade de colocar em prática o conhecimento adquirido, pelo período de 6 meses, tendo total chance de efetivação no futuro. Segundo o assistente de pessoal da Viana & Moura Construções, Rafael Moreira, inicialmente, a intenção era completar o quadro de funcionários. “Com o tempo percebemos a importância do papel social que estamos desempenhando ao abrir as nossas portas a esses adolescentes. Priorizamos o respeito e temos como um dos nossos valores a responsabilidade pessoal e o serviço ao outro, ter compaixão e empatia. Não é porque eles cometeram um erro que não merecem outra chance”, finalizou.

    Essa confiança no futuro, que começa a ser construído no presente, é um dos sentimentos carregados por A.S.G., adolescente de 18 anos, que passou pela Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru e está prestes a ter sua primeira experiência no mercado de trabalho formal. Aluno do curso de Pedreiro ele conta que nunca pensou em desenvolver essa atividade. “O que eu vou ser mesmo é professor, mas aqui no curso eu venho me surpreendendo comigo mesmo, por conseguir aprender e desenvolver também nessa área”. Para 2018, ele quer focar no trabalho, que deve iniciar em Janeiro, e esquecer o passado. “O Jovem Aprendiz me dá a oportunidade de ser um espelho para os que acham que a vida não tem mais jeito. Basta estudar e se esforçar. Todo mundo tem chance. Comigo está dando certo, Graças a Deus”, enfatizou.

    Além das empresas privadas, o Poder Judiciário tem sido um dos grandes parceiros na construção de uma sociedade mais inclusiva. A exemplo disso, foi lançado pela Vara Regional da Infância e Juventude da Comarca de Arcoverde o projeto “Aprendizagem Legal”. A iniciativa tem como objetivo promover - além da profissionalização -, o resgate da auto-estima, o protagonismo juvenil e a conquista da autonomia. O projeto foi elaborado pela equipe inter-profissional da 14ª Circunscrição e é executado em parceria com a Funase e com o Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco (CIEE-PE).

    Mais avanços serão comemorados. Em Caruaru, a Funase vem se mobilizando, juntamente com a Vara da Infância e Juventude do município, na busca por novas parcerias. “É preciso fazer com que a sociedade se perceba protagonista do papel que tem na reinserção dos socioeducandos. Não podemos marginalizá-los. É preciso oportunizar escolhas a esses jovens, para não haver uma perpetuação da violência”, compartilhou o psicólogo da Vara da Infância e Juventude, Felipe Amorim.

    Neste sentido, já foram realizadas reuniões com representantes do empresariado, entre eles a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC) e o SindLojas. Segundo a Diretora-Presidente da Funase, Nadja Alencar, este apoio é fundamental para que os jovens e adolescentes elaborem um novo projeto de vida, longe da vulnerabilidade. “Os adolescentes que chegam na Funase necessitam de oportunidades para que possam desenvolver todas as suas potencialidades e nós precisamos de duas coisas: prepará-los e contar com o apoio da sociedade para reintegrá-los ao convívio social”, enfatizou.

    Assuntos: sdscj, funase, socioeducandos, paulo camara, projeto vida aprendiz, projeto novas oportunidades, casem
    Compartilhe: Link para o post: