meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Coordenadores de programas de proteção da SEDH participam da “Caravana Acolher e Proteger”

    | Juventude, Infância

    A formação que teve início nesta terça-feira (22/05) segue até a próxima sexta-feira (25/05) tem base na Lei 13.431, de 4 de Abril de 2017, que rege a garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência.

    Coordenadores do Programa de Proteção a Criança e ao Adolescente Ameaçado de Morte (PPCAAM) e o do Núcleo de Acolhimento Provisório (NAP), vinculados a Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), participarão da “Caravana Acolher e Proteger”, promovida pelo Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-PE), em parceria com a Escola de Conselhos de Pernambuco. O encontro que tem a finalidade de capacitar, formar e debater sobre a Lei 13.431, de 4 de abril de 2017, teve início na terça-feira (22/05) segue até a próxima sexta-feira (25/05), em Recife e nos municípios de Caruaru e Arcoverde, já na cidade de Aliança o evento acontecerá no dia 29/05.

    Passando pela Região Metropolitana, Agreste, Sertão e por último Zona da Mata, a Caravana direcionada para rede do município e regiões circunvizinhas, é formada por conselhos tutelares, Poder Judiciário, Ministério Público (MP), defensores públicos e representantes de secretarias de assistência social. A formação, com início previsto às 8h30, seguido do credenciamento, será dividida em duas mesas de diálogos, a primeira a partir das 9h30, sobre “Letalidade contra criança e adolescentes”,  já a segunda será às 14h, com o tem sobre “Lei 13.431/2017: Perspectivas”. Os horários seguem iguais para todas as cidades. Os interessados em participar deverão realizar a inscrição pelo site: https://goo.gl/forms/5PDW5Y9zWqHJrRQr1 .

    Para o coordenador do PPCAAM, Caco Araújo, a participação do programa na caravana é importante para que haja a aproximação com os conselheiros tutelares. “Tendo em vista que a principal porta de entrada das demandas acontece através dos conselhos, é essencial que a gente possa está lá nesses momentos e espaços dos próprios conselheiros, levar o programa, o funcionamento e, mais do que tudo, multiplicar nesses espaços e disseminar o sistema de proteção por todo o Estado”, explica.

    Datas e locais da Caravana:

    22/05: Recife: Auditório da Biblioteca Setorial da UFRPE (próximo ao CEGOE) – Rua Manuel de Medeiros, 36 - Dois Irmãos, Recife – CEP: 52171-011

    24/05: Caruaru: COMVIVA Caruaru – Rua Justino Francisco da Silva, 995 – Bairro Cedro – CEP: 55020- 608

    25/05: Arcoverde: Rua Anderson Henrique Cristiano, Bairro Por do Sol – Arcoverde

    29/05: Aliança 

    Assuntos: sedh, ppcaam, nap, cedca, mp, caravana acolher e proteger,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Coordenadores de programas de proteção da SEDH participam da “Caravana Acolher e Proteger”

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância

    A formação que acontecerá de 22 a 25/05 tem base na Lei 13.431, de 4 de Abril de 2017, que rege a garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência.

     Coordenadores do Programa de Proteção a Criança e ao Adolescente Ameaçado de Morte (PPCAAM) e o do Núcleo de Acolhimento Provisório (NAP), vinculados a Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), participarão da “Caravana Acolher e Proteger”, promovida pelo Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-PE), em parceria com a Escola de Conselhos de Pernambuco. Os encontros que acontecerão de 22 a 25/05, em Recife e nos municípios de Carpina, Caruaru e Arcoverde, têm a finalidade de capacitar, formar e debater sobre a Lei 13.431, de 4 de abril de 2017.

    Passando pela Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e por último Sertão, a Caravana direcionada para rede do município e regiões circunvizinhas, é formada por conselhos tutelares, Poder Judiciário, Ministério Público (MP), defensores públicos e representantes de secretarias de assistência social. A formação, com início previsto às 8h30, seguido do credenciamento, será dividida em duas mesas de diálogos, a primeira a partir das 9h30, sobre “Letalidade contra criança e adolescentes”,  já a segunda será às 14h, com o tem sobre “Lei 13.431/2017: Perspectivas”. Os horários seguem iguais para todas as cidades. Os interessados em participar deverão realizar a inscrição pelo site: https://goo.gl/forms/5PDW5Y9zWqHJrRQr1 .

    Para o coordenador do PPCAAM, Caco Araújo, a participação do programa na caravana é importante para que haja a aproximação com os conselheiros tutelares. “Tendo em vista que a principal porta de entrada das demandas acontece através dos conselhos, é essencial que a gente possa está lá nesses momentos e espaços dos próprios conselheiros, levar o programa, o funcionamento e, mais do que tudo, multiplicar nesses espaços e disseminar o sistema de proteção por todo o Estado”, explica.

    Datas e locais da Caravana:

    22/05: Recife: Auditório da Biblioteca Setorial da UFRPE (próximo ao CEGOE) – Rua Manuel de Medeiros, 36 - Dois Irmãos, Recife – CEP: 52171-011

    23/05: Carpina: Auditório da Prefeitura de Carpina – Praça São José 95 – São José, Carpina – CEP: 55815-040

    24/05: Caruaru: COMVIVA Caruaru – Rua Justino Francisco da Silva, 995 – Bairro Cedro – CEP: 55020- 608

    25/05: Arcoverde: Rua Anderson Henrique Cristiano, Bairro Por do Sol – Arcoverde

    Assuntos: sedh, ppcaam, cedca, caravana,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Juventude Presente abre inscrições para seis mil vagas em oficinas

    | Juventude, Cultura, Direitos Humanos

     Oficinas socioculturais para jovens começam, em maio, nas comunidades atendidas pelo Governo Presente.

    Como parte das atividades apresentadas para 2018 do programa Governo Presente, com foco na prevenção social e promoção da cidadania, será lançado nesta quarta-feira (09) o Juventude Presente, projeto que oferta qualificação profissional, cultura, lazer, cidadania e tecnologia, destinado a jovens, de 15 a 29 anos, moradores das 50 comunidades vulneráveis e com altos índices de violência (CVLI) em Pernambuco, que são atendidas pelo programa. As primeiras oficinas irão acontecer na Escola Estadual Edson Moury Fernandes, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes.  

    O Juventude Presente integra o programa coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio da Executiva de Articulação Social (Seart), e em sua primeira fase, vai ofertar 3.600 vagas para oficinas de grafitagem e danças urbanas, que irão acontecer, inicialmente, em escolas estaduais de seis municípios de Pernambuco. No segundo semestre, as oficinas acontecerão em espaços nas comunidades, com o dobro de vagas em capacitação profissional com até três meses de duração.

    "Com esta estratégia, o Governo Presente amplia sua cobertura e inicia um diálogo com jovens dos territórios, utilizando-se da linguagem da promoção social e da construção da cidadania, por meio da prática esportiva, cultural, fomento ao empreendedorismo e à qualificação. Isso fortalece a atuação do programa, constituindo uma rede de prevenção e proteção social, tendo o jovem como agente principal desta construção", afirma o secretário da SDSCJ, Cloves Benevides.

    Para se inscrever nas oficinas, basta o jovem ter entre 15 e 29 anos e procurar uma Estação do Governo Presente mais perto da sua residência, localizadas em quatro bairros do Recife (Afogados, Cajueiro, Ibura e Santo Amaro), Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru, Paulista e Petrolina. Na próxima semana o projeto segue para duas escolas públicas do Ibura, no Recife, e até o final de maio as oficinas acontecem em Paulista e Caruaru. 

    “As oficinas são a nova vertente do Governo Presente, que trabalham na mesma linha de prevenção social do programa, só que agora vamos chegar mais perto dos jovens. A ideia do projeto é incentivar o protagonismo juvenil e despertar o engajamento dele na sua comunidade, por meio das oficinas de conexão sociocultural, criando habilidades para a vida”, destaca Mileane Aguiar, secretária-executiva da Seart

    tabela

    Serviço:

    Projeto Juventude Presente - oficinas conexão socioculturais: Grafitagem e Danças
    Quando: maio e junho de 2018, das 15h às 18h
    Inscrições: A partir de 8 de maio

     

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes
    Assuntos: sdscj, governo presente, juventude presente, qualificação profissional, cvli, jaboatão dos guararapes,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Recife e Caruaru recebem ações para alertar sobre casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

    | Social, Juventude

    caruaru

    A campanha “Mexa-se!” faz parte das atividades de sensibilização do Dia 18 de maio  

    Com a proximidade do Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado no dia 18 de maio, foi lançada a campanha “Mexa-se! A Infância precisa da Rede de Proteção” para chamar a atenção da sociedade e destacar a importância da identificação de casos de violação e da denúncia, além de mobilizar também os órgãos responsáveis pelo Sistema de Garantia de Direitos, na necessidade de promover ações contínuas de prevenção e atendimento especializado.

    Em evento de lançamento, que aconteceu na manhã da última quinta-feira (03) na sede do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente (Cedca), foram apresentadas as atividades da campanha programadas para acontecer em Recife e Caruaru. Entre as ações, no dia 10 de maio a escola Sizenando Silveira, em Santo Amaro, será palco de um momento cultural, com oficinas temáticas, que servirá de preparação para a Caminhada Pelo Fim da Violência Sexual, no dia 18 de maio. O ato está marcado para começar a partir das 14h, no Parque 13 de Maio. No dia 23, a Faculdade Integrada de Pernambuco, em Recife, e no dia 29, o Centro de Educação Popular Comunidade Viva, em Caruaru, vão promover seminários sobre o tema.

    Durante o momento, o secretário-executivo de Políticas para Criança e Juventude (SEPCJ), Bruno Medeiros, destacou que o dia 18 de maio é uma data de sensibilização  e, principalmente, de mobilização. “Nós, enquanto Estado, procuramos trabalhar muito com prevenção. Temos o programa Atenção Redobrada, onde garantimos um espaço de proteção às crianças e adolescentes e, a partir da perspectiva da identificação de casos e da autoproteção, fazemos a divulgação de material informativo e de alerta. Junto a campanha Mexa-se! vamos mobilizar a sociedade sobre a importância de proteger e, sobretudo, denunciar casos de exploração sexual”, pontuou.

    Para fortalecer a rede de proteção, o gerente de Avaliação e Gestão da Informação, da Secretaria Executiva de Assistência Social (Seass), Joelson Rodrigues, ressalta que o grande desafio é organizar a rede de proteção, porém se as violações acontecerem, o primeiro passo é prevenir e depois ter o cuidado com o atendimento e a proteção. “Pernambuco possui uma rede de referência no âmbito da política de assistência social em relação ao atendimento a esses tipos de casos com a rede dos Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e estamos avançando no enfrentamento com a implantação desses equipamentos em todos os municípios, com o objetivo de garantir uma rede de retaguarda de atendimento, proteção, informação e para reforçar o processo de mobilização para que essas situações sejam erradicadas. Queremos zerar”, reforçou.

    O gerente de Políticas para Criança, da SEPCJ, e coordenador da Rede de Enfrentamento, Macdouglas de Oliveira, afirmou que de abril a dezembro de 2017 a Ouvidoria da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) contabilizou 289 denúncias de abuso e exploração de crianças e adolescentes. De janeiro a abril deste ano, 144 casos denunciados. “Diariamente, sem a gente perceber, diversos casos estão acontecendo e por isso a necessidade de mexer-se. O aumento dos dados significa uma maior coragem em denunciar e um maior entendimento do que é a violação. Precisamos viabilizar essa autoproteção para possibilitar que a vítima entenda até onde é carinho e que se sinta segura em denunciar. Que possamos ser uma rede de sustento na prevenção e proteção às crianças e adolescentes”.

    Serviços

    - Dia 10 de maio | Momento cultural - Oficinas temáticas
    Acontece na escola Sizenando Silveira, em Santo Amaro

    - Dia 18 de maio | Caminhada Pelo Fim da Violência Sexual
    Acontece no Parque 13 de Maio, partir das 14h

    - Seminários

    Dia 23 de maio | Faculdade Integrada de Pernambuco, em Recife

    Dia 29 de maio, no Centro de Educação Popular Comunidade Viva, em Caruaru

    Assuntos: sdscj, sepcj, juventude, seass, sepcj, assistencia social, campanha de prevencao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Limpeza de canais em Jaboatão dos Guararapes é reforçada por reeducandos do regime aberto

    | Juventude, Direitos Humanos

     Limpeza do canal

    Um total de 50 homens foi designado para a limpeza de canais, ampliando o convênio de empregabilidade da prefeitura com o Patronato Penitenciário.

    Comunidades do Curado II, Dom Hélder, Cavaleiro e Guararapes, no município de Jaboatão dos Guararapes, serão beneficiadas com a dragagem e limpeza de canais por 50 reeducandos do regime aberto e livramento condicional.

     A iniciativa faz parte de convênio da prefeitura com o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) e Patronato Penitenciário para 100 vagas. O objetivo é minimizar alagamentos em períodos de chuva nos 50 km de canais da cidade. 

    Os serviços iniciaram nos canais: João Fragoso de Medeiros, na comunidade de Dom Hélder; Garapeira, em Guararapes; no canal do Curado II e III; e no de Canaã, que fica em Cavaleiro. Nos locais são realizados trabalhos de capinação, retirada de baronesa, escavação, limpeza de lixo e entulhos para desobstruir a área. 

    Pelo trabalho, cada reeducando vai receber um salário mínimo (R$ 954,00), vale transporte, alimentação, fardamento e equipamentos de segurança, como: luvas e botas.   

    Os reeducandos foram contratados pela Secretaria de Serviços Urbanos da Prefeitura e ficarão lotados na Gerência de Drenagem. Além dos 50 que chegam para limpeza dos canais, a prefeitura já conta com 42 atuando na conservação de ruas e mercados públicos.  

    Assuntos: sjdh, patronato penitenciario, empregabilidade, governo de pernambuco,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Funase trabalha na formação de jovens com mais consciência sobre alimentação saudável

    | Juventude, Direitos Humanos

    ipa

    S​ocioeducandos participam do programa “Horta em Todo Canto”, com aulas realizadas no IPA

    A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) vem trabalhando na mudança de perspectiva sobre alimentação sustentável e orgânica dos socioeducandos e servidores, graças a uma parceria com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), por meio do Horta em Todo Canto. O programa visa a formar pessoas mais conscientes sobre a utilização dos resíduos orgânicos e mostra o benefício das hortas para a saúde e qualidade de vida.


    O curso tem a duração de 32 horas, com aulas uma vez por semana, dividido em quatro módulos. Os participantes têm a oportunidade de aprender como construir uma horta orgânica, desde o tratamento com a terra até a prevenção de pragas e doenças, e são estimulados a serem propagadores em suas comunidades e ambientes de trabalho, proporcionando uma alimentação mais saudável e sustentável. 

    “O curso vem mostrar alternativas saudáveis para a melhoria da dieta. Além disso, também funciona como uma terapia ocupacional para os alunos, pois mostra uma realidade diferente”, conta uma das instrutoras do curso, a agrônoma e pesquisadora do IPA Cristina Lemos.

    A Funase integra o programa desde setembro do ano passado, enviando socioeducandos para participar das aulas. Desde então, já foram beneficiados jovens da Casa de Semiliberdade (Casem) Areias, socioeducandas do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Santa Luzia e socieducandos do Case Jaboatão dos Guararapes, somando oito beneficiados. “É bom vir pra cá, eu aprendo muitas coisas sobre horta e plantio. Quando voltar para a unidade, vou ensinar tudo o que aprendi aqui na horta de lá”, conta o socioeducando R.A.S., de 15 anos, atendido pelo Case Jaboatão. Ao final do curso, todos os participantes recebem certificados que comprovam o conhecimento e habilidades adquiridas. 

    O responsável pelo eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer, ligado à Diretoria Geral da Política de Atendimento (DGPAT), Normando Albuquerque, que esteve à frente dessa parceria, acredita que esse conhecimento pode ser aplicado em todas as unidades e nas casas dos socioeducandos. “Esse curso traz uma importante contribuição, não só para uma nova consciência sobre a produção e o consumo de alimentos, mas para a geração de renda, com a comercialização da produção agrícola e do húmus feito com o reaproveitamento de resíduos orgânicos que antes eram descartados”, destacou.

    “Oportunizar outro mundo para os meninos, agregar conhecimento e interação com outras pessoas é algo gratificante. A parceria tem dado muito certo e se mostra mais relevante para o IPA do que para eles”, destaca a extensionista rural do IPA, economista doméstica e mestre em nutrição, Ana Paula G. Silva.

    O Horta em Todo Canto foi criado em 2016 e tem como idealizadora a primeira-dama de Pernambuco, Ana Luiza Câmara. O programa reafirma o compromisso do Governo do Estado em lançar sementes na qualidade de vida das pessoas sob o seu aspecto mais amplo, proporcionado, pela ação de mexer com a terra, de cuidar e de colher, a nutrição do corpo e da alma.

    Assuntos: sdscj, funase, ana luiza camara, casem, ipa, horta em todo canto,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Prepara Jovem abre circuito de aulões que beneficiará 10 mil jovens

    | Educação, Juventude

     Prepara jovem

    O primeiro aulão será no dia 3 de abril, no Centro de Convenções

    O projeto Prepara Jovem, do Governo de Pernambuco, oferece aulões para estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A aula inaugural, gratuita, acontece nesta terça-feira (3), das 13h30 às 17h30, no Auditório Tabocas, no Centro de Convenções, em Olinda. O aulão de abertura ficará sob o comando dos professores Rodrigo Baraúna (Biologia), João Correia (geografia) e Tacio Maciel (Matemática).

    A novidade deste ano é a itinerância dos aulões em 10 municípios do Estado de Pernambuco, sempre nas Escolas Técnicas Estaduais. Ao todo serão beneficiados diretamente mais de 10.000 alunos, de diversas regiões de desenvolvimento do estado.

    A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), em parceria com a Secretaria Estadual de Educação.  Em sua primeira edição em 2017, o Prepara Jovem reuniu mais de 4.500 jovens da rede estadual de ensino, em aulões no Recife e Caruaru.

    “O Prepara Jovem é uma grande ação, que, além do preparo educacional, cuida dos sonhos e acelera o potencial dos jovens alunos. Este ano estaremos em dez cidades, fazendo uma grande caravana do conhecimento. Tenho certeza que, ao final dos aulões, poderemos comemorar diversas aprovações nas universidades públicas", avalia João Suassuna, Secretário Executivo de Criança e Juventude de Pernambuco.

    Enem – O projeto Prepara Jovem é destinado aos estudantes da rede pública estadual e tem o objetivo de dar suporte aos jovens alunos que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, com provas marcadas para os dois primeiros finais de semana de novembro, nos domingos 4 e 11.

    Português, geografia, história, biologia, física, química e matemática são as disciplinas que serão abordadas durante as aulas. Os conteúdos serão abordados, respectivamente, pela professora Tereza Albuquerque e pelos professores João Correia, Ivan Cavalcanti, Rodrigo Baraúna, Wendel Santos, Eron Andrade e Tacio Maciel.

     
    Assuntos: see, educaçao, prepara jovem, aulão rede publica, governo de pernambuco, enem, aulao itinerante,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Socioeducandos aprendem a produzir artesanato com material reciclável

    | Juventude, Direitos Humanos
     
    socioeducandos
    Adolescentes do Case Timbaúba produziram brinquedos e artes populares, além de objetos decorativos

    Socioeducar e oferecer oportunidades para uma vida melhor são alguns dos objetivos do curso “Artesanato em Material Reciclável”, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco (Senar/PE), para um grupo de 12 socioeducandos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, cidade da Zona da Mata de Pernambuco.

    A iniciativa é resultado de parceria entre o Senar/PE e a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase/PE). As aulas aconteceram entre os dias 19 e 23. “Estamos capacitando os socioeducandos para atuarem como artesãos. Nesse caso, a educação profissionalizante vem como instrumento de ocupação e de conscientização ambiental, colaborando com a reinserção social dos jovens”, explica o superintendente do Senar/PE, Adriano Moraes.

    Entre os produtos confeccionados pelos adolescentes estão brinquedos e artes populares, e objetos decorativos, como borboletas ornamentais, mamulengos e o famoso rói-rói. Todos os itens usados na produção são reciclados que seriam destinados ao lixo.

    Segundo o instrutor de Artesanato Reciclado, Vladimir Caroba, o curso desperta o interesse para o empreendedorismo e para o reaproveitamento de materiais antes descartados. “É gratificante ver o envolvimento de todos no aprendizado e a vontade de mudar de vida”, enfatizou o instrutor.

    De acordo com a psicóloga do Case, Karollyne Bezerra, a ação só traz benefícios. “Além de aprenderem uma profissão e receberem certificados, eles passam a se sentir úteis”, avaliou. “Nossa, era lixo e agora está bonito” é um dos relatos dos alunos, o jovem A.S. de 19 anos. Interessado, ele conta que descobriu no treinamento a possibilidade de um futuro mais digno.

    A capacitação tem 40 horas/aula. Através dessa iniciativa, mais de 240 socioeducandos já foram capacitados nos Cases do Estado, nos últimos três anos. Para 2018, ainda estão previstos os cursos de Jardineiro, Pintor Imobiliário, Eletricista Predial, Artesanato com material reciclável e Artesanato em Cerâmica. Serão, ao todo, 17 turmas, divididas em várias unidades da Região Metropolitana do Recife e Interior.


    Assuntos: case timbauba, socioeducandos, artesanato em material reciclavel,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Socioeducandos do Cenip Caruaru recebem certificados de Informática Básica

    | Juventude, Direitos Humanos
    Curso teve conteúdo programático elaborado pelo Eixo Profissionalização e foi ministrado por um agente socioeducativo


    Ter conhecimento básico em informática é um requisito mínimo para a maior parte dos cargos disponíveis no mercado de trabalho. Digitar um texto, criar uma pequena planilha, conhecer as peças que formam um computador, navegar no mundo virtual são critérios importantes. Por este motivo, 14 adolescentes do Centro de Internação Provisória (Cenip) Caruaru foram contemplados com um Curso Básico de Informática, ofertado pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), em parceria firmada com o Centro de Integração Empresa, Escola de Pernambuco (CIEE). 

    Sistemas operacionais, planilha de cálculo, compactadores/descompactadores de arquivos e mídias móveis de armazenamento foram alguns dos ensinamentos repassados no curso, que teve seu conteúdo programático desenvolvido pelo Eixo Profissionalização da instituição e foi ministrado por uma agente socioeducativo da unidade. “O curso foi uma oportunidade que tivemos aqui. Não possuía conhecimento algum com informática, e as aulas me trouxeram as noções básicas. Só tenho motivos para agradecer a toda equipe da unidade por se preocupar com a gente e trazer ensinamentos que servirão para toda nossa vida”, completou L.I.F., de 17 anos. 

    Para o representante do CIEE, Lucas Bezerra, esse curso favorecerá o contato dos adolescentes com os conceitos básicos de informática. “Também facilitará, futuramente, na inserção ao mundo do trabalho, tendo em vista que possuem um diferencial para os processos seletivos que venham participar, os certificados que receberam”, ressaltou. 

    A certificação feita pela Funase em parceria com o CIEE, é um dos pontos fortes dessa iniciativa. “Essa parceria é uma conquista de extrema importância, traz oportunidades para nossos adolescentes com certificação de uma empresa qualificada, sem contar que, já se colocaram a inteira disposição para quando nossos jovens voltarem ao convívio social serem encaminhados ao mercado de trabalho”, comemorou a coordenadora geral do Cenip Caruaru, Maria Clara. ​

     

    Texto: Henrique Figueirôa
    Foto: Divulgação/Funase


    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sdscj, funase, eixo profissionalização, capacitaçao, informatica, cenip, caruaru, ciee,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programa Atitude vira referência internacional

    | Juventude, Direitos Humanos

     Atitude

    Iniciativa do Governo de Pernambuco, visando à redução de danos para usuários de drogas, foi a única no País escolhida pela Stichting Mainline, entre os mais de 50 programas diferentes existentes em oito países de cinco continentes, para fazer parte de pesquisa mundial

    Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), o Programa Atitude é um dos oito projetos de cooperação técnica, em escala mundial, selecionados pela Stichting Mainline, entre os mais de 50 programas diferentes existentes em oito países de cinco continentes. O modelo e os bons resultados obtidos pelo Atitude, na redução de danos para usuários de drogas estimulantes, como crack, cocaína e metanfetaminas (droga potente e altamente viciante), chamaram a atenção da Stichting Mainline, instituição sediada em Amsterdã (Holanda), que está realizando uma pesquisa mundial nessa área. No Brasil, o Atitude foi o único escolhido.

    Os resultados serão divulgados num relatório internacional, no segundo semestre deste ano. Inicialmente, a Stichting Mainline, pesquisou, analisou, fez contatos e entrevistas com gestores de mais de 50 programas em todo o mundo e, no final, levando-se em consideração o desempenho, oito deles foram selecionados. Além do Atitude, outras sete iniciativas estão sendo analisadas: em Cape Town (África do Sul), Sidney (Austrália), Toronto (Canadá), Rotterdam (Holanda), Jakarta (Indonésia), Espanha e Uruguai.

    O trabalho é financiado pela Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), uma agência do governo alemão especializada em pesquisas e projetos de cooperação técnica em escala mundial. O objetivo é conhecer estratégias eficazes e resultados das boas práticas para reduzir danos aos usuários de drogas.

    “Os resultados do Atitude são excelentes. Tem uma boa estrutura, a metodologia é diferenciada e o programa é muito bem avaliado pelos usuários”, afirma consultora da Stichting Mainline e líder da pesquisa, Rafaela Rigoni. Ela também é a responsável pelos relatos dos programas desenvolvidos no Canadá (South Riverdalle Community Healt Center) e na Indonésia (Karsima).

    Segundo Rafaela Rigoni, o Atitude mostra que é possível obter resultados positivos com o acolhimento, a inclusão e a assistência aos usuários e não a partir da repressão. A pesquisadora está em Pernambuco, coletando informações sobre o programa, e no início desta semana visitou as unidades do Atitude em Caruaru e no Recife.

    A visita aconteceu em unidade da modalidade do aluguel social e no intensivo. Nas ocasiões a pesquisadora pode acompanhar um pouco do funcionamento e conversar com usuários e funcionários. “Noto que os usuários não precisam mudar para ser aceitos. O foco daqui é a cidadania, a redução da violência, a autorreflexão, pontos muito positivos. Os profissionais conseguem passar isso para os usuários. Eles não precisam mudar para ser aceitos, são capazes de ser donos de si próprio, de organizarem suas vidas e de se tornarem exemplos, voltando às unidades como oficineiros, ajudando novos usuários a superar tudo e enxergar que a vida é feita de altos e baixos”, completou a consultora.

    Esta é a segunda vez que os resultados obtidos pelo Atitude gera interesse e reconhecimento internacional. Em 2016, o programa foi reconhecido pela Open Society Foundations (OSF) como uma das três mais exitosas experiências de políticas sobre drogas no Brasil. O trabalho do Atitude foi citado no relatório “Crack: Reduzir Danos - Lições Brasileiras de Saúde, Segurança e Cidadania”. A OFS é uma instituição internacional voltada à promoção da Justiça e Direitos Humanos.

    O Programa de Atenção Integral aos Usuários de Drogas e seus Familiares (Programa Atitude) é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), através da Executiva de Políticas sobre Drogas (Sepod). Sua atuação está focada na proteção às vítimas de violência e atendimento espontâneo aos usuários de crack, álcool e outras drogas, com atenção também direcionada aos familiares. Oferece cuidados de higiene, alimentação, descanso, atendimento psicossocial e faz encaminhamentos direcionados para as redes SUS e SUAS e demais políticas setoriais. O Programa atua no Recife, Caruaru, Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes. Oferece Acolhimento de Apoio, Acolhimento Intensivo, o Aluguel Social e o Atitude nas Ruas. No ano passado, 3.019 foram atendidas.

     Foto: Celso Araújo
     
    Assuntos: sdscj, programa atitude, governo de pernambuco, stichting mainline,
    Compartilhe: Link para o post: