meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Adolescentes da Funase discutem empoderamento feminino e vivenciam a cultura

    | Juventude, Cultura, Direitos Humanos

    Encontros foram promovidos pelo projeto “Outras Palavras”. Estiveram presentes o músico Cannibal, a autora Cida Pedrosa, 
    o autor Mário Filipe Cavalcanti e o grupo Aliados CP.

    Visando estreitar o contato com a educação através das artes, o projeto “Outras Palavras”, do Governo de Pernambuco, foi realizado pela primeira vez em unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). No último dia 18, as socioeducandas do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Santa Luzia receberam a autora e poetisa pernambucana Cida Pedrosa e o grupo de hip hop Aliados CP. Já no dia 19, os socioeducandos do Case Jaboatão dos Guararapes passaram à tarde com o músico Canibal, integrante da Banda Devotos, e com o autor pernambucano Mário Filipe Cavalcanti, premiado no 3º Prêmio Pernambuco de Literatura.

    Para as adolescentes do Case Santa Luzia o “Outras Palavras” levou cultura através da escrita, por meio da autora e poetisa Cida Pedrosa. O momento foi repleto de empoderamento feminino, com discussões sobre a violência contra a mulher a declamações de poemas de sua autoria. “Eu adorei participar desse momento, por já ter advogado em casos de menores, e vemos o quanto elas são sedentas e precisam de arte e cultura. Proporcionar isso é transformador”, contou Pedrosa.

    O grupo Aliados CP, que há mais de dez anos divulga a cultura hip-hop através das rimas e canções, mesclando com as expressões culturais pernambucanas, levou música à unidade. O momento também foi de bate-papo. “Buscamos sempre levar auto-estima, mostrar um novo caminho, e a cultura é o instrumento perfeito”, destacou ManoGão, integrante do grupo. A socioeducanda L.S., de 19 anos, foi uma das participantes da tarde cultural. “Foi muito legal, a melhor tarde de todas. Adorei o poema e as danças”, disse.

    Já no Case Jaboatão dos Guararapes o debate sobre literatura contou com a presença do autor pernambucano Mário Filipe Cavalcanti. Ele tirou a curiosidade de muitos dos adolescentes de como se escreve um livro, além de incentivar a leitura constante. “A gente percebe como eles precisam de leitura, apesar de ver que eles têm bastante contato com a arte através da música. Vejo que foi uma experiência diferente, que despertou a minha humanidade interior”, contou Cavalcanti.

    O incentivo aos socioeducandos para seguirem seus sonhos e encontrarem outro caminho foi levado por Cannibal, vocalista e baixista da banda de punk rock Devotos. Ele compartilhou um pouco de sua história por meio de vídeos e da música. “A música que eu faço é justamente para este público, que não tem muito acesso e tem outra mentalidade”, destacou.

    Um dos adolescentes mais participativos, o jovem W.V., de 15 anos, recebeu um livro do escritor, além de uma camisa do projeto “Outras Palavras” e um CD da Banda Devotos. “Aprendi que para ser alguma coisa na vida, tem que querer”, disse. Encerrando as visitas nas unidades da Funase, a Vice-presidente da Fundarpe e gestora do projeto, Antonieta Trindade, viu como muito positiva essa experiência. “Foi algo novo, tanto para nós quanto para os socioeducandos. Só de ajudá-los a pensar fora da caixa e sonhar com o mundo diferente lá fora, já vale a pena”, compartilhou.

    O “Outras Palavras” foi levado às unidades da Funase por meio de uma parceria com a Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e a Fundação de Patrimônio Histórico de Pernambuco (Fundarpe), realizadoras do projeto. A pretensão é dar continuidade a momentos como esse no ano que vem. “Nós do Eixo profissionalização também nos preocupamos em facilitar o acesso à cultura, esporte e lazer, e cremos que com isso podemos proporcionar outras liberdades, liberdade enquanto eu me candidato a um lugar no futuro”, destacou o responsável do Eixo Profissionalização da Funase, Normando Albuquerque.

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Recife
    Assuntos: secult, fundarpe, sdscj, governo de pernambuco, projeto outras palavras, funase, case
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário Cloves Benevides se reúne com gestores da Funase

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância

    Gestores Funase  

    Momento foi de conhecimento mútuo, onde os presentes compartilharam os avanços do ano, assim como as dificuldades e os desejos para 2018.

    Na última quinta-feira (21), o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Cloves Benevides, se reuniu com gestores das unidades de atendimento socioeducativo da Região Metropolitana do Recife e também do Interior do Estado, além da Diretora-Presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Nadja Alencar, seus diretores, assessores e funcionários da instituição.

    A reunião aconteceu no auditório da sede Funase e foi um momento de conhecimento mútuo, onde os presentes compartilharam os avanços deste ano, assim como as dificuldades e os desejos para o próximo, com a apresentação do Plano de Ação Prioritário, que prevê melhorias infra-estruturais além de melhorias nas condições de trabalho.

    Para o secretário, o grande desafio é estruturar o sistema e destaca a organização com um dos valores da Funase. "Do ponto de vista de saber onde ir, não há dúvida: esse sistema tem convicção do caminho que quer percorrer. Pernambuco marca posição de que o ambiente da medida é um ambiente que deve refletir as condutas e o preparar para a convivência sócio-familiar", completou.

    Comandando a SDSCJ desde o início deste mês, Clovis Benevides já visitou grande parte das 23 unidades distribuídas por todo o Estado. "Do ponto de vista pedagógico e educacional, do trato com os adolescentes, é surpreendente perceber a organização do sistema, a qualidade das práticas, das equipes e de tudo que aqui é desenvolvido. Seja no Grupo de Orientação a Drogadição, seja nas salas de Robótica, seja na organização das escolas, que são de fato um ambiente de educação, com aulas regulares e as atividades culturais", pontuou o secretário

    Nos próximos dias 27 e 28, o secretário juntamente com Nadja Alencar, segue para Petrolina, onde vai conhecer de perto o trabalho desenvolvido na Casa de Semiliberdade (Casem), no Centro de Internação Provisória (Cenip) e no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) lá instalados.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdscj, funase, socioeducandos, encontro gestores
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fóruns da Juventude começam no Recife

    | Juventude, Infância

    Governo presente 

    Executivas da SDSCJ se unem para momento de escuta nas comunidades

    Para chegar junto das comunidades mais vulneráveis, a nova estratégia do Programa Governo Presente é começar o debate junto com o segmento mais vulnerável à violência: os jovens. O Fórum da Juventude é a nova ação do programa em 14 bairros prioritários, onde serão ouvidas as propostas de minimizar a violência, em conjunto com escolas, entidades e coletivos juvenis das comunidades.

    Além dos 14 territórios prioritários, o Governo Paulo Câmara está, com o Governo Presente, em outras 32 comunidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Petrolina, no intuito de diminuir os índices de violência, levando políticas públicas e ações de cidadania.

    Neste mês de dezembro as Estações do Governo Presente realizaram seus fóruns em quatro bairros no Recife e dois bairros em Caruaru. Os Fóruns da Juventude tiveram 432 participantes de 13 escolas do Pina, Dois Unidos, Santo Amaro e Cohab, no Recife, já em Caruaru, eles ocorreram no Salgado e em São João da Escócia. O calendário de atividades será retomado no próximo ano.

    O Fórum é uma forma de controle social e uma iniciativa das executivas da SDSCJ: de Políticas para Criança e Juventude (SEPCJ) e de Articulação Social (SEART), em parceria com a Secretaria Estadual de Educação. A ação é conduzida pelos próprios jovens e trabalha nos eixos da segurança, educação, saúde e infraestrutura.

    O programa pretende, no ano que vem, implantar nas escolas os Núcleos de Cultura de Paz. Segundo a secretária executiva da SEART, Anelena Almeida “O caminho encontrado para montar os Núcleos de Cultura de Paz é primeiro o momento de escuta da juventude nos fóruns, a partir daí identificar as potencialidades da juventude local para que sejam multiplicadores dos temas nas escolas”.

    Fóruns – No fórum da Cohab os jovens apontaram como perspectiva para o futuro ter uma profissão com estabilidade financeira e uma sociedade mais igualitária, sem homofobia. Já a juventude de três escolas do Pina se reuniram na Escola Estadual Delmiro Gouveia, nomesmo bairro, para participar do primeiro Fórum da Juventude do Recife, realizado no dia 4 de dezembro.

    As demandas debatidas no Pina foram a violência no bairro (assaltos, disputa por facções dentro da comunidade, gerando conflitos entre os moradores e medo), falta de policiamento, de comunicação entre as pessoas e de saneamento na comunidade do Bode.

    Brenda Aparecida, 15, que estuda na Escola Nossa Senhora da Conceição, no Pina, acredita que o evento é uma oportunidade para serem ouvidos e mudarem a comunidade para melhor. “No Bode tem muita sujeira e falta policiamento e iluminação. O principal problema é mesmo a falta de diálogo entre as pessoas, que disputam espaços, brigam e não se unem para mudar as coisas”, disse.

    Ao todo foram 24 encontros preparatórios em 12 escolas e seis Fóruns da Juventude pela Prevenção, onde houve a participação de 792 jovens. Os fóruns voltam a acontecer em fevereiro com programação até o final do ano.

    Programa – Com foco no atendimento a pessoas inseridas na faixa etária de 15 a 29 anos, adolescentes e adultos provenientes dos sistemas de medidas socioeducativas e prisional, os que cumprem penas alternativas e os usuários de álcool e outras drogas, o Governo Presente é um programa de garantia de direitos e de prevenção social da violência, coordenado pela Executiva de Articulação Social (SEART) da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ).

    Instituído em 2011, como braço da prevenção social dentro do Pacto Pela Vida, o Governo Presente é um programa que articula 161 secretarias e órgãos parceiros que buscam integrar suas ações dentro do Plano Territorial de cada território. O plano engloba seis tipos de atuações: cultura de paz, mediação de conflitos, acompanhamento das demandas dos universos prioritários, ação de cidadania, diálogo com territórios e inserção socioprodutiva.

    Cidades: Caruaru, Petrolina, Recife
    Assuntos: sdscj, governo de pernambuco, paulo camara, sepcj, seart, programa governo presente
    Compartilhe: Link para o post:
  • Jovens da Funase são inseridos no mercado de trabalho por meio de programas de aprendizagem

    | Juventude, Direitos Humanos

    Prática vem mostrando como a sociedade civil pode fazer a diferença na vida dos socioeducandos ao oferecer oportunidades.

    Tendo a profissionalização como uma das prioridades institucionais de caráter inclusivo, a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) contabiliza números positivos das parcerias firmadas tanto com entidades do poder público quanto com empresas privadas. Neste ano, 26 socioeducandos foram inseridos no mercado de trabalho por meio de articulações do Eixo Profissionalização da instituição, assim como por meio dos projetos Vida Aprendiz e o Novas Oportunidades, do Governo Paulo Câmara, coordenados pela Secretaria de Desenvolvimento Social Criança e Juventude (SDSCJ).

    Esse trabalho de preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho é movido pela troca. Enquanto os jovens desenvolvem competências para o mundo do trabalho, os empresários contribuem para a formação desses futuros profissionais. Uma das empresas parceiras da Funase na busca pela construção de novos projetos de vida para os adolescentes é a Viana & Moura Construções, que desde 2014 recebe socioeducandos das unidades de atendimento de Caruaru.

    Adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru, inserido nos cursos de Alvenaria e de Eletricista Predial de Baixa Tensão e no curso de Pedreiro ministrados no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), têm a oportunidade de colocar em prática o conhecimento adquirido, pelo período de 6 meses, tendo total chance de efetivação no futuro. Segundo o assistente de pessoal da Viana & Moura Construções, Rafael Moreira, inicialmente, a intenção era completar o quadro de funcionários. “Com o tempo percebemos a importância do papel social que estamos desempenhando ao abrir as nossas portas a esses adolescentes. Priorizamos o respeito e temos como um dos nossos valores a responsabilidade pessoal e o serviço ao outro, ter compaixão e empatia. Não é porque eles cometeram um erro que não merecem outra chance”, finalizou.

    Essa confiança no futuro, que começa a ser construído no presente, é um dos sentimentos carregados por A.S.G., adolescente de 18 anos, que passou pela Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru e está prestes a ter sua primeira experiência no mercado de trabalho formal. Aluno do curso de Pedreiro ele conta que nunca pensou em desenvolver essa atividade. “O que eu vou ser mesmo é professor, mas aqui no curso eu venho me surpreendendo comigo mesmo, por conseguir aprender e desenvolver também nessa área”. Para 2018, ele quer focar no trabalho, que deve iniciar em Janeiro, e esquecer o passado. “O Jovem Aprendiz me dá a oportunidade de ser um espelho para os que acham que a vida não tem mais jeito. Basta estudar e se esforçar. Todo mundo tem chance. Comigo está dando certo, Graças a Deus”, enfatizou.

    Além das empresas privadas, o Poder Judiciário tem sido um dos grandes parceiros na construção de uma sociedade mais inclusiva. A exemplo disso, foi lançado pela Vara Regional da Infância e Juventude da Comarca de Arcoverde o projeto “Aprendizagem Legal”. A iniciativa tem como objetivo promover - além da profissionalização -, o resgate da auto-estima, o protagonismo juvenil e a conquista da autonomia. O projeto foi elaborado pela equipe inter-profissional da 14ª Circunscrição e é executado em parceria com a Funase e com o Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco (CIEE-PE).

    Mais avanços serão comemorados. Em Caruaru, a Funase vem se mobilizando, juntamente com a Vara da Infância e Juventude do município, na busca por novas parcerias. “É preciso fazer com que a sociedade se perceba protagonista do papel que tem na reinserção dos socioeducandos. Não podemos marginalizá-los. É preciso oportunizar escolhas a esses jovens, para não haver uma perpetuação da violência”, compartilhou o psicólogo da Vara da Infância e Juventude, Felipe Amorim.

    Neste sentido, já foram realizadas reuniões com representantes do empresariado, entre eles a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC) e o SindLojas. Segundo a Diretora-Presidente da Funase, Nadja Alencar, este apoio é fundamental para que os jovens e adolescentes elaborem um novo projeto de vida, longe da vulnerabilidade. “Os adolescentes que chegam na Funase necessitam de oportunidades para que possam desenvolver todas as suas potencialidades e nós precisamos de duas coisas: prepará-los e contar com o apoio da sociedade para reintegrá-los ao convívio social”, enfatizou.

    Assuntos: sdscj, funase, socioeducandos, paulo camara, projeto vida aprendiz, projeto novas oportunidades, casem
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco lança a segunda versão do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional

    | Juventude

    O lançamento aconteceu na última terça-feira (12) garantindo pioneirismo ao Estado.

    Pernambuco é o primeiro estado brasileiro a lançar a segunda versão do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional. A apresentação do programa aconteceu na tarde da última terça-feira (12), no Centro de Convenções do hotel Portal de Gravatá, no agreste nordestino. Representando o governador Paulo Câmara, o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Cloves Benevides, apontou o compromisso em construir as bases necessárias para a execução do plano.

    “Fica aqui o primeiro compromisso em reorganizar o funcionamento da Suasan para dar a nossa câmara melhores condições de atuação. Pernambuco foi o primeiro estado a apresentar o seu plano de segurança alimentar, o primeiro a apresentar a segunda versão e eu quero que, em um tempo muito breve, nós sejamos o estado que tenha o melhor índice de cumprimento dos seus planos”, afirmou. “Esse deve ser o nosso maior compromisso. Garantir alimentação de qualidade e em quantidade de maneira acessível, contínua e perene, socialmente responsável e que respeite aquela que é a diretriz do controle social, aquela que é obrigação dos governos: cumprir bem a função das políticas públicas”, destacou Cloves.

    Para compor a mesa de lançamento da edição, estiveram presentes, além do secretário Cloves Benevides, o secretário nacional do Ministério da Justiça, Coronel Humberto Viana, a presidente da Adagro, Erivânia Camelo, que representou o secretário de Agricultura,  a secretária da Mulher, Silvia Cordeiro, o secretário executivo da Secretaria de Educação, Ednaldo Moura, o representante do Ministério do Desenvolvimento Social, Hélcio Magalhães, a presidente da Consea, Zênia Tavares, e a secretária executiva da Suasan, Mariana Suassuna.  

    Coordenando o comitê técnico que desenvolveu o Plano, Mariana Suassuna agradeceu a participação das 13 secretarias e nove órgãos envolvidos no projeto, além dos profissionais que estiveram à frente da execução da edição. “O momento é muito especial, pois desde 2015 estamos construindo esse processo e vê-lo pronto para lançar é uma emoção enorme. Ele é resultado de um grande esforço conjunto da Caesan/PE que contou com grande apoio do Consea. Essa tarefa representou o verdadeiro exercício da intersetorialidade, transversalidade, integração e participação”, ressaltou.

    Plano -  Aprovado por decreto em novembro de 2017, o documento prevê programas e ações relacionados à segurança alimentar e nutricional dentro da perspectiva do fortalecimento da agricultura familiar, da oferta de alimentos a estudantes, trabalhadores e pessoas em vulnerabilidade alimentar, da construção de medidas de enfrentamento à estiagem e convivência com o semiárido no Estados, da garantia de educação para segurança alimentar e nutricional, além do direito humano à alimentação adequada.  

    Cidades: Gravatá
    Assuntos: sdscj, paulo camara, plano estadual, segurança alimentar e nutricional, agricultura familiar
    Compartilhe: Link para o post:
  • DOMINGO NA ARENA DE NATAL

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância

    Arena de natal

    São Lourenço da Mata/PE, 7 de dezembro 2017

    O público terá um motivo bem especial para estar presente ao Domingo na Arena (10/12): a edição de Natal, das 9h às 17h, na Arena de Pernambuco e com acesso livre. A penúltima edição de 2017 do programa de fim de semana já consolidado, junto à família pernambucana, terá uma programação diversificada, mas com destaque especial para a chegada do Papai Noel, que será recebido pela criançada.

    Pela manhã, no palco montado na parte interna da Arena, teremos apresentação infantil do Pastoril Luz do Amanhecer, o espetáculo Auto de Natal e Presépio da Trup da Alegria, além de ginástica laboral. No gramado, as finais das categorias Sub-15 e Feminino Aberto do Projeto Bom de Bola da Prefeitura do Recife.

    No período da tarde, teremos aula de zumba, apresentação do Show Natal Sanfonado e o momento mais esperado do dia: a Trup da Alegria anunciando a chegada do “Bom Velhinho” para alegria e felicidade de todas as crianças.  Haverá, também, festa para o seu cãozinho no ParCão, com direito a “dog noel” trazendo trenó com brindes, campanha de doação de ração para cães carentes, recreação com adestrador e todas as atrações fixas dos polos esportivo, cultural, infantil, gastronômico e sustentabilidade.

    DOMINGO NA ARENA - Desde o início do Domingo na Arena, em 24 de junho de 2016, mais de 361 mil pessoas passaram pela Arena de Pernambuco, com acesso livre, desfrutando de todo conforto e segurança do mais moderno equipamento multiúso do estado.

    MOBILIDADE

    - Metrô em Cosme e Damião, até 23h. Tarifa R$1,60.

    - Ônibus TI Cosme e Damião/Arena (ida/volta) - Linha 047 - complementa o trajeto (9h às 18h15). Tarifa R$ 3,20.

    ESTACIONAMENTO

    - Setor amarelo e laranja. Tarifa única – R$ 5

    PROGRAMAÇÃO PALCO

    9h30 às 10h15 – Ginástica Laboral
    10h30 às 11h – Pastoril Luz do Amanhecer
    11h30 às 12h – Trup da Alegria (Auto de Natal)
    12h às 13h - Zumba
    13h às 14h30 – Show Natal Sanfonado
    14h30 às 17h – Trup da Alegria (Chegada Papai Noel)

    DOUBLE  DECK – PRAÇA SUL

    9h às 17h: Ferinha de Orgânicos

    PROGRAMAÇÃO NO GRAMADO

    Finais Projeto Recife Bom De Bola:
    8h – Cat. Sub-15: Centro Esportivo União da Gávea x Jovem Mirim
    10h – Jogo Feminino Aberto: Joias Raras x A.A. Revelação F. C. Feminino

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdscj, chegada do papai noel, recife bom de bola
    Compartilhe: Link para o post:
  • Adolescentes de unidades de Caruaru recebem certificados de Eletricista Predial de Baixa Tensão

    | Juventude, Direitos Humanos
    case

    Depois de todo esforço e dedicação, 19 socioeducandos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) e 14 da Casa de Semiliberdade (Casem), ambas as unidades localizadas em Caruaru, receberam certificados de conclusão do curso de Eletricista Predial de Baixa Tensão, que é composto pelo curso Básico de Eletricidade e o de Instalações de Sistemas Prediais. As aulas foram ministradas por meio de uma parceria firmada com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O momento de celebração por mais essa conquista foi compartilhado com os familiares dos adolescentes, além de servidores da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e convidados, em cerimônias realizadas no último dia 29.

    Com duração de um mês, os alunos participaram de aulas teóricas e práticas com carga horária variando entre 40h para a etapa do Básico de Eletricista e 60h para o de Instalações de Sistema Predial. Circuitos elétricos; associação de resistores; magnetismo e eletromagnetismo; corrente alternada (características e tipos de carga); eletrodutos (tipos, acessórios e dimensionamento); quadro de distribuição monofásico; aterramento (conceito, aplicação e tipos) e lâmpadas (tipos, acessórios, aplicação e instalação) foram alguns dos ensinamentos repassados durante os cursos.

    Durante a cerimônia de certificação dos adolescentes da Casem, que aconteceu no auditório do Senai, o coordenador técnico da instituição de ensino, Antônio Gouveia, compartilhou sua felicidade em poder proporcionar aos adolescentes à oportunidade de estudar em um dos cursos mais procurados. “Estamos lisonjeados por poder ofertar aos adolescentes esse progresso em suas vidas. Os cursos vêm para abrir portas e oportunidades que servirão para toda a vida. O mercado está aí, precisando de mão de obra qualificada, e eles têm o potencial”, pontuou.

    Agora, os concluintes estão capacitados para instalar circuitos e equipamentos elétricos em edificações, montar redes de baixa tensão, conforme planejamento, projetos e documentos técnicos específicos. “Adorei o curso, principalmente a parte prática. Aprendi a trocar interruptores, tomadas, lâmpadas, coisas práticas e simples que poderemos usar em casa e ainda seguir a profissão. Saio daqui com um diploma e quero levar o curso à frente”, destacou S.M., de 16 anos.

    A entrega dos certificados dos socioeducandos do Case aconteceu na própria unidade. “A festa hoje é de vocês. Foi dado o primeiro passo, agora é com vocês, dediquem-se, todos já são vitoriosos”, destacou o coordenador geral do Case Caruaru, Paulo Pinto. A coordenadora geral da Casem, Anabel Brandão, também destacou essa busca por cursos e oficinas. “Incentivamos o aprender e assim instigamos a vontade de mudar. Vê-los recebendo essa certificação é uma vitória, uma satisfação imensa, pois percebemos que estamos fazendo a diferença e no caminho certo”.

    Quem também marcou presença na entrega dos certificados foi a promotora de Justiça da Infância e Juventude de Caruaru, Sílvia Amélia. Ela frisou a importância dos estudos como forma de transformar vidas. “Vocês ganharam conhecimento, basta se dedicar e continuar a estudar. Acreditem em vocês e tenham consciência que podem ser o que quiser, basta dedicação e esforço”, aconselhou.

    “O curso foi maravilhoso. Vi o interesse que despertou em meu filho e a vontade de aprender, sem contar que sairá com uma certificação de um órgão de boas referências como o Senai”, compartilhou Jucivania Maria, costureira, mãe de um adolescente da Casem. Essa parceria com o Senai teve início em outubro e é resultado de uma articulação do Eixo Profissionalização da Funase, que beneficia ainda socioeducandos do Case Timbaúba e da Casem Garanhuns. Ao todo, foram ofertadas 100 vagas aos adolescentes das quatro unidades.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: case, casem, senai, funase
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fóruns da Juventude começam no Recife

    | Juventude

    forum juventude  

    Executivas da SDSCJ se unem para momento de escuta nas comunidades

    Jovens de três escolas do Pina se reuniram na Escola Estadual Delmiro Gouveia, no Pina, para participar do primeiro Fórum da Juventude do Recife. Articulado pelo programa Governo Presente, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), o fórum é uma estratégia do Governo Paulo Câmara para chegar junto das comunidades e começar as discussões e o controle social, por meio do segmento mais vulnerável à violência: os jovens. 

    A secretária Executiva de Articulação Social (Seart), Anelena de Almeida, abriu o fórum convocando os 70 jovens presentes, de três escolas do bairro, a falar sobre a situação das comunidades do entorno, como o Bode. “Estamos aqui para este momento de escuta, ouvir as propostas de melhorias para a comunidade onde vivem. Fizemos o levantamento das demandas com vocês, em duas reuniões, e agora juntamos todo o grupo para votarmos as prioridades”.

    O fórum é uma articulação do Governo Presente, coordenado pela Executiva de Articulação Social (SEART), e da Executiva de Políticas para Criança e Juventude (SEPCJ), ambas da SDSCJ, em parceria com Secretaria de Educação, do Governo de Pernambuco.

    Brenda Aparecida, 15, que estuda na Escola Nossa Senhora da Conceição, acredita que o evento é uma oportunidade para sermos ouvidos e mudarmos a nossa comunidade para melhor. “No Bode tem muita sujeira e falta policiamento e iluminação. O principal problema é mesmo a falta de diálogo entre as pessoas, que disputam espaços, brigam e não se unem para mudar as coisas”, disse.

    Fóruns da semana - Na tarde de​sta terça-feira outras Estações do Governo Presente realizam seus fóruns no bairro Jardim São Paulo, no Recife, e Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. Na quarta-feira (6), os Fóruns da Juventude seguem para Santo Amaro e Afogados, no Recife, e na quinta-feira (7) acontece o segundo fórum de Caruaru, no bairro de Salgado. 

    Hoje no Fórum de Santo Amaro, o secretário Executivo de Políticas para Criança e Juventude, João Suassuna, vai estar presente na escola para comemorar com a juventude, em ato simbólico, o aniversário de um ano do ID Jovem, Programa Nacional Identidade Jovem, documento que possibilita benefícios de meia-entrada aos jovens.

    “O caminho encontrado para montar os Núcleos de Cultura de Paz nas escolas é realizar os fóruns, onde os próprios jovens sejam multiplicadores e depois mediadores. Para isso, começamos com reuniões preparatórias em todas as escolas para só agora, em dezembro, realizar os Fóruns da Juventude”, disse Conceição Costa, coordenadora de Ações Integradas da Seart.

    O Fórum da Juventude começou no último dia 28 de novembro, em Caruaru, e será realizado em escolas de 14 bairros de 27 Regiões, até ferreiro de 2018. Ao mobilizar as entidades e coletivos juvenis, a dinâmica será discutir e propor alternativas para o enfrentamento à violência nestes locais, com altos índices de criminalidade. Em 2018, serão articulados os Núcleos de Cultura de Paz nas escolas estaduais. 
    Cidades: Recife
    Assuntos: sdscj, seart, sepcj, forum de juventude, recife
    Compartilhe: Link para o post:
  • Adolescentes do Cenip Caruaru concluem curso de Fabricação de Doces para festas

    | Juventude, Direitos Humanos

    doces  

    Atividade é resultado da parceria entre a Funase e o Senai. O curso de Fabricação de Bolos e Tortas está programado para o início de 2018

    Durante uma semana, a rotina de 18 adolescentes do Centro de Internação Provisória (Cenip) Caruaru foi açucarada. Em uma parceria firmada entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), os alunos participaram de um curso profissionalizante de Fabricação de Doces para Festas. Ao final, eles receberam o certificado, que foi entregue em uma cerimônia realizada na própria unidade, no último dia 1º. O momento foi regado aos doces produzidos pelos próprios adolescentes.

    Durante as 40 horas do curso, os alunos aprenderam a aplicar técnicas profissionais, a preparar misturas e recheios, ideais para a fabricação de trufas de vários sabores, palhas italianas e brigadeiros gourmet. Eles aprenderam ainda a produzir beijinho, bem casado, entre outros doces. Também trabalharam na apresentação dos pratos. Conhecimentos sobre noções de Qualidade, Segurança, Meio-ambiente e Saúde, também foram repassados aos adolescentes.

    No curso, os socioeducandos foram orientados a trabalharem como autônomos ou em empresas de buffets, por exemplo. E o socioeducando G.A., de 16 anos, já planeja um futuro nessa área. “Eu aprendi a fazer muita coisa boa. Quando sair daqui vou ensinar tudo a minha irmã para a gente vender nas lojas”. A professora do curso, Michele Vasconcelos, vê um retorno positivo dessa oportunidade. “Saio daqui encantada. Os adolescentes são muito atenciosos e empenhados nas tarefas, mostrando sempre vontade de aprender. É uma experiência muito boa para mim também”, conclui.

    Esse foi o segundo curso oferecido dentro desta temática este ano. Em setembro socioeducandos do Cenip Caruaru participaram do curso de Fabricação de Salgados para Festas, também ministrado pelo Senai. Para o início de 2018 será ofertado o curso de Fabricação de Bolos e Tortas. Para a Diretora Geral da unidade, Maria Clara Amorim, essa é uma parceria de suma importância. “O benefício é inquestionável e vem sempre abrindo portas para os adolescentes, que saem daqui com um diferencial maior para o mercado de trabalho, que é um diploma do Senai”, destaca.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sjdh, funase, senai, cenip, caruaru, curso, qualificacao,
    Compartilhe: Link para o post:
  • ​Jovens da Funase vão distribuir corações no Marco Zero em desejo por um 2018 com mais amor

    | Juventude

    Ação acontece no próximo dia 7 e faz parte do projeto “Se Liga no Semear”, desenvolvido na Casa de Semiliberdade (Casem) Areais

    Socioeducandos da Casa de Semiliberdade (Casem) Areais se preparam para distribuir bons sentimentos nessa reta final do ano. A ação “Mais Amor em 2018” está programada para acontecer na próxima quinta-feira (07), às 9h, no Marco Zero, Recife Antigo. Os jovens irão distribuir aos turistas e transeuntes corações de TNT confeccionados por eles mesmos.

    A ação faz parte do projeto “Se Liga no Semear”, desenvolvido, desde setembro, pela própria unidade e que tinha como ideia inicial a educação ambiental, por meio do cuidado com os jardins internos e criação de uma horta orgânica, ajudando na construção de novos projetos de vida. Uma das ações já realizadas foi o cuidado com o entorno onde a unidade está localizada, trabalhando, por meio de cartazes e cultivo de mudas, a conscientização do descarte correto do lixo.

    A expectativa para o grande dia já é grande. Durante toda essa semana os adolescentes se empenham na tarefa de fazer o molde dos corações, corte, enchimento e costura, depositando ali todos seus sentimentos mais nobres, prontos para serem compartilhados. “Sair para dividir esses sentimentos é muito bom. Gosto de ajudar. Para 2018, espero que o Brasil esteja melhor, mais motivado e que os trabalhadores consigam emprego”, disse o jovem L.D.C., de 17 anos. 

    Segundo a psicóloga da unidade, Lilian Fonseca, se decidiu expandir o projeto “Se Liga no Semear”, já que se têm trabalhado as questões de sentimentos e afetos e o coração foi o símbolo escolhido por estar associado às mais profundas emoções humanas. “A introdução da conversação e o diálogo são fundamentais para que os adolescentes comecem a se dar conta dos seus próprios sentimentos, afetos e medos, para aí começar um trabalho de restauração, de ressignificação e de aproximação dessas famílias”, destacou. No próximo dia 15 a unidade comemora o Natal, encerrando o ano.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdscj, funase, casem, projeto se liga no semear
    Compartilhe: Link para o post: