meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Fenearte aposta em espaço de proteção para as crianças que frequentam o evento

    | Juventude, Infância

    3d

    A estrutura, com capacidade para atender 80 crianças, vai oferecer atividades educativas e culturais.

    A 19º edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) vai oferecer espaço de proteção para os filhos de artesãos e comerciantes, além das crianças que frequentam a feira. Com capacidade para atender até 80 crianças, a Fenearte Cidadania vai oferecer diariamente programação de atividades culturais e educativas como exibição filmes, apresentações teatrais, oficinas, contação de história. A estrutura, que faz alusão a um circo, vai dispor de sala, estilo trailer, com divisórias e vidros, banheiros, brinquedoteca, espaço para cinema e outros. 

    A proposta foi desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) que vai atuar no espaço com os programas Atenção Redobrada, coordenado pela Executiva de Políticas para Criança e Juventude (Sepcj), e de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), da Executiva de Assistência Social (Seass). De acordo com o gerente de Políticas para Criança e coordenador do Fenearte Cidadania, Macdouglas de Oliveira, o local vai efetivar a política de prevenção social e garantir proteção integral das crianças permitindo o acesso ao lazer e a cultura, pontos que são previstos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). “A importância do espaço de proteção é justamente garantir o direito de crianças e adolescentes em situação vulnerável, ou seja, ele tem a perspectiva de tirar a criança do trabalho infantil e de outras violações de direito”, destaca. 

    Ao todo, 35 profissionais das prefeituras de Olinda e Recife, além dos oficineiros do PETI, que irão desenvolver atividades lúdicas, motoras, cognitivas e criativas sob a ótica do desenvolvimento infantil, elaborar peças de arte com artesãos expositores convidados, realizar passeios assistidos por toda a feira, com o intuito de garantir às crianças o acesso a cultura e lazer, além de construir uma exposição com o que foi trabalhado e desenvolvido na Fenearte Cidadania. O grupo vai ainda cadastrar as famílias e crianças para fazer acompanhamentos necessários pela Rede Socioassistencial, distribuir material e fazer abordagens informativas. 

    Atenção Redobrada
    O programa Atenção Redobrada desenvolve ações de prevenção, articulação, sensibilização e enfrentamento ao trabalho infantil, à exploração sexual, ao consumo e venda de bebidas alcoólicas, a situação de rua e a outras violações dos direitos das crianças e adolescentes.

    Atua com o objetivo de fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos, por meio de campanhas educativas e formações com profissionais de diversas áreas, além de desenvolver Espaços de Proteção nos grandes eventos festivos do Estado. 

    O Programa já alcançou em média 10.000 crianças e obteve o reconhecimento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) como uma das 10 melhores práticas de prevenção ao trabalho infantil.

    PETI
    O PETI é um programa do Governo Federal que tem como objetivo retirar as crianças e adolescentes, de 6 a 16 anos, do trabalho considerado perigoso, penoso, insalubre ou degradante, que coloca em risco a saúde e a segurança das crianças e dos adolescentes.

    O objetivo é proteger as crianças e adolescentes de serem explorados precocemente por qualquer forma de trabalho, contribuindo através de ações socioassistenciais que incluam também as famílias buscando a promoção de direitos, cidadania e inclusão social.

    Pernambuco possui 68 municípios com a gestão do PETI. Suas equipes são formadas por profissionais capacitados a desenvolver ações de busca ativa e identificação do trabalho infantil nos seus territórios e realizar os encaminhamentos para atendimento nos equipamentos e serviços da assistência social e de outras políticas públicas.

    Assuntos: sdscj, sepcj, seass, peti, eca, fenearte, espaco para criancas, circo, atencao redobrada,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco recebe 69 imigrantes venezuelanos

    | Juventude, Direitos Humanos

    imigrantes

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) coordena o processo de acolhimento e de inserção dos imigrantes em projetos sociais.

    Pernambuco acolheu 69 imigrantes venezuelanos na tarde da última terça-feira (03) na Base Aérea do Recife. O grupo vindo de Roraima foi alojado em residências administradas pela ONG Aldeias Infantis, em Igarassu. No total, 164 pessoas, entre adultos e crianças, viajaram numa aeronave da Força Aérea Brasileira de Boa Vista, Roraima, até o Estado, sendo que deste número 45 seguiram para João Pessoa, na Paraíba, onde foram abrigados na Pastoral do Migrante, no município de Conde, e outros 50 seguiram viagem para as Aldeias Infantis, no Rio de Janeiro.

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio da Executiva de Assistência Social (SEASS), faz parte do comitê de órgãos que coordena as ações conjuntas de acolhimento emergencial dos venezuelanos. “Para que fosse minimizada a situação que o país vem enfrentando com a chegada de imigrantes venezuelanos, foi feita a interiorização e o atendimento aos grupos familiares com políticas sociais. Houve uma cooperação entre o Governo Federal e o organismo internacional, que por sua vez selecionou instituições assistenciais e provocou o Estado, não só na política de assistência social, mas em tantas outras, para que pudesse haver uma colaboração. Esse é o primeiro diálogo com Pernambuco”, pontuou o secretário Cloves Benevides.

    Do número de imigrantes, 23 são crianças de até 11 anos, 7 são adolescentes de 12 a 16 anos e 39 são adultos de 18 a 48 anos. De acordo com o secretário-executivo da SEASS, Joelson Rodrigues, a partir da instalação dos imigrantes, o Estado, junto ao município de Igarassu, vai identificar as principais necessidades e articular ações básicas, como atendimento de saúde, inclusão em escolas para as crianças em idade escolar, estratégias de qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho. “Ao todo são 18 famílias, sendo 40 pessoas aptas ao trabalho, que estão vacinadas e com os documentos regularizados. Neste momento, vamos precisar de parcerias com a indústria e comércio local para garantir condições de inserção dessas pessoas, para que possam construir uma nova vida”, pontuou Joelson.

    A vinda dos venezuelanos para Pernambuco faz parte de um acordo entre o Governo do Estado com a Secretaria Nacional da Casa Civil e o Comitê Federal de Assistência Emergencial, que desde o início do ano tratam do fluxo migratório desses estrangeiros. Anteriormente, o governo federal já realizou outras etapas de interiorização, levando venezuelanos para as cidades de Cuiabá, Manaus e São Paulo.

    Residências

    A estrutura residencial na ONG Aldeias Infantis que será destinada aos venezuelanos é composta por sete casas com cinco quartos que cabem até 10 pessoas. A ONG está instalada em mais de 130 países e no Brasil tem mais de 20 unidades.

    Assuntos: sdscj, seass, governo de pernambuco, imigrantes, venezuelanos, governo federal, ong
    Compartilhe: Link para o post:
  • SDSCJ promove seminário sobre Acolhimento Institucional

    | Juventude

    Evento acontecerá na próxima quarta-feira (04), no município do Paudalho. 

    O Acolhimento Institucional será tema de seminário regional que será realizado na próxima quarta-feira, dia 04 de julho, no município do Paudalho, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. O evento é promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e as inscrições devem ser feitas no link:
    https://tinyurl.com/y9vk9s8a

    O acolhimento institucional é uma das medidas de proteção previstas pela lei federal nº 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA) e aplicável a crianças e adolescentes sempre que os direitos reconhecidos na referida lei forem ameaçados ou violados.

    O objetivo do evento é fortalecer a atuação dos conselheiros tutelares do Estado, através de orientações técnicas, em virtude do atendimento para o acolhimento de crianças e adolescentes nos municípios ser atribuição do Conselho Tutelar, bem como a aplicação da maioria das medidas de proteção, inclusive o acolhimento institucional, em caráter excepcional.

    O Seminário Regional sobre Acolhimento Institucional, realizado numa parceria entre a Gerência de Proteção Social Especial de Alta Complexidade da SDSCJ, a Assessoria de Fortalecimento dos Conselhos Tutelares e Municipais dos Direitos e o município do Paudalho, acontecerá das 8h30 às 13h, no auditório da Igreja Matriz da Paróquia do Divino Espírito Santo, localizada na Praça do Espírito Santo, 14 – Centro de Paudalho.

    Contará com a participação de conselheiros tutelares dos municípios de Carpina, Lagoa de Itaenga, Glória de Goitá, Tracunhaém, Feira Nova, Nazaré da Mata, Limoeiro, Itaquitinga, Condado, Aliança e Araçoiaba.

    Assuntos: sdscj, seminario, paudalho, acolhimento institucional, conselho tutelar,
    Compartilhe: Link para o post:
  • SDSCJ capacita gestores da Assistência Social de 56 municípios

    | Juventude

    Inscrições podem ser feitas no site do SIGAS-PE, até o dia 04 de julho. 

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e a Secretaria Executiva de Assistência Social (SEASS) retomam, no mês de julho, o segundo Ciclo de Encontros Regionais de Pernambuco, denominados Encontros de Assessoria Técnica Itinerante do SUAS.

    O primeiro Encontro está programado para os próximos dias 09 e 10 de julho, no município de Salgueiro. Vai reunir gestores e trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) de 27 municípios dos sertões Central, do São Francisco e Araripe. São disponibilizadas 108 vagas. No segundo Encontro, marcado para os dias 11 e 12 de julho, no município de Afogados da Ingazeira, serão contemplados 29 municípios dos sertões do Pajeú, Moxotó e Itaparica. Estão abertas 116 vagas

    Cada município poderá participar com quatro profissionais: preferencialmente o secretário de Assistência Social e representantes dos setores da Proteção Social Básica, Proteção Especial (Média e Alta Complexidade) e um representante do Fundo Municipal de Assistência Social. As inscrições são gratuitas e estão abertas até a próxima quarta-feira, dia 04 de julho, por meio do preenchimento da ficha de inscrição online, no site do Sistema de Informação e Gestão da Assistência Social de Pernambuco (SIGAS-PE): https://sigas.pe.gov.br.

    Os Encontros serão realizados em parceria com o Centro de Desenvolvimento e Cidadania (CDC). O objetivo é prestar apoio técnico e formação continuada aos gestores e trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) nos municípios e garantir os direitos socioassistenciais através da oferta qualificada dos serviços, programas, projetos e benefícios aos usuários da assistência social em Pernambuco.

    Durante os eventos serão abordados temas relacionados à Política de Assistência Social e os participantes também escolherão a participação em grupos temáticos sobre “Benefícios do SUAS”, “Controle Social do Bolsa Família / Segurança Alimentar e Nutricional”, “Atuação do SUAS no enfrentamento à violência doméstica e violação de direitos” e “Prontuário SUAS e RMA”.

    Assuntos: sdscj, seass, sigas, encontros regionais, suas, salgueiro, gestores,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador recebe parceiros do Juventude Presente

    | Juventude

    juventude

    Paulo Câmara conheceu nesta quarta (27) os primeiros alunos dos cursos de capacitação no Palácio Campo das Princesas.

    A parceria firmada com os franqueados do Grupo Prepara Cursos e da Microlins tem o objetivo principal de promover prevenção social, oferecendo ao público-alvo cursos de capacitação como ferramentas de transformação e superação profissional, promovendo a inserção produtiva e fomentando a inclusão social e acesso ao mercado de trabalho. Para isso, serão ofertadas 15 mil vagas para cursos de capacitação profissional aos jovens de 15 a 29 anos, residentes dos Territórios Especiais de Cidadania de atuação das Estações do Governo Presente, com atenção especial para aqueles que se encontram no perfil delimitado no Índice de Vulnerabilidade Juvenil – IVJ e Universos Prioritários.

    Ação faz parte das estratégias de prevenção social do programa Governo Presente, desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ). “No contexto do Pacto pela Vida, as ações de segurança pública e de prevenção social são duas faces da mesma moeda e ambas têm sido fortalecidas pelo Governo. Por isso, em 2018 as ações de prevenção social estão sendo incrementadas, focando nas atividades com os jovens dos territórios”, destaca o secretário da SDSCJ, Cloves Benevides.

    De acordo com a secretária executiva de Articulação Social (Seart), Mileane Aguiar, a parceria traz muitos benefícios à juventude, que tem a oportunidade de melhorar o currículo e entrar para o mercado de trabalho. “Em 2018, o programa Governo Presente ratifica sua atuação na promoção de prevenção ao crime e à violência, investindo na ampliação das parcerias e projetos de qualificação profissional, tendo estes cursos para os jovens como uma importante estratégia de proteção social”, destaca.

    As aulas serão ministradas nas diversas unidades das empresas parceiras: na Boa Vista, Casa Amarela, Afogados, Água Fria, Nova Descoberta, Piedade, Prazeres, Paulista, Igarassu, Caruaru, Garanhuns, Cabo de Santo Agostinho, Timbaúba e Goiana, Camaragibe, Garanhuns e Petrolina. Informações e inscrições devem ser feitas através da Seart, pelo telefone (81) 3183.0737/ 3183.0720, ou através do site da SDSCJ, www.sdscj.pe.gov.br.

    Cursos oferecidos

    A Microlins oferece sete mil vagas para os cursos de Inglês Brasil Bilíngue (carga horária de 22h), Hotelaria e Turismo (Carga horária de 16h), Excelência no Atendimento a Clientes (carga horária de 16h), Líder do Amanhã (carga horária de 16h), Adobe Photoshop Essencial (carga horária de 18h).

    Já o Prepara Cursos oferece oito mil vagas para os cursos de Introdução à Informática - windows e digitação (carga horária de 20h), Corel Draw (carga horária de 18h), Assistente Administrativo (carga horária de 18h), Vendas (carga horária de 16h), Operador de Caixa (carga horária de 16h). Além desses, a instituição de ensino também ofertará palestras de empregabilidade, marketing pessoal e encaminhamento para o mercado de trabalho para todos os alunos inscritos.

    Assuntos: sdscj, paulo camara, formacao profissional, cursos, capacitacao, jovens, governo presente, pacto pela vida, seart,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Case Caruaru recebe projeto com oficinas de esportes, arte e literatura

    | Juventude, Direitos Humanos

    sjdh

    Iniciativa, que ocorreu pela primeira vez nesse formato, foi promovida pela Secretaria de Educação e deve ser estendida para mais unidades da Funase.

    O Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru, uma das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) no Agreste de Pernambuco, recebeu um projeto na área de educação que ofertou 12 oficinas para os cerca de 100 socioeducandos que estão na unidade. As ações foram realizadas pela Secretaria Estadual de Educação, por meio da Secretaria Executiva de Desenvolvimento da Educação (SEDE) e da Gerência de Educação Inclusiva, Direitos Humanos e Cidadania (GEIDH). Só entre professores, coordenadores e outros técnicos das duas instituições, foram mobilizadas 35 pessoas. O grupo passou o dia na unidade, promovendo oficinas simultaneamente.

    Houve contação de histórias, oficina de mamulengo, atividades artísticas inspiradas nas obras do artista plástico Romero Britto e torneio esportivo. Além das ações realizadas para os socioeducandos, o projeto contou com uma formação continuada para os professores. “O objetivo das oficinas foi conscientizar os socioeducandos sobre os motivos de eles estarem no Case, além de ficarem cientes sobre seus direitos e deveres enquanto cidadãos”, ressaltou a gerente de Educação Inclusiva, Direitos Humanos e Cidadania da Secretaria de Educação, Vera Braga.

    O projeto teve a sua primeira edição realizada em Caruaru, porém, de acordo com o chefe de unidade de Educação no Atendimento Socioeducativo, Hugo Regis, a intenção é estendê-lo. “Queremos levar essas oficinas a todas as unidades de internação”, ressaltou.

    Pela Funase, além da equipe do Case Caruaru, estiveram presentes a assessora técnica de Políticas de Atendimento Socioeducativo, Nereida Pontes, a coordenadora do Eixo Educação da instituição, Sônia Melo, a representante do Eixo Saúde, Mirtes Martins, e a integrante da Assessoria Técnica de Unidades de Internação (Atin), Marlene Albuquerque. “Levamos professores e coordenadores de outras unidades, como Abreu e Lima, Cabo, Jaboatão, Vitória e Timbaúba. Foi um momento de troca que buscou dar uma visão mais concreta das ações de educação dentro do Case Caruaru e promover um nivelamento do trabalho em benefício dos socioeducandos”, declarou Sônia Melo.

    Para a coordenadora técnica do Case Caruaru, Thaysa Vila Nova, a ação foi importante por estimular os adolescentes em múltiplas dimensões, além de também enriquecer a prática de todos os que trabalham com o atendimento socioeducativo. “Isso promove a transformação e o desenvolvimento social desses adolescentes, além de ser uma motivação a mais para todos os profissionais”, destacou.

    Na ocasião, ainda foi lançado o jornalzinho “O Mundão”, voltado aos adolescentes e seus familiares. Com seis páginas, a primeira edição do periódico publicou orientações sobre os efeitos do álcool no organismo, curiosidades acerca da Copa do Mundo, seção de passatempo e uma página com espaço para que os socioeducandos ou seus parentes façam relatos sobre planos e expectativas. A publicação será sempre construída coletivamente nas reuniões do Grupo de Orientação sobre Drogadição (GOD), com pautas que contemplem, além de saúde, orientações jurídicas e nas áreas de psicologia, educação, serviço social, recreação e atualidades.

    Assuntos: sdscj, funase, case, caruaru, oficinas, sede, geidh,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Oficinas em unidade da Funase abrem semana dedicada à prevenção ao uso de drogas

    | Juventude, Direitos Humanos

    cenip

    Adolescentes do Cenip Recife assistiram a uma peça e a vídeos com alusão à temática, que tem o dia 26 de junho como marco das ações de enfrentamento.

    Socioeducandos do Centro de Internação Provisória (Cenip) Recife participaram, nesta segunda-feira (25), de duas oficinas voltadas à conscientização e prevenção ao uso de drogas. A ação na unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), que recebe adolescentes com idades entre 12 e 18 anos e, excepcionalmente, jovens com até 21 anos, foi promovida por meio da articulação de três secretarias executivas da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ). O momento fez alusão ao Dia Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas, lembrado nesta terça (26) e com atividades programadas para esta semana em todo o Estado.

    A primeira oficina, de teatro, usou o humor para falar de coisa séria: os males causados pelo uso de drogas. O retrato da perda do equilíbrio em várias esferas, como a financeira e a das relações com familiares e amigos, levou o público a refletir. Intitulada “Ébrio e Sóbria”, a peça foi encenada pela equipe de dramatização do Programa Atitude, composta por um psicólogo e por educadores sociais. Já a outra oficina, de cinema, buscou sensibilizar os adolescentes sobre a prevenção por meio de vídeos de curta duração.

    A superintendente de Prevenção às Drogas da Secretaria Executiva de Política sobre Drogas (Sepod), Áquila Cabral, destacou que ações como as que ocorreram no Cenip Recife buscarão contemplar diversos públicos atendidos pela SDSCJ ao longo da semana. Além da Sepod, estão envolvidas as secretarias executivas de Políticas para a Criança e Juventude e de Assistência Social. “Hoje estamos trazendo essa mensagem de prevenção aos adolescentes da Funase, mas em todos os municípios onde há o Atitude (Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e Caruaru), também estão acontecendo ações planejadas previamente e desenvolvidas de maneira integrada”, ressaltou.

    A assessora técnica de Unidades de Internação Provisória da Funase, Zélia Mesquita, salientou que a ação somou-se às estratégias desenvolvidas na rotina da unidade, por meio do Grupo de Orientação sobre Drogadição (GOD). “Começar a semana de ações da secretaria pelo Cenip foi muito importante por contemplar um local que é, de certo modo, a porta de entrada do sistema socioeducativo. Aqui os adolescentes ficam 45 dias, e é interessante eles passarem por uma revisão de conceitos sobre esse tema. No fim das oficinas, houve um arremate com foco na construção de uma melhoria de vida, com ampla participação deles”, afirmou.

    No mesmo sentido, a coordenadora geral do Cenip Recife, Anny Sales, avaliou as atividades como positivas para os socioeducandos. “O momento foi bem proveitoso e importante porque trabalhamos o tema drogadição de forma lúdica. O objetivo era atingir os adolescentes e conseguimos fazer com que eles participassem”, afirmou a coordenadora, que ainda destacou a participação ativa dos agentes socioeducativos.

    Assuntos: sdscj, funase, cenip, semana de prevencao, drogas, oficinas, sepod, assistencia social
    Compartilhe: Link para o post:
  • DETRAN-PE recebe prêmio Melhor Programa de Estágio 2018

    | Juventude

    ciee

    Representando o Diretor Presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, Charles Ribeiro, a Gerente de Recursos Humanos, Maria Francisco Cavalcanti, acompanhado da servidora Maria da Conceição Ribeiro, recebeu ontem (14), o prêmio Melhor Programa de Estágio, conferido pelo Centro de Integração Empresa Escola – CIEE, que integra jovens ao mercado de trabalho há 50 anos.

    O prêmio foi resultado de avaliação realizada pelo CIEE, onde foram analisadas as condições oferecidas pelo Órgão inscrito e pelos próprios estagiários, por meio do preenchimento de um formulário eletrônico, abrangendo diferentes atributos característicos de um bom programa de estágio, os estagiários avaliaram sua satisfação com o programa de estágio numa escala de 1 a 5.

    Segundo Francisca, a Autarquia reserva 30% de suas vagas de estágio para jovens provenientes de comunidades carentes ou envolvidos em situação de risco. “Acompanhamos o estagiário do início ao fim de sua formação, além de promovermos palestras, atividades externas, como visitas a empresas e distribuição de material didático. Também capacitamos os orientadores dos estagiários”, explica.

    De acordo com o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, o Órgão possui 200 estagiários, tanto de nível médio quanto de nível superior, comprometidos em aprender e crescer profissionalmente. “O prêmio é um reconhecimento na nossa de responsabilidade social, além de comprovar a qualidade das práticas adotadas na condução do programa de estágios. Esse prêmio é de grande importância na valorização dos estagiários, etapa fundamental na vida de nossos estudantes que pode ajudá-los a ter um futuro profissional promissor”, destacou.

    “Quero parabenizar a todos os envolvidos nessa luta pela formação da juventude, o que é algo bom para os jovens, para as empresas e para o país”, celebrou o presidente do CIEE, Lucilo Varejão.

    Rosy Rodrigues, ex-estagiária, agradeceu pela oportunidade que teve no DETRAN-PE. "Fui capacitada durante o estágio e, agora, tenho chance de, como profissional, retribuir prestando serviços ao Órgão".

    Assuntos: secid, detran, programa de estagio, premiacao, ciee, avaliacao,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Gestores da SEAS participam de formação voltada à primeira infância

    | Juventude

    formacao

    Gestores, técnicos, educadores sociais, profissionais da Gerência de Proteção Social Básica e do programa Primeira Infância e trabalhadores dos Serviços de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes participaram nesta quinta-feira (14), do quarto encontro de formação com ênfase em cuidados relacionados à primeira infância.

    A formação é promovida pela Secretaria Executiva de Assistência Social (SEASS), em parceria com o Núcleo de Investigação em Neuropsicologia, Afetividade, Aprendizagem e Primeira Infância (Ninapi) da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O objetivo é qualificar os técnicos e cuidadores/educadores sociais para desenvolver ações de cuidados específicos às crianças de 0 a 6 anos.

    O tema das discussões desse quarto encontro foi “Individualizando o cuidado – Estratégias para utilização dos Planos Individuais de Atendimento (PIA's) nas casas de acolhimento do Recife”. O palestrante foi o psicólogo e técnico do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Paulo Teixeira.

    Os próximos encontros estão programados para os dias 18 e 28 de junho, na sala de audiovisual, no 2º andar do prédio do Centro de Ensino de Graduação Obra Escola (Cegoe) da UFRPE, em Dois Irmãos.

    De acordo com a coordenadora da Gerência de Proteção Social Especial de Alta Complexidade (Gepac) da SEASS, Cláudia Souza, durante os encontros formativos são discutidos temas relacionados à assistência à primeira infância (0 a 6 anos), o neurodesenvolvimento, papel da estimulação e do brincar para o desenvolvimento infantil, as doenças de carência afetiva e a importância da afetividade para a constituição do sujeito.

    Assuntos: sdscj, seas, formacao, gestores, primeira infancia, ufrpe, mppe, cegoe, gepac
    Compartilhe: Link para o post:
  • SDSCJ lança Mapa Estratégico para período 2018-2023

    | Juventude, Administração

    seplag

    Secretário Cloves Benevides afirmou que o compromisso da Secretaria é com os bons resultados.

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) lançou na manhã desta quarta-feira (13) o Mapa Estratégico Organizacional da SDSCJ para 2018-2023, elaborado em parceria com a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag). O evento foi realizado no Teatro Beberibe, do Centro de Convenções, em Olinda, com a participação de todos os secretários executivos, gestores da Funase e da Sead e servidores.

    O planejamento estratégico, segundo o secretário Cloves Benevides, é uma ferramenta que vai auxiliar no fortalecimento da gestão e na melhoria dos resultados dos programas e das políticas públicas oferecidas pela SDSCJ. “É o planejamento de resultados futuros e o nosso compromisso para atender mais e melhor a população”, afirmou o secretário.

    Essa foi a primeira etapa formal do Planejamento Estratégico da SDSCJ, iniciado em janeiro e concluído em maio. De acordo com o secretário executivo de Modelo de Gestão da Seplag, Maurício Cruz, que fez a apresentação do Mapa Estratégico e enumerou as etapas executadas, o trabalho foi realizado em tempo recorde. “O resultado é fruto do engajamento e dedicação de todos aqueles que estão envolvidos nesse processo”, disse.

    Para a construção do Mapa Estratégico Organizacional da SDSCJ foram promovidas oficinas de Análise de SWOT e Identidade Organizacional, entrevistas, preenchimento de relatórios e realizados encontros com a participação dos secretários executivos, gestores, coordenadores e técnicos dos órgãos.

    Essas atividades permitiram revisar e ajustar os conceitos em torno da missão, da visão e dos valores da SDSCJ; conhecer os seus pontos fortes e fragilidades. A partir dessa dinâmica foram definidas estratégias a serem executadas para tornar as ações dos programas mais eficientes e eficazes. No encerramento da apresentação, o secretário Cloves Benevides pediu o compromisso da equipe e de todos os setores da SDSCJ para garantir bons resultados.

    Assuntos: sdscj, seplag, mapa estrategico, funase, sead,
    Compartilhe: Link para o post: