meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Oficina de cinema de animação para crianças com implante coclear

    | Educação, Saúde, Juventude, Infância
    Animage

    Aulas no Hospital Agamenon Magalhães (HAM) fazem parte da programação do Animage

    Crianças com implante coclear atendidas no Hospital Agamenon Magalhães (HAM), referência em otorrinolaringologia no Estado, participam, até o final desta semana, de uma oficina de cinema de animação. As aulas e a exibição de curtas ocorrem pela manhã, no auditório da unidade de saúde, das 9h às 11h, e fazem parte de uma articulação entre o projeto Cultura é Saúde do HAM e do VII Festival Internacional de Animação de Pernambuco (Animage). 

    O ponto alto da programação será nesta sexta-feira (25/11) durante o 7º encontro anual de pacientes que receberam implantes cocleares, que este ano debaterá a inserção das crianças no ambiente escolar. As técnicas de animação e stop motion estão sendo desenvolvidas por dois monitores do Animage e a produção dos pequenos será apresentada no encerramento do Festival, no Cinema do Museu, na Av. 17 de Agosto, no último dia da mostra (27/11), às 15h. 

    "Associar o calendário cultural às atividades dentro do hospital é uma forma de ressignificar o papel da unidade de saúde dentro de um contexto mais amplo de sociedade. A oficina possibilita a reabilitação, inclusão e interação entre eles e é um incentivo à aprendizagem. Por ser um conhecimento novo e bastante lúdico, é um estímulo incalculável para essas crianças", comenta a chefe do serviço de Otorrinolaringologia do HAM, Mariana Leal. Desde o início do programa, em 2009, o HAM já realizou 165 implantes cocleares em crianças e adultos. Só este ano, foram feitos 28 implantes cirúrgicos.

    O implante coclear é indicado para quem tem perda auditiva severa ou quase total em ambos os ouvidos. Em crianças que já nascem com a deficiência, é importante que o diagnóstico seja feito o quanto antes, de preferência até os cinco anos, para otimizar o tratamento e a aquisição da fala. 

    Encontro anual - Este ano, o VII Encontro terá foco na integração com a escola, com a participação de diretores e professores, pais e filhos. No período da manhã as atividades serão voltadas a crianças e jovens em idade escolar e à tarde, para os pacientes adulto. Também será exibida uma sessão do Festival de Animação. O debate será mediado pela psicopedagoga Mônica Souza. Haverá também orientações sobre os cuidados que os usuários devem ter com os aparelhos auditivos e espaço para ajustes e manutenção. 

    Assuntos: Hospital Agamenon Magalhães, Animage, cultura, saúde, VII Festival Internacional de Animação de Pernambuco, inserção escolar,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Juntos pelo Social reforça parceria entre o Estado e o empresariado para o desenvolvimento de projetos sociais

    | Administração, Fisco, Infância
    Juntos Pelo Social
    Campanha de destinação do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica possibilitará a reserva de até 1% do IR para a promoção de ações na área

     
    Estimular o compromisso do setor privado com a redução das desigualdades sociais.  Foi com esse objetivo  que, durante o Juntos pelo Social - I Encontro Integrado do Empresariado - realizado nesta quinta-feira (10.11), no auditório do Banco Central no Recife, o Governo de Pernambuco apresentou a campanha de destinação do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica para o desenvolvimento de ações na área. A iniciativa possibilitará que as corporações reservem até 1% do IR, referente ao seu lucro real, para os Fundos Estaduais da Criança e Adolescente e do Idoso. A doação não representa custo às empresas e garante a promoção de atividades de prevenção social. O governador em exercício, Raul Henry, comandou o encontro, pioneiro no País.

    "Essa é uma iniciativa exemplar porque envolve o empresariado, os conselhos, as entidades ligadas aos movimentos sociais, para que a gente possa minorar a exclusão dos setores mais vulneráveis da sociedade", destacou Raul Henry. O governador em exercício também pontuou que a desigualdade na sociedade é uma dificuldade de todo o País. "Apesar de termos construído muitas vitórias nos últimos anos, o Brasil ainda é muito excludente", salientou o gestor.

    Para Raul Henry, a iniciativa pioneira do Governo de Pernambuco de chamar a classe empresarial para uma contribuição mais efetiva demonstra sensibilidade e compromisso com o avanço das transformações vivenciadas na última década. "Esse é um evento da maior importância porque o desafio de atender os setores mais vulneráveis é de toda a sociedade civil organizada", frisou Raul, diante de uma plateia composta por empreendedores e ativistas do setor.

    A gestão dos recursos do fundo compete aos Conselhos de Direitos, no que se refere à definição das diretrizes de utilização dos seus recursos e a ordenação de despesas compete ao órgão responsável pela administração do fundo. Foi o que assegurou o secretário Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Isaltino Nascimento, durante a apresentação desse projeto. "A partir da experiência do Banco Itaú, que doou R$ 2 milhões para o Fundo do Idoso, decidimos expandir a iniciativa a outros empresários. Sabemos que uma parte da sociedade desconhece esse mecanismo e deseja ajudar essa parcela da sociedade que precisa de apoio", frisou. 

    Além do modelo de contribuição observado pelo Juntos pelo Social,  os empresários interessados também podem apoiar atividades desportivas aprovadas pelo Ministério dos Esportes, com investimentos podem ser deduzidos na Declaração de Ajuste Anual às doações e patrocínios concedidos a esse tipo de projeto. "Essa doação será fundamental para a promoção de ações em favor dos Idosos vulneráveis. A ação vai fortalecer o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o social pernambucano", disse o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Amaro Bezerra.

    Também participaram deste encontro no Banco Central o secretário da Fazenda, Márcio Stefanni; o deputado estadual Aluisio Lessa; o superintendente estadual do Banco Central, Kléber Pinho dos Santos; e o representante do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Natuch Lira; além de empresários e representantes de entidades sociais. 

    Fotos: Roberto Pereira/SEI
    Cidades: Recife
    Assuntos: Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, desigualdades sociais, Juntos pelo Social - I Encontro Integrado do Empresariado,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Juntos pelo Social – I Encontro Integrado do Empresariado

    | Fisco, Infância
    O Governo Paulo Câmara, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, sob a gestão do secretário Isaltino Nascimento, vai realizar o evento  "Juntos pelo Social – I Encontro Integrado do Empresariado". O Encontro vai reunir, no auditório do Banco Central, no Recife, no dia 10 de novembro de 2016 (quinta-feira), no horário das 8h30 às 12h30, aproximadamente 500 pessoas, entre empresários da indústria e comércio, representantes de escritórios contábeis e advocatícios, servidores públicos e outros. O objetivo é sensibilizar o empresariado pernambucano quanto à doação de Imposto de Renda ao Fundo da Criança e do Adolescente, Fundo do Idoso e projetos incentivados.

    A ação será desenvolvida em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e o Conselho Estadual dos Direitos do Idoso, visando implantar a cultura de doação de imposto para áreas de desenvolvimento social. Para tal é imprescindível estimular o compromisso social dos doadores, visto que sua contribuição promoverá o fortalecimento das políticas para criança e adolescente e pessoa idosa.

    A mesa será composta pelo vice-governador do Estado de Pernambuco, Raul Henry, pelo Secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Isaltino Nascimento, e representantes dos seguintes órgãos: Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Estadual dos Direitos do Idoso, Secretaria da Casa Civil, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Planejamento, Secretaria de Administração, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ministério Público, Tribunal de Justiça, Poder Legislativo, Tribunal de Contas do Estado, Controladoria Geral do Estado, Procuradoria Geral do Estado, Secretaria da Receita Federal, Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Regional de Contabilidade, Câmara de Dirigentes Lojistas, Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco.
     
     
    MODALIDADES DE DOAÇÃO - 
    Doações com Dedução Integral no Imposto de Renda.
    Doações Destinadas ao Fundo da Criança e Adolescente e Fundo do Idoso.

    Modalidade de doação de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, que poderá destinar até 1% do Imposto de Renda, referente ao seu lucro real, para cada fundo, totalizando assim 2%. Diferente das demais modalidades de política de incentivo focalizado, a doação ao Fundo da Criança e do Adolescente e ao Fundo do Idoso não representa custo adicional às empresas, contudo garante que o recurso seja aportado diretamente no Estado de Pernambuco, possibilitando aporte em ações estratégicas de prevenção social.
     
    A gestão dos recursos do fundo compete aos Conselhos de Direitos, no que se refere à definição das diretrizes de utilização dos seus recursos e a ordenação de despesas compete ao órgão responsável pela administração do respectivo Fundo.
     
    PROJETOS ESPECÍFICOS - FOMENTO ÀS ATIVIDADES DESPORTIVAS: 
     
    Um projeto desportivo é um plano apresentado para implementar ações, bem como estimular a prática, o ensino, o estudo, a pesquisa e o desenvolvimento do desporto. Estes projetos são aprovados pelo Ministério do Esporte para a habilitação da captação. Após esta etapa transfere-se definitivamente o recurso, bens ou serviços para sua implementação. Estes investimentos podem ser deduzidos na Declaração de Ajuste Anual às doações e patrocínios concedidos a projetos desportivos e para-desportivos de maneira semelhante às doações aos fundos supracitados.
     
     
    DOAÇÕES SEM DEDUÇÃO INTEGRAL NO IMPOSTO DE RENDA
    Fundo Nacional da Cultura e Incentivos à Atividade Audiovisual – Lei Rouanet
     
    A Lei Rouanet pode ser usada por pessoas físicas e jurídicas que desejam financiar projetos culturais e receber incentivos fiscais como contrapartida. Os incentivos fiscais abrangem patrocínios e doações por meio de apoio direto a projetos culturais e contribuições ao Fundo Nacional de Cultura (FNC).
     
    Assuntos: SDSCJ, governo de pernambuco, paulo camara, projetos culturais, imposto de renda, fundo do idoso, projetos incentivados
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara: " O programa Mãe Coruja Pernambucana é o resultado da inspiração e do trabalho de muita gente"

    | Comunicação, Saúde, Direitos Humanos, Infância
    Simpósio Primeira Infância

    Governador destacou Iniciativa estadual durante a abertura, nesta segunda-feira, do VI Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, no Recife.
     
    A expertise do Governo de Pernambuco na condução de projetos voltados ao desenvolvimento da primeira infância foi compartilhada pelo governador Paulo Câmara, nesta segunda-feira (07.11), na abertura do VI Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, no Recife. Realizado pela primeira vez em uma cidade do Nordeste, o encontro é promovido pelo Núcleo Ciência Pela Infância (NCPI), em parceria com o Programa Mãe Coruja Pernambucana, iniciativa com atuação reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Na ocasião, o chefe do Executivo estadual destacou a importância do programa.

    "Como governador, tenho satisfação em compartilhar a experiência do Governo do Estado no desenvolvimento de uma política pública tão importante quanto é o Mãe Coruja, que muitos de vocês já tomaram conhecimento. O programa é o resultado da inspiração e trabalho de muita gente", destacou Paulo, que esteve acompanhado da primeira-dama Ana Luiza. O gestor lembrou ainda que o programa começou a ser desenvolvido na primeira gestão de Eduardo Campos, em 2007. "Em sua formação, já era notável que o programa seria uma política de Estado capaz de ir além do alcance de cada um de nós, com respaldo político e reconhecimento social capaz de ultrapassar mandatos", grifou Câmara.  

    Diante de uma plateia de estudiosos e técnicos atuantes no segmento, o gestor ressaltou a necessidade de assegurar recursos para manter os projetos. Paulo Câmara recordou que enviou à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) um Projeto de Lei para tornar impositivo os recursos do Mãe Coruja Pernambucana. Com isso, as rubricas destinadas ao programa serão protegidas por Lei. "Prioridade não é conversa, é orçamento. Só tem prioridade aquilo que tem recursos garantidos", disse o governador.

    Com o tema "Primeira Infância: Prioridade Absoluta", o encontro local debaterá, entre outros, sobre a qualidade da atenção à primeira infância e o fortalecimento das potencialidades dos adultos para o desenvolvimento das nossas crianças. Ao destacar a parceria com o Governo de Pernambuco, o presidente do NCPI, Eduardo de Campos de Queiroz, afirmou que o Mãe Coruja é um exemplo para o Brasil e que a organização vai atuar no projeto. "Agora, nós também vamos trabalhar na avaliação e na organização do programa", frisou o gestor.

    Para o presidente do Conselho de Curadores da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Dario Guarita, o tema requer a união de esforços de todos os atores da sociedade. "A nossa causa é global e precisa de uma ação direta", destacou o executivo. Guarita salientou que a edição Nordeste do simpósio já superou, em número de inscritos, a última realizada em São Paulo. "Hoje, são 450 inscritos para debater sobre uma causa tão importante para o País.

    MÃE CORUJA - Nesta segunda-feira, das 17h30 às 18h30, uma mesa vai relatar a experiência e resultados do Mãe Coruja ao longo desses nove anos. Na ocasião, será apresentada a iniciativa de sistematização da experiência do programa em quatro volumes, constando o histórico (I), a metodologia/manual técnico (II), a pesquisa quantitativa (III) e a pesquisa de avaliação qualitativa (IV). Participarão da mesa a coordenadora do Conselho Consultivo do Mãe Coruja Pernambucana, Ana Elizabeth Andrade Lima, o jornalista Evaldo Costa, a economista Tânia Barcelar e o professor Ricardo Paes de Barros.

    Repleta de ideias para debater no simpósio, a técnica Amanda Cavalcanti veio do município de Condado, na Mata Sul. No Mãe Coruja desde 2014, a jovem detalhou os avanços do projeto. "As crianças não querem deixar o programa, tornando um vínculo para esses futuros jovens pernambucanos", afirmou a técnica. Amanda disse ainda: "Esse encontro vem trazendo novos temas para a gente debater".

    Acompanharam o governador Paulo Câmara e a primeira-dama Ana Luiza, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, a primeira-dama do Recife, Cristina Mello; e a coordenadora do Mãe Coruja Pernambucana, Ana Elisabeth Andrade Lima. 


    Fotos: Wagner Ramos/SEI
    Cidades: Recife
    Assuntos: desenvolvimento da primeira infância, Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, Núcleo Ciência Pela Infância, Programa Mãe Coruja Pernambucana, Primeira Infância: Prioridade Absoluta,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pilota de Stok Car visita o Projeto Condutor do Amanhã

    | Educação, Juventude, Transporte, Mobilidade, Trânsito, Infância

    Detran 3 

    Destaque no automobilismo nacional, a pilota de Stock Car Bia Figueiredo, 31 anos, esteve nesta terça-feira, 25, no Kartódromo do Tamboril em Paulista, Região Metropolitana do Recife, para conhecer detalhes do Projeto Condutor do Amanhã, que é pioneiro no país e desenvolvido pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, com o objetivo investir na educação do trânsito para transformar estudantes da rede municipal em motoristas conscientes no futuro.

    Acompanhada do secretário de Educação do Paulista, Carlos Júnior e do gerente da Escola Pública de Trânsito - EPT, Ivson Correia, Ela conheceu todo o processo de execução do projeto, que consiste em várias etapas, sendo elas: formação dos alunos em sala de aula sobre as normas de trânsito; vivência dos alunos no circuito prático, onde eles passam pelo papel de pedestres, motoristas e ciclistas; apresentação de esquete teatral com a Turma do Fom-Fom (game-show segurança e cidadania); e entrega da Carteira de Habilitação Infantil.

    A piloto ainda acompanhou a prática dessas crianças, que utilizam uma mini pista adaptada com as devidas sinalizações horizontais e verticais, inclusive com um semáforo para que eles possam assimilar o dia a dia das ruas, além de carros elétricos e bicicletas.  “Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que, em 2013, o Brasil era o quarto País com mais mortes no trânsito. Isso é muito preocupante, por isso, iniciativas nesse sentido são fantásticas. Esse é um projeto que precisa ser desenvolvido em outras cidades, em outros estados”, defendeu Bia, que começou a pilotar aos oito anos.

    O diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, afirma que os investimentos para viabilizar esse kartódromo junto aos parceiros é menor que o valor gasto pela Secretaria de Saúde com o tratamento de uma única vítima de trânsito. “Essa é uma iniciativa diferenciada onde usamos da educação de crianças para formar agentes multiplicadores, que sem dúvida, reproduzirão com adultos o que aprendem em sala e na prática e serão condutores, ciclistas ou pedestres mais conscientes”, completa.

    O Projeto, que é desenvolvido pela Autarquia, conta com a parceria da Confederação Brasileira de Automobilismo – CBA, Federação Pernambucana de Automobilismo – FPA, Prefeitura do Paulista e da empresa Techpark, sob gerência da EPT.  Estão sendo contempladas turmas do ensino fundamental anos iniciais, que compreende a faixa etária de 07 a 09 anos, com aulas sempre às segundas, terças e quartas-feiras, envolvendo 48 alunos por manhã, tendo a expectativa de beneficiar 1,8 mil estudantes por ano.  

     
    Cidades: Recife
    Assuntos: projeto condutor do amanhã, detran-pe, estudantes, rede municipal, condutores, normas de trânsito, kartodromo,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Materiais recicláveis viram renda alternativa em Suape

    | Emprego, Meio Ambiente, Infância

    Saupe

    Materiais que poderiam ser jogados no lixo estão virando brinquedos nas mãos das famílias que moram no território de Suape. Isso porque, no Mês das Crianças, o Complexo Industrial Portuário de Suape realizou oficinas de confecção de brinquedos usando materiais recicláveis que são encontrados facilmente em casa, como garrafas pet, palito de churrasco e corda de varal. A ação, que aconteceu esta semana, faz parte de uma série de cursos de empreendedorismo que estão sendo realizados pela Diretoria de Gestão Fundiária e Patrimônio de Suape.

    Durante o curso, os materiais são transformados em brinquedos clássicos da infância – como o tradicional vai e vem, feito com garrafas pet e com corda; e o pega varetas, que transforma palitos de churrasco e um pouco de tinta, em muita diversão. A atividade também promove um interesse maior dos pais nas brincadeiras dos seus filhos, como diz a moradora Renata Maria, de Vila Massangana. "Gostei muito de aprender a reciclar na oficina de hoje. Vai me ajudar a ter mais contato com meus filhos, fazer brincadeiras diferentes com eles”, relatou a dona de casa.

    De acordo com a Coordenadoria de Assistência Social de Suape, o objetivo é dar oportunidade de renda alternativa para as famílias que moram na região, que podem ganhar dinheiro vendendo os artesanatos que aprendem a fazer, além de estimular a consciência ecológica. A ação, que começou em julho de 2016, está dentro do Plano de Trabalho Técnico Social que o Complexo de Suape executa, desde fevereiro de 2014, nas comunidades inseridas no Projeto Habitacional Suape.

    As oficinas são realizadas no escritório social que Suape mantém instalado nas comunidades consolidadas do território. Para convocar os moradores, é realizado um chamamento público por meio de cartazes de divulgação da oficina fixados nos estabelecimentos comerciais de cada comunidade.  Somente este ano, foram realizadas oficinas de confecção de bolsas com material reciclável, produção de sabão com óleo, confecção de pufe com PET, criação de horta vertical, confecção de vassouras com PET e oficina de patchwork, beneficiando cerca de 360 pessoas.

     

    Cidades: Cabo de Santo Agostinho
    Assuntos: suape, dia das crianças, reciclagem, escritório social, habitacional suape,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Assombrações Pernambucanas se reúnem no Parque Estadual de Dois Irmãos

    | Juventude, Meio Ambiente, Infância

     

    O Parque Estadual de Dois Irmãos (PEDI) realiza na próxima quinta-feira (27/10), às 18h, uma programação especial voltada para adultos e crianças. É Zoo Noturno Mal Assombrado, atividade que irá proporcionar um passeio cheio de emoções, com visita aos animais de hábitos noturnos, acompanhado de histórias que mexem com o imaginário popular, como lendas do folclore e assombrações do Recife. O evento é realizado numa parceria do PEDI com a empresa Recife Mal Assombrado, Trilogia Bio, Instituto Preguiça de Garganta Marrom (IPGM) e Associação de Funcionários e Amigos do Parque (AFAPA).

    A partir das 17h30, a bilheteria estará aberta e os grupos serão formados para início do passeio, que será guiado por profissionais e monitores do Parque. Os visitantes presenciarão atividades com os animais de hábitos noturnos como corujas, serpentes, jacarés, anta, tamanduás, raposas, jaguatirica, hipopótamo, tigres, onça e leão. Haverá também uma vivência com animais treinados, como corujas, gavião e serpente (animais certificados da Trilogia Bio). Outra atração do evento é uma pequena trilha pela mata de Dois Irmãos, onde os visitantes vão encontrar alguns personagens de assombrações.

    Já confirmaram presença também o Pai da Mata, Cumadre Fulorzinha,Papa Figo, Panteu, Preto Velho, Velho do Saco, Curupira, Menino do Pirulito, Perna Cabeluda, Loira do Banheiro e a anfitriã Branca Dias, caçada como bruxa pela Inquisição europeia no século 19, e que viveu no casarão do Prata.

    “Será a verdadeira Convenção das Assombrações Pernambucanas e os visitantes do Zoo Noturno Mal Assombrado vão poder conhecê-las de perto. Em vários países, o dia 31 de outubro, se comemora o Dia das Bruxas, ou Hallowen, mas a nossa equipe resolveu fazer uma homenagem as assombrações e espíritos da Mata. Será uma noite inesquecível, juntando curiosidades, educação ambiental, cultura pernambucana e uns bons sustos”, garante o gestor Parque de Dois Irmãos, George do Rêgo Barros.

    Para quem vai curtir as emoções do Zoo Noturno Mal Assombrado, o gestor, biólogos e veterinários do Parque alertam que, para garantir o bem-estar e a tranquilidade dos animais, não será permitido tirar fotos com câmeras  fotográficas ou celulares com flash e nem o uso de lanternas. Além de recomendar o uso de calça comprida e calçado fechado para os que desejarem fazer a parte da trilha  que segue pela mata.

    Durante a atividade estará funcionando uma praça de alimentação, e haverá um quiosque de maquiagem temática, para quem quiser entrar no clima do Zoo Mal Assombrado.

    Serviço:  ZooNoturno MalAssombrado

    Programação: 

    - Visitação aos animais de hábitos noturnos do Parque e vivência com animais treinados (como coruja e cobra) da empresa TrilogiaBio

    - Contação de histórias e encenações sobre assombrações, folclore e lendas regionais.

     Data: 27/10/2016 (quinta-feira)
    Entrada: Das 17:30h às 20:00h
    Ingressos: Preço único - R$ 15,00 (serão vendidos apenas no dia)
    Funcionamento da bilheteria: das 17h30 às 20h30 
    Praça da alimentação: aberta ao público
    Informações: 3184-7753 ou zoodoisirmaos@gmail.com

    Cidades: Recife
    Assuntos: parque estadual de dois irmãos, zoo noturno mal assombrado, crianças,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chapéu de Palha Mulher da Zona Canavieira e Pesca Artesanal

    | Educação, Juventude, Emprego, Direitos Humanos, Infância

    chapeu de palha mulher A Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE), em parceria com 23 organizações feministas e de mulheres, iniciou a 10ª edição do Chapéu de Palha Mulher da Zona Canavieira e a 5ª edição do Chapéu de Palha Mulher da Pesca Artesanal. As formações estão em andamento e vão até novembro. 

    O Programa envolve 2.400 mulheres cortadoras de cana de açúcar e 1.530 pescadoras, além de 1.565 crianças, filhas e filhos das participantes, em atividades lúdico-pedagógicas.

    As mulheres canavieiras realizam cursos de Formação Sociopolítica e Artesanato e Formação Sociopolítica e Produção e Beneficiamento de Alimentos, com duração de 60 horas. Trinta municípios da Zona da Mata participam do programa este ano. 

    Já as pescadoras artesanais terão formação Sociopolítica; Gestão Produtiva e Econômica com Ênfase em Artesanato; e Gestão Produtiva e Econômica com Ênfase em Beneficiamento do Pescado. Nove municípios do litoral pernambucano participam dessa edição. A duração também é de 60 horas.

    A metodologia adotada nas formações associa teorias e práticas a partir de conteúdos voltados para as temáticas de gênero, raça e etnia, classe, enfrentamento da violência contra as mulheres, autonomia produtiva, econômica, entre outros.

    As organizações contratadas para execução das atividades na Zona Canavieira são:
    Centro das Mulheres do Cabo (Coordenação);
    Associação das Mulheres de Nazaré da Mata;
    Associação das Mulheres de Tracunhaém;
    Centro das Mulheres Urbanas e Rurais de Lagoa do Carro e Carpina;
    Centro das Mulheres de Pombos;
    União das Mulheres Mariana Amália de Vitória de Santo Antão; Centro das Mulheres de Vitória de Santo Antão;
    Grupo Mulher Ação;
    Centro das Mulheres de Joaquim Nabuco;
    Centro das Mulheres de Ribeirão Sandra Rodrigues;
    Associação das Mulheres de Água Preta;
    Fundação Miguel Mendonça e Centro de Estudos e Ação Social Rural.

    Na Pesca Artesanal, dez organizações implementam as ações do Programa:
    Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional – Fase (Coordenação);
    Associação Comunitária do Sítio Alto do Morcego;
    Associação das Mulheres de Caricé;
    Associação das Mulheres Dinâmicas de Condado;
    Casa da Mulher do Nordeste;
    Centro de Desenvolvimento e Cidadania;
    Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero;
    Grupo Curumim,
    Instituto Diversidade,
    Gênero e Educação;
    e Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste.

    Assuntos: chapeu de palha mulher, mulher, sona canavieira, pesca artesanal, organizações feministas, secmulher-pe, Cabo, Nazaré da Mata, Tracunhaem, lagoa do carro, carpina, pombos, vitoria de santo antão, joaquim nabuco, agua preta,
    Compartilhe: Link para o post:
  • SALGUEIRO: Mais de 300 alunos passam por consultas oftalmológicas no 1º dia do Boa visão

    | Educação, Saúde, Juventude, Infância

    Boa Visão

    Voluntários de 13 países participam da ação, realizada em parceria com Secretaria Estadual de Educação, Lafepe, Fundação Altino Ventura e Fundação OneSight

    Cerca de 350 alunos das redes municipal e estadual de ensino do Sertão Central passaram por consultas oftalmológicas gratuitas, na tarde desta segunda-feira (17/10), no primeiro dia de atividades do Programa Boa Visão no Sertão Central. Os atendimentos estão sendo realizados no Clube Talismã, no Bairro de Nossa Senhora das Graças, em Salgueiro, por meio de uma parceria entre secretarias estaduais de Saúde, Educação e Lafepe, com a Fundação Altino Ventura (FAV) e Fundação OneSight. 

    Um dos primeiros estudantes a passar por consulta e constatar a necessidade do uso de lentes foi João Pedro de Araújo, de 12 anos, estudante do 6º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Manuel Leite, localizada em Salgueiro. “Meu olho esquerdo embaçava e eu não conseguia ver nada de um lado do quadro e saindo hoje com os óculos vou melhorar meu desempenho na sala”. 

    Até o próximo dia 27 de outubro, mais de quatro mil estudantes dos ensinos fundamental e médio de 27 escolas estaduais do sertão pernambucano passarão por consultas oftalmológicas. Todos os alunos que precisarem de óculos receberão os dispositivos, também gratuitamente, na mesma semana. 

    “O Boa Visão faz essa parceria com a FAV e a OneSight para que esse grande momento aconteça, mas é um programa contínuo do Governo de Pernambuco com o objetivo de fortalecer o desempenho e desenvolvimento das crianças e jovens em idade escolar”, reforça a diretora geral de Políticas Estratégicas da SES, Flavia Magno. 

    A gestora de Programas e Projetos Especiais da Secretaria de Educação do Estado, Márcia Rodrigues, também reforça a importância do Programa no aprendizado das crianças. “Pernambuco é destaque na educação pública no Brasil e o Boa Visão tem um papel fundamental nesses índices, pois promove o cuidado com a saúde oftalmológica. Se a gente dá condições aos alunos para que eles enxerguem melhor, estamos transformando a vida escolar deles. Portanto, esse projeto propicia um resgate de qualidade de vida e de cidadania” pontua.

    Os alunos atendidos na ação são oriundos das 21 escolas estaduais dos municípios de Salgueiro, Cedro, Mirandiba, Moreilândia, Parnamirim, São José do Belmonte, Serrita, Terra Nova e Verdejante, além de 6 escolas do município de Belém de São Francisco. Todos os atendimentos estão sendo realizados por profissionais da FAV e da Fundação OneSight, instituição norte-americana do Grupo Luxottica.

    A ação conta com uma equipe multidisciplinar formada por médicos oftalmologistas, oftalmologistas pediatras, enfermeiros, assistentes sociais, técnicos em exames, assistentes oftalmológicos e recepcionistas, além de intercâmbio com mais de 40  voluntários estrangeiros de  13 nacionalidades (Estados Unidos, Itália, Venezuela, China, Inglaterra, Hungria, Canadá, Polônia, Rússia, Espanha, Holanda, França e Brasil) que ficam responsáveis pela fabricação dos óculos, que serão entregues posteriormente à consulta.

    “Os olhos são a janela da alma e levar saúde visual para essas crianças tem um impacto muito importante na vida delas. Se você está na escola e não vê bem, você não aprende - 80% da aprendizagem passa pela visão”, reforça o gerente de Programas da Fundação OneSight, Daniele Cangemi. 

    Para facilitar a comunicação entre os voluntários estrangeiros com os alunos, estudantes da rede estadual, que participaram do Programa Ganhe o Mundo - que oferece intercâmbio em países de língua inglesa e espanhola - estão atuando na iniciativa como intérpretes. Pedro Júnior, de 17 anos, estudante do 3o ano do Ensino Médio da Escola Estadual Agrícola Umãs, localizada na zona rural de Salgueiros, viajou para o Canadá no ano passado e está atuando na ação do Boa Visão. Ele ressalta a importância dessa vivência.

    “Participar do Ganhe o Mundo foi uma experiência única. Meu nível na língua subiu muito e participar dessa ação está sendo renovador, porque estou podendo treinar e aperfeiçoar ainda mais, interagindo diretamente com esse grupo de estrangeiros”, disse.  

    Dados - O Projeto Boa Visão é um programa do Governo de Pernambuco criado a partir da Lei nº 14.511 de 07 de dezembro de 2011. Desde o início do Projeto, já foram realizadas mais de 81 mil consultas oftalmológicas e entregues mais de 46 mil óculos corretivos. Além da Secretaria Estadual de Saúde, o Boa Visão também tem a participação da Secretaria Estadual de Educação.

    Assuntos: boa visão, exame oftalmológicos, estudantes, ensino público, lafepe, fundação altino ventura, fundação onsesight, alunos,
    Compartilhe: Link para o post:
  • 10ª edição do Domingo na Arena tem 2ª eliminatória do Som na Arena, diversão e espetáculo circense em especial de Dia das Crianças

    | Juventude, Turismo, Cultura, Infância

    Arena2 

    Diversão, música, mágica e muita alegria. Assim foi a 10ª edição do Domingo na Arena, voltada para o Dia das Crianças. Os jovens músicos da Orquestra Ojusa (Orquestra Juvenil de Santo Amaro), se apresentaram com violinos, flautas e percussão fazendo um som de músicas conhecidas, que animaram o público presente. A edição contou ainda com uma novidade especialmente para a criançada, a zumba infantil de Edmílson Nascimento, que colocou os pequenos para dançar.  Além disso, ocorreu a segunda eliminatória do concurso Som na Arena, que classificou mais quatro grupos para as semifinais, que começam dia 06/11.

    As bandas classificadas através do júri foram Will2Kill, de Metal, Rafa emery, de Rock ‘n Roll e Samba Pra Geral. A quarta sairá do voto popular, exercido através da fanpage da Arena de Pernambuco no Facebook. Na primeira etapa, foram classificadas ainda as bandas SELvA, Doutor Black, Saga HC e Projeto Armazém, na primeira eliminatória.

    No palco da Praça Sul, o Circo Social da Uninassau, projeto voltado para pessoas com síndrome de down, apresentou seu espetáculo para os pequenos e adultos. A mágica ficou por conta do mágico Rodrigo Lima, que proporcionou um momento lúdico para a garotada trazendo seu show interativo, de mágica, ventriloquia e sorrisos. A banda AnimaKids embalou a tarde mesclando diferentes estilos e ritmos musicais, além de shows de mágica e brincadeiras.

    “A 10ª edição do Domingo na Arena marcou a segunda eliminatória do Som na Arena e veio para consagrar a importância de eventos como esse, voltado para as famílias pernambucanas. Preparamos atrações pensando na diversão das famílias e das crianças, afinal estamos na semana das crianças e não poderíamos deixar de fazer um Domingo na Arena especialmente para elas”, comentou o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

    As apresentações no palco da Praça Sul encerraram com show da banda Patusco, que preparou um repertório voltado para o universo infantil, levantando a garotada. Ari Brandão e Camille Couto são da Bahia e moram no Recife há 9 anos, eles vieram com os filhos Julia e Matheus Brandão curtir o Domingo na Arena pela primeira vez e curtiram bastante o evento. “Eu já vim na Arena em dia de jogo, no Domingo é a primeira vez e estamos gostando muito. Trouxe meu filho para andar de bike comigo e minha pequena para aproveitar o domingo das crianças”, ressaltou Ari.

    Em parceria com a Uninassau, o público foi presenteado com mais diversão e opções de lazer e saúde. Fisioterapia, blitz de postura, enfermagem, biomedicina e farmácia, com aferição de pressão, testes glicêmicos e orientações de saúde, além de nutrição, com avaliação e orientação nutricional, índice de massa corpórea, orientações básicas sobre alimentação saudável e mais.

    Cidades: São Lourenço da Mata
    Assuntos: arena, dia das crianças, orquestra ojusa, domingo na arena, som na arena,
    Compartilhe: Link para o post: