meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • PE Conduz já realizou mais de 67 mil viagens este ano

    | Juventude, Infância

    Programa transporta gratuitamente pessoas com deficiência para serviços de saúde e atividades de lazer

    O PE Conduz, um dos programas mais importantes do Governo Paulo Câmara, realizou, de janeiro a agosto deste ano, 67.102 viagens. Destinado ao transporte gratuito de pessoas com deficiência para tratamentos de saúde e atividades de lazer o Programa conta com 45 vans, todas adaptadas para o transporte confortável e seguro de pessoas em cadeira de rodas, comportando cada um deles até três usuários, com acompanhante.

    O serviço é feito porta a porta e, atualmente, atende vários municípios em todo o Estado: 14 da Região Metropolitana do Recife, além de Petrolina, Arcoverde, Timbaúba, Vitória, Caruaru e nove cidades circunvizinhas. 

    Usuário do PE Conduz há quatro anos, Cláudio José, 52, morador de Barra de Jangada, tem um tipo de amiotrofia muscular rara. Ele conheceu o serviço através da irmã e usa o transporte duas vezes por semana (terça e quinta), para fazer fisioterapia no Centro de Apoio e Integração de Portadores de Necessidades Especiais (Caine), em Candeias. “Antes de utilizar o serviço eu tinha dificuldade de chegar aos lugares para fazer o tratamento. Sempre que perdia um ônibus, demorava muito para vir outro, além do fato de nem todos os coletivos terem o elevador para subir com a cadeira de rodas”, afirmou. Ele elogiou o PE Conduz, ressaltando que o serviço contribuiu muito para melhorar sua qualidade de vida.

    Por sua vez, Priscila Silva, 25 anos, mãe de Marcos Silva, de sete anos, que tem paralisia infantil, entrou no programa há três meses. Além de utilizar o serviço de vans duas vezes por semana (segunda e terça), para tratamentos na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), Priscilla e Marcos também participam da rota de lazer. Através do programa já tiveram a oportunidade de ir para Porto de Galinhas, Garanhuns e passeio no Marco Zero do Recife. Para Priscila, o serviço facilitou a sua vida já que, segundo ela, no transporte público nem todos os ônibus estão preparados para receber pessoas com deficiência. "Sempre que precisava sair com o Marcos era um desconforto muito grande, além dos ônibus não terem a estrutura necessária também não ofereciam segurança nenhuma. Com o serviço de vans chegamos em segurança e dentro do horário marcado nas atividades e consultas”, ressaltou. 

    De acordo com Edmilson Silva, que comanda a Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD), "atualmente, 628 pessoas estão registradas para atendimento pelo PE Conduz, todas elas cadeirantes. O uso do serviço é para atividades contínuas, sendo no máximo cinco viagens por semana". A SEAD é vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão do secretário Roberto Franca, e integra a Secretaria Executiva de Segmentos Sociais, dirigida por Sérgio Moura. 

    Para ser beneficiário do programa é necessário que o candidato realize o cadastro através do número 0800 28 10312. No Recife, este cadastro pode ser feito pessoalmente, de segunda a sexta, das 8h às 16h na SEAD, localizada ao lado do Centro da Juventude, na Avenida Norte Miguel Arraes, S/N, no bairro de Santo Amaro. "Após a inscrição, o candidato é orientado a imprimir uma ficha de validação médica (disponível no site do programa), providenciar o laudo médico, originais do CPF, identidade, comprovante de residência, comprovante de renda e encaminhar toda esta documentação para SEAD", explicou Edmilson Silva. Ele acrescentou que após análise dos documentos e elegibilidade é agendada uma visita social e o candidato aguarda a inclusão na rota para começar a desfrutar do serviço.

    Além dos serviços de transporte para tratamento de saúde o usuário cadastrado no PE Conduz também pode utilizar o transporte para rotas de lazer e atividades culturais de caráter público.  Edmilson ressaltou que, "nos finais de semana e em algumas datas comemorativas, são realizadas diversas atividades para este público, como o Praia sem Barreiras, Festival de Inverno de Garanhuns, Espetáculo da Paixão de Cristo, Camarote da Acessibilidade no Carnaval e Bike sem Barreiras. Também são realizadas visitas a museus, zoológico e parques".

    COMO SURGIU: O Programa Pernambuco Conduz surgiu em novembro de 2010, estabelecido pela Lei estadual n° 14.218/11, para atender às pessoas com deficiência física, com severa dificuldade de locomoção e que não apresentem condições de mobilidade e acessibilidade autônoma aos meios de transporte já existentes. O serviço é um atendimento especial e gratuito oferecido pelo Governo Paulo Câmara, que foi desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), comandada por Roberto Franca, por meio da Executiva de Segmentos Sociais, sob a coordenação de Sérgio Moura, e da Superintendência de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD), dirigida por Edmilson Silva.

    URJA SOCIAL: Todo o trajeto dos beneficiários do programa até os locais de tratamento ou lazer é operacionalizado através da Central de Monitoramento da Urja Social – empresa responsável pela execução do programa. Através deste sistema, é possível saber em tempo real a localização de cada veículo e quem são os usuários que estão sendo transportados no momento. Esta interação entre monitoramento e operação busca a garantia da execução das programações de viagens planejadas. Além de realizar possíveis mudanças nas rotas, quando necessário, a fim de otimizar o tempo e garantir a pontualidade do serviço.

    Cidades: Arcoverde, Caruaru, Petrolina, Recife, Timbaúba, Vitória de Santo Antão
    Assuntos: sdscj, PE conduz, sead
    Compartilhe: Link para o post:
  • Ipem-PE apreende 145 brinquedos no 1º dia da Operação Criança Segura

    | Juventude, Infância
     
    Com a aproximação do Dia das Crianças, o Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco, órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Governo de Pernambuco e delegado do Inmetro, está realizando entre os dias 27 e 29 de setembro a primeira fase da Operação Criança Segura, que fiscalizará estabelecimentos que comercializam produtos infantis na Região Metropolitana e no interior do Estado. 
     
    No 1º dia da Operação os fiscais metrológicos visitaram cerca de 10 lojas em um centro de compras da zona sul do Recife e apreenderam 145 itens irregulares, entre eles estavam pistolas d'água, carrinho de pelúcia, brinquedos de madeira  e chaveiros com temas infantis, todos sem o Selo de Conformidade do Inmetro. 
     
    Estão sendo alvos das operações produtos como brinquedos; cadeiras de retenção, que são as cadeirinhas de automóvel, para transporte de crianças; berços; carrinhos de bebê; e as bicicletas infantis. Durante as fiscalizações, os agentes fiscalizadores observarão se os produtos estão sendo comercializados com o conjunto de informações obrigatórias, como: dados do fabricante ou do importador, CNPJ da empresa fabricante, país de origem, composição, faixa etária e, principalmente, o selo de identificação da conformidade. Todas as informações devem estar escritas em português.
     
    “As nossas fiscalizações possuem o objetivo de evitar que os pernambucanos adquiram itens irregulares. Queremos garantir o aumento da confiança do consumidor na conformidade do produto e no fato de que estão comprando produtos seguros para as suas crianças”, afirma Adriano Nemesio, Presidente do IPEM-PE.
     
    A ação desta quinta-feira, 28, acontecerá a partir das 10h nos estabelecimentos localizados na Rua de Santa Rita, Bairro de São José, no Recife. As lojas em que forem encontradas irregularidades terão até dez dias para apresentar defesa à autarquia.
     
    O consumidor pode apresentar denúncias, dúvidas ou sugestões por meio da ouvidoria do IPEM-PE pelo telefone 0800 081 1526, de segunda à sexta, das 8h às 14h.
    Cidades: Recife
    Assuntos: ipem, inmetro, operaçao criança segura, sdec
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara cria comitê de prevenção à violência infanto-juvenil em parceria com TJPE, TRE-PE, MPPE e Defensoria Pública

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância
    CIJ
    Termo de cooperação assinado pelo governador e pelos representantes das entidades, nesta quinta-feira, busca executar medidas que promovam uma cultura de paz para os jovens pernambucanos
     
    O governador Paulo Câmara assinou, na manhã desta quinta-feira (21.09), no Palácio do Campo das Princesas, um termo de cooperação que visa o desenvolvimento e aprimoramento de estratégias de atuação na prevenção de conflitos e redução da violência infanto-juvenil. A medida cria um comitê gestor que contará com representantes do Poder Executivo, do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública para promoção e difusão de políticas públicas que favoreçam a disseminação de uma cultura de paz nas escolas e nos programas de atendimento socioeducativo do Estado. O Tribunal de Justiça e o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) participam da iniciativa, além de conselhos estaduais e municipais de defesa dos direitos da criança e do adolescente. 
     
    “Essa iniciativa reflete claramente todo um processo de integração do Poder Executivo, junto com o Poder Judiciário, Ministério Público e sociedade civil organizada, no intuito de promover o desenvolvimento social da criança e da juventude, além de preparar Pernambuco para um futuro de mais cidadania, de mais paz. E isso é possível quando nós incorporamos, dentro das nossas escolas, a possibilidade de uma consciência cada vez mais coletiva na questão da cidadania; da importância da educação e da cultura; da valorização da pessoa, dos direitos humanos”, destacou o governador.
     
    O comitê irá avaliar, coordenar e ampliar, de forma articulada, o desenvolvimento social com ações diretas em constante defesa dos direitos e amparo das crianças e juventude, na luta pela reinserção dos indivíduos em situação de vulnerabilidade social. Induzindo e garantindo direitos, além de fomentar uma cultura de paz. As secretarias de Educação e Desenvolvimento Social, Criança e Juventude contarão com representação no colegiado.
     
    Paulo reforçou também a importância das ações preventivas alinhadas ao trabalho de ressocialização. “Ao mesmo tempo, é importante ter uma política preventiva que possa corrigir malfeitos, que infelizmente ocorrem, mas que possam dar um horizonte de futuro, mostrando que é possível mudar, reagir. Eu tenho certeza que, com parcerias e integrações, é possível alcançar resultados mais rápidos. E essa juventude tem um papel muito ativo e pode ajudar muito a mostrar caminhos, a mostrar que, através da educação, do preparo e do esforço próprio, é possível alcançar sonhos”, pontuou.
     
    As instituições, juntas, irão promover discussões para a elaboração de estratégias de intervenção voltadas à construção de um fluxo integrado de serviços, como explica o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Roberto Franca. “Nós estamos construindo uma política de Estado que transcende os governos. Esse convênio, idealizado para resolver conflitos, promover justiça restaurativa e a cultura de paz integram, também, as ações do Pacto Pela Vida. Fazemos uma articulação com várias secretarias estaduais que não se restringe apenas nas ações repressivas da área policial”, salientou.
     
    Na área da educação, caberá à pasta promover um conjunto de medidas voltadas para a melhoria da qualidade do ensino e da qualificação dos jovens, através da promoção de acesso ao conhecimento e educação profissional.  O objetivo é contribuir para a identificação de talentos e potencialidades que contribuam para a inserção desses jovens no mercado de trabalho, preparando-os para o enfrentamento das desigualdades e a valorização da diversidade.
     
    “É muito bom a agente poder assinar esse termo de cooperação que busca um maior alinhamento, uma maior articulação e um fortalecimento desse conjunto de ações. Esse ato de hoje representa o fortalecimento de um conjunto de ações que já vêm sendo desenvolvidas, ao longo dos últimos anos, e que buscam uma maior articulação das nossas atividades. E isso tudo tem um impacto muito grande, positivamente, no desenvolvimento do nosso Estado, principalmente no ponto de vista social”, reforçou o secretário estadual de Educação, Frederico Amâncio.
     
    JUDICIÁRIO - O Tribunal de Justiça de Pernambuco e o MPPE, com apoio da Coordenadoria da Infância e Juventude, do Centro de Apoio Operacional, e das Promotorias de Justiça da Infância e Juventude, irão identificar e apresentar os programas em desenvolvimento, com relação à especificação do objeto deste Termo de Cooperação Técnica, visando à maximização dos seus resultados. “O Poder Judiciário tem uma função muito importante que é promover a pacificação e a justiça social. E promover a justiça é dar a mesma oportunidade a todos. Temos uma grande responsabilidade de fazer com que as pessoas sejam conscientizadas dos seus direitos de cidadania para que possam lutar e alcançar seus objetivos”, defendeu Leopoldo Raposo, presidente do TJPE.
     
    À CIJ/TJPE, caberá supervisionar e apoiar os projetos executados diretamente pelas Varas com competência de Infância e Juventude no Interior do Estado de Pernambuco. A cargo do TRE-PE, ficará o desenvolvimento de ações institucionais, de responsabilidade social, com ações socioeducativas no âmbito do Programa Eleitor do Futuro, com base nos convênios e parcerias para otimização das respectivas atividades que tem como objetivo beneficiar jovens estudantes na faixa etária de 7 a 17 anos.
     
    Em paralelo, o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente e o Conselho Municipal de Defesa e Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente/Recife terão como competências formular a política de proteção, promoção e defesa dos direitos da criança e do adolescente, afim de coordenar, controlar e fiscalizar sua execução, além de apoiar e fortalecer os demais entes que atuam na defesa e promoção dos direitos da Criança e do Adolescente. Já a Defensoria Pública será responsável por prestar assistência jurídica integral e gratuita à população hipossuficiente, que não tenha condições financeiras de pagar as despesas de um advogado.
    Assuntos: governo de pe, termo de cooperacao, cij/tjpe, prevencao de conflitos, reducao da violencia infanto-juvenil
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seminário vai marcar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância
    A atividade, em parceria com a Prefeitura de Limoeiro, tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude
     
    Em alusão ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência será realizado um Seminário, no próximo dia 21/09, no município de Limoeiro. O evento reunirá secretários e gestores municipais das secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social, coordenadores e técnicos dos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social) e representantes do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CONED), com o objetivo de fortalecer a Política da Pessoa com Deficiência.
    A atividade, em parceria com a Prefeitura de Limoeiro, tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, sob a gestão de Roberto Franca, por meio da Secretaria Executiva de Segmentos Sociais, comandada por Sérgio Moura, e através da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência, dirigida por Edmilson Silva.
     
    DIA DE LUTA
    O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa de movimentos sociais, foi instituído em 1982 e oficializado pela Lei Nº 11.133, de Julho de 2005. Desde então, a data é comemorada e lembrada todos os anos e em todos os estados do País.
     
    SERVIÇO:
    Evento: Seminário do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. 
    Data:  21/09/2017. 
    Local: auditório do Instituto Padre Luis Cecchin, R. Profa. Rivadávia B de Paula, 155 - Jose Fernandes Salsa, Limoeiro - PE, 55700-000.
    Horário: 8h às 12h.
    Realização: SEAD em parceria com a Prefeitura de Limoeiro.
    Cidades: Limoeiro
    Assuntos: sdscj, dia nacional de luta da pessoa com deficiencia, cras, coned
    Compartilhe: Link para o post:
  • Campanha de Multivacinação imuniza crianças e adolescentes em PE

    | Saúde, Juventude, Infância

    Até o próximo dia 22, postos de saúde realizam atualização dos cartões de vacina 

    O Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação levou crianças e adolescentes aos postos de saúde espalhados pelo Estado de Pernambuco, no último sábado (16.09). Essa estratégia vem sendo adotando desde 2012 e tem a finalidade de atualizar a situação vacinal de rotina da população de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). Cada município organizou suas ações para o Dia D. 

    Atualmente, o calendário nacional de vacinação conta com 14 vacinas para as crianças e 5 para os adolescentes. Por isso, é fundamental que toda a população alvo compareça aos serviços de saúde levando a caderneta de vacinação, até a próxima sexta-feira (22.09), para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas, para completar o esquema vacinal. Com isso, é possível evitar casos de sarampo, coqueluche, difteria, tétano, HPV, meningite, poliomielite, hepatites A e B, entre outras doenças.

    “A Campanha de Multivacinação busca chamar a atenção dos pais e responsáveis para que mantenham a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes em dia. Esse é um momento oportuno para fazer a atualização e, com isso, evitar diversos tipos de doenças, inclusive algumas que estão fora de circulação no Brasil, como a poliomielite, que foi registrada pela última vez em Pernambuco em 1988”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo.

    Entre as vacinas que poderão ser aplicadas nas crianças, estão as das hepatites A e B, tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo), meningocócica C, BCG e as contra a poliomielite. Já para o público entre 7 e menores de 15 anos, há a dupla adulto (dT - difteria e tétano), hepatite B, meningocócica C e HPV.

    Edjane Maria de Souza levou os filhos e o sobrinho à Unidade Básica de Saúde Bairro Novo, em Camaragibe. Após avaliação dos profissionais da unidade, só o sobrinho Joanderson Alexandre, de 13 anos, precisou atualizar a caderneta. O adolescente recebeu a dose contra meningite. “Sempre fico atenta as datas para vacinação, campanhas como essas e as doses que são aplicadas de acordo com a idade deles”, disse.

    “Para cada vacina é estabelecido o número de doses, a idade mínima e máxima para receber cada dose e os intervalos ideais entre as elas. Se um esquema vacinal não for completado ou for realizado no tempo inadequado, a pessoa não ficará imune às doenças”, ressalta Ana Catarina.

    Assuntos: ses, dia d, campanha de vacinaçao, multivacinaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Capacitação do Criança Feliz em Caruaru

    | Juventude, Infância
    Curso é destinado a equipe do P​rograma no Agreste do Estado  

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio de sua Executiva de Assistência Social e da Coordenação do Programa Criança Feliz, realizará, no período de 18 a 22 de setembro, a Capacitação do Programa Criança Feliz, em Caruaru. O evento tem o objetivo de instrumentalizar as equipes para a execução das ações/atividades em seus municípios.

    O público-alvo do curso serão os Coordenadores e Supervisores do Programa Criança Feliz dos municípios da Região do Agreste Central, Meridional e Setentrional.Os municípios contemplados nesta capacitação são aqueles que informaram à Coordenação Estadual do Programa na SDSCJ que possuem equipe do Programa Criança Feliz.

    O Programa Criança Feliz/ Primeira Infância no SUAS foi criado em 2016. É coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Em Pernambuco, 132 municípios fizeram a adesão ao Programa. Em torno de 24 mil gestantes e crianças serão atendidas no Estado. O Programa Criança Feliz tem como objetivo o atendimento às famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada – BPC, com crianças na primeira infância, para o fortalecimento dos vínculos familiares e desenvolvimento infantil.  

    Serviço:

    O que: Capacitação para Coordenadores e Supervisores do Programa Criança Feliz

    Onde: Campus I Centro Universitário Tabosa de Almeida ASCES – UNITA, Av. Portugal, nº 584,​ Bairro Universitário, Caruaru-PE

    Quando: 18 a 22 de setembro de 2017

    Horário: 8h às 17h30

    Municípios participantes: Barra de Guabiraba, Caruaru, Cupira, Ibirajuba, Panelas, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Bom Conselho, Buíque, Caetés, Calçado, Canhotinho, Correntes, Jupi, Lajedo, Pedra, Limoeiro e Santa Cruz do Capibaribe.​
    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sdscj, programa criança feliz, capacitaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Dia D da campanha de multivacinação para crianças e adolescentes é neste sábado (16.09)

    | Saúde, Juventude, Infância

    Será neste sábado (16.09) o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação. Essa estratégia vem sendo adotando desde 2012 e tem a finalidade de atualizar a situação vacinal de rotina da população de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). Cada município organizará suas ações para o Dia D. 

    Atualmente, o calendário nacional de vacinação conta com 14 vacinas para as crianças e 5 para os adolescentes. Por isso, é fundamental que toda a população alvo compareça aos serviços de saúde levando a caderneta de vacinação, para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas, para completar o esquema vacinal. Com isso, é possível evitar casos de sarampo, coqueluche, difteria, tétano, HPV, meningite, poliomielite, hepatites A e B, entre outras doenças.

    “A Campanha de Multivacinação busca chamar a atenção dos pais e responsáveis para que mantenham a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes em dia. Esse é um momento oportuno para fazer a atualização e, com isso, evitar diversos tipos de doenças, inclusive algumas que estão fora de circulação no Brasil, como a poliomielite, que foi registrada pela última vez em Pernambuco em 1988”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo.

    Entre as vacinas que poderão ser aplicadas nas crianças, estão as das hepatites A e B, tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo), meningocócica C, BCG e as contra a poliomielite. Já para o público entre 7 e menores de 15 anos, há a dupla adulto (dT - difteria e tétano), hepatite B, meningocócica C e HPV.

    “Para cada vacina é estabelecido o número de doses, a idade mínima e máxima para receber cada dose e os intervalos ideais entre as elas. Se um esquema vacinal não for completado ou for realizado no tempo inadequado, a pessoa não ficará imune às doenças”, ressalta Ana Catarina.

    Assuntos: ses, dia d, campanha de vacinaçao, multivacinaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Compaz Ariano Suassuna terá escolinha de vôlei

    | Juventude, Esportes, Infância

     

    Visando contribuir com a inclusão social de crianças, jovens e adolescentes através do esporte, será assinado neste sábado, 2, às 9h, no Compaz Ariano Suassuna, em San Martin, um Termo de Cooperação Técnica entre a Federação de Voleibol do Estado de Pernambuco – FEVEPE, e a Prefeitura da Cidade do Recife, por meio da Secretaria de Segurança Urbana do Recife/Compaz.

    Segundo o Presidente da FEVEPE, Celso Assumpção, a Federação será responsável pela formação de uma escolinha de vôlei com técnico especializado, incluindo ainda a doação de bolas e redes. Já o Compaz irá disponibilizar a estrutura necessária para realização das atividades nos horários estabelecidos no Termo. “Além da inclusão social, nosso objetivo maior é formar novos talentos entre os alunos, possibilitando uma nova oportunidade na vida para que os jovens não sigam caminhos errados, como o mundo das drogas”, concluiu.

    A ação tem o apoio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, que tem realizado constantemente ações educativas com crianças e adolescente e também apoiado atividades promovidas por parceiros, como a FEVEPE.

    Para Charles Ribeiro, Diretor Presidente do DETRAN-PE, o Órgão prima sempre e apoia a juventude, não só com ações de educação no trânsito, a exemplo do condutor do amanhã, mas também no esporte. 

    PROGRAMAÇÃO:
    9h – Assinatura do termo e aula inaugural;
    10 – Jogo Treino – Seleção Pernambucana Juvenil Feminino x Clube Náutico

    Serviço:
    O que: Assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a Federação de Volibol do Estado de Pernambuco e a Secretaria de Segurança Urbana do Recife
    Local: Compaz Ariano Suassuna
    Horário: 9h
    Endereço: Av. General San Martins, S/N, esquina com a Av. Abdias de Carvalho

    Cidades: Recife
    Assuntos: Seturel, compaz, ariano suassuna, escolinha de volei, FEVEPE prefeitura do recife, detran-pe
    Compartilhe: Link para o post:
  • Atenção Redobrada lança campanha publicitária

    | Juventude, Infância

    As peças estão expostas em pontos de ônibus no Grande Recife

    Com o lema Toda criança é para ser cuidada e protegida, o Governo de Paulo Câmara, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), lançou, nesta semana, a campanha publicitária do programa Atenção Redobrada, que realiza ações de conscientização contra a violação de direitos das crianças e adolescentes.  

    As três artes distintas, com ilustrações de meninos e meninas, foi uma criação da agência Black Ninja e estão expostas em diversos pontos de ônibus da Zona Norte até a Zona Sul do Recife. A campanha educativa chama atenção da sociedade para o combate ao trabalho infantil, ao abuso e exploração sexual e contra a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos. 

    PROGRAMA – Coordenado pela Secretaria Executiva de Políticas para Criança e Juventude (SEPCJ), dirigida por João Suassuna, o Programa Atenção Redobrada pretende contribuir para o enfrentamento à situação de rua, trabalho infantil, consumo indevido de bebidas alcoólicas, exploração sexual, e outras violações de direitos da criança e do adolescente nos grandes e médios eventos turísticos e culturais realizados no Estado de Pernambuco. A SEPCJ é vinculada à SDSCJ, sob a gestão de Roberto Franca.

    Realizada desde de junho de 2011, a ação é planejada e articulada com secretarias estaduais e municipais, e executada pelas prefeituras municipais junto com o Governo Estadual, por meio de termo de cooperação técnica.

    O Governo do Estado capacita equipe técnica dos municípios e fornece o material de divulgação para ser utilizado durante o período de eventos como, por exemplo, Carnaval, Semana Santa, São João e festivais culturais. A equipe realiza um trabalho de sensibilização e distribuição de material informativo sobre o tema da campanha com a rede hoteleira, comércio formal e informal, e famílias atendidas nos Programas Sociais.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdscj, sepcj, campanha, conscientizacao, ccrianca e adolecente
    Compartilhe: Link para o post:
  • Reunião de monitoramento avalia política de proteção a crianças e adolescentes ameaçados de morte no Estado

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância

    PNUD

    Avaliar a execução da política de proteção a crianças e adolescentes ameaçados de morte no Estado. Com este objetivo, uma equipe do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e do Centro Popular de Formação da Juventude esteve reunida, por dois dias consecutivos, com a coordenação, equipe técnica e entidade executora do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte de Pernambuco (PPCAAM/PE), programa da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, gerido através da Executiva de Direitos Humanos. 

    “Esse momento de conversa é algo mais pessoal, para estreitar os laços e também discutir junto com a equipe esses dados”, esclarece Juliana Carrinho, consultora PNUD e coordenadora-geral de proteção à Criança e o Adolescente Ameaçado de Morte (CGPCAAM).

    Dos treze estados com PPCAAM em funcionamento, Pernambuco foi o primeiro a receber a reunião de monitoramento em 2017. Durante o encontro, os representantes da PNUD e do Centro Popular de Formação da Juventude avaliaram e discutiram com a equipe do programa pernambucano os dados e indicadores apresentados.

    Ao final, Juliana Carrinho destacou uma das boas práticas do programa. “De imediato a gente percebeu a Família Solidária, que é algo que há em Pernambuco e que contribui muito para efetivação dos direitos das crianças e dos adolescentes”, elogiou. Com o projeto, famílias acolhem temporariamente crianças e adolescentes que estavam em situação de ameaça.

    Assuntos: sjdh, pnud, ppcaam/pe, protecao a crianças e adolescentes
    Compartilhe: Link para o post: