meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Coordenadores de programas de proteção da SEDH participam da “Caravana Acolher e Proteger”

    | Juventude, Infância

    A formação que teve início nesta terça-feira (22/05) segue até a próxima sexta-feira (25/05) tem base na Lei 13.431, de 4 de Abril de 2017, que rege a garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência.

    Coordenadores do Programa de Proteção a Criança e ao Adolescente Ameaçado de Morte (PPCAAM) e o do Núcleo de Acolhimento Provisório (NAP), vinculados a Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), participarão da “Caravana Acolher e Proteger”, promovida pelo Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-PE), em parceria com a Escola de Conselhos de Pernambuco. O encontro que tem a finalidade de capacitar, formar e debater sobre a Lei 13.431, de 4 de abril de 2017, teve início na terça-feira (22/05) segue até a próxima sexta-feira (25/05), em Recife e nos municípios de Caruaru e Arcoverde, já na cidade de Aliança o evento acontecerá no dia 29/05.

    Passando pela Região Metropolitana, Agreste, Sertão e por último Zona da Mata, a Caravana direcionada para rede do município e regiões circunvizinhas, é formada por conselhos tutelares, Poder Judiciário, Ministério Público (MP), defensores públicos e representantes de secretarias de assistência social. A formação, com início previsto às 8h30, seguido do credenciamento, será dividida em duas mesas de diálogos, a primeira a partir das 9h30, sobre “Letalidade contra criança e adolescentes”,  já a segunda será às 14h, com o tem sobre “Lei 13.431/2017: Perspectivas”. Os horários seguem iguais para todas as cidades. Os interessados em participar deverão realizar a inscrição pelo site: https://goo.gl/forms/5PDW5Y9zWqHJrRQr1 .

    Para o coordenador do PPCAAM, Caco Araújo, a participação do programa na caravana é importante para que haja a aproximação com os conselheiros tutelares. “Tendo em vista que a principal porta de entrada das demandas acontece através dos conselhos, é essencial que a gente possa está lá nesses momentos e espaços dos próprios conselheiros, levar o programa, o funcionamento e, mais do que tudo, multiplicar nesses espaços e disseminar o sistema de proteção por todo o Estado”, explica.

    Datas e locais da Caravana:

    22/05: Recife: Auditório da Biblioteca Setorial da UFRPE (próximo ao CEGOE) – Rua Manuel de Medeiros, 36 - Dois Irmãos, Recife – CEP: 52171-011

    24/05: Caruaru: COMVIVA Caruaru – Rua Justino Francisco da Silva, 995 – Bairro Cedro – CEP: 55020- 608

    25/05: Arcoverde: Rua Anderson Henrique Cristiano, Bairro Por do Sol – Arcoverde

    29/05: Aliança 

    Assuntos: sedh, ppcaam, nap, cedca, mp, caravana acolher e proteger,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Coordenadores de programas de proteção da SEDH participam da “Caravana Acolher e Proteger”

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância

    A formação que acontecerá de 22 a 25/05 tem base na Lei 13.431, de 4 de Abril de 2017, que rege a garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência.

     Coordenadores do Programa de Proteção a Criança e ao Adolescente Ameaçado de Morte (PPCAAM) e o do Núcleo de Acolhimento Provisório (NAP), vinculados a Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), participarão da “Caravana Acolher e Proteger”, promovida pelo Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-PE), em parceria com a Escola de Conselhos de Pernambuco. Os encontros que acontecerão de 22 a 25/05, em Recife e nos municípios de Carpina, Caruaru e Arcoverde, têm a finalidade de capacitar, formar e debater sobre a Lei 13.431, de 4 de abril de 2017.

    Passando pela Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e por último Sertão, a Caravana direcionada para rede do município e regiões circunvizinhas, é formada por conselhos tutelares, Poder Judiciário, Ministério Público (MP), defensores públicos e representantes de secretarias de assistência social. A formação, com início previsto às 8h30, seguido do credenciamento, será dividida em duas mesas de diálogos, a primeira a partir das 9h30, sobre “Letalidade contra criança e adolescentes”,  já a segunda será às 14h, com o tem sobre “Lei 13.431/2017: Perspectivas”. Os horários seguem iguais para todas as cidades. Os interessados em participar deverão realizar a inscrição pelo site: https://goo.gl/forms/5PDW5Y9zWqHJrRQr1 .

    Para o coordenador do PPCAAM, Caco Araújo, a participação do programa na caravana é importante para que haja a aproximação com os conselheiros tutelares. “Tendo em vista que a principal porta de entrada das demandas acontece através dos conselhos, é essencial que a gente possa está lá nesses momentos e espaços dos próprios conselheiros, levar o programa, o funcionamento e, mais do que tudo, multiplicar nesses espaços e disseminar o sistema de proteção por todo o Estado”, explica.

    Datas e locais da Caravana:

    22/05: Recife: Auditório da Biblioteca Setorial da UFRPE (próximo ao CEGOE) – Rua Manuel de Medeiros, 36 - Dois Irmãos, Recife – CEP: 52171-011

    23/05: Carpina: Auditório da Prefeitura de Carpina – Praça São José 95 – São José, Carpina – CEP: 55815-040

    24/05: Caruaru: COMVIVA Caruaru – Rua Justino Francisco da Silva, 995 – Bairro Cedro – CEP: 55020- 608

    25/05: Arcoverde: Rua Anderson Henrique Cristiano, Bairro Por do Sol – Arcoverde

    Assuntos: sedh, ppcaam, cedca, caravana,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Criançada terá espaço exclusivo na VI Semana de Mobilização Cidadã

    | Agricultura, Infância

    sara

    O evento também contará com o serviço de exame de próstata, oferecido pelo Sesi.

    Com a expectativa de atender cerca de 30 mil pessoas, o Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa/PE), em parceria com o Governo do Estado de Pernambuco, a Associação dos Usuários e Comerciantes do Ceasa – Recife (Assucere) e o Sindicato do Comercio de Hortifrutigranjeiro, Flores e Plantas do Estado de Pernambuco (Sindfrutas), realiza a sua VI edição da Semana de Mobilização Cidadã Ceasa. O evento, que será realizado de 07 a 11 de maio, no galpão próximo ao Pátio do Milho, aumentou seu número de parceiros em 2018. A ação passou a contar com 50 instituições (ano passado foram 45) parceiras que irão ofertar 70 serviços totalmente gratuitos à população do Centro e também das comunidades vizinhas ao entreposto.

    Em 2018, os pais que desejarem conferir os serviços prestados pela Semana, contarão com o “Espaço Criança”. Os pimpolhos poderão participar de jogos lógicos e educativos, oferecidos pelo Instituto Lúcia Ferraz/Instituto Murakami, enquanto os adultos são atendidos pelos profissionais dos estandes que estarão distribuídos em 2.000m² do galpão, devidamente estruturado. Lá, como em edições anteriores, serão ofertados os serviços de emissão das segundas vias para documentos de identidade, certidões de nascimento, casamento e óbito, exames de vista, glicêmico, aferição de pressão, atendimentos do Detran, entre outros.

    A ação está com mais uma novidade este ano. O Serviço Social da Indústria (Sesi) vem ao evento pela primeira vez, onde vai oferecer na no primeiro e segundo dia o exame de mama e pensando também na saúde do homem, na quinta (10) e na sexta-feira (11), vai realizar o atendimento inédito do exame PSA (próstata).

    Outro serviço que promete ser bastante requisitado será a vacinação contra a gripe. O Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, irá disponibilizar 2.000 unidades para os frequentadores da Semana. “Vamos reforçar o trabalho de imunização à população que o Governo do Estado começou no mês passado”, comentou o presidente do Ceasa, Gustavo Melo.

    HISTÓRICO – Desde 2009 que o Ceasa realiza a Semana de Mobilização Cidadã. O  intuito é auxiliar os trabalhadores e frequentadores do Ceasa que, por conta do “horário puxado”, não tem tempo de realizar algumas atividades básicas como a emissão de documentos e realização de exames simples.

    “O Ceasa/PE-O.S., segue o foco de valorizar a cidadania e as vidas, com Ação de Cidadania Semana de Mobilização Cidadã, que está na sua VI Edição firmando o compromisso de uma Empresa que presa pela responsabilidade social”, afirma a coordenadora da ação, Maria José Rosa.  

    SERVIÇO:
    V SEMANA DE MOBILIZAÇÃO CIDADÃ
    07 A 11 DE MAIO
    DAS 08h ÀS 15h
    GALPÃO PRÓXIMO AO PÁTIO DO MILHO
    INFORMAÇÕES ATRAVÉS DO 3035-8000

    Assuntos: sara, ceasa, governo de pernambuco, assucere, sindfrutas, mobilizacao cidada, espaco crianca,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Escola infantil de Fernando de Noronha recebe prêmio em Jornada Nacional de educação alimentar

    | Educação, Infância

    Noronha 

    Instituição recebeu menção honrosa após obter a nota máxima em todas as etapas do evento

    O Centro Integrado de Educação Infantil Bem-Me-Quer, em Fernando de Noronha, participou em 2017 da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional, criado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), obtendo nota máxima em todas as etapas, recebendo o selo de Jornada Concluída.

    Foram seis etapas propostas pela Jornada e as escolas precisaram desenvolver durante um ano, trabalhando com os jovens estudantes em atividades práticas e teóricas sobre os seguintes temas: Prevenção de obesidade infantil, alimentos regionais, prevenção sobre o desperdício de alimentos, horta escolar pedagógica, agricultura familiar e desenvolvimento de atividades lúdicas na elaboração da alimentação escolar.

    O relato de experiência sobre a horta escolar pedagógica foi o escolhido da Bem-me-quer para fazer parte de um livro com os trinta melhores relatos sobre as ações desenvolvidas, entre oitocentas escolas públicas de todo o país que participaram da Jornada. Além disso, a Ciei também recebeu menção honrosa pelo trabalho, porque obteve nota máxima em todas as etapas. A Bem-Me-Quer é a única escola de Educação Infantil vinculada à Secretaria de Educação de Pernambuco. O livro, publicado pelo FNDE, foi lançado nesta quarta-feira, 21, durante evento do auditório do Centro de Ciências Sociais, da UFPE.

    Para a diretora do CIEI, Sheila Libânia, o reconhecimento é algo que coroa toda o trabalho desenvolvido na educação alimentar infantil da ilha. “Durante todo o ano trabalhamos em sala de aula a importância da alimentação saudável, focando sempre o nosso olhar em toda a extensão que o assunto possa atingir, como a obesidade infantil e a necessidade de comer frutas e verduras. Fazer parte do livro e ter recebido a menção honrosa muito nos alegra.

    A participação da Ciei Bem-me-quer teve o apoio da comunidade escolar, Pousada Zé Maria e do grupo Econoronha. 

    Texto: Ney Anderson
    Fotos: divulgação

    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: fernando de noronha, bem me quer, jornada de educaçao alimentar nutricional, fnde, jornada concluida,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Enfrentamento à violência sexual de crianças ganha cartilha de orientação

    | Educação, Direitos Humanos, Infância

    Cartilha 

    O documento é uma parceria da SDSCJ com a UFRPE

    Tese de mestrado da Universidade Federal de Pernambuco será editada como cartilha para orientar professores das redes públicas e privadas sobre a prevenção à violência sexual de crianças. A iniciativa foi possível através do apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), que identificou a relevância do trabalho realizado por MacDouglas de Oliveira, gerente da Criança da Secretaria Executiva de Políticas para Criança e Juventude (SEPCJ), vinculada à SDSCJ. A “Cartilha do Professor – informações sobre o abuso sexual na primeira infância” tem previsão de lançamento para 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

    O documento trará os conceitos mais importantes identificados por professores da rede municipal do Recife sobre o abuso sexual na primeira infância, e com escassez de formação continuada sobre o assunto, a publicação tem a proposta de munir os profissionais da educação e, consequentemente, fortalecer a Rede de Proteção e Enfrentamento à violência sexual de crianças. “A cartilha foi uma demanda do grupo, ao relatar que não tinha capacitação adequada e nem material direcionado sobre a temática para professores. A elaboração do material surge como uma ferramenta para dar suporte ao professor, tendo a prevenção como mote, com o intuito de fomentar as discussões em sala de aula e realizar oficinas itinerantes na rede pública para distribuição do produto”, disse MacDouglas.

    De acordo com o secretário executivo da SEPCJ, João Suassuna, o interesse em ofertar um material dessa qualidade está pautado na necessidade de munir, não apenas os professores mas também as crianças, de elementos para identificar os abusos, já que é preciso, enquanto estado, acima de tudo, criar uma rede de amparo. “É preciso fazer com que a criança entenda um pouco de autoproteção, como saber o que é ou não adequado em casa e na escola, a exemplo da hora do banho, e poder informar à pessoa certa dentro de sua rede de proteção. Isso tratado de forma lúdica e totalmente dentro de seu universo. Já os professores precisam estar atentos aos sinais”, contextualiza

    Mestrado - A tese “Entre chapeuzinhos vermelhos e lobos maus – O abuso sexual na primeira infância e a escola enquanto rede de proteção e enfrentamento” foi defendida por Macdouglas, psicólogo com especialização em saúde mental, no final do mês de fevereiro e teve orientação da professora Pompéia Villachan-Lyra, da Pós-Graduação Educação, Cultura e Identidades (UFRPE). A defesa da dissertação contou com a participação de professores da educação superior, pública e privada, e infantil do Recife, além de representantes da Secretaria Executiva de Políticas para Criança e Juventude, da SDSCJ, e das secretarias estaduais de Educação e Justiça e Direitos Humanos.

    Fotos: Celso Araújo / divulgação

    Assuntos: sdscj, cartilha violencia sexual de crianças, ufpe,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Cepe lança editais de prêmios literários nacionais

    | Juventude, Cultura, Infância

    cepe 

    Organizadora do Prêmio Cepe Nacional de Literatura, que chega ao seu quarto ano, a Companhia Editora de Pernambuco reforça o incentivo à produção literária com o lançamento da primeira edição do Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Juvenil. Os editais dos dois certames já estão disponíveis e as inscrições poderão ser feitas no período de 02 de abril a 17 de maio exclusivamente por meio digital.

    Até o ano passado, o gênero infantojuvenil integrava as categorias do Prêmio Cepe Nacional de Literatura. Organizar uma seleção específica indica o interesse da Cepe em dar mais visibilidade ao segmento, colaborando na divulgação de obras de autores brasileiros e na revelação de talentos. Poderão participar dos prêmios literários da Cepe brasileiros, residentes no país ou no exterior, bem como estrangeiros naturalizados residentes no Brasil. Os interessados poderão inscrever apenas uma obra inédita (original não publicado parcial ou integralmente), escrita em português e com tema livre.

    Para o I Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Juvenil, os trabalhos (além de PDFs da ficha de inscrição e documentos previstos no edital) deverão ser enviados pelo e-mail premioinfantojuvenil@cepe.com.br. Para a categoria Infantil serão aceitas obras voltadas para leitores iniciantes e em processo (a partir de 6 e 8 anos, respectivamente). Já a categoria Juvenil, serão aceitos trabalhos voltados para leitores fluentes ou críticos (a partir dos 10 e 12 anos, respectivamente). As obras poderão pertencer a gêneros narrativos ou poesia desde que voltados para o público previsto no edital. Os vencedores das categorias Infantil e Juvenil receberão como prêmio R$ 10 mil (cada) e terão as obras publicadas pela Cepe Editora.

     Já no Prêmio Cepe Nacional de Literatura 2018, que contempla as categorias Romance, Conto e Poesia, as inscrições deverão ser feitas através do e-mail premiocepenacional@cepe.com.br, observando-se o mesmo critério de ineditismo e de envio de documentos previsto no edital. Serão concedidos prêmios nos valores de R$ 20 mil aos vencedores de cada categoria.

    Os trabalhos inscritos serão analisados por duas comissões julgadoras formadas por profissionais de renome na área. A primeira comissão, responsável pela pré-seleção, será composta por três membros, todos de Pernambuco. Critérios como originalidade, qualidade técnica, valorização da cultura brasileira e domínio da linguagem serão observados nas etapas seletivas.

    O resultado será anunciado até o dia 30 de novembro e publicado no Diário Oficial de Pernambuco, portal da Cepe (www.cepe.com.br), do Governo do Estado (www.pe.gov.br), site da editora (www.editora.cepe.com.br), além das redes sociais. Esclarecimentos poderão ser feitos através do e-mail duvidaspremio@cepe.com.br.

    Tenha acesso aos editais aqui (http://bit.ly/Editalpremios)

    Vencedores das edições passadas

    Criado em 2015 dentro da programação oficial dos cem anos da Imprensa Oficial, o Prêmio Cepe Nacional de Literatura recebeu mais de 1.700 inscrições em suas três edições – com participação de escritores de quase todos os estados, inclusive, de países como Portugal, Alemanha, Inglaterra, Holanda, Estados Unidos, Chile, Uruguai e Japão.

    Primeira edição:

    Infantojuvenil - Helton Alexandre Pereira Alencar (CE): E eu, só uma pedra.
    Romance - Sérgio Corrêa de Siqueira (MG): O grande massacre das vacas.
    Contos - Guilherme Azambuja Castro (RS)O amor que não sentimos e outros contos.
    Poesia - Marcus Vinícius Teixeira Quiroga Pereira (RJ): Elogio do carvão.

    Segunda edição:

    Infantojuvenil - Lourenço Cazarré (RS): Os filhos do deserto combatem na solidão.
    Romance - Sérgio Krausz (SP): Outro lugar.
    Contos - Milton Morales Filho (SP): Dancing jeans, Baixo Augusta e outros contos.
    Poesia - Walther Moreira (PE): Arquiteturas de vento frio.

    Terceira edição:

    Infantojuvenil - Renata Penzani (SP): A coisa brutamontes.
    Romance - Paulo Schmidt (SP): Anjo negro: a história secreta de GV.
    Contos - Ricardo Braga (PE): A flor lilás e outros conto.
    Poesia - Rita Isadora Pessoa (RJ): Uma mulher sob a influência de um algorítimo.


    Assuntos: secult-pe, cepe, premio cepe nacional de literatura,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Projeto HumanIdade leva crianças a Instituição de Longa Permanência para Idosos

    | Direitos Humanos, Infância

     

    Ação que deve promover integração geracional acontece em ILPI feminina 

    Com o objetivo de promover integração geracional entre crianças (de 10 a 13 anos) e o segmento da pessoa idosa, o Projeto HumanIdade – que integra a secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado -, leva dez crianças assistidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) à Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI’s) Abrigo Santo Antônio. A ação acontece nesta sexta-feira (9), às 10h.

    A ação faz parte do Terceiro Ciclo de atividades do Projeto e deve proporcionar momentos de lazer entre os idosos e as crianças visitantes, também com a perspectiva de construir afeto e apresentar a rotina das 27 idosas que residem na Instituição exclusivamente feminina. De acordo com o HumanIdade, também é indicado que o Abrigo Santo Antônio esteja dentro da perspectiva do município de Olinda como equipamento socioassistencial.

    O Serviço de Convivência é uma ação realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos (SDSCDH) e tem a proposta de trabalhar o fortalecimento das relações familiares e comunitárias, através do exercício da cidadania. Em Olinda, 800 crianças e adolescentes fazem parte do projeto.

    HumanIdade - O Projeto HumanIdade foi instituído no ano 2014, com a finalidade de desenvolver ações articuladas com as políticas setoriais de promoção e defesa dos direitos de pessoas idosas residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) privadas, sem finalidade lucrativa e públicas. Também tem como objetivo promover o cuidado integral e humanizado à Pessoa Idosa institucionalizada e apoiar a regulamentação jurídica da mesma para garantir a efetivação dos direitos da pessoa idosa.

    Serviço:
    Abrigo Santo Antônio – Av. Governador Carlos de Lima Cavalcanti, 1719 – Olinda.
    Horário: 10h

    Assuntos: sjdh, projeto humanidade, scfv, serviço de convivencia e fortalecimento de vinculos, idosos, sdscdh
    Compartilhe: Link para o post:
  • SDSCJ realiza encontro regional da Assistência Social

    | Juventude, Infância

    Carpina foi sede do encontro da Mata Norte

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) realizou nos dias 1 e 2 de fevereiro, no município de Carpina, na Mata Norte do Estado, o II Encontro Itinerante de Assessoria Técnica do Sistema Único da Assistência Social (SUAS). O evento em Carpina reuniu cerca de 80 secretários municipais e profissionais da rede socioassistencial de 20 municípios da Mata Norte, no Centro de Eventos Salesianas Carpina (CESC), no bairro de São José, em Recife.

    Segundo a Executiva de Assistência Social, Socorro Araújo, o objetivo deste encontro é prestar assessoria técnica aos municípios para a melhoria do atendimento a população. “O encontro busca oferecer aos gestores e trabalhadores da assistência social subsídios para qualificar a atuação nos territórios. São momentos, também, para a troca de experiências e um momento de escuta dos municípios a partir das suas demandas”, disse.

    A ideia é contribuir para o aprimoramento do Sistema Único de Assistência Social em Pernambuco, apoiando os gestores e trabalhadores na garantia da proteção social a população. Os encontros, que estão em seu segundo ano, são uma realização do Governo Paulo Câmara, por meio da Executiva de Assistência Social da SDSCJ, em parceria com o Centro de Desenvolvimento e Cidadania (CDC).

    Segundo a gerente de Vigilância Socioassistencial de Nazaré da Mata, Miriam do Nascimento, quando a secretária Geruza Salustiano assumiu a Assistência Social de Nazaré, a política estava abandonada no município. “Entrar em contato com outros gestores nos encontros e com a assessoria técnica da Executiva de Assistência Social fizemos mudanças significativas, como a reabertura do Creas em maio de 2017”, disse Miriam, que trabalha com a política social a mais de dez anos.

    Programação - Este ano serão realizados mais cinco encontros regionais, em cidades polos, facilitando o acesso e participação do maior número de profissionais, de todo o Estado. Os próximos eventos serão em Recife (Região Metropolitana, dias 01 e 02 de março), Garanhuns (Agreste Meridional, dias 08 e 09 de março), Caruaru (Agreste Central, dias 13 e 14 de março), Salgueiro (Sertão Central, dias 19 e 20 de março) e Afogados da Ingazeira (Sertão do Pajeú, dias 21e 22 de março).

    Durante os encontros serão abordados em palestras, com debates e atendimento individualizado, diversos temas pertinentes à Política de Assistência Social como: Gestão do SUAS, Indicadores Sociais, Gestão Financeira e Orçamentária, Relação entre o SUAS e o Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional, e Metodologias do Trabalho Social com Famílias, entre outros.

    No segundo dia, a plenária será dividida em quatro grupos de trabalho, com os seguintes temas: benefícios do SUAS; Gestão Administrativa, Financeira e Orçamentária no SUAS; atuação do SUAS no enfrentamento à violência doméstica e violação de direitos e Prontuário SUAS e Registro Mensal de Atendimento (RMA).

    Foto: Divulgação/SDSCJ

    Cidades: Carpina
    Assuntos: sdscj, encontro regional, assistencia social, suas, governo de pernambuco, cdc, paulo camara
    Compartilhe: Link para o post:
  • Rede hoteleira receberá orientações sobre crimes de exploração sexual e trabalho infantil

    | Juventude, Infância

    Ação, que faz parte do programa Atenção Redobrada, acontece em Olinda, Recife e Jaboatão de segunda (05) à quarta-feira (07)

    Com a proximidade do Carnaval, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) incrementa as ações itinerantes de combate ao trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes com atuações educativas nas redes hoteleiras das cidades de Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes. A prática também será estendida ao sistema de transportes e comércio que fica no entorno dos hotéis. A operação faz parte do programa Atenção Redobrada e começa na segunda-feira (05) e segue até a quarta-feira (07).

    Uma equipe de profissionais da Gerência de Políticas para a Criança, que é vinculada à Secretaria Executiva de Políticas para a Criança e Juventude (SEPCJ), e da Secretaria Executiva de Assistência Social (Seass), entrará em todos os hotéis e pousadas para explicar sobre os crimes de violência e exploração que envolvem crianças e adolescentes, pontuar sobre as consequências de quem executa ou colabora para a efetivação dos crimes e equipar os responsáveis e locais com materiais educativos e de alerta, como folders e cartazes.

    O gerente de Políticas para a Criança da SEPCJ, Macdouglas de Oliveira, ressalta que durante o período carnavalesco a vulnerabilidade e a exploração infantil e juvenil tende a aumentar. Com a ação a expectativa é receber mais denúncias e conseguir reduzir comportamentos indevidos. “O espaço que receber crianças sem identificação ou permitir que façam uso de álcool e outras drogas, por exemplo, será responsabilizado pelo crime, podendo ter o estabelecimento fechado e o responsável preso. É um programa educativo, com o intuito de informar que qualquer órgão da prefeitura ou do Estado, que esteja no festejo, pode receber a denúncia e encaminhar para o atendimento”, destaca.

    Em 2017, a Ouvidoria da SDSCJ recebeu mais de 1,5 mil denúncias de crimes envolvendo crianças e adolescentes. Para o secretário da SDSCJ, Cloves Benevides, ações educativas são necessárias para sensibilizar e orientar os pernambucanos e turistas sobre condutas inadequadas previstas na legislação brasileira e tipificadas como crime. “Essas ações são importantes, pois o estado mobiliza e orienta a sociedade, fortalece a rede de garantia e proteção de crianças e adolescentes, além de permitir que todos exerçam a cidadania, contribuindo para coibir condutas inadequadas. É Atenção Redobrada de todos: Governo, rede de proteção e cidadãos. Cada um fazendo a sua parte”, destaca.

    Conheça o Atenção Redobrada

    O programa educativo Atenção Redobrada é realizado em parceria com os municípios em grandes eventos culturais. Iniciada no São João de 2011, a partir da demanda de oferecer maior proteção às crianças e adolescentes nos grandes e médios eventos festivos, a ação chama a atenção da sociedade contra violações de direitos às crianças e adolescentes (trabalho infantil, exploração sexual e venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos). Esta ação é planejada com a articulação entre secretarias estaduais e municipais, e executada pelas prefeituras em ação conjunta com o governo estadual, através de parceria formalizada por meio de termo de cooperação técnica.

    Programação da Ação

    Segunda-feira (05), a partir das 8h30 - Olinda
    Terça-feira (06), a partir das 8h30 - Recife
    Quarta-feira (07), a partir das 8h30 - Jaboatão dos Guararapes

    Foto: Divulgação/SDSCJ

    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: atencao redobrada, sdscj, sepcj, seass, cloves benevides, exploracao sexual, trabalho infantil
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário Cloves Benevides se reúne com gestores da Funase

    | Juventude, Direitos Humanos, Infância

    Gestores Funase  

    Momento foi de conhecimento mútuo, onde os presentes compartilharam os avanços do ano, assim como as dificuldades e os desejos para 2018.

    Na última quinta-feira (21), o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Cloves Benevides, se reuniu com gestores das unidades de atendimento socioeducativo da Região Metropolitana do Recife e também do Interior do Estado, além da Diretora-Presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Nadja Alencar, seus diretores, assessores e funcionários da instituição.

    A reunião aconteceu no auditório da sede Funase e foi um momento de conhecimento mútuo, onde os presentes compartilharam os avanços deste ano, assim como as dificuldades e os desejos para o próximo, com a apresentação do Plano de Ação Prioritário, que prevê melhorias infra-estruturais além de melhorias nas condições de trabalho.

    Para o secretário, o grande desafio é estruturar o sistema e destaca a organização com um dos valores da Funase. "Do ponto de vista de saber onde ir, não há dúvida: esse sistema tem convicção do caminho que quer percorrer. Pernambuco marca posição de que o ambiente da medida é um ambiente que deve refletir as condutas e o preparar para a convivência sócio-familiar", completou.

    Comandando a SDSCJ desde o início deste mês, Clovis Benevides já visitou grande parte das 23 unidades distribuídas por todo o Estado. "Do ponto de vista pedagógico e educacional, do trato com os adolescentes, é surpreendente perceber a organização do sistema, a qualidade das práticas, das equipes e de tudo que aqui é desenvolvido. Seja no Grupo de Orientação a Drogadição, seja nas salas de Robótica, seja na organização das escolas, que são de fato um ambiente de educação, com aulas regulares e as atividades culturais", pontuou o secretário

    Nos próximos dias 27 e 28, o secretário juntamente com Nadja Alencar, segue para Petrolina, onde vai conhecer de perto o trabalho desenvolvido na Casa de Semiliberdade (Casem), no Centro de Internação Provisória (Cenip) e no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) lá instalados.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdscj, funase, socioeducandos, encontro gestores
    Compartilhe: Link para o post: