meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Prorrogada inscrição no concurso para procurador do Estado de Pernambuco

    | Emprego

    Prorrogada inscrição no concurso para procurador do Estado de Pernambuco

    A Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) decidiu prorrogar o prazo de inscrição no concurso para procurador do Estado de Pernambuco para 9 de fevereiro. O edital de retificação com o novo cronograma de inscrição será publicado nesta sexta-feira (2/2) no Diário Oficial do Estado de Pernambuco e está disponível no site da PGE-PE.

    As inscrições seriam encerradas em 2 de fevereiro, porém dificuldades na emissão dos boletos de pagamento da taxa de R$ 210,00 levaram a PGE-PE e a banca organizadora, o Cebraspe, a decidir pela prorrogação. O prazo para pagamento do boleto também foi estendido de 9 para 19 de fevereiro. Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço: www.cespe.unb.br/concursos/pge_pe_18_procurador.

    No concurso público, são oferecidas dez vagas de procurador do Estado, sendo uma para pessoa com deficiência, mais formação de cadastro de reserva. As datas de aplicação das provas do concurso foram mantidas nos dias 24 e 25 de março.

    O concurso tem três fases: prova objetiva de cem questões, prova discursiva (elaboração de um parecer de até 60 linhas e de uma peça processual de até 90 linhas), e avaliação de títulos. O resultado final está previsto para 29 de junho.

    O concurso valerá por dois anos a partir da data de publicação da homologação do resultado final e pode ser prorrogado por mais dois anos. O certame é executado pelo Cebraspe, sob supervisão de Comissão Coordenadora formada por procuradores do Estado e representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

    A PGE-PE é o órgão responsável pela representação judicial do Estado de Pernambuco e de suas autarquias, pela consultoria jurídica ao Poder Executivo e pela promoção da cobrança da dívida ativa. Este é o sexto concurso para procurador realizado na instituição, desde sua criação pela Lei Complementar nº 02, de 20 de agosto de 1990.

    Há atualmente 169 procuradores na ativa nas quatro Procuradorias especializadas no Recife (Consultiva, do Contencioso, da Fazenda Estadual e de Apoio Jurídico-Legislativo ao Governador), nas Regionais de Caruaru, Petrolina, Arcoverde e Brasília e nas Sub-Regionais de Garanhuns e Salgueiro.

    Assuntos: concurso, pge, doe, cebraspe, concurso procuradoria
    Compartilhe: Link para o post:
  • Agência de Empreendedorismo oferece palestras gratuitas

    | Educação, Emprego

    Não é porque é semana pré-carnavalesca que você vai deixar de se atualizar sobre como empreender. A Agência de Empreendedorismo, vinculada à Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo de Pernambuco (Sempetq), oferece duas palestras gratuitas no início da semana. Na segunda-feira (5), haverá uma apresentação sobre a Educação Previdenciária. No dia seguinte, é a vez de tirar as principais dúvidas para quem deseja empreender e iniciar como microempreendedor individual.

    Durante a capacitação, são discutidos casos reais de empreendedores tornando a apresentação dinâmica e atrativa para todos aqueles que querem empreender ou mesmo aqueles que já estão no mercado de trabalho.

    Após o Carnaval, as palestras serão retomadas no dia 19. Até o final de fevereiro, serão discutidos temas como controle de finanças, linhas de crédito e vendas.

    Garanta já a sua vaga no local ou nos telefones 3183-7238/3183-7237/3183-7257.

    5/02 – Educação Previdenciária – 9h às 11h
    6/02 – MEI – 9h às 11h
    19/02 – MEI – 9h às 11h
    20/02 – Sei controlar meu dinheiro – Oficina do Sebrae - 8h às 12h
    21/02 – Linhas de crédito da Agefepe – 9h às 11h
    26/02 – MEI – 9h às 11h
    27/02 – Sei Vender – Oficina do Sebrae – 8h às 12h
    28/02 – Linhas de crédito da Agefepe – 9h às 11h

    Endereço: Rua da União, 293, Boa Vista.

    Foto: Divulgação/Sempetq

    Cidades: Recife
    Assuntos: sempetq, agencia de empreendedorismo, palestras gratuitas, capacitacao, mercado de trabalho
    Compartilhe: Link para o post:
  • Cooperativa das Lavadeiras em Olinda recebe mutirão de serviços de reeducandos

    | Emprego, Direitos Humanos

    Reeducandos 

    No espaço que completa 30 anos em março deste ano, os reeducandos fizeram reformas no piso, no teto e nos tanques de roupa, e iniciam nesta quinta, 01/02, a colocação de gesso.

    A Cooperativa das Lavadeiras dos Bultrins (COOPLAV), em Olinda, começou o ano com reforma da sede, que faz 30 anos em março. As obras que estão sendo concluídas, nesta quinta-feira, 01/02, são realizadas por reeducandos do regime aberto e livramento condicional, que colocam em prática ensinamentos do curso de pedreiro. A iniciativa é do Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Justiça e Diretos Humanos, e Patronato Penitenciário.  

    No local, 12 reeducandos fizeram a colocação de cerâmica, serviços de reforma no telhado e em dez tanques utilizados para a lavagem manual das peças. “Esse trabalho foi ótimo porque nossa sede estava precisando de reparos e os reeducandos nos ajudaram muito”, comemora Maria das Neves, gerente da cooperativa, que é umas das poucas ainda em atividade do Brasil.   

    Com a conclusão das obras de pedreiro geral na cooperativa, entram em ação agora os trabalhos de colocação de gesso realizados por reeducandos do curso de gesseiro. Os serviços começam às 14h, na COOPLAV, que fica na Rua Manoel Regueira, 530, Bultrins, em Olinda.

    Além da cooperativa, os reeducandos também iniciaram reforma de lavanderia no Bairro Centenário, em Caruaru, e concluíram outra numa residência em Candeias, Jaboatão dos Guararapes.

    FOTOS: Divulgação/SJDH

    Assuntos: sjdh, governo de pernambuco, reeducandos, cooperativa das lavadeiras dos bultrins, cooplav, patronato penitenciario,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sempetq firma parceria com seis municípios para execução do Projeto Rescate

    | Social, Emprego, Meio Ambiente

     

    A equipe de Economia Solidária da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo de Pernambuco (Sempetq) realizou reunião em Carpina com representantes de prefeituras da Mata Norte para apresentar o Projeto de Desenvolvimento dos Catadores – Projeto Rescate e o Instituto Travessia, responsável pela execução do diagnóstico situacional das ações. Na ocasião, foi firmada parceria com gestores municipais de Nazaré da Mata, Lagoa de Itaenga, Carpina, Paudalho, Camutanga e Goiana.

    O município de Olinda também recebeu a visita de apresentação do Projeto Rescate. Na sequência, serão realizadas novas reuniões em Nazaré da Mata e Goiana. Posteriormente às visitas institucionais às prefeituras, a equipe irá observar o funcionamento e a organização das cooperativas. O passo seguinte é a identificação dos catadores avulsos.

    Após as visitas de diagnóstico situacional, a próxima etapa contemplará capacitações e a inclusão dos catadores em um cadastro para benefícios sociais. O projeto terá continuidade com a realização da inclusão cidadã através de ações e acesso aos serviços de saúde, emissão de documentos, lazer, cultura, programas de educação e qualificação profissional. Os cursos de formação serão voltados para os assuntos de associativismo, cooperativismo, autogestão, economia solidária e cadeia produtiva em resíduos sólidos. 

    A Sempetq, por meio do Instituto Travessia, realiza um diagnóstico da situação dos resíduos sólidos no âmbito do Projeto de Desenvolvimento dos Catadores nos municípios da Região Metropolitana do Recife e da Região da Mata Norte. O mapeamento identificará o perfil social, econômico e cultural dos catadores para o fortalecimento das cadeias produtivas e reconhecimento das legislações a práticas dos municípios, além do quantitativo de catadores. O levantamento subsidiará as políticas públicas municipais e estadual de resíduos sólidos.

     

    Assuntos: sempetq, projeto rescate, catadores, capacitação, instituto travessia, residuos solidos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco concede novos benefícios fiscais para o Polo Gesseiro do Araripe

    | Economia, Emprego
     
    Polo gesseiro 
     
    Sistemática Especial de Tributação para Gipsita, Gesso e seus derivados vai possibilitar o parcelamento do ICMS sobre os estoques em até 12 parcelas, além de mudanças no prazo de recolhimento do referido imposto 
     
    Para reforçar o desenvolvimento e a expansão dos negócios gerados pelo Polo Gesseiro do Araripe, o governador em exercício, Raul Henry, foi até o município de Araripina, nesta quarta-feira (31.01), onde assinou decreto n° 45.574, de 25 de janeiro, que institui a Sistemática Especial de Tributação para Gipsita, Gesso e seus derivados. A medida altera os decretos n° 44.772, de 20 de julho de 2017, e n° 44.650, de 30 de junho de 2017, permitindo a concessão de novos benefícios fiscais para a restruturação do recolhimento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de toda a produção polo gesseiro, como a postergação da primeira parcela e a possibilidade de parcelamento do ICMS em até 12 vezes. Importantes indutores econômicos e comerciais da região, a extração e processamento da gipsita movimenta mais de R$ 70 milhões por ano na economia do Estado.

    “É um decreto da maior importância. Uma reivindicação que recebemos há dez meses e que se apresenta como uma solução que simplifica a arrecadação e baixa a carga tributária. Essa é uma região importante, com uma atividade econômica que é a locomotiva do Araripe. Uma atividade que gera renda, que gera riqueza para a região. Então, o Governo tem que fazer sua parte: oferecer infraestrutura e criar as condições institucionais adequadas para que os setores funcionem”, frisou Raul Henry, completando: “o Polo Gesseiro é um dos polos de destaque da economia estadual. Então, é preciso que estejamos atentos porque são regiões que geram emprego e renda para o Estado. Precisamos estar sensíveis a esses pleitos para poder viabilizar essas atividades e propiciar o progresso das regiões”.

    Com a criação da Sistemática, o prazo de recolhimento do ICMS do polo passará para as mineradoras no segundo mês subsequente; também será concedida a postergação da primeira parcela do recolhimento do ICMS incidente sobre os estoques para 28/02/18; além da possibilidade de parcelamento do imposto mencionado sobre os estoques em até 12 parcelas. A novidade irá beneficiar os municípios de Araripina, Bodocó, Ipubi, Ouricuri e Trindade, sendo este último conhecido como a capital brasileira do gesso. O serviço concentra o recolhimento do ICMS nas mineradoras, exonerando o restante da cadeia, tanto nas operações relacionadas às saídas internas, bem como, nas saídas interestaduais e de exportação de gipsita e derivados. Será oferecido também os benefícios fiscais de crédito presumido e isenção nas prestações de serviço de transporte rodoviário interestadual das mercadorias.

    O secretário executivo da Fazenda (Sefaz), Bernardo Almeida, colocou a pasta à disposição do setor para a manutenção do diálogo e das parcerias. "Vamos manter essa conversa permanente aqui, no Araripe. Todo mês, a nossa equipe técnica estará junto com os empresários e o sindicato, ouvindo sobre a transformação da Sistemática, para que a gente possa sempre melhorar e, através desse comitê, vamos discutir e estudar as alterações", frisou.

    Representando os empresários do setor, a presidente do Sindicato da Indústria do Gesso do Estado de Pernambuco (SINDUSGESSO-PE), Ceissa Campos Costa, comemorou a concretização da iniciativa. "Foi fundamental para regularizar e moralizar o setor. Nós tínhamos aqui muitas divergências no preço, brigas internas de mercado e, hoje em dia, com a unificação do imposto, a gente consegue, agora, ter um controle maior das empresas que estão trabalhando na região do Polo Gesseiro. Muitas empresas que estavam sendo fechadas, voltaram a ser ativadas. Só até o momento, já tivemos um aumento de 60 empresas na região, então isso só tem a contribuir com o nosso mercado", disse. 

    MOVIMENTAÇÃO ECONÔMICA - A economia do Sertão do Araripe gira em torno da extração de gipsita, que, após processo industrial, é transformada em gesso. A gipsita e o gesso estão atrelados principalmente à cadeia da construção civil, em produtos como o cimento e derivados do gesso e ao agronegócio, através do gesso agrícola, como condicionador e fertilizante de solos.

    Em 2017, foram extraídas aproximadamente 2,3 milhões de toneladas do produto nas 40 minas que compõem o Polo Gesseiro do Araripe, servindo de matéria-prima para 180 empresas calcinadoras, responsáveis pelo processo de transformação da gipsita em gesso; e para cerca de 300 fábricas de artefatos, onde são feitas as placas, forros e blocos de gesso utilizados na construção civil e na decoração de residências. Pernambuco também possui as maiores e mais puras reservas de Gipsita do Brasil, com cerca de 97% de teor de pureza. 

    "Essa é uma ação importante porque simplifica a cobrança dos impostos e dá uma organização no sentido de toda a cadeia produtiva do gesso, na medida em que desonera os derivados da gipsita. Outro fator importante é que as empresas acabam querendo se regularizar. Havia uma informalidade grande no setor, e essa informalidade tende a diminuir na medida em que essa cobrança se dá na base do setor, na matéria-prima do setor. Então, a gente comemora esse momento”, declarou o prefeito Raimundo Pimentel.

    Participaram da solenidade também os deputados federais Tadeu Alencar e Luciano Bivar; os deputados estaduais Rodrigo Novaes, Roberta Arraes, Socorro Pimentel e Lucas Ramos; o ex-prefeito de Araripina e ex-deputado Emanuel Bringel; o vice-prefeito de Araripina, Bringel Filho; além dos prefeitos João Bosco (Granito) e Cleomatson Coelho (Santa Filomena); do presidente da Câmara Municipal de Arararipina, o vereador Evilásio Matheus; e o diretor regional da Secretaria da Fazenda, Elias Júnior.

    Fotos: Roberto Pereira/SEI
    Cidades: Araripina
    Assuntos: sei, polo gesseiro, araripe, raul henry, decreto n° 45.574, decreto n° 44.772, redução icms,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Projeto Camaragibe Melhor realiza seminário de resultados

    | Juventude, Emprego

    O projeto Camaragibe Melhor realiza, na próxima terça-feira (30), o seminário final: resultados e lições aprendidas. No evento será apresentada a contribuição da iniciativa, destacando a importância da integração de ações de fortalecimento da sociedade civil e formação profissional e geração de renda de jovens, com atenção particular à questão de gênero. O evento ocorrerá, das 9h às 12h, no espaço Art Festa Recepções, localizado em Camaragibe (Rua Teodoro Borges, 65, Timbi). A ação é apoiada pela União Europeia e executada pela Fundação AVSI, em parceria com a AVSI Brasil, a Prefeitura de Camaragibe e o Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades.

    Está prevista no seminário a presença do secretário das Cidades, Francisco Papaléo, do diretor-presidente AVSI Brasil, Fabrizio Pellicelli, do prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, secretário executivo da Secid, Nelson Menezes, secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Camaragibe, Paulo Wilton, e da auditora fiscal do Trabalho e presidente do Fórum de Aprendizagem de Pernambuco (FORAP), Simone Brasil. Dentro da programação, será apresentada a metodologia de trabalho do Camaragibe Melhor, um debate sobre a importância de investir no fortalecimento de entidades da sociedade civil e formação profissional de jovens, além da geração de renda. Ao final, a experiência de desenvolvimento urbano integrado, resultados e lições aprendidas serão repassados aos presentes.

    A fase inicial do projeto contribui para a formação e inserção de mais de 200 jovens no mercado de trabalho e de mais de 170 jovens, que foram preparados para entrar no meio profissional. Além disso, o Camaragibe Melhor realizou diagnóstico e trabalho com as organizações de base do município por considerar a sociedade civil importante para o desenvolvimento. Essas organizações juntas beneficiam mais de 18 mil pessoas. O objetivo foi voltado para o desenvolvimento institucional, buscando fortalecer o diálogo com o município e apoiar projetos desenvolvidos pelas organizações.

    A cooperação finaliza com a execução de seis projetos socioambientais de organizações da sociedade civil como parte da contrapartida do Governo de Pernambuco, por meio da Secid, cujo cronograma físico - financeiro é de oito meses de execução, nos quais serão  desenvolvidas ações no  município na área socioambiental, cultural e educativa. A expectativa é que beneficie 420 pessoas de Camaragibe com mais ações de fortalecimento da sociedade civil.

    Cidades: Camaragibe
    Assuntos: secid, francisco papaleu, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • MEI: regularização prorrogada até sexta-feira (26)

    | Emprego

    Microempreendedores têm mais três dias para evitar cancelamento do CNPJ 

    O MEI inadimplente tem até a próxima sexta-feira (26) para regularizar as obrigações em atraso junto à Receita Federal. A medida foi anunciada no final desta terça-feira (23) pelo Governo Federal. Após o novo prazo, acontecerá o cancelamento definitivo dos CNPJs. Quem estiver em dúvida sobre a sua situação poderá consultar a lista de CNPJs suspensos no Portal do Empreendedor ou, em Pernambuco, ir até a unidade mais próxima do Expresso Empreendedor ou da Agência de Empreendedorismo, vinculados à Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo de Pernambuco (Sempetq).

    O microempreendedor poderá solicitar o parcelamento dos débitos em até 60 meses. O Governo Federal lembra que a baixa definitiva do CNPJ (prevista na LC 123/06) não poderá ser revertida e os débitos migrarão automaticamente para o CPF vinculado. Para continuar a exercer alguma atividade econômica formalmente, o MEI deverá tirar novo CNPJ.

    Foram suspensos os CNPJs de microempreendedores individuais (MEI) que não pagaram nenhuma guia mensal (DAS) referente aos períodos de apuração de 2015, 2016 e 2017 e não entregaram nenhuma declaração anual (DASN-SIMEI) referentes aos anos de 2015 e 2016.

    Endereços
    CARUARU - prédio da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC), Rua Armando da Fonte, 15, térreo, Maurício de Nassau. Telefone: 3725-7600. Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. 

    IPOJUCA - prédio da AGÊNCIAMAIS, Rua Mário da Costa Monteiro, 98, Centro de Ipojuca. Telefone: 3561-1946. Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 7h às 13h.

    PETROLINA - Prédio da Agência do Trabalho, Avenida Tancredo Neves, s/n , 1º Piso, Centro de Convenções Senador Nilo Coelho. Telefone: 3866-9815. Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 7h às 13h.

    RECIFE - Prédio da Junta Comercial do Estado de Pernambuco (JUCEPE), Rua Imperial, 1600, São José, Recife. Telefone: 3182-2801. Horário de funcionamento de segunda à sexta-feira, das 8h às 13h.

    Agência de Empreendedorismo - Rua da União, 293, Boa Vista. Telefones: 3183-7238/3183-7237/3183-7257.

    *A Sempetq informa que, nos municípios onde não há Unidades do Expresso Empreendedor, os Microempreendedores Individuais podem procurar a Sala do Empreendedor ou o SEBRAE. Há ainda o Portal do Empreendedor www.portaldoempreendedor.gov.br.

    Assuntos: sempetq, mei, cnpj, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Especialistas discutem minuta da Lei da Micro e Pequena Empresa de Pernambuco

    | Emprego

    forum

    Leitura coletiva do texto aconteceu durante workshop de um dia inteiro com integrantes do Fórum Estadual da Microempresa

    O Fórum Estadual da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte em Pernambuco (Fempe) realizou hoje (23/01) uma reunião muito produtiva para discutir a minuta da Lei da Micro e Pequena Empresa de Pernambuco. O evento aconteceu no Hotel Marante, em Boa Viagem, e teve a presença do secretário da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo de Pernambuco (Sempetq), Alexandre Valença, e do superintendente do Sebrae-PE, Oswaldo Ramos.

    A minuta foi apresentada pela primeira vez na Reunião Plenária do Fórum no dia 11 de janeiro e hoje os integrantes do Fempe participaram de um workshop para discussão por grupos com a leitura coletiva do texto. Os participantes foram divididos em quatro grupos: Tributação, Acesso a mercados, Inovação e o último contemplando Acesso ao Crédito, Educação Empreendedora e Fiscalização Orientadora. Com isso, a ideia é aproveitar o conhecimento de especialistas nas mais diversas áreas para que todos contribuam com a sua expertise em prol de uma lei o mais completa possível.

    Segundo José Tarcísio, da Federação das Associações de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado de Pernambuco (Femicro), a reunião de hoje é fundamental. “É muito importante iniciar a discussão desse segmento produtivo que tanto gera renda e emprego em Pernambuco. Precisamos enriquecer ainda mais a minuta, porque um Estatuto bem feito é bom para Pernambuco por atender a necessidade do Estado como indutor da economia e também para as microempresas que produzem tudo isso. O pontapé foi dado.”

    Para o secretário Alexandre Valença, a expectativa é de que a minuta possa se transformar em uma lei diferenciada e específica de Pernambuco. “Acreditamos que será um marco para todo o setor de micro e pequenas empresas em nosso Estado. A qualidade do texto já foi mencionada por vários parceiros da Sempetq”, analisa.

    O superintendente do Sebrae-PE, Oswaldo Ramos, também aposta na qualidade do material. “Apenas quatro estados já tem a lei e aqui em Pernambuco o trabalho foi desenvolvido coletando as boas práticas para se consolidar o que já foi feito de melhor no País.”

    O Sebrae foi o parceiro da Sempetq na elaboração da minuta da lei, que nasceu dentro das reuniões e plenárias do Fórum das Microempresas. A expectativa é de que antes do final do primeiro semestre a lei esteja em vigor.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sempetq, fempe, governo de pernambuco, sebrae
    Compartilhe: Link para o post:
  • Número de empresas abertas em Pernambuco cresce 15%

    | Economia, Emprego

    No ano de 2017, o total de empresas abertas em Pernambuco foi de 69.405, contra 60.122 em 2016, o que representa um crescimento de 15,4%, segundo dados da Junta Comercial de Pernambuco. Excluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs), o número de registros de empresas foi de 17.658, número 11% maior do que as 15.910 empresas registradas no ano anterior. Já o número de registros de MEIs durante o ano passou de 44.212 em 2016, para 51.747 em 2017, uma alta de 17%. 

    “Estes números mostram que a economia do Estado está em recuperação. Isso também pode ser verificado no número de fechamento de empresas, que teve uma queda significativa, passando de 24.083 em 2016, para 18.471 em 2017, o que representa uma redução de -23,3% no número de baixas”, afirmou a presidente da Jucepe, Taciana Bravo. 

    No geral, Pernambuco terminou 2017 com um total 527.508 empresas em atividade. No final de 2016 esse número era de 459.521. A variação foi de + 14,7%. 

    Os municípios que mais abriram empresas foram Recife (18.993), Jaboatão dos Guararapes (5.726), Petrolina (3.988), Olinda (3.944) e Caruaru (3.885). As atividades empresariais mais registradas foram Comércio de vestuário, Mercearias, Comércio de cosméticos, Lanchonetes, Restaurantes, Construção de edifícios e Comércio de bebidas.

    Cidades: Caruaru, Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Petrolina, Recife
    Assuntos: sempetq, jucepe, mei, empresas, aumento
    Compartilhe: Link para o post:
  • Caruaru: vagas para curso técnico gratuito em vestuário e mecânica

    | Emprego

    O município de Caruaru, no agreste pernambucano, está com dois cursos gratuitos do Programa Novos Talentos, da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo de Pernambuco (Sempetq). Há 25 vagas para a turma de Técnico em Vestuário e 25 para Técnico em Mecânica. As inscrições são limitadas e estão abertas até o preenchimento das vagas ou dia 26 de janeiro, o que acontecer primeiro, no site www.sempetq.pe.gov.br. Para se inscrever, os alunos devem ter o Ensino Médio concluído e comprovar a escolaridade com a ficha 19 no ato da matrícula nos dias 29 e 30 de janeiro. 

    As matrículas e as aulas serão realizadas no Senai, localizado na Rua João Gomes de Pontes, 166, Kennedy, Caruaru. Os dois cursos acontecem de segunda a sexta-feira, no período noturno. A previsão de início das turmas é para o dia 19 de fevereiro. 

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sempetq, governo de pernambuco, programa novos talentos, senai
    Compartilhe: Link para o post: