meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Secretaria do Trabalho e Comando Militar do Nordeste querem capacitar jovens militares

    | Emprego

    Articulada pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação, parceria é inédita e visa dar qualificação a jovens militares

    A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco realizou, nesta quinta-feira (6), a abertura de um grupo de trabalho inédito com o Comando Militar do Nordeste, que interage com 49,9 milhões de pessoas em 1.577 municípios brasileiros (28,35% do total) e tem cerca de 22 mil militares. O objetivo é criar um programa de capacitação que beneficie, inicialmente, um grupo determinado de jovens militares, de modo que eles tenham mais oportunidades de ingressar no mercado de trabalho após o término do serviço militar. A parceria poderá ser um espelho para outros estados do País, segundo o Comandante Militar do Nordeste, o general Freire Gomes.

     “Até onde eu saiba, essa é uma iniciativa inédita que, para nós, tem um apelo muito grande. Agradecemos desde já à Secretaria do Trabalho do Estado de Pernambuco pela iniciativa. Pretendemos, sim, aprofundar esse trabalho, no sentido de transformar num convênio que vai redundar num benefício para a sociedade pernambucana, diretamente com os nossos soldados que ao saírem daqui, com apoio do governo estadual, estarão mais capacitados para assumirem as funções no Estado ou mesmo no Brasil. Vejo como uma iniciativa muito válida e que ela frutifique e que possamos cooperar com a juventude e o Estado de Pernambuco”, disse o general Freire Gomes. 

    Segundo o secretário Alberes Lopes, que foi ao CMNE acompanhado de sua equipe, como os secretários executivos Álvaro Jordão e Eric Santos, a parceria será pioneira no Nordeste. “Ficamos muito felizes com a receptividade. O CMNE é muito respeitado, sempre interage com ações subsidiárias na região Nordestina, uma região que sofre com a seca ou com cheias, e será importante para nós darmos essa contribuição, ajudando a capacitar esses quadros que também nos apóiam em momentos importantes”, observou o secretário.

    O secretário Alberes Lopes ressaltou que o próprio CMNE tem um programa de capacitação chamado de “Soldado Cidadão”, que qualificou de 2003 a 2018 10.981 soldados. “A parceria é importante porque estaremos apoiando, principalmente, os jovens que não têm condições, que entram no Exército querendo uma oportunidade e, quando saem, não têm expectativa de emprego. Vamos estudar qual o melhor modelo de qualificação e fazer a intermediação, que é inédito”,  declarou o secretário Alberes Lopes.

    De acordo com Alberes Lopes, a Seteq também levará aos jovens algumas palestras sobre empreendedorismo. “É importante para qualquer pessoa ter noções sobre empreendedorismo, porque, mesmo que não administre um negócio, pode administrar o de outra pessoa. Vamos levar para eles esse tipo de aprendizado através de palestras e capacitações para que esses jovens possam ser inseridos no mercado de trabalho ou abrir um pequeno negócio. Foi muito boa a receptividade do general e vamos estar tocando essa parceria para ajudar esses jovens pernambucanos e estar dando esse apoio ao Exercito brasileiro”, concluiu Alberes Lopes.

    Saiba mais – O primeiro encontro entre o secretário Alberes Lopes e o comandante geral do Nordeste, Freire Gomes, realizou-se no dia 27 de maio passado. Eles iniciaram o diálogo e, hoje, a equipe de ambos começou a estudar qual o melhor curso e quantas pessoas serão beneficiadas, inicialmente. 

    Assuntos: seteq, comando militar do nordeste, capacitaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Primeira versão do Fortalece a Igualdade terá encerramento em Olinda

    | Emprego

    Projeto de inclusão do público negro LGBT foi inédito e termina com a qualificação de 200 alunos em cinco municípios de Pernambuco

    Em contagem regressiva, a Secretaria do Emprego, Trabalho e Qualificação está prestes a encerrar a primeira edição do programa Fortalece a Igualdade no próximo dia 14 de junho, em Olinda, com a entrega dos certificados do curso de Agente de informações Turísticas para alunos negros LGBT. A ação está marcada para as 14h, no auditório do Palácio dos Governadores, e também será prestigiada pelo prefeito do município, Professor Lupércio. Olinda foi a inspiração para o projeto por ter o único quilombo urbano de Pernambuco.

    Realizado em cinco municípios de Pernambuco, o Fortalece a Igualdade é uma parceria da Seteq com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos/MMFDH. “Além da nossa finalidade principal, que é a qualificação para acessibilidade ao trabalho, bem como o incentivo à área de empreendedorismo, o Fortalece a Igualdade é um projeto inclusivo voltado não só para o público negro LGBT, mas também para acolher os alunos que precisem de uma atenção especial. O nosso desejo é dar continuidade a esse projeto que é tão importante, a fim de favorecer a essa população, que recebe pouco incentivo”, afirma o coordenador do Fórum Estadual da Micro e Pequena Empresa, Luís Gonzaga, e um dos idealizadores do projeto.

    O programa traz consigo a responsabilidade de contribuir e valorizar o público negro LGBT, que segundo testemunho dos próprios alunos, ainda pertence a um recorte social invisível, que enfrenta diversos tipos de preconceitos, ameaças e até mesmo violências físicas e emocionais. Eles inclusive contam que os traumas causados pela não aceitação social são diversos, refletindo também, na falta de oportunidade e de emprego.

    “É com grande satisfação que venho aqui agradecer a todos vocês que idealizaram o projeto Fortalece a Igualdade. Tive oportunidade de adquirir novos conhecimentos e fazer amigos que quero levar para eternidade. Sei que as coisas andam meio complicadas com o Governo Federal, mas peço, encarecidamente, que não desistam de minha cidade (Petrolina/PE), não desistam de apoiar ao publico LGBT. Precisamos de mais oportunidades como essa. Sou um jovem perdidamente apaixonado pela vida que anseio desesperadamente em evoluir como ser humano cada vez mais. Perdi tempo em minha juventude com coisas sem importância, e está na hora de correr atrás do tempo perdido enquanto existem possibilidades e pessoas que estão dispostas a ajudar”, relatou Pilatos Gomes, 32 anos, aluno do Fortalece a Igualdade da turma de Assistente Administrativo, do município de Petrolina.

    Recentemente, a Secretaria do Trabalho encerrou duas turmas de qualificação, ambos do curso de Assistente Administrativo, nos municípios de Petrolina e Garanhuns. A inclusão em Garanhuns foi ainda maior, devida à necessidade de dois alunos com deficiência auditiva. “A Secretária do Trabalho, Emprego e Qualificação não mediu esforços para atendê-los, tendo que o objetivo do Fortalece a Igualdade é qualificar e incluir essa população que anteriormente vinha sido esquecida”, destacou a coordenadora de projetos de Qualificação, Lúcia Costa.

    Cidades: Olinda
    Assuntos: seteq, programa fortalece a igualdade, lgbt, encerramento
    Compartilhe: Link para o post:
  • Alunas e alunos negros LGBT do Fortalece a Igualdade em maior feira de beleza do Nordeste

    | Emprego

    Depois de participarem de programação preparada exclusivamente para as mamães do Recife, a convite da prefeitura da capital, as alunas e alunos negros LGBT formados pelo projeto Fortalece a Igualdade - idealizado pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco - foram convidados para participar das comemorações do 10º ano da Feira da Beleza do Nordeste – Hairnor. O evento encerrou nesta segunda-feira (03), no Centro de Convenções de Pernambuco, com chave de ouro. 

    A participação dos alunos do Fortalece a Igualdade nessa feira de beleza e negócios, que mobiliza cerca de 50 mil visitantes de vários estados nordestinos, foi articulada pela equipe de qualificação profissional da Seteq, que tem atuado intensamente após a qualificação dos alunos para inseri-los no mercado de trabalho, intermediando a participação deles em eventos de grande porte. O Fortalece recebeu apoio também do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e de cinco prefeituras municipais, que cederam locais ou ajudaram na mobilização.

    O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, visitou a Feira de Beleza do Nordeste, ao lado do secretário executivo Álvaro Jordão, da coordenadora de monitoramento de projetos de Qualificação, Lúcia Costa, da gerente geral de Qualificação, Adynara Gonçalves, e da gerente da Agência de Empreendedorismo, Irenilda Magalhães. 

    “É muito importante prestigiarmos um evento como esse, que tem impacto em todo o Nordeste, uma feira de negócios que pode concretizar negócios de até R$ 15 milhões e gerar uma média de 5 mil empregos diretos e indiretos no Estado. Todos os organizadores estão de parabéns e também estão de parabéns nossos incríveis alunos e a equipe de qualificação. Os alunos do Fortalece não só fizeram curso de maquiagem e cabelo afros como estão empenhados em entrar no mercado de trabalho e isso nos dá muita alegria”. 

    Cidades: Recife
    Assuntos: seteq, programa fortalece a igualdade, lgbt
    Compartilhe: Link para o post:
  • Negros e negras do segmento LGBT receberão certificados de qualificação em Petrolina

    | Emprego

    Negro e LGBT, Leandro Virgílio da Silva tinha concluído apenas o ensino médio, aos 22 anos, e estava, segundo ele mesmo contou à reportagem, sem perspectivas de se encaixar em alguma profissão e arrumar emprego. Ele estava numa daquelas fases da vida, quando se espera apenas que ela vá passando, até que começou a fazer o curso de qualificação chamado Fortalece a Igualdade, idealizado pela Secretaria do Trabalho Emprego e Qualificação para atender à população negra LGBT, sendo oferecido em municípios como Petrolina, Caruaru, Garanhuns, Recife e Olinda. Leandro foi um dos concluintes da primeira turma de Assistente Administrativo do programa no Recife, mas, outras pessoas como ele, logo estarão recebendo o certificado do mesmo curso, em Petrolina, em evento que será realizado nesta sexta-feira (3), às 14h, na Escola Social de Qualificação Profissional, na BR-407, 571, na Cohab Massangano.

    Leandro é do Recife, mas está na torcida pelos novos alunos que pegarão o certificado amanhã. Antes de conhecer o Fortalece a Igualdade, ele já havia feito um curso de auxiliar administrativo, mas os estudos não haviam suprido as expectativas, nem ajudado na sua carreira profissional. “Eu não sabia qual caminho seguir na vida. Eu estava tentando buscar emprego, mas só com o ensino médio é difícil”, contou.

    O jovem relatou que o cenário começou a mudar através da indicação que um amigo fez do Fortalece a Igualdade. “Quando o professor começou a ensinar a gente, eu vi que queria fazer aquilo mesmo”, afirmou. Leandro ressaltou que o aprendizado foi além do esperado e agora se sente mais seguro para enfrentar o futuro.

    O Fortalece a Igualdade é uma parceria da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos/MMFDH. “O programa está sendo desempenhando com muito trabalho e esforço de todos os colaboradores que vêm tornando realidade o sonho de muitos jovens e adultos negros e LGBT que desejam se capacitar e aumentar as chances para ingressarem no mercado de trabalho”, declarou a secretária executiva de Micro e Pequena Empresa e Fomento ao Empreendedorismo, Adriana Queiroz.  

    Assuntos: seteq, programa fortalece a igualdade, lgbt, certificado de qualificaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco em 3º lugar no ranking de Micro Empreendedores do Nordeste

    | Emprego

    Embora ainda esteja criando e incentivando a cultura empreendedora, Pernambuco está em terceiro lugar no ranking do Nordeste no número de pessoas cadastradas como MEI (Micro Empreendedor Individual) - 262.576 ao todo. Mas esses números têm tudo para serem modificados até a próxima sexta-feira. É que nesta dia, 31.05, termina o prazo para a declaração anual de faturamento do MEI. Quem não ficar em dia pode perder todas as proteções garantidas pelo MEI e uma segurança legal para desenvolver o negócio e até mesmo uma venda com cartão de crédito.  

    De acordo com o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, do 31 de dezembro de 2018 até 30 de abril deste ano, houve um crescimento de 6,48% de cadastros do MEI e isso mostra a disposição dos pernambucanos para empreender e encontrar novas fontes de renda.

    “Vamos iniciar em breve, em parceria com o Sebrae, alguns projetos que incentivam o empreendedorismo em Pernambuco, como o Pernambuco Doce e o Valorizando a Pele, que vão beneficiar empreendedores do Agreste e do Sertão”, disse o secretário estadual.

    Alberes Lopes informou que, por meio dos Expressos Empreendedores do Recife, Cabo, de Ipojuca, Caruaru e Petrolina, há uma disposição de incentivar o MEI para que os profissionais autônomos fiquem mais protegidos. O top 10 de registros no Brasil são os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Santa Catarina, Goiás, Ceará e Pernambuco. 

    Para o assessor técnico da Rede Estadual de Atendimento ao Empreendedor Murilo Nóbrega, o autônomo e a autônoma que estiverem interessados em regularizar a situação do MEI ou até mesmo fazer o cadastro, podem procurar mais informações ou buscar, pessoalmente, um das unidades dos Expressos Empreendedores que fazem parte da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação. (Os endereços seguem no quadro abaixo). 

    Murilo Nóbrega ressalta: quem não conseguir ficar em dia com as declarações anuais e as contribuições mensais, poderá ter o CNPJ cancelado. E ainda mais: fica sem todas as proteções do MEI, como: benefícios previdenciários, dispensa de escrituração fiscal e contábil, emissão de nota fiscal, formalização simples e gratuita, obtenção de CNPJ, segurança legal para desenvolver o negócio e venda com cartão de crédito.

    “O MEI tem acesso a serviços bancários como pessoa jurídica, com taxas diferenciadas (crédito, cartão de crédito, talão de cheque); formalização, manutenção e baixa gratuita nos nossos pontos de atendimento; possibilidade de negociação de preços e condições nas compras de mercadorias para revenda, com prazo junto aos atacadistas e melhor margem de lucro. Ao MEI é assegurado também, oportunidades para milhões de pernambucanos e brasileiros que são informais e não têm auxílio, proteção ou vantagens”, declarou Murilo Nóbrega. 

    “Para declarar, o Micro Empreendedor Individual deve ter em mãos a receita bruta total do ano anterior, referente às atividades de comércio, indústria e serviços. A pessoa também deve informar se esteve empregado durante o período abrangido pela declaração”, acrescentou.

    Quem pode ser MEI?

    A Declaração Anual do Simples Nacional para o MEI, também conhecida como Declaração Anual de Faturamento, é uma das responsabilidades que o MEI deve ter a cada ano. Ao todo, 500 ocupações podem ter um MEI, entre indústria, comércio ou serviço. Comércio em geral, indústria em geral (poucas exceções), serviços como cabeleireiro, manicure e pedicure, artesão, alfaiate, animador de festas, barbeiro, borracheiro, costureira, digitador, fotógrafo, funileiro, jardineiro, pedreiro, eletricista, sapateiro, etc.

    As profissões que não podem ter o MEI são as regulamentadas como advogados, médicos, engenheiros etc. Mas o leque de ocupações favorecidas é alto.

    Assuntos: seteq, micro empreendedor, ranking, nordeste
    Compartilhe: Link para o post:
  • Petrolina recebe os certificados do Programa Fortalece a Igualdade

    | Emprego

    O projeto estadual, com apoio federal, é voltado para o público negro LGBT de outros municípios como Recife, Olinda, Caruaru e Garanhuns
     
    O Programa Fortalece a Igualdade, idealizado pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq) e voltado ao público negro LGBT, vem rompendo tabus e conquistando sorrisos pelos municípios que têm passado. Desta vez, o município que irá receber, na próxima quinta-feira (30), a celebração de entrega dos certificados para o curso de Assistente Administrativo, é Petrolina, localizado no Sertão São Francisco pernambucano. O evento será realizado na Escola Social de Qualificação Profissional, na BR-407, 571, na Cohab Massangano.
     
    O Fortalece a Igualdade é uma parceria da Seteq com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos/MMFDH. “O programa está sendo desempenhando com muito trabalho e esforço de todos os colaboradores que vêm tornando realidade o sonho de muitos jovens e adultos negros e LGBT que desejam se capacitar e aumentar as chances para ingressarem no mercado de trabalho”, declarou a secretária executiva de Micro e Pequena Empresa e Fomento ao Empreendedorismo, Adriana Queiroz.  
     
    O programa vem oferecendo cursos de qualificação que trespassa em várias áreas desde Cabelo Afro, Agente de Informações turísticas, Assistente Administrativo, Noções de Risco e Corte a Modelagem em Moda Praia e Moda íntima. Todos com o intuito de ajudar a diminuir a discriminação que ainda se encontra latente em nossa sociedade que atinge, de forma mais visível, à população negra LGBT. 
     
    Caminhando para a reta final, o Fortalece a Igualdade, segundo os organizadores, contribui não só na formação desse público, mas também na melhoria de qualidade de vida, na quebra de barreira da invisibilidade, dando voz e força para que essa luta diária seja um discurso cada vez mais freqüente, e para que seja de todos e todas com o objetivo de um mundo mais igualitário. 
     
    “É de extrema importância a entrega do certificado. É importante porque é o fechamento do ciclo de empoderamento desse público, que é o recorte da população que infelizmente sofre diversos tipos de preconceitos, não possuindo abertura total como os demais integrantes da população. O Fortalece a Igualdade é o primeiro de outros projetos que a Secretária do Trabalho, Emprego e Qualificação está fazendo no âmbito desse recorte da sociedade”, disse o coordenador do Fórum Estadual da Micro e Pequena Empresa, Luís Gonzaga, e um dos idealizadores do projeto inclusivo.
    Cidades: Petrolina
    Assuntos: seteq, programa fortalece a igualdade, lgbt
    Compartilhe: Link para o post:
  • Parceria inédita entre a Secretaria do Trabalho e Comando Militar do Nordeste

    | Emprego

    comando

    Capacitação para facilitar o ingresso dos jovens militares no mercado de trabalho pós-serviço militar foi colocada em pauta

    O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, reuniu-se, nesta segunda-feira (27), com o Comandante Militar do Nordeste, general Freire Gomes, para articular uma parceria pioneira entre os dois entes governamentais capaz de possibilitar o ingresso de jovens militares no mercado de trabalho após o término do serviço militar obrigatório.

    Alberes Lopes propôs a criação de um banco de talentos que também será cadastrado nas 29 Agências do Trabalho de Pernambuco. “Essa parceria será importante porque vamos colocar os jovens no mercado de trabalho com o referencial do Exército e do Governo do Estado”, declarou o general Freire Gomes.

    De acordo com o secretário Alberes Lopes, o papel do governo estadual será construir a formatação do curso ideal - com apoio do CMNE - buscar apoio do governo federal, qualificar e ajudar na intermediação do mercado de trabalho. Lopes frisou que os cursos, os horários e a carga horária serão definidos em outra etapa, em futuras reuniões de trabalho das duas equipes. “Essa parceria nunca tinha existido entre o Exército e a Secretaria do Trabalho. Vamos tentar um convênio em nível federal e realizar uma nova reunião de trabalho com as equipes”, destacou.

    Atualmente, quatro Grandes Comandos e duas Grandes Unidades subordinam-se ao CMNE: 6ª Região Militar (BA e SE), 7ª Região Militar (AL, PE, PB e RN), 10ª Região Militar (CE e PI), o 1º Grupamento de Engenharia (1º Gpt E), a 7ª Brigada de Infantaria Motorizada (7ª Bda Inf Mtz) e a 10ª Brigada de Infantaria Motorizada (10ª Bda Inf Mtz) com sedes, respectivamente, nas cidades de Salvador, Recife, Fortaleza, João Pessoa, Natal e Recife. O 1º Gpt E dirige e controla as ações dos batalhões de engenharia em todo o Nordeste do País. O CMNE realiza inúmeras ações em apoio à população civil nordestina, caracterizando a Mão Amiga do Exército Brasileiro.

    Assuntos: seteq, parceria, comando militar do nordeste
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programa Fortalece a Igualdade encerra em Caruaru com direito a desfile

    | Emprego

    “Falo, sim, bem feliz”. Esta foi a resposta do jovem Nadilson Alves da Silva, 21 anos, ao ser questionado se daria um depoimento sobre o programa estadual Fortalece a Igualdade, no qual se inscreveu em abril para receber, nesta quarta-feira (22), o certificado do curso Modelagem em Moda Praia e Moda Íntima, no município de Caruaru. Nall, como prefere ser chamado pelos amigos, é um dos 25 alunos do curso de qualificação oferecido pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco que participam da cerimônia programada para esta quarta-feira, às 16h, no Museu Memorial de Caruaru. No evento, haverá desfile para exposição das peças produzidas pelos alunos, bem como a presença de representantes do Governo do Estado e da Prefeitura de Caruaru.

    “Eu nunca tinha pegado numa máquina antes, nunca tinha feito nem uma tiara de boneca e agora sei fazer um biquíni”, contou Nall, orgulhoso, acrescentando estar ansioso para receber o certificado. “No Dia das Mães, pude dar um presente, feito por mim, a minha mãe do coração. Tirei as medidas escondido, fiz tudo, orgulhei a ela e me orgulhei. Ela é uma bênção na minha vida”, declarou, emocionado.

    Nall se mudou para Caruaru há cerca de dez anos com a família, que buscava mais oportunidades. Ele nasceu em Agrestina e atualmente mora no Bairro do Salgado, no mesmo local onde o treinamento foi realizado para formar mão de obra capacitada – seja para abrir o próprio negócio ou ter mais oportunidade de contratação. “Um curso desses, de graça, para beneficiar pessoas negras LGTB e formar pessoas capacitadas para o polo têxtil de Caruaru foi maravilhoso”, completou, referindo-se ao objetivo do programa.

    O Fortalece a Igualdade foi idealizado pela Secretaria do Trabalho Emprego e Qualificação de Pernambuco e recebeu apoio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Governo Federal, bem como recebeu o apoio da Prefeitura de Caruaru, que cedeu o local. O Fortalece ofereceu 200 vagas de qualificação nos município do Recife, Olinda, Caruaru, Petrolina e Garanhuns, mas ainda há em andamento. “Eu peguei a oportunidade com muita alegria”, completou Nall.

    “O Fortalece a Igualdade auxilia como instrumento de conscientização das pessoas para um tratamento mais humanitário, sem racismo, sem preconceitos. O projeto dá um empoderamento maior à comunidade negra LGBT, que ao longo da História, teve seus direitos violados, tendo, assim, maior dificuldade de acesso à educação e ao mercado de trabalho”, disse o coordenador Fórum Estadual da Micro e Pequena Empresa Luís Gonzaga.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: seteq, programa fortalece a igualdade, curso de qualificaçao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara entrega certificados de qualificação a 98 trabalhadores em Belo Jardim

    | Emprego

    certificados

    Parceria entre Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação, as Baterias Moura e o SENAI capacitou profissionais para atuar como operadores de processos de produção

    BELO JARDIM - Mais qualificação profissional para os pernambucanos. Durante passagem pelo município de Belo Jardim, no Agreste Central, nesta sexta-feira (17), o governador Paulo Câmara entregou certificados de conclusão de curso a 98 trabalhadores, formados por meio de uma parceria entre a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq), a fábrica de baterias Moura e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Os alunos foram qualificados dentro do Programa “Novos Talentos” e, agora, estão preparados para trabalhar como operadores de processos de produção.

    Durante a solenidade, na Unidade da Serra da fábrica Moura – localizada no Complexo Industrial da Serra do Gavião, Paulo Câmara parabenizou os concluintes e falou sobre a importância do programa. “As parcerias são fundamentais. Por isso é que a gente se junta com o Sistema S para qualificar as pessoas. Porque o que vai fazer a diferença no futuro é a qualificação, a educação, a capacidade dos nossos jovens de terem oportunidades no futuro. E é isso que a gente busca no programa Novos Talentos: dar a porta de entrada para que esses jovens sejam inseridos no mercado de trabalho em Pernambuco, com trabalhos de qualidade”, afirmou o governador.

    E as oportunidades já começaram a aparecer. O concluinte Geraldo Junior, de 24 anos, após o curso, vem enfrentando um desafio e tanto: está há 16 dias como contratado na Moura, e sua vida já está mudando. “Está tendo uma mudança no meu lar e está sendo um momento especial tanto para mim como para aquelas pessoas que convivem ao meu redor”, disse, emocionado. E completou: “então, eu só tenho a agradecer ao Governo, à parceria com o Senai e também ao pessoal do Grupo Moura, que está me dando a chance de participar dessa empresa e desenvolver todas aquelas atividades que eu aprendi no curso para colocar em prática”.

    Os alunos participaram de módulos teóricos e práticos promovidos pelo SENAI, atingindo a média geral de 8,5. O curso teve a carga horária de 300 horas. Os escolhidos para participar do treinamento enfrentaram um processo seletivo com mais de 500 candidatos. Essa nova fase do curso teve um investimento da Seteq de mais de R$ 58 mil. O convênio firmado com a Baterias Moura já havia certificado 79 alunos em 2017 e a expectativa é de abrir mais 100 vagas no segundo semestre de 2019.

    “A gente sente uma alegria muito grande de ver esse processo de crescimento profissional dos trabalhadores pernambucanos, de ver que eles têm mais oportunidades de garantir um espaço no mercado de trabalho a partir da qualificação e do aprendizado. O governador Paulo Câmara tem trabalhado dia e noite para gerar empregos e tem estimulado sua equipe a fazer o mesmo para enfrentar os desafios deste tempo, que são muitos”, disse o secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, que marcou presença na solenidade.

    Participaram do encontro também os coexecutivos do Grupo Moura, Sérgio Moura e Paulo Sales, e o membro do Conselho de Administração da empresa, Pedro Ivo; o deputado estadual Sivaldo Albino; o diretor regional do SENAI, Nilo Simões; os secretários Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico) e Aluísio Lessa (Ciência, Tecnologia e Inovação); o prefeito de Tacaimbó, Álvaro Marques, e o ex-prefeito de Belo Jardim João Mendonça, entre outras autoridades da região.

    Cidades: Belo Jardim
    Assuntos: emprego
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo do Estado garante atendimento a mais de 600 mil trabalhadores pernambucanos em 2019

    | Emprego
    Sanção de nova Lei permite criação do Fundo Estadual do Trabalho que garantirá recursos para as Agências do Trabalho, para qualificação e empreendedorismo
     
    O governador Paulo Câmara anunciou, nesta sexta-feira (17), o Projeto de Lei 180/2019, do Poder Executivo, que institui o Fundo Estadual do Trabalho (FET), responsável por garantir, entre outros pontos, a transferência de recursos federais para as 29 Agências do Trabalho de Pernambuco, localizadas em várias regiões de Pernambuco, além de assegurar recursos para qualificação profissional e empreendedorismo. Com a aprovação da norma 180/2019, estão garantidos o funcionamento das agências e o atendimento a cerca de mais de 600 mil trabalhadores pernambucanos que buscam, ao ano, por serviços nessas unidades. 
     
    “O prazo do encerramento do convênio do Sine termina nesta sexta-feira (17) e trabalhamos dia e noite para manter os direitos dos nossos trabalhadores e a oferta dos serviços nas agências”, disse o secretário Alberes Lopes, que tinha feito duas viagens a Brasília para tratar do assunto. A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação, inclusive, já havia destravado a liberação de pouco mais de R$ 3 milhões de repasses do Ministério da Economia para as Agências do Trabalho este ano. O previsto inicialmente era R$ 900 mil.  
     
    Alberes Lopes esteve presente na Assembleia Legislativa na última quarta-feira para se certificar da aprovação da nova regra em segunda votação no plenário da Casa. O secretário acompanhou de perto o assunto porque o Estado que não tiver aprovado o FET, ficará sem recursos federais para esta área.  
     
    Segundo Alberes Lopes, antes da extinção do Ministério do Trabalho, os repasses de recursos para as agências eram feitos por meio de convênio. Agora, cada Estado precisa aprovar uma lei específica para que os servidores das agências pernambucanas e trabalhadores não sejam prejudicados. As futuras transferências do governo federal serão feitas através do Ministério da Economia, mas os valores não foram definidos.
     
    A Lei 180/2019 foi sancionada pelo governador Paulo Câmara e o fundo tem a finalidade de destinar recursos para execuções das ações e serviços, apoio técnico e financeiro à política estadual de trabalho, emprego e renda, em regime de financiamento compartilhado, no âmbito do Sistema Nacional de Emprego no Estado de Pernambuco - SINE/PE. 
     
    SAIBA MAIS
    O FET/PE está vinculado à Secretaria do Traballho, Emprego e Qualificação e vai assegurar o financiamento e as transferências automáticas de recursos no âmbito do SINE, sendo orientado e controlado pelo Conselho Estadual do Trabalho, Emprego e Renda (CETER) com o apoio técnico e administrativo da referida Secretaria. 
     
    Os recursos do FET são constituídos de vários itens: dotação específica consignada anualmente no orçamento estadual destinada ao Fundo Estadual do Trabalho; recursos provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT, créditos suplementares, especiais e extraordinários que lhe forem destinados; saldos de aplicações financeiras dos recursos que lhe forem alocados; saldo financeiro apurado ao final de cada exercício; repasses provenientes de convênios firmados com órgãos federais e entidades financiadoras nacionais e estrangeiras; repasses financeiros provenientes de convênios e afins, firmados com órgãos e entidades públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras, bem como as transferências automáticas fundo a fundo do Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT, nos termos da Lei Federal nº 13.667, de 2018. 
     
    SAIBA MAIS
    O FET-PE também será abastecido por receitas provenientes da alienação de bens móveis e imóveis do Estado de Pernambuco, afetados à Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação; doações, auxílios contribuições e legados que lhe venham a ser destinados; produto da arrecadação de multas provenientes de sentenças judiciais, juros de mora e amortizações conforme destinação própria; recursos retidos em instituições financeiras sem destinação própria ou repasse e outros recursos que lhe forem destinados.
     
    O Ministério da Economia foi procurado para falar sobre quais estados já estão aptos para receber as transferências para as agências, mas respondeu que ainda não realizou o levantamento final. “A Coordenação-Geral do Sistema Nacional de Emprego - SINE ainda não possui um levantamento oficial das unidades da federação (Estados, Distrito Federal e Municípios) que já instituíram, por meio de lei, o fundo de trabalho próprio com o objetivo de aderir ao SINE, conforme Lei nº 13.667, de 17 de maio de 2018. Saberemos o número exato somente quando for concluído o processo de adesão, que ainda não foi iniciado. Além disso, durante o processo de adesão, será necessário verificar se os fundos criados atendem aos requisitos previstos na Lei nº 13.667/2018.
    Assuntos: seteq, fundo estadual do trabalho, paulo camara
    Compartilhe: Link para o post: