meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Paulo Câmara: "Não se faz futuro sem priorizar a educação"

    | Educação
    Ganhe o Mundo

    Governador comandou, na manhã desta quarta-feira, reunião de pré-embarque de 550 alunos da Rede Estadual beneficiados pelos Programas Ganhe o Mundo e Ganhe o Mundo Esportivo
     
    Estudar uma nova língua e ter a oportunidade de conhecer outras culturas, vivenciando experiências próprias de outros países.  Essa realidade está cada vez mais próxima para 550 jovens estudantes da Rede Estadual  que cumpriram, nesta quarta-feira (19.07), mais uma etapa do Programa Ganhe o Mundo (PGM) e Ganhe o Mundo Esportivo (PGME). Eles participaram da reunião de pré-embarque do projeto. Comandado pelo governador Paulo Câmara, o momento é a última etapa antes do embarque e prepara os futuros intercambistas para o período em que eles estarão estudando fora do País.  

    "Nós estamos muito orgulhosos em saber que tantos alunos agora vão conhecer países, vão aprender uma nova língua. Foram 10 anos de muito trabalho, saímos da última colocação do IDEB e, hoje, temos a melhor educação pública do Brasil. Isso graças ao esforço de vocês. Temos a menor taxa de abandono do Ensino Médio, a  maior taxa de aprovação do Brasil e a menor diferença entre a escola pública e a escola privada. Continuem a sonhar. Sonhos não envelhecem, e vocês são o exemplo da futura geração de pernambucanos que nos dará muito orgulho e um Estado melhor", finalizou.

    Durante a reunião, o governador Paulo Câmara fez questão de compartilhar a história da estudante Ana Caroline, de 15 anos. Ela trocou a escola da rede privada pelo ensino da  EREM Jornalista Jader de Andrade, no município de Timbaúba, na Mata Norte, justamente para participar do Programa Ganhe o Mundo. "Prova de que a educação de Pernambuco está no caminho certo, ajudando a criar janelas de oportunidades para todos", registrou.

    Ana Carolina frisou que a sua escolha foi acertada, destacando a qualidade do ensino público pernambucano. "A única diferença entre a escola privada e a do Estado é que a do privado é paga", pontuou a estudante, que fará intercâmbio no Chile. "Vou poder viver muita coisa e voltar completamente diferente. Estou muito feliz", completou.

    Os 550 alunos selecionados para o intercâmbio estudantil, além das orientações, receberam kits de viagem com itens essenciais – como mala, tablet, camisas e jaqueta – e tiveram a oportunidade de assistir palestras sobre cuidados com a saúde, documentação, bagagem, dicas de viagem e comunicação com o Brasil. Representantes dos consulados de países hospedeiros dos alunos como Canadá, Argentina e Alemanha, e representantes dos Programas Internacionais do Chile e Argentina também participaram do encontro.

    O secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, destacou que intercâmbios para a Alemanha estarão disponíveis para os alunos a partir do próximo ano. "Se Deus quiser, em 2018 mandaremos um grupo pequeno, mas que será o primeiro grupo de intercambistas do Programa Ganhe o Mundo para a Alemanha", comemorou.

    À frente do PGME, o secretário de Esportes, Turismo e Lazer, Felipe Carreras, frisou o impacto do projeto.  "Este é um programa que nos toca. Toca os alunos,o governador, os diretores de escola, professores e a família pernambucana. É uma ação muito benéfica, ela mexe com os atletas e alunos, da sua escola, da sua família, mas, sobretudo, dá um resultado efetivo em sua modalidade", afirmou.

    PGM - Criado em 2012, o Programa Ganhe o Mundo é uma oportunidade para os estudantes da rede pública aprofundarem os conhecimentos em um segundo idioma, através do intercâmbio em países de língua inglesa e espanhola. De 2012 a 2015, a iniciativa já embarcou mais de cinco mil estudantes para países como Argentina, EUA, Espanha, Uruguai, Nova Zelândia, Chile, Canadá e Austrália. O Governo do Estado também garante aos estudantes seguro saúde internacional, passagens aéreas, acomodação em casa de família (host Family) com todas as refeições garantidas, além de uma bolsa mensal no valor de R$ 719,00.

    Participam da reunião representantes da Secretaria de Educação do Estado, Secretaria de Relações Internacionais, Secretaria de Turismo, INFRAERO, Polícia Federal, Receita Federal, COPERGÁS, EMPETUR, representantes dos consulados do Canadá, da Argentina, Chile, Alemanha, e representantes dos Programas Internacionais do Chile e Argentina, além das empresas Alpagartas e Shineray, que apoiam o programa.

    --

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Duas novas Escolas Técnicas para o Sertão do São Francisco

    | Educação
    PE em ação/estudantes
    Governador Paulo Câmara anunciou, nesta sexta-feira, o investimento de R$ 26 milhões na construção de dois equipamentos do tipo em Petrolina e em Cabrobó
     
    PETROLINA - Em mais uma demonstração de que a educação é prioridade para o Governo de Pernambuco, o governador Paulo Câmara anunciou, nesta sexta-feira (14.07), na rodada do Seminário Pernambuco em Ação do Sertão do São Francisco, a construção de duas Escolas Técnicas Estaduais (ETE) em municípios da região. As unidades, que serão construídas em Cabrobó e em Petrolina,  vão contar com um aporte de R$ 13 milhões cada, contemplando uma estrutura moderna e com o padrão de qualidade oferecido nas outras 37 em funcionamento no Estado. 

    "Pernambuco tinha seis escolas técnicas em 2007, e hoje já temos 37 ETEs funcionando nas diversas regiões do nosso Estado. Temos quatro em construção e mais duas em processo licitatório. Inclusive, a de Cabrobó. Hoje, também, assinamos o termo de doação do terreno para a construção de uma unidade aqui, em Petrolina. E tudo isso é fruto de um planejamento pensado pelo ex-governador Eduardo Campos, lá atrás, que fizemos questão de dar continuidade. Acreditamos que é pela educação que conseguiremos transformar a sociedade e oferecer um futuro melhor para as novas gerações", frisou o chefe do Executivo estadual.

    A ETE de Petrolina será construída no bairro de Pedra Linda, em uma área de 22 mil m². O processo licitatório da unidade está previsto para este segundo semestre e a ordem de serviço deverá ser autorizada no início de 2018, como explica o secretário estadual de Educação em exercício, João Charamba: "Nós já iniciamos as tratativas com o Ministério da Educação e com o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a liberação de parte dos recursos e para que possamos iniciar, o mais breve possível, a construção das unidades", explicou. Do valor total a ser investido, 60% é repassado pelo Governo Federal e 40% pelo Estado. 

    A licitação para a implantação da ETE de Cabrobó já está em fase de finalização e a ordem de serviço deve ser dada em um prazo de 90 dias. A estrutura vai atender, inicialmente, 720 alunos, podendo chegar a até 1.200. O espaço contará com salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, banheiros, biblioteca, sala dos professores, laboratórios de informática, ciências, física/matemática, cozinha, despensa, recreio coberto/refeitório e quadra coberta com vestiário. 

    GESTÃO – Desde 2015, a rede de Escolas Técnicas Estaduais (ETE) só cresceu. Nesse período, foram inauguradas dez novas ETEs nos municípios de São José do Belmonte, São Bento do Una, Santa Cruz do Capibaribe, Jordão/Ibura, Paudalho, Belo Jardim, Arcoverde e São Lourenço da Mata, Buíque e Caruaru. A expectativa é de que, até o final de 2018, Pernambuco possua 40 unidades desse modelo.

    PROGRAMA GANHE O MUNDO – Na oportunidade, o governador entregou certificados de participação a três alunos do Programa Ganhe o Mundo. Foram eles: Bruna Carvalho Santos (Nova Zelândia), Ester Hadassa Lima (Canadá) e Erica Loranne Amorim (Nova Zelândia).
    Cidades: Cabrobó, Petrolina
    Assuntos: pe em acao, petrolina, cabrobo, ete, educacao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Aulas de música e de xadrez serão oferecidas pelo IFPE aos socieducandos em Garanhuns

    | Educação, Juventude

     

    Cursos têm carga horária de 30 horas/aula cada um, com duração de 4 meses. Parceria foi firmada no último mês

    A partir de agosto, adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Garanhuns serão beneficiados com os cursos de xadrez e música. As aulas serão oferecidas por meio de uma parceria firmada entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), campus Garanhuns. O termo de cooperação foi firmado no último mês, em encontro que contou com a presença da Diretora-Presidente da Funase, Nadja Alencar, da pró-reitora de Extensão do IFPE, Ana Patrícia Falcão, e do diretor-geral do Campus Garanhuns, José Carlos de Sá Junior, além dos coordenadores da Casem, funcionários da Funase e adolescentes.

    "Para além das competências que as atividades em si desenvolvem, a experiência dos socioeducandos em um ambiente diferenciado como o do IFPE, interagindo com os alunos e professores do Instituto, representa um ganho enorme quando consideramos a construção de projetos de vida que rompam com o passado de violência que os trouxe para a Funase. É nisso que apostamos", destacou o responsável pelo Eixo Profissionalização da Funase, Normando Albuquerque.

    Os cursos têm carga horária de 30 horas/aula cada um, com duração de 4 meses e encontros realizados uma vez por semana, no próprio Instituto. Para o xadrez, a proposta é que os bolsistas do Programa de Esporte e Lazer, supervisionados pelo professor de Educação Física do campus, João Paulo Oliveira, possam, a cada aula, passar para os adolescentes as teorias do xadrez e depois a prática. Já as aulas de música, a serem ofertadas pelo docente Osman Júnior, terão como foco o ensino coletivo de instrumentos musicais.

    Essas atividades, de modo geral, desenvolvem o raciocínio lógico e a reflexão, além de estimular a tomada de decisão e de escolha de caminhos. “Se trabalha também o despertar de vocações, de talentos que possam ser descobertos. São atividades muito válidas para formação do ser humano, agregando conhecimento e preenchendo a mente. A arte, de uma maneira geral, tem um poder de transformação muito grande. Projetos como esse são muito significativos”, destacou o Diretor-Geral do Campus Garanhuns, José Carlos de Sá Junior.

    A Coordenadora Geral da Casem Garanhuns vê essa parceria com entusiasmo e como uma forma de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na Funase. “Estamos imbuídos em não medir esforços para o êxito desse projeto. Sabemos que todas as ações pedagógicas oferecidas pelo IF vêm a contribuir com o processo de socioeducação, favorecendo a inclusão social de todos os adolescentes e jovens da Casem”, disse.

    Inicialmente, 6 adolescentes participarão das aulas de música e 12 das de xadrez. Para José Carlos de Sá Junior, esse é apenas um marco inicial. “O IF tem como finalidade trazer capacitação, formação e oportunidades de inserção no mercado de trabalho. Temos a expectativa de ampliar a oferta de cursos e contribuir ainda mais com o processo de reinserção social desses adolescentes”, finalizou.

    Cidades: Garanhuns
    Assuntos: funase, ifpe, casem, sdscj
    Compartilhe: Link para o post:
  • Oficina de desenho atrai público para a Biblioteca Pública do Estado

    | Educação, Infância

    bpe

    Durante a tarde desta quarta-feira (12) a Biblioteca Pública do Estado (BPE) promoveu uma oficina de desenho para crianças na faixa etária de 6 a 12 anos. Os pequenos se divertiram com as brincadeiras do oficineiro Marcos Mendes e colocaram a criatividade em prática para preencher as folhas de papel em branco à sua frente. A atividade está incluída na programação de férias da BPE, que segue até o dia 28 deste mês.

    Nas folhas de papel estavam vários animais, super-heróis e brinquedos que costumam estar presentes no cotidiano dos participantes. Porém, na folha de Esther Romero, de apenas 12 anos, havia rabiscos que iam muito além do que é costume ver em desenhos de crianças desta idade – talvez até de idade mais avançada.  Ela reproduziu uma máquina criada em meados da década de 20, utilizada para interceptar códigos utilizados por alemães na Segunda Guerra Mundial e conhecida como Máquina de Turing. “Assisti o filme O jogo da imitação e achei muito interessante o método”, comenta Esther, que é usuária da BPE e ama ler. “Eu vim devolver um livro e vi a oficina, acabei ficando. Adorei!”, arremata a jovem.

    Mônica Maria levou Mateus Cavalcanti, de 9 anos, pela primeira vez para a BPE e estava feliz com o entretenimento do filho. “Fiquei sabendo através da minha vizinha. Ele estava super animado para vir e eu o trarei mais vezes, se possível. É uma forma diferente de atividade, estimula a criatividade e a leitura, além de sair da mesmice, que costuma ser jogos”, comenta. Mateus criou vários desenhos, dentre eles um peixe. Ele também pensou num personagem que é metade soldado e metade super-herói. “Ele é uma mistura do passado e futuro, pois usa uma espada, mas também tem poderes. Na oficina eu pude pintar, desenhar e fazer amigos. Foi muito legal.”, falou.

    Além desta oficina, as Férias Divertidas na Biblioteca tem na sua programação diversas oficinas, contações de histórias, sessões de cinema e jogos de tabuleiro para a criançada. Todas as atividades são gratuitas e direcionadas para crianças de 5 a 12 anos de idade.

    Em todas as segundas-feiras, a Biblioteca abre as portas para todos os públicos curtirem as obras de literatura infantil. Nas terças e quintas-feiras haverá jogos de tabuleiro nos turnos da manhã e da tarde para o público em geral. Nas quartas, o equipamento promove oficinas com convidados. Já nas sextas-feiras, a programação conta com exibição de filmes, com sessões às 9h30 e às 14h30. Todas as atividades acontecerão no Setor Infantil da BPE, localizado no térreo do edifício.

    Para mais informações e para se inscrever nas oficinas, os interessados devem entrar em contato com os telefones (81) 3181-2647 ou (81) 99929-2100.

    Confira a programação completa:

    Dia 19 de julho
    Sucata/Contação
    Horário: 14h 
    Vagas: 15
    Faixa etária: 5 a 10 anos
    Com Liane Silva

    Dia 26 de julho
    Origami – Barco
    Horário: 14h
    Vagas: 20
    Faixa etária: 5 a 12 anos

    Dia 28 de julho
    Contar e Encantar
    Horário: 14h
    Com Gabriela Kopinits

    Cidades: Recife
    Assuntos: biblioteca publica do estado, oficina, ferias
    Compartilhe: Link para o post:
  • Campanha de coleta de pilhas da ETE de Limoeiro já arrecadou 37 kg em 20 dias

    | Educação, Meio Ambiente

    pilhas

    Você sabia que apenas uma pilha ou bateria pode contaminar 20 mil litros de água e passar cerca de 500 anos para se decompor? Pensando nisso, seis estudantes da Escola Técnica Estadual (ETE) José Humberto de Moura Cavalcanti, localizada em Limoeiro, criaram o projeto “Bote pilha nesse projeto”, que em apenas 20 dias já recolheu aproximadamente 37 quilos de pilha.

    Feitos com garrafas PETs, os papa-pilhas tem um formato de labirinto, o que os tornam mais atraente e chamam atenção das crianças e adolescentes. São oito labirintos distribuídos em escolas e associações comerciais e para divulgação da campanha, estudantes e professores realizaram panfletagens e palestras nas escolas. Os papa-pilhas foram idealizados para cumprir o desafio proposto pelo Torneio Virtual de Ciências, realizado pelo Espaço Ciência de Pernambuco.

    Mostrando a importância do descarte correto das pilhas e baterias, a professora Elen Carolina Costa, responsável pelo projeto, informou aos seus estudantes sobre o mal que faz ao meio ambiente os metais pesados que contém esses objetos. “Eles ficaram abismados com o tamanho do estrago feito apenas por uma pilha jogada no meio ambiente e entraram de cabeça na nossa campanha”, fala.

    Os idealizadores da campanha pretendem distribuir papa-pilhas em todas as escolas municipais e estaduais do município. Após a coleta, o material será encaminhado para o local onde será feita a reciclagem.  “Foi uma experiência muito interessante ter a oportunidade de poder fazer algo que faz a diferença, que é simples, importante e muito satisfatório”, diz o estudante Joaquim Sirino Leite.

    Cidades: Limoeiro
    Assuntos: ete, escola tecnica jose humberto de moura cavalcanti, pilha, limoeiro, espaco ciencia
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara parabeniza alunos premiados internacionalmente pela criação de aplicativo contra o mosquito Aedes aegypti

    | Educação

    Estudantes da Rede Estadual ganharam o primeiro lugar na  Teccien Schoenst, no Paraguai, e, agora,  seguem 
    para o Forum Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mérida, que acontece no México.

     
    A possibilidade de usar a tecnologia como arma para enfrentar o mosquito transmissor de arboviroses motivou um grupo de alunos da Rede Estadual a desenvolver o aplicativo “Caça ao Aedes em Jardim Brasil", que vem acumulando premiações, inclusive em eventos internacionais, pela sua funcionalidade e envolvimento social. Impressionado com o talento e o engajamento desses jovens,  o governador Paulo Câmara fez questão de recebê-los, nesta quarta-feira (05.07), no Palácio do Campo das Princesas, para parabenizá-los pela iniciativa que levou o primeiro lugar da Teccien Schoenst  - feira internacional realizada no Paraguai, em 2016.

    O resultado levará o grupo da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Desembargador Renato Fonseca a apresentar o app no Forum Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mérida, no México. “São alunos que nos orgulham, pois se dedicaram e viram, a partir do conhecimento, condições de ajudar. Com isso, percebemos que a educação de Pernambuco está no caminho correto: produzindo tantos talentos que têm a consciência de ajudar o próximo e, ao mesmo tempo, saber que com seu exemplo é possível alcançar sonhos e realizar os objetivos de sua vida”, destacou Paulo.

    O aplicativo, criado por um grupo de oito pessoas, serve como ponto de denúncia para a comunidade de Jardim Brasil, relatando locais de possíveis focos e trazendo informações sobre microcefalia, sintomas das doenças causadas pelo Aedes aegypti, além de dar dicas de prevenção. O app está disponível para usuários do sistema Android, através do Google Play Store. (link https://goo.gl/3rdVeE). Todos os casos denunciados no aplicativo são supervisionados pelos estudantes e, sempre que possível, solucionados com mutirões de limpeza realizados por eles próprios.
     
    O secretário de Educação, Fred Amâncio, registrou que o Governo de Pernambuco tem apoiado a iniciativa de desenvolvimento de projetos e pesquisas científicas nas escolas. “Nós queremos que os alunos desenvolvam esses projetos em todas as escolas, principalmente quando o trabalho é voltado para a comunidade e participem das feiras. Mas o mais importante é que isso está sendo desenvolvido no dia a dia das escolas. O prêmio é uma consequência desse trabalho”, pontuou.
     
    Durante o encontro, no Palácio do Campo das Princesas, Jeovani Cipriano, aluno idealizador da projeto, contou como surgiu a ideia da plataforma. “Muitos moradores da nossa comunidade ligavam para a escola para denunciar focos do mosquito, então decidimos criar o aplicativo para facilitar essas informações”, relatou, complementando que o dispositivo pode ser utilizado em todo território nacional, por meio de um GPS que está incorporado à plataforma. “Fomos a única equipe do Brasil que foi à cidade de Assunção. Disputamos com 120 projetos e ganhamos em primeiro lugar”, comemorou Jeovani.
     
    Integrante do grupo criador do aplicativo, Ingrid Rodrigues destacou que a escola deu todo o suporte necessário para que a plataforma virasse realidade. “A nossa escola sempre nos forneceu espaço para trabalharmos e os professores investiam o tempo que tinham. Foi uma conquista maravilhosa para a nossa equipe”, afirmou Ingrid.
     
    PROJETO – Também durante o encontro, outro grupo de alunos da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Desembargador Renato Fonseca, Joel Matheus e Andrey Albuquerque, apresentaram o projeto “Alagou onde há Lagoas” ao governador Paulo Câmara. Para competir a mais um prêmio, o trabalho, criado em 2014 por um grupo de dez alunos, já é bicampeão do Ciência Jovem e será levado pelos estudantes, no próximo mês de agosto, ao Fórum Internacional do Chile, que será realizado na capital, Santiago. O projeto visa mapear os possíveis pontos de alagamento no bairro de Jardim Brasil e incentivar a educação ambiental e analisar a qualidade de água como fator de risco à saúde da população.
    Assuntos: tecnologia, aedes aegypti
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara lança campanha de arrecadação de livros para os municípios da Mata Sul atingidos pelas chuvas

    | Educação, Administração

    campanha

    A iniciativa é uma parceria entre o Governo do Estado, a Biblioteca Pública do Estado e a Companhia Editora de Pernambuco e receberá livros até o próximo dia 4 de agosto

    Para ajudar a recuperar o acervo das 240 bibliotecas de escolas públicas estaduais e municipais das cidades da Mata Sul atingidas pelas chuvas, o governador Paulo Câmara lançou, neste domingo (02.07), a campanha Livro Solidário. A iniciativa do Governo de Pernambuco é uma parceria com a Biblioteca Pública do Estado e com a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), que doou mais de 200 títulos para a campanha durante o evento, realizado no Museu do Estado de Pernambuco, no bairro das Graças. Obras de literatura adulta e infantojuvenil serão aceitas até o próximo dia 4 de agosto em diversos postos de arrecadação espalhados por todo Estado.

    "A campanha Livro Solidário surgiu a partir das nossas idas às cidades atingidas pelas enchentes e do exemplo da pequena Rivânia, que salvou seus livros. Eu estive em todas as cidades afetadas e percebi a importância da solidariedade de cada um", afirmou o governador Paulo Câmara. Ele agradeceu a todos que, já neste domingo, doaram livros, que seguirão tanto para as escolas estaduais quanto municipais da Mata Sul do Estado. "Eu tenho certeza de que essa campanha vai ser um sucesso, porque é uma ação de todos os pernambucanos. Vamos continuar cuidando das nossas escolas e trabalhando muito para que o Estado tenha uma educação que a população merece", destacou. O chefe do Executivo estadual estava acompanhado da primeira-dama, Ana Luíza Câmara, e das filhas, Clara e Helena.

    O secretário de Educação, Fred Amâncio, explicou que, após a coleta dos livros, será feita uma triagem. "A Biblioteca Pública do Estado irá separar as obras de acordo com as temáticas, infantil, juvenil e adulto. A campanha estimula as pessoas a doarem, não somente pela solidariedade, mas para fortalecer a visão da importância das bibliotecas e para que percebam como é fundamental ajudar o acervo desses equipamentos", pontuou Fred.

    A arquiteta Helena Castro levou os filhos Augusto, de 8 anos, e Alberto, de 5, para contribuir com a campanha e considerou a iniciativa bastante estimulante e educacional. "A gente sempre tenta passar os valores para os nossos filhos, sobretudo porque sabemos dos problemas das enchentes, então, sempre que possível, eu tento ajudar", avaliou. Na ocasião, se apresentaram o Coro Infantil do Conservatório Pernambucano de Música (CPM), a banda Tapete Voador, o mágico e humorista Rodrigo Lima e o Baú da Camilinha.

    Além da Biblioteca Pública Estadual e do Museu do Estado, diversas escolas da Rede Estadual de Ensino abraçaram a ideia e estão funcionando como pontos de arrecadação das 8h às 17h, de segunda à sexta-feira. Para outras informações sobre a campanha, basta entrar em contato com a Biblioteca Pública Estadual pelo telefone 31812642.

    Assuntos: paulo camara, campanha, livros, mata sul, chuvas, bibliotecas
    Compartilhe: Link para o post:
  • Inscrições para Exame Supletivo começam nesta segunda

    | Educação

    Começam nesta segunda-feira (03) as inscrições para o Exame Supletivo 2017, da Secretaria Estadual de Educação. As inscrições gratuitas seguem até o dia 10 de agosto e podem ser realizadas no site da SEE, através do link: http://www1.educacao.pe.gov.br/supletivo/. Podem se inscrever jovens e adultos, nos níveis fundamental e médioO Exame também será aplicado para as pessoas privadas de liberdade nas cadeias públicas, CASES e CASEM.

    O cartão de inscrição estará disponível a partir do dia 11 de setembro, também no site da SEE, e as provas objetivas serão aplicadas no dia 15 de outubro, para os candidatos definidos no edital, e no dia 16 de outubro, para os candidatos privados de liberdade. O gabarito e os cadernos de questões estarão disponíveis no site da SEE e nas Gerências Regionais de Educação no dia 18 de outubro. A divulgação do resultado final está prevista para o dia 1° de novembro, no site da Secretaria.

    O edital completo está disponível no site: http://www1.educacao.pe.gov.br/supletivo/. Mais informações: 3183-8375 ou 3183-8382.

    Assuntos: seduc, inscricoes, supletivo
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco implanta modelo integral em escola do Ensino Fundamental

    | Educação
    Escola Creusa

    Governador Paulo Câmara foi até o bairro da Torre, no Recife, conhecer as instalações  do prédio e conversar com professores e alunos da unidade de referência

     
    Os alunos da Escola de Referência em Ensino Fundamental (EREF) Creusa Barreto Dornelas Câmara, localizada no bairro da Torre, no Recife, receberam, na manhã desta sexta-feira (30.06), o governador Paulo Câmara para uma visita às instalações da unidade. O equipamento é o primeiro da rede estadual a oferecer o modelo de tempo integral e de referência do Ensino Fundamental II. A implantação da nova modalidade será realizada de forma gradual e contempla, inicialmente, as turmas do 6º ano.

    “A educação é que vai transformar Pernambuco. Não tem outro caminho. Essa é a grande agenda do futuro. É essencial cuidar das outras áreas, que também são muito importantes, mas o futuro do nosso Estado depende da atenção que a gente dá às nossas crianças, aos nossos jovens. E, hoje, a gente vem aqui para mostrar que queremos desenvolver também no Ensino Fundamental a qualidade do modelo integral, que já trouxe excelentes resultados para Pernambuco no Ensino Médio. Porque Essa fórmula que a gente iniciou é o caminho que a gente acredita que pode transformar a vida das pessoas”, ressaltou Paulo Câmara.

    A iniciativa tem como objetivo melhorar os índices do Ensino Fundamental implantando e desenvolvendo o Programa de Educação Integral nessas escolas, além de incentivar as redes municipais a também implantar essa modalidade em suas redes. A primeira iniciativa de fortalecimento do Ensino Integral na rede municipal foi através do Programa Educação Integrada, lançado em 2016. A ação é uma parceria entre Estado e municípios e conta com 15 escolas municipais beneficiadas no projeto-piloto.

    Para o secretário estadual da Educação, Frederico Amâncio, a unidade será um modelo do sistema no Estado. "Na prática, o que nós queremos com esse projeto é poder vivenciar essa experiência também com os nossos alunos do Fundamental e incentivar os municípios a implantar essa modalidade. O Estado já vem avançando muito com as escolas de tempo integral e nós queremos dar o apoio necessário para que os municípios avancem também nesse sentido. E é por isso que a gente vai usar essa escola como modelo para incentivar que outros municípios se sintam animados e percebam o quanto isso traz de impacto positivo para a melhoria do desempenho dos estudantes e nos resultados da unidade", destacou.

    Escola Creusa
    Na última quarta-feira (28), a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou lei que amplia do programa de ensino em tempo integral para as escolas do Fundamental. Antes dessa lei, o Programa de Educação Integral beneficiava exclusivamente o Ensino Médio.

    Matriculada na primeira turma contemplada, a aluna Alefe Pereira, de 11 anos, disse que o novo desafio já está contribuindo para a melhoria do seu aprendizado. "Nós, agora, temos aulas diferentes que não tínhamos no outro colégio. Estamos aprendendo coisas novas e isso é muito bom”, pontuou. O mesmo sentimento de satisfação e expectativa é compartilhado pelo aluno Valdekson Junior, da mesma turma. "Conseguimos interagir mais e a aula é mais interessante", afirmou.


    Fotos: Wagner Ramos/SEI
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Uso responsável das redes sociais é tema de palestra para estagiários do Poder Executivo

    | Educação

     

    Na ocasião, foram abordadas vantagens que a internet oferece

    A Secretaria de Administração (SAD), através do Núcleo de Estágio Corporativo (NUESC), empenhada em incentivar estagiários do Poder Executivo a usar de forma responsável a ferramenta que a internet disponibiliza, realizou na quarta-feira (21.06), Encontro dos Estagiários. O evento, que ocorreu pela manhã das 9h às 12h e à tarde das 14h às 17h, aconteceu no Centro de Formação dos Servidores Públicos de Pernambuco (Cefospe) e contou com a palestra do gestor do Núcleo de Infraestrutura e Suporte da SAD, Walter Spinelli. Intitulada “Mídias Sociais: Até onde posso ir?” a palestra abordou, além das vantagens da internet, aspectos para o seu bom uso e dicas de como se portar nas redes sociais.

    Segundo a chefe do Núcleo de Estágio Corporativo da SAD, Emanuelle Aguiar, o tema é atual e comum a todos, sobretudo aos jovens, que convivem e lidam o tempo todo com a plataforma. “Trouxemos esse tema para incentivar os jovens a absorver o máximo de conteúdo positivo disponível na rede. Acreditamos que o seu bom uso, além de fortalecer e aprimorar habilidades traz um ganho imensurável para carreira profissional e desenvolvimento pessoal desses jovens”, pontuou Emanuelle.

    Estagiário da Gerência de Pessoas da Secretaria de Administração (SAD), Lyvisson Alberto acredita que a palestra foi esclarecedora. “Trouxe muitas dicas de como desenvolver capacidades e aumentar o conhecimento através da internet. Tema atual e pertinente a todos. Adorei!”, comemorou Lyvisson. 

    Durante a palestra Walter Spinelli, que já realiza esse trabalho de conscientização para o uso apropriado das redes sociais na capital e no interior do Estado há mais de dez anos, explanou sobre cultura e democratização do conhecimento. “Dentro do ciberespaço encontramos uma gama infinita de informações e possibilidades como, por exemplo, baixar livros sem necessariamente comprar; visitar Paris sem ao menos sair de onde estamos; assim como trocar experiências com alguém de outro país. Temos uma disponibilização de conteúdo livre de barreiras. Portanto, é preciso ter clareza e discernimento para selecionar aquelas que, de fato, é possível aproveitar. Daí a importância desse encontro para os jovens. O objetivo não é impor limites, e sim mostrar diversas alternativas de desenvolvimento intelectual”, disparou Spinelli.

    No tocante ao bom uso das redes sociais, Walter atentou para a permanência no computador e o que é veiculado nas demais plataformas como Instagram e Facebook. “É importante o jovem entender que na internet muitas vezes o ‘menos’ é mais. Atentar para o que se posta é imprescindível para que não haja constrangimentos e atropelos até na área profissional”, alerta o gestor.

    Inclusão, eliminação de fronteiras, imediatismo e conveniência foram outras facilidades da internet abordadas durante a palestra. “No ambiente virtual tudo é rápido, fácil e está ali a poucos cliques. Posso, por exemplo, em poucos minutos, fazer uma compra; pegar uma pesquisa, entre outras coisas. Isso é ponto positivo de inclusão que coloca pessoas em contato com outras e de uma forma muito intuitiva; eliminando barreiras e conectando pessoas”, finalizou gestor do Núcleo de Infraestrutura e Suporte da SAD, Walter Spinelli.

     

     

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: