meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Indígena é prioridade na educação de Pernambuco

    | Educação
     Indigena
     
    A Rede Estadual de Educação de Pernambuco tem 142 escolas indígenas, 1.222 professores indígenas e 10.635 estudantes indígenas.  As escolas estão localizadas em 15 municípios nas regiões do Agreste e no Semi-Árido do Estado. Pernambuco é único sistema de ensino do país que oferta todas as etapas de ensino aos povos indígenas, desde a Educação Infantil ao Ensino Médio, passando pela Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Normal Médio.
     
    Entre as políticas públicas que abrangem a Educação Escolar está a criação do Conselho de Educação Escolar Indígena de Pernambuco, com as representações dos 12 povos; a criação dos eixos temáticos terra, identidade, história, organização social, interculturalidade e bilinguismo, que norteia o ensino e as atividades pedagógicas nas escolas indígenas; a participação de indígenas no Conselho de Alimentação Escolar; formações inicial e continuada para professores indígenas e, recentemente, a realização do Seminário Sobre Categoria e Concurso para Professor Indígena.
     
    De acordo com Caetano Bezerra, superintendente de Política Educacional Indígena da Secretaria Estadual de Educação, Pernambuco pode se tornar o segundo estado brasileiro a criar concurso para professor indígena, após as discussões realizadas durante o Seminário. “Demos um passo importante na valorização da nossa educação e podemos, sim, reconhecê-los assim como Roraima fez”, disse.
     
    Assuntos: educação, seee, indigena, rede estadual de educação
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estudantes da UPE têm aula prática com produtos cartográficos da Condepe/Fidem

    | Educação

     condepe fidem

    Em visita às dependências da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem, os alunos do terceiro período do curso de licenciatura em Geografia da Universidade de Pernambuco – UPE (Unidade Mata Norte) puderam conhecer as produções cartográficas da entidade.

    Os estudantes estavam acompanhados pelo professor da disciplina Cartografia Temática e Sistemática da entidade educacional, Jorge Araújo. Eles assistiram a uma apresentação sobre o tema, que detalhava a atuação da Agência com relação à cartografia e, ainda, tiveram acesso aos mapas e outras cartas geográficas.

    Os técnicos da Agência Condepe/Fidem Carlos Rique e Patrícia Caldas falaram sobre os trabalhos em andamento no setor de cartografia, entre eles o Arquivo Gráfico Municipal (AGM), que trata da territorialização trabalhando a questão dos limites municipais, e sobre a criação do Conselho Estadual de Cartografia (Comcar), que traz a parceria com diversas entidades, visando à modernização desta área.

    Também foi apresentado um breve histórico da evolução das ortofotocartas desde a criação da antiga Fidem, em 1973. “É muito importante para os alunos saírem do cotidiano teórico e vivenciarem a prática: aprender a decifrar estas cartas geográficas desde os primórdios, já que a Geografia deve descrever, analisar e produzir os acontecimentos terrestres”, acentua Patrícia Caldas.

    O professor Jorge Araújo comentou que a visita foi muito produtiva e que os alunos puderam esclarecer dúvidas em relação à cartografia, o que propicia a eles uma maior segurança na descrição dos dados. Ele relata que todo ano repete o mesmo feito ao levar uma turma para visitar a Agência Condepe/Fidem. “Desta forma os estudantes aprendem onde buscar informações já que o órgão produz informações e pesquisas fundamentais ao aprendizado”, afirmou.

    Jorge Araújo explica que a educação cartográfica pode ser entendida como um processo de construção de estruturas e conhecimentos favorecedores da leitura e interpretação de mapas. Desta forma é importante a produção cartográfica no ensino da geografia. “Para exercer suas atividades, o geógrafo utiliza representações da superfície terrestre. A educação cartográfica pode ser entendida como um processo de construção de estruturas e conhecimentos favorecedores da leitura e interpretação de mapas. O professor de geografia, para que possa cumprir com êxito a sua função, terá que possuir habilidades e sensibilidade no despertar das percepções para o trabalho dos conceitos cartográficos”, disse.

    A estudante Maiara Lima (18 anos) destacou que o aprendizado obtido durante a visita trouxe “para nós, estudantes,  uma riqueza de conhecimento, pois podemos analisar de perto uma grande quantidade de mapas antigos. A Agência Condepe/Fidem trabalha muito bem esta questão da territorialização”, registra a estudante.

    Já Luclécio Lima (19 anos) ressaltou que a entidade mostra a cartografia presente no cotidiano das pessoas, retratando fatos corriqueiros, apontando o registro correto dos lugares, a exemplo de rios e outros pontos geográficos. “Desta forma, ao entender a vivência, podemos nos situar melhor no mundo e exercer melhor a nossa profissão, pois passamos a entender que as situações conflituosas, como enchentes, partem muitas vezes da falta de planejamento cartográfico”, finaliza.

    Assuntos: upe, semptec, cartografia, condepe/fidem,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Lafepe promove curso sobre “Termo de Referência”

    | Educação, Saúde

     

    Lafepe

    Ministrado por instrutores do Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), teve início, na tarde desta segunda-feira, dia 10, o curso sobre “Termo de Referência”, documento que tem como finalidade informar potenciais contratados sobre as especificações do serviço ou produto solicitado.

    O primeiro módulo do curso vai até quarta-feira, dia 12. Já o segundo módulo será realizado no período de 17 a 19 de abril. As aulas estão sendo aplicadas pelo professor Petrônio Araújo Gonçalves, acompanhado do coordenador do Cefospe, Cristovam Ferreira.

    Numa das salas do centro de treinamento do Lafepe, colaboradores de diversas áreas atualizam-se quanto à elaboração e análise do documento que precede a assinatura de um contrato. Quando o contrato é celebrado, os termos de referência se tornam parte integrante dele.

    A capacitação ministrada pelo Cefospe é um programa customizado para atender às necessidades de treinamento do Lafepe. Dentro da programação, o próximo será o curso básico em licitações, no período de 24 a 28 de abril.

    Assuntos: lafepe, cefospe, termo de referência, saúde, capacitação
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara: "Trabalhamos por uma educação cada vez melhor em Pernambuco"

    | Educação


    Durante segunda rodada do Pernambuco em Ação, foi anunciado um investimentos na melhoria da estrutura de três escolas do Agreste Setentrional

    SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE - O Governo de Pernambuco segue avançando na melhoria da educação. Neste sábado (08.04), durante o encerramento da segunda rodada do Pernambuco em Ação, o governador Paulo Câmara anunciou a melhoria da estrutura da Rede Estadual de Ensino com um investimento de R$ 1,4 milhão na construção de mais três quadras poliesportivas, beneficiando alunos de Santa Cruz do Capibaribe e de Limoeiro. As ações foram anunciadas após o Estado ter sido apontado, no último dia 4, pelo Todos Pela Educação, com a maior taxa de aprovação do País, com 88%, no Ensino Médio.

    "Nossas escolas tanto de tempo integral quanto as regulares estão, cada vez mais, melhorando. Mas não basta apenas termos a melhor educação publica do País. Não basta termos a melhor taxa de aprovação e nem o menor índice de abandono escolar. Hoje, de cada cem alunos, apenas dois não terminam o Ensino Médio.   Trabalhamos por uma educação cada vez melhor em Pernambuco", cravou o governador Paulo Câmara.

    O secretário de Educação, Fred Amâncio, destacou que as quadras poliesportivas previstas para três escolas fazem parte da segunda etapa do Programa Quadra Viva e o benefício que elas trarão para os alunos. "Uma das quadras que será inaugurada vai ser muito interessante, pois beneficiará, ao mesmo tempo, a Gerência Regional do Vale do Capibaribe e outras duas escolas que estão no entorno", pontuou.

    A quadra poliesportiva da Escola Doutor Adilson Bezerra de Souza beneficiará 1.499 estudantes e contará com um aporte de R$ 568,5 mil. A estrutura vai possuir uma área total de 772,40 metros quadrados (m²). O prazo para a conclusão desta obra é de 120 dias. Já o equipamento da Escola Professora Maria Lúcia Alves receberá investimentos na ordem de R$ 370 mil, beneficiando 854 alunos da instituição. A quadra vai medir 772m².

    Para a população de Limoeiro, a estrutura esportiva será construída na Escola Padre Nicolau Pimentel, com aporte de R$ 460 mil e estrutura planejada de 627m². O equipamento atenderá outras duas unidades de ensino da sede da Gerência Regional de Educação Vale do Capibaribe. São elas: Escola Seráfico Ricardo e Escola Estadual Professora Suzel Galiza. A ação beneficiará cerca de 830 estudantes das duas instituições. Além disso, o chefe do Executivo estadual entregou certificados do Programa Ganhe o Mundo para alunos do Agreste Meridional.

    PROGRAMA QUADRA VIVA - Lançado em 2015 pelo Governo de Pernambuco, o Programa Quadra Viva tem a finalidade de reformar ou construir quadras cobertas nas escolas da rede estadual. Já foram revitalizados/implantados 46 equipamentos nas unidades de ensino, e a previsão da segunda etapa é contemplar mais 70 escolas até o final deste ano.


    Fotos: Aluisio Moreira/SEI

    Cidades: Santa Cruz do Capibaribe
    Assuntos: see, educação, paulo camara, PE em ação, santa cruz do capibaribe, agreste setentrional, Todos pela Educação,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Educação tem reforço no Agreste Meridional com nova ETE e estruturação de escolas da Rede Estadual

    | Educação


    Com investimento de R$ 11 milhões, ensino técnico oferecerá novas vagas de capacitação e outras unidades receberam reforma e quadra poliesportiva

    GARANHUNS – Para fortalecer ainda mais a rede pública de educação no Estado, o governador Paulo Câmara autorizou e entregou, nesta quinta-feira (06.04), equipamentos que vão aprimorar a qualidade do ensino na região do Agreste Meridional. Entre eles, a construção da nova Escola Técnica Estadual (ETE) Ariano Suassuna, neste município. A unidade contará com um investimento de R$ 11 milhões, oriundos do Tesouro Estadual e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A estrutura, que terá uma área total de 11 mil metros quadrados, vai atender 1.300 estudantes. A previsão de conclusão da obra é de 18 meses. Outras duas escolas da região receberam benefícios na infraestrutura e novas quadras poliesportivas. Além delas, a Escola Coronel José Abílio, de Bom Conselho, recebeu ordem de serviço para construção da nova quadra.

    "O nosso compromisso com a educação é criar as condições necessárias para o contínuo desenvolvimento das boas práticas que fizeram Pernambuco alcançar o primeiro lugar da educação pública no Brasil. Não mediremos esforços para seguir avançando na construção de um ensino que será fundamental para a consolidação de um futuro que queremos, e trabalhamos incansavelmente, para obter para nossos jovens", registrou Paulo Câmara.

    Seguindo o padrão das demais ETEs, a nova unidade de ensino contará com estrutura de 12 salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, banheiros, biblioteca, sala dos professores, laboratório de informática, laboratório de ciências, laboratório de física/matemática, cozinha, despensa, serviço, recreio coberto/refeitório, quadra coberta e laboratórios especiais.

    “Visitamos o terreno no início da manhã e já pudemos conferir o início das obras com a terraplenagem. Essa unidade virá para compor uma série de outras ETEs que já funcionam na região, reforçando a qualidade do ensino e ofertando uma estrutura moderna e muito bem equipada para mais 1.300 novos estudantes”, salientou o secretário estadual de Educação, Frederico Amâncio.

    Outra importante ação do Estado na área foi a inauguração da nova estrutura da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Coronel Nicolau Siqueira, localizada no Centro de Garanhuns. A reforma e ampliação do prédio receberam investimentos na ordem de R$ 1,7 milhão e irão beneficiar todos os 370 estudantes matriculados na unidade.

    O projeto contemplou as áreas da diretoria, coordenação, banheiros da sala dos professores, vestiários, cozinha e vestiários de serviço, além da ampliação dos acessos – rampas e pátios – quadra, reservatórios – inferior e superior – quiosques, lixeiras, recepção e sala de espera. A intervenção realizou ainda a recuperação do telhado do auditório. Com a nova estrutura, os estudantes ganharam uma nova quadra poliesportiva coberta. O equipamento possui uma área de 604 metros quadrados.

    Dentro do Programa Quadra Viva, lançado em 2015, o Governo do Estado também deu por inaugurada a nova quadra poliesportiva da Escola João Rodrigues Cardoso, localizada no município de Águas Belas. O equipamento público irá beneficiar os 1.373 estudantes da instituição. Medindo 772 metros quadrados, a nova quadra teve investimentos na ordem de R$ 310 mil.

    No ato, também foi assinada a ordem de serviço para a obra de cobertura de mais uma quadra poliesportiva, agora, na Escola Coronel José Abílio, localizada em Bom Conselho. A dimensão total da cobertura será de 627 metros quadrados, com um investimento de R$ 229,9 mil. O prazo para a conclusão da obra é de 90 dias. “Estamos encerrando a primeira etapa do programa com a reforma e construção de um total de 46 quadras. Até o final de 2018, mais 134 equipamentos desse modelo serão entregues”, afirmou o secretário.

    PROGRAMA QUADRA VIVA – Lançado em 2015 pelo Governo de Pernambuco, o programa Quadra Viva tem a finalidade de reformar ou construir quadras cobertas nas escolas da rede estadual. Já foram revitalizados/implantados 46 equipamentos nas unidades de ensino e a previsão para 2017 é contemplar mais 70 escolas.

    Ainda durante a plenária do Pernambuco em Ação, estudantes beneficiados pelo Programa Ganhe o Mundo receberam, das mãos do governador Paulo Câmara, o certificado de participação na iniciativa, que oportuniza estudantes da rede pública estadual de educação aprenderem um segundo idioma, por meio da vivência prática em países de língua inglesa e espanhola. Foram eles: Erik Oliveira Santos e André Teixeira de Oliveira , que viajaram para o Canadá; e Mirelle Kerollayne Bento Basto, que estudou espanhol na Argentina.

    Ganhe o Mundo

    Fotos: Aluísio Moreira/SEI

    Assuntos: Educação, PE em Ação, Agreste Meridional, ETE, quadras poliesportivas, quadra viva
    Compartilhe: Link para o post:
  • Educação do Agreste Meridional de PE recebe novo prédio da UPE-Garanhuns

    | Educação
    UPA Garanhuns

    Além da inauguração do novo equipamento, nesta quinta-feira (06.04), o governador Paulo Câmara anunciou a instalação de incubadora na unidade e a autorização de concurso público para o Campus Garanhuns

    GARANHUNS – Visando reforçar a educação do Agreste Meridional do Estado, o governador Paulo Câmara, inaugurou, nesta quinta-feira (06.04), o novo prédio da Universidade de Pernambuco (UPE) – Garanhuns, atendendo o processo de ampliação do Campus da unidade. Com 16 salas, o equipamento vai atender ao curso de Medicina, beneficiando cerca de 500 alunos, entre graduação e pós-graduação.  Paulo  também anunciou a instalação da primeira incubadora de empresas na unidade, além de autorizar o concurso público de 270 vagas para Analista e Assistente de Gestão da UPE. Ao todo, o Governo de Pernambuco investiu R$ 2,3 milhões nas ações.

    “O processo de interiorização da universidade tem possibilitando o estudo de alunos de várias regiões, assim como a continuação da gratuidade da UPE. É muito satisfatório, diante dos desafios de uma crise econômica tão severa, poder vir em Garanhuns anunciar novos investimentos”, destacou o governador. Paulo Câmara avaliou, ainda, que o novo prédio, aliado à incubadora que será instalada no Campus, dará maiores oportunidades aos alunos. “Esses dois equipamentos vão promover oportunidade para os alunos de desenvolverem negócios para o futuro”, afirmou.

    A secretária de Ciência e Tecnologia, Lúcia Melo, acredita que um ambiente integrado – Campus e incubadora – acelera o crescimento dos alunos da unidade. “É a partir de uma incubadora que se projeta e se estimula novos talentos e novas oportunidades de empreendimentos e negócios aqui para a Região. A universidade vai crescer ainda mais com essa dinâmica”, destacou. 

    A incubadora, que deverá estar concluída em novembro de 2017, terá toda uma infraestrutura para apoiar o desenvolvimento e aceleração das ações empreendedoras, dando suporte à inovação e a criatividade no setor tecnológico. A estrutura contará com cinco salas para incubação, duas salas para gestão/administração, uma sala para reunião e uma sala de convivência. Com relação à autorização para o concurso público, o objetivo é preencher 270 vagas, sendo 178 para Analista em Gestão Universitária e 142 para o cargo de Assistente em Gestão Universitária na Universidade de Pernambuco (UPE).

    O reitor da UPE- Garanhuns, Pedro Falcão, agradeceu o esforço do Governo de Pernambuco em investir na unidade. “Em nome dos que fazem a UPE, agradeço o olhar que o governador Paulo Câmara teve, mesmo nesse momento de crise por que passa o País. Para mim, a instalação da incubadora é um ponto de partida para trazer o Armazém da Criatividade para Garanhuns”, afirmou. 

    ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL – Após inaugurar o novo prédio da UPE-Garanhuns, o governador Paulo Câmara visitou o terreno onde será construída a Escola Técnica Estadual (ETE) – Ariano Vilar Suassuna, também no município. Serão investidos R$ 11 milhões na unidade, com recursos do Tesouro Estadual e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O equipamento, que beneficiará 1.300 estudantes, deverá ficar pronto em 18 meses, a partir da assinatura da ordem de serviço.

    Assim como as demais Escolas Técnicas Estaduais, a nova unidade de ensino contará com estrutura de 12 salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, banheiros, biblioteca, sala dos professores, laboratório de informática, laboratório de ciências, laboratório de física/matemática, cozinha, despensa, serviço, recreio coberto/refeitório. Acompanharam o governador na agenda  secretários de Estado; os deputados estaduais Romário Dias e Marco Antonio Dourado; e prefeitos da região.

    Fotos: Aluísio Moreira/SEI

    Assuntos: paulo camara, pernambuco em ação, agreste meridional, upe-garanhuns, educação, see, sectec, lucia melo,
    Compartilhe: Link para o post:
  • SecMulher-PE, SEMPETQ e Instituto Fecomércio oferecem cursos gratuitos para mulheres

    | Educação, Emprego

    Empreendedorismo

    Oficinas de Gestão de Negócios e Maquiagem acontecem no Centro da Mulher Metropolitana Júlia Santiago

    Somando forças é possível reverter crises e criar oportunidades. Esse é o espírito das mulheres que estão se dedicando ao empreendedorismo, ou seja, criando novas chances para descobrir mercados e conquistar independência financeira. Comungando dessa ideia, o Centro da Mulher Metropolitana Júlia Santiago realizou, nesta quarta-feira (05), a palestra de formação para as alunas que participarão das oficinas de maquiagem e gestão de negócios.

    Nesse primeiro contato, as alunas tiveram palestras sobre mulher e empreendedorismo,  metodologia do curso e também uma formação sobre violência doméstica e de gênero em Pernambuco. As aulas iniciam no próximo dia 24 e vão até o dia 28. Nesses dias, as alunas terão aulas das 9h às 12h, na sede do Centro da Mulher Metropolitana Júlia Santiago, localizado na rua Carapeba, número 426, ao lado da Igreja Católica de Brasília Teimosa.

    Todas as inscritas terão formação sobre administração competitiva, qualidade no atendimento, marqueting para o sucesso empresarial, gestão financeira e planejamento estratégico. Já a qualificação técnica para o curso de Maquiagem acontece de 8 a 12 de maio, das 8h às 12h, no mesmo local.

    As alunas elogiaram a iniciativa, pois a maioria não teria condições de pagar pela qualificação. Andréia Carla Silva Lopes, moradora de Brasília Teimosa, disse que está saindo do setor de vendas e buscando uma oportunidade de abrir seu próprio negócio. “Já passei dos 40 anos e pretendo me qualificar, abrir meu próprio negócio e melhorar a minha qualidade de vida”, explica Andréia.

    Entre os pré-requisitos para participar da oficina, é necessário ter ensino fundamental, atuar na área de beleza e informar um número de CNPJ, CPF e comprovante de residência. A iniciativa é uma parceria entre Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE), Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (SEMPETQ), Instituto Fecomércio e Centro da Mulher Metropolitana Júlia Santiago.

    Mais informações:

    Local: O Centro da Mulher Júlia Santiago.
    Rua Carapeba, 426, ao lado da Igreja Católica de Brasília Teimosa.
    Fone: 3183-2994

    Assuntos: secmulher-pe, sempetq, fecomercio, cursos gratuitos, capacitação,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seminário de Integração 2017 da UPE tem início pelo Sertão

    | Educação

     UPE

    A Reitoria da UPE inicia pelo Sertão, nesta terça-feira, 04, os Seminários de Integração, edição 2017. O primeiro Campus a receber a ação será Petrolina. Na quarta-feira, Salgueiro. Quinta, em Serra Talhada, e encerrando esta primeira semana, na sexta-feira, em Arcoverde. Nos últimos dois anos, a UPE priorizou um formato de planejamento integrado, construído através de seminários regionais, a partir do diálogo coletivo entre todos os membros da comunidade acadêmica.

    "Foi por meio dos Seminários de Integração que permitiu-se o avanço da UPE, tendo um papel preponderante no uso racional dos recursos contingenciados, sem perder de vista a sua missão de formar profissionais e produzir conhecimentos, participando efetivamente no desenvolvimento do Estado", avalia Prof. Pedro Henrique de Barros Falcão, Reitor - Universidade de Pernambuco. Ele adiantou  ainda, que a crise no financiamento persiste, e os desafios da qualidade são cada vez mais urgentes, "é necessário garantir as condições gerais para a qualidade acadêmica e consolidar a UPE como instituição pública a serviço dos pernambucanos".

    Assim, nesta nova edição, em 2017, o Seminário de Integração vai a cada Campus apresentar as ações realizadas em decorrência das decisões tomadas em 2016, analisar o quadro atual da UPE e a atualizar o planejamento. Pretende ser assim um espaço democrático para construção coletiva de estratégias e para definição de ações prioritárias integradas para os próximos dois anos.

    Em 2015, foi realizado o Seminário de Gestão Acadêmica no Sertão, na Mata, no Agreste e na RMR, resultando na elaboração de um Plano de Ação a ser realizado em quatro anos. Em 2016, seguindo a mesma metodologia, considerando o agravamento da crise financeira vivida pelos estados, e em particular por Pernambuco, buscou-se concentrar esforços para melhorar a avaliação geral de todos os cursos. Assim, no Seminário de Integração em 2016, foram definidas, e integradas, 21 ações acadêmicas e de gestão.

    Iniciou-se, a partir daí, na Graduação, a reformulação e unificação dos Projetos Pedagógicos dos Cursos, a flexibilização dos processos de mobilidade estudantil, os estudos em torno da curricularização da Extensão, entre outras. Na Pós-graduação, foi elaborado o programa de qualidade. Na infraestrutura, foi enfrentado o desafio da melhoria na capacidade de conectividade dos Campi.



    Programação

    Campus Petrolina
    04/ABR

    Campus Salgueiro
    05/ABR

    Campus Serra Talhada
    06/ABR

    Campus Arcoverde
    07/ABR

    Campus Santo Amaro
    11/ABR

    Campus Benfica
    18/ABR

    Campus Camaragibe
    19/ABR

    Campus Mata Norte
    25/ABR

    Campus Mata Sul
    26/ABR

    Campus Garanhuns
    02/MAI

    Campus Caruaru
    03/MAI

    Horários

    9h - 13h
    BENFICA / SANTO AMARO / CAMARAGIBE / MATA SUL / CARUARU

    14h - 18h
    PETROLINA / GARANHUNS / MATA NORTE / SALGUEIRO / ARCOVERDE / SERRA TALHADA
     

     

     
     
    Assuntos: upe, seminário de integração 2017, educação, sectec,
    Compartilhe: Link para o post:
  • SEDH promove formação continuada para mediadores comunitários de conflitos

    | Educação

     

    Fortalecer os Núcleos Comunitários de Conflitos e capacitar os mediadores voluntários que atuam nesses espaços. Com este objetivo a Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), vinculada a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), do Governo do Estado de Pernambuco, deu inicio a uma Formação Continuada, nesta quarta-feira (29/03), no Núcleo de Nova Descoberta, bairro da Zona Norte do Recife. A violência contra a mulher foi a temática abordada nesta primeira fase pela palestrante, a assessora do Sistema de Proteção da Secretaria da Mulher, Lívia Arruda. 

    Coordenadora do programa Mediação de Conflitos, Kátia Pintor explica que, ao longo do ano, outras temáticas serão discutidas com os mediadores comunitários. “No segundo semestre de 2016 realizamos visitas aos núcleos para traçar um diagnóstico e identificar as principais necessidades dos núcleos. A partir daí, definimos um cronograma de formação continuada que também vai contemplar temas como técnicas de mediação de conflitos, direitos humanos, direitos da família, direito da pessoa com deficiência, criança e adolescente, entre outros”, detalhou.

    Presidente da Associação de Moradores do Alto Antônio Félix e coordenador do núcleo, Alcino Alves ressaltou a importância da presença da ação na comunidade. “A capacitação nos ajuda a aprimorar conhecimentos, principalmente para usarmos para resolver desentendimentos e problemas de convivência. Por sermos da própria comunidade, os envolvidos se sentem muito à vontade”, disse.  

    Também é objetivo da ação fomentar a cultura de paz e o respeito aos direitos da pessoa humana através do debate sobre as temáticas propostas. Por isso, a formação foi aberta a comunidade e contou com a participação de muitos moradores, como Mirtes Jéssica, que elogiou a ação. “Vai resolver muitos conflitos e isso ajuda. A informação é muito importante, pois conheci hoje muitos tipos de violência e posso ficar mais atenta em colaborar", explicou. 

    Além da Secretaria da Mulher e dos moradores, também participaram da formação representantes da Secretaria de Defesa Social, Prefeitura do Recife e lideranças comunitárias que se comprometeram a fortalecer o trabalho desenvolvido.

    CALENDÁRIO – O Núcleo Comunitário do Ibura de Cima será o próximo a receber a formação continuada, no mês de abril. Esta é a primeira de seis formações continuadas, que acontecerão em duas etapas contemplando os núcleos de Nova Descoberta, Ibura, Pina, Prazeres, Várzea, Paulista. A primeira etapa acontece neste primeiro semestre, e tem continuidade no segundo semestre.

     
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • ETE Ministro Fernando Lyra reforça educação em Caruaru

    | Educação

    ETE Ministro Fernando Lyra

    Governador Paulo Câmara inaugurou, nesta quinta-feira, a 36ª Escola Técnica Estadual de Pernambuco e quarta do Agreste, com um investimento de R$ 10,5 milhões

    CARUARU - Priorizando a contínua expansão e melhoria da infraestrutura das escolas da Rede Estadual de Ensino, ampliando o acesso ao ensino público, o governador Paulo Câmara inaugurou, nesta quinta-feira (30.03), a Escola Técnica Estadual (ETE) Ministro Fernando Lyra. O novo equipamento possui uma estrutura moderna e equipada para atender 1,3 mil estudantes. Ao todo, foram investidos R$ 10,5 milhões com recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Tesouro Estadual. Esta é a 36° ETE entregue em Pernambuco e a quarta da Região.

    "A inauguração dessa ETE é a luta por um Pernambuco melhor, para que essas novas gerações tenham oportunidade de fazer mais pelo futuro. A agenda do futuro está na educação. É com educação que podemos garantir um Pernambuco diferente e transformar o mundo", ressaltou o chefe do Executivo estadual, que, após descerrar a placa de inauguração, visitou as salas de aula e os laboratórios dos cursos técnicos da unidade.

    Paulo destacou ainda que a educação vai continuar sendo uma prioridade de sua gestão. "Quero fazer com que Pernambuco continue com a melhor educação pública do Brasil. E essa escola técnica vai ao encontro do que queremos: oferecer condições aos alunos de ter um aprendizado que os façam conseguir alcançar todos os sonhos", afirmou.

    A nova estrutura contempla 12 salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, banheiros, biblioteca, sala dos professores, laboratórios de informática, ciências, física/matemática, cozinha, despensa, recreio coberto/refeitório, quadra coberta com vestiário, além dos laboratórios especiais de Marketing e desenvolvimento de Sistemas de Informação, que são os dois cursos técnicos oferecidos na unidade.

    Além de Caruaru, a população do Agreste conta com outras três ETEs, instaladas nos municípios de Belo Jardim, São Bento do Una e Santa Cruz do Capibaribe. O secretário estadual de Educação, Frederico Amâncio afirmou que, somente na gestão Paulo Câmara, dez ETEs já foram inauguradas. "Até o final de abril, será inaugurada nova escola técnica no Cabo de Santo Agostinho e até o fim de 2017 concluiremos a ETE de Igarassu", assegurou. Para o gestor, o momento de inauguração de uma escola é sempre emocionante. "É um projeto de expansão. Não somente da infraestrutura das escolas da Rede Estadual, mas de acesso a um ensino público de qualidade", avaliou.

    A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, comemorou a inauguração da ETE. "Foi um presente para o município e região. O papel dessa escola é garantir a capacidade da juventude de alcançar sonhos. Mas só alcança quem estiver preparado e essa escola vai poder dar essa oportunidade", considerou. Irmão do homenageado, o ex-governador João Lyra Neto falou em nome dos representantes da família de Fernando Lyra. "Fica o meu agradecimento e o de nossa família a esta homenagem. Essa escola será, sem dúvida, uma referência não só para Caruaru, mas para todo o Agreste do Estado, qualificando os alunos para exercer funções que a economia moderna atual exige", avaliou.

    A aluna Isabel Gomes, de 15 anos, está no 1° ano do Ensino Médio e cursando o técnico em Marketing. Para a estudante, a oportunidade de juntar as duas modalidades vai oferecer novas perspectivas de carreira para ela e seus colegas. “Além de estarmos estudando as matérias regulares, temos um diferencial. O curso nos proporciona aprender sobre comunicação, que é fundamental para a vida profissional. Então, acredito que vai abrir muitas portas para o mercado de trabalho”, avaliou a estudante. "A estrutura é muito boa e os professores são bastante competentes", concluiu. Assim como Isabel, outros 168 estudantes já começaram as aulas em fevereiro deste ano.

    Também estiveram presentes na inauguração os deputados estaduais Tony Gel e Laura Gomes; o ex-prefeito de Caruaru Jorge Gomes, o presidente da Compesa, Roberto Tavares, e o secretário Antônio Figueira (Casa Civil).

    GESTÃO – Desde 2015, a rede de Escolas Técnicas Estaduais (ETE) só cresceu. Nesse período, foram inauguradas dez novas ETEs nos municípios de São José do Belmonte, São Bento do Una, Santa Cruz do Capibaribe, Jordão/Ibura, Paudalho, Belo Jardim, Arcoverde e São Lourenço da Mata, Buíque e Caruaru. A expectativa é de que, até o final de 2018, Pernambuco possua 40 unidades desse modelo.

    Fotos: Aluisio Moreira/SEI
     
     

    --

    Assuntos: Educação, paulo camara, governo de pernambuco, fred amancio, 36 ETE, ete ministro fernando lyra,
    Compartilhe: Link para o post: