meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Suape oferece 120 vagas para cursos gratuitos de educação ambiental

    | Educação, Meio Ambiente

     Suape

    O Projeto de Pedagogia Ambiental de Suape abriu inscrições para cursos gratuitos nesta sexta-feira (17). Ao todo, estão sendo oferecidas 120 vagas, com turmas de 30 alunos, nas seguintes capacitações: Curso Livre de Educação Ambiental; Curso de Pedagogia Ambiental; Curso de Gestão de Resíduos Sólidos - A experiência de Suape; e o Curso Nascentes - Educação ambiental para conservação dos nascer das águas. As inscrições duram até o preenchimento de todas as vagas e as aulas começam no dia 22 de março. Podem se inscrever participantes com mais de 16 anos e com formação mínima a partir do Ensino Médio.

    As inscrições podem ser feitas diretamente no site do Complexo Portuário de Suape (MailScanner warning: numerical links are often malicious: http://10.10.10.50/pea/view/index.php). Alguns dos cursos ofertados serão realizados com base nas ações realizadas pela Empresa Suape na região. Algumas delas, inclusive, ajudaram a elevar a colocação de Suape para o 4º lugar nacional no Índice de Desenvolvimento Ambiental – IDA, regulado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). 

    Os cursos fazem parte do Projeto Pedagogia Ambiental, implantado na empresa desde 2010, promovido pela Coordenadoria de Educação Ambiental e Responsabilidade Socioambiental do Complexo de Suape. Cada aluno receberá um certificado de 40 horas, além de material didático, camisa do Projeto, alimentação (almoço e lanche) e transporte com saída do centro do Cabo de Santo Agostinho e do centro de Ipojuca.

    As aulas das novas turmas começam no fim de março de 2017. As aulas teóricas serão ministradas no Centro de Treinamento do Completo Industrial Portuário de Suape e as aulas práticas na Zona de Preservação Ecológica de Suape (ZPEc), uma vez que dos 13,5 mil hectares do Complexo Industrial Portuário, 59% são dedicados à área de preservação.

    “O Complexo de Suape vem disseminando o conhecimento em educação ambiental e incentivando as pessoas a desenvolverem práticas sustentáveis, seja nas comunidades, nas escolas ou empresas. Acreditamos que com seriedade e compromisso é possível promover um modelo de crescimento econômico que colabore com a melhoria de vida da população”, pontuou o diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Suape, Jorge Araújo. 

    Desde 2010, o Projeto de Pedagogia Ambiental de Suape já capacitou mais 3,3 mil pessoas nos cursos e oficinas de educação ambiental. O projeto foi vencedor das edições 2012, 2013 e 2014 do Prêmio Top Socioambiental, realizado pela ADVB-PE, na categoria Meio Ambiente. Em 2015, recebeu o Prêmio Super Top Socioambiental da mesma instituição. No cenário nacional, a Empresa Suape foi contemplada com o Prêmio Benchmarking Brasil, nas edições 2014 e 2015, pelo Instituto Mais. Suape foi o primeiro porto no País a conquistar essa certificação, concedida por especialistas de vários países.

    Serviço:

    PROGRAMA DE PEDAGOGIA AMBIENTAL DE SUAPE
    Data: Aulas a partir do dia 22/03/2017
    Horário: 7h30 às 16h30
    Local: Cetreino – Centro de Treinamento do Complexo de Suape – Rodovia PE-60, km10, Engenho Massangana (ao lado do Centro Administrativo de Suape)
    Vagas: 30 vagas (cada curso)

    Cidades: Cabo de Santo Agostinho
    Assuntos: Projeto de Pedagogia Ambiental de Suape, sdec, educação, sustentabilidade, Projeto Pedagogia Ambiental,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Setenta e quatro adolescentes alcançam reclassificação de série no Case Cabo

    | Educação

    Cabo

    Provas são aplicadas com o objetivo de ajustar a seriação dos alunos, dando mais oportunidades de profissionalização e educação

    Alunos do anexo da escola estadual Luiz Guerra, do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Cabo de Santo Agostinho, se submeteram a provas de reclassificação, mecanismo que permite rever e alterar a classificação do aluno que pode avançar para outras séries. Ao todo, 74 adolescentes, entre 17 e 20 anos, avançaram de turma. Essa é uma experiência vivida pela unidade desde 2015 e que ao longo desse período só tem se fortalecido, resultando em experiências exitosas, com os adolescentes se inserindo no mercado de trabalho e em cursos de profissionalização, processo no qual a escolaridade é essencial.

    “A reclassificação é uma forma de determinar a escolaridade de muitos dos meninos que chegam sem nenhuma documentação escolar e identificar sua seriação. Isso tudo é um fator favorável no processo de reinserção, de retorno do adolescente para sua comunidade. Assim como determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), com esse trabalho, estamos garantindo educação e qualificação para esses jovens”, destaca a gerente do Case Cabo de Santo Agostinho, Tatiane Moraes.

    A necessidade de se submeter às provas de reclassificação foi verificada pelos pedagogos do Case Cabo, professores e pela coordenadora da escola estadual, Lúcia Cabral. “Para tentar a reclassificação, os estudantes se submeteram a oito provas do ensino fundamental da Educação de Jovens e Adultos (EJA): Português, Matemática, História, Geografia, Inglês, Artes, e Ciências”, esclareceu Lúcia Cabral. Em seguida, uma banca examinadora instituída pela escola ficou responsável por corrigir as provas e avaliar quais dos alunos demonstram estar prontos para o avanço da série.

    A prova de reclassificação está prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB 9394/96), regulamentada pela Instrução Normativa nº 14/2008, e pode ser aplicada por todas as escolas públicas e também particulares do País.

     
     
    Cidades: Cabo de Santo Agostinho
    Assuntos: educação, seriação dos alunos, Case, cabo de santo agostinho,
    Compartilhe: Link para o post:
  • UPE divulga lista do SSA 1 e 2

    | Educação

    A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos (CPCA) da Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou, hoje (17/03), a lista com os nomes, por ordem alfabética, e com as notas de todos os candidatos que participaram da primeira e segunda fase do Sistema Seriado de Avaliação (SSA 1 e SSA 2) da instituição.

    O desempenho individual dos candidatos por disciplina, nas duas fases, bem como as notas de parâmetro de análise (maior nota do processo, menor nota do processo e nota média) estarão disponíveis no sistema de inscrição, a partir das 14h.

    O desempenho individual de todos os estudantes, ao longo dos anos de avaliação, pode ser melhorado, sendo inclusive o que se espera como contribuição desse modelo avaliativo.

    A comissão esclarece, ainda, que nos dois primeiros anos do SSA, não existe concorrência entre os candidatos, portanto não é possível qualquer comparação entre possíveis concorrentes. A CPCA/UPE não se responsabilizará por qualquer tipo de ranking que possa advir dessa divulgação, por não ser esse o foco de atuação das suas atividades.

    Assuntos: UPE, educação, ssa 1, ssa2,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estudantes da Rede Estadual participam da segunda etapa do PGM Musical

    | Educação

    Amanhã (17), 40 estudantes mostrarão aos professores do Conservatório Pernambucano de Música suas habilidades em canto e instrumento musical

    A Secretaria de Educação do Estado, por meio do Conservatório Pernambucano de Música (CPM), realiza nesta sexta-feira (16) a segunda e última etapa da seleção dos 40 estudantes classificados no Programa Ganhe o Mundo Musical (PGM). Nesta fase, os estudantes farão prova teórica, marcada para às 14h, e audição, a partir das 15h. A seleção será realizada no auditório do CPM, localizado na Avenida João de Barros, 594, Santo Amaro, Recife. O resultado final do PGM Musical será divulgado no dia 18 de abril e os embarques estão previstos para o mês de julho deste ano.

    Nesta etapa de seleção, serão 14 estudantes com habilidade em canto e 26 em instrumento musical. Os estudantes são das cidades de Caruaru, Garanhuns, Vitória, Nazaré da Mata, Palmares, Afogados da Ingazeira, Araripina, Arcoverde, Floresta e Recife. Na edição 2017 do PGM Musical serão selecionados para o intercâmbio dez estudantes que cursarão um semestre letivo do ensino médio na modalidade High School e treinamento prático no instrumento musical ou canto para o qual foi selecionado.

    O objetivo do PGM Musical é aperfeiçoar a prática musical nos estudantes da Rede Estadual, promovendo diversidade e difusão cultural. Na primeira edição do Programa, em 2016, embarcou dez estudantes para o Canadá.

    Serviço:

    Provas e audições do PGM Musical
    Horário: 14h (prova teórica) e 15h (audições)
    Local: Conservatório Pernambucano de Música (CPM), Av. João de Barros, 594 - Santo Amaro, Recife

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Instituto Confúcio para ensino do mandarim (chinês) inaugura sede definitiva na UPE

    | Educação


    China

    A Universidade de Pernambuco (UPE) acaba de inaugar a sede definitiva do Instituto Confúcio Modelo, instituição voltada para a difusão da cultura e da língua chinesa no Nordeste brasileiro. A entidade fica localizada na rua Benfica, na zona norte do Recife.

    O diretor chinês do instituto, Prof. Wang Hongliang, falou sobre a importância da entidade agora ter uma sede própria. “É com muita alegria que inauguramos este espaço e, a partir de hoje, vamos abrir um novo capítulo na história do Confúncio. Gostaria de agradecer a todo o apoio da universidade”, declarou.

    Logo em seguida foi a vez do Prof. Heldio Villar, diretor brasileiro do instituto discursar. “Trata-se do maior momento, nos cerca de quatro anos que se passaram, desde a assinatura do convênio que criou o primeiro Instituto Confúcio do Nordeste, numa inspirada iniciativa do Governador Eduardo Campos e do Reitor Carlos Calado”, enfatizou.

    O Instituto Confúncio Modelo em Pernambuco está entre os 40 Institutos Modelo do mundo. “Que esse título tenha sido concedido em tão pouco tempo é prova do excelente trabalho da nossa equipe e do apoio que tivemos do Hanban (a Sede do Instituto Confúcio), da nossa parceira CUFE (a Universidade Central de Finanças e Economia de Beijing) e da UPE”, disse.

    De acordo com Villar, a construção de uma sede própria do instituto servirá para expandir as suas atividades. Dentre um dos projetos, está a transformação de uma escola pública em escola bilíngue (chinês e português), onde seriam oferecidas, além da língua, cadeiras ligadas à cultura chinesa, como artes marciais, dança, literatura e música.

    Além da implantação dos cursos dedicados ao chinês turístico, na perspectiva do aumento da presença de turistas chineses no Nordeste em função de um novo voo direto entre Lisboa e Beijing. “Enfatizo que o Instituto Confúcio é muito mais do que uma escola de línguas. Aproveito, então, a oportunidade para agradecer a todos que, de alguma forma, colaboraram com esse magnífico empreendimento, ao Hanban, à CUFE, a UPE, ao IAUPE, a Embaixada da China e, em particular, ao Consulado Chinês no Recife, sempre presente em nossas manifestações culturais, ao novo diretor chinês, Prof. Wang Hongliang, as nossas professoras voluntárias e aos nossos estudantes. E, por fim à comunidade chinesa em Pernambuco, que nunca deixou de nos prestigiar", finalizou Heldio Villar.

    O vice-presidente do Conselho da Universidade Central de Finanças e Economia da China (CUFE), Liang Yong ressaltou sobre o papel da UPE no estado de Pernambuco. “A universidade é pública, rica, com um ensino de qualidade e tem um papel importante para o desenvolvimento econômico e cultural do Estado. Estão todos de parabéns por este momento”, falou.

    A Cônsul Geral da China no Recife, Li Feiyue, abordou sobre a cooperação e amizade mútuas entre Brasil e a China. “A nossa parceria irá promover o intercâmbio entre os dois países. Desejo sucesso aos professores e alunos”, disse.

    O secretário de cultura de Pernambuco, Marcelino Granja falou em agradecimento. “O povo pernambucano recebe este presente belíssimo, fruto de muito esforço e comprometimento. Uma conquista que enaltece a nossa universidade e o nosso estado”, destacou.

    E por fim o Reitor da UPE, Prof. Pedro Falcão parabenizou a todos e lembrou também o início desta história. “A criação do Instituto Confúncio na UPE foi uma demanda do então governador Eduardo Campos, visando ampliar as relações de Pernambuco e a China, tanto no campo educacional como no cultural. Mais ainda, planejando, atrair para o estado o Consulado da China, o que de fato ocorreu, e ampliar as relações comerciais entre Pernambuco e o país asiático”, destacou.

    O reitor ainda falou sobre a contribuição do instituto em propagar a UPE pelo mundo. “A presença do Confúcio na universidade contribuiu fortemente para a internacionalização da mesma. Isto é muito gratificante para o nosso trabalho. Esperamos que em sua nova sede o instituto amplie as suas atividades, favorecendo o intercâmbio cultural e a cooperação entre o Brasil e a China, promovendo o multiculturalismo e a construção de um mundo mais harmonioso”, concluiu.

    Ao final da solenidade houve uma apresentação cultural chinesa para os convidados.

    Assuntos: UPE, Confuncio, mandarim, lingua chinesa,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco será o primeiro Estado do País a levar nova rede de banda larga ao Interior

    | Comunicação, Educação, Tecnologia
    Brasília

    Governador Paulo Câmara firmou acordo com o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab


    BRASÍLIA – O governador Paulo Câmara e o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, assinaram nesta quarta-feira (08.03) um Acordo de Cooperação Técnica para consolidar e expandir as redes digitais avançadas para Ensino e Pesquisa em Pernambuco. A parceria vai possibilitar, ao menor custo possível, levar banda larga de alta qualidade, de 1 a 10 Gigabytes, às instituições de ensino e pesquisa da Região Metropolitana do Recife e Interior do Estado, conectando-as à Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

    “Pernambuco é o primeiro Estado da Federação a fazer essa parceria com o Ministério, mais uma vez sendo pioneiro nessa área de Ciência, Tecnologia e Inovação. É muito importante porque vai possibilitar a expansão da rede, chegando a cantos que precisam de comunicação, da agilidade da Internet”, avaliou Paulo Câmara.

    Para o governador, o acordo assinado hoje permitirá uma melhoria expressiva na área educacional, de Ciência e Tecnologia e nos arranjos produtivos do Estado. “É uma grande parceria em favor do Brasil, em favor do futuro. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações dá um expressiva contribuição a Pernambuco, ao nos escolher como o primeiro Estado a implantar essa nova rede de banda larga”, disse Paulo Câmara.

    Já a secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia Melo, afirmou que o acordo de cooperação técnica é fundamental, como projeto estratégico, é estruturante de um futuro sobre o qual as tecnologias da informação são dominantes.

    “Trata-se de Pernambuco participar, num momento muito decisivo, desse projeto-piloto, que vai avançar nesse novo modelo do backbone (rede principal, a espinha dorsal’, pela qual passam todos os dados da Internet) da RNP, em parcerias com o setor privado, com o sistema elétrico, permitindo disseminar a banda larga em todo o interior do Estado de Pernambuco”, explicou Lúcia.

    RNP – A RNP é uma Organização Social (OS) desde 2002, mantida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC), por meio de um Contrato de Gestão, em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Cultura (MinC), Saúde (MS) e Defesa (MD). Opera um backbone com pontos de presença (PoPs) nas 27 unidades da federação, formando a espinha dorsal da rede acadêmica nacional - a Rede IPÊ.

    Em Pernambuco, a RNP é operada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-PE), por meio do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP) e atende várias instituições de ensino e pesquisa da RMR.

    A parceria entre o Governo do Estado e o MCTIC permitirá, em convênios futuros com empresas do setor elétrico e entidades públicas, a expansão da RNP em Pernambuco, consolidando a Rede Pernambucana de Pesquisa e Ensino (RePEPE). 

    Por meio de uma rede digital óptica avançada, com velocidade de 1 a 10 Gb/s, integrada à RNP, a RePEPE pretende conectar diversas unidades de ensino e pesquisa de Pernambuco, beneficiando com banda larga de alta qualidade instituições como o Armazém da Criatividade, em Caruaru, centros tecnológicos, universidades e faculdades do interior do estado, com destaque para a interligação das Escolas Estaduais de Ensino através do Projeto Giga Léguas da Secretaria Estadual e Educação e Secti-PE.

    Fotos: Humberto Pradera/Divulgação


    Assuntos: paulo camara, governo de pernambuco, internet banda larga, ciencia e tecnologia, lucia melo, Gilberto kassab, ensino de pesquisa em pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco promove ações para comemorar o Bicentenário da Revolução de 1817

    | Educação, Cultura
    Revolução 1817

    O Governo do Estado e a Comissão Organizadora do Bicentenário da Revolução Pernambucana de 1817 anunciaram, nesta sexta-feira (03/03), em coletiva à imprensa, a vasta programação das comemorações do Bicentenário da Revolução de 1817, movimento emblemático da história de Pernambuco. Foi apresentado um conjunto de eventos e ações que serão realizados ao longo deste ano. Entre as atividades, estão exposições culturais, valorização da Revolução no conteúdo programático das escolas públicas, projeto de construção de um monumento em referência ao marco e publicações de livros com abordagens analíticas sobre 1817. As comemorações do Bicentenário congregam diferentes instituições e setores da sociedade, tanto do âmbito local quanto nacional, que valorizam a data.
     
    Presidente da Comissão do Bicentenário, o secretário-executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, destacou a importância da comemoração do marco pernambucano. "A Revolução de 1817 tem a ver com o pioneirismo do pernambucano em defender a liberdade e a democraria. Portanto, o Governo do Estado se sentiu na obrigação de realizar esses eventos para divulgar os valores de 1817", ressaltou. Canuto ressaltou a ampla programação que será realizada ao longo de 2017 para comemorar a data, com ações nas áreas de literatura, teatro, música e de caráter nacional.

    A presidente da Associação Pernambucana de Letras (APL),  Margarida Cantarelli - que integra a Comissão do Bicentenário -, avalia que a Revolução de 1817 deixou marcas importantes na formação do povo pernambucano e, por esse motivo, precisa ser celebrada. "Para que Pernambuco pudesse atingir um grau de liberdade, foi preciso que muitos homens dessem a própria vida. Então, ainda há muito o que se difundir para que os jovens tenham orgulho da nossa terra", avaliou.
     
    A abertura será na próxima segunda-feira (06/03), em solenidade no Palácio do Campo das Princesas. Na ocasião, alguns nomes da Revolução de 1817 serão homenageados e haverá a entrega de medalhas do Bicentenário a entidades e ex-governadores de Pernambuco. Também ocorrerá o hasteamento da Bandeira de Pernambuco, desfile cívico-militar, chamada solene do nome dos revolucionários e descerramento da placa que ficará no hall do Palácio. O Acervo Cepe (www.acervocepe.com.br) disponibilizará uma lista com 275 referências bibliográficas e documentos sobre 1817.
     
    No mesmo dia, às 15h, a Academia Pernambucana de Letras (APL) e o Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico de Pernambuco (IAHGP) farão sessão solene conjunta, no auditório da APL. Na ocasião, o acadêmico Vamireh Chacon ministrará a palestra "A Revolução de 1817 e a cultura brasileira". Às 18h, também haverá uma sessão solene na Assembleia Legislativa de Pernambuco e, no dia seguinte (07/03), no Congresso Nacional.
     
    Dentro da programação do Bicentenário, serão publicados, ainda, por meio da Cepe, livros com abordagens críticas de 1817, como o "Abecedário da Revolução" e "História da Revolução de Pernambuco em 1817" que serão lançados no próximo dia 12 de março, no Museu da Cidade do Recife, e "Dez visões sobre 1817", livro que reúne dez ensaios de historiadores contemporâneos a respeito da Revolução. A restauração do Arquivo Público de Pernambuco, inclusive, integra também as ações comemorativas do Bicentenário. Também acontecerá, no Museu, uma exposição cultural e educacional sobre fatos e personagens da data. Será realizada uma ação de fixação de placas de azulejo para identificação de monumentos ou locais de relevância para a Revolução de 1817.
     
    Além da programação realizada pelo Governo do Estado e pela Comissão, algumas instituições parceiras estarão realizando sua própria programação. É o caso da Academia Pernambucana de Letras, que promoverá o evento "Música na APL", com a artista Eliana Caldas. Já o Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico de Pernambuco realizará diversas ações em comemoração ao marco. Entre elas está o lançamento de concursos de monografias e redações sobre 1817, nas Universidades de Pernambuco, e um Seminário Nacional sobre a época.
     
    No âmbito nacional, as paredes do corredor de acesso ao Plenário Ulysses Guimarães, no Congresso, em Brasília, receberá uma exposição com painéis com gravuras, documentos, mapas e jornais de 1817, além de objetos pertencentes aos revolucionários. O Ministério da Cultura também terá uma exposição sobre o tema.
     
    HISTÓRICO - Diferentemente de todas as outras revoltas de ordem conspiratória da época, a Revolução de 1817 foi a única que chegou a ter um governo republicano instalado durante 74 dias, tendo influenciado ainda dois outros movimentos importantes: a Convenção de Beberibe, em 1821, e a Confederação do Equador, em 1824. A Revolução de 1817 também sofreu influência da Revolução Francesa, por meio da comunidade de maçons atuante no Estado a partir dos ideais de "liberdade, igualdade e fraternidade".
     
    Programação
     
    6 de março de 2017 - segunda-feira 
    8h - Palácio do Campo das Princesas 
    Hasteamento da Bandeira.
    Desfile Cívico Militar. 
    Colocação de uma coroa de flores na escultura da Revolução de 1817, de Abelardo da Hora. 
    Chamada solene dos nomes dos revolucionários. 
    Descerramento da placa. 
    Entrega das medalhas do Bicentenário aos homenageados.
     
    15h - Academia Pernambucana de Letras 
    Sessão Solene conjunta da Academia Pernambucana de Letras (APL) e o Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico de Pernambuco (IAHGP).
     
    18h - Assembleia Legislativa de Pernambuco
    Sessão Solene
     
    7 de março de 2017 - terça-feira
     
    10h - Congresso Nacional
    Sessão Solene em Brasília

    Eventos e ações já programadas:
     
    Fotos: Wagner Ramos/SEI

    Assuntos: bicentenário da Revolução Pernambucana de 1817, cultura, homenagens, Marcelo Canuto, Margarida Cantarelli, cepe,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Remição de pena pela leitura

    | Educação, Cultura, Direitos Humanos

     

    A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), está arrecadando livros com o intuito de colocar em prática o Projeto de Remição de Pena pela Leitura de reeducandos inseridos nos regimes fechado, semiaberto, aberto e livramento condicional nos estabelecimentos prisionais e no Patronato Penitenciário de Pernambuco. No projeto, que conta com a parceria da Secretaria de Educação, serão utilizadas obras filosóficas, literárias e clássicas.

    A remição de pena pela leitura é destinada aos reeducandos alfabetizados e tem o objetivo de oferecer o direito ao conhecimento, à educação, à cultura e ao desenvolvimento da capacidade crítica. Esse processo ocorrerá através da leitura, produção de resumos de leitura e de resenhas, que poderá remir quatro dias de pena. Também a pena poderá ser reduzida pela leitura mensal de uma obra literária.

    PONTOS DE ARRECADAÇÃO
    (Livros filosóficos, literários e clássicos)

    Secretaria Executiva de Ressocialização, rua do Hospício, 781, Boa Vista (em frente ao Parque Treze de Maio)

    Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Praça do Arsenal, S/N, Bairro do Recife (ao lado da Torre Malakoff)

    Horário: de segunda a sexta, das 8h às 12h e 13h às 17h

    Assuntos: sjdh, seres, projeto de remição de pena pela leitura, reeducandos, patronato penitenciario,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Espaço Ciência prorroga até o fim de março as inscrições para o Torneio Virtual de Ciências

    | Educação, Juventude

    Espaço Ciência

    Estão prorrogadas, até 31 de março, as inscrições para o 2º Torneio Virtual de Ciências. A ampliação do prazo foi solicitação de algumas escolas: “Alguns educadores argumentaram que, por estarem no início do calendário escolar e também por conta do recesso de carnaval, precisariam de um tempo maior para organização das turmas”, explica Douglas Velozo, coordenador de Física e Astronomia do Espaço Ciência.

    Com a prorrogação, o cronograma do Torneio sofrerá algumas alterações. Ao invés de oito desafios, como estava previsto, serão sete – a mesma quantidade do ano passado. “O primeiro desafio, que seria lançado em março, passa para abril e os demais continuam mensalmente, até outubro. As alterações serão inseridas no regulamento e disponibilizadas em breve”, explica Douglas.

    Cada escola pode inscrever até cinco equipes: uma em cada série – 8º e 9º anos do Fundamental e 1º a 3º anos do Ensino Médio. As inscrições devem ser feitas pelo site do Espaço Ciência, em formulário específico. Acesse: www.espacociencia.pe.gov.br/.

    O TORNEIO - O torneio é uma competição, realizada durante todo o ano, que é realizada por meio de desafios. Seu formato torna a ciência mais atrativa ao aproximá-la da prática e da experimentação. São vários desafios, de Física, Química, Biologia, Matemática, Robótica e Astronomia,  que provocam o aluno para que experimentem, criem, pensem – ampliando e contextualizando o conhecimento que recebem em sala de aula.

    No ano passado, por exemplo, primeira edição do evento, os participantes fizeram experimentos a partir de sucata eletrônica, construíram equipamentos robóticos para combater o desperdício de água; calcularam a probabilidade de um pão cair com a manteiga virada para baixo; entre outras atividades.

    Os desafios são registrados em vídeos pelos grupos e enviados para o Espaço Ciência, que os compartilha nas redes sociais.
    Para a pontuação, a avaliação da equipe técnica soma-se a critérios como número de curtidas e compartilhamentos no Facebook. Com isso, é possível atingir um número muito maior de pessoas, ampliando a visibilidade do Torneio e, principalmente, estimulando  o interesse pelo conhecimento científico.

    Em 2016, foram 7.052 alunos inscritos – 3.238 do Ensino Fundamental e 3.814 do Ensino Médio – de 17 municípios do estado. Foram 19% de inscritos do Sertão, 23% do Agreste e 13% da Zona da Mata. O sucesso da primeira edição foi tanto que a expectativa, para 2017, é atingir a meta de 500 escolas e 50 mil alunos.

    Assuntos: Espaço Ciência, Semptec, claudiane santos, 2º Torneio Virtual de Ciência,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programa Ganhe o Mundo Musical prorroga inscrições

    | Educação


    Novo cronograma de inscrições segue até o dia 03 de março
     
    A Secretaria de Educação do Estado prorrogou as inscrições para o intercâmbio 2017 do Programa Ganhe o Mundo Musical. Agora, de acordo com o novo cronograma, os estudantes interessados podem se inscrever até o próximo dia 03 de março. Para participar do processo seletivo o estudante precisa ter no mínimo 14 anos de idade até o dia primeiro de julho de 2017 e, no máximo, 17 anos até o dia 31 de janeiro de 2018.
     
    O processo seletivo do Programa Ganhe o Mundo Musical será dividido em três etapas. A primeira consiste na análise dos requisitos exigidos, a segunda – na qual serão classificados 40 candidatos – constará da análise das gravações dos estudantes. Na terceira e última etapa o candidato se submeterá a uma prova escrita contendo dez questões sobre conhecimentos musicais e uma audição que será realizada no Conservatório Pernambucano de Música (CPM), parceiro do Programa.
     
    A divulgação dos 40 estudantes selecionados, que estarão aptos a participar da prova teórica e audição, será divulgada no dia 10 de março. O resultado final do processo seletivo está previsto para o dia 18 de abril. O edital completo está disponível no site da Secretaria de Educação (www.educacao.pe.gov.br).
    Assuntos: Ganhe o mundo musical, educação, intercâmbio 2017,
    Compartilhe: Link para o post: