meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Funase e CIEE ampliam para 54 o número de cursos ofertados a socioeducandos

    | Educação

    funase

    Áreas como atendimento, saúde e segurança do trabalho passaram a ter abrangência na parceria

    Mais 11 cursos ofertados para adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) passarão a ter certificação externa. A parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-PE), objeto de um termo aditivo assinado por representantes das duas instituições, passará a incluir áreas como atendimento, artesanato, saúde e segurança do trabalho. Com isso, o total de cursos profissionalizantes ofertados por meio dessa cooperação passa para 54. A iniciativa não tem ônus para os cofres públicos.

    Os novos cursos são os de Introdução à Segurança do Trabalho, Circuito Fechado de Televisão, Instalação de Redes de Computadores, Redes de Computadores, Agente Comunitário de Saúde, Atendimento ao Cliente, Estofamento, Introdução aos Cinco Sensos, Fabricação Artesanal de Produtos de Limpeza, Artesanato em Velas Decorativas e Pintura em Tela. Algumas dessas temáticas já vinham sendo ministradas nas unidades da Funase por agentes socioeducativos ou outros profissionais que atuam como oficineiros. Agora, passarão a ter a carga horária reconhecida pelo CIEE, gerando certificados para os alunos participantes.

    A inclusão dos cursos foi formalizada em reunião com a presença da superintendente adjunta de Operações do CIEE-PE, Ana Patrícia Gomes, da coordenadora de Programas Sociais e Aprendiz da instituição, Telma Muniz, e do assessor do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Pedro Fernandes. A fundação ainda entregou um registro de elogio ao CIEE, que, em 2019, foi responsável por mais da metade das certificações de cursos ofertados a jovens atendidos pela Funase.

    Para o coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando de Albuquerque, a parceria tem como diferencial o fato de viabilizar que boas práticas desenvolvidas nas unidades socioeducativas passem a ser institucionalizadas e certificadas. “Quando iniciamos novos cursos, partimos da premissa de que são uma experimentação. Precisam ser avaliados, revisados, refinados ou cancelados. Tudo depende da resposta que vamos tendo de cada um”, avalia. 

    Assuntos: sdscj, funase, ciee
    Compartilhe: Link para o post:
  • Espaço Ciência tem programação especial no Dia Internacional de Meninas e Mulheres na Ciência, 11 de fevereiro

    | Educação

    mulheres

    Na próxima terça-feira (11), Dia Internacional de Meninas e Mulheres na Ciência, o Espaço Ciência estará com uma programação especial. Em exposições, sessões do Planetário e oficinas, os visitantes poderão perceber a contribuição de importantes mulheres cientistas, geralmente pouco valorizadas. Haverá ainda oficina de artesanato ministrada por um grupo de mulheres do CLICidadão, projeto social do Museu, e a parceria da professora Giovannia Pereira (UFPE), com o projeto “Meninas nas Ciências Exatas”, desenvolvido por meio do Instituto Serrapilheira.

    O projeto de Giovannia é voltado para escolas de nível Fundamental, que fomenta o interesse por estas áreas e dá visibilidade ao potencial de mulheres cientistas. Seu grupo parte de temas de pesquisas lideradas por mulheres para desenvolver, junto com as crianças, aulas dinâmicas, lúdicas e interativas. Um pouquinho deste trabalho será desenvolvido no Museu, às 15h, com uma turma dos anos iniciais do Fundamental.

    Além disso, as monitoras do Espaço Ciência desenvolveram uma programação especial para mostrar a contribuição das mulheres ao longo da história das Ciências. Sessões especiais no Planetário e na exposição “História Química da Humanidade” mostram algumas das descobertas científicas de mulheres químicas e astrônomas. As sessões acontecem nos seguintes horários: 9:30h, 11h, 14:30h e 16h. Haverá ainda uma atividade dinâmica e interativa na qual os participantes poderão descobrir, em cada área do Museu, as descobertas de mulheres cientistas.

    “Queremos que as meninas se reconheçam e se identifiquem em cada cientista. Apesar de já serem maioria no mercado de trabalho, as mulheres ainda são sub representadas em algumas áreas da Ciência”, afirma Vitória Pessoa, da Coordenação de Monitores do Espaço Ciência.

    Em clima de carnaval, as mulheres participantes do CLICidadão, projeto de inclusão digital do Espaço Ciência, dividem seu conhecimento com as novas gerações. São mulheres com mais de 60 anos que estão descobrindo os encantos do mundo digital e repassam para os mais novos o que sabem sobre artesanato. Na oficina “Com Ciência na Cabeça e Frevo no Pé”, os visitantes vão confeccionar, junto com elas, tiaras enfeitadas com símbolos científicos para brincar o carnaval. Depois, podem até usar seus adereços no Carnaval com Ciência do Museu, que acontece no dia 14.

    Assuntos: secti, espaco ciencia
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara anuncia ampliação do Programa Criança Alfabetizada

    | Educação

    Além de alunos do Ensino Fundamental, nova etapa também contemplará crianças da pré-escola na rede pública

    O governador Paulo Câmara comandou, na manhã desta quinta-feira (06.02), no Teatro Tabocas, Centro de Convenções de Pernambuco, a abertura do I Seminário Criança Alfabetizada. Além de pactuar as metas do programa para o ano de 2020, o encontro serviu para anunciar sua expansão, que na nova etapa passará a contemplar alunos da pré-escola, de quatro a cinco anos de idade. O governador afirmou que a ampliação do Criança Alfabetizada reforça seu êxito na primeira etapa e garante que mais crianças da rede pública de ensino aprendam a ler e escrever no tempo certo.

    “Trabalhamos todos juntos nessa primeira etapa, fizemos capacitações, entregamos materiais didáticos e realizamos oficinas. Acompanhei pessoalmente algumas ações e vi de perto a motivação de quem está ajudando nesse projeto. Este ano vamos expandir nosso trabalho. Nosso objetivo é que cada vez mais as crianças tenham acesso aos seus direitos e que Pernambuco continue avançando, porque temos condições para isso”, Afirmou Paulo Câmara.

    O governador garantiu ainda que o trabalho continuará a ser realizado junto com os municípios, professores, gestores e alunos. “A educação é uma longa estrada, mas quando a iniciamos de maneira certa, sabemos que qualquer dificuldade vai ser ultrapassada com unidade, diálogo, transparência e muita vontade de acertar”, finalizou.

    Ao longo do dia, a programação do seminário reuniu prefeitos, secretários municipais, gestores e coordenadores da iniciativa em painéis de discussões. “Este ano muita coisa vai acontecer e esse evento é um momento para falar sobre o planejamento das atividades. É uma oportunidade de contribuir ainda mais com esse processo de alfabetização das nossas crianças”, disse o secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio.

    O secretário também explicou a nova etapa do projeto, que inclui um trabalho não apenas com o primeiro ciclo de alfabetização, que envolvem o primeiro e o segundo ano do ensino fundamental, mas também com a pré-escola. “Usaremos os mesmos princípios, só que agora ampliaremos para estudantes de quatro e cinco anos de idade. Além disso, em junho, quando o programa completa um ano, vamos conhecer os municípios com os melhores resultados e vamos fazer a distribuição dos prêmios para as escolas destaque. O Estado vai pagar uma quantia em dinheiro para que essas escolas possam desenvolver projetos e fazer investimentos lá dentro”, pontuou.

    Presente ao evento, o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira, falou sobre os frutos positivos que o Criança Alfabetizada está rendendo à sua cidade. “Iniciamos o programa no município e já estamos vendo resultados. É uma ação muito importante, porque é exatamente nessa faixa de idade que o desenvolvimento das crianças é extremamente importante na sua vida futura”, relatou.

    CRIANÇA ALFABETIZADA – Iniciativa do Governo do Estado, o Criança Alfabetizada é o maior programa de alfabetização da história de Pernambuco. Com investimentos na ordem de R$ 50 milhões, a iniciativa já conta com a adesão total dos 184 municípios pernambucanos, com o objetivo de que todas as crianças alunas da rede pública possam aprendam a ler e escrever no tempo certo, ou seja, até os sete anos de idade.

    Estiveram presentes à solenidade de abertura os deputados estaduais Teresa Leitão e Paulo Dutra; a coordenadora do Criança Alfabetizada, Ana Selva; o presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME-PE), Manoel Messias; o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME-PE), Natanael da Silva; o ex-prefeito de Sobral (CE), Veveu Arruda; além de vários prefeitos, parlamentares e gestores da área de educação.

    Fotos: Hélia Scheppa/SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, see, programa criança alfabetizada, seminario
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara: “Na educação não cabem improvisos”

    | Educação

    Governador acompanhou o início das aulas da rede pública estadual, que conta com 580 mil estudantes matriculados em 1.060 escolas

    O governador Paulo Câmara acompanhou, nesta terça-feira (04.02), a abertura do ano letivo 2020 na rede pública estadual de ensino, na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Aníbal Falcão, localizada em Tejipió, zona oeste do Recife. Ao todo, 580 mil estudantes matriculados nas 1.060 escolas da Rede Estadual de Pernambuco iniciaram as aulas hoje. O Estado, que já possui a maior rede de ensino integral do País, começa o ano letivo com o reforço de mais 27 escolas na modalidade, passando a contar com 440 unidades, sendo 394 escolas de referência e 46 escolas técnicas.

    “Educação é trajetória. Já são 12 anos buscando melhorias dentro de um planejamento. É uma área em que não cabem improvisos. Por isso que o dia a dia é fundamental. Tenho certeza que vamos continuar nesse caminho positivo, sempre buscando uma educação pública de qualidade em Pernambuco”, afirmou o governador, reforçando ainda as metas para o ano vigente. “Nossa principal meta para 2020 é continuar avançando. Os programas estão garantidos e as escolas técnicas e de tempo integral estão se expandindo. Vamos buscar melhorar cada vez mais a qualificação dos professores e motivar cada vez mais os alunos, sempre mostrando que é através dos estudos que eles vão conseguir alcançar seus sonhos”, finalizou.

    Durante a passagem pela escola, o governador Paulo Câmara inaugurou a nova quadra coberta da unidade. Com investimentos da ordem de R$ 385 mil, o equipamento atenderá aos 500 estudantes matriculados naquele local. A ação faz parte do programa Quadra Viva, criado em 2015 com a finalidade de construir a cobertura de quadras poliesportivas nas escolas da rede pública. Desde então, já foram beneficiadas cerca de 100 unidades de ensino. O programa visa estimular a prática esportiva, melhorar a estrutura da escola e oferecer mais conforto e comodidade para os estudantes.

    “Estamos realizando esse ato simbólico de início do ano letivo aqui da EREM Aníbal Falcão, que é uma escola de tempo integral, em um ano que estamos com novas escolas dessa modalidade. Aproveitando esse momento, inauguramos a quadra coberta da unidade, que faz parte de um projeto lançado pelo governador Paulo Câmara há três anos. É um equipamento muito importante para os jovens, porque além de servir para atividades esportivas é também um espaço de integração”, afirmou o secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio.

    Acompanhando o primeiro dia de aula da filha Gabriela Vieira, estudante do 1º ano, Corália Vieira falou sobre as expectativas para a nova etapa que se inicia na vida escolar da jovem. “Moro no bairro há mais de 30 anos e a gente consegue ver a melhoria na qualidade do ensino depois das mudanças que a escola passou para se tornar EREM. Espero que minha filha tenha um bom desempenho e consiga colher bons frutos aqui dentro”, disse.

     

    Fotos: Hélia Scheppa/SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, see, ano letivo
    Compartilhe: Link para o post:
  • 8ª edição do Ganhe o Mundo envia mais de 150 alunos para o Canadá

    | Educação

    Governador acompanhou embarque dos estudantes e destacou êxito do programa, que já beneficiou cerca de oito mil alunos da rede estadual de ensino

    O governador Paulo Câmara acompanhou, na manhã desta quarta-feira (29.01), o embarque dos primeiros intercambistas da oitava edição do Programa Ganhe o Mundo (PGM), no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes. A iniciativa leva estudantes que cursam o ensino médio na rede pública estadual para escolas em países de língua inglesa, espanhola e alemã durante um semestre letivo. Ao todo, 161 alunos de todo o Estado fazem parte da turma que viaja hoje e amanhã, com destino às cidades de St. John e Fredericton, ambas no Canadá.

    “Após essa experiência os estudantes voltam mais confiantes, sabendo que é através da educação que eles vão ter oportunidades na vida. Com certeza, eles vão aproveitar muito, conhecer uma nova cultura, dominar uma nova língua, e vão voltar dentro de seis meses preparados e determinados para seguir estudando e se dedicando”, disse o governador. “Todos os anos estamos mandando mais de mil estudantes para o exterior através do Ganhe o Mundo, um programa que faz a diferença. Estamos formando uma geração de pernambucanos cada vez mais preparados”, finalizou Paulo Câmara.

    “Participar de um intercâmbio é uma experiência que transforma a vida de qualquer pessoa. Ficamos muito felizes de fazer parte desse momento, principalmente porque muitos estudantes da rede pública não teriam condições de vivenciar isso se não fosse através do programa”, destacou o secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amâncio. Desde a sua criação, o PGM já embarcou cerca de oito mil alunos da Rede Estadual. São dez países destino, sendo cinco de língua inglesa (Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos, Canadá e Reino Unido), quatro de língua espanhola (Espanha, Argentina, Chile e Colômbia) e a Alemanha.

    Entre os jovens que embarcaram para o Canadá está Maria Clara, 16 anos, natural de Petrolina e aluna da Escola da Polícia Militar. “A minha expectativa para os próximos seis meses é vivenciar novas culturas e aprender a lidar sozinha com as situações, com mais responsabilidade, além de melhorar o inglês. Quando recebi a notícia de que fui selecionada fiquei muito feliz e surpresa. Me sinto orgulhosa por representar Pernambuco”, afirmou.

     

    Fotos: Hélia Scheppa/SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, programa ganhe o mundo, see, embarque
    Compartilhe: Link para o post:
  • Reeducandos participam do Encceja e conquistam resultado significativo

    | Educação, Direitos Humanos

    encceja

    Cento e trinta e três apenados foram aprovados no exame, realizado no final do ano passado. Um aumento de 137% por cento se comparado com 2018 quando foram registradas  56 aprovações.   

    O Sistema Prisional de Pernambuco conquistou resultado significativo no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019. Foram 134 aprovações contra 56 em 2018, um aumento de 137%. O exame é destinado às pessoas privadas de liberdade que não concluíram o ensino fundamental e médio na faixa etária adequada.  

    De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), 1.382 reeducandos das unidades prisionais do estado se inscreveram no exame, que é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As provas são aplicadas dentro dos estabelecimentos penais e as inscrições realizadas pelo responsável pedagógico de cada unidade prisional.

    Segundo Valéria Fernandes, superintendente de Capacitação e Ressocialização da Seres, “o Sistema Prisional de Pernambuco é referência nacional na área de educação e o fruto desse investimento está retratado no aumento de aprovações do Encceja 2019 ".  

    Os reeducandos se submeteram a quatro provas objetivas nas áreas de: Matemática e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação.

    L.G., 26, que cumpre pena no Presídio Juíz Antônio Luís Lins de Barros (PJALLB) é um dos aprovados. “Estou muito feliz com o certificado do ensino fundamental que conquistei, agora vou continuar meus estudos e concluir o médio. Tudo que for de melhor pra vida da gente, temos que correr atrás”, ressalta o reeducando, aluno da escola Professor Joel Pontes, que funciona dentro da unidade.  

    Assuntos: sjdh, seres, encceja
    Compartilhe: Link para o post:
  • Número de turmas do Senar-PE dentro da Funase cresceu em 2019

    | Educação

    senar

    Instituição parceira recebeu registro de elogio por oferta de treinamentos profissionalizantes em unidades socioeducativas de todo o Estado

    Subiu de 11 para 14 o número de turmas do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PE) dentro da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em 2019. O aumento da oferta de treinamentos no comparativo com o ano anterior viabilizou a qualificação profissional de 157 socioeducandos em áreas como agricultura, jardinagem, artesanato, eletricidade e pintura imobiliária. Por conta dos resultados da parceria, que não tem ônus para os cofres públicos e aumenta as chances de inserção dos adolescentes no mercado de trabalho, a Funase entregou um registro de elogio ao superintendente do Senar-PE, Adriano Moraes.

    “Temos com o Senar-PE uma parceria antiga, importante e consolidada. Em 2018, tivemos cerca de uma centena de certificados conquistados por nossos adolescentes. Em 2019, esse número cresceu e chegou a 157 vagas ofertadas. Os treinamentos dão ênfase à aprendizagem pela prática, o que é um diferencial muito importante no atendimento ao público da nossa instituição”, afirma o coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando de Albuquerque, responsável pela entrega do registro de elogio ao lado dos assessores e instrutores de cursos Rafael Souto Maior e Elaxis Duarte, do mesmo setor.

    Em 2019, o Senar-PE ofertou a socioeducandos da Funase os treinamentos em Artesanato em Embalagens, Artesanato em Material Reciclável, Artesanato em Couro, Artesanato em Couro e Pele, Plantas Ornamentais e Terrário, Agricultura Orgânica, Cultivo de Olerícolas de Raízes e Bulbos, Bombeiro Hidráulico, Eletricista e Pintura Imobiliária. Os cursos foram ministrados nos Centros de Atendimento Socioeducativo (Case) situados em Abreu e Lima, Pirapama (Cabo de Santo Agostinho), Vitória de Santo Antão, Timbaúba, Arcoverde e Garanhuns, todos voltados à internação, além da Casa de Semiliberdade (Casem) Garanhuns.

    Assuntos: sdscj, funase, senar, qualificacao profissional
    Compartilhe: Link para o post:
  • SAD oferece novas capacitações para os servidores em 2020

    | Educação, Administração

    sad

    Cefospe conta com uma grade de cursos bem diversificada para o mês de fevereiro

    Novo ano. Novos projetos! Que tal começar 2020 buscando mais qualificação profissional e conhecimento dentro da gestão pública? Pensando nisso, a Secretaria de Administração (SAD), por meio do Centro de Formação dos Servidores Públicos de Pernambuco (Cefospe), está oferecendo novos cursos para o mês de fevereiro. As novidades são na área de Educação, Tecnologia da Informação (TI) e Gestão orçamentária e financeira. As inscrições já podem ser realizadas por meio do site: www.cefospe.pe.gov.br. Mais informações pelo telefone: (81) 3183-8001.

    Na modalidade presencial os novos cursos são: Libras básico para servidores públicos e Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Já na modalidade a distância (EAD) as capacitações iniciantes são as seguintes: Orçamento Público e Elaboração e escrita de artigos científicos. Os demais cursos que já fazem parte da grade educacional do CEFOSPE também estão com vagas abertas, tais como Básico de Licitações, Sistema PE Integrado – solicitação de compras, Gestão de Política Pública; Liderança em alta performance, Contratos corporativos e termos de adesão, entre outros.

    Não perca tempo e faça a sua inscrição!

    Assuntos: sad, cefospe, cursos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara empossa gerentes regionais de educação e ressalta melhorias na área

    | Educação

    Profissionais foram escolhidos por meio de processo seletivo, e atuarão durante os próximos quatro anos em todas as regiões do Estado

    O governador Paulo Câmara empossou, na manhã desta segunda-feira (06.01), no Palácio do Campo das Princesas, os profissionais que vão comandar as 16 Gerências Regionais de Educação (GREs) do Estado pelos próximos quatro anos. Os novos gestores foram escolhidos por meio de um processo seletivo realizado durante o projeto “Vem Pro Time”, uma nova forma de seleção para o preenchimento e desenvolvimento de cargos de liderança. Das 16 Gerências Regionais, 11 terão seus gestores reconduzidos ao cargo. Outras  cinco áreas estarão sob nova gestão: Metropolitana Norte, Metropolitana Sul, Mata Centro, Sertão do Moxotó-Ipanema e Sertão do Alto Pajeú.

    “Os gerentes tem o papel de conduzir essas regionais dentro das políticas que são traçadas pela Secretaria de Educação. Não adianta melhorar apenas algumas regiões, temos que melhorar todas, trabalhando de maneira uniforme. Nosso trabalho tem que ser incansável e temos que entender as particularidades de cada região. O gerente regional tem essa função de dar uniformidade, explorando os potenciais de cada município para que a educação possa ser sempre um indutor de melhoria de desenvolvimento regional”, afirmou Paulo Câmara. “Temos um modelo de gestão que começou lá atrás, com Eduardo Campos, com bons resultados na melhoria da educação do nosso Estado. Ainda temos muito que fazer, mas contamos agora com essas novas gerências regionais para que esse caminho continue sendo exitoso”, finalizou o governador.

    O objetivo dos gerentes regionais é elevar os resultados educacionais da GRE, por meio do Pacto pela Educação, e aperfeiçoar a gestão administrativa, financeira, patrimonial e pedagógica da regional de modo eficiente e com transparência, sempre visando a melhoria da qualidade de ensino. “Pernambuco tem uma história bonita na educação nos últimos anos. É um Estado que assumiu um protagonismo nos resultados e virou uma grande referência nacional, mas ainda há muito trabalho pela frente. Vamos contar com as 16 Gerências espalhadas pelo Estado para continuar avançando nessa questão”, explicou o secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio.

    O professor Saulo Guimarães, novo gerente da GRE Metropolitana Norte, destacou a gratidão e a sensação de dever cumprido como os principais sentimentos ao ser empossado no cargo. “Em nome de todos que foram escolhidos pela seleção pública, agradeço a oportunidade dada por um governo visionário e que acredita na competência dos seus servidores, para que pudéssemos estender a mão e contribuirmos um pouco mais com a educação do nosso Estado”, afirmou.

    As GREs são unidades administrativas da Secretaria de Educação e Esportes e estão distribuídas em todas as regiões do Estado, atendendo às especificidades de cada área. Além de coordenar as ações relacionadas à educação e aos esportes, as gerências apoiam os municípios a fim de que haja o fortalecimento das políticas públicas, contribuindo diretamente com o avanço nos principais indicadores educacionais.

    Estiveram presentes à solenidade os deputados federais Danilo Cabral e Tadeu Alencar; os deputados estaduais Roberta Arraes, professor Paulo Dutra, Tony Gel e Lucas Ramos; a prefeita de Surubim e vice-presidente da Amupe, Ana Célia, juntamente com outros prefeitos do Estado; os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão), Marília Lins (Administração), Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer), Érika Lacet (Controladoria Geral do Estado) e Coronel Morais (interino da Casa Militar); e os secretários executivos de Educação Maria Medeiros, Severino Andrade e João Charamba.

    Fotos: Hélia Scheppa/SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, GREs, posse, see
    Compartilhe: Link para o post:
  • Funase e Cefospe celebram parcerias desenvolvidas em 2019

    | Educação

    funase

    Interiorização das ações, realização de eventos e consolidação das capacitações introdutórias para agentes socioeducativos estiveram entre os destaques do ano de atividades

    Gestores da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e do Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe) se reuniram, nesta sexta-feira (13), para celebrar a parceria entre as instituições e iniciar diálogos sobre novos projetos em 2020. Um dos destaques do encontro foi a avaliação do sucesso das capacitações introdutórias para agentes socioeducativos e de formações voltadas a dirigentes e profissionais técnicos da Funase, que se intensificaram nos últimos meses. Também foram exaltadas a interiorização das ações e a atuação de servidores da fundação como instrutores.

    Em 2019, a escola corporativa certificou cursos feitos por funcionários da Funase em áreas como marketing pessoal, liderança, motivação e orientação sobre drogas, inclusive em municípios do Interior, como Garanhuns e Petrolina. Também foram ministradas, por meio da instituição, formações para coordenadores gerais, técnicos e administrativos sobre gestão de pessoas e em setores específicos, como a fiscalização do fornecimento de refeições nas unidades socioeducativas. Já as capacitações introdutórias para novos agentes socioeducativos atenderam mais de 500 pessoas desde outubro de 2018, quando tiveram início nesse formato. Em 2019, os cursos continuaram, com 80 horas/aula e abordando temas como direitos humanos e fundamentos da socioeducação.

    “Foi algo pioneiro, nacionalmente, dizer que a formação dos agentes socioeducativos de Pernambuco está sendo feita em uma escola corporativa séria, estadual, como é o Cefospe. Isso, certamente, teve boas repercussões em outras partes do Brasil, além de significar uma valorização muito importante para esse profissional”, disse a presidente da Funase, Nadja Alencar, que recebeu a diretoria do Cefospe acompanhada pelas superintendentes Nadja Oliveira (Gestão do Trabalho e Educação), Zed Galvão (Planejamento e Orçamento), Íris Borges (Política de Atendimento), pelas assessoras técnicas Alexandra Wanderley (Gestão de Pessoas), Viviane Sybalde (Unidades de Internação) e Zélia Mesquita (Unidades de Internação Provisória) e por outros funcionários.

    Ainda em 2019, a Funase e o Cefospe promoveram dois grandes eventos juntos: o III Seminário do Grupo de Orientação sobre Drogas e o I Seminário de Socialização de Práticas Restaurativas em Unidades Socioeducativas. Os resultados foram considerados exitosos, com ampla participação do público interno da fundação, da sociedade civil organizada e de representantes dos meios acadêmico e jurídico. Além do uso das instalações do Cefospe, a certificação de inscritos e palestrantes foi viabilizada pela parceria.

    A diretora do Cefospe, Analúcia Cabral, falou da importância de fazer essa colaboração avançar em 2020. “A Funase é uma das instituições mais presentes no nosso dia a dia, seja com cursos ou eventos. É importante que esse trabalho continue e que possamos estabelecer indicadores para medir a efetividade dessas ações. Essa parceria deve se fortalecer cada vez mais”, avaliou.

    Representando o Cefospe, ainda estiveram na reunião, que ocorreu na sede da Funase, a gerente de projetos, Leônia Simões, a coordenadora pedagógica, Marilene Borges, o coordenador administrativo, André Tiburtino, o coordenador de Educação a Distância, José Lopes, além de Rogério Silva (EAD), Carmelita Vasconcelos (Educação Corporativa) e Caroline Borges (Educação Presencial).

    Assuntos: sdscj, funase, sad, cefospe
    Compartilhe: Link para o post: