meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • 8ª Expoagro acontece no período de 11 até o dia 15 de abril

    | Economia, Agricultura

    A 8ª Expoagro – Exposição de Animais e Produtos Derivados acontece a partir do dia 11 até o dia 15 de abril no Parque de Exposições do Cordeiro. Na exposição acontecerá leilões, cursos, eventos, vendas de animais e produtos, o que deve movimentar em média R$ 5 milhões.

    A Expoagro é promovida pela Associação dos Criadores de Pernambuco (ACP), em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA). Esse evento reunirá cerca de mil animais geneticamente selecionados, entre cavalos, bovinos de leite e de corte, das raças gir, girolando, campolina, nelore, além de caprinos e ovinos.

    Para entrarem no parque esses animais precisam passar pelo controle da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), o que exige o seu Guia de Trânsito Animal(GTA), e uma fiscalização feita pelos veterinários.

    Cidades: Recife
    Assuntos: exposicao de animais, expoagro, associacao de criadores, agricultura, reforma agraria, acp, sara
    Compartilhe: Link para o post:
  • Conselheiros do Condic avalizam 28 novos projetos industriais para Pernambuco

    | Economia, Administração



    Os bons ventos da industrialização trouxeram 28 projetos novos projetos para Pernambuco, segundo pauta de concessão de incentivos fiscais do Programa de Desenvolvimento de Pernambuco (Prodepe) aprovada no dia 03/04 pelos membros do Conselho Estadual de Política Industrial, Comercial e de Serviços (Condic), em reunião na sede da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper).

    Foram 23 indústrias e cinco projetos de importação. Das 23 indústrias, 12 são implantações e cinco são ampliações de plantas já existentes.

    Quando as projeções das empresas a serem incentivadas se concretizar, ou seja, quando as unidades estiverem prontas e operando, o total de investimentos será da ordem de R$ 707,1 milhões, com 2.403 empregos.

    Deste montante, R$ 565,5 milhões se destinarão a projetos no Grande Recife (com 1.386 empregos correspondentes) e R$ 141,5 milhões no interior (1.017 empregos). Por setor, os destaques foram agroindústria, com cinco projetos; higiene e limpeza (4) e minerais não-metálicos (3).

    Leia matéria na íntegra

    Assuntos: condic, industrias, prodepe, addiper, desenvolvimento, politica industrial, projetos de importacao, sdec, geraldo julio, economia do estado
    Compartilhe: Link para o post:
  • Crédito Agroamigo e Agroecologia em debate

    | Economia, Meio Ambiente, Agricultura

    O secretário Executivo da Agricultura Familiar, Aldo Santos, está participando hoje (12), do 1º Encontro do Agroamigo de Pernambuco, no Hotel Forte Orange, Ilha de Itamaracá.

    O evento é promovido pelo Banco do Nordeste. Ontem (11), Aldo Santos, participou, em Brasília, do Encontro Sobre a Política Nacional da Agroecologia, realizado pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com a Associação Brasileira Agroecologia (ABA) e a Agência Nacional das Águas (ANA).

    Cidades: Itamaracá
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Recife marca presença na Feira Internacional de Portos - Intermodal South America

    | Economia, Administração

    Com a missão de atrair novos negócios, o Porto do Recife participa, entre os dias10 e 12 de abril, da 18° edição da Intermodal South America,a maior feira de logística, comércio exterior e transporte mundial dasAméricas, que acontece na cidade de São Paulo. A participação no evento é estratégica para o tradicional porto, que vem recebendo, especialmente nos últimos dois anos, grandes investimentos em infraestrutura para se tornar uma importante opção para o transporte de cargas em Pernambuco e no Brasil.

    A Intermodal é uma excelente vitrine para mostrar ao público, estimado em 45 mil pessoas durante os três dias de feira, as transformações em curso no cais recifense. O Porto do Recife teve, em 2011, um aumento de mais de 10% no embarque e desembarque de mercadorias e a expectativa é de crescer outros 50% até 2013.

    Leia a matéria na íntegra

    Assuntos: porto do recife, intermodal, investimentos, infraestrutura, porto, transporte de cargas
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo busca investimentos em infraestrutura nos EUA

    | Economia

    Os governadores do Nordeste se reuniram hoje (10) nos Estados Unidos para apresentar o momento de prosperidade que atravessa a economia da região para bancos oficiais e grupos privados americanos. Seis dos nove gestores estaduais participaram do seminário "Nordeste Brasileiro: Oportunidades de Investimento e Investindo em Oportunidades" organizado pelo Banco Mundial (BIRD) na sua sede, em Washington D.C.

    Presidente do BIRD, Robert Zoellick, abriu a reunião mostrando total sintonia com as políticas socioeconômicas em curso na região. Ele disse que a instituição mira o "crescimento, a diminuição da pobreza e o aumento da inclusão social dentro do Nordeste". "A região hoje é catalisadora de benefícios e investimentos para o Brasil e, por isso, estamos focando nela", afirmou.

    Cada governante pôde "vender" as potencialidades do seu estado durante 20 minutos. Além dos clusters mais conhecidos (naval, petróleo e gás, geração de energia, turismo e automobilístico), Eduardo apresentou as obras de infraestrutura como uma grande oportunidade para os grupos americanos presentes.

    O regime de parcerias público-privadas (PPPs) foi apontado como uma excelente janela de oportunidades que se abre no estado. O governador enumerou alguns empreendimentos como o novo porto do Litoral Norte, a construção do Arco Metropolitano, o Pontal do Sertão, a Cidade da Copa e o saneamento da Região Metropolitana do Recife como os principais. "Temos um déficit histórico na nossa infraestrutura e agora chegou a hora de pagarmos a nossa dívida", cravou.

    cAo falar do Nordeste, o governador afirmou que a nova fase que vive a região é fruto das mudanças ocorridas no Brasil nas três últimas décadas. "O país consolidou a sua democracia, conquistou a estabilidade econômica, deu mais consistência ao seu sistema financeiro e, sobretudo, abriu um grande debate sobre desigualdade social capitaneado pelo ex-presidente Lula. E quando colocaram a desigualdade na pauta, o Nordeste apareceu não mais como um problema para o Brasil, mas como parte da solução", disse o governador.

    A reunião de hoje é a segunda entre os governadores e o BIRD. Em junho do ano passado, no Palácio do Campo das Princesas, Robert Zoellick anunciou a ampliação dos recursos disponibilizados pelo banco de US$ 500 milhões para US$ 3,5 bilhões. Eduardo classificou aquela ocasião como um divisor de águas, elogiou a postura pró-ativa tomada pelo banco desde então, mas não se furtou de afirmar que a relação entre as partes ainda precisa ser aperfeiçoada.

    "Agradecemos ao Banco Mundial por multiplicar por sete os recursos disponibilizados para a região, mas reconhecemos que ainda há uma burocracia muito grande por parte do governo brasileiro para que possamos acessar esses recursos", criticou.

    eO contrato do empréstimo de US$ 500 milhões que seria assinado durante a reunião foi remetido ao Ministério da Fazenda e será firmado na próxima quinta-feira em Brasília. Também participaram do seminário os presidentes do BID, Luís Alberto Moreno, e do BNDES, Luciano Coutinho, além dos governadores Cid Gomes (Ceará), Marcelo Déda (Sergipe), Wilson Martins (Piauí), Teotônio Vilela Filho (Alagoas) e Ricardo Coutinho (Paraíba). A Bahia, o Rio Grande do Norte e o Maranhão foram representados por secretários de Estado.

    MAIS PPP: À tarde, na segunda parte do seminário, BIRD, BID e BNDES apresentaram seus mecanismos de financiamento para as parcerias público-privadas. Coube ao secretário estadual de Governo, Maurício Rands, apresentar a política de PPPs de Pernambuco.

    Amanhã será a vez do presidente da Compesa, Roberto Tavares, falar da maior PPP do Brasil. Orçada em R$ 4,3 bilhões, a obra que vai sanear 15 cidades, entre elas o Recife, será apresentada em nova reunião no BIRD com grupos investidores privados e financiadores internacionais.

    Assuntos: eua, governador, eduardo campos, investimentos, nordeste brasileiro
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador volta a Washington para assinar contrato com o Banco Mundial

    | Economia, Administração

    sO governador Eduardo Campos embarca para os Estados Unidos neste domingo (08) onde cumpre uma agenda administrativa de três dias em Washington. O ponto alto da viagem será a assinatura do contrato de empréstimo no valor de US$ 500 milhões (cerca de R$ 925 milhões ) com o Banco Mundial (BIRD) para investimentos em Pernambuco.

    Eduardo Campos e Robert Zoellick, presidente do Banco Mundial, assinam o documento na terça-feira (10). Os recursos serão aplicados na construção de UPAs Especialidades, na ampliação da rede de escolas técnicas, obras de infraestrutura e na melhoria da malha rodoviária do Estado.

    Ainda na sede do BIRD, Eduardo participa do seminário “Oportunidades de Investimento no Nordeste”. Todos os nove governadores da região foram convidados para o evento. Na plateia estarão empresários americanos interessados em investir no Brasil.

    Um dia antes, Eduardo participa do evento “Brasil - Estados Unidos: Parceria para o Século XXI” organizado pela Câmara de Comércio americana. O encontro contará com a participação da presidenta Dilma Rousseff, além de ministros e empresários dos dois países. A secretária de Estado, Hillary Clinton, também foi convidada.

    Antes de deixar os Estados Unidos, o governador de Pernambuco reúne-se com o colega do estado de Illinois, Pat Quinn, na quarta-feira (12). Na pauta, mais uma vez, as oportunidades de investimento em Pernambuco.

    PRIMEIRA VEZ – Em janeiro deste ano, Eduardo esteve em Washigton (foto) a convite do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para apresentar uma série de palestras sobre o modelo de gestão em Pernambuco. De quebra, o governador conseguiu acertar a liberação de US$ 200 milhões (cerca de R$ 355 milhões) para as obras de saneamento da bacia do Rio Ipojuca.

    Eduardo aproveitou a viagem para reunir-se com o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, e tratar do empréstimo que vai assinar na próxima terça-feira.

    Assuntos: eduardo campos, banco mundial, bird, washington, estados unidos, viagem, contrato, emprestimo
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco adere ao Movimento Brasil Eficiente

    | Economia, Administração

    dO Governo de Pernambuco deu mais um passo na direção de formar um ambiente favorável ao desenvolvimento, à industrialização e à geração de emprego e renda no estado. O governador Eduardo Campos assinou o termo de adesão ao Movimento Brasil Eficiente (MBE). A solenidade aconteceu nesta segunda-feira (02/04), no Palácio do Campo das Princesas e contou com a presença dos coordenadores-gerais do movimento, Carlos Schneider e Paulo Rabello de Castro.

    O MBE defende que o desenvolvimento econômico sustentável do Brasil só acontecerá a partir da adoção de três medidas essenciais: a reformulação do sistema fiscal e tributário; a redução de impostos e a eficiência na utilização dos gastos públicos. O modelo defendido pelo movimento encontrou apoio do governador, que adotou tais práticas desde o início da sua gestão.

    “Durante estes cinco anos já mandamos mais de 50 projetos à Assembléia Legislativa reduzindo a carga tributária e nenhum aumentando. Pegamos a capacidade de investir na casa dos R$ 700 milhões e vamos, este ano, liquidar em investimentos quase três bilhões de reais”, ressaltou Eduardo.

    Coordenador-geral do MBE, Carlos Schneider, destacou alguns dos fatores que tornam a adesão de Pernambuco ao movimento tão simbólica: "O seu Portal da Transparência é considerado um dos dois melhores do país, o estado tem batido sucessivos recordes de arrecadação e implantou um vitorioso modelo de gestão por resultados. Esses dados são suficientes para mostrar o bom exemplo que o Estado vem dando ao Brasil".

    Também coordenador-geral do MBE, Paulo Rabello de Castro, disse que o movimento teve muita “sorte” em começar em Pernambuco. “Sem medo de errar, posso dizer que o governador repete a obra de Mauricio de Nassau, deixa um exemplo nacional e internacional de modernização da gestão que vê muito além de Pernambuco, vê os empregos nesse estado e vê o futuro do Brasil”.

    Durante o discurso, Eduardo destacou os bons resultados obtidos. Citou a redução da carga tributária para incentivar a formalização das micro e pequenas empresas do Polo de Confecção do Agreste. “Saltamos de seis mil para 23 mil empresas contribuindo para o ICMS. Ou seja, nosso ICMS dobrou tendo reduzido a 1/3 nossa carga tributária”.

    Outra prática bem-sucedida adotada pelo estado repercutiu no comércio varejista. “Nós vimos o ICMS no varejo aumentar ao reduzimos o imposto na conta de luz dos consumidores de baixa renda. Cerca de 730 mil pernambucanos deixaram de pagar 25% em impostos na sua conta de energia”.

    Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), Jorge Côrte Real, disse que a entrada de Pernambuco no movimento vai ajudar na luta contra a desindustrialização. “O Brasil vem perdendo força e competitividade por questões que independem de ações empresariais. Eu não tenho dúvida que essa adesão vai melhorar as condições do desenvolvimento empresarial”. A Fiepe também aderiu o MBE.

    MBE - Criado em 2010, o Movimento Brasil Eficiente reúne cerca de 100 instituições entre federações de indústrias, empresas de diversos segmentos, lideranças empresariais, profissionais liberais, entidades de classe e da sociedade civil engajados na defesa pela reformulação fiscal e tributária.

    Atualmente, o Movimento Brasil Eficiente vem mobilizando a sociedade civil e entidades empresariais a partir de um abaixo-assinado em favor do Projeto de Lei do Brasil Eficiente (que defende estrutura fiscal simplificada para todos). O projeto já conta com mais de dez mil assinaturas.

    Cidades: Recife
    Assuntos: movimento, brasil eficiente, eduardo campos, mbe, desenvolvimento, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Começa seleção de promotores para Programa CredTodos

    | Economia

    https://www.pe.gov.br/_resources/files/_modules/files/files_789_20120402103318ce40.jpgA Pernambuco Participações Investimentos S/A (Perpart) e o Banco do Nordeste do Brasil S/A (BNB) realizaram nos últimos dias 28 e 29 a seleção dos estagiários que atuarão no Programa de Microcrédito CredTodos. A parceria entre as duas instituições disponibilizará recursos da ordem de R$ 750 milhões até 2014 e deverá ser lançado no final do mês de abril próximo.

    Ao todo, serão selecionados 200 jovens, estudantes da rede pública de ensino, em todas as regiões do Estado, para promoção do Programa que, além de beneficiar pequenos comerciantes, prestadores de serviço e industriais, deverá inserir estudantes da rede estadual de ensino no mercado de trabalho. O processo de seleção é coordenado pela Superintendência de Fundos e Programas (SFP) da Perpart.

    Mais de 50 estudantes dos municípios de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Moreno, Paudalho, Itamaracá, Igarassu, Abreu e Lima, Paulista, Ipojuca, Cabo de Santo Agostinho, São Lourenço da Mata e Camaragibe participaram desta primeira etapa de seleção que aconteceu na sede da Perpart.

    “Esta etapa, realizada aqui na Região Metropolitana, contempla a seleção de pelo menos 20 estagiários que participarão do Projeto em suas respectivas cidades”, explicou a coordenadora de RH da Perpart, Luciana Trindade. A Secretaria estadual de Educação (SEE), que indicou ao Programa os alunos mais assíduos e de melhores notas da rede estadual, seguirá nesta parceria à medida que o Credtodos seguir para as demais regiões do interior.

    Representantes do BNB explicaram aos candidatos como opera o Programa de Microcrédito Produtivo Orientado do BNB (Crediamigo) que é desenvolvido pelo banco desde 1998 e é a base do CredTodos. Além da missão, visão e valores, foram apresentados os parceiros operacionais e os produtos, que incluem o capital de giro, o investimento fixo e a orientação empresarial e ambiental. Charles Carmona, Marcos André e Luciana Trindade representaram a casa esclarecendo o objetivo e a importância da parceria no projeto e o desenvolvimento do processo seletivo.

    CRÉDITO – A Perpart tem estreita relação com o microcrédito. Em 2008, desenvolveu, em parceria com o BNB, o Programa CredTodos pela primeira vez. O programa teve duração de um ano e atingiu 85 municípios. Ao todo, foram concedidos mais de R$ 210 milhões em 187,2 mil operações realizadas por 94 promotores. A segunda fase acontecerá no início de abril e será em campo, sob acompanhamento dos assessores de crédito do Banco do Nordeste. Apesar de cadastrados na folha da Perpart, os mais de 20 novos estagiários, que ainda serão selecionados, trabalharão em seus próprios municípios, promovendo o desenvolvimento de suas respectivas regiões.

    Cidades: Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe , Igarassu, Ipojuca , Itamaracá , Jaboatão dos Guararapes , Moreno, Olinda, Paudalho, Paulista, Recife, São Lourenço da Mata, Vitória de Santo Antão
    Assuntos: seleção, promotores, credtodos, programa, perpart
    Compartilhe: Link para o post:
  • Senado autoriza PE a receber verba do Banco Mundial em tempo recorde

    | Economia, Administração

    O presidente do Senado, José Sarney, avisou pelo telefone ao governador Eduardo Campos, às 17h30 desta quarta-feira (28/03), que foi aprovada a mensagem 26/2012, que autoriza o Governo de Pernambuco a receber financiamento de 500 milhões de dólares para investimento no Estado.

    A mensagem, assinada pelo presidente em exercício, Marco Maia e apoiada pelos três senadores pernambucanos, contatados pessoalmente pelo governador, teve tramitação extremamente rápida. Foram necessárias apenas 24h entre a leitura oficial, feita no plenário pela vice-presidente Marta Suplicy (PT-SP), e a aprovação em caráter terminativo.

    Além dos parlamentares pernambucanos, muitos outros senadores ajudaram a agilizar a tramitação e a assegurar a aprovação. Entre os que mais atuaram, estão Armando Monteiro Neto, Humberto Costa, Jarbas Vasconcelos, Lídice da Mata (relatora), Antônio Carlos Valadares, Wellington Dias, Delcídio Amaral, entre outros.

    A próxima etapa será a assinatura do contrato com o Banco Mundial em 10 de abril, em Washington. A operação, na modalidade DPL, disponibiliza os recursos para o estado com a única condição de serem utilizados em investimento, sendo vedado o uso no custeio de atividades administrativas.

    No caso, o DPL de Pernambuco financiará a implantação das UPAs Especialidades, a rede de escolas técnicas e o programa Caminhos da Integração, que melhora a malha viária do estado com a recuperação de trechos deficientes e a implantação de novas rodovias.

    Assuntos: senado, eduardo campos, jose sarnei financiamento, investimento
    Compartilhe: Link para o post:
  • Projeto de Eduardo recebe apoio de Jarbas, Armando e Humberto

    | Economia, Política, Administração

    sO governador Eduardo Campos pediu e obteve nesta terça-feira (27/03) o apoio dos representantes de Pernambuco no Senado Federal para aprovar o projeto que autoriza o Governo de Pernambuco a receber um financiamento de US$ 500 milhões do Banco Mundial (Bird) para investimentos no Estado.

    Pela manhã, Eduardo se reuniu separadamente com os senadores Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Armando Monteiro Neto (PTB) e marcou para o final da tarde encontro com o senador Humberto Costa (PT). "Num ano desafiador como o que estamos enfrentando, com a Europa e os Estados Unidos em crise e com perda de receitas por estados e municípios, esta operação ganha importância estratégica para Pernambuco", disse Eduardo, durante as reuniões.

    Tanto Jarbas quanto Armando declararam não apenas o apoio como também a intenção de ajudar na tramitação. "Não sou da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), mas vou acompanhar a tramitação. Farei o que estiver ao meu alcance para ajudar", disse Jarbas.

    Logo depois de acionado por Eduardo, Armando Monteiro participou de reunião com o presidente da CAE, Delcídio Amaral (PT/MS), para discutir a tramitação do projeto. "Temos todas as condições de aprovar o projeto na próxima semana", disse Armando.

    O governador pernambucano teve encontro também com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB/AP) para conseguir o compromisso de dar início à tramitação legislativa do projeto ainda hoje. "Chegando à minha mão, faço a leitura em plenário e encaminho à CAE", disse Sarney.

    aPROJETO – A atenção dada à tramitação do projeto no Senado se explica tanto pela urgência na entrada dos recursos quanto pelo calendário do Banco Mundial. Pelos entendimentos mantidos, em meses de negociação bilateral, o projeto precisa estar aprovado para que o contrato entre o Governo do Estado e a organização financeira internacional possa ser assinado no próximo dia 10 de abril, em Washington.

    Os recursos que estão sendo negociados fazem parte de um montante global de 3,5 bilhões de dólares disponibilizados pelo Banco Mundial para os estados do Nordeste. A operação inaugura uma nova modalidade de concessão de crédito, denominada DPL, a qual atrela os recursos apenas à categoria "investimento", ficando os estados livres para utilizá-los nos projetos que considerarem estratégicos para o seu desenvolvimento.

    No caso, o governador Eduardo Campos informou que a decisão do governo é financiar a implantação da rede de UPAs Especialidades, do sistema de escolas técnicas e do programa Caminhos da Integração, direcionado à melhoria da malha rodoviária, com a recuperação e implantação de estradas.

    Assuntos: eduardo campos, jarbas vasconcelos, apoio, senado, financiamento, banco mundial, bird, armando moneiro, humberto costa
    Compartilhe: Link para o post: