meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Município de Caruaru recebe Mutirão dos Superendividados do Procon/PE

    | Economia

    Procon-PE

    A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, através do Procon-PE, realizará de 31 de julho a 4 de agosto o Mutirão dos Superendividados, no município de Caruaru, no Agreste do Estado. A ação será realizada na sede do Procon de Caruaru, que fica localizado Av. Rio Branco, 315, no Centro da Cidade. A iniciativa do Governo do Estado tem como objetivo dar aos consumidores do município e cidades vizinhas a oportunidade de negociar as dívidas com o apoio e supervisão do órgão de defesa do consumidor.

    Participarão da ação todos os bancos, através da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban); Celpe, Compesa, TIM, Claro, Vivo, e OI. Todas as empresas, exceto os bancos, realizarão audiências na mesma hora, ou seja, o consumidor já sairá do local com uma proposta fechada de negociação. O Mutirão vem com uma proposta diferente dos atendimentos diários que acontecem no Procon/PE. As empresas participantes vão com o objetivo de oferecer negociações diferenciadas e que se adeque ao orçamento do consumidor.

    Para prestar uma reclamação, são necessários os seguintes documentos: original e cópia da carteira de identidade, CPF e do comprovante de residência, além de documentos que possam comprovar a reclamação, como: nota fiscal, ordem de serviço, fatura, comprovante de pagamento, contrato, entre outros. Caso o reclamante não seja o titular, será preciso apresentar uma procuração reconhecida em cartório.

    MUTIRÕES –  Este é o segundo realizado este ano. O primeiro aconteceu no mês de junho, no Recife, atendeu cerca de três mil pessoas e negociou cerca de R$ 3 milhões em dívidas. Desde 2015 a SJDH vem realizando mutirões de superendividados. Até agora já foram contemplados os municípios do Cabo de Santo Agostinho, Vitória de Santo Antão, Gravatá, Goiana e Arcoverde.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sjdh, procon-pe, mutirao de renegociacao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seres registra aumento de vendas na Fenearte com produtos fabricados por detentos

    | Economia

    Seres

    A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), por meio da Gerência de Educação e Qualificação Profissionalizante (GEQP), registrou um aumento de 40% nas vendas dos produtos fabricados com a mão de obra carcerária durante a 18ª Fenearte, que ocorreu de 06 a 16 de julho, no Recife.

    Num comparativo com os dois últimos anos, o valor total das vendas em 2016 pulou de aproximadamente R$ 8.600,00 para 12 mil reais. No estande da Seres foram vendidos quase 180 itens, em sua maioria fabricados na Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, com destaque para o jogo de xadrez em madeira. Os valores arrecadados serão destinados aos artesãos.    

    LOJAS – As pessoas que tiverem interesse em adquirir os produtos fabricados por artesãos do sistema prisional, podem ir às duas lojas disponíveis no Paço Afândega, no Bairro do Recife, e na Casa da Cultura, no bairro de Santo Antônio, reformada recentemente. Nos locais estão à venda as pinturas em telas, casas de boneca em madeira, banco-baú e jogos de xadrez produzidos por detentos do regime fechado ou semiaberto. A comercialização dos produtos fazem parte das ações de incentivo à profissionalização desenvolvidas pela Secretaria.  

    Serviço: 
    Paço Sustentável (Paço Alfândega)– 1º piso, loja 221 D
    Endereço: Rua da Alfândega, nº 35, Bairro do Recife  
    Funcionamento:            
    Segunda à sábado, das 10h às 18h / domingos e feriados, das 12h às 20h

    Loja Expressão (Casa da Cultura) – Cela 03
    Endereço: Rua Floriano Peixoto, s/n, bairro Santo Antonio. 
    Funcionamento:
    Segunda a sábado, 9h às 18h / domingos, 9h às 14h

    Assuntos: seres, geqp, fenearte, artesaos do sistema prisional
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco é destaque nacional no crescimento do volume e receita das Atividades Turísticas

    | Economia, Turismo

    O crescimento do estado supera o próprio índice geral do país. O turismo tem sido uma janela de oportunidades para os pernambucanos no cenário de crise que o Brasil está atravessando

    A atividade turística de Pernambuco vem apresentando um bom desempenho diante de um cenário nacional de retração para o setor. De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no primeiro trimestre deste ano, o estado de Pernambuco foi o único do Nordeste a apresentar um crescimento no Índice das Atividades Turísticas (IATUR). O crescimento foi de 6%, superando estados como Bahia, que cresceu 2,5%, e Ceará, com crescimento tímido de 0,4%, e o próprio país, que registrou queda de 7%.

    Os números da receita gerada pelos serviços ofertados pelas empresas que desempenham atividades turísticas também sofreram impacto positivo. No acumulado dos três primeiros meses do ano, Pernambuco apresenta um índice de 12%, mais uma vez superior ao índice geral do país que teve crescimento de 0,2%, no mesmo período. Pernambuco também segue à frente na receita quando comparado a Bahia, com o índice de 9%, e Ceará, com índice de 8%.

    “Pernambuco vem apresentando resultados expressivos no turismo. O setor é responsável por 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, um percentual superior, inclusive, ao de atividades como agricultura e agropecuária. O turismo vem sendo fortalecido através de ações promocionais diferenciadas na divulgação dos atrativos locais, captação de novos voos e capacitação profissional. O trabalho é diferenciado e o foco é sempre conquistar o turista”, comenta o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras. 

    A pesquisa do IBGE considera os componentes para formação do Índice de Atividades Turísticas (IATUR) as atividades como serviços de alojamento e alimentação, transportes terrestre, aquaviário e aéreo, além de serviços de agenciamento turístico, agência de viagens e operadoras. Com base no crescimento geral de Pernambuco no índice, é possível concluir que as empresas que trabalham nesses segmentos no estado vêm oferecendo mais serviços na área de turismo e que novas empresas que atuam no setor estão surgindo no mercado.

    Assuntos: iatur, seturel, felipe carreras,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Bairros de Jardim Brasil e Jardim São Paulo recebem Procon-Móvel

    | Economia

     Procon

    Para o consumidor que mora nos bairros de Jardim Brasil, em Olinda, e Jardim São Paulo, no Recife, e quer abrir uma reclamação com mais comodidade, chegou a oportunidade. Neste mês de julho a unidade móvel do Procon-PE estará realizando atendimentos nos bairros.  

    Até o dia 21 de julho, das 13h às 17h, o veículo estará estacionado na Avenida Jardim Brasil, próximo a Feira de Peixinhos. Já de 24 a 28 de julho, a unidade vai para o Recife e ficará ao lado da Delegacia do bairro de Jardim São Paulo.

    O cidadão que tiver algum problema com compra ou serviço, com lojas de móveis ou eletroeletrônica, telefonia, bancos, cartão de crédito, TV fechada, fornecimento de energia ou água poderá comparecer ao Procon-Móvel e formalizar uma reclamação e em um prazo de até 30 dias, haverá uma audiência de conciliação entre as partes – consumidor e empresa.

    O Procon-Móvel, é um micro-ônibus adaptado para o atendimento - inclusive com acessibilidade às pessoas com locomoção reduzida - onde o consumidor poderá realizar todo o processo antes feito apenas nas unidades físicas do Procon-PE.

    Para prestar uma reclamação, o consumidor que chegar ao espaço, deverá portar originais e (duas) cópias de RG (carteira de identidade), CPF, comprovante de residência, além de documentos que possam comprovar a reclamação, como nota fiscal, ordem de serviço, faturas, comprovante de pagamento, contrato, entre outros.

    Assuntos: Secid, procon-pe,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo do Estado libera R$ 1,1 milhão do FEM para o Sertão do São Francisco

    | Economia

    Repasses contemplam seis dos sete municípios da região: Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó e Santa Maria da Boa Vista

    O Governo de Pernambuco liberou em julho mais R$ 1,1 milhão em parcelas do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) para municípios do Sertão do São Francisco. A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) gerencia o FEM e é a responsável pelos repasses que, desta vez, beneficiam seis das sete cidades que compõem a região: Afrânio (R$ 181,1 mil), Cabrobó (R$ 140,9 mil), Dormentes (R$ 181,1 mil), Lagoa Grande (R$ 135,2 mil), Orocó (R$ 300,3 mil) e Santa Maria da Boa Vista (R$ 184,5 mil).

    Os recursos repassados por cada edição do FEM são divididos em quatro parcelas, liberadas de acordo com o andamento das obras. Os valores pagos neste mês correspondem às obras de 11 planos de trabalhos, em diferentes estágios de execução. A pavimentação de ruas é o tipo de obra que mais se repete, sendo assim em Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande, Cabrobó e Orocó.  

    Em Santa Maria da Boa Vista foram liberados três parcelas para três planos de trabalhos diferentes (abastecimento d’água, recuperação de prédio para instalação de unidade do Samu e recapeamento asfáltico). Já em Orocó, além dos planos de pavimentação, foram pagos valores para obras de construção de duas quadras poliesportivas descobertas, com alambrado, arquibancadas e iluminação, nos sítios Remanso e Casa Nova, além da construção de prédio para abrigar a sede da Coordenadoria da Mulher do Município.

    Márcio Stefanni, secretário de Planejamento e Gestão, ressalta o caráter gerador de emprego e renda que o FEM possui, além de ser uma ação que garante um caminho para a travessia deste momento de crise. “O País todo passa por crise, mas Pernambuco passa de forma diferente e o FEM é uma das formas que a gente tem de amenizar a dificuldade, uma parceria entre o Estado e todos os municípios de Pernambuco, que se transforma em calçamento, numa ligação de água no interior, entre outras obras escolhidas pelo prefeito de acordo com as demandas da população”, afirmou o secretário.

    Adilson Gomes Filho, secretário executivo de Apoio aos Municípios da Seplag, afirmou que, além das liberações que foram assinadas em Petrolina no último dia 14, foi realizada uma importante reunião da equipe da Seplag com três secretários da prefeitura de Petrolina para tratar do FEM no município. “O objetivo da reunião de trabalho foi destravar o FEM em Petrolina. Problemas que se arrastavam desde a gestão passada foram solucionados durante a conversa e o Fundo agora está com o caminho livre para continuar ajudando a população da cidade”, afirmou.           

    Além das parcelas para o Sertão do São Francisco, a Seplag ainda liberou valores para um plano de trabalho em Santa Filomena (R$ 55,2 mil), cidade do Sertão do Araripe. Desde 2015, o Governo do Estado já repassou R$ 143 milhões para obras em todos os municípios de Pernambuco. Só para o Sertão do São Francisco já foram R$ 6,5 milhões liberados.        
     
    Assuntos: sefaz, fem, sertao, afranio, cabrobo, dormentes, lagoa grande, oroco, santa maria da boa vista
    Compartilhe: Link para o post:
  • Novos contribuintes estarão obrigados a emitir Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

    | Economia, Fisco

    nota fiscal

    Os contribuintes que se inscreverem no Cadastro de Contribuintes do Estado de Pernambuco (Cacepe), a partir de 1º de agosto, estarão obrigados a emitir a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e). A obrigatoriedade foi estabelecida através do Decreto nº 44.691/2017, de 10 de julho de 2017. Esses contribuintes não serão autorizados a utilizarem o Equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECP), sendo vedada a eles a emissão de cupom fiscal e da Nota Fiscal de Venda ao Consumidor (NFVC).

    O decreto também estabelece que os antigos contribuintes, inscritos no Cacepe antes de 1º de agosto de 2017, terão que adotar a NFC-e de forma definitiva a partir de 2018. Será publicada uma portaria pela Secretaria da Fazendo do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE) estabelecendo o calendário para a adoção obrigatória da NFC-e por esses contribuintes, tendo como base a atividade econômica específica de cada um deles.

    A NFC-e é um documento de existência digital, emitido e armazenado eletronicamente, que tem o objetivo de documentar as operações comerciais de venda presencial ou de venda para entrega no domicílio do consumidor, efetuadas dentro do Estado. Em comparação ao cupom fiscal e a NFVC, a NFC-e traz vantagens para o contribuinte tais como redução de gastos com papel, possibilidade de utilização de qualquer impressora e simplificação nas obrigações correlatas à emissão.

    A longo prazo, a NFC-e tem como objetivo substituir tanto o Cupom Fiscal quanto a NFVC. Atualmente, a regra geral é que os estabelecimentos comerciais que vendam para o consumidor final, como é o caso de bares e restaurantes, emitam cupom fiscal. Já para empresas cadastradas no Simples, que estejam em determinadas faixas de faturamento anual, ainda é possível o uso da NFVC, que possui menor grau de informatização. Nos dois casos será exigida a emissão da NFC-e no próximo ano.

    A Sefaz-PE disponibilizou em seu site o Manual da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica que esclarece eventuais dúvidas acerca do uso da NFC-e. Para acessar o manual, o contribuinte deve clicar na aba de “serviços”, depois ir para a opção “Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica” e, por fim, acessar o link “Guia da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica”. O endereço para acesso imediato ao manual é https://www.sefaz.pe.gov.br/Servicos/Nota-Fiscal-de-Consumidor-Eletronica/Paginas/Guias-e-Procedimentos.aspx.

     

    Assuntos: sefaz, nota fiscal eletronica,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Planos de Melhoria da Competitividade são entregues ao setor de laticínios e de vitivinicultura

    | Economia

    Pro-APL

    A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) apresentou os Planos de Melhoria da Competitividade para os setores de laticínios do Agreste Meridional e de vitivinicultura do Sertão do São Francisco. A apresentação ocorreu em encontros com representantes nas cidades de Garanhuns e Petrolina, respectivamente, nessa terça (11) e quarta-feira (12). Elaborado com o apoio de uma consultoria especializada, o documento traz um diagnóstico das regiões e apresenta linhas de ação direcionadas à implementação de inovações nos arranjos produtivos envolvidos, possibilitando alavancar a competitividade na produção local.

     A elaboração dos Planos faz parte do Programa de Produção e Difusão de Inovações para a Competitividade dos Arranjos Produtivos Locais (ProAPL), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e coordenado pela Secti, sendo executado através do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep). “Queremos fortalecer a inserção competitiva dessas empresas nos mercados-alvos, compreendendo o mercado local e a inserção de mercados internacionais” explica Luciana Távora, diretora de Articulação da Secti e gestora do ProAPL.

     Entre as ações apresentadas pelo Plano de Melhoria de Competitividade para desenvolver a produção de leite e de uva, além dos produtos derivados, estão, por exemplo, investimentos em laboratórios para melhorar a qualidade das frutas, capacitações para os profissionais envolvidos e aquisição de máquinas mais modernas. Os Planos propõe ainda estabelecer uma convergência de ações e programas, coordenando investimentos entre setores públicos e privados para fomentar a articulação das entidades federais, estaduais e locais promotoras de Arranjos Produtivos Locais (APLs).

    Como etapa seguinte, a secretaria e o comitê gestor (formado por membros do governo e empresários do setor) deverão definir as ações prioritárias e aprimorar a governança para capitanear outros recursos, direcionados a novas metas. O desenvolvimento do ProAPL faz parte da Estratégia de Ciência, Tecnologia e Inovação para Pernambuco, guia elaborado pela secretaria para nortear as políticas públicas da área, como uma ação que valoriza a diversidade territorial e busca promover a aceleração da inovação para gerar desenvolvimento.   

    APLs - Os Arranjos Produtivos Locais são grupos de empresas localizadas em um mesmo território que apresentam especialização produtiva e mantém algum vínculo de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si. O principal objetivo do Programa Pro-APL é dinamizar as estruturas empresariais e gerar renda e emprego, dividindo-se nas áreas de Gesso, Confecções, Laticínios e Vitivinicultura.

    Cidades: Garanhuns, Petrolina
    Assuntos: secti, proapl, , itep, vitivinicultura, laticinio, luciana tavora
    Compartilhe: Link para o post:
  • Gás Natural avança na Zona Norte do Recife

    | Economia

    gas

    O Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, celebra a perspectiva de crescimento em clientes residenciais e comerciais da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), de quase 50% da sua carteira atual, a  partir da conclusão dos gasodutos na Zona Norte do Recife, até o final de 2018. Hoje, com quase 28 mil consumidores de gás natural nesses segmentos, a Copergás projeta, em capacidade de atendimento, a conquista de mais de 13 mil novos clientes, que podem ser contemplados com o conforto, a economia e a segurança do gás natural canalizado.

    O Bolsão Zona Norte, com investimento de R$ 28,5 milhões, terá aproximadamente 95,2 km de extensão, em 16 bairros do Recife. O volume de distribuição de gás natural nos segmentos residencial e comercial da Copergás, hoje, alcança uma media de 17,5 mil m³/dia. Com a conclusão da obra, haverá um acréscimo de 8,7 mil m³/dia.

    O projeto está sendo realizado em três etapas: a construção do Bolsão Zona Norte 01, que abrange os bairros da Madalena e Torre, e do Bolsão Zona Norte 02, que inclui Espinheiro, Graças, Jaqueira, Aflitos, Rosarinho e Encruzilhada. Esse processo está em fase de conclusão e o abastecimento de gás natural terá início em setembro deste ano, a partir da instalação de Estações Redutoras de Pressão (ERP´s). Já o Bolsão Zona Norte 03, última fase do projeto, que contemplará os bairros de Casa Forte, Apipucos, Monteiro, Casa Amarela, Parnamirim, Tamarineira, Prado e Torreão terá obras iniciadas em outubro, com término previsto para o segundo semestre de 2018. 

    É a modernidade chegando através dos gasodutos. “Para isso, pedimos a compreensão  dos moradores dessas vias, que, com o término das obras, contabilizarão muitos ganhos. Até o final de setembro, todas as obras dos bolsões fase 01 e 02 estarão concluídas”, assegura  o gerente de Comercialização do Segmento Residencial e Comercial da Copergás, Anderson Andrade.

    O gestor explica que as obras foram pensadas para conferir mais segurança, conforto e  mobilidade para as pessoas. “A Copergás realiza suas obras no período noturno, das 22h às 5h,  e libera as vias nas primeiras horas da manhã. Toda a construção é realizada pelo Método Não Destrutivo (MND), sistema moderno para construção de dutos, que dispensa a abertura de valas”.

    Hoje, na Região Metropolitana do Recife, o gás natural residencial e comercial já abastece os bairros do Pina, Boa Viagem, Barra de Jangada, Candeias, Piedade, Cabo, Camaragibe, Paulista e Vitória de Santo Antão. A rede de distribuição da Copergás ultrapassa os 730 km de gasodutos.

    Por que o Gás Natural é a melhor opção?  “O Gás natural oferece diversas vantagens, entre elas, o fornecimento contínuo, sem a necessidade de estocagem e compra antecipada de botijões, e a  facilitação na mobilidade urbana, já que o transporte não é feito por caminhões, entre outros benefícios”, responde Anderson Andrade.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdec, copergas, recife, gas natural
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sefaz-PE concede oportunidade para pagamento do IPVA sem multa de notificação

    | Economia, Trânsito

    ipva

    A Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE) enviará uma correspondência, a partir desta sexta-feira (7), para cerca de 56 mil contribuintes que possuem débitos referentes ao IPVA, concedendo a eles a oportunidade de pagarem o imposto sem serem notificados. Esses contribuintes terão até o próximo dia 28 de julho para quitarem o débito sem a penalidade da multa da notificação. Entretanto, irão arcar com os encargos decorrentes do atraso no recolhimento do imposto. Esses 56 mil contribuintes estão incluídos no segundo lote de cobrança de débitos do IPVA realizada pela Sefaz-PE este ano.

    Os contribuintes inseridos no contingente que não realizarem o pagamento até 28 de julho serão notificados pela Sefaz-PE. A notificação de débito trará multa de 100% sobre o valor corrigido do IPVA. Eles terão um prazo estipulado pela notificação para quitarem o débito. Se a quitação ocorrer dentro desse prazo e for feita à vista, essa multa de 100% é reduzida pela metade.

    Se o contribuinte revelar o interesse em parcelar o pagamento do débito também será possível diminuir o valor da multa. No caso do pagamento parcelado em até 10 parcelas, desde que os valores dessas não sejam inferiores a R$ 100, a multa é reduzida em 30%. Os contribuintes que não efetuarem o recolhimento até as datas previstas nas notificações serão inscritos na Dívida Pública do Estado.

    Opções para emissão do Documento de Arrecadação

    Os contribuintes que já foram notificados em 04/07/2017, ou seja, aqueles que estavam incluídos no primeiro lote de cobrança podem emitir os Documentos de Arrecadação (DAE) para pagamento do IPVA, à vista ou parcelado, no site da Sefaz-PE (www.sefaz.pe.gov.br) ou, no caso de ser à vista, também no site do Detran (www.detran.pe.gov.br).  Esses contribuintes ainda poderão procurar qualquer uma das Agências da Receita Estadual (ARE), inclusive a Gerência de Segmento do IPVA localizado na Sede do Detran, bem como o atendimento do TeleSefaz (0800.285-1244/ 3183.6401), para tirar dúvidas ou regularizar seus débitos.

    Assuntos: sefaz, ipva, multa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Empresas da Mata Norte terão melhoria no suprimento de energia

    | Economia

    Atendendo à solicitação das empresas instaladas na Zona da Mata Norte de Pernambuco, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC), solicitou ao Ministério de Minas e Energia a inclusão da expansão da Rede Básica da região entre os lotes que devem ser leiloados em dezembro deste ano pelo Governo Federal. O encaminhamento é resultado de uma série de reuniões envolvendo as principais lideranças do setor elétrico nacional, motivadas pelo encontro entre o vice-governador e secretário Raul Henry junto ao empresariado dos polos Vidreiro e Farmacoquímico, em fevereiro deste ano.

    Empresas como Vivix, Klabin e Hemobrás queixam-se de interrupções e perturbações no suprimento de energia, prejudicando o processo produtivo, que sofrerá expansões ao longo dos próximos anos. A avaliação da SDEC, em conjunto com o setor elétrico, é de que o atendimento pode ser significativamente aperfeiçoado com a transferência do Sistema Goianinha para o Sistema Pau Ferro - um conjunto mais robusto devido à interligação com os anéis de 230kV e 500kV da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).

    A expansão da Rede Básica leva em consideração a operação da linha de transmissão de 230kV que atenderá ao Polo Automotivo de Goiana, em 2018, a partir do Sistema Pau Ferro, possibilitando o acesso a outras cargas da região. “Além de impulsionar de forma consistente o progresso da Zona da Mata Norte, a instalação da fábrica da Jeep aproximou o sistema de 230kV, a partir de Pau Ferro, para perto de outras cargas, incrementando a confiabilidade e a qualidade da energia fornecida”, destaca o secretário executivo de Energia, Luiz Cardoso Ayres Filho.

    Além da SDEC, participaram das reuniões realizadas durante os últimos meses representantes do Ministério de Minas e Energia, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

    Assuntos: sdec, mata norte, raul henry, polo vidreiro, polo farmacoquimico, energia eletrica
    Compartilhe: Link para o post: