meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Itep é referência na análise de frutas para exportação

    | Economia, Tecnologia

     Itep

    Na contramão da crise, a exportação de frutas continua alavancando a economia brasileira. Só em 2016, o setor movimentou mais de 700 mil dólares segundo dados da Associa­ção Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abra­frutas). A qualificação das frutas em atendimento às exigências da União Europeia está entre os principais pontos que contribuíram para o crescimento e consolidação do segmento. O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) é referência na realização de análises para atestar e elevar a qualidade das frutas made in Brasil, atendendo todo o país, com destaque para os produtores do Vale do São Francisco, que hoje já é responsável por 99% de toda exportação nacional de uva e 85% de todas as mangas exportadas pelo Brasil, de acordo com informações da Associação de Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Fran­cisco (Valexport).

    A gerente do Núcleo Alimento Seguro e Sustentável do Itep, Adélia Araújo, ressalta que o trabalho desenvolvido pelo instituto segue os critérios de qualidade e de rastreabilidade exigidos pelo mercado, em especial o importador. Cada fruta passa por uma avaliação minuciosa para verificar a existência de resíduos de agrotóxicos, englobando mais de 500 compostos. As análises realizadas pelo Itep são acreditadas (ISO/IEC 17025), credenciadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Anvisa e Inmetro. O resultado é um serviço confiável e com nível de excelência abalizado pela União Europeia.

    O reconhecimento das soluções e serviços oferecidos tem relação com o investimento em pesquisa e capital humano. “Nossos profissionais são comprometidos em estudar soluções. A nossa equipe tem mestres, doutores e técnicos especializados que participam de treinamentos, feiras, palestras e eventos científicos no Brasil e no exterior”, destaca a gerente.

    QUALIFRUIT.COM - Para incentivar a exportação de frutas do Vale de São Francisco para a Europa, o Itep desenvolveu, em parceria com o Governo de Pernambuco, um programa de acompanhamento à inspeção das frutas realizada no Porto de Roterdã, na Holanda, porta de entrada de todo o material produzido no Sertão pernambucano. Iniciado em 2010 e mantido até 2015, o programa pioneiro no país foi decisivo para a consolidação das frutas do Vale do São Francisco no mercado europeu. “O Qualifruit funcionava como o olho do produtor no exterior. Através das informações das condições e da qualidade das frutas, os produtores ganham poder na negociação de preço de venda e definição de mercado, além da possibilidade de identificar melhorias de produção, embalagem e transporte”, explica Adélia Araújo.

    Assuntos: itep, semptec, exportação, abrafrutas, governo de pernambuco, Vale do São Francisco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara discute parcerias com Dirigentes Lojistas de Pernambuco

    | Economia

    Camara Dirigentes

    O governador Paulo Câmara recebeu, nesta terça-feira (23.05), no Palácio do Campo das Princesas, representantes Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Pernambuco (FCDL-PE) para discutir assuntos de interesse do comércio em Pernambuco. Na ocasião, os gestores conversaram sobre políticas tributárias e possíveis novas parcerias com a Secretaria de Defesa Social, visando o reforço da segurança nos principais centros comerciais do Estado. Outras duas reuniões com a Secretaria da Fazenda e com a SDS serão realizadas, em breve,  para a formalização das ações.

    Também participaram do encontro o vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; os secretários estaduais Marcelo Barros (Fazenda) e Angelo Gioia (Defesa Social); o deputado estadual Tony Gel; o presidente da FCDL-PE, Adjair Soares; o presidente da CDL Recife, Eduardo Catão;  o presidente da CDL Caruaru, Márcio Porto; o presidente da CDL Garanhuns, Luiz Carlos Andrade; a presidente da CDL Timbaúba, Maria Edileuza Pedrosa; o coronel da CDL Recife e FCDL-PE, Eduardo Oliveira; e o consultor de projetos da FCDL-PE Wamberto Barbosa.

    Foto: Wagner Ramos/SEI
    Assuntos: paulo camara, fcdl-pe,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Aluno do Novos Talentos, pedreiro muda de profissão e vira fabricante de cupcakes em Petrolina

    | Economia, Educação, Emprego

    Novos Talentos


    O ex-pedreiro Joselito dos Santos, de 38 anos, casado e pai de quatro filhos, está trocando de profissão mas continua com a mão na massa: ele foi um dos 44 alunos certificados, em maio, no curso de Fabricação de Cupcakes do programa Novos Talentos, da Secretaria Estadual da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (Sempetq) que, desde 2011, vem garantindo o acesso à capacitação e à qualificação profissional dos trabalhadores e empreendedores de Pernambuco. O curso, ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Senai, em convênio com a secretaria, surgiu como uma alternativa para aumentar a renda da família depois que Joselito teve problemas de saúde nos joelhos, decorrentes do ofício, e passou a procurar qualificações profissionais para desenvolver uma nova atividade. 

    Agora, com a nova profissão, o ex-pedreiro atingiu seu objetivo de trabalhar em sua própria casa, produzindo cupcakes. “Convidei a família, amigos e vizinhos para uma degustação e imediatamente todos aprovaram. Hoje estou vendendo para a padaria e o mercadinho do bairro de Areia Branca, onde moro”, comemorou Joselito. “Nunca imaginei migrar profissionalmente para gastronomia mas estou muito satisfeito e ansioso para iniciar novos cursos que possam expandir meu negócio. O próximo passo será a formalização”, completou.

    Durante o curso, os alunos desenvolveram habilidades técnicas na preparação de recheios, coberturas, massas diversas e cremes, técnicas de fabricação e decoração, respeitando as normas de Boas Práticas de Elaboração, Legislações específicas, Normas de Segurança e Saúde do Trabalho e Preservação Ambiental. “Diante dessa crise, o Governo do Estado tem demonstrado preocupação com a qualificação do trabalhador. Essa iniciativa é maravilhosa, pois nos permite construir o próprio negócio e gerar renda”, disse a empreendedora Socorro Pereira, 26 anos.

    “É de suma importância levar formação profissional para todas as regiões do Estado, em especial para lugares distantes da Região Metropolitana do Recife. Petrolina tem um segmento forte da parte de doces e bolos e o curso garantiu o aperfeiçoamento de habilidades e desenvolvimento de produtos” ressaltou a gerente geral de Qualificação da Sempetq, Fernanda Lessa.


    Cidades: Petrolina
    Assuntos: sempetq, novos talentos, petrolina, fabricação cupcake
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco ganha primeiro hotel com geração de energia a gás natural

    | Economia

     Luzeiros

    Acompanhando as diretrizes do Governo do Estado de Pernambuco, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, através da Companhia Pernambucana de Gás – Copergás avança com sua meta de distribuir o Gás Natural em todo Estado e realiza sua primeira interligação para geração de energia no segmento hoteleiro. O novo Hotel Luzeiros, situado no Pina, é abastecido pelo combustível e com isso contabiliza uma redução média de até 30% em seus custos com eletricidade.

    Atualmente, a Copergás já abastece 19 hotéis com gás natural, para preparação de alimentos e aquecimento de água, especificamente. No Hotel Luzeiros, a utilização do produto para geração da energia elétrica chega para minimizar os gastos com o funcionamento de elevadores, sistemas de refrigeração,  entre outros equipamentos.

    A Copergás  quer expandir a geração de energia para todo o parque hoteleiro da Zona Sul, onde já existe uma rede de gasodutos que atende a área. O diretor-presidente da distribuidora pernambucana, Roberto Fontelles, comemora o pioneirismo comercial da Companhia e ressalta: “A economia e a eficiência no consumo motivam os empreendimentos hoteleiros. O Gás Natural oferece menor custo,  fornecimento contínuo, tem um baixíssimo nível de emissão de poluentes e é entregue por uma rede com alto grau de confiabilidade”.

    De acordo com o gerente de Comercialização Residencial e Comercial, Anderson Andrade, para dotar o Luzeiros de gás natural, a Copergás interligou o hotel  à rede de distribuição por meio de um ramal em PEAD (Polietileno de Alta Densidade); para o abastecimento de aproximadamente 7.000 m³/mês de gás natural.  “Para a geração dessa energia o hotel utiliza  uma máquina de 400 KVA e tem como parceiro no projeto a Ecogen, Empresa de Soluções Energéticas”, explica Andrade.

    A DISTRIBUIÇÃO EM PERNAMBUCO - O gás natural já atende diversos setores produtivos pernambucanos, tanto no segmento industrial como no comercial, e oferece suporte aos grandes empreendimentos que permite a expansão de ações estratégicas para a interiorização do desenvolvimento, com a recente conclusão do Gasoduto Caruaru-Belo Jardim, e o crescimento do Estado.  Destaque para a evolução dos segmentos residencial/comercial que, a partir de 2016, iniciou um novo trajeto e a expansão vai abranger 20 novas localidades, na Região Metropolitana do Recife, entre elas, os bairros das Graças, Espinheiro, Aflitos, Torre e Madalena, que já começaram a ganhar os primeiros gasodutos. Hoje, já são atendidos os bairros de Boa Viagem, Pina, Barra de Jangada, Candeias, Piedade, Paiva e as cidades de Camaragibe, Paulista e Vitória de Santo Antão. A rede de distribuição da Copergás é de 723 km, localizados em 28 municípios pernambucanos.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sdec, copergas, geração energia, gás natural, governo de pernambuco,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sefaz-PE e parceiros promovem palestras sobre o Simples Nacional

    | Economia, Fisco


    Evento será voltado para empresários e contadores do Sertão de PE

    A Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE) vai realizar, em parceria com o Conselho Regional de Contabilidade de Pernambuco (CRC-PE), o Sebrae e a Receita Federal, o Seminário Crescer sem Medo, que tem o objetivo de explicar as alterações do Simples Nacional, trazidas pela Lei Complementar Nº 155/2016. O evento vai ocorrer nos municípios de Araripina e Serra Talhada e terá como público-alvo os empresários e contadores do Sertão de Pernambuco.   

    As palestras serão ministradas pela gerente do Segmento de Microempresa da Sefaz-PE e representante do Simples Nacional em Pernambuco, Myrian Prazim. Os encontros vão ocorrer nos dias 17 de maio, em Araripina, e 18 de maio, em Serra Talhada. A palestra de Araripina ocorrerá das 14h às 17h, na sede do Sebrae Araripe. Já em Serra Talhada, o evento acontecerá no Centro Tecnológico do Pajeú, também das 14h às 17h.

    De acordo com Myrian Prazim, além de explicitar as mudanças trazidas pela lei, ela também falará sobre detalhes dos procedimentos de exclusão de ofício por débitos adotados no Estado. “A exclusão do Simples pode ser feita pelo próprio contribuinte que verificar que não se enquadra mais nos critérios para esse regime. Porém, o Estado também pode fazer essa exclusão de ofício se verificar que o contribuinte incorreu em alguma hipótese de vedação ou impedimento”, explica.

    Myrian Prazim considera que as maiores dúvidas dos contribuintes em relação à Lei Complementar Nº 155/2016 dizem respeito às mudanças nas regras sobre o limite de faturamento para que as empresas se enquadrem no Simples Nacional. Ela enfatiza que a alteração do limite alcançará os tributos federais, mas não os impostos estadual e municipal. "No que se refere à nova legislação, as maiores dúvidas estão relacionadas ao novo limite de faturamento, mas eles não se aplicam ao ICMS, por exemplo”, informa.

    A ampliação do limite de faturamento para que as empresas se enquadrem no Simples Nacional é um dos aspectos mais marcantes da nova legislação. Atualmente, como Pernambuco não adota sublimite, as empresas com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões estão enquadradas no Simples Nacional para efeitos de tributação municipal, estadual e federal. Com a lei, a partir de 2018, o limite de faturamento será estendido para R$ 4,8 milhões apenas em relação aos tributos federais. Quanto ao limite de faturamento do Micro Empreendedor Individual (MEI), o valor será ampliado dos atuais R$ 60 mil ao ano para R$ 81 mil.

    Cidades: Araripina, Serra Talhada
    Assuntos: sefaz-pe, crc-pe, sebrae, recita federal, seminario crescer sem medo, Lei Complementar Nº 155/2016,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara e cônsul geral da França em Pernambuco discutem renovação de Acordo de Cooperação

    | Economia, Educação, Turismo
    Consul França

    A parceria, realizada entre a região Occitanie e o Estado, deverá ser sacramentada após Missão francesa, em novembro


    A realização de parcerias nas áreas de tecnologia, economia criativa, educação e negócios foi tema de reunião, nesta quarta-feira (10.05), entre o governador Paulo Câmara e o cônsul geral da França em Pernambuco, Romain Louvet. Durante o encontro, realizado no Palácio do Campo das Princesas, os dois discutiram a renovação do Acordo de Cooperação, iniciado em 2014, entre Pernambuco e a região Occitanie, localizada no país europeu. Além de ser uma troca de experiências exitosas, o acordo compreende o fomento à cooperação econômica e ao intercâmbio acadêmico.
     
    A primeira etapa para a renovação do acordo acontecerá em novembro deste ano, quando será realizada a primeira Missão dos franceses em Pernambuco. “O vice-presidente da Região Occitanie virá ao Estado para discutir os termos e assuntos de interesse que serão objeto da cooperação. Depois que os representantes das duas partes chegarem a um consenso, a presidente da região virá, no início de 2018, para firmar o Acordo de Cooperação definitivamente”, esclareceu a secretária-executiva de Relações Internacionais, Rachel Pontes.
     
    A cooperação tem foco nas áreas de tecnologia, pesquisas e desenvolvimento, além de parcerias com as universidades “Eles têm interesse em desenvolver setores em que existe uma coincidência entre as características da Região de Occitanie e o Estado de Pernambuco. Turismo é uma dessas áreas, assim como toda a parte de tecnologia, economia criativa e linguagem digital, que é uma força de Pernambuco e na qual eles também têm bastante expertise”, explicou Rachel. Atualmente, a região Occitanie tem uma parceria firmada com o Porto Digital, abrangendo o desenvolvimento de software, de games e, ainda, a área audiovisual.
     
    Outro ponto do Acordo de Cooperação será o fomento ao ensino da língua francesa. A ideia inicial é implementar programas-piloto para ensinar francês aos alunos do Ensino Médio da rede pública.
     
    Também participaram no encontro o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; o secretário de Turismo, Esporte e Lazer, Felipe Carreras; o secretário-executivo de Gestão de Rede da Secretaria de Educação, João Charamba; o secretário-executivo de Ciência e Tecnologia, Leonildo Sales; o adido cultural do Consulado Geral da França no Recife, Guillaume Ernst; a assessora de Comunicação da França no Recife, Margot Gallot; o diretor-presidente da Facepe, Abraham Sicsu; a coordenadora do Programa Ganhe o Mundo, Renata Serpa; e a gerente-geral de Cooperação Internacional, Gabriela Freitas.

    OCCITANIE – A Região Occitanie é localizada no sudeste da França e originou-se da fusão das regiões Midi-Pirenee e Langedoc-Roussilion, por meio de um processo nacional de fusões territoriais, iniciado em 2014 e concluído em 2016, cujos principais objetivos eram a redução de despesas e a modernização e simplificação da Administração Pública Francesa.


    Fotos: Wagner Ramos/SEI
    Assuntos: paulo camara, assessoria especial, governo de pernambuco, consul geral da frança, romain louvet, acordo de cooperação,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Refinaria Abreu e Lima vai concluir obras para ampliar produção

    | Economia, Suape
    Petrobras

    Paulo Câmara e Pedro Parente discutem investimentos da Petrobras em Pernambuco

    RIO - A Refinaria Abreu e Lima (RNEST) vai concluir as obras do chamado primeiro trem de refino que permitirá a ampliação da produção para 115 mil barris por dia. Isso representa um aumento de 15% na atual capacidade da unidade localizada no Porto de Suape. A informação foi repassada pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, ao governador Paulo Câmara, que esteve, hoje (09/05/17), na sede da empresa para conversar sobre os projetos da estatal em Suape.

    "É muito importante que a Refinaria tenha sustentabilidade. Apesar de toda a crise pela qual passou o Brasil e, principalmente, a Petrobras, o presidente se mostrou aberto à manutenção dos investimentos que a empresa tem no nosso Estado", avaliou Paulo.

    Outro ponto da conversa entre o governador e o presidente da Petrobras foi a venda da Petroquímica Suape e da Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (Citepe) para o grupo mexicano Alpek. A aquisição depende agora apenas da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). "A entrada da Alpek no setor petroquímico do Estado foi uma boa notícia para Pernambuco. O presidente Parente nos informou que a Alpek tem todo o interesse em ampliar os investimentos nas duas unidades de Suape", detalhou o governador.

    A reunião na Petrobras contou com a participação do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry, do secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, do presidente do Conselho de Administração da Copergás, José Jorge, e do diretor de Planejamento e Gestão do Porto de Suape, Jaime Alheiros.


    Foto: Ennio Benning/SEI
    Assuntos: paulo camara, governo de pernambuco, brasilia, refinaria abreu e lima, rnest, suape, petrobras, pedro parente, petroquimica suape, companhia integrada textil de pernambuco, citep,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estado assina acordo com BNDES para avaliar o futuro da Copergás

    | Economia, Segurança
    BNDES

    Governador Paulo Câmara também avançou nas negociações para obter empréstimo de R$ 600 milhões do banco de fomento 
     
    RIO - O governador Paulo Câmara e a presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, assinaram, nesta terça-feira (09/05), um acordo de cooperação técnica entre o Estado e o banco para planejar e estruturar as possíveis ações futuras da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás). A parceria permitirá avaliar as condições do mercado para análise de parcerias da empresa com o setor privado.

    "Estamos iniciando esse processo de avaliação juntamente com o BNDES. Esta é uma forma de manter a Copergás fazendo os investimentos necessários para ampliar a rede de gás em Pernambuco. Muito já foi feito, mas novas parcerias privadas podem aumentar o papel da empresa na economia do Estado", disse o governador de Pernambuco.

    Paulo Câmara também tratou com Maria Sílvia dos novos empréstimos do BNDES a Pernambuco. O Estado recebeu autorização do Governo Federal para fechar novas operações de crédito no montante de até R$ 600 milhões.

    "Avançamos nos entendimentos para que esses recursos sejam destinados às áreas prioritárias do nosso Governo, que são Educação, Recursos Hídricos, estradas e Segurança Pública", informou Paulo Câmara.

    Além da construção de novas escolas em tempo integral, o Governo de Pernambuco pretende usar o dinheiro do empréstimo do BNDES, por exemplo, para a aquisição 700 motos e de dois helicópteros no Plano de Segurança Pública e também para destinar a diversas obras hídricas no Agreste e no Sertão do Estado.

    A reunião no BNDES teve as participações do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry, do secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, e do presidente do Conselho de Administração da Copergás, José Jorge.


    Fotos: Ennio Benning/SEI
    Assuntos: Paulo camara, governo de pernambuco, bnds, copergás, educação, recursos hidricos, segurana
    Compartilhe: Link para o post:
  • Cadastro do Chapéu de Palha da Cana começa nesta segunda-feira (8)

    | Economia, Emprego, Direitos Humanos

    chapéu de palha Cana

    Trabalhadores e trabalhadoras podem se inscrever no programa até o dia 12 de maio, na Mata Norte, e de 22 a 26 deste mês na Mata Sul

    O cadastro do programa Chapéu de Palha para os trabalhadores e trabalhadoras da palha da cana começa nesta segunda-feira (8/05). Essa modalidade do programa é voltada para os municípios da Zona da Mata de Pernambuco, o cadastramento na Mata Norte ocorre de 8 a 12 de maio e, na Mata Sul, de 22 a 26 deste mês. O interessado que quiser saber sobre os locais de cadastro ou tirar qualquer outra dúvida pode ligar grátis para o número 0800.282.5158.

    Para ser beneficiário do Chapéu de Palha, o trabalhador ou trabalhadora da zona canavieira precisa ter mais de 18 anos e ter trabalhado na última safra por pelo menos trinta dias seguidos, além de morar em um dos municípios beneficiados da Zona da Mata do Estado (ver a lista completa abaixo). Também pode se inscrever quem foi dispensado de 1º de Janeiro a 20 de abril de 2017 (função exclusiva de trabalhador rural).

    Os interessados precisam comparecer a um dos pontos de cadastro com a seguinte documentação: originais e cópia da carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, rescisão do contrato de trabalho, comprovante de residência ou declaração do sindicato de comprovação de residência e o cartão cidadão ou o cartão do programa Bolsa Família (número do NIS ou PIS).

    O Chapéu de Palha é coordenado pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e este é o 11º ano consecutivo do programa, desde que foi reeditado pelo Governo do Estado em 2007. Durante o período da entressafra da cana, os trabalhadores inscritos no Chapéu de Palha recebem um auxílio financeiro complementar ao programa federal Bolsa Família de até R$ 256,42.

    Márcio Stefanni, secretário de Planejamento e Gestão, ressalta o esforço do Governo do Estado em manter o programa mesmo em um período de restrição fiscal. “O Chapéu de Palha é uma prioridade e o governo de Paulo Câmara vem tratando este programa como essencial para os trabalhadores pernambucanos, sejam da palha da cana, da pesca artesanal ou da fruticultura irrigada. Só nos dois primeiros anos do atual mandato o Chapéu de Palha beneficiou quase 100 mil pessoas”, afirma o secretário.

    A edição 2017 do Chapéu de Palha encerrou o cadastramento para os beneficiários da modalidade da Pesca Artesanal no último dia 27 de abril e, em janeiro, realizou a inscrição de mais de 9 mil pessoas na fruticultura irrigada. Estes últimos já estão recebendo a bolsa. Com o cadastramento da cana, o Chapéu de Palha encerra a fase de inscrições desta edição do programa. 

    Fotos: Douglas Fagner/Divulgação

     
    Assuntos: chapeu de palha, palha da cana, inscrição,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Condepe/Fidem lança primeira edição do Informe Sensor, uma análise sobre as atividades econômicas locais

    | Economia

      

    A Agência CONDEPE/FIDEM, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão, lança o primeiro número do informe Sensor, publicação mensal destinada àqueles interessados em acompanhar as análises conjunturais sobre as atividades econômicas locais, principalmente aquelas de grande repercussão sobre os níveis do Produto Interno Bruto (PIB) e do Emprego Estaduais. Nesse primeiro número é abordado o desempenho do polo automotivo estadual, que está completando dois anos em operação e os principais resultados alcançados. 

    O Sensor é, ao mesmo tempo, um instrumento compacto e profundo, que busca inovar na forma de divulgação de análises técnicas elaboradas no âmbito do setor público. Reflete uma preocupação com os dirigentes e executivos, tanto do setor privado quanto do setor público, bem como os profissionais das áreas técnicas nos mais variados escalões, que não dispõem de muito tempo para acompanhar informações com altos níveis de complexidade.

    Foi definida, portanto, essa forma compacta para o novo produto, visando suprir a escassez de tempo desses atores sociais na busca rápida de informações, que, por vezes, em outras mídias, apesar de compactas, podem gerar avaliações confusas.

    Sensor

    Assuntos: seplag, condepe/fidem, informe sensor, análises conjunturais sobre atividades economicas, pib, emprego estatuais
    Compartilhe: Link para o post: