meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Direitos da mulher é tema de palestra na Funape

    | Social, Direitos Humanos

    funapeTendo como parte da proposta de integrar os segurados e servidores aos assuntos referentes à melhoria da qualidade de vida, a Funape promoveu na quinta-feira (8), o evento Luta – Uma palavra feminina, para homenagear a conquista da cidadania no Dia Internacional da Mulher.

    As mulheres foram recebidas em um café da manhã e tiveram sessões de massagem, antes de assistirem a palestra: Direitos da Mulher, ministrada pela representante da Secretaria Estadual da Mulher, Cristiane Lina. A palestrante iniciou sua apresentação com uma abordagem sobre as diferenças de gênero e repassou aos presentes a nova conquista da Comissão de Direitos Humanos do Senado (CDH) que aprovou, na terça-feira (6), o projeto de lei que multa as empresas que pagarem salários inferiores às mulheres que ocupam o mesmo cargo dos homens.“As diferenças salariais existem e é necessário que se haja respeito em relação à mulher enquanto sujeito político na sociedade. Precisamos lutar para que o Brasil se torne, de fato, uma democracia. Mulheres e homens são iguais perante a lei e é preciso que isso exista na prática”, afirmou Cristiane.

    Outra grande conquista feminina destacada foi a lei Maria da Penha que cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher. A lei também prevê que o agressor poderá pegar pena de até três anos, com a saída do agressor do domicílio, proibindo a sua aproximação da mulher agredida.

    “Hoje, no Estado, contamos com o auxílio do Centro de Atendimento às Mulheres, as casas de abrigo, redes de atendimento à mulher, organizações municipais e as seis Delegacias da Mulher. É essencial que a população também participe e denuncie os casos de violência”, alertou.

    Cristiane também falou sobre as lutas das mulheres negras e indígenas, tão pouco divulgadas, mas que foram as primeiras habitantes brasileiras e que foram cruelmente dizimadas, exploradas, estupradas e arrancadas de suas famílias para servir aos brancos. Ela reafirmou a importância da mulher na sociedade protagonistas das mobilizações e lutas pelos direitos políticos femininos, como o direito ao voto, ao divórcio e a inserção no mercado de trabalho.

    Ao término da palestra, a promotora de Justiça, Norma da Mota Sales, pediu a palavra e elogiou a iniciativa. “Gostei muito da palestra e quero acrescentar que nós somos responsáveis quando vemos a violência e não denunciamos. Depende muito de nós também. Parabéns, mulheres!”.


    SERVIÇO
    Disque Denúncia:
    (81) 3421.9595

    Ouvidoria da Mulher
    (81) 3183.2863

    Secretaria da Mulher
    (81) 3183 2952
    E-mail: secmulher@secmulher.pe.gov.br

    Assuntos: palestra, funape, mulher, homenagem, direitos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo anuncia ampliação de serviços para a população feminina

    | Social, Administração, Direitos Humanos

    gUm dia de muita comemoração, mas também de ação. No Dia Internacional da Mulher (08/03), o governador Eduardo Campos anunciou as novas políticas públicas de gênero que serão realizadas pelo Governo do Estado durante o ano de 2012, reforçando, principalmente, os serviços de saúde e segurança, que juntos receberão cerca de R$ 41 milhões em investimentos.

    Realizado nos Jardins do Palácio do Campo das Princesas, o café da manhã em homenagem ao dia 8 de março teve um gostinho mais saboroso este ano. As dezenas de mulheres presentes puderam aplaudir a iniciativa do governador de ampliar os atendimentos à população feminina no diagnóstico e tratamento do câncer de mama e colo do útero – uma das enfermidades que mais matam mulheres no mundo.

    A decisão aumenta em mais de um milhão os exames diagnósticos por ano, ao estender ao Sertão Central os serviços do Sistema Público de Saúde (SUS). A região era a única do estado fora do credenciamento. Serão contemplados os municípios de Salgueiro, Belém do São Francisco, Cedro, Mirandiba, Serrita, Terra Nova e Verdejante.

    Eduardo garantiu que a partir de junho, independentemente da localidade onde morem, todas as pernambucanas passarão a contar com exames preventivos e de mamografias. O governador disse ainda que levará a assistência gratuita inclusive para onde não há a presença do Estado. “Nos lugares onde o Estado não tiver uma unidade de saúde apta a prestar o serviço, estaremos credenciando entidades privadas para garantir o direito de ter um serviço de referência na sua própria região.”

    Moradora do município de Salgueiro, Geogina Delmondes, 61, faz parte da assessoria de educação da Fetape e não vê a hora de mobilizar as mulheres de sua cidade para a importância de realizar exames periódicos. “Vamos divulgar essa assistência maravilhosa que o Estado está garantido a nós moradoras de uma área tão distante da capital. Elas precisam saber que toda mulher precisa se consultar no mínimo uma vez por ano”, destacou.

    Outra boa notícia anunciada por Eduardo foi a reformulação da Lei Nº.12.721. O novo texto enviado à Assembleia institui a notificação obrigatória da violência doméstica em Pernambuco. A determinação serve para toda a rede pública e privada de saúde do estado.

    “Esse aperfeiçoando da legislação é necessário para que os observatórios de política pública possam acompanhar e tomar medidas que salvem a vida”, explicou Eduardo. “Da mesma forma que acontece hoje com as doenças infectocontagiosas, como meningite e Aids, que servem para mapear as atuações no enfrentamento dessas patologias. Senão a política vai para um lado, quando era para ir exatamente para o outro”, afirmou.

    Escolhida para discursar representando todas as mulheres presentes no café da manhã, dona Edusa César destacou as ações desenvolvidas nos últimos seis anos. “Vi o Governo abrir suas portas para as mulheres, fazendo um trabalho não apenas na questão de gênero, mas colocando-as no seio do desenvolvimento do estado. Vivemos uma nova posição socioeconômica e cultural também”, disse a Conselheira Estadual dos Direitos da Mulher, do alto de sua experiência conquistada nos 80 anos de idade, boa parte deles vivenciados nas lutas de gênero.

    “Em 2012, o aparelho de Estado está se consolidando cada vez mais como grande protagonista das causas construídas, sempre, em conjunto com os movimentos sociais”, resumiu a secretária da Mulher, Cristina Buarque.

    Cidades: Belém de São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova, Verdejantes
    Assuntos: mulheres, eduardo, eduardo campos, saude, tratamento, cancer
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretaria da Mulher anuncia novas políticas públicas no Dia Internacional da Mulher

    | Social, Direitos Humanos

    secmulherNesse 08 de março, Dia Internacional da Mulher, as mulheres de Pernambuco comemoram as histórias de lutas contra a discriminação da cultura patriarcal e machista, e as vitórias que vem garantindo uma maior participação feminina na política, no mundo econômico, social e cultural de Pernambuco e do país. Para marcar a data, o Governo de Pernambuco e a Secretaria Estadual da Mulher (SecMulher), promovem café da manhã, na quinta-feira (08), no jardim do Palácio Campo das Princesas, às 8h30. O Dia é comemorado a mais de 100 anos. E em 2012, a SecMulher trará o tema “Viva o 08 de Março! Mulheres continuam renovando Pernambuco para trabalhar e viver melhor”.

    O evento contará com a presença do Governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que anunciará novas políticas para as mulheres no estado de Pernambuco, junto a Secretária Estadual da Mulher, Cristina Buarque. Dentre os anúncios, o financiamento de projetos em políticas públicas para as mulheres nos municípios, no montante de R$ 400 mil. Cristina Buarque também lançará oficialmente a publicação “Anuário – Ano 06”, que traz um balanço das ações da SecMulher em 2011, e anuncia novas políticas a serem implementadas em 2012.

    Prefeitas (os), deputadas (os), vereadoras (os), lideranças dos movimentos de mulheres representando idosas, profissionais do sexo, lésbicas, rurais, negras, índias, quilombolas, pescadoras, mandiocultoras e mulheres com deficiência participam do ato. Na programação, haverá assinatura do credenciamento do serviço de mamografia para a VII Região de Saúde no SUS, contemplando as mulheres de Salgueiro, Belém do São Francisco, Cedro, MIrandiba, Serrita, Terra Nova e Verdejante.

    Ainda para o fortalecimento da política em saúde, será anunciado pela deputada estadual Teresa Leitão a reformulação da Lei Nº 12.721, que institui a notificação compulsória da violência doméstica no Estado de Pernambuco. A notificação será obrigatória em toda a Rede Pública e Privada de Saúde de Pernambuco. Enquanto o Secretário Estadual de Saúde, Antonio Carlos Figueira, fará anúncio de ações, como um programa mais efetivo no enfrentamento ao câncer de colo uterino e de mama para mulheres de todo o estado de Pernambuco.

    Além do Secretário de Saúde, entre as convidadas e convidados a diretora Nacional de Mulheres do PSB, Dora Pires; a deputada Federal Luciana Santos; a deputada estadual Teresa Leitão; deputada e presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa (ALEPE), Mary Gouveia; a prefeita do município de Floresta, Rosângela de Moura Maniçoba Ferraz; a Conselheira Estadual dos Direitos da Mulher de Notório Saber, Edusa Cesar; e a vereadora de Petrolina, Maria Elena Alencar.

    SecMulher - Desde a sua criação, em 2007, A Secretaria da Mulher tem trabalhado junto a sociedade civil, com os municípios, poder Judiciário, Legislativo, Defensoria Pública e Ministério Público em favor da igualdade entre homens e mulheres. Dentre as inúmeras ações implementadas, através da articulação da SecMulher com as prefeituras municipais foram criadas 117 coordenadorias e secretarias municipais de mulheres; foi instituído o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM-PE) e 28 conselhos municipais dos direitos da mulher; foram implantadas seis casas-abrigo; 13 centros de referência; 2 juizados da violência doméstica e familiar contra a mulher; 7 delegacias especializadas da mulher. Ainda em parceria com o ensino superior foram instituídos 11 núcleos de formação em gênero e enfrentamento à violência contra a mulher.

    História do Dia Internacional da Mulher – No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos de Nova Iorque fizeram uma greve reivindicando melhores condições de trabalho, equiparação salarial e redução de jornada de trabalho. Mas a manifestação foi reprimida e as mulheres foram incendiadas dentro da fábrica. Cerca de 130 tecelãs morreram. Em 1910, durante conferência na Dinamarca, a data passou a ser reconhecida como o Dia Internacional da Mulher, em homenagens às vitimas. No entanto, só em 1975 a data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU). A data busca mostrar à sociedade os avanços e conquistas das mulheres, a exemplo da instituição do voto feminino (24 de fevereiro de 1932).

    Cidades: Belém de São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova, Verdejantes
    Assuntos: secretaria, mulher, secmulher, pernambuco, politicas, publicas
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estado quer otimizar adoção legal

    | Social, Saúde, Juventude, Administração, Direitos Humanos, Infância

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES) participa, na manhã desta terça-feira, da solenidade de assinatura do termo de cooperação entre diversos órgãos do Estado, objetivando prevenir o aborto, o infanticídio e a adoção ilegal de crianças. Intitulada Programa Acolher, a iniciativa foca sua atuação em gestantes em situação de vulnerabilidade que manifestem interesse em entregar seu filho à adoção. O trabalho intersetorial, encabeçado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), busca estratégias sociais para evitar o abandono ou agilizar os trâmites legais para a adoção. A cerimônica será realizada no Centro Integrado da Criança e Juventude, e contará com a presença da secretária-executiva de Atenção à Saúde da SES, Tereza Campos.

    “Esse trabalho de acolhimento deve começar na maternidade, para que a mãe informe que quer entregar seu bebê à adoção. Assim, podemos tomar uma série de atitudes para notificar o caso e legalizar a adoção. O trabalho com assistentes sociais e outros órgãos do judiciário também são benéficos para que as mães desistam dessa ideia e até possam ser inclusas em programas sociais e de geração de renda”, afirma a gestora de Saúde da Criança e do Adolescente da SES, Alessandra Fam.

    Entre os objetivos do Programa, haverá o aperfeiçoamento de metodologias de trabalho, no âmbito do Judiciário, voltadas para o atendimento a mães que desejem entregar seu filho para adoção; fortalecimento das articulações entre o Judiciário e a Rede de Proteção do Estado, visando o estabelecimento de ações interligadas de prevenção ao abandono e adoção ilegal de crianças.

    As ações do Programa Acolher serão apoiadas pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria da Mulher, Secretaria da Criança e Juventude, Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Pernambuco, Ministério Público do Estado de Pernambuco, Defensoria Pública do Estado de Pernambuco, Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado de Pernambuco e Metropolitana.

    Assuntos: ses, adoção, programa, pernambuco, governo, maternidade
    Compartilhe: Link para o post:
  • Segundo ano do camarote da acessibilidade no galo

    | Social, Direitos Humanos

    O Camarote da Acessibilidade localizado em frente à Igreja de Nossa Sra do Carmo, foi aberto oficialmente às 10h por Laura Gomes, secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, tendo como convidados especiais três campeões paraolímpicos pernambucanos Rosinha medalhista paraolímpica e parapanamericana em levantamento de disco e arremesso de peso radicada no Rio, Wandenberg Nascimento campeão brasileiro de basquete em cadeira de rodas radicado em São Paulo, que inclusive vai desfilar na Grande Rio em carro alegórico jogando basquete e Ivanildo Alves que já participou de cinco paraolimpíadas e é bicampeão mundial de natação. Cerca de 110 pessoas com deficiências auditiva, visual, intelectual e motora dançaram ao som da banda Banda Segnos, formada por noves cegos que animou o camarote no intervalo dos trios do Galo, cantou músicas carnavalescas.

    O camarote contou com serviço de áudio descrição, intérprete de libras, transmissão via web pelo sudo Igor Costa, que documentou tudo e postou nos canais de comunicação mais utilizados pelos surdos que são o youtube e o facebook. O camarote foi todo adaptado com rampa, banheiro acessível e sala de higiene, além de um espaço de convivência chamado de Sertão ao Cais decorado com tema sertanejo, em homenagem a Luiz Gonzaga.

    O Governo do Estado em parceria com prefeituras também teve Camarote da Acessibilidade nas cidades de Olinda, Bezerros e Vitória; a Ouvidoria da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos - SEDESDH pelo fone: 0800 081 4421 foi a grande responsável pelo sucesso de público no camarote.

    Para o paraolímpico Ivanildo Alves, bi campeão mundial de natação, a iniciativa da SEDSDH em oferecer um camarote para os deficientes foi bastante significativa, pois deu a oportunidade para nós deficientes podermos estar incluindo nas folias de momo. “Muita coisa ainda precisa ser feito, principalmente em relação a acessibilidade na cidade, pois para chegar até aqui, o camarote, foi um sacrifício”, salientou.

    Estiveram presentes representantes de todos os segmentos de deficientes. No local, técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos estavam fazendo operação no combate ao abuso e exploração da criança e do adolescente, além do Camarote da Acessibilidade, a ação também aconteceu em todo o percurso do Galo, como também nas cidades de Olinda, Bezerros e Vitória de Santo Antão.

    As cantoras Cristina Amaral e Lia de Itamaracá foram as grandes atrações do trio de Direitos Humanos, que ao som da ciranda e muito frevo agitou o camarote da acessibilidade. Laura Gomes e Paulo Moraes, secretário executivo de Justiça e Direitos Humanos, estavam no trio que ao passar pelo camarote interagiram com as pessoas com deficiência.

    Com o sucesso no Bloco Galo da Madrugada, o Camarote da Acessibilidade chegou pela primeira vez ao carnaval da cidade de Olinda. Domingo cerca de 70 pessoas com deficiência, seus familiares e autoridades marcaram presença no espaço. Sua finalidade foi garantir oportunidades de lazer para esse público e mostrar para produtores de eventos que essa é uma medida simples e sustentável.

    A foliã, garanhuense, Roseli Souto, 53 anos, também festejou. " É muito importante para a gente com deficiência poder brincar com autonomia e segurança".

    Já em Bezerros vestida com as cores da bandeira de Pernambuco, Laura Gomes recebeu pessoas com deficiência de muitos municípios da região,no camarote da acessibilidade que esteve lotado até o fim do tradicional desfile dos papangus. A iniciativa foi fruto da parceria entre a SEDSDH e a prefeitura do município.

    Ao som de muito frevo, o policial militar Waldemar Carvalho, de 45 anos, estava animado. Ele que é cadeirante nunca tinha tido a chance de assistir ao desfile dos papangus. “A SEDSDH está tendo uma visão futura, porque essa iniciativa é de extrema importância, pois, antigamente, nós deficientes não tínhamos a oportunidade de brincar o carnaval. A realização deste camarote é uma forma de integrar as pessoas com deficiência a sociedade”, destacou.

    O governador Eduardo Campos, que também esteve em Bezerros ao lado da primeira-dama Renata Campos, passou no Camarote da Acessibilidade para cumprimentar a secretária Laura Gomes e os foliões. Na oportunidade, ele destacou a importância do espaço para as pessoas com deficiência de Pernambuco. “Através da pasta comandada por Laura estamos dando oportunidade a quem jamais sonhou em assistir a um desfile dos papangus de Bezerros ou um Galo da Madrugada”, frisou.

    Uma equipe de mais de 200 pessoas foi mobilizada para o plantão do carnaval, da SEDSDH num projeto inédito no Brasil. O tema central foi o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

    Também foi feito um trabalho educativo, sensibilizando foliões e principalmente ambulantes da área do Desfile do Galo, para denunciar violação de direitos e a Ouvidoria de Direitos Humanos do Estado de Pernambuco, fez plantão especial de 24 horas, para garantir efetivo encaminhamento aos casos a serem registrados, em parceria com a SDS.

    Cidades: Bezerros, Olinda, Recife, Vitória de Santo Antão
    Assuntos: camarote, acessibilidade, galo, madrugada, carnaval, deficientes, ações, 2012
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretaria da Mulher divulga campanha no Galo da Madrugada

    | Social, Turismo, Cultura, Direitos Humanos

    Neste sábado (18/02), a Secretaria Estadual da Mulher (SecMulher) estará no desfile do maior bloco do mundo, o Galo da Madrugada. A partir das 8h da manhã, as 180 multiplicadoras e funcionárias (os) da Secretaria divulgam as ações da campanha Violência Contra a Mulher é Coisa de Outra Cultura por todo o percurso do bloco.

    O trio será o sexto na ordem da concentração, na Av. Dantas Barreto. Fantasiadas de Caboclinhas, Colombinas e Catirinas, as mulheres vão às ruas, neste Carnaval, na luta pelo fim da violência doméstica e sexista. A Banda Pinguim animará o percurso com o melhor do frevo pernambucano e músicas que retratem as mulheres. O guitarrista Paulinho Pimpão compôs a música “Eu peço paz”, em homenagem às mulheres. O público presente a festa receberá folhetos informativos e outras peças publicitárias com telefones e endereços para obter informações e prestar denúncias sobre casos de violência.

    As ações educativas serão realizadas em 21 polos carnavalescos da Região Metropolitana, Mata Sul, Norte, Agreste Central, Meridional e Setentrional, Sertão do Moxotó, do São Francisco, Itaparica, Pajeú, Araripe e Central. 

    Veja texto completo e a Programação da Campanha de Enfrentamento à Violência contra a Mulher em Pernambuco no site da Secretaria da Mulher.

    Cidades: Recife
    Assuntos: secretaria, mulher, trio, galo, madrugada, 2012, ações
    Compartilhe: Link para o post:
  • Recife lança campanha nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

    | Social, Direitos Humanos

    A Ministra de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário Nunes e Laura Gomes da Secretária Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado, participaram nesta manhã (17) do lançamento da campanha “Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, na sede do Galo da Madrugada.

    Na oportunidade a secretária Laura apresentou as ações de Direitos Humanos que serão trabalhadas durante todo o carnaval que envolvem abordagens educativas em pontos estratégicos como o metrô, aeroporto, terminal integrado de passageiros, estradas federais, estaduais, postos de gasolina, abertura de serviços especiais de direitos humanos no juizado do folião no Galo da Madrugada, plantão 24h da ouvidoria de direitos humanos estadual, além do observatório de discriminação racial na casa da cidadania, em Olinda.

    Em sua fala Maria do Rosário, ressaltou a importância de divulgar esse tipo de campanha na festividade de momo. “ Precisamos trabalhar para que o carnaval seja uma festa limpa. Longe do abuso das crianças, e que não é só no carnaval que devemos levantar esta bandeira, mas durante todo o ano”, declarou.


    Já para Laura Gomes essa é uma luta de todos. “ Somos firmes e fortes nesse compromisso. É a partir dessa luta que temos que respeitar os direitos humanos. Temos que denunciar. Não podemos pecar pela omissão. Por isso devemos fazer desse mote do carnaval o nosso estandarte para toda a vida”, afirmou.

    O evento contou com a participação de artistas pernambucanos como Silvério Pessoa, Cristina Amaral, Alcimar Monteiro e Dominguinhos, além da cantora e embaixadora contra o abuso e violência as crianças e adolescentes, Fafá de Belém. A apresentação do Maracatu Batuque Apabb abrilhantou a festa. O grupo é composto por jovens que possuem deficiência.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sedsdh, ministra, maria, rosario, pernambuco, exploração, crianças, adolescentes, ações, carnaval
    Compartilhe: Link para o post:
  • PROCON Pernambuco oferece orientação na semana pré e durante o carnaval

    | Social, Direitos Humanos

    O PROCON Pernambuco vai realizar ações de orientação ao consumidor durante o carnaval e na semana pré-carnavalesca. Nos dias 15, 16 e 17 das 9h às 15h, técnicos do PROCON-Educa estarão na Estação Central do Metrô para oferecer atendimento e orientação aos consumidores. O objetivo desta ação é dar dicas sobre os principais cuidados que os cidadãos devem ter nas relações de consumo durante o carnaval.

    Durante a ação, os consumidores que passarem pela Estação Central do Metrô, poderão tirar dúvidas, receber orientações e conferir o folder “PROCON no Carnaval”. O material traz dicas sobre alimentos, bebidas; bares, shows, hotéis e pousadas; estacionamentos; farmácias e produtos da folia.

    FISCALIZAÇÃO NO CARNAVAL – Durante os quatro dias de carnaval, 24 fiscais e técnicos do PROCON-PE trabalharão em diversos pólos de animação em todo o Estado. O objetivo é fazer uma fiscalização preventiva, orientando os comerciantes sobre as práticas ilegais nas relações de consumo.

    A ação será realizada nos pólos de animação das seguintes cidades: Olinda, Recife, Vitória de Santo Antão, Bezerros e Nazaré da Mata. As equipes de fiscais do PROCON-PE também estarão de plantão na sede do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre.

    O PROCON-PE é um órgão da Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (Sejudh/Sedsdh).

    SERVIÇO:
    Ação de orientação ao consumidor na semana pré-carnavalesca
    Quando: semana pré: dias 15,16 e 17 de fevereiro (de quarta a sexta-feira)
    Hora: das 09h às 15h
    Local: Estação Central do Metrô do Recife – Rua Floriano Peixoto, Bairro de São José.

    SERVIÇO
    Fiscalização preventiva durante o carnaval
    Quando: dias 18,19,20,21 de fevereiro.
    Hora: das 08h às 14h
    Locais: Recife (Aeroporto, Recife Antigo); Olinda (Praça do Jacaré); Vitória (Rua Padre Félix Barreto em frente ao Hospital Geral); Bezerros (Praça da Matriz); Nazaré da Mata (Praça João XXIII em frente à Igreja N. Srª da Conceição).

    Cidades: Nazaré da Mata, Olinda, Recife, Vitória de Santo Antão
    Assuntos: procon, pe, pernambuco, orientação, carnaval, consumo, consumidor
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chapéu de Palha promove capacitação para 40 profissionais

    | Educação, Social, Saúde, Meio Ambiente, Direitos Humanos

    Até esta sexta-feira (17/02), o Programa Chapéu de Palha promove oficinas de sensibilização e atualização em saúde do homem e da pessoa idosa e de estratégias de enfrentamento às doenças negligenciadas (Sanar) para 40 profissionais de saúde. O evento acontece no Hotel Orange, na Ilha de Itamaracá, das 8h às 17h.

    A partir deste ano, o programam, que já beneficiava 60 municípios, passa a atuar em mais 32 cidades pernambucanas que possuem pescadores e marisqueiros. “Os facilitadores atuarão, no total, em 92 municípios do Estado repassando os conhecimentos adquiridos”, comenta a coordenadora do Programa Chapéu de Palha, Silvana Monteiro.

    O Programa Chapéu de Palha foi criado como medida de combate aos efeitos do desemprego decorrente da entressafra da cana de açúcar e da fruticultura. Ao todo, 12 secretarias de Governo, além da Procuradoria Geral, trabalham articuladamente em diversos projetos nas áreas de educação, saúde, cidadania, habitação, infra-estrutura e meio ambiente.

    Cidades: Itamaracá
    Assuntos: programa, chapéu, palha, capacitação, oficinas, saude, secretaria, ses, sanar, habitacao, infra-estrutura
    Compartilhe: Link para o post:
  • SEDSDH promove mais acessibilidade no Carnaval de Pernambuco

    | Social, Mobilidade, Direitos Humanos

    Começou a ser veiculada a propaganda oficial do Governo do Estado divulgando o Carnaval de Pernambuco. A novidade deste ano é a participação de um cadeirante, destacando os Direitos adsfHumanos com foco na inclusão e na oportunidade igualitária.

    Mais acessibilidade

    Foi iniciada desde o dia 02 de fevereiro uma ação integrada, 
    coordenada pela secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e diversos órgãos fiscalizadores, que tem como objetivo  garantir de forma preventiva a maior acessibilidade as portadores pessoas com deficiência nos focos de folia durante o carnaval 2012.

    Assuntos: cadeirante, cadeira, rodas, campanha, tv, acessibilidade, carnaval, direitos, hum anos, sedsdh, 2012
    Compartilhe: Link para o post: