meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Secretaria da Mulher do Estado abre inscrições para o I Prêmio Literário da Mulher Idosa

    | Social, Cultura

    Prêmio Literário

    Mulheres a partir de 60 anos têm de 1º de outubro a 1º de dezembro para se inscreverem

     O que as mulheres idosas do estado têm a dizer sobre a temática de gênero para as novas gerações e para outras mulheres de sua geração? Para saber o que elas têm a contar e estimular a produção literária entre as mulheres dessa faixa etária, a Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE) e representantes de órgãos e instituições parceiras abrem, no dia 1º de outubro, as inscrições para o I Prêmio Literário da Mulher Idosa Anita Paes Barreto. A data escolhida é em alusão ao Dia Nacional da Pessoa Idosa.

    A premiação literária também faz parte das ações comemorativas dos 10 anos da SecMulher-PE e presta uma homenagem a educadora, psicóloga e pioneira na área de Educação de Crianças Especiais em Pernambuco, Anita Paes Barreto. Presa como subversiva em 1964, durante o golpe militar, a educadora integrou o Conselho Estadual de Educação no final dos anos 80 e início dos 90 e recebeu uma comenda do Conselho Federal de Psicologia por sua contribuição ao desenvolvimento da Psicologia como ciência e profissão.

    Podem concorrer ao prêmio, mulheres a partir dos 60 anos de idade, residentes em Pernambuco e que estejam interessadas em escrever, contos e poemas sobre a temática de gênero, compartilhar suas memórias, histórias e experiências de vida. As duas primeiras colocadas nas categorias conto e poesia receberão R$ 2 mil reais. A publicação do resultado das vencedoras e a solenidade de entrega da premiação está prevista para o dia 08 de março de 2018.

    Para se inscrever, as candidatas devem preencher uma ficha anexa, com a produção literária e os dados dos documentos de identidade, CPF, comprovante de residência e enviar para o e-mail: premiodamulheridosa@gmail.com. As inscrições começam no dia 1º de outubro e vão até 1º de dezembro. O edital e a ficha de inscrição estarão disponíveis para download, no site:www.secmulher.pe.gov.br

    O prêmio conta com a parceria da Academia Pernambucana de Letras, da Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco, da Assembleia Legislativa de Pernambuco, da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, do Programa de Pós-Graduação em Gerontologia da Universidade Federal de Pernambuco, do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa de Pernambuco, da Associação Municipalista de Pernambuco e da Companhia Editora de Pernambuco.

    A Secretaria Estadual da Mulher conta hoje com 185 Organismos Municipais de Políticas Públicas para Mulheres (OMPMs). Em cada canto do Estado existe uma representação da SecMulher e as gestoras desses organismos, a cidade que obtiver o maior número de inscrições e os municípios das mulheres vencedoras do Prêmio, receberão menções honrosas por contribuírem na defesa da equidade de gênero.

    TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA - O termo de cooperação técnica do I Prêmio Literário da Mulher Idosa foi assinado quarta-feira (27), na sede da SecMulher-PE, pela secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro, Secretário Estadual de Cultura, Marcelino Granja, a deputada e presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alepe, Simone Santana, a presidente da Fundarpe,  Marcia Souto, a professora e Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Gerontologia da UFPE, Marcia Carrér, a representante da Academia Pernambucana de Letras, Ana Maria Granja e a vice-presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa de Pernambuco, Lucyana Moreira. 

    A secretária Silvia Cordeiro, agradeceu aos parceiros do I Prêmio da Mulher Idosa Anita Paes Barreto e declarou que essa iniciativa, pioneira e inovadora, proposta pelo Comitê Interinstitucional Pró-Mulher Idosa da SecMulher-PE, visa dar voz e visibilidade a essas mulheres  e preparar as gerações atuais e futuras para conviver, entender e respeitar o processo de envelhecimento da população brasileira e pernambucana, da qual as mulheres representam 10% dessa população no Brasil e 52% em Pernambuco, número que deve crescer nas próximas décadas, mas principalmente trocar saberes e aprender com elas e aproveitar a contribuição que só o tempo, a idade e a experiência podem trazer para as pessoas.

    COMITÊ INTERINSTITUCIONAL PRÓ-MULHER IDOSA - CIPMI-PE - Criado em 2007, o Comitê Intersetorial Pró Mulher Idosa – CIPMI-PE tem por princípio valorizar, respeitar e garantir os direitos e a dignidade das mulheres idosas. Ao longo desse tempo foram realizados três (3) Fóruns Estaduais (2012, 2014, 2016) e sediados dois (2) Fóruns Nacionais da Mulher Idosa (2010, 2012) em Pernambuco. Passados dez (10) anos da criação do CIPMI-PE, o Prêmio Literário da Mulher Idosa vem contribuir para o protagonismos da Mulher Idosa, dar continuidade ao trabalho, e reforçar o compromisso da SecMulher-PE na promoção e construção de políticas públicas voltadas para este segmento de mulheres que atualmente,  representa 52%, da população feminina do Estado de Pernambuco.

    Assuntos: secmulher, premio literario da mulher idosa, contos e poemas
    Compartilhe: Link para o post:
  • Arena de Pernambuco será, mais uma vez, o palco das comemorações da Obra de Maria

    | Cultura

    Em sua 27ª edição, evento católico contará - pelo 3º ano seguido - com todo o conforto e segurança do melhor equipamento multiúso de Pernambuco

    No dia 1º de outubro, a Arena de Pernambuco será - pelo 3º ano seguido – o palco das comemorações de aniversário da Comunidade Obra de Maria, que completará 27 anos e dos 50 anos da Renovação Carismática Católica. Instituição da Igreja Católica fundada no Recife, está presente em diversos Estados brasileiros e nas principais capitais do país, além de presente em mais de 17 países, sempre desenvolvendo trabalhos no campo social e missionário

    Para receber bem o grande público do evento organizado pela Comunidade Obra de Maria, a Arena de Pernambuco voltará a oferecer toda a sua estrutura multiúso, proporcionando conforto e segurança para os participantes. Será um evento de celebração e contará com shows e momentos de adoração. Nomes importantes da igreja católica local e nacional estarão presentes: Frei Damião Silva e os Padres João Carlos, Reginaldo Manzotti, Antônio Maria e Marcelo Rossi, que há 15 anos não fazia show em Pernambuco, além de participação especial da Orquestra Criança Cidadã.

    A abertura dos portões acontecerá às 11h e o evento terá início às 13h. Os ingressos estão sendo vendidos em pontos descentralizados: Paulinas Livraria (81) 3224-5812, Loja Condomínio (81) 3445 5566 e Comunidade Obra de Maria (81) 3018 4749.  No dia do evento, nas bilheterias da Arena de Pernambuco, a partir das 10h. Valores:  Gramado (Cadeiras) R$60; Área VIP - Setor Oeste Inferior - R$50; Setor Leste/Sul Inferior - R$30; Setor Leste/Sul/Oeste Superior - R$10; Setor Deck Leste/Oeste - R$40; Camarotes R$40 (avulso).

    Para quem optar em ir de transporte público, a opção será o metrô, até o TI Cosme & Damião. De lá, a linha especial 047 - Cosme e Damião/Arena irá operar neste dia levando os seus usuários até a Arena de Pernambuco.

    Serão 15 ônibus e 189 viagens das 09h às 22h30, horário de saída do último ônibus. Para ter acesso ao serviço, pulseiras serão vendidas antecipadamente no valor de R$3,20, facilitando o retorno para casa. Elas podem ser adquiridas tanto em dinheiro quanto por meio do cartão VEM Trabalhador ou Comum, no TI Cosme e Damião, e também em um quiosque na Arena de Pernambuco.

    A partir das 8h, todos os estacionamentos estarão abertos para o evento. Serão disponibilizadas 4.500 vagas e a pré-venda on line, já está disponível, através do link: premius.agenciabravos.com.br. Os preços para os veículos particulares são os seguintes: moto R$10, carro/van R$20 e ônibus R$40.

    Como forma de garantir a segurança e tranquilidade do público presente às comemorações da Comunidade da Obra de Maria, a Arena de Pernambuco terá um esquema especial de segurança. Serão destacados para o evento, 20 seguranças patrimoniais, 80 seguranças de grandes eventos, além de aproximadamente 200 policiais militares (BPRV, BPTran, CIPIMotos, 20º BPMM e Rádio Patrulha), que estarão trabalhando das 8h até o encerramento do evento.

    Confira a programação informada pela organização do evento:

    PROGRAMAÇÃO INFORMADA PELA ORGANIZAÇÃO - 27 ANOS DA COMUNIDADE OBRA DE MARIA (01/10/17)

    11:00

    Abertura dos portões

    13h/14h

    Orquestra Criança Cidadã Meninos do Coque e Hamilton Apolônio

    14:15/14:45

    Pe. Damião Silva

    14:45/15h

    Testemunhos

    15h/15:30

    Pe. João Carlos

    15:30/15:45

    Testemunhos

    15:45/16:15

    Pe. Antônio Maria

    16:15/16:45

    Oração: Gilberto Barbosa / Hamilton Apolônio

    17h/18:30

    Pe. Reginaldo Manzotti

    18:30/19h

    Testemunho Pe. Marcelo Rossi

    19h/21h

    Missa animada: Pe. Marcelo Rossi

    21h

    Agradecimentos finais

    Cidades: São Lourenço da Mata
    Assuntos: arena de pernambuco, obra de maria
    Compartilhe: Link para o post:
  • Centro de Artesanato de Pernambuco completa cinco anos exaltando a cultura do Estado e gerando renda

    | Economia, Turismo, Cultura

    Governador Paulo Câmara comandou, nesta segunda-feira, solenidade comemorativa ao quinto aniversário de funcionamento do espaço
     
    Há meia década contribuindo para a valorização da cultura, do turismo e da economia pernambucana, o Centro de Artesanato de Pernambuco (CAP), unidade Recife, promoveu uma programação especial de aniversário nesta segunda-feira (25.09). Comandada pelo governador Paulo Câmara e pela primeira-dama Ana Luiza, a solenidade marcou a comemoração dos cinco anos de atividades do espaço, que é o maior e principal do setor no Estado, tendo movimentado R$ 13 milhões desde sua criação. Na ocasião, foi lançado um novo portal do artesanato pernambucano, que irá oferecer uma série de serviços e informações sobre o local, além de assuntos de interesse da área.
     
    “Uma alegria muito grande poder comemorar os cinco anos de um projeto tão bonito que aconteceu de forma tão transparente e que, hoje, está aberto aos pernambucanos e a todos os artesãos. E trabalhar com a cultura, a valorização dos nossos artistas e com a oferta de locais adequados para a comercialização dos desses produtos é muito importante para que essas pessoas possam evoluir no seu trabalho e possam sustentar e criar seus filhos a partir de sua arte”, ressaltou o governador.

    Paulo defendeu ainda o trabalho de resgate da cultura pernambucana que é feita através de espaços como o CAP. “E esse espaço e tudo o que ele significa mostra que Pernambuco valoriza o seu passado, está junto com o seu presente e procura um futuro melhor para o futuro do seu povo. A gente sente orgulho de ter participado dessa história e ajudado a construir esse centro de artesanato, que é uma memória viva dos nossos trabalhos, da nossa cultura”, reforçou.

    Atualmente, o Centro de Artesanato do Recife garante renda a mais de 1,4 mil artesões que comercializam suas peças no local. Visitam o CAP por mês cerca de 20 mil pernambucanos e turistas. Na loja, o público pode conferir mais de 25 mil obras com valores de R$ 2 a R$ 75 mil. A área da loja é divida em sete setores: mestres, souvenires, artesanato contemporâneo, cestaria, têxtil, trabalhos manuais e brinquedos populares.
     
    Sob a responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (SDEC), através da AD Diper, o espaço funciona como ponto de convergência entre todas as iniciativas do Programa do Artesanato de Pernambuco (Pape), responsável pela Fenearte, Unidade Móvel do Artesanato e feiras artesanais realizadas em todo Brasil.
     
    “E pensar que há cinco anos a gente concretizava esse sonho. Ao mesmo tempo em que a gente trouxe a Fiat para a Mata Norte e a Mondelez, que faz chocolate, para Vitória de Santo Antão, a gente trouxe para o Marco Zero - onde Pernambuco começou - a cultura do nosso Estado. Porque não há povo grande sem cultura, não há nação sem cultura. E nós, sob a liderança do governador Paulo Câmara, não só vamos manter esse espaço como vamos trabalhar para ampliar os serviços do CAP”, defendeu o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni.

    Também acompanharam o governador na solenidade a secretária estadual da Mulher, Silvia Cordeiro; as deputadas Luciana Santos (Federal) e Laura Gomes (Estadual); a secretária de Turismo do Recife, Ana Paula Vilaça; e a arquiteta Luiza Nogueira, esposa do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry.

    HOMENAGEADO - A primeira-dama Ana Luiza aproveitou a solenidade para entregar o certificado de artesão mais antigo do Centro de Artesanato de Pernambuco ao escultor Nicola, de Jaboatão dos Guararapes.
     
    NOVO SITE - O portal vai trazer informações sobre as duas unidades do Centro de Artesanato (Recife e Bezerros), Fenearte e Unidade Móvel do Artesanato. Além disso, o espaço virtual vai oferecer detalhes de como expor no local, retirada da carteira do artesão, entre outros serviços ao público. O portal contará, ainda, com histórias, vídeos e fotos de todos os mestres artesãos do Estado.
     
    CENTRO DE MODA Na oportunidade, o governador Paulo Câmara anunciou que Recife receberá, em 2018, o Centro da Moda de Pernambuco. O novo ambiente será instalado no antigo restaurante Boteco, que também funcionava no Armazém 11. O coordenador do Centro de Artesanato de Pernambuco, Thiago Angelus, explicou que os estudos para a criação do Centro de Moda já estão sendo realizados. “Estamos no processo de contratação do projeto arquitetônico, estamos também discutindo o modelo de projeto, conversando com profissionais e empresas do setor. A previsão é inaugurar esse espaço entre março e abril do próximo ano, com cerca de 700 profissionais compondo esse centro”, disse.
     
    PROMOÇÕESAté o final do mês, o público vai encontrar mais de 300 peças artesanais com descontos de até 50%. Há milhares de produtos disponíveis em madeira, cerâmica, couro e outras matérias-primas.

    BALANÇOAo longo dos quase cinco anos, o Centro já movimentou quase R$ 13 milhões com a comercialização de mais de 620 mil obras. O mês de julho deste ano, por sua vez, foi o melhor em vendas desde a inauguração do local – se comparado aos outros meses de julho dos anos anteriores – com o faturamento de quase R$ 230 mil.
    Cidades: Recife
    Assuntos: paulo camara, centro de artesanato de pernambuco, sde, pape
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estande da SecMulher-PE na Fenelivro tem cultura e empreendedorismo

    | Cultura

    FENELIVRO

    A Secretraria da Mulher de Pernambuco está presente na III Feira Nordestina do Livro (Fenelivro) que acontece até o próximo domingo (24), das 9h às 21h, no Centro de Convenções, em Olinda, com entrada franca. O Estande da SecMulher-PE, na Fenelivro, oferece cultura e empreendedorismo. A secretaria está disponibilizando para o público uma exposição com todo seu acervo. Para acessar as obras, basta entrar no site: www.secmulher.pe.gov.bre baixar o livro de sua preferência, gratuitamente. No estande também estão sendo comercializados livros com a temática de gênero.

    A SecMulher que, há 10 anos, apóia o empreendedorismo feminino está com um espaço dedicado às artesãs. No espaço, o público pode adquirir diversos produtos como: marcadores de livro com porta caneta com motivos infantis, porta garrafa em tecido, bonecas em feltro, acessórios com motivos étnicos, baby bag para cadeiras, entre outros.

    Confira no site www.secmulher.pe.gov.br da SecMulher-PE as obras a baixo:

    República, 120 anos no Brasil - Uma Leitura das Mulheres
    Catálogo de Artesanato das Mulheres da Ilha de Deus
    Caderno Etnicorracial - Mulheres Construindo a Igualdade
    Plano Estadual de Trabalho e Renda para as Mulheres
    Catálogo - 100 Anos do Dia Internacional da Mulher
    Caderno da Lei Maria da Penha - Das Lutas à Lei
    Anais da II Conferência de Políticas para as Mulheres - 2007
    Caderno da Cidadania  - Nenhuma Pernambucana Sem Documento
    As Edições da Revista Pernambucanas
    I Plano Estadual de Políticas públicas para as Mulheres Rurais
    Caderno de Políticas Públicas - Mulheres Semeando Cidadania
    Plano Estadual para Previnir, Punir e Erradicar a Violência contra as Mulheres
    Caderno da Igualdade nas Escolas - Gênero e Educação
    As Mulheres e a Doeça Falciforme.
    Cidades: Olinda
    Assuntos: secmulher, fenelivro, estande, cultura, empreendedorismo
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara visita a Casa Cor PE, maior mostra de arquitetura das Américas

    | Cultura

    O governador Paulo Câmara e a primeira-dama Ana Luiza prestigiaram, na noite desta quinta-feira (21.09), a Casa Cor Pernambuco, maior mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, que reúne 45 escritórios de arquitetura. A 20ª edição do evento, instalada em casarão histórico na avenida Rui Barbosa, no bairro das Graças, movimenta toda a cadeia econômica da arquitetura e serviços, além de gerar 100 empregos diretos. A expectativa de público é de cerca de 25 mil pessoas até o final do evento. A Casa Cor abre ao público hoje (22) e segue até o dia 12 de novembro.

    "Trata-se de um evento importante que entrou novamente para o calendário do Estado e que estimula toda uma cadeia econômica fundamental, sobretudo em momentos difíceis em que o País atravessa. Gera empregos e movimenta o mercado ao mesmo tempo em que é também uma agenda cultural. A mostra está muito bonita e todos estão de parabéns pelo trabalho", afirmou o governador Paulo Câmara.

    Acompanhado também pelo deputado Augusto Coutinho e pelo secretário executivo da Casa Civil, André Campos, o governador visitou os ambientes cumprimentando cada um dos profissionais responsáveis. 

    Este ano, a mostra - realizada pelas franqueadas, Carla Cavalcanti e Isabela Coutinho - traz a campanha "Foco no Essencial". A proposta é mostrar que os projetos residenciais e comerciais utilizem o que é realmente necessário para um ambiente ter funcionalidade.  “O essencial é aquilo que a gente precisa pra fazer a casa funcionar com bom gosto e criatividade”, explicou Isabela.

    Os 45 ambientes inéditos espalhados pelos 2.678 metros quadrados do imóvel histórico carregam a proposta de integração resgatando memórias afetivas e agregando a família atual em torno de sua convivência.

    A Casa Cor fica aberta de terça à sexta-feira das 16h às 21h, nos sábados das 13h às 21h e nos domingos e feriados das 13h às 20h. Os valores dos ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia-entrada).  
    Cidades: Recife
    Assuntos: paulo camara, casa cor pernambuco, arquitetura, paisagismo
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fenearte abre inscrições para edição de 2018

    | Cultura
    Vai começar o período de inscrições para Fenearte 2018. De 02 a 31 de outubro, artesãos de todo Brasil podem realizar o procedimento por meio do site www.fenearte.pe.gov.br ou do portal www.artesanatodepernambuco.pe.gov.br, na aba “Fenearte”. As inscrições valem para todos os setores da Feira: artesãos individuais de Pernambuco, Estados, representantes internacionais, prefeituras pernambucanas, associações, setor de alimentação, redes solidárias e Sebraes. 

    Neste ano, o setor de Pernambuco terá um aumento de 9% no quantitativo de vagas, saltando de 275 para 300 oportunidades. Durante a inscrição, os candidatos devem fornecer as informações solicitadas no sistema do evento e também anexar fotos dos produtos cadastrados, sendo três delas individuais e cinco do conjunto da obra. 

    “A cada ano, o Governo de Pernambuco tem o cuidado em realizar o procedimento de inscrição com antecedência para que o artesão selecionado tenha tempo de produzir suas obras e, com isso, chegue até a Feira com o estande abastecido e consiga bons resultados durante o evento”, destacou o coordenador da Fenearte, Thiago Angelus. 

    Todas as inscrições serão avaliadas pela curadoria do Programa do Artesanato de Pernambuco (Pape), atualmente formada por representantes de secretarias e órgãos do Estado, Sebrae, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), além de representantes de categoria artesã e da sociedade civil. 

    Vale destacar que a inscrição não condiciona ou vincula à participação no evento. Os expositores selecionados, além das informações sobre o processo de comercialização dos estandes, serão anunciados posteriormente. 

    Eventuais dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (81) 3181-3454, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo email fenearte@centrodeartesanato.pe.gov.br.
    Assuntos: fenearte, 2018, seturel, inscriçoes
    Compartilhe: Link para o post:
  • Banda Liberdade, formada por socioeducandos, se apresenta na II Festa Literária do Paulista

    | Juventude, Cultura, Direitos Humanos

    Grupo se formou durante oficina de música oferecida no Case Abreu e Lima,que tem influenciado na construção de novos projetos de vida.

    Munidos do violão, zabumba, triângulo, ganzá, baixo e teclado, adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Abreu e Lima vem transformando seu dia a dia por meio da música. Desde o ano passado, socioeducandos participam de uma oficina e têm se apresentado dentro e fora da unidade, levando no seu repertório ritmos regionais como o xote, sempre exaltando a cultura nordestina. A próxima apresentação será nesta quinta-feira (14), às 15h, na II Festa Literária do Paulista (FLIPA), que acontece no Shopping North Way Paulista - Piso Térreo. Evento é aberto ao público.

    Até então, nenhum dos adolescentes tinha conhecimento musical, com a oficina eles foram apresentados a toda a parte introdutória do estudo da música - conhecendo um pouco sobre acorde, notas musicais e solfejo -, que dá uma base segura para que eles possam se aventurar em diversos instrumentos. Atualmente eles têm aulas três vezes por semana.

    Segundo o professor Artur Silva, que ministra as aulas, a música para os adolescentes fez não só com que eles saíssem da ociosidade, mas também que mudassem o comportamento. “Foi uma válvula de escape, a oportunidade de uma vida diferente. O trabalho dessa oficina tem sido muito prazeroso. É uma prática que tem trazido resultados muito positivos na capacidade cognitiva deles”, enfatizou.

    Seja qual for o propósito da música, as experiências, anseios, sentimentos e sonhos sempre estão nela registrados, e isso é o que os adolescentes vêm fazendo. O grupo já trabalha na composição autoral de letras de Hip-Hop, Rima, Cordel e Prosas, que em breve passarão a integrar o repertório da Banda Liberdade. “As letras são inspiradas em Luiz Gonzaga e para isso eles fazem pesquisas dentro do contexto da história do forró e assim alimentamos os alunos de informação e cultura”, destacou Artur Silva.

    Segundo o coordenador técnico do Case Abreu e Lima, Júlio Scamaral, o contato com a música tem contribuído com o papel pedagógico. “A oficina tem diminuído a ansiedade dos socioeducandos graças à abordagem voltada à conscientização do que motivou sua chegada à Funase e também de que esse pode ser o caminho para mudança de vida. Isso tem influenciado também no aumento da frequência escolar. Eles estão empolgados e envolvidos”, revelou.

    Cidades: Paulista
    Assuntos: funase, case, flipa, socioeducandos, musica
    Compartilhe: Link para o post:
  • Livro da Cepe resgata aspectos da vida e da luta de Frei Caneca

    | Cultura

    Escrita pelo Frei Tito, a obra, que será lançada às 19h da próxima terça-feira (12.09), na Arquidiocese de Olinda e Recife, transporta escritos do padre revolucionário para grafia atual
     
    Por que, apesar ser herói de duas revoluções que tiveram consequências históricas – a Pernambucana de 1817 e a Confederação do Equador, de 1824 –, Frei Caneca não tem sua vida, obra e luta tão valorizadas quanto Tiradentes, mais conhecida figura da Inconfidência Mineira, movimento revolucionário que, como o próprio nome indica, simplesmente não aconteceu, porque um dos integrantes, Joaquim Silvério dos Reis, delatou os companheiros?

    Uma das possíveis explicações é dada por José Murilo de Carvalho, em A formação das almas: O imaginário da república no Brasil. De acordo com o historiador, o padre revolucionário pernambucano levou, entre outras desvantagens, o fato de que o “Nordeste de fins do século 19 era uma região em decadência econômica e política” e Tiradentes “era o herói de uma área que já era o centro político do país” – o Sudeste.

    Com uma política editorial voltada para promover e resgatar a história e a cultura do Estado, o que inclui a publicação de biografias e obras de grandes personalidades, a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) está lançando o livro Frei Caneca – Vida e escritos, de Frei Tito, doutor em Ciências Humanas pelo Museu Nacional. O lançamento se insere nas comemorações dos 200 anos da Revolução de 1817, episódio histórico sobre o qual a Cepe já lançou e lançará vários livros.

    Com 153 páginas, Frei Caneca – Vida e escritos traz uma biografia do frade – nascido no Recife em 1779 e executado na mesma cidade em 1825 – e vários textos por ele produzidos, todos “traduzidos” para o português contemporâneo e acompanhados de comentários contextualizadores.
     
    Serviço:
    º Lançamento do livro: Frei Caneca – Vida e escritos, de Frei Tito
    º Quando: 12 de setembro, às 19h
    º Local: Arquidiocese de Olinda e Recife (Avenida Rui Barbosa, 409, Graças, Recife)
    º Preço do livro: R$ 25,00

    Cidades: Recife
    Assuntos: cepe, frei caneca, lançamento de livro
    Compartilhe: Link para o post:
  • Domingo na Arena teve a definição das três últimas bandas finalistas do festival Som na Arena II

    | Cultura

    Dentro da programação do Domingo na Arena (03), aconteceu a segunda semifinal do Som na Arena II, com a escolha das três últimas bandas que vão para a final do festival. O público que marcou presença, das 9h às 17h, na Arena de Pernambuco, acompanhou, ainda, a Etapa Estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) e aproveitou um dia inteiro de diversão nos cinco polos temáticos.

    Cercada de grande expectativa e participação de torcidas organizadas das bandas, a segunda semifinal do Som na Arena II trouxe ao palco as apresentações de Aliados CP, Mesa 4, Bertony, Albino Baru, Nira Santos e Arcanflô. A comissão julgadora formada por Andrezza Portella (Coordenadora de música da Fundarpe), Rogério Rangel (cantor, compositor e criador de gingles) e Rafa Emery (cantor, compositor, baixista, segundo lugar geral no Som na Arena I – 2016) escolheu Albino Baru e Aliados CP. Já a banda Mesa 4, foi a escolhida do público, por meio de voto na fan page do Facebook da Arena de Pernambuco, até 20h. 

    No próximo domingo (10) acontecerá a grande final e teremos seis bandas disputando o título da segunda edição do festival Som na Arena. São elas: Raízes do Capibaribe, Colt Brothers, Rua Autora, Albino Baru, Aliados CP e Mesa 4. Os três primeiros colocados serão contemplados com apresentações, incluindo cachê, em municípios a serem definidos, além de apresentação no Domingo na Arena. O campeão ganhará ainda 120 horas de produção em estúdio de um CD composto por 10 músicas inéditas. Um olheiro do Rec Beat estará nas apresentações para selecionar uma das bandas para tocar no festival, independente do resultado.

    Uma novidade para as famílias, no palco, foi a apresentação do Maracatu Várzea do Capibaribe trazendo um importante traço musical da nossa cultura popular levando a plateia a interagir com uma grande roda de ciranda. Por fim, a tão esperada aula de Zumba fechou a programação musical e, como sempre, a participação do público foi intensa. 

    O Domingo na Arena trouxe, também, uma diversidade de opções de lazer e entretenimento para as famílias nos polos infantil, esportivo, cultural, sustentabilidade e gastronômico, além do ParCão, que recebeu um encontro de cães da raça Bull Terrier, garantindo a festa dos bichinhos, num espaço seguro e confortável.

    Cidades: São Lourenço da Mata
    Assuntos: domingo na arena, arena pernambuco, obr, festival som na arena
    Compartilhe: Link para o post:
  • Projeto “Música no Palácio” apresenta o Coro de Câmara do Conservatório Pernambucano de Música

    | Cultura
    O prédio-sede do Governo de Pernambuco recebe, neste domingo (03.09), às 10h, o projeto “Música no Palácio”, com a apresentação do Coro de Câmara do Conservatório Pernambucano de Música (CPM). Na ocasião, o grupo apresentará trechos de óperas e extratos de musicais famosos para solistas e coro. Além de desfrutar da seleção musical, o público poderá se aprofundar na história local através da visita guiada. A entrada no evento é gratuita.
     
    Entre os músicos que se apresentarão estão os solistas Dilvan Ferreira, Elias Marques, Flávio Soares, Mônica Muniz, Natália Duarte, Patrícia Calado; os solistas convidados Gleyce Melo e Madson de Paula; e, ao piano, Jetro Rodrigues.
     
    O Coro de Câmara do CPM foi criado no ano de 2012 com objetivo de fomentar o canto coral erudito. Hoje, o grupo é formado por 23 integrantes, todos alunos e professores da escola pernambucana. Sob a regência da maestrina Mônica Muniz, o Coro vem atuando com destaque nos palcos locais, com um repertório que vai da música sacra à ópera.
     
    SERVIÇO:
    Projeto Música no Palácio - Coro de Câmara do Conservatório Pernambucano de Música
    Data: 3 de setembro (domingo)
    Horário: 10h
    Entrada gratuita
    Local: Hall do Palácio do Campo das Princesas, Praça da República, S/N - Santo Antônio, Recife
    Cidades: Recife
    Assuntos: projeto musica no palacio, palacio do campo das princesas
    Compartilhe: Link para o post: