meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Turismo do Sertão do Pajeú ganha importantes reforços

    | Turismo, Cultura

    Cumprindo agenda na região, nesta sexta-feira, governador Paulo Câmara inaugurou o Museu Zé Dantas e a escadaria de Nossa Senhora de Lourdes

    Em visita ao Sertão do Pajeú, nesta sexta-feira (03.11), o governador Paulo Câmara inaugurou dois importantes equipamentos para o turismo e a cultura da região. O primeiro deles, localizado no município de Solidão, foi a escadaria para acesso dos romeiros ao Cristo Redentor, partindo da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes. Em seguida, Paulo Câmara entregou o Museu Zé Dantas, homenageando o médico, músico e compositor, conterrâneo de Carnaíba, onde está localizado o espaço cultural. Juntas, as obras receberam um aporte de R$ 920 mil.

    “Dois equipamentos de turismo, mas principalmente de preservação histórica, cultural e religiosa. Preservação de valores fundamentais. Essa escadaria já atrai milhares de pessoas no mês de outubro, mas o Estado precisava finalizar essa obra para oferecer uma infraestrutura melhor e mais adequada aos fieis. Hoje também inauguramos um museu que homenageia uma figura importante não só para o povo de Carnaíba, Pernambuco, mas para todo o Brasil. Zé Dantas foi um artista que soube expressar na sua música, na sua letra, na sua poesia, esperança”, destacou o governador.

    A escadaria de Nossa Senhora de Lourdes possui 350 metros de altura e cerca de 1.200 degraus. O investimento total da obra foi de R$ 646.317,45, com repasse de R$ 341.250,00 do Ministério do Turismo e contrapartida de R$ 305.067,45 do Estado. A Romaria recebe cerca de 15 mil pessoas durante a terceira semana de outubro. Os romeiros vão à Solidão pagar promessas, fazer pedidos à Santa ou simplesmente conhecer o local considerado sagrado. “Esta obra irá trazer desenvolvimento para o nosso município e é isto que nós precisamos”, pontuou o prefeito de Solidão, Djalma da Padaria. 

    MUSEU - Com objetivo de promover entretenimento e aprendizado histórico para a população do Pajeú e de todo o Estado, o Museu Zé Dantas teve suas obras concluídas no mês de outubro e gerou 35 empregos para moradores da região. O local contou com um investimento de R$ 272.504,73. “A gente fica feliz em contribuir com essa obra de tanta significância para o povo do Pajeú, principalmente para o povo de Carnaíba. Zé Dantas traz tudo de bom que a cultura pernambucana tem, a cultura do verso e da poesia. E aqui a gente mostra a importância da obra desse músico e compositor para a cultura brasileira”, reforçou o secretário executivo das Cidades, Fernando Freire. 

    ZÉ DANTAS – Formado em medicina, mas apaixonado por música, o artista Zé Dantas nasceu em 1921. Ficou bastante conhecido na música por suas parcerias com Luiz Gonzaga, que gravou várias composições do médico. Entre algumas estava Vem Morena, a Volta da Asa Branca e Acauã. Zé Dantas faleceu em março de 1962.

    EMENDAS – Além das ações na área do turismo, foi liberado o valor de R$ 277 mil, através de emenda parlamentar dos deputados Waldemar Borges e Diogo Moraes, para obras do FEM em Iguaracy. O valor será investido na construção e pavimentação de duas ruas no município, são elas: R. Luiz Quaresma (Jabatica) e R. José Bezerra (Sede), com investimento de R$ 177 mil e R$ 100 mil, respectivamente. As obras são responsabilidade da prefeitura da cidade.

    25ª FESTA DE ZÉ DANTAS - O governador aproveitou a visita ao município para prestigiar, na noite desta sexta, a 25ª edição da Festa do compositor e poeta Zé Dantas, que ocorre, desde 1993, no município de Carnaíba.  O evento deste ano, que teve início no último dia 29 e se encerra neste sábado, conta com oficinas de música, poesia e literatura de cordel, além de danças populares, violeiros, mesa de glosa, futebol e forronatas. O Governo do Estado, através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e da Empresa de Turismo Pernambucano (Empetur), está custeando 50% das despesas da Festa de Zé Dantas.

    “O povo de Carnaíba é grato pelo trabalho que vem sendo feito em parceria com o Governo do Estado. O governador Paulo Câmara está sabendo fazer com que um Estado pobre, que enfrenta inúmeras dificuldades, se consiga manter equilibrado, com os salários em dia e investindo em ações importantes, em todas as regiões”, declarou o prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota.

    Participaram ainda dos atos os secretários João Campos (Chefe de Gabinete), Antônio Figueira (Assessoria Especial), Wellington Batista (Agricultura e Reforma Agrária); os deputados federais Gonzaga Patriota, Danilo Cabral, Tadeu Alencar e João Fernando Coutinho; os deputados estaduais Waldemar Borges, Clodoaldo Magalhães e Rodrigo Novaes; além dos prefeitos José Patriota (Afogados da Ingazeira), Brejinho (Tania Maria), Anchieta Patriota (Carnaíba), Lino Morais (Ingazeira), Adelmo Moura (Itapetim), Vaninho de Danda (Santa Terezinha), Evandro Valadares (São José do Egito) e Ângelo Ferreira (Sertânia). Estiverem presentes também ex-prefeitos, vereadores e outras autoridades políticas da região.

    Cidades: Carnaíba
    Assuntos: sei, seturel, paulo camara, governo de pernambuco, fundarpe, empetur
    Compartilhe: Link para o post:
  • II Prêmio Ariano Suassuna contempla dez vencedores

    | Cultura
     premio

    A edição deste ano registrou 68 inscrições nos segmentos de Cultura Popular e Dramaturgia
     
    Pelo segundo ano consecutivo disseminando e fomentando práticas culturais de raízes populares, o Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia foi entregue nesta terça-feira (24.10), em cerimônia no Teatro Arraial, que também leva o nome do homenageado da premiação. Comandada pelo governador Paulo Câmara, a solenidade bonificou dez vencedores, sendo oito no segmento de Cultura Popular, e duas no segmento de Dramaturgia. Os premiados foram agraciados com valores entre R$ 7 e R$ 15 mil, totalizando um incentivo R$ 117 mil. Na ocasião, também foi lançado o edital para a realização da 3ª edição do certame, em 2018.

    “Ariano Suassuna deve estar muito contente por saber que o prêmio que leva seu nome está conseguindo fazer com que a cultura de Pernambuco continue cada vez mais viva, cada vez mais presente, revelando tantos talentos e, ao mesmo tempo, valorizando os talentos que já existem”, ressaltou o governador. Paulo Aproveitou a oportunidade para garantir aos artistas pernambucanos o apoio do Governo do Estado na preservação e promoção dos valores culturais. “Os desafios de fazer cultura são grandes, principalmente em momentos econômicos tão difíceis, mas vamos continuar buscando alternativas de investir e valorizar a nossa arte”, reforçou.
     
    A segunda edição do prêmio registrou um total de 68 inscrições, sendo 35 para “Cultura Popular” e 33 para “Dramaturgia”. O primeiro incluiu as categorias “Mestres” e “Grupos” das quatro macrorregiões: Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e Sertão. Este segmento foi bonificado com valores de R$ 10 mil (Mestre) e R$ 15 mil (Grupos), cada. Já no segmento da Dramaturgia, foi premiada a categoria “Teatro Adulto” com R$ 10 mil (primeiro lugar) e R$ 7 mil (segundo lugar).

    Motivada pelo inestimável legado de Ariano para a cultura brasileira, a iniciativa visa reconhecer, valorizar e incentivar práticas de transmissão de saberes e fazeres da Cultura Popular, além de estimular a escrita dramática e revelar novos dramaturgos, como explica o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja. “O motor permanente da arte é a inovação, mas também é a sua ligação com a sua raiz. E essa inspiração da arte popular nos garante a reprodução da arte como um todo. Por isso, nos inspiramos em Ariano para replicar esses valores tão importantes que formam a nossa cultura”, frisou.  
     
    O secretário executivo de Políticas para a Criança e Juventude (SEPCJ) e neto de Ariano, João Suassuna, falou em nome da família do homenageado. “Uma homenagem justa e merecida, em um local simbólico para Ariano, inaugurado por ele enquanto secretário de Cultura, em 1997. Um local que representa a resistência, assim como Ariano e todos que fazem e cultivam a cultura popular”, lembrou. A presidente da Fundarpe, Márcia Souto, também comemorou a concretização de mais uma edição do prêmio. “Esse ato é muito importante e necessário porque os nossos artistas precisam que haja esse tipo de incentivo por parte do Governo, e é isso o que a gente tem buscado fazer”, frisou.

    Janduir Santos, de 33 anos, fundador do Grupo Bacamarteiros Batalhão 56, um dos vencedores da categoria Grupos, agradeceu a conquista do prêmio e ressaltou a importância de eventos como esse para a disseminação dos diversos segmentos populares. “É uma grande satisfação poder participar dessa iniciativa e saber que a nossa expressão da cultura popular está sendo valorizada. É a primeira vez que a gente participa e estamos muito honrados de vir do Agreste e mostrar o trabalho cultural dos bacamarteiros aqui”, celebrou. Fundado no município de Riacho das Almas, o grupo é formado por 42 integrantes.

    COMISSÃO JULGADORA - A seleção das propostas vencedoras na área de Cultura Popular foi avalizada por uma comissão formada pelos especialistas Francisco Adriano da Costa Souza, José Bezerra de Brito Neto, Débora Fernandes Herszenhut e André Alexandre Mendes Freiras. Na área de Dramaturgia, a análise ficou por conta de Morgana Pessoa, Cristiana Gimenes e Luiz de Assis Monteiro.
     
    NOVO EDITAL -  Os interessados em participar do 3º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia poderão se inscrever entre os dias 3 de novembro e 12 de janeiro de 2018. O método de inscrição varia de acordo com o segmento. Para mais detalhes, acesse: www.cultura.pe.gov.br. Para o segmento de Dramaturgia, os proponentes deverão apresentar obras inéditas nas três categorias  "Teatro Adulto", "Teatro para Infância e Juventude" e "Teatro para Formas Animadas". Já no segmento de Cultura Popular, grupos/comunidades/mestres e mestras deverão comprovar residência e atuação em Pernambuco há pelo menos cinco anos.
     
    Também participaram da cerimônia também o deputado estadual Antônio Moraes; o secretário executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto; e o prefeito de Tabira, Sebastião Dias.

    Assuntos: sei, paulo camara, premio, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Livro da Cepe debate novos rumos para a psicanálise no mundo de hoje

    | Cultura

    Clínica sem fronteiras – Textos psicanalíticos, organizado por Anamaria Pimentel e Sílvia Gusmão, será lançado no dia 27 de outubro, na Associação Médica de Pernambuco 

    As teorias psicanalistas tradicionais oferecem recursos satisfatórios para o ser humano de hoje, habitante de um mundo globalizado e capitalista, que põe as pessoas à mercê da tirania do mercado, as submete a atividades profissionais que exigem esforços cada vez maiores e cria, devido a um conjunto de outras demandas, novos modos de sofrimento psíquico?

    Essas e outras questões, além de respostas por elas provocadas, compõem o cerne do livro Clínica sem fronteiras – Textos psicanalíticos, que a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) lançará às 19h desta sexta-feira (27.10), na Associação Médica de Pernambuco (AMPE).

    Organizada pelas psicólogas e psicanalistas Anamaria Pimentel e Sílvia Gusmão, a obra reúne nove textos de um grupo de psicanalistas, alguns pertencentes ao Círculo Psicanalítico de Pernambuco (CPP), que, há vários anos, realizam estudos e escrevem livros voltados para a transmissão do conhecimento psicanalítico, privilegiando a clínica como propulsora de pensamento e produção teórica.

    Clínica sem fronteiras é um livro atual e instigante, que mostra que é possível criar e produzir a partir da clínica, escrevendo-a, quando um psicanalista, como o fez Freud, deixa-se afetar e se indagar permanentemente por ela”, diz na Apresentação a psicanalista e sócia do CPP Ana Elizabeth Cavalcanti, acrescentando que os autores partiram de “experiências clínicas instigantes que impulsionaram à busca de novas maneiras de compreender as situações clínicas com as quais se confrontaram e lidar com elas”.

    Por sua vez, diz no Prefácio Rosane da Fonte, membro da Escola Brasileira de Psicanálise (EBP) e da Associação Mundial de Psicanálise (AMP): “Os autores, cuidadosamente, revisitam Freud, Lacan, Miller e outros psicanalistas extraindo deles elaborações conceituais importantes para fundamentar pontos explorados nos seus respectivos trabalhos. A experiência clínica dos autores abre perspectivas para novos alcances. Cada um apresenta-se com seu estilo singular”.

    Cidades: Recife
    Assuntos: ccivil, cepe, lançamento, psicanalise
    Compartilhe: Link para o post:
  • V Prêmio Pernambuco de Literatura coroa trabalhos de todas as macrorregiões do Estado

    | Cultura

    Solenidade de entrega da premiação foi comandada, nesta terça-feira, pelo governador Paulo Câmara no Palácio do Campo das Princesas
     
    A determinação de fomentar a produção literária em todas as macrorregiões de Pernambuco e a democratização do acesso ao livro e à leitura contribuíram para a entrega, nesta terça-feira (17.10), de mais uma importante honraria a artistas pernambucanos. O governador Paulo Câmara comandou, no Palácio do Campo das Princesas, cerimônia de anúncio dos nomes dos cinco escritores  vencedores do V Prêmio Pernambuco de Literatura. Na ocasião, Paulo aproveitou para decretar uma mudança no nome do prêmio, que, a partir de hoje, passa a se chamar Prêmio Hermilo Borba Filho de Literatura, em homenagem ao centenário de nascimento do escritor. 

    A nova denominação veio junto com outras novidades que serão implementadas na próxima edição, como o aumento nos valores pecuniários e ampliação do quadro de contemplados. “O Prêmio Hermilo Borba Filho é, sem dúvida, um importante pilar na estruturação da política que vem sendo desenvolvida para um setor tão fundamental como a cultura. O nosso governo continuará fazendo tudo o que for possível no sentido de valorizar e apoiar as boas iniciativas comprometidas com a literatura e com todos e todas que, de alguma forma, ajudam a construir esse rico cenário”, afirmou o governador.
                                        
    Sobre a modificação no nome do prêmio, Paulo afirmou que considera uma homenagem mais do que justa à memória do intelectual pernambucano. “Além disso, a honraria representa um verdadeiro incentivo para que as novas gerações conheçam o seu trabalho e sua inestimável contribuição para a cultura de Pernambuco e do Brasil. Sinto-me confiante ao vislumbrar que esse gesto poderá contribuir, em larga medida, para a transmissão e o cultivo do saber cultural entre gerações”, completou.
     
    Foram cinco os escritores pernambucanos agraciados com o prêmio: Ezter Liu, que representa o Agreste, recebeu o Grande Prêmio, com o livro de contos “Das Tripas Coração” - levando a premiação de R$ 15 mil; Walter Cavalcanti Costa, da Mata Norte, venceu com o romance O Velocista; Fred Cajú, do Recife, foi contemplado pelo livro de poemas Nada Consta; Enoo Miranda, de Nazaré da Mata, levou o prêmio pelo livro de poemas Fogo, fato; e Amâncio Siqueira, de Garanhuns, venceu com o romance Absinto. Estes últimos receberão a premiação no valor de R$ 5 mil. Os autores terão suas obras inéditas editadas pela Cepe.
     
    O secretário de Cultura, Marcelino Granja, ressaltou a atitude do governador Paulo Câmara de, em um momento de crise como a que o País passa, aumentar as verbas para incentivar a cultura como  um ato de coragem política. “Esse gesto é de quem tem o tino para criar instrumentos de mais acesso e democratização da cultura. Além disso, por meio do decreto assinado, o governador deixa marcado o crescimento da política cultural de Pernambuco”, destacou.
     
    Sobre a futura VI edição do prêmio, a ser realizada em 2018, o gestor da pasta explicou que a premiação passará de R$ 40 mil para R$ 90 mil. “Agora, iremos premiar os primeiros e segundos lugares. Um robustecimento dessa honraria, que, agora, terá no nome a grandeza de Hermilo, uma referência como escritor que marca as artes e a cultura pernambucana”, acrescentou. Serão concedidas premiações de R$ 20 mil para o grande vencedor, cinco prêmios de R$ 10 mil para os primeiros colocados nas quatro macrorregiões do estado e quatro prêmios de R$ 5 mil para os segundos colocados nas quatro Macrorregiões do Estado, conforme estipulado no Edital da seleção pública.
     
    Gestor do Centro Apolo-Hermilo, Carlos Carvalho registrou que o gesto do governador Paulo Câmara de denominar o prêmio Hermilo Borba Filho, no ano do centenário de seu nascimento, marca a história de Pernambuco. “Não basta ser humano ou nascer humano. Temos que nos tornar humanos e, para nos tornarmos humanos, uma das armas da civilização é a arte. E quando o governador constitui o prêmio Hermilo Borba  Filho, ele faz esse gesto para a história. A cultura de Pernambuco agradece”, afirmou Carlos.
     
    Também prestigiaram o evento os secretários Nilton Mota (Casa Civil); Antonio Carlos Figueira (Assessoria Especial); Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão); João Campos (chefe de Gabinete); Roberto Franca (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude); Ruy Bezerra (Controladoria Geral); o vice-prefeito do Recife, Luciano Siqueira (representando o prefeito Geraldo Julio); a presidente da Fundarpe, Márcia Souto; o presidente em exercício da Cepe, Ricardo Melo; a presidente da Academia Pernambucana de Letras, Margarida Cantarelli; o reitor da Universidade de Pernambuco, professor Pedro Falcão; e os deputados estaduais Eduíno Brito e João Eudes.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sei, paulo camara, premio pernambuco de literatura, secult
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco anuncia vencedores de prêmio de literatura

    | Cultura
    Paulo Câmara também assinará decreto amanhã denominando prêmio como Hermilo Borba Filho, em homenagem ao centenário do escritor e dramaturgo 

    Os vencedores do V Prêmio Pernambuco de Literatura serão conhecidos nesta terça-feira (17/10), em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, às 18h. Os autores terão suas obras inéditas editadas pela Cepe, e também receberão prêmio em dinheiro. Os livros, na categoria conto, poema ou romance, também fazem um recorte territorial, pois são cinco prêmios – no valor de R$ 5 mil – para cada um dos vencedores(as), em cada macrorregião de Pernambuco (RMR, Mata Norte, Mata Sul, Agreste e Sertão). Também há o Grande Prêmio, no valor R$ 15 mil, destinado para a melhor obra entre as cinco finalistas. Na ocasião, o governador Paulo Câmara assinará decreto que institucionaliza o prêmio, lançando a sexta versão do edital, que receberá o nome de Prêmio Hermilo Borba Filho, em homenagem ao centenário do escritor e dramaturgo pernambucano.

    “É uma iniciativa mais do que justa com a memória do mestre Hermilo, um intelectual pernambucano de referência universal. Uma maneira também de fazer com que eu as novas gerações conheçam o seu trabalho e sua contribuição para a cultura de Pernambuco e do Brasil”, afirmou o governador Paulo Câmara, acrescentando que é motivo “grande orgulho” fazer essa mudança na sua gestão.
     
    O objetivo do prêmio é fomentar a produção literária em todas as macrorregiões de Pernambuco por meio de uma política editorial que visa democratizar o acesso ao livro e à leitura, e apresentar-se como uma estratégia de promover a distribuição e circulação da literatura contemporânea pernambucana, aliando-se a outras atividades de fruição e formação de público leitor desenvolvidas pelo sistema Secult-PE/Fundarpe. Os vencedores de cada edição também firmam compromisso com a gestão cultural do estado de participarem de atividades que tenham como meta a formação do público leitor.
     
    A ação onde mais os escritores lançados pelo prêmio têm contribuído é a atividade “Outras Palavras”, que já visitou centenas de escolas no estado, distribuindo milhares de livros. “Este prêmio converge com diversas ações na área da literatura, como a própria elaboração do Plano do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca (PLLLB), o projeto A gente de Palavra e Outras Palavras, contribuindo enfim para a estruturação da politica pública deste segmento, na medida em que é uma ação de política de estado, garantida agora por meio de um decreto assinado pelo governador do estado”, ressalta o secretário de Cultura Marcelino Granja.
     
    NOVIDADES – No intuito de aprimorar o prêmio, incentivar ainda mais a produção de textos dos mais diversos gêneros, a revelação de novos escritores e, por fim, reconhecer a inestimável contribuição do pensador, escritor, crítico e dramaturho Hermilo Borba Filho, é que o Governo do Estado resolveu melhorar ainda mais o prêmio.
     
    A nova edição fica instituída como Prêmio Hermilo Borba Filho de Literatura, mas mantêm a sequência numérica, com o objetivo de fortalecer a produção literária contemporânea no Estado. O prêmio continuará sendo concedido anualmente pela Secretaria de Cultura, que coordenará a seleção pública dos títulos literários dos gêneros conto, poesia e romance, com o apoio da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico – Fundarpe e da Cepe Editora.
     
    O valor total do Prêmio será de R$ 90.000,00 (noventa mil reais), a ser concedido em premiações de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) para o grande vencedor, 5 prêmios de R$ 10.000,00 (dez mil reais) para os primeiros colocados nas quatro macrorregiões do estado e 4 prêmios de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para e segundos colocados nas quatro Macrorregiões do Estado, conforme estipulado no Edital da seleção pública. As regras relativas às inscrições, à especificação dos requisitos de seleção, à análise, à seleção dos trabalhos, às premiações e sua distribuição, constarão de edital a ser publicado pela Secretaria Estadual de Cultura.

    Assuntos: sei, paulo camara, governo de pernambuco, premio pernambuco de literatura, cepe, secult, marcelino granja
    Compartilhe: Link para o post:
  • Arquivo Público Estadual recebe acervo da Comissão da Verdade

    | Cultura
    A terça-feira, 10.10.2017, vai ficar marcada para sempre na história política de Pernambuco. É que a partir dessa data todo o acervo resgatado pela Comissão da Verdade ficará definitivamente no Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, na Rua do Imperador, no Centro do Recife. Para marcar essa data, o Arquivo Público organizou uma exposição do material coletado pela Comissão da Verdade durante o período da Ditadura Militar, de 1964 a 1985, em Pernambuco. São fotos, recortes de jornais da época, depoimentos e documentos que ficarão à disposição da população pernambucana para pesquisa, consulta e visitação. Mais de 70 mil documentos foram pesquisados e digitalizados, totalizando aproximadamente 200 mil páginas da memória daquele período. 
     
    A abertura da exposição e entrega da documentação produzida pela Comissão da Memória e Verdade Dom Helder Câmara será às 18h30, com a presença do presidente da Comissão, Fernando Coelho.O ato marcará também o início do acesso público ao acervo.
     
    Data: Terça-feira, 10 de outubro.
    Hora: 18h30
    Local: Arquivo Público
    Endereço: Rua do Imperador, 371, centro
    Cidades: Recife
    Assuntos: arquivo publico, comissao da verdade, ditadura militar, acervo
    Compartilhe: Link para o post:
  • No mês das Crianças, Projeto "Música no Palácio" tem atrações para todas as idades

    | Cultura, Infância

    Para comemorar o Dia das Crianças, celebrado no próximo dia 12 de outubro, o Governo de Pernambuco, por meio do Projeto 'Música no Palácio' - 2017, realizará uma programação musical em dois domingos deste mês. O primeiro evento, que será realizado no próximo dia 8, contará com a participação do Coro Infantil do Conservatório Pernambucano de Música (CPM), que reapresentará o espetáculo "Arrasta-Pé", com muito forró, baião, xote e xaxado.

    Já no dia 22 de outubro, será a vez do Grupo Instrumental Brasil realizar um show eclético, com músicas que vão do erudito ao popular. Ambas as apresentações serão realizadas às 10h, no salão de entrada do Palácio do Campo das Princesas. A entrada é gratuita.


    SERVIÇOProjeto Música no Palácio

    Data: 8 de outubro (domingo), com o Coro Infantil do Conservatório Pernambucano de Música

    Horário: 10h
    Entrada gratuita
    Local: Hall do Palácio do Campo das Princesas, Praça da República, S/N - Santo Antônio, Recife

    Data: 22 de outubro (domingo), com o Grupo Instrumental Brasil


    Horário: 10h
    Entrada gratuita
    Local: Hall do Palácio do Campo das Princesas, Praça da República, S/N - Santo Antônio, Recife

    Cidades: Recife
    Assuntos: musica no palacio, conservatorio pernambucano de musica, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Detentos do Presídio de Igarassu ganham Espaço Cultural

    | Cultura, Direitos Humanos

    Os detentos do Presídio de Igarassu (PIG), ligado à Executiva de Ressocialização (Seres), vinculada à Justiça e Direitos Humanos, já contam com o Espaço Cultural. O local, todo reformado e adaptado para a realização de atividades de ressocialização, foi inaugurado nesta terça (03/10) com a presença de representantes do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, da Caixa Econômica Federal e Seres.

    Na solenidade realizada no espaço ecumênico da unidade prisional, o secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues, iniciou sua fala reafirmando que acredita na ressocialização, como falou ao assumir a pasta do sistema prisional do Estado há um ano e meio. “Temos que fazer os parceiros acreditarem nesse trabalho e investirem na ressocialização e os reeducandos devem aproveitar todas as oportunidades oferecidas. Eu acredito em vocês”, reiterou Rodrigues.

    Após dois meses em reforma, com o auxílio da mão de obra de 11 detentos, o espaço, que fica no primeiro andar do PIG, ganhou cores vibrantes na pintura e papéis de parede, além de máquinas de costura, mobiliários, prateleiras com livros e bancadas que acomodam os 20 computadores doados pela Caixa, através da ONG Moradia e Cidadania (dos empregados da CEF).

    Sob coordenação de Maria das Graças, com o apoio de voluntários, cerca de 200 reeducandos terão acesso à biblioteca e às oficinas de corte e costura, música, línguas estrangeiras, informática, artes plásticas, xadrez, entre outras. As atividades eram realizadas no espaço ecumênico. “Agradeço a oportunidade da gente dar mais um passo para nós mesmos e para nossa família”, disse o detento Linck Alberes, 25 anos, há 4 meses no PIG. Em pouco mais de um ano e meio, foram realizadas no PIG 24 oficinas onde participaram mais de 1.900 reeducandos. Já as palestras reuniram em torno de 1.800 apenados.

    Estiveram também na inauguração os juízes das Varas de Execuções Penais, Cícero Bitencourt e Roberto Bivar; o promotor Marcellus Ugiette; o defensor público Rodrigo Furtado; o superintendente de Negócios/Recife, Laércio Lemos e o gerente regional de Segurança, Saulo Pessoa, ambos da CEF; além do gerente do PIG, Charles Belarmino, e representantes da ONG Moradia e Cidadania e das secretarias de Saúde e Turismo de Itapissuma.

    Cidades: Igarassu
    Assuntos: seres, sjdh, pig, espaço cultural, reeducandos
    Compartilhe: Link para o post:
  • No Ministério do Esporte, Paulo reforça pedido de verbas para o Santos Dumont

    | Esportes, Cultura
    Centro de Esporte, Lazer e Cultura deverá estar totalmente concluído em meados de 2018

    O governador Paulo Câmara se reuniu, hoje (03.10), com o ministro do Esporte, Leonardo Picciani.  Na pauta, as obras de requalificação do Centro de Esporte, Lazer e Cultura Alberto Santos Dumont, localizado em Boa Viagem, no Recife. Paulo solicitou ao ministro atenção especial ao equipamento, que está com obras avançadas. O projeto tem um custo total de R$ 20 milhões: R$ 16 milhões do Governo Federal e R$ 4 milhões do Governo do Estado. 

    “Queremos manter o ritimo dos repasses, seguir o cronograma para entregar o Santos Dumont aos pernambucanos. Esta é uma obra de lazer, esportes, mas, sobretudo, de inclusao social", afirmou o governador de Pernambuco.

    Paulo Câmara aproveitou a conversa para convidar Leonardo Picciani  para a inauguração do Centro, prevista para meados do próximo ano. Segundo o secretário de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, Felipe Carreras, a meta é inaugurar o Centro de Esportes de Praia nas próximas semanas, beneficiando as áreas de beach soccer, beach tennis, beach handebol, futevôlei e vôlei de praia. 

    Está próxima também a conclusão do campo para futebol, localizado entre o parque aquático e o ginásio poliesportivo. Já o novo parque aquático contará com três piscinas, sendo uma olímpica, uma de saltos e uma de aquecimento. O novo Santos Dumont contará ainda com quadras de tênis e futebol society, área de esportes radicais e academia de ginástica.
    Cidades: Recife
    Assuntos: paulo camara, centro alberto santos dumont, brasilia, conclusao de obra
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara decreta a desapropriação da Casa de Capiba

    | Cultura
    Com o objetivo de preservar e manter a memória artística de Pernambuco, o governador Paulo Câmara decretou, nesta segunda-feira (02.10), que a Casa de Capiba será desapropriada para ser incorporada ao patrimônio do Estado. O imóvel está localizado na rua Barão de Itamaracá, nº 369, Bairro do Espinheiro, no Recife.
     
    No decreto, que será publicado nesta terça-feira (03.10) no Diário Oficial do Estado, consta que as despesas com a execução da desapropriação serão de responsabilidade do Tesouro Estadual. A responsabilidade de desapropriação do imóvel ficará a cargo da Procuradoria Geral do Estado.
     
    Lourenço da Fonseca Barbosa, mais conhecido como Capiba, nasceu no município de Surubim (Agreste) em 28 de outubro de 1904. O artista compôs mais de 200 canções, em sua maioria frevos, ritmo que o consagrou como uma das maiores expressões da música pernambucana e brasileira. Capiba morreu em 31 de dezembro de 1997, tendo deixado um legado que também reúne sambas e músicas eruditas.
    Cidades: Recife
    Assuntos: paulo camara, casa de capiba, patrimonio do estado, pge
    Compartilhe: Link para o post: