meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Porto do Recife divulga resultado da licitação da dragagem

    | Economia, Balanço

    O Porto do Recife publicou, na sexta-feira (10/02), no Diário Oficial do Estado, o resultado de mais uma licitação estratégica para o crescimento do porto mais antigo de Pernambuco. A empresa Van Oord Serviços de Operações Marítimas Ltda. foi a vencedora da licitação para obras de dragagem do canal de acesso, bacia de manobras e da extensão dos berços de atracação (do cais 00 ao cais 9).

    Estão previstas a retirada de 711 mil metros³ de areia, argila e material duro de uma área de 1,2 km². Com a dragagem, o Porto do Recife passará a ter 11,5 metros de profundidade, 2 metros a mais que os atuais 9,5 metros, e poderá receber navios de maior porte. “É mais um passo importante para o desenvolvimento e consolidação do crescimento que o Porto vive neste momento”, comemora o diretor presidente do Porto, Pedro Mendes.

    O investimento será de aproximadamente R$ 21,5 milhões, e a empresa terá o prazo de 120 dias para realizar o procedimento a partir da assinatura da Ordem de Serviço, que deverá ser feita em meados de março. Isso porque antes do início das obras de dragagem será realizada uma batimetria, que é a medição da profundidade atual. O procedimento é necessário para a fiscalização do serviço executado pela Van Oord. Uma segunda batimetria está prevista para depois da dragagem.

    O Porto do Recife realizou um processo de dessasoriamento semelhante no final de 2009. Porém, no procedimento realizado foi utilizada somente a draga de sucção, que suga os resíduos do fundo do mar. Durante o processo, foram descobertos trechos com solo mais consistente, especialmente na entrada do canal de acesso e em parte dos berços de atracação, que a draga não conseguia puxar, o que não permitiu que o calado médio (a soma de profundidade de todos os trechos) do Porto atingisse a marca de 11,5 metros de profundidade.

    Na dragagem que será realizada agora, serão feitos dois procedimentos: o de sucção e a dragagem mecânica (drag-line), que utiliza uma caçamba, conhecida como clan-shell, para cavar e quebrar os resíduos duros do solo.

    Assuntos: porto, recife, dragagem, licitação, resultado, vencedora, van, oord, desenvolvimento, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Grande Recife divulga balanço do Carnaval 2012

    | Turismo, Transporte, Balanço, Administração, Cultura

    O Grande Recife Consórcio de Transporte promoveu um esquema especial para atender os foliões nesse Carnaval. O destaque ficou por conta das cinco linhas especiais, que durante os quatro dias operaram com 42 ônibus e 1.414 viagens, sendo 154 atendimentos a mais que em 2011. Ao todo, foram transportados aproximadamente 85 mil usuários, 15 mil a mais que em 2011, quando 70 mil pessoas utilizaram o serviço. As linhas foram: Circular do Galo, Shopping Recife/Olinda, Shopping Tacaruna Olinda, Circular Olinda e Circular do Frevo.

    A frota total em operação ganhou um reforço importante em relação a 2011. Neste ano, foram 160 linhas reforçadas no período carnavalesco. Elas circularam com 1.803 coletivos nas áreas circunvizinhas aos pólos da RMR, o que significou um acréscimo de 32,4% (441 coletivos a mais) em relação a frota disponibilizada no ano anterior, com 1.362 coletivos. Ao todo, foram 6.665 viagens extras, acarretando um crescimento de 27,5% no serviço ofertado no ano passado.

    Além do reforço da frota, o Grande Recife colocou nas ruas cerca de 100 mil peças informativas/publicitárias e mais de 200 profissionais entre divulgadores, técnicos e fiscais, trabalhando durante os quatro dias de folia, para garantir o funcionamento da operação especial montada para o período carnavalesco. Dúvidas, sugestões e reclamações pelo 0800.0810158.

    Assuntos: grnade, recife, balanço, carnaval, pernambuco, olinda, transporte
    Compartilhe: Link para o post:
  • Centro Integrado de Pesquisa do IPA está com 87% das obras concluídas

    | Agricultura, Balanço

    A execução das obras de construção do novo Centro Integrado de Pesquisa Governador Miguel Arraes do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), iniciadas em 22 de setembro de 2010 está em fase de conclusão.

    A previsão para o término da última etapa é junho de 2012. Uma vez concluído, o novo Centro abrigará, entre outras funções, as novas instalações do Laboratório de Botânica Herbário Dárdano de Andrade Lima, um dos mais importantes do país no que se refere ao bioma Caatinga, Laboratório de Recursos Genéticos - Banco de Sementes, espaço de convenções voltado para a realização de eventos técnicos, científicos, composto por auditório e salas de treinamento e capacitação, além de biblioteca central e espaço para escritórios.

    Ao todo serão aproximadamente 8.500m2 de área construída, distribuídos em quatro pisos. O Projeto do novo Centro Integrado de Pesquisa foi desenvolvido com base nos princípios do edifício bioclimático, da eficiência energética e acessibilidade. Ele será referência em desenvolvimento tecnológico e difusão de conhecimentos para todo país.

    Assuntos: obras, centro, pesquisa, ipa, miguel, arraes, pernambuco, conclusão
    Compartilhe: Link para o post:
  • Corpo técnico do IPA realiza reunião de monitoramento

    | Agricultura, Balanço

    Dirigentes e integrantes do corpo técnico e de planejamento do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) estiveram reunidos, hoje (13/02), para avaliar as atividades implantadas neste bimestre nas áreas de infreaestrutura hídrica, extensão rural e pesquisa. As reuniões periódicas, segundo o presidente do instituto, Júlio Zoé de Brito, servem para fornecer uma radiografia das ações no campo, possibilitando a identificação dos pontos de fluidez dos trabalhos, principalmente em relação aos agricultores familiares do Litoral ao Sertão.

    Assuntos: ipa, reunião, monitoramento, corpo, tecnico infraestrutura, extensão, rural, pesquisa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Confiança da Indústria mantém crescimento em janeiro

    | Economia, Balanço

    Após a fase de desaceleração iniciada no segundo semestre de 2011, o Índice de Confiança da Indústria de Transformação de Pernambuco (ICI-PE) aumentou 2,0%, em janeiro, passando de 115,7 para 118,0 pontos. O indicador tem a segunda alta consecutiva, acumulando crescimento de 5,2% nos últimos dois meses. No mesmo período, o ICI Nacional avançou 0,5%, chegando a 98,9 pontos. Os dados são da Sondagem da Indústria de Transformação de Pernambuco, realizada pela Agência Condepe/Fidem em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O crescimento do ICI/PE entre dezembro e janeiro foi influenciado pelo aumento da confiança nos setores de minerais não-metálicos (5,5%) e produtos alimentares (9,8%).

    O Índice da Situação Atual (ISA) cresceu 0,2% em janeiro (123,1 pontos). O valor é o maior desde junho de 2011 (127,4) e teve como principais influências os segmentos de minerais não-metálicos (140,6 pontos) e produtos alimentares (120,8 ponto), favorecidos pelo aumento de renda, pela boa evolução do nível de emprego nos quatro últimos meses e pela diminuição das taxas de juros. Com relação aos subsetores que compõem o ISA, o que mede o nível de satisfação da demanda foi o que contribuiu para o aumento do indicador, em janeiro.

    Pelo terceiro mês consecutivo, o Índice de Expectativas (IE-PE) avançou 3,9% (113,4 pontos), o maior desde março de 2011 quando chegou a 113,6 pontos. A influência para o aumento do IE-PE foi o aumento da produção (144,9 pontos), superior desde março do ano anterior (148,3), principalmente nas indústrias química (161,7 pontos) - o maior desde novembro de 2010 (163,6) - e de produtos alimentares (143,6, o maior dos últimos quatro meses).

    Entre dezembro 2011 e janeiro 2012, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) subiu de 80,9% para 81,5%. O indicador está acima da média desde abril de 2005 (77,9%). Na comparação com janeiro de 2010 e 2011, o NUCI é superior em, respectivamente, 1,4 e 4,6 pontos percentuais. Entre as categorias de uso, destaque para bens de consumo. Em relação à média desde abril de 2005, o nível atual é superior em bens de consumo e bens intermediários.

    De acordo com o diretor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Agência Condepe/Fidem, Rodolfo Guimarães, o cenário atual está mostrando uma reversão do momento de retração industrial assistido no primeiro semestre de 2011. “A inflexão da política monetária nacional aliada à moderação do ritmo de crescimento na Europa fizeram com que o setor industrial sofresse uma queda até agosto de 2011, quando alguns fatores proporcionaram uma reversão da curva. Esperamos que tanto no cenário local como nacional o setor industrial mude a trajetória”, analisa.

    CRÉDITO - Ainda de acordo com a sondagem, a parcela de empresas que consideram alto o grau de exigência para obtenção de crédito caiu de 37%, em dezembro, para 34%, em janeiro. A diminuição deve-se ao afrouxamento das restrições ao crédito e à queda das taxas de juros.

    A insuficiência da demanda foi indicada como principal fator limitativo por 13% das empresas, em janeiro de 2012, três pontos percentuais inferior a outubro de 2011, mas dois p.p. acima de janeiro de 2011. A carga tributária elevada foi considerada como item limitador da expansão industrial por 7% dos empresários pesquisados, em janeiro.

    METODOLOGIA - A Sondagem da Indústria de Pernambuco serve ao monitoramento e antecipação de tendências econômicas, com base em informações prestadas por empresas industriais do Estado. Para esta edição, foram consultadas 282 empresas entre os dias 2 e 30 de janeiro.

    Divulgada mensalmente desde agosto de 2009, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) é o indicador-síntese da pesquisa, composto por seis quesitos integrantes da Sondagem. Ele pode ser decomposto em dois índices: o Índice da Situação Atual, composto por três quesitos que tratam da situação presente da empresa; e o Índice de Expectativas, composto por três quesitos que captam expectativas das empresas em relação aos meses seguintes.adsff

    Assuntos: indice, confiança, ici, alta, crescimento, industria, pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • No Recife, Banco Mundial avalia projetos da APAC, Compesa e SRHE

    | Economia, Balanço, Administração

    Cumprindo agenda de trabalho propositiva, esteve recentemente no Recife a Missão do BIRD(Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento), o Banco Mundial. Avaliando e supervisionando o PSH-PE (Projeto de Sustentabilidade Hídrica de Pernambuco) no âmbito da Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos, Compesa e APAC, sendo realizado acompanhamento operacional, financeiro e licitatório, entre outros aspectos, durante o período de 23 a 27 de janeiro.

    A Missão do Banco Mundial foi composta por Thadeu Abicalil (departamento de recursos hídricos, liderando da equipe), Emanuela Monteiro (especialista urbana), Sinuê Aliram (especialista em aquisições), Agnes Velloso (salvaguardas ambientais), Alberto Gomes (salvaguardas sociais), Jean Martin Brault (engenheiro de água e saneamento) e Suzana Amaral (especialista em gestão financeira). A coordenadora da Unidade Geral de Planejamento e do PSH-PE da SRHE, Vera Mendes, recepcionou a Missão do BIRD, juntamente com Almir Cirilo, secretário de Recursos Hídricos, Marcelo Asfora, diretor-presidente da APAC, Roberto Tavares, presidente da Compesa e Sérgio Torres, diretor de Regulação e Monitoramento da APAC, entre outros.

    Na agenda da Missão constaram também visitas as obras emergenciais de recuperação à barragem de Jucazinho, às obras do Sistema Pirapama e reservatório Jordão, enfocando a gestão ambiental e processos de reassentamento. Na quarta 25, foram visitadas as instalações da APAC, com apresentação dos primeiros e principais resultados da agência, dando maior destaque ao Sistema de Previsão e Alerta Hidrometeorológico (Sala de Situação), que opera desde maio de 2011.

    Cidades: Recife
    Assuntos: BIRD, banco, mundial, sustentabilidade, srhe, compesa, apac, licitação
    Compartilhe: Link para o post:
  • Índice de Confiança da Indústria de Pernambuco avança 3,1%

    | Balanço, Administração

    O percentual é referente a dezembro de 2011 e teve como influência a melhor, nas percepções do empresariado, sobre o momento presente e as expectativas para os  próximos meses.

    O Índice de Confiança da Indústria de Pernambuco (ICI-PE) avançou 3,1% entre novembro e dezembro de 2011 (115,7 pontos). O índice atual é o maior desde junho de 2011, quando atingiu 116,9 pontos, e está 7,8% acima da média desde abril de 2005. Os indicadores são apontados pela Sondagem da Indústria de Transformação de Pernambuco, realizado pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com a Agência Condepe/Fidem.

    O ICI Nacional aumentou 1,0% (98,4 pontos) na comparação com o mesmo período do ano passado. As influências para o aumento do ICI-PE foram decorrentes da melhora nas percepções do empresariado sobre o momento presente e pelas expectativas em relação aos próximos meses.

    De acordo com o diretor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Agência Condepe/Fidem, Rodolfo Guimarães, “o que mais influenciou o resultado foram os bens intermediários, principalmente a indústria química e de minerais não metálicos”.

    Com relação ao Índice da Situação Atual (ISA-PE), o indicador avançou 3,8%, para 122,8 pontos, superior à média em 7,9 pontos percentuais. Já o Índice de Expectativas (IE-PE) aumentou 2,3%, para 109,1 pontos, 7,6% acima da média.

    O quesito que mede a satisfação atual dos negócios foi um dos que mais contribuiu para o crescimento do ISA entre novembro e dezembro. O indicador avançou 4,5% (121,8 pontos), o maior desde maio de 2011 (125,5). A proporção de empresas que consideram a situação dos negócios como boa aumentou de 29,9% para 32,5%, enquanto a parcela das que a avaliam como fraca passou de 13,4% para 10,4%.

    As perspectivas em relação aos próximos meses também são otimistas. O indicador de emprego atingiu 132,5 pontos, o maior desde maio de 2010 (133,6). Das 282 empresas consultadas, 36,3% pretendem aumentar o total de pessoal ocupado no trimestre dezembro-fevereiro (contra 30,1 em novembro-janeiro), enquanto 3,8% preveem reduzi-lo (contra 17,0%).

    O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) da indústria pernambucana atingiu 80,9% em dezembro, superando em 0,4% o mês anterior e em 3,0% a média histórica.

    METODOLOGIA - A Sondagem da Indústria de Pernambuco serve ao monitoramento e antecipação de tendências econômicas, com base em informações prestadas por empresas industriais atuantes no Estado. Com divulgação mensal desde julho de 2009, para a edição de dezembro de 2011 foram consultadas 282 empresas entre os dias 01 e 28 de dezembro.

    Assuntos: confianca, industria, indice, dezembro, icipe, Pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Iterpe já desapropriou 40,9% da área das barragens de Gatos e Panelas II

    | Balanço, Administração

    iterpeO Iterpe (Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco) concluiu na manhã desta quarta-feira (04), a desapropriação de mais 12 imóveis rurais na área que será inundada pelas águas das barragens de Panelas ll, em Cupira; e Gatos, no município de Lagoa dos Gatos.

    O agricultor Renan José de Moura, 39 anos, e sua esposa, Cícera Gomes de Lima, 41, chegaram cedo ao escritório montado pelo Governo de Pernambuco para negociações e desapropriações, no distrito de Chã de Panelas, em Cupira. Casados há 19 anos, onze dos quais na propriedade a ser inundada, eles demonstravam ansiedade antes da negociação. Ao saírem, após reunião com o Presidente do Iterpe, Getúlio Gondim, demonstraram mais tranquilidade.

    “Estávamos nervosos, na incerteza do que seria feito de nossa terra, da nossa produção. Mas a avaliação que foi feita colocou tudo que temos lá, e acho que o preço terminou sendo justo,” afirmou, aliviado, o agricultor Renan José. Mais animada com o futuro, “Dona” Cícera afirmou que o casal já está pensando em comprar outro imóvel com o dinheiro da indenização. “Já conversamos sobre isso e já temos algumas propriedades em vista. Quero continuar produzindo na terra,” Finalizou a agricultora.

    De um total de 161 imóveis que serão atingidos pelas barragens, segundo cálculos atualizados da Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos, o Iterpe já desapropriou 66, o que corresponde a 40,9% do total a ser desapropriado.

    “Conseguimos, em pouco mais de três meses, avançar bastante. Graças à capacidade de diálogo com os agricultores atingidos e a justeza dos laudos de avaliação que estão norteando o pagamento das indenizações,” avaliou o Presidente do Iterpe, Getúlio Gondim.

    Cidades: Lagoa dos Gatos, Panelas
    Assuntos: Iterpe, Barragens
    Compartilhe: Link para o post:
  • Arena Pernambuco chega em 2012 com 30% da obra concluída

    | Balanço, Administração, Copa 2014, Confederações 2013

    A Arena Pernambuco encerrou o ano de 2011 com 30% das obras concluídas. São 2.115 funcionários trabalhando dia e noite para entregar a arena à tempo da Copa da Confederações. O número de funcionários deve chegar à 2.500 no pico da obra, que deve ocorrer entre fevereiro e março do ano que vem.

    A terraplenagem, que sofreu atrasos por contas das chuvas de inverno está concluída e as fundações estão na fase final. Com um avanço físico de 85,4%, a previsão é que elas fiquem prontas nos primeiros meses de 2012. O avanço físico da estrutura da arena é de 28,5% e a previsão é que esta fase avance rapidamente em 2012.

    Para garantir a aceleração da estrutura, foi instalada um central própria de corte e dobra de aço e a fábrica de pré-moldados foi ampliada. Para montar as peças de pré-moldados, o canteiro conta com dois guindastes de 150 toneladas e um de 200 toneladas. Entre março e abril chegaram mais dois guindastes com capacidade de 400 toneladas

    O mês de dezembro foi marcado pela instalação dos primeiros lances de arquibancada da arena. Os 24 mil m² de arquibancada começam a ser preenchidos e a expectativa é que fique pronta em novembro de 2012. Como os trabalhos no subsolo quase no fim, a Arena Pernambuco finalmente começa a tomar forma e a evolução das obras será bem mais aparente em 2012.

    Cidades: São Lourenço da Mata
    Assuntos: Copa, Arena Pernambuco, Obras
    Compartilhe: Link para o post: