meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Eduardo cobra agilidade no combate aos efeitos da seca no Nordeste

    | Agricultura, Administração

    “Como uma primeira reunião foi muito importante para começar a coordenar os trabalhos para uma longa jornada. A estiagem está só começando." A avaliação foi feita pelo governador Eduardo Campos que participou hoje (23), em Sergipe, de uma reunião com a presidenta Dilma Rousseff e demais governadores do Nordeste para discutir o combate aos problemas causados pela estiagem na região.

     Ao final do encontro, o Governo Federal anunciou a liberação de R$ 2,723 bilhões para obras e ações nos nove estados da região. "A questão agora é traduzir estes recursos na vida das pessoas", colocou Eduardo. A maior parte do valor será destinada a um programa especial de crédito emergencial para agricultores de todos os portes através do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE). O Governo Federal vai disponibilizar R$1 bilhão para que pequenos agricultores tenham acesso a até R$ 12 mil. Já os médios e grandes produtores poderão levantar até R$ 100 mil.

     Outros R$ 799 milhões do programa Água para Todos serão antecipados para agilizar a construção de cisternas, poços artesianos e sistemas de abastecimento de água.Duas medidas provisórias também deverão ser editadas pela presidenta Dilma Rousseff em breve. A que disponibiliza R$ 200 milhões para a criação do programa Bolsa-Estiagem e a que reforça em R$ 164 milhões o programa de carros-pipa do Exército brasileiro nos próximos seis meses.

     A Bolsa-Estiagem será destinada aos agricultores que não participam do Garantia-safra e que estão inscritos no CadÚnico. O programa também vai receber R$ 500 milhões. "Todos os recursos para ações emergenciais serão liberados através de cartão de pagamento, o que vai agilizar os desembolsos", garantiu o ministro de Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, escalado para falar em nome do Governo Federal.

     Além das medidas anunciadas hoje, Eduardo destacou outras iniciativas que considera importantes. “Precisamos tocar as obras de cisternas, aumentar os números de carros-pipa, mas, ao mesmo tempo, também cuidar de obras que vão eliminar os carros-pipa como as adutoras”, explicou.

    O anfitrião Marcelo Déda ficou satisfeito com as medidas anunciadas pelo Governo Federal. "Fomos surpreendidos positivamente. A presidenta Dilma veio aqui trazendo ações concretas",elogiou. Segundo Bezerra Coelho, 1.100 municípios nordestinos devem ser atingidos pela estiagem nos próximos meses. "Esta pode se tornar a maior seca dos últimos 40 anos", disse Bezerra Coelho. Em Pernambuco, mais de 300 mil pessoas de 29 cidades já foram atingidas pelo longo período sem chuvas.

    Além da presidenta, do ministro e de oito dos nove governadores do Nordeste (o estado do Maranhão foi representado pelo vice, Washington Oliveira), estiveram no Palácio-Museu Olímpio Campos, em Aracaju, os ministros Miriam Belchior (Planejamento e Gestão), Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário), Edison Lobão (Minas e Energia) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome).

    Assuntos: seca, estiagem, Dilma Rousseff, eduardo campos, nordeste, recursos, agua para todos, bolsa estiagem
    Compartilhe: Link para o post:
  • Feira Verde movimenta Brejo da Madre de Deus

    | Economia, Agricultura

    A 12ª Feira do Verde, que acontece nesta quinta-feira (26) e sexta-feira (27), no município de Brejo da Madre de Deus, traz como tema “Tudo que sustenta a vida sai da terra; Ela é a fonte de tudo”.

    O evento, que visa estimular a proteção do verde com materiais educativos distribuídos pelas escolas e entidades, conta com apoio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, por meio da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar (SEAF).

    Entre as ações, promovidas pela Seaf, está a distribuição de mudas de plantas selecionadas, alevinos de tilapia.
    De acordo com o gerente da Unidade de Pesca e Aqüicultura da SEAF, Roberto Mauricio, a distribuição de tilápias visa incentivar a piscicultura. No sábado (28), Roberto ministra palestra sobre como criar peixes e outros organismos aquáticos.

    “A realização de 30 viveiros é conseqüência da realização das edições anteriores da Feira do Verde, que incentivou a construção desses viveiros”, disse ele. Durante o evento também terá oficinas temáticas (arte e culinária), tenda da feira, apresentações de bandas de pífano, aboiador, repentistas e violeiros, entre outros.

    Cidades: Brejo da Madre de Deus
    Assuntos: feira verde, agricultura familiar, seaf, reforma agraria, agricultura
    Compartilhe: Link para o post:
  • Conferência debate diretrizes para o Plano Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural

    | Agricultura

    A 1ª Conferência Nacional sobre Assistência Técnica e Extensão na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (1ª Cnater), acontece desta segunda-feira (23) até a quinta-feira (26), em Brasília.

    O secretário executivo da Secretaria de Agricultura Familiar (SEAF), Aldo Santos, participa do evento juntamente com representantes do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), entre outras.

    No evento serão estabelecidas diretrizes para o Plano Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pronater), instrumento que orienta a Política Nacional de Ater (Pnater).

    “A conferência é um momento de conhecer as demandas, construindo e consolidando instrumentos para qualificação da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater)”, afirma Aldo Santos.

    De acordo com Santos, Pernambuco levou para Brasília 38 delegados eleitos na I Conferência Estadual de Ater, que se realizou este ano, em Pesqueira, entre os dias 29 e 30 de março.

    Assuntos: agricultura familiar, ipa, iterpe, seaf, extensao rural
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programa Rota do Cordeiro será implantado em PE

    | Social, Agricultura, Administração

    O chefe da Unidade Pecuária da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, Marcelo Rabelo, e o gerente de produção e comercialização da Secretaria de Executiva de Agricultura Familiar, Ricardo Jucá, participarão, de domingo (22) até sexta-feira (27), da implementação do Programa Rota do Cordeiro, na região do Cariri (CE), que abrange as cidades de Tauá, Sobral, Juazeiro do Norte, Farias de Brito e Campos Sales.

    “A participação visa conhecer o formato do projeto para, posterior, implementação e execução em Pernambuco”, explica Rabelo. No encontro, serão estabelecidas as parcerias para a execução do projeto e escolhido o local para instalação do Núcleo de Inovação naquele estado.

    O Projeto, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento da Integração Nacional com Embrapa Caprinos, visa ampliar a produção e a produtividade intensiva de carne de ovinos e dar condições de alimentação, manejo e sanidade para que a carne de ovelhas possa chegar mais cedo ao mercado, com qualidade e competitividade, oferecendo ao consumidor um alimento mais macio e saboroso.

    Assuntos: agricultura, pecuaria, rota do cordeiro, reforma agraria, agricultura familiar
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador reúne equipe para definir ações de enfrentamento à seca

    | Agricultura, Administração

    Preocupado com a seca que atinge principalmente o Agreste e o Sertão pernambucanos, o governador Eduardo Campos realizou uma reunião na tarde desta sexta-feira (20) com dois objetivos: traçar um roteiro de medidas emergenciais que serão realizadas pelo Governo do Estado e elaborar um plano estruturante que será entregue à Presidenta Dilma Rousseff na próxima segunda-feira, em Aracaju, durante a reunião dos governadores.

    De acordo com balanço atualizado hoje pela Codecipe, 22 cidades do Sertão e outras sete do Agreste, onde residem mais de 300 mil pessoas, estão sendo afetadas pela estiagem. A reunião desta tarde durou cerca de duas horas e meia e contou com a presença de representantes de diversas secretarias e órgãos operativos do Governo.

    Escalado para falar em nome da equipe, o secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, disse que o Governo vai acompanhar o desempenho da chuva durante os meses de maio e junho ”O diagnóstico não é bom, mas vai ser acompanhado até julho, ou seja, teremos uma clareza maior da situação”, explicou.

    Entre as medidas emergenciais que já estão sento tomadas pelo Estado estão a perfuração de mil poços artesianos e o reforço no abastecimento de água das cidades através dos carros-pipa. Por sugestão do governador também serão criados dez comitês regionais para ajudar na identificação de pontos de disponibilidade de água.

    Quanto às ações que serão apresentadas na reunião dos governadores, Eduardo vai propor a criação de uma linha de crédito de custeio emergencial para a atividade agrícola; a liberação do FGTS para os agricultores e a suspensão da cobrança de dívidas do PRONAF.

    Também serão sugeridas a liberação de mais recursos para as obras da Transposição do São Francisco, a ampliação da capacidade da Adutora do Oeste e a interligação das barragens de Algodões e Tamboril ao sistema adutor do Oeste em Ouricuri como ações a serem tomadas a médio e longo prazo.

    Assuntos: eduaro campos, dilma, presidente, governadores, aracaju, codecipe
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário Ranilson Ramos e técnicos do IPA participam de audiência pública para discutir a seca que atinge o Estado.

    | Agricultura, Administração

    O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, juntamente com técnicos do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), participou, hoje (20), na sede da Codeam, em Garanhuns, de mais uma audiência pública no Agreste pernambucano.

    O debate, proposto pela Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Claudiano Filho (PSDB), tratou da seca que atinge o Semiárido do Estado.

    Também estiveram presentes à audiência, deputados estaduais e federais, prefeitos, representantes da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), Ministério da Agricultura, Codecipe, Secretaria de Recursos Hídricos, além, do Comando Militar do Nordeste e de agricultores familiares.

    Durante a audiência Pública, Ranilson Ramos destacou a necessidade de atuar em conjunto com as prefeituras na segurança alimentar dos animais uma vez que a situação pode se agravar, levando a um estado de subalimentação.

    Ele também relatou algumas ações já discutidas com o governador Eduardo Campos, secretários de estado, diretores e gerentes regionais do IPA. Entre elas estão a produção de forragem animal, por meio do plantio irrigado imediato de três mil hectares de sorgo, através do programa "Terra Pronta Emergencial", além da aquisição de ração animal, financiados por linhas de crédito com carência e juros subsidiados para 125 mil criadores. Também estão sendo disponibilizadas 1.300 toneladas de sementes de milho e feijão.

    No que se refere ao abastecimento de água, ele adiantou que o governo vai universalizar as instalações e perfurações de poços, com planejamento concreto de, em seis meses, instalar 1.000 poços e recuperar outros 400, com recursos, já liberados, de R$ 14 milhões. “Orientamos todos que tiverem propostas de tecnologias para melhorar a alimentação animal a procurar os escritórios locais do IPA, que estão, inclusive, em regime de plantão, discutindo as medidas emergências.

    A Comissão de Agricultura voltará ao interior em 27 de abril. Desta vez em Itaíba, onde será realizada mais uma audiência pública que terá como eixo as alternativas e solução para reduzir a praga de cochonilha do carmim que está dizimando a palma forrageira na região e que serve de alimento para o gado nos períodos de estiagem.

    Cidades: Garanhuns
    Assuntos: ranilson ramos, agriicultura, reforma agraria, ipa, instituto agronomo, seca,
    Compartilhe: Link para o post:
  • 14ª edição do Torneio Leiteiro de São Bento do Una - Expoleite, segue até dia 22 de abril

    | Agricultura, Cultura

    A 14ª edição do Torneio Leiteiro de São Bento do Una - Expoleite, segue até domingo (22), no Parque Eládio Porfírio de Macedo, com o apoio da Secretaria Estadual de Agricultura e da Associação dos Produtores de Leite de São Bento do Una.

    A novidade deste ano é a participação de criadores de outros estados. Participarão 30 bovinos das raças Holandesa e Girolando. O torneio é dividido em seis ordenhas, segundo informações do chefe da Unidade de Promoção Agropecuária da Secretaria, Valmir Vieira. Os cinco primeiros colocados serão premiados com R$ 10 mil.

    Cidades: São Bento do Una
    Assuntos: sao bento do una, torneio leiteiro, expoleite, agricultura, produtores de leite
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governadores vão se reunir em Sergipe para tratar da seca no NE

    | Social, Agricultura, Administração

    O governador Eduardo Campos viaja para Aracaju na próxima segunda-feira (23), onde terá uma reunião sobre os efeitos da seca no Nordeste com uma equipe de ministros do Governo Federal. O encontro foi acertado hoje com a presidenta Dilma Rousseff que voltou a telefonar para o gestor a fim de colher mais informações sobre os problemas causados pela estiagem em Pernambuco. A presença da presidenta no evento da próxima semana ainda não está confirmada.

     Milhares de pessoas estão sendo atingidas pela falta de chuvas em 28 municípios do Agreste e do Sertão que já decretaram situação de emergência em Pernambuco. “O quadro é muito grave. O Sertão fechou o seu ciclo tradicional de chuvas com 30% apenas da média anual e a meteorologia nos diz que o Agreste não terá um bom inverno, mas estamos aqui na torcida porque o tempo de chover naquela região ainda não passou”, garantiu o governador.

    Para ajudar no combate à seca em Pernambuco, Eduardo recebeu hoje no município de Bonito, o secretário de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Jerônimo Rodrigues.  Em cerimônia no Parque de Eventos da cidade, eles entregaram 46 retroescavadeiras que vão ajudar na recuperação de estradas vicinais, na abertura de novas vias, e, neste momento, na construção de obras hídricas. “Essas máquinas serão parte da solução do problema que enfrentamos hoje da seca. Elas vão ajudar na construção de cisternas em locais onde não conseguimos fazer barragens subterrâneas”, explicou o governador.

    Através do PAC-2 foram investidos R$ 8 milhões na compra das retroescavadeiras. As cidades contempladas com os novos equipamentos são: Afrânio, Águas Belas, Amaraji,Belém de São Francisco, Bodocó, Bom Conselho, Bonito, Cabrobó, Calumbi,Capoeiras, Carnaíba, Dormentes, Exu, Floresta, Gameleira, Iati, Ibimirim,Iguaracy, Inajá, Ipubi, Itaíba, Jatobá, Joaquim Nabuco, Lagoa Grande, Manari,Moreilândia, Orocó, Paranatama, Pedra, Petrolândia, Quixaba, Santa Cruz, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São Bento do Una, São José do Belmonte, São José do Egito, Sertânia, Solidão, Tabira, Tamandaré, Trindade,Triunfo, Tupanatinga e Venturosa.

    PORTAL – Na ocasião, o Governo de Pernambuco também aderiu ao Programa Rede Brasil Rural (RBR) – uma plataforma digital que permite aos agricultores comprar e vender produtos pela internet – além de promover um mutirão para a retirada de documentação de trabalhadoras rurais.

    “Este era o espaço que estava faltando para incentivar a produção de alimentos livres de agrotóxicos”, disse o secretário Jerônimo, que representou o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas. “Quando um prefeito opta por comprar o lanche escolar da agricultura familiar, além de escolher o alimento mais saudável, ele movimenta a economia local. Do contrário, exporta o dinheiro”, completou.

    Cidades: Afrânio, Amaraji, Belém de São Francisco, Bodocó, Bom Conselho, Bonito, Cabrobó, Calumbi, Capoeiras, Carnaíba, Dormentes, Floresta, Gameleira, Iati, Ibimirim, Iguaracy, Inajá, Ipubi, Jatobá, Joaquim Nabuco, Lagoa Grande, Manari , Moreilândia, Orocó, Paranatama, Pedra, Petrolândia, Quixaba, Santa Cruz, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, Sertânia, Solidão, São Bento do Una, São José do Belmonte, São José do Egito, Tabira, Tamandaré, Trindade, Triunfo, Tupanatinga, Venturosa, Águas Belas
    Assuntos: seca no nordeste, eduardo campos, dilma rousseff, presidenta, desenvolvimento territorial, desenvolvimento agrario, jeronimo rodrigues retroescadeiras, pac-2
    Compartilhe: Link para o post:
  • Municípios pernambucanos recebem 46 retroescavadeiras do PAC 2

    | Agricultura, Administração

    Nesta quinta-feira (19), a partir das 9h, em Bonito, no Agreste, 46 retroescavadeiras vão ser entregues a 46 prefeituras pernambucanas pelo secretário de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Jerônimo Rodrigues, e pelo governador Eduardo Campos.

    A ação ocorre em Pernambuco com recursos da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) no valor de R$ 8 milhões. Estarão presentes os secretários de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, da Agricultura Familiar, Aldo Santos, e o delegado do MDA em Pernambuco, Demetrius Fioranti.

    As máquinas serão usadas na recuperação e construção de estradas vicinais, facilitando o escoamento da produção, além da construção de pequenas obras hídricas. O valor de cada retroescavadeira a ser entregue pelo MDA no estado é de R$ 174 mil. Dos 46 municípios que receberão as máquinas, 22 participam do Programa Brasil Sem Miséria. A população beneficiada passa de 1 milhão de pessoas, sendo 87 mil agricultores familiares.

    Para ser selecionado, os municípios precisaram apresentar os seguintes critérios: população inferior a 50 mil habitantes, pertencer ao programa Territórios da Cidadania, apresentar maior Produto Interno Bruto (PIB) agrícola no total do município, além de maior presença de agricultores familiares em relação ao total dos produtores rurais registrados.

    Leia matéria na íntegra

    Cidades: Bonito
    Assuntos: retroescavadeiras, desenvolvimento agrario, agricultores, aceleracao do crescimento, pac, mda, ranilson ramos, agricultura familiar
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo fala com Dilma, ministros e governadores sobre seca no NE

    | Social, Política, Agricultura, Administração

    Na próxima semana, a presidente Dilma Rousseff vai reunir ministros, governadores e dirigentes de instituições federais de atuação regional para desenhar um plano emergencial de atendimento à população nordestina que começa a viver um novo ciclo de seca.

    A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira (18/04) pelo governador Eduardo Campos, logo depois de conversar por telefone com a presidenta e relatar a gravidade da situação que começa a se consolidar na região, com a perda de culturas, rebanhos e, o que é pior, falta de água para abastecimento das populações rurais e urbanas.

    O governador falou também com os ministros Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) e Gleisi Hoffman (Casa Civil). Segundo ele, tanto a presidenta quanto os ministros foram extremamente receptivos e se mostraram interessado sem conversar sobre as propostas apresentadas.

    Eduardo também conversou com os governadores Ricardo Coutinho (Paraíba), Cid Gomes (Ceará) e Wilson Martins (Piauí), que demonstraram grande preocupação com a situação em seus estados.

    "Graças à políticas sociais como a aposentadoria do trabalhador rural, crescimento do salário mínimo e Bolsa Família, o Nordeste enfrenta uma seca hoje em condições muito melhores do que no passado, mas isso não impede que um longo período sem chuvas produza prejuízo econômico e sofrimento para as pessoas. Ou seja, precisamos apoiar os arranjos econômicos e precisamos socorrer os nordestinos, inclusive com assistência social",afirmou Eduardo.

    O governador lembrou que são necessárias ações de caráter emergencial - como distribuição de água portável por carro-pipa e o fornecimento de ração animal para os rebanhos - combinadas com outras de recorte estruturador, como o desenvolvimento de programa de qualificação profissional e a construção de cisternas e barragens.

    "Temos analisado o quadro meteorológico e conversado com os governadores dos estados e lideranças políticas e sociais da região eestamos constatando uma situação que é extremamente preocupante", disse Eduardo, que há duas semanas vem promovendo reuniões com membros de sua equipe e desenhando um plano de ação estadual para enfrentamento da calamidade.

    Assuntos: eduardo campos, presidente, dilma, governadores, nordeste, ministros, seca, nordestina, integracao nacional,
    Compartilhe: Link para o post: