meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • IPA pesquisa inserção de novo alimento funcional na agricultura de PE

    | Agricultura

    O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, vem desenvolvendo trabalho de pesquisa voltado para a inserção da Salicornia ramosíssima, já bastante utilizada na gastronomia europeia, nos sistemas agropecuários de Pernambuco.

    As plantas jovens e suculentas da cultiva têm sido utilizadas pelo sabor levemente salgado e pelo potencial como alimento funcional, devido ao elevado valor nutricional e a variedade de compostos bioativos. Essa espécie apresenta-se na forma de haste suculenta de cor verde, com melhor desenvolvimento em regiões de clima temperado e subtropical.

    “O cultivo comercial da espécie encontrada no Brasil é restrito, devido à falta de informações científicas, referente à composição química e nutricional, sobre a fisiologia, às diferentes técnicas de cultivo utilizadas, armazenamento e efeito terapêutico”, explica o supervisor de Recursos Naturais do IPA, Josimar Gurgel, que também coordena a pesquisa.

    Segundo ele, o objetivo é caracterizar a composição nutricional, o efeito de espaçamentos entrelinhas e entre plantas sobre o crescimento e a produtividade e a qualidade pós-colheita da Salicornia. Dessa forma, esses estudos estão sendo realizados e encorajados, com vistas a aumentar o cultivo dessa espécie, no estado de Pernambuco, bem como de seu consumo pela população, além de estarem gerando dados que poderão nortear o uso da mesma, pelas indústrias alimentícias e farmacêuticas.

    PROPRIEDADES - A salicórnia ramosíssima é uma planta halófita utilizada há mais de 500 anos na dieta alimentar do homem. Em medicina e farmacologia as inúmeras variedades de salicórnia são conhecidas e utilizadas pelas suas propriedades anti-oxidantes e anti-inflamatórias e pela sua ação imunológica. A salicórnia herbácea contém elevados níveis de betaína, conhecida por diminuir o nível de homocisteína no sangue, protegendo assim de doenças cardiovasculares.

    As maiores potencialidades alimentares da salicórnia ramosíssima resultam do seu elevado teor em sais minerais como o cálcio, o magnésio e o iodo e da sua riqueza em proteínas, vitaminas e ácidos gordos. Como sal-verde, a salicórnia é um ótimo substituto do sal e as suas sementes são ricas em ácido linolénico.

    Assuntos: sara, ipa, alimento funcional, salicornia
    Compartilhe: Link para o post:
  • IPA desenvolve biolarvicida para controle biológico de praga do milho verde

    | Agricultura

    O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, trabalha no desenvolvimento de um biolarvicida a fim de realizar o controle biológico da praga que assola o milho verde, como alternativa à utilização de produtos químicos. O milho é uma das principais culturas agrícolas do estado, sendo utilizada tanto na ração animal quanto para alimentação humana.

    “A lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda) é uma praga que atinge essa espécie vegetal e tem sido relatada como resistente aos inseticidas químicos, biológicos e aos cultivares transgênicos. Com isso, a necessidade de novas formulações de biolarvicida é cada vez mais crescente”, explica o supervisor de Recursos Naturais do IPA, Josimar Gurgel, que também coordena a pesquisa..

    Segundo ele, a ideia é produção de biolarvicida a partir de Bacillus thuringiensis (Bt) em biorreator, para o controle biológico da Spodoptera frugiperda no cultivo de milho verde. Espera-se como resultado a implementação da produção de biolarvicida à base de Bacillus thuringiensis em larga escala, no Laboratório de Biotecnologia do IPA, visando a aplicação no cultivo em campo do milho verde em uma Estação Experimental.

    Entre as vantagens da bactéria Bacillus thuringiensis (Bt) está a ausência de efeitos negativos à sanidade do meio ambiente, a especificidade contra as espécies alvo e o menor custo e tempo para produção de novos inseticidas. “Por outro lado, o principal desafio é garantir sua estabilidade frente à fatores ambientais. Para isso, técnicas de encapsulamento do biolarvicida podem otimizar o desempenho e proteger a atividade biológica do mesmo”, explica ele.

    Com o desenvolvimento do biolarvicida por processos inovadores, espera-se a proteção da propriedade intelectual, impulsionando a área de controle biológico por Bacillus, no IPA, e uso para culturas regionais importantes. “A médio prazo, o desenvolvimento destas tecnologias locais permitirá aos agricultores familiares a diminuição do uso de inseticidas químicos, visando aumento da produtividade, auxiliando desta forma o desenvolvimento da agricultura do estado de Pernambuco e da região Nordeste”, conclui Gurgel.

    Além disso, o desenvolvimento de processos biotecnológicos para a produção desses biocontroladores para uso na agricultura familiar tem sido importante no combate às pragas das culturas regionais, que podem minimizar a importação e uso de inseticidas químicos, trazer resultados mais eficazes, econômicos e seguros para quem os utilizam.

    Assuntos: sara, ipa, biolarvicida, milho verde
    Compartilhe: Link para o post:
  • Construção do Plano Operativo Anual é coroado com entrega de escrituras de terra a 50 famílias beneficiárias do PNCF

    | Agricultura

    iterpe

    Na última segunda-feira (15), a equipe do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), que atua no âmbito do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), participou da oficina do Plano Operativo Anual (POA) do programa e da solenidade de entrega de 50 escrituras de contratos de terras às famílias de agricultores beneficiadas. Realizado com o objetivo de pactuar as novas metas de execução da referida política, o POA aconteceu no auditório do Banco do Nordeste, por meio de uma oficina promovida pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead).

    Construído coletivamente pela Sead com ampla discussão junto às unidades executoras dessa política de acesso à terra, em Pernambuco, sendo o Iterpe o órgão responsável pelas ações, e as organizações da sociedade civil, a oficina pautou a avaliação do trabalho realizado em 2018 e as metas de execução até março de 2019, considerando a nova normativa do programa e norteadoras para a retomada do PNCF.

    “O POA serviu para dialogar com os diversos parceiros do processo que contribuem para alavancar as ações do crédito fundiário em Pernambuco, política pública importante para promover o acesso à terra às famílias de agricultores que não têm terra ou possuem pouca terra. Discutir coletivamente as estratégias necessárias para reacender o PNCF em Pernambuco é ampliar as perspectivas de produção de alimentos de base familiar no Estado”, comemorou o presidente do Iterpe, André Negromonte.

    “Temos a compreensão de que é preciso dialogar com cada região do Brasil, porque sabemos que as realidades são diferentes e, para o PNCF dar certo, consideramos os aspectos específicos de cada região. Construir as estratégias do PNCF de forma conjunta contribui cada vez mais para fortalecer essa política pública”, explicou Raquel Santori, subsecretária de Reordenamento Agrário.

    A programação da oficina contou com uma série de atos solenes, entre eles a assinatura dos termos de cooperação técnica entre a Sead e os movimentos sociais na execução do programa, habilitando a Fetape a operar o crédito fundiário e a regularização fundiária no estado de Pernambuco.

    Estiveram presentes a equipe do Iterpe, Secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco, Wellington Batista; o delegado da Sead em PE, Rodrigo Almeida; Movimentos Sociais; empresas de Assistência Técnica e agricultores das associações beneficiadas com a aquisição de terra.

    Metas pactuadas coletivamente e encaminhamentos - As instituições parceiras presentes pactuaram durante a oficina que, até março de 2019, 200 famílias serão beneficiadas com aquisição de terra em Pernambuco por meio do programa, enquanto 1,2 mil famílias já contempladas pelo PNCF serão supervisionadas. As instituições concordaram em realizar em Pernambuco o seminário do PNCF, para capacitação técnica diante das novas diretrizes que norteiam o programa, visando a garantia da execução das metas adaptadas ao novo modelo.

    Ampliação do diálogo com a Regularização Fundiária- A oficina teve sua discussão ampliada para o processo de melhoria da implementação da política de Regularização Fundiária, contando com a participação do secretário de Reordenamento Agrário, Rafael Severo, que explanou a importância de integrar as ações do PNCF com a Regularização Fundiária, com foco no avanço das ações de acesso à terra aos agricultores familiares utilizando como estratégia a integração das discussões e das metas. Foram pactuadas a emissão de mais 500 títulos de propriedade até março de 2019, por meio da execução do convênio vigente entre a União e o Estado.

    Apresentação da metas executadas em 2018 - Atualmente o Iterpe contabiliza 219 unidades produtivas no Estado oriundas da política de aquisição de terras e que tiveram assistência técnica para o desenvolvimento produtivo. Em 2018, além das 50 famílias rurais, foram contempladas com as escrituras, após a reabertura do PNCF, 200 associações beneficiárias do programa, que liquidaram suas dívidas junto ao Banco do Nordeste, por meio da Lei nº 13.340/2016, totalizando mais de 3 mil famílias beneficiadas com a normativa.

    Comemoração - Durante o evento, foram comemoradas as novas aquisições de terra em Pernambuco por meio do PNCF, com a entrega de 50 escrituras de terra às famílias rurais das novas unidades produtivas no Estado, sendo duas localizadas em Taquaritinga no Norte e uma no município de Cortês. Desses municípios, foram beneficiadas 31 famílias das unidades produtivas Manoel Santos e Aroeira (Taquaritinga) e 19 de Capivara III (Cortês).

    As escrituras representam a etapa final de um processo de negociação coletiva executado pelo Iterpe e os movimentos sociais, visando a criação de unidades produtivas, considerados assentamentos do PNCF. O programa beneficia amplamente os grupos de agricultores familiares de pouca renda que buscam a aquisição de terra por meio de um financiamento com condições de juros baixos alinhados com assistência técnica e projetos de desenvolvimento da produção.

    Assuntos: sara, iterpe, pncf, regularizacao fundiaria
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo do Estado, através do IPA, apresenta ferramenta tecnológica PecuariAdapta

    | Agricultura
    pecuaria

    Os resultados preliminares de um importante projeto do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, foram apresentados em reunião ocorrida no último dia 11, com a presença do secretário Wellington Batista.  Realizado com o apoio da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o PecuariAdapta é um sistema de informações para apoio à adaptação do setor pecuário à variabilidade climática na região semiárida de Pernambuco.
     
    Em andamento há cerca de um ano, o projeto, coordenado pelo pesquisador do IPA Josimar Gurgel; pelo pesquisador visitante, o professor associado 3 da UFPE, Rômulo Menezes; e por Aldo Torres Sales (IPA/UFPE), visa a sistematização de informações e o desenvolvimento de ferramentas para o monitoramento do rebanho pecuário e da produção de forragem na região semiárida de Pernambuco, visando aprimorar a capacidade de adaptação para eventos de seca extrema.
     
    As informações serão úteis, ainda, para a caprinocultura, trabalhando desde a questão do solo até o estoque de forragem na região pesquisada. O PecuariAdapta também vai apresentar o monitoramento com os dados desde 1985 das condições climáticas de todo o estado de Pernambuco, onde o produtor poderá pesquisar qual o histórico de chuvas na área pretendida e, a partir desse histórico de previsões climáticas futuras, tomar decisão se é viável ou não a produção naquela localidade.
     
    O PecuariAdapta será um sistema de alerta precoce para auxiliar na tomada de decisões, gerado a partir de informações científicas e ferramentas robustas, capaz de gerar cenários sobre a vulnerabilidade do rebanho, e indicar as áreas mais críticas e prioritárias para intervenção com um prazo adequado para adotarem-se medidas de adaptação. “É necessário identificarmos estratégias de adaptação para ações eficazes de apoio ao setor pecuário, antes de eventos de seca, sobretudo os mais extremos, a fim de evitarmos o colapso dos rebanhos”, esclareceu o professor Rômulo Menezes.
     
    A expectativa é que a primeira versão do projeto seja finalizada em fevereiro do próximo ano, sendo disponibilizada ao público por meio do site do IPA. “Esta é uma ferramenta tecnológica de fundamental importância para a tomada de decisões de políticas públicas voltadas para a agropecuária”, analisou o secretário Wellington Batista, que esteve acompanhado na reunião da presidente do IPA, Nedja Moura, além de representantes da Adagro e do Iterpe, também vinculados à SARA.
    Assuntos: sara, ipa, pecuariadapta
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco investe R$ 4 milhões na piscicultura do Sertão de Itaparica

    | Agricultura

    piscicultura

    Projeto do ProRural beneficiará diretamente 180 famílias e promete alavancar a economia da região

    O Governo de Pernambuco volta a investir na piscicultura do Sertão de Itaparica para fortalecer o setor que hoje já é um dos maiores produtores de tilápia do Brasil. Para isso, o diretor Geral do ProRural, Fábio Fiorenzano, assinou no início do mês, o convênio para a construção da Unidade de Beneficiamento do Pescado de Petrolândia. O investimento de aproximadamente R$ 4 milhões promete alavancar o comércio do pescado especialmente nos municípios de Petrolândia e Jatobá. Com o convênio firmado, as obras devem ficar prontas em um prazo de 14 meses.

    O projeto contemplará a construção civil, máquinas, equipamentos e capital de giro. Com o frigorífico, o pescado da região será completamente aproveitado, não deixando resíduos para o meio ambiente e agregando valor ao produto. Assim, a construção da Unidade que funcionará no Distrito industrial da cidade terá também as fábricas de  gelo, de óleo e de farinha para componente de ração, feitos a partir do processamento industrial dos subprodutos da pesca, sem interesse comercial, como as vísceras, cabeças, espinhas e restos do processamento do peixe.

    E mais importante, o pescado que passar pela Unidade vai ter inspeção sanitária e poderá ser comercializado em novos mercados como supermercados e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o que proporcionará o retorno do investimento de forma rápida e satisfatória. “O peixe que entrará na unidade por R$ 6,50 sairá com um valor agregado de quase cem por cento. O setor terá ganho econômico, ambiental, sanitário e comercial. Em 4 anos, dará o retorno do investimento, assim que estiver operando na capacidade plena da planta industrial, o faturamento poderá ultrapassar 25 milhões/ano, com uma produção superior a seis toneladas/dia”. Informa Fiorenzano.

    A prefeita da Petrolândia, Janielma Souza, reconhece que o sucesso da piscicultura na região se deu a partir da vontade e coragem das associações firmadas e depois cooperadas, e que formataram mais esse projeto apresentado e financiado pelo ProRural. “Esses trabalhadores e trabalhadoras transformaram a cidade no segundo maior produtor de tilápia do nordeste, atrás apenas do município de Jatobá, que também será beneficiado com a Unidade. Agradeço aos que desbravaram a piscicultura na região com muito esforço, mas também ao Governo de Paulo Câmara, que acreditou nesse sonho ainda maior que será realizado com a Unidade de Beneficiamento”.

    Para o presidente da Cooperativa Agroaquícola de Petrolândia (CAAP), Edísio Cruz, esse é um resultado de uma semente plantada há anos, quando o ProRural esteve na região, viu o potencial para a piscicultura e investiu nos primeiros projetos de produção da tilápia. “Nesse momento, o comércio do pescado está passando por dificuldades e, em nossas discussões na Rede percebemos que agora precisávamos de algo que nos dessem condições de avançar. E, novamente, o ProRural e os demais parceiros vieram para salvar a atividade” agradece.

    Assuntos: governo de pernambuco, sara, prorural, piscicultura
    Compartilhe: Link para o post:
  • Lagoa Grande ganha Posto Avançado do Detran, investimentos em saneamento e ações na agricultura familiar

    | Agricultura, Trânsito

    sara

    Governador  Paulo Câmara ainda inaugurou Enoteca, liberou recursos do FEM e celebrou convênio para estruturação da administração municipal.

    LAGOA GRANDE - Finalizando a agenda do Sertão desta sexta-feira (15.06), o governador Paulo Câmara inaugurou, neste município, a nova unidade do Posto Avançado do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), ampliando e melhorando os serviços oferecidos à população. No Ginásio de Esportes Parque da Uva e do Vinho, Paulo também anunciou outras ações nos âmbitos da agricultura familiar, de saneamento básico e de cidadania. Entre elas, está a autorização do início da licitação para as obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade e a entrega de 55 títulos de concessão de Direito Real de Uso da Terra às famílias de agricultores. Ao todo, foram investidos R$ 10,7 milhões nas intervenções. 

    “Hoje, foi um dia dedicado ao Sertão. Aqui em Lagoa Grande, inauguramos o novo posto de atendimento do Detran, que vai ajudar não só este município, mas todos os da região, pois vão contar com uma estrutura adequada para tirar a carteira de motorista, fazer a vistoria ou o emplacamento. Enfim, as pessoas vão ter um serviço público de qualidade e mais perto de casa”, afirmou o governador Paulo Câmara. 

    A nova unidade do Detran-PE tem como objetivo expandir o atendimento para garantir um maior conforto e melhor serviço aos cidadãos, ampliando as unidades, assim como as ações. O equipamento incluiu a capacitação de servidores da Prefeitura sobre Habilitação de condutores, serviços para veículos, psicomédica, recurso de infração, ética profissional, protocolo e DETRAN na internet. Atualmente, o órgão em Lagoa Grande conta com uma frota de 3.103 veículos, desses, 1.118 são motos. 

    Na ocasião, o governador também autorizou o início da licitação para as obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário do município. A ação, que receberá um investimento de R$ 8 milhões, terá prazo de conclusão de 360 dias, após a emissão da ordem de início dos serviços e beneficiará cerca de quatro mil habitantes. 

    Paulo reforçou que saneamento é uma questão de saúde pública e de qualidade de vida. “Nós vamos sanear Lagoa Grande para evitar que as pessoas fiquem doentes. E é isso que a gente está fazendo aqui com essa obra, que, com certeza, vai sanear grande parte de Lagoa Grande, e isso é só o começo”, garantiu. “O governador está levando obras para beneficiar a população, como essa. É uma obra que fica embaixo da terra, que ninguém vê, mas que levará qualidade de vida para toda a população de Lagoa Grande”, frisou o presidente da Compesa, Roberto Tavares. 

    A intervenção  consiste na implantação de rede coletora de esgotos e construção de uma nova Estação de Tratamento de Esgotos para atendimento à população dos bairros do Vasco, Cristo Rei, Morada Nova, Alto do Deca e Estátua. A execução da obra permitirá o adequado transporte e tratamento dos efluentes sanitários dos habitantes residentes nestas localidades, trazendo benefícios à sua saúde e ao meio ambiente. 

    O prefeito Vilmar Cappellaro agradeceu ao Governo do Estado o momento importante que vive Lagoa Grande. “Quero agradecer pela sensibilidade do trabalho do governador Paulo Câmara, que se mostrou preocupado com nós e em transformar a cidade em uma cidade grande, desenvolvida”, destacou. 

    Para celebrar o aniversário da cidade, o governador também realizou a abertura do Festival Anarriê de Quadrilhas Juninas, com a participação de dez quadrilhas que representarão cinco municípios da região. 

    FEM - Na oportunidade, o governador assinou a liberação de parcela do FEM para o município de Lagoa Grande. O valor de R$ 1,4 milhão foi destinado às obras de recuperação do Centro de Saúde Raimundo Bedor; do Centro de Abastecimento do Produtor; construção da Adutora da Chapada do Peba, na Zona Rural do município de Santa Maria da Boa Vista; e aquisição de veículos e equipamentos através do projeto Viver sem Fronteiras. 

    AGRICULTURA FAMILIAR - Paulo também entregou 55 títulos de concessão de Direito Real de Uso da Terra às famílias de agricultores do assentamento estadual Ilha Grande do Pontal, localizado no município. Com os títulos em mãos, as famílias de agricultores têm a segurança jurídica e social como elementos fundamentais para sua liberdade, dignidade e consequente bem-estar social com o resgate de sua cidadania. Além disso, as famílias acessam diversas políticas públicas rurais, que possibilitam o desenvolvimento da produção. Na ocasião, Paulo assinou Ordem de Serviço para a construção de duas barragens no distrito de Jutaí. As obras receberão um investimento de R$ 200 mil. 

    O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista, reforçou a importância da ação, que garante a titularidade das terras e o acesso ao crédito. “São dez vezes mais oportunidade para acessar o crédito e isso representa investimento e melhoria na vida da população. A estrutura hídrica também melhorará a qualidade de vida do povo de Lagoa Grande”, pontuou.

    PREFEITURA - Durante o ato, o governador assinou convênio para a construção do novo prédio-sede da Prefeitura de Lagoa Grande. As obras do centro administrativo contarão com um aporte de R$ 1.327.007,45, sendo R$ 1.049.590,00 do Governo do Estado e R$ 277.427,45 de contra partida do município. A estrutura contemplará uma extensão de 1.011,82 metros quadrados, no bairro Morada Nova.

    ENOTECA - A requalificação de um dos grandes pontos turísticos de Lagoa Grande, a Enoteca Luigi Pérsico, foi inaugurada pelo governador Paulo Câmara. A obra contemplou a urbanização e revitalização do equipamento, que tem como objetivo ser um dos pontos de visitação dos roteiros turísticos das já famosas rotas de vinho, além de apresentar a história da vitivinicultura do Vale do São Francisco. A requalificação recebeu um investimento de R$ 1.183.137,70.

    Também acompanharam o governador os deputados federais Kaio Maniçoba e Gonzaga Patriota; o deputado estadual Lucas Ramos; os secretários Manuela Marinho (Turismo, Esportes e Lazer); Fred Amâncio (Educação); o executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto; e o presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro.

    Assuntos: sei, paulo camara, investimentos, detran, saneamento, fem, sara, titulos, agricultura familiar
    Compartilhe: Link para o post:
  • Hospital Regional de Ouricuri contará com tomógrafo e serviços de hemodiálise

    | Saúde, Agricultura

    Governador Paulo Câmara autorizou, nesta quinta-feira, a construção do bunker para instalação de tomógrafo e assinou termo de compromisso para implantar os serviços de hemodiálise na UTI da unidade.

    Dando continuidade à agenda no Sertão do Araripe, o governador Paulo Câmara assinou, na última quinta-feira (14.06), a autorização para construção de uma estrutura (bunker) para instalação de tomógrafo do Hospital Regional de Ouricuri e o termo de compromisso para implantar os serviços de hemodiálise na UTI da unidade. O novo tomógrafo beneficiará, principalmente, as vítimas de acidente de trânsito da região. Atualmente, o Hospital Fernando Bezerra contratualiza o serviço de tomografia, sendo necessário deslocar o paciente para realizar o procedimento em clínica credenciada. Com a instalação do equipamento na própria unidade, o Hospital agilizará o atendimento na clínica de traumato-ortopedia.

    “Apesar de toda crise, estamos aqui tentando melhorar a condição da saúde do povo. Viemos melhorar uma situação que estava criando sofrimento às pessoas: a ausência da hemodiálise na UTI. Estar na UTI e precisar sair dela para fazer o procedimento e depois voltar a ela é uma coisa que não pode acontecer. Estamos corrigindo isso e vamos garantir que as pessoas que precisam de saúde tenham aqui mesmo, em Ouricuri e na região, um atendimento de saúde que seja digno para a população. Temos muito o que fazer ainda nessa área, a saúde precisa cada vez mais de investimentos. Vamos buscar oferecer mais serviços, mais consultas, mais exames, mais cirurgias e ir atrás do que é necessário para melhorar a saúde do povo pernambucano”, garantiu o governador Paulo Câmara.

    Com a ação, a direção do Hospital, gerido pela Santa Casa de Misericórdia, vai iniciar a execução dos projetos, com a contratação dos serviços de engenharia e assistência. A instalação de máquinas de hemodiálise na UTI Adulto será por meio de contrato com o Centro de Nefrologia de Araripina. Para funcionamento do setor, além das adaptações físicas, será contratada uma equipe multiprofissional, que contará com nefrologistas. Uma equipe de engenharia ficará responsável pelas adequações na unidade para que o tomógrafo e as sessões de hemodiálise possam acontecer.

    O Hospital Regional de Ouricuri é referência no atendimento de urgência e emergência no Sertão do Araripe. Durante todo o ano de 2017, a unidade realizou 74 mil atendimentos de urgência, além de 30 mil consultas ambulatoriais, cerca de 5 mil cirurgias e 2,3 mil partos.

    O secretário de Saúde, Iran Costa, destacou que o processo de licitação para aquisição do tomógrafo já está em fase final e frisou que os serviços de hemodiálise que serão instalados trarão grandes benefícios à população. “Os pacientes que estiverem em Ouricuri e precisarem da hemodiálise dentro da UTI, por exemplo, não vão precisar mais ser transferidos”, explicou.

    O município também foi contemplado com dois veículos para atendimento, duas cadeiras, um ar-condicionado, um bebedouro, uma impressora comum, um no-break (para computador) e um computador básico, com um investimento total de R$ 100 mil. Além disso, foi assinada a ordem de serviço para as obras de pavimentação de sete ruas do distrito de Jatobá, com um investimento de R$ 1,2 milhão, somados a recursos da Prefeitura. Ambas as intervenções contam com recursos de emenda parlamentar do deputado federal Tadeu Alencar.

    INFRAESTRUTURA HÍDRICA – Na oportunidade, o governador também autorizou o início da licitação para a implantação de Sistema Adutor para abastecimento do povoado Tamboril. A obra tem um valor estimado de R$ 750 mil, com um prazo de oito meses de execução, após a emissão da ordem de início dos serviços. Ao todo, serão beneficiados cerca de 2.500 habitantes. A execução da obra consiste na implantação de 10 km de sistema adutor em PVC DEFOFO 200 mm, a partir da cidade de Ouricuri, para fornecimento de 8 L/s aos habitantes do povoado Tamboril.

    REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA – Ainda em Ouricuri, foram entregues 266 títulos de domínio definitivo para agricultores da Zona Rural. Com os títulos em mãos, as famílias de agricultores têm a segurança jurídica e social como elementos fundamentais para sua liberdade, dignidade e consequente bem-estar social com o resgate de sua cidadania. Além disso, as famílias acessam diversas políticas públicas rurais, que possibilitam o desenvolvimento da produção. Representando todos os contemplados, os agricultores

    Edileuza Leite da Silva, Valdeci Gomes da Silva, Antonio Bezerra da Costa, Braz Bezerra da Costa, José Bezerra da Costa e Lindalva Bezerra da Costa Lima receberam os títulos das mãos do governador Paulo Câmara.

    O prefeito, Ricardo Ramos, destacou o compromisso do Governo de Pernambuco em melhorar a saúde de Ouricuri e região. “O governador Paulo Câmara veio aqui hoje se comprometer com o povo de Ouricuri, com a construção do bunker, para a instalação do tomógrafo na UTI do Hospital Regional Fernando Bezerra. Além disso, ele assumiu um compromisso conosco de colocar o sistema de hemodiálise dentro da UTI do Hospital Regional Fernando Bezerra, que é muito importante”, ressaltou.

    Acompanharam o governador durante a agenda os deputados federais Kaio Maniçoba, Tadeu Alencar e Gonzaga Patriota; os deputados estaduais Roberta Arraes, Rodrigo Novaes e Lucas Ramos; o secretário Iran Costa (Saúde); Wellington Batista (Agricultura e Reforma Agrária); o executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto; e Aldo Santos, diretor de articulação do meio ambiente, representando o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

    Assuntos: sei, paulo camara, ouricuri, investimentos, ses, tomografos, utei, regularizacao fundiaria, infraestrutura hidrica, pavimentacao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Dia 15 termina o prazo para compra de vacina contra febre aftosa

    | Agricultura

    vacina

    A primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa se encerra nesta sexta-feira (15/06). Nesta primeira fase todos os bovinos e bubalinos devem ser imunizados, independente da idade. Até o momento 79% do rebanho pernambucano já foi imunizado.

    Os produtores que não comprarem a vacina e não declararem o rebanho terão de pagar uma multa de R$ 300,00 por propriedade e R$ 60,00 por animal. Além de ficar impedido de retirar a Guia de Trânsito Animal (GTA), documento necessário para levar animais para feiras, leilões exposições, abate e de uma propriedade para a outra. O criador também não pode retirar a ficha sanitária, declaração necessária para a compra do milho na Conab e empréstimos bancários.

    Cerca de 28 mil produtores ainda devem procurar a Adagro para declarar o seu rebanho. O prazo para a compra da vacina termina dia 15 de junho, mas o produtor tem até o dia 30 deste mês para declarar seus animais nos escritórios da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro).

    Assuntos: sara, adagro campanha, febre aftosa, primeira fase, vacina
    Compartilhe: Link para o post:
  • Socioeducandos do Case Vitória são certificados em curso ofertado por meio do Horta em Todo Canto

    | Agricultura

    Idealizado pela primeira-dama do Estado, Ana Luiza Câmara, programa forma alunos em conteúdos que estimulem a segurança alimentar e o direito humano à alimentação adequada.

    Dois socioeducandos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Vitória de Santo Antão estiveram entre os alunos certificados por participação em um curso ofertado pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) por meio do programa Horta em Todo Canto. Criado em 2016, o projeto promove hortas orgânicas em espaços públicos do Estado como recurso para estimular o consumo de alimentos saudáveis, incentivando o cultivo sem a utilização de agrotóxicos. Ao todo, cinco pessoas foram certificadas simbolicamente, entre representantes dos agricultores, da Secretaria de Educação e da sociedade civil, além dos adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase).

    A entrega foi feita pelo governador Paulo Câmara, em solenidade que contou com a participação da primeira-dama e idealizadora do projeto, Ana Luiza Câmara, de secretários estaduais, de parlamentares e de servidores. O secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Cloves Benevides, titular da pasta à qual a Funase é ligada, também compareceu à certificação. Vale destacar que o Horta em Todo Canto é executado de forma conjunta pelas 13 secretarias que compõem a Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional de Pernambuco (Caisan-PE).

    Com 32 horas/aula, o curso foi ministrado em abril e contemplou noções sobre agricultura orgânica, composição do solo, ferramentas necessárias, material de plantio, preparo de mudas, direito humano à alimentação adequada, segurança alimentar, entre outros conteúdos. “Eu gostei da experiência, tanto que a gente está levando isso para a unidade. Estamos começando uns projetos lá, fazendo nós mesmos”, disse o adolescente K.D.C., 16 anos. “Nunca tive contato com a terra antes do curso. Foi uma oportunidade diferente”, complementou M.S.C., 17.

    A Funase integra o programa Horta em Todo Canto desde setembro de 2017, enviando socioeducandos para participar das aulas do IPA. Além dos internos do Case Vitória, já foram beneficiados adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Areias (Recife), do Case/Cenip Arcoverde e dos Cases Santa Luzia (Recife) e Jaboatão. “Essa parceria com o IPA tem rendido bons frutos dentro da Funase, beneficiando adolescentes atendidos por nossa instituição. Sempre que uma nova turma é aberta, colocamos mais dois socioeducandos para participar. É uma iniciativa que reflete muito positivamente na vida deles”, afirmou a presidente da Funase, Nadja Alencar, também presente à certificação.

    Na Funase, a articulação desses cursos é comandada pelo coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer, Normando Albuquerque. Na visão dele, a jornada vivenciada pelos socioeducandos no projeto possibilita experiências múltiplas. “Essa formação desperta a dimensão do cuidado, que tem profundos impactos nas estruturas subjetivas dos nossos meninos. Não é só uma competência adquirida, é a afetividade que encontra um caminho para germinar”, disse. “Essa experiência reforça o processo educativo, pois a profissionalização é uma grande aliada para uma nova perspectiva de futuro”, endossou a coordenadora técnica do Case Vitória, Karolinna Ferreira.

    Assuntos: sdscj, funase, paulo camara, ana luiza, horta em todo canto, case, caisan, produtos organicos,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Nova unidade do Horta em Todo Canto é inaugurada no IPA

    | Agricultura
    horta

    A iniciativa, que integra a conscientização ambiental com a segurança alimentar e nutricional, já foi implantada em 152 espaços públicos no Estado.

    Com o objetivo de expandir e fortalecer ainda mais as ações de conscientização ambiental e sustentabilidade em Pernambuco, o governador Paulo Câmara e a primeira-dama Ana Luiza inauguraram, nesta terça-feira (12.06), a Horta Escola do programa Horta em Todo Canto, no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). A iniciativa, que contempla a implantação de hortas orgânicas nos espaços públicos do Estado, tem o objetivo de contribuir para a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), além de trabalhar questões como a inclusão social,educação ambiental, resgate do saber popular e economia solidária. Atualmente, já existem 152 hortas implantadas, entre as quais, 136 estão localizadas na Rede Estadual de Ensino.

    “A gente mostra que é possível, com ações simples, mas com criatividade, esforço e dedicação de todos nós que conseguimos fazer a diferença através de programas como este. O mundo depende disso. O desenvolvimento precisa de um meio ambiente protegido. E ações como essa incentivam e educam a preservar o meio ambiente, a implantar essas hortas com um olhar de transformação. Por outro lado, esse trabalho vai ajudar a inserção de muita gente em atividades novas, atividades econômicas, inclusive. É um espírito multiplicador. Como governador, eu tenho muito orgulho de implantar programas como esse e poder multiplicar, expandir em todo o Estado”, destacou o governador, que também visitou o herbário e a biblioteca do IPA.

    Além da implantação da horta, a iniciativa atua como um espaço para terapiaocupacional e tem oportunizado aos reeducandos a qualificação, assim como a oportunidade de aliar a atividade à redução de pena, a exemplo do hospital Ulisses Pernambucano e do Centro de Reeducação da Polícia Militar de Pernambuco (CREED), o presídio de Itamaracá, o presídio de Canhotinho, e o Fórum de Arcoverde. Outro ponto relevante do Horta em Todo Canto é o trabalho de educação alimentar e nutricional realizado através das rodas de conversa, que têm proporcionado a reflexão sobre os hábitos alimentares, na perspectiva da segurança alimentar e nutricional (SAN).

    Para o secretário estadual de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista, a iniciativa simboliza a preocupação do Governo com disseminação de práticas sustentáveis e saudáveis, não só no meio rural. “A gente tem procurado desenvolver exatamente o que o governador tem determinado, que é procurar inovar, procurar utilizar todos os nossos recursos para fazer a diferença, para que a sociedade possa perceber que o Governo de Pernambuco está preocupado com a melhorar a qualidade de vida de todos, envolvendo também a produção e todos os aspectos veiculados a agricultura”, registrou.

    CURSO - O programa oferece também o Curso de Implantação de Horta Orgânica atualmente sob responsabilidade do IPA, com apoio do CEASA. Este curso está em processo de ampliação para ser também executado pelo CEFOSPE, e também ser descentralizado para o Interior do Estado. Com 4 módulos, o curso ocorre uma vez por semana das 8:00 as 17:00, formando um total de 32hs, para o publico em geral, servidores do Estado com destaque para professores, e gestores da educação, profissionais da saúde, extensionistas do IPA. Vale salientar que o curso reserva mensalmente duas vagas para reeducandos da FUNASE. O curso oferece aulas por meio de uma metodologia participativa na horta do IPA, com conteúdos específicos, entre os quais são abordados minhocário, composteira e sementeira. A ação já formou, desde setembro 2017, 236 pessoas em 06 turmas.

    KITS E CERTIFICADOS – Na oportunidade, Paulo também realizou a entrega dos certificados aos concluintes do curso de implantação da horta orgânica, que representaram as turmas participantes da Secretaria de Educação, Funase, sociedade civil e agricultores familiares. Também foi realizada a entrega de Kits Horta para a Secretaria da Mulher. Os kits serão destinados à implantação de hortas orgânicas nas casas abrigo coordenadas pela pasta, contendo, além dos equipamentos específicos, 250 kg de adubo orgânico produzido pelo CEASA. “Esses kits vão oferecer mais uma oportunidade de qualificação para as mulheres, que temporariamente estão protegidas pelo Estado, de refazerem suas vidas quando saírem do abrigamento provisório”, alegou a secretária estadual da Mulher, Sílvia Cordeiro.

    REFERÊNCIA - O Herbário Dárdano de Andrade Lima é referência nacional e internacional para as plantas do Nordeste Brasileiro, em particular as espécies do bioma caatinga. Contando com mais de 83.000 exsicatas, é formado por várias coleções botânicas representativas dos diversos ecossistemas da região. Possui acervo que constitui suporte técnico e científico para Universidades (cursos de Graduação e Pós-Graduação), Escolas de Ensino Fundamental e Médio, demais instituições públicas, privadas e ao público em geral. Integra ainda o Laboratório de Botânica do IPA, estando aberto a consultas e visitas.

    Participaram da solenidade também a deputada estadual Laura Gomes; os secretários estaduais Cloves Benevies (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude) e Carlos Cavalcanti (Meio Ambiente); o prefeito de Bom Conselho, Dannilo Godoy; a coordenadora do Comitê Gestor do Horta em Todo Canto, Mariana Suassuna; a diretora-presidente do IPA, Nedja Moura; o diretor-presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado, André Negromonte; o diretor-presidente da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária; Paulo Lima; e o secretário executivo de Agricultura Familiar, José Cláudio
    Assuntos: sei, paulo camara, ana luiza, horta em todo canto, creed, san, curso, kits, referencia
    Compartilhe: Link para o post: