meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Modelo desenvolvido pela Ouvidoria-Geral de Pernambuco é referência

    | Administração
    ouvidoria

    Quando um cidadão registra uma manifestação na ouvidoria, ele espera que a resposta atenda a sua necessidade. Em Pernambuco, a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado, por meio da Ouvidoria-Geral, busca sempre aperfeiçoar o serviço de atendimento ao cidadão. Com esse foco, a OGE desenvolveu uma metodologia de análise qualitativa das respostas de ouvidoria. O modelo despertou o interesse das ouvidorias gerais da União, do Maranhão e do Ceará. Na última semana, representes da Ouvidoria Municipal de Betim, Minas Gerais, visitaram a SCGE para conhecer a metodologia.

    A Análise Qualitativa das Respostas é feita com base em um check list, onde são avaliadas a cordialidade do tratamento, a correção textual e a coerência da resposta. A partir dessa avaliação, verificou-se uma melhora significativa na qualidade das respostas às manifestações. A nota evoluiu de uma média de 64,47 pontos, em 2015, para 92,53 pontos, em 2017, considerando-se o valor máximo de 100 pontos.

    A qualidade da resposta é um dos itens que compõem o Índice de Transparência do Setor Público (ITESP). “Além disso, os índices da Ouvidoria-Geral do Estado são avaliados e monitorados mensalmente pelo Governador Paulo Câmara, que tem prezado pela eficiência e transparência da gestão, assegurando o exercício da cidadania”, completou o Secretário da Controladoria-Geral do Estado e Ouvidor-Geral do Estado, Ruy Bezerra.

    A Rede de Ouvidorias de Pernambuco tem à disposição do cidadão 60 unidades, coordenadas pela OGE. De acordo com a diretora de Ouvidoria e Controle Social (DOCS) da SCGE, Zélia Correia, existe uma preocupação em ouvir e atender bem o cidadão. “Nossos resultados são, acima de tudo, fruto do compromisso dos ouvidores, de reuniões sistemáticas e capacitações. Seguindo esses procedimentos, a Rede busca manter a excelência dos serviços prestados ao cidadão”, finalizou Zélia. 
    Assuntos: scge, sge, paulo camara, ouvidoria, respostas, itepsp,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Curso Novos Horizontes da Administração Pública trouxe um novo olhar para a gestão pública

    | Administração

    sad

    Servidores lotaram o auditório do Trade Center Rio Mar no encerramento do curso. 

    O último dia do curso Novos Horizontes da Administração Pública, promovido pelo Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Administração, foi marcado por ótimas palestras e um excelente público, que compareceu ao auditório do Trade Center do Shopping Rio Mar, no Pina, Recife, na quinta-feira (21).

    A secretária de Administração em exercício, Marília Lins, abriu o evento agradecendo a todos que colaboraram para a realização do curso, destacando o apoio irrestrito do governador do Estado, Paulo Câmara. “Agradeço ao governador Paulo Câmara, que apoiou pessoalmente a realização deste evento, porque acredita no corpo de profissionais que o auxilia na condução da gestão pública do Estado”, exaltou a gestora, estendendo seus agradecimentos a todos os servidores que participaram da capacitação.  “Promoveremos mais encontros com o mesmo caráter provocativo deste, para aprofundar temas atuais e relevantes, e levar aos nossos ambientes de trabalho o produto da troca de experiências e o conhecimento acerca das boas práticas aqui vivenciadas”.

    Marília Lins também fez agradecimentos aos secretários de Governo, na pessoa do Controlador-Geral do Estado, Rui Bezerra, que esteve presente ao evento, ao secretário Executivo da Secretaria de Compras e Licitações, Rafael Manço, que participou da coordenação, e aos demais servidores da SAD que ‘abraçaram’ a iniciativa. “Enfim, quero deixar registrada minha satisfação pela nossa contribuição neste momento marcante. E que venham outros para fortalecermos e consolidarmos o que está sendo vivenciado. Com isso, temos a oportunidade de aprimorar a gestão, e ampliar a capacidade do Estado de implementar políticas públicas, entregando ao povo de Pernambuco serviços de qualidade”, concluiu a secretária.

    Logo em seguida, o primeiro palestrante convidado, o ministro substituto do Tribunal de Contas da União, Weder de Oliveira, discorreu sobre o tema “Governança, Compliance e Combate à Corrupção: a contribuição dos Tribunais de Contas”. Ele destacou a importância de se melhorar e ampliar a governança para que o combate à corrupção seja ainda mais fortalecido. “Hoje, a administração pública já não trabalha mais de forma isolada. É um trabalho cada vez mais em parcerias”, disse o ministro.  Ele ressaltou que a corrupção é um fenômeno complexo que precisa ser combatido. “De uma forma geral, a corrupção é o uso de recursos públicos ou dos poderes inerentes ao exercício de uma função pública para fins privados. Será que o país é mais corrupto do que era há 10 ou 20 anos? Mas não é só o ato de reclamar, mas também uma forma de engajamento de combate e enfrentamento aos problemas” alertou Weder.

    Ele citou ainda que a corrupção é um problema econômico, que dificulta atrair investimentos para o país. “Estudos da FGV (Fundação Getúlio Vargas) apontam que se perde de 1% a 4 % do PIB com a corrupção. Para cada R$ 1 milhão em recursos desviados, nós perdemos R$ 3 milhões. Se nós temos R$ 1 milhão bem aplicado, nós podemos gerar R$ 3 milhões de crescimento dentro do PIB”, detalhou.

    No que tange à questão do Compliance, o ministro disse que é uma ideia que “visa melhorar e alterar a cultura sob os aspectos éticos dentro das administrações públicas. Muitas vezes, identificamos que existem modelos mentais, ou seja, pessoas acostumadas a naturalizar a ideia de corrupção”, pontuou.

    Na segunda parte do curso, foi a vez do vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, o Conselheiro Dirceu Rodolfo de Melo Júnior, ministrar o tema “Compliance e Teoria do Domínio dos Fatos: papel do Controle Externo”. O conselheiro do TCE-PE iniciou sua palestra dizendo que a Compliance e a Teoria do Domínio do Fato tem uma relação estreita.

    ‘‘É preciso existir um diálogo entre a Compliance e Domínio do Fato.  É um diálogo possível, previsível e desejado, embora ainda seja rudimentar. Quanto mais compliance você tem na administração, menos caminhos você vai ter para que o mais alto dignitários caminhem pelo domínio do fato, ou seja, que a partir do domínio do fato, eles passem por cima de princípios republicanos”, disse ele, acrescentando que os programas de Compliance são importantes e presentes na administração pública.

    Assuntos: sad, governo de pernambuco, paulo camara, curso, novos horizontes, servidores, capacitacao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Prejuízo com depredação e roubo de tampas da rede de esgoto na RMR chegam a R$ 3,2 milhões, ao ano

    | Administração

    seplag

    Mesmo localizada quase que, totalmente, no espaço subterrâneo, a rede coletora de esgoto também é alvo de vandalismo. As partes aparentes da rede coletora, que são as tampas de poços de visita e das caixas de inspeção, instaladas nas ruas e calçadas – e por onde se faz as inspeções na rede e a manutenção do sistema de esgotamento sanitário – são constantemente depredadas ou roubadas. Por mês, são substituídas cerca de 500 tampas desses equipamentos na Região Metropolitana do Recife, um custo de quase R$ 270 mil, incluindo os gastos com a instalação e mão de obra. Se for considerado o período de um ano, esses custos chegam a R$ 3,2 milhões. Os números foram levantados pelo Programa Cidade Saneada, a Parceria Público Privada entre a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a BRK Ambiental, que faz a manutenção dos sistemas operados na RMR. Além dos prejuízos, esses equipamentos depredados representam um risco iminente de acidentes para pedestres e veículos.

    Boa parte dessas ações de vandalismo foram registradas nas áreas mais afastadas dos centros urbanos, nos bairros periféricos e com menos circulação de pessoas. No entanto, os bairros ‘campeões’ das ações para troca de tampa de poços de visita e caixas de inspeção são Brasília Teimosa, Afogados e Santo Amaro, no Recife. “A substituição das tampas gera um custo significativo, que poderia ser revertido para a modernização e ampliação do sistema de esgotamento sanitário da RMR. Em alguns trechos ainda é necessária a pavimentação no entorno das tampas em decorrência do vandalismo”, informa a gerente operacional da Compesa, Noélia Lopes, pontuando que a responsabilidade pelo uso correto das redes, seja de água ou esgoto, também é da população, cabendo às concessionárias a manutenção preventiva e corretiva dos sistemas.

    De acordo com a gerente, estão sendo realizadas ações para minimizar essas ocorrências, tendo em vista que os serviços de manutenção preventiva e corretiva seguem rigorosos critérios exigidos pela Compesa e são balizados por indicadores internos. “Para a questão do roubo, estamos substituindo as tampas depredadas por tampas de ferro fundido com uma trava antifurto, impedindo a abertura manual e indevida”, informa Noélia Lopes. Nesses casos, apenas a utilização de uma chave específica permite o destravamento da tampa.

    Assuntos: seplag, compesa, abastecimento, rede de esgoto, prejuizos, vandalismo,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Integrantes da Procuradoria da Fazenda fazem treinamento sobre o e-Fisco na Sefaz

    | Economia, Administração

    Vinte procuradores do Estado e servidores administrativos da Procuradoria da Fazenda Estadual (PFE) participaram na terça e quarta-feira (19 e 20/6) de treinamento na Secretaria da Fazenda sobre o e-Fisco, sistema responsável pela gestão e arrecadação de créditos constituídos em favor do Estado e suas autarquias. A capacitação atendeu a uma demanda da PFE para propiciar um conhecimento mais aprofundado sobre as funcionalidades do sistema e, consequentemente, uma melhor utilização dos dados disponíveis.

    O curso foi ministrado pelos auditores da Sefaz Afrânio Cavalcante e Leny Albuquerque. Nos dois dias de aulas, foram abordados tópicos como a consulta do saldo dos débitos em datas passadas a fim de atestar a regularidade de garantias ofertadas ou a integralidade dos depósitos judiciais efetuados e a discriminação dos dados da inscrição em dívida ativa, o que propicia identificar eventuais responsáveis pelo débitos fiscal. 

    Foram apresentadas, ainda, funcionalidades pouco conhecidas, porém muito úteis para o trabalho de procuradores e servidores, a exemplo da "emissão de DAE único", guia de pagamento que pode abranger todos  os débitos (ou parte deles) de determinado contribuinte ou cobrados através de um mesmo processo judicial e da pesquisa do motivo de descredenciamento de contribuintes, otimizando as comunicações entre a PGE e a Sefaz.  

    Para o procurador Aldo Bernardo, chefe-adjunto da PFE, o treinamento representou "mais que um mera aula sobre as possbilidades do sistema de débitos gerido pela Secretaria da Fazenda, tratando-se de verdadeira exposição das mais variadas potencialidades da ferramenta que oportunizará a ampliação das permissões concedidas aos perfis de usuário disponibilizados aos integrantes da PGE". 

    Assuntos: pge, e-fisco, treinamento, arrecadacao, curso, dae, sefaz,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governança Ambiental e Ética são temas de discussão entre servidores do Poder Executivo

    | Administração

    governança ambiental

    O enfoque ficou por conta da sustentabilidade e o desenvolvimento das responsabilidades sociais.

    Servidores de diversas áreas do Poder Executivo lotaram o auditório do RioMar Trade Center, na segunda (18), para assistir às palestras sobre Governança Ambiental e Ética e Responsabilidade Social: limites e possibilidades, proferidas pelo Professor, Engenheiro Florestal e servidor de carreira, José Carlos Carvalho e pelo Professor e Filósofo, Norberto Mazal, respectivamente. A programação faz parte do curso “Novos Horizontes da Administração Pública”, que é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração (SAD), a fim de estimular a formação continuada dos servidores, através de capacitações focadas em temas relevantes e atuais.

    O secretário executivo de Compras e Licitações do Estado, Rafael Manço, abriu o segundo dia de curso, e aproveitou para lembrar a importância do evento. “É uma oportunidade única, de assuntos tão caros à administração pública. Um investimento que o governo está fazendo no seu bem maior, que é o capital humano. Desejo a todos um ótimo curso e que possamos levar o que aprendemos aqui para nosso o dia a dia, de forma a aplicar da melhor maneira possível”, desejou Manço.

    Após a abertura, foi a vez do professor e engenheiro florestal, José Carlos Carvalho iniciar os trabalhos com a palestra “Políticas de Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social”, onde fez uma linha de tempo destacando os principais marcos da governança ambiental no Brasil. “Tudo começou com a Conferência de Estocolmo, em 1972, onde se começou a discutir a preservação ambiental. A partir daí o mundo começou a pensar um pouco mais em sustentabilidade. Até que em 1973 foi criada a Secretaria de Assuntos Ambientais no Brasil, onde resultou na Lei do Meio Ambiente (8.938) que trata dos assuntos pertinentes ao tema como: licenciamento ambiental, impacto ambiental, controle de poluição, entre outros. Um grande passo para o país neste sentido. No entanto, ainda caminhamos lentamente para vivermos um mundo e uma cultura mais sustentável”, principiou José Carlos onde ressaltou, em diversos momento de sua apresentação, que a humanidade precisa mudar os padrões de consumo atuais, a fim de eliminar a cultura do desperdício e não mais pensarmos que os recursos naturais são infinitos. “A humanidade hoje consome mais de 20% dos recursos que a natureza tem condições de regenerar atualmente. Ou seja, se fossemos depender apenas dos recursos que a natureza nos oferece, já estaríamos dizimados. Por isso a importância de se repensar as leis que regem os temais ambientais no Brasil”, disparou o professor.

    Por fim José Carlos Carvalho citou Carlos Drummond de Andrade para demonstrar aos presentes que não somente de leis vive a humanidade. “Para que todos entendam a importância de mudarmos a nós mesmos, sobretudo com amor, antes mesmo de obedecermos leis, vou citar um verso de Drummond para que consigamos retornar a nossa essência humana de outrora: ‘As leis não bastam. Os lírios não nascem da lei’” concluiu José Carlos.

    Já no segundo momento do encontro, foi a vez do professor e filósofo Noberto Mazal proferir a palestra “Ética e responsabilidade Social: limites e possibilidades”. De forma didática e provocativa, o professor convidou a todos para uma reflexão sobre o agir da moral, a conduta humana, sob a ótica de diversos filósofos e pensadores da literatura alemã e grega, sobretudo Emmanuel Kant e Sócrates.

    Citando Sócrates, o palestrante principiou com a seguinte frase: uma vida não refletida, não merece ser vivida. “Portanto, pensemos que a ética não é teoria. A ética é práxis. Ela faz parte da gestão de responsabilidade social que nos auxilia a sermos melhores enquanto pais, mães, irmãos, profissionais”, disparou Mazal, ressaltando que o momento presente era precioso para que todos “ousassem” saber, não simplesmente “aprendessem” com o que foi dito. “Emmanuel Kant disse que esclarecimento é ousar saber. Porque não basta sermos técnicos e inteligentes: precisamos ousar saber. Senão não evoluímos. Não podemos ser imbecis de achar que sabemos de tudo. É preciso conhecer a si mesmo (Sócrates) para internalizarmos a ética e sermos constantes nela”, pontuou o professor.

    Ao final do seu discurso, Noberto convidou a todos para retomarem seus códigos de ética e passar a cuida mais uns dos outros. Sejam bens públicos, pessoais ou até mesmo sentimentais. “Se sairmos daqui com o pensamento de que precisamos interiorizar o conhecimento para melhorar, tenho certeza de que consegui provocar a todos vocês no sentido de se tornarem melhores que do que entraram aqui”, finalizou o filósofo.

    A servidora da Secretaria de Justiça, Elisangela de Araújo, parabenizou a iniciativa do Estado em proporcionar o curso. “São temas de extrema importância para o funcionalismo público, uma vez que sedimenta e fortalece os pilares da gestão para que o trabalho seja feito com maior excelência. De fato uma oportunidade única. Fico no aguardo dos próximos”, vislumbrou Elisangela.

    Assuntos: sad, governanca ambiental, administracao publica, etica, responsabilidade social, etica, moral, servidores
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de pernambuco autoriza captar mais de R$ 337 milhões para obras de saneamento

    | Administração

    Foram cadastrados 20 projetos ontem (18) no Ministério das Cidades. 

    O compromisso do governo de pernambuco em mudar a realidade do saneamento no Estado deu mais um passo no dia de ontem (18), com a inclusão de 20 novos projetos para obras em várias regiões de Pernambuco, no valor de R$ 337 milhões. Hoje (19) o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, detalhou ao governador e ao secretário de Planejamento, Márcio Stefanni, a lista das obras escolhidas para inscrição no processo seletivo definido pela Instrução Normativa nº 7 de 2018, do Ministério das Cidades, para financiamento com recursos do FGTS, por meio da Caixa Econômica Federal. A reunião ocorreu no Palácio do Campo das Princesas. “Esses investimentos vão garantir ações importantes de abastecimento de água e esgotamento sanitário de nosso Plano de Governo, se juntando ao maior programa de obras que a Compesa já executou, para melhorar a qualidade de vida de milhares de pernambucanos”, afirmou Paulo Câmara.  

    Dentro dos projetos apresentados, o Governo do Estado e a Compesa priorizaram obras de esgotamento sanitário nos bairros do Pina, Boa Viagem e Imbiribeira, Zona Sul do Recife, em Porto de Galinhas, município de Ipojuca, e na cidade Triunfo, no Sertão do Pajeú. Também estão na lista, dentre outras cidades, obras para melhoria do abastecimento de água de Fernando de Noronha, Vitória de Santo Antão, Salgueiro, Arcoverde e Custódia, no Sertão – para esta última cidade, está prevista a construção do Sistema Adutor partindo do Eixo Leste, para garantir segurança hídrica ao município.  

    Na seleção ocorrida em 2017, 19 projetos de Pernambuco foram selecionados para serem executados com empréstimo do FGTS através do Governo do Estado e Compesa, totalizando quase R$ 1 bilhão de investimentos em saneamento. “Isso mostra nossa capacidade de elaborar projetos para captação de recursos e também de endividamento para investir em saneamento básico, aproveitando uma das poucas fontes de recursos que ainda estão disponíveis”, explica o presidente da Compesa, Roberto Tavares, pontuando que o cenário é de escassez de recursos do Orçamento da União. “Além de conseguir R$ 1 bilhão, estamos solicitando esses R$ 337 milhões para incrementar a carteira de investimentos da Compesa”, acrescenta Tavares. O resultado da seleção e respectiva contratação devem ser anunciados pelo Ministério das Cidades no mês de dezembro deste ano. 

    Outras ações apresentadas por Pernambuco são as obras de melhoria e ampliação dos sistemas de abastecimento de água de Olinda, Paulista e Araçoiaba, na Região Metropolitana do Recife; de Pombos, na Zona da Mata Sul; de Sertânia e Afogados da Ingazeira, no Sertão; e dos distritos de Sapucarana e Encruzilhada de São João, em Bezerros, no Agreste. Ainda foram cadastradas propostas de elaboração de projetos importantes para melhoria e ampliação da infraestrutura dos sistemas de abastecimento de água das cidades de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Surubim, Gravatá, Bonito, Bezerros, Belo Jardim, Lajedo e São Bento do Una, cidades do Agreste que irão receber água por meio das obras da Adutora do Agreste, de Serro Azul, de Moxotó e do Alto Capibaribe. O Governo do Estado e Compesa também buscam nesse processo seletivo recursos para elaborar projetos de ampliação dos Sistemas Produtores de Suape e Tapacurá, além dos sistemas de abastecimento que atendem as cidades de Ipojuca, Moreno, Olinda e Jaboatão dos Guararapes.

    Assuntos: sei, compesa, projetos, obras, investimentos, abastecimento
    Compartilhe: Link para o post:
  • Servidores alinhados às questões pertinentes à Administração Pública

    | Administração

    servidores

    Curso promovido pelo Governo do Estado, através da SAD, traz temas atuais voltados para a Gestão Pública. Servidores vem comparecendo em grande número para assistir as palestras de especialistas renomados. 

     Visando cada vez mais  impulsionar a formação continuada dos servidores no âmbito do Poder Executivo Estadual, através de capacitações focadas em temas relevantes e atuais, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Administração, deu início ao curso Novos Horizontes da Administração Pública. O evento contou com a presença da secretária de Administração em exercício, Marília Lins, que também estava representando o Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, do procurador- geral do Estado, César Caúla, do secretário da Fazenda, Marcelo Barros; do presidente da Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI), Romero Guimarães, do presidente do Instituto de Recursos Humanos (IRH), André Longo, além de secretários executivos, gerentes gerais, superintendentes, diretores e gestores de diversos órgãos do Poder Executivo. A capacitação segue até esta quinta-feira (21), no auditório Trade Center do Shopping RioMar, no Pina, Recife.

    Na abertura do encontro, a secretária de Administração em exercício, Marília Lins, destacou o quão se faz necessário que os servidores busquem novos conteúdos para aplicá-los de forma eficiente no dia a dia do seu serviço em prol da gestão pública eficiente. “Esta iniciativa é mais uma ação importante dentro do programa de educação corporativa que tem diversas finalidades. Uma delas é aprimorar a gestão pública para que os servidores preparados e qualificados apoiem o Governo do Estado na ampliação de sua capacidade de implementar políticas públicas. Nossa missão principal é servir ao povo de Pernambuco, e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Por isso, este evento conta com o apoio integral do nosso governador Paulo Câmara, que aqui eu represento”, discursou a secretária sob fortes aplausos do público. Ainda de acordo com a gestora da pasta, “os dias que seguirão do curso também serão momentos muito proveitosos para todos”, finalizou ela.

    O primeiro palestrante do dia foi o jurista e doutorando em Direito Constitucional, professor João Trindade Cavalcante Filho. Ele trouxe para o debate um tema relevante para o país: a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que limita o teto de gastos públicos, com objetivo de equilibrar as contas públicas. O advogado fez ainda um link em relação à proibição do princípio do Retrocesso Social.  “A grande discussão da PEC dos gastos públicos é desproporção de recursos de determinada área em detrimento de outra. Chega um ponto que a desproporção entre receitas e despesas é tão grande que se torna necessário de alguma forma você colocar um limitador do crescimento real do valor das despesas públicas, que é a figura da emenda do teto de gastos”, explicou o jurista, acrescentando que muitos questionamentos sobre a constitucionalidade dessa PEC estão sendo feitos, diante da possível alegação do princípio da proibição do retrocesso social.

    Logo após, foi a vez do economista Fernando Rezende dar continuidade ao debate. Ele discorreu sobre “Crise e Oportunidade: É preciso recriar as condições necessárias para a qualidade da Gestão Pública”. Rezende logo fez um questionamento à plateia: “Recriar o que neste momento?” Para ele, a crise gera também oportunidade para melhorar. “Devemos reconstruir um ambiente favorável a uma gestão de políticas públicas eficientes. Sem isso não vejo como avançar muito”, vislumbrou. 

    Na terceira e última palestra do dia, o consultor de Contas Fiscais e mestre em economia, Luiz Villela, falou sobre a “Crise Fiscal: o dilema entre a Arrecadação Tributária e os Gastos Públicos e o Papel da Gestão Pública para sua solução”. Ele iniciou sua fala apontando que a crise conjuntural é resultado de más gestões publicas adotadas há um tempo. “Temos ainda problemas no nosso desenho orçamentário e tributário. Se não melhorarmos a qualidade da nossa arrecadação tributária, não avançaremos nesta área”, comentou Villela.

    No final do primeiro dia do evento, todos os participantes receberam um exemplar do livro “Direito Constitucional Objetivo: Teoria e Questões, do jurista João Trindade Cavalcante Filho. Nesta quinta-feira (21), o tema abordado no curso será “Compliance e prevenção e combate à corrupção na Administração Pública”.

    Assuntos: sad, ati, irh, governo de pernambuco, palestras, administrcao publica, gestao,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara investe R$ 20 milhões na requalificação da PE-119, em Bezerros

    | Administração

    paulo camara

    Governador assinou, nesta segunda-feira, a Ordem de Serviço para o início das obras na via, contemplando 14 quilômetros, entre Camocim de São Félix e o distrito de Sapucarana.

    BEZERROS - Para garantir mais conforto e segurança no ir e vir da população do Agreste Central, o governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (18.06), a Ordem de Serviço para o início das obras de adequação e pavimentação da VPE-119. A intervenção contemplará um trecho de 14 quilômetros da via, ligando o município de Camocim de São Félix ao distrito de Sapucarana, em Bezerros, até o entroncamento com a BR-232, próximo ao distrito de Encruzilhada de São João. A obra contará com investimentos da ordem de R$ 20,4 milhões, com prazo de conclusão de 18 meses. Ao todo, serão beneficiadas cerca de 80 mil pessoas. 

    “Vamos fazer essa estrada, que vai de Bezerros até Camocim, passando aqui por Sapucarana. É um compromisso nosso, compromisso importante e que com certeza vai trazer desenvolvimento e melhores condições no ir e vir das pessoas, de maneira muito mais adequada e segura. A obra começa até o dia 1° de julho, e em 18 meses estará pronta. Os tempos são difíceis, o dinheiro é curto, mas temos que priorizar o que é importante para o nosso Estado e para as nossas cidades. Por isso, é uma alegria muito grande poder voltar aqui, a Sapucarana, para dar início a essa importante obra", destacou.

    O trecho requalificado permitirá a ligação do distrito de Sapucarana às rodovias PE-103 e BR-232, integrando-a à malha rodoviária do Estado. Ao mesmo tempo, a nova estrutura irá proporcionar melhores condições para o desenvolvimento agropecuário na região, para o transporte e distribuição dos produtos, contribuindo, diretamente, para o desenvolvimento socioeconômico da região. Com os serviços de requalificação, a nova estrada garantirá a trafegabilidade adequada, com mais conforto, segurança e agilidade para seus usuários. 

    Além disso, irá oferecer ao Agreste Central uma nova rodovia de escoamento da produção agrícola, fomentando o desenvolvimento social local, como explica o secretário estadual de Transportes, Antônio Junior. "Corrigiremos os traçados geométricos para melhorar a situação da estrada e propiciar mais segurança. Em um momento de tanta dificuldade, de tanto sufoco financeiro e administrativo, o governador está mostrando mais uma vez o quanto se preocupa com o desenvolvimento de Pernambuco, principalmente do Interior, buscando melhorar a qualidade de vida da população", enfatizou.

    Em seu discurso, o prefeito Branquinho agradeceu a iniciativa do Governo do Estado em atender a um desejo antigo de toda a população. “Hoje, o governador começa a materializar o sonho de muitos que habitam essa região, não só da população de Bezerros, mas de todos que querem e precisam encurtar o trajeto entre Camocim e Caruaru. Essa é uma das obras mais esperadas pelo nosso povo, porque só quem precisa dela, sabe da necessidade dessa requalificação. Agradeço ao compromisso do governador de autorizar mais essa importante ação para o desenvolvimento da nossa cidade", declarou Branquinho.

    O mesmo sentimento foi compartilhado pelo jovem Victor Frazão, de 19 anos, morador de Sapucarana. “É preciso evidenciar a importância desse feito, não só para Sapucarana, mas para as cidades vizinhas a Bezerros, que farão uso da estrada para encurtar distâncias, otimizar o tempo e produzir desenvolvimento", disse. Victor aproveitou a oportunidade para solicitar a construção de uma quadra coberta na Escola Intermediária Rufina Borba, que conta com quase 700 alunos. O Governador garantiu de pronto o levantamento  da viabilidade da obra.

    Acompanharam o governador durante a visita a Bezerros os deputados federais Danilo Cabral, Wolney Queiroz; os deputados estaduais Marcantonio Dourado e Waldemar Borges; o defensor público geral do Estado, Fabrício Lima; o superintendente regional do DNIT/PE, Cacildo Cavalcanti; o presidente do DER-PE, Carlos Estima; o diretor de operações e obras do DER-PE, Silvano Carvalho; além dos prefeitos Wilson Madeiro (Barra de Guabiraba), Giorge de Nena (Camocim de São Félix), Joelma Campos (Panelas), Fernando Pergentino (Sairé), Jadiel Braga (São Caitano) e Gustavo Adolfo (Bonito); o vice-prefeito de Bezerros, Breno Borba; e o presidente da Câmara Municipal, vereador Nivaldo Santos.

    Foto: Hélia Scheppa/SEI

    Cidades: Bezerros
    Assuntos: sei, paulo camara, investimentos, pavimentacao, camocim, sapucarana, rodovia
    Compartilhe: Link para o post:
  • Compesa inicia testes do sistema implantado na segunda etapa do Olinda+Água

    | Administração

    olinda

    Pré-operação iniciou pelas ruas do bairro de Ouro Preto; até o final de junho se estenderá ao Bairro Novo, Jatobá, e parte de Jardim Fragoso e Bultrins. 

    A rede de distribuição de água implantada na segunda etapa do projeto Olinda+Água começa a ser testada. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) iniciou esse trabalho pelas ruas de Ouro Preto (incluindo a zona rural), um dos bairros contemplados por essa fase da obra de melhoria do abastecimento da cidade de Olinda – a maior em andamento na Região Metropolitana do Recife. De Ouro Preto, os testes seguem para o Bairro Novo e, até o final deste mês, serão realizados também em Jatobá e parte dos bairros de Jardim Fragoso e Bultrins. Nesse período, de pré-operação, é possível que surjam situações pontuais de falta de água ou baixa pressão, que ao serem identificadas pelas equipes técnicas receberão de imediato ações corretivas para regularização do abastecimento. A Compesa disponibilizou um telefone exclusivo para receber solicitações via WhatsApp – (81) 99488.5119 - para os clientes dessas áreas informarem a ocorrência de falta de água em seu imóvel.

    A operação plena do novo sistema implantado na segunda fase do Olinda+Água inicia na primeira semana de julho, levando benefícios ao fornecimento de água para cerca de 60 mil pessoas nesses bairros, como a melhoria das pressões e ampliação das horas de abastecimento no dia de calendário. A meta do Olinda+Água, estabelecida pelo governador Paulo Câmara, é melhorar gradativamente a prestação do serviço de abastecimento de água até que a população passe a ser atendida todos os dias, durante 24 horas. As últimas intervenções dessa fase da obra são executadas para o assentamento de rede na Rua Manoel Antônio Ferreira, no bairro de Ouro Preto, e para substituir 100 metros de uma tubulação de grande porte (500 milímetros de diâmetro) localizada na saída do Reservatório do Peludo, também em Ouro Preto.

    Só na segunda etapa do projeto foram assentados mais de 24 quilômetros de tubulações, além da instalação de válvulas e macromedidores para melhoria da eficiência do controle operacional do sistema. “Uma parte fundamental dessa obra são as ações de setorização, que permitem modernizar e dividir a rede em setores distintos de abastecimento por meio de dispositivos de medição de vazão e pressão. Com esses investimentos, reduziremos as perdas e a frequência de vazamentos”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Reginaldo Lopes.

    A terceira fase de obras do Olinda+Água vai iniciar no mês de julho e abrange os bairros do Sítio Histórico da cidade: Monte, Guadalupe, Bonsucesso, Amaro Branco, Carmo, Varadouro, Santa Tereza e parte dos Bultrins. Nessa etapa, está prevista a implantação de mais 25 quilômetros de tubulações. O Governo Paulo Câmara e a Compesa investem R$ 134 milhões em todo o projeto, recursos viabilizados junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). A obra beneficia mais da metade da população de Olinda, cerca de 250 mil pessoas.

    Assuntos: seplag, compesa, abastecimento, olida, distribuicao, ivestimentos, obras
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara inaugurou obras e levou ações para municípios do Sertão do São Francisco

    | Administração

    cabrobo

    O governador inaugurou, nesta sexta-feira, a orla fluvial de Santa Maria da Boa Vista, entregou duas quadras por meio do Programa Quadra Viva e realizou ações de educação no município de Cabrobó.

    Após agenda no município de Salgueiro, o governador Paulo Câmara seguiu para as cidades de Cabrobó e Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco, para inaugurar ações e visitar obras nas áreas do turismo e da educação. Em Santa Maria da Boa Vista, o chefe do Executivo estadual entregou a orla fluvial totalmente revitalizada e inaugurou duas quadras por meio do Programa Quadra Viva. Em Cabrobó, ainda no âmbito da educação, Paulo visitou as obras da Escola Técnica Estadual, acompanhou intervenções em uma escola municipal e entregou um micro-ônibus para transportar estudantes com necessidades especiais. 

    “Dedicamos o dia ao Sertão e inauguramos essa orla, que ficou muito bonita e que vai dar mais condições de impulsionar o turismo da região, para que as pessoas tenham um local de lazer bem estruturado, com banheiros e quiosques. O rio já é um bem natural belíssimo, então estamos explorando isso para que suas belezas possam ser mais apreciadas por todos os pernambucanos e aqueles que vierem visitar o município. Foi um investimento de R$1,5 milhão, e obras como essa também precisam ser priorizadas. Santa Maria da Boa Vista precisava de uma orla mais adequada para receber seus turistas, seu povo, que vão ter um ambiente mais agradável para conviver”, afirmou o governador Paulo Câmara. 

    Na orla fluvial de Santa Maria da Boa Vista, foram realizados serviços de  revitalização em sua interligação e em seus acessos e espaços livres adjacentes. O novo espaço, que contou com um aporte de R$ 1.397.391,07, contempla também quiosques; quadras esportivas; banheiro comunitário; drenagem; e muro de arrimo. O resgate da Orla Fluvial do município visa uma melhoria para aqueles que ali transitam, trabalham e usufruem das atividades culturais, de lazer, de contemplação e de turismo. 

    “É com muita alegria que entregamos hoje a orla fluvial de Santa Maria da Boa Vista. Isso mostra todo o comprometimento do Governo do Estado e interiorização do turismo, gerando renda e emprego para todos”, comemorou a secretária de Turismo, Esportes e Lazer, Manuela Marinho. 

    EDUCAÇÃO – Em Cabrobó, Paulo visitou as obras da Escola Técnica Estadual, que tem como previsão de entrega o primeiro semestre do próximo ano.  O projeto é composto por: auditório; bloco de acesso e biblioteca; bloco pedagógico/administrativo; 12 salas de aula; laboratório de biologia; laboratório de química; laboratório de física; laboratório de matemática; laboratório de línguas; laboratório de informática; bloco de serviços e vivência; quadra poliesportiva coberta (com vestiários e sala multiuso) e laboratórios especiais (Ensino Profissionalizante). De lá, o governador foi acompanhar as intervenções que estão sendo realizadas na Escola Municipal Evandro Ferreira dos Santos, por meio do programa “Educação Integrada” - parceria entre o Governo de Pernambuco e administrações municipais para a implantação do bem sucedido modelo de ensino integral do Estado nas redes de ensino fundamental das cidades. 

    Ainda na passagem pelo município, o governador fez e entrega de um ônibus para transporte de estudantes com necessidades especiais. O equipamento já foi adquirido através do Programa Estadual Transporte Acessível, fruto de um convênio entre a Secretaria de Educação do Estado e Banco Mundial. O investimento do veículo foi na ordem de R$ 288 mil. O micro-ônibus possui 13 poltronas para passageiros, 5 espaços para cadeiras de rodas, além das poltronas do motorista e do profissional auxiliar na recepção e acomodação dos estudantes no veículo. O veículo dispõe ainda de 5 cadeiras dobráveis e espaço para cão guia. Em média, o equipamento auxiliará no deslocamento de cerca de 20 estudantes. 

    Já em Santa Maria da Boa Vista, Paulo deu continuidade à entrega de quadras poliesportivas nas escolas da rede estadual, por meio do Programa Quadra Viva, entregando mais duas quadras poliesportivas cobertas. Os equipamentos foram construídos nas Escolas Estaduais Pau Brasil, na zona rural, e Judith Gomes, no bairro da Cohab. As novas estruturas vão beneficiar 1.700 estudantes, das duas unidades. Juntas, contaram com investimentos da ordem de R$ 1 milhão. 

    FEM - O governador Paulo Câmara liberou um total de R$ 1,3 milhão, por meio do FEM, para obras de construção de calçamento de 16 ruas de Cabrobó, assim como o serviço de recapeamento asfáltico. Além disso, também foi realizada aquisição de equipamentos para estruturação e modernização da Secretaria da Mulher no município, para apoio e desenvolvimento do Projeto Espaço Mulher com Vida.

    Em Santa Maria da Boa Vista, Paulo deu por inauguradas ruas pavimentadas no município de Santa Maria da Boa Vista, que também contaram com recursos do FEM, no valor de R$ 793.107,39. O serviço contemplou as ruas João Barros de Araújo, R. Dr. Joaquim Nabuco, R. Martins Júnior, Rua Praça Xisto Graciliano, Rua Praça Getúlio Vargas e Av. Dr. Oscar Sampaio na 1ª etapa e a Avenida Nilo Coelho na 2ª etapa. A pavimentação das vias desse convênio proporcionará a melhoria da infraestrutura urbana para a população do município e para os seus visitantes.

    Assuntos: sei, paulo camara, investimentos, cabrobo, santa maria da boa vista, seturel, rio sao francisco, see, fem recursos
    Compartilhe: Link para o post: