meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • MEI: Atenção ao prazo de entrega para Declaração Anual DASN-SIMEI

    | Administração

    Quem é microempreendedor individual deve ficar atento não apenas ao pagamento mensal da guia de recolhimento como também ao preenchimento e envio da Declaração Anual Simplificada da Pessoa Jurídica do MEI (DASN-SIMEI). O documento se refere ao faturamento bruto do ano anterior.

    A entrega da Declaração Anual Simplificada da Pessoa Jurídica do MEI (DASN-SIMEI), independente de movimentação, é obrigatória. Ou seja, mesmo que o empreendedor apenas tenha aberto o CNPJ e ainda não tenha iniciado o negócio deve preencher a declaração e enviar. Para auxiliar neste processo, o MEI pode buscar atendimento gratuito presencial nas unidades do Expresso Empreendedor, nas Salas do Empreendedor nos municípios e, virtualmente, no Portal do Empreendedor através do site www.portaldoempreendedor.gov.br.

    Outro compromisso que o MEI deve cumprir é a Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF), desde que recaia na obrigatoriedade definida pela Receita Federal. A consulta e a declaração deverão ser feitas através do sistema no próprio site da Receita www.receita.fazenda.gov.br.

    É importante estar atento aos prazos para assim garantir direito a todos os benefícios oferecidos. Para outras informações compareça a uma das unidades do Expresso Empreendedor, vinculado à Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo de Pernambuco.

    CABO: Prédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rua Historiador Pereira da Costa, 494 - CEP 54.590-000 - Cabo de Santo Agostinho/PE, Teleones: (81) 3521.6793 / 3531.2430. Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. 

    CARUARU: Prédio da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC), Rua Armando da Fonte, 15, térreo, Maurício de Nassau. Telefone: 3725-7600. Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. 

    FACHO: Prédio da Faculdade de Ciências Humanas de Olinda, PE- 15, KM 3,6 - Santa Tereza, Olinda. Telefone: (81) 3429-4100. Horário de funcionamento das 8h às 12h e das 13h às 17h. 

    IPOJUCA: Prédio da AGÊNCIAMAIS, Rua Mário da Costa Monteiro, 98, Centro de Ipojuca. Telefone: 3561-1946. Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

    PETROLINA: Prédio da Agência do Trabalho, Avenida Tancredo Neves, s/n. 1º Piso, Centro de Convenções Senador Nilo Coelho. Telefone: 3866-9815. Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. 

    RECIFE: Prédio da Junta Comercial do Estado de Pernambuco (JUCEPE), Rua Imperial, 1600, São José, Recife. Telefone: 3182-2801. Horário de funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

    Assuntos: sempetq, empreendedor individual, das, simei, declaracao do imposto,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chuva melhora abastecimento de Afogados da Ingazeira e garante água por dois anos

    | Administração

    brotas 

    Os moradores de Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú, já estão recebendo mais águas nas torneiras. A melhoria foi possível graças as últimas chuvas registradas na região, o que permitiu a recuperação  total da Barragem de Brotas que agora está vertendo. Em função da boa notícia, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) teve condições de reduzir o calendário de abastecimento da cidade, que passou para o rodízio de cinco dias com água e dois dias sem. Anteriormente, o calendário era o inverso: cinco dias sem água e dois dias com água. Brotas é a principal fonte hídrica que alimenta o sistema integrado que atende Afogados da Ingazeira e Tabira, e atingiu a sua capacidade máxima de armazenamento, na última segunda-feira (16). 

     Segundo o gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Gileno Gomes, o  manancial tem capacidade de acumular 19,6 milhões de metros cúbicos de água, volume suficiente para atender a população das duas cidades, cerca de 83 mil pessoas, dentro do atual regime de abastecimento, pelo período de dois anos – mesmo que não ocorram mais chuvas. "A chuvas trouxeram tanta alegria aos moradores de Afogados da Ingazeira que a imagem da Barragem de Brotas sangrando virou atração turística", comenta o gerente.

    A Barragem de Brotas, que entrou em colapso em fevereiro de 2017, estava com 11% da sua capacidade no começo deste ano. De lá para cá, período oficial da quadra chuvosa na região do Sertão, o manancial apresentou uma boa recuperação até chegar a sangrar. Além da Barragem de Brotas, o sistema também recebe uma pequena contribuição dos Poços de Vila de Fátima, que ficam localizados na divisa dos municípios de Flores e Carnaíba. Para os moradores de Tabira, permanece o calendário praticado na cidade.

    Assuntos: seplag, compesa, abastecimento, agua, sertao, barragem de brotas,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara discute desafios da RMR em reunião do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano

    | Meio Ambiente, Administração
     
    conselho metropolitano

    O instrumento tem o objetivo de aproximar os municípios e buscar soluções para diversas áreas estratégicas das regiões metropolitanas.
    O encontro foi realizado no Centro de Convenções, em Olinda
     
    Com o crescimento acelerado das cidades ocorrendo de forma simultânea aos desafios dos tempos atuais, a necessidade de oferecer serviços públicos nas regiões metropolitanas se tornou cada vez maior. Pensando nisso, o governador Paulo Câmara comandou, nesta sexta-feira (13.04), a primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano da Região Metropolitana do Recife (CDM/RMR), um instrumento do Governo de Pernambuco que tem como objetivo aproximar os municípios e buscar soluções para diversas áreas estratégicas. Durante a reunião, realizada no Centro de Convenções  (Cecon), em Olinda, o chefe do Executivo estadual assinou duas Ordens de Serviço (OS) voltadas para a área de saneamento básico.

    “O desafio do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano é discutir o futuro e planejar, de maneira conjunta, soluções que possam atingir todos os municípios, com prazos, metas e caminhos que olhem as próximas décadas e não apenas os próximos anos. Os Estados e municípios têm demandado mais serviços públicos, mas dispõem de poucas ferramentas para dar celeridade e oferecer esses serviços. Então, esse debate é fundamental”, afirmou o governador Paulo Câmara, que preside o Conselho.

    Paulo também registrou que, diante dessa iniciativa, Pernambuco está à frente de muitos estados, mas que é preciso continuar a discussão, fazer reuniões e discutir com a sociedade civil e com os poderes constituídos. “Vamos focar em ações de curto, médio e logo prazo que garantam um desenvolvimento cada vez maior na Região Metropolitana e vamos coordenar isso de forma transparente e solidaria”, complementou.

    Na ocasião, Paulo assinou duas OS para elaboração de projetos básicos e executivos para remediação de lixões na Região Metropolitana do Recife (RMR), com um investimento de R$ 379 mil; e para 17 unidades de triagem e duas estações de transbordo em municípios da RMR, no qual serão aportados R$ 979 mil.

    OBJETIVO - O CDM tem as funções de deliberar e aprovar o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado - PDUI para que o governador Paulo Câmara encaminhe à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Além disso, também é função do CDM estabelecer políticas e diretrizes de desenvolvimento da RMR e referenciais para o desempenho dos serviços ligados às funções públicas de interesse comum, supervisionando a execução deles; e deliberar sobre o Programa Anual de Investimentos e a Proposta Orçamentária Anual do  Fundo de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Recife (Funderm) e sobre as compensações por serviços ambientais ou outros serviços prestados pelos municípios nas regiões.

    Também participaram da reunião o vice-governador Raul Henry; os secretários Francisco Papaléo (Cidades); Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão); José Neto (Casa Civil); César Caúla (Procuradoria Geral); o presidente da Agência Condepe/Fidem, Bruno Lisboa; os prefeitos de Recife e Olinda, Geraldo Julio e Professor Lupércio, respectivamente; além de prefeitos de diversos municípios da RMR.

    Fotos: Roberto Pereira/SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, governo de pernambuco, conselho de desenvolvimento metropolitano, lixao rmr, estaçoes de transbordo.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco assina ordem de serviço para supervisão da obra da Barragem de São Bento do Una

    | Administração

    una

    Expectativa é iniciar a construção ainda neste primeiro semestre

    O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Executiva de Recursos Hídricos (SERH), assinou nesta quinta-feira (12/04) a ordem de serviço para supervisão da obra da Barragem de São Bento do Una. O vencedor da concorrência, o consórcio IBI/Goa, realizará os serviços de supervisão de obras, controle tecnológico e elaboração de projeto executivo da barragem localizada no município de mesmo nome, envolvendo investimento de R$ 2,73 milhões.

    A Barragem de São Bento do Una foi projetada para reforçar o abastecimento do município, tanto para a população quanto para o polo avícola, beneficiando 53,2 mil habitantes. Quando pronta, terá capacidade de acumulação de 17,77 milhões de metros cúbicos de água. A obra está orçada em R$ 59,43 milhões, recursos do Ministério da Integração Nacional e Governo do Estado, envolvendo também a implantação de adutora e estação de tratamento de água.

    “A questão do abastecimento d’água é uma prioridade do nosso Governo desde o primeiro dia da gestão. E sabemos o quanto a Barragem de São Bento do Una é ansiada pela população. O nosso compromisso é trabalhar para que as obras não sofram solução de continuidade”, afirmou o governador Paulo Câmara.

    A licitação da obra da Barragem de São Bento do Una foi feita originalmente em 2015 pelo Governo do Estado. O contrato foi assinado e a ordem de serviço foi emitida em 2016, porém a empresa vencedora não iniciou a obra alegando dificuldades financeiras. Assim, em 2017, o Governo do Estado rescindiu o contrato unilateralmente, convocou e já contratou a segunda colocada.

    “Trata-se de uma obra muito importante para o abastecimento da região e muito esperada pela população. Nossa expectativa é iniciar a construção da barragem ainda neste primeiro semestre, com prazo de execução de 18 meses”, afirma o secretário executivo de Recursos Hídricos, Guilherme Rocha.

    Com a ordem de serviço assinada para supervisão da obra, o Consórcio IBI/Goa irá iniciar a elaboração do projeto executivo, com complementação de sondagens em solo e rocha, ensaios de caracterização de materiais, levantamentos topográficos e detalhamento do projeto. Irá também fazer o planejamento das etapas construtivas, plano de trabalho, análise dos documentos referentes ao projeto básico da barragem e do processo licitatório.

    Assuntos: seplag, serh, paulo camara, ordem de servico, barragem de sao bento do una
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seminário reúne especialistas para debater as funções publicas de interesse metropolitano

    | Administração

    Autoridades e especialistas em planejamento urbano estiveram presentes nesta quinta-feira (12), no Auditório da Ribeira, no Centro de Convenções de Pernambuco, para a realização do Seminário Diretrizes para o Desenvolvimento Urbano Integrado, promovido pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem. Na programação do evento, que prossegue até esta sexta-feira (13), consta a realização de palestras em nível nacional tratando do tema Governança Metropolitana. 

     O Seminário tem como objetivo debater esta temática, destacando os aspectos relevantes dos processos de elaboração dos Planos de Desenvolvimento Urbano Integrados (PDUIs) das principais metrópoles brasileiras. As informações vão subsidiar o plano da Região Metropolitana do Recife (RMR). O PDUI é um instrumento que integra o processo de planejamento da política de desenvolvimento urbano de regiões metropolitanas e de aglomerações urbanas e está previsto no Estatuto da Metrópole.

     A abertura do seminário foi feita pelo presidente da Agência Condepe/Fidem, Bruno Lisboa, tendo a mesa ainda os prefeitos de Araçoiaba, Joamy Alves, do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, e de Moreno, Edvaldo Rufino, além do representante do BNDES, Caio Ramos. Bruno Lisboa deu as boas-vindas aos presentes e destacou a importância do debate nacional sobre as metrópoles, para em seguida expor a composição do atual Sistema Gestor Metropolitano (SGM). Ele registrou que em Pernambuco, o Governo do Estado criou a Lei Complementar nº 382 de 09 de janeiro de 2018, que trata do SGM e criou dois conselhos e um comitê, além de incluir Goiana entre os 15 municípios que hoje integram a região. 

     O prefeito de Moreno, Edvaldo Rufino, ao se pronunciar afirmou que tem observado que mesmo entre os municípios existe uma falta de diálogo para tratar as questões de interesse comum. “É muito importante estarmos aqui e vermos as experiências de outros Estados e o quanto avançaram com relação ao que rege o Estatuto da Metrópole e como foi a configuração dos instrumentos de cada um deles deste compartilhamento metropolitano”, registra o prefeito. Edvaldo Rufino diz que temas como a segurança pública não podem faltar na pauta dessas discussões. 

     Entre os participantes estiveram : o presidente do Instituto Pelópidas Silveira, João Domingos; a Procuradora do Estado, Rosana Mousinho; os secretários municipais de infraestrutura do Cabo de Santo Agostinho, Antônio João Dourado, de administração de Camaragibe, Alex Jenner, de desenvolvimento urbano de Paulista, Roberto José; o presidente da Câmara de Vereadores de Itamaracá, Germano Andrade, entre outros. 

    Pela manhã, foram ministradas duas palestras. A primeira delas pela diretora de Planejamento e Gestão Urbana do Ministério das Cidades, Diana Mota, que destacou um Panorama da Governança Interfederativa no Brasil. Já o Luiz Pedretti, da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa) falou sobre A experiência da Governança Metropolitana de São Paulo, que analisou alguns artigos e parágrafos do Estatuto da Metrópole. A tarde, mais dois palestrantes destacaram as experiências de Belo Horizonte (pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de BH) e de Vitória do Espírito Santo (Instituto Jones dos Santos Neves).  

    Amanhã, 13, em prosseguimento ao seminário, técnicos da Agência Condepe/Fidem vão falar, a partir das 9 horas, do Ordenamento Territorial e Gestão do Território Estratégico de Suape. Em seguida, a Consultora Gênesis/Ceplan falará sobre o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da RMR.

    Assuntos: condepe, fidem, seminário diretrizes para o desenvolvimento urbano, planejamento urbano, palestras,
    Compartilhe: Link para o post:
  • VIII Encontro de Gestores de RH’s debaterá avanços da educação corporativa no Estado

    | Administração

    banner

    Evento coordenado pelo Cefospe será realizado no próximo dia 19.

    Como forma de fortalecer cada vez mais a educação corporativa, o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Administração, sob a coordenação do Centro de Formação do Servidor do Estado (Cefospe), irá promover no próximo dia 19 de abril, o VIII Encontro de Gestores de Recursos Humanos (RH’s). O evento será realizado no Auditório do Cefospe, das 08h às 12h e das 14h às 16h. Na ocasião, serão abordados dois temas: “Avanços da Educação Corporativa no Estado de Pernambuco” e “RH Protagonista – Antecipação, Adaptabilidade e Autonomia”. Um dos palestrantes será o professor de Pós-Graduação em Gestão de Pessoas e Consultor em Gestão de Pessoas e Liderança, Edson Monteiro.      

     A secretária interina de Administração do Estado, Marília Lins, destacou que encontros como este contribuem para o crescimento profissional dos servidores. “Temos que nos capacitar cada vez mais para nos adaptarmos às mudanças, pois o mundo está em constante transformação”, pontuou Marília. 

    Já a diretora do Cefospe, Analúcia Cabral, atestou que este “é um momento importante para ouvir e trocar experiência com os gestores de RH’s, já que eles são parceiros na divulgação dos cursos oferecidos pelo Centro”.

    Além das palestras estão programadas duas oficinas, uma delas é sobre o Sistema de Gerenciamento de Informações de Cursos. A segunda irá detalhar o Manual de Serviço, referente ao decreto número 43.993/2016. As oficinas serão realizadas das 14h às 16h. 

    Para se inscrever, o servidor interessado deverá acessar o link: https://credencial.imasters.com.br/cefospe-viii-encontro-gestores-pessoas. Maiores informações pelo telefone: (81) 3183-8001.

    Assuntos: sad, governo de pernambuco, cefospe, encontro de gestores, educacao corporativa, oficinas
    Compartilhe: Link para o post:
  • Leilão de mercadorias apreendidas pela Sefaz-PE tem ágio de 170%

    | Administração

    Valor arrecadado com a realização do primeiro certame deste ano  foi de R$ 165 mil

    O primeiro leilão de mercadorias apreendidas pela Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) deste ano, realizado na manhã de ontem (11/04), arrecadou aproximadamente R$ 165 mil, registrando um ágio médio de 170%. Organizado pela Secretaria de Administração (SAD-PE), o certame ofertou 64 lotes contendo produtos de higiene, limpeza, perfumaria, calçados e aparelhos eletrônicos.

    “Além do valor arrecadado com a venda dos produtos, haverá o pagamento de ICMS, que varia de 7% a 27%, a depender da mercadoria. É importante salientar que cada lote tem uma especificidade e é isso que norteia o leilão de mercadorias apreendidas. Em alguns casos, a facilidade da negociação ao repassar a mercadoria é muito decisivo no valor do arremate”, avaliou a diretoria de Logística da Sefaz-PE, Cristina Siqueira.

    O lote arrematado pelo valor mais alto (R$ 10.200) foi de número 64, composto de diversos produtos de higiene. O lance inicial era de R$ 4.500. Destaque também para os lotes 30, 31 e 32, que continham uma caixa com 30 pacotes de biscoito recheado. Os lances mínimos eram de R$ 2 mil e eles foram arrematados por cerca de R$ 9.500 cada um.

    Assuntos: sefaz, leilao, sad, arrecadacao, mercadorias apreendidas
    Compartilhe: Link para o post:
  • SEMINÁRIO GOVERNANÇA METROPOLITANA – ESTATUTO DA METRÓPOLE

    | Administração

     A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem promove AMANHÃ, 12 (quinta-feira) e sexta-feira, 13 o Seminário Governança Metropolitana – Diretrizes do Desenvolvimento Urbano Integrado. O evento vai ocorrer a partir das 9 horas no auditório Ribeira, do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Na ocasião serão realizadas palestras em nivel nacional tratando do tema. Na programação na tarde do dia 13 será realizada a 1ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano – CDM, criado a partir da nova estrutura de governança metropolitana da Região Metropolitana do Recife (RMR).

    O seminário vai reunir governantes e especialistas nacionais em planejamento urbano e tem como público-alvo gestores municipais e estaduais, especialistas e todos os interessados pelo tema. O Seminário tem como objetivo debater a Governança Metropolitana, destacando os aspectos relevantes dos processos de elaboração dos Planos de Desenvolvimento Urbano Integrados – PDUIs das principais metrópoles brasileiras. As informações vão subsidiar o plano da RMR. O PDUI é um instrumento que integra o processo de planejamento da política de desenvolvimento urbano de regiões metropolitanas e de aglomerações urbanas, e está previsto no Estatuto da Metrópole.

    Pela norma, o Estado e os municípios que integram as regiões metropolitanas e aglomerações urbanas devem compartilhar, por meio de governança interfederativa, o planejamento integrado e a gestão das funções públicas de interesse comum.  Em Pernambuco, o Governo do Estado criou lei especifica que trata do tema : Lei Estadual Complementar nº 382 de 09 de janeiro de 2018, que instituiu o novo Sistema Gestor Metropolitano – SGM, criando dois conselhos e um comitê, além de incluir Goiana entre os 15 municípios que hoje integram a região.

    PROGRAMAÇÃO - Na programação do evento está prevista a realização de palestras contando experiências referentes à Governança Metropolitana em diversos Estados. No dia 12, quinta-feira, após as palavras de boas vindas aos participantes, o presidente da Agência Condepe/Fidem, Bruno Lisboa dará inicio ao ciclo, abordando o tema O sistema Gestor Metropolitano na RMR. Em seguida, serão ministradas as palestras sobre Panorama da Governança Interfederativa no Brasil, pelo Ministério das Cidades e, A experiência da Governança Metropoltana de São Paulo (representante da Emplasa – Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano).

     À tarde, a partir das 14h, será a vez de serem conhecidas as experiências de Governança Metropolitana de Belo Horizonte (pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de BH) e de Vitória do Espírito Santo (Instituto Jones dos Santos Neves).

    Já no dia 13, sexta-feira, técnicos da Agência Condepe/Fidem vão falar, a partir das 9 horas, do Ordenamento Territorial e Gestão do Território Estratégico de Suape. Em seguida, a Consultora Gênesis/Ceplan falará sobre o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da RMR.

    CDM – O Conselho de Desenvolvimento Metropolitano – CDM se reunirá pela primeira vez no dia 13, sexta-feira, com a participação dos prefeitos do território metropolitano. Na pauta do encontro está a nomeação dos membros do Conselho Consultivo Metropolitano,  a votação do Regimento Interno do próprio CCM, apresentação e aprovação de proposta de Plano de Trabalho 2018 (anteprojeto do PDUI, saneamento ambiental, resíduos sólidos e, transportes e mobilidade), entre outros. 

    SERVIÇO  -

     EVENTO -  SEMINÁRIO GOVERNANÇA METROPOLITANA – ESTATUTO DA METRÓPOLE

    REALIZAÇÃO – AGÊNCIA ESTADUAL DE PLANEJAMENTO E PESQUISAS DE PERNAMBUCO – CONDEPE/FIDEM

    LOCAL – AUDITÓRIO DA RIBEIRA – CENTRO DE CONVENÇÕES – OLINDA

    HORÁRIO – A PARTIR DAS 9 HORAS

    Assuntos: condepe, fidem, seminário governança metropolitana, planejamento urbano,
    Compartilhe: Link para o post:
  • BR-104 receberá R$ 15 milhões extras para execução da obra de duplicação

    | Administração

    reunião

    A obra de duplicação da BR- 104 , já em execução, receberá um reforço orçamentário extra na ordem de R$ 15 milhões. A intervenção é fruto da parceria firmada entre o Governo Federal e o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Transportes. O valor do incentivo foi acordado durante a reunião na última terça-feira (10), em Brasília, o encontro contou com a presença do secretário estadual de Transportes em exercício, Antônio Cavalcanti Júnior e do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Cassimiro.

    “A obra da BR-104 é uma ação da gestão do governador Paulo Câmara de grande relevância na área de infraestrutura viária. Esse aporte financeiro será muito importante. Essa rodovia é utilizada para o escoamento do Polo de Confecção do Agreste, que é um dos maiores do País. A população desta importante região pernambucana há muito tempo aguardava por esta duplicação”, ressaltou Antônio Cavalcanti Júnior.

    Aproveitando a oportunidade da audiência com o ministro, foi realizado o monitoramento das obras de requalificação do Aeroporto de Serra Talhada e da BR-101, no Contorno do Recife. “O saldo do encontro é motivo de comemoração. Conseguimos assegurar este reforço financeiro para a BR-104. Além disso, o ministro ficou bastante satisfeito com o ritmo das obras do Aeroporto de Serra Talhada e da requalificação da BR-101. Estamos falando em mais de R$ 300 milhões em investimentos nessas três obras em andamento no Estado de Pernambuco”, ressaltou o deputado federal Sebastião Oliveira, que até a semana passada comandava a pasta.

    O encontro ainda contou com a presença dos gestores do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), em Pernambuco, Silvano Carvalho e Hélder Rômulo.

    Assuntos: setra, der, governo de pernambuco, paulo camara, aeroporto de serra talhada, br104
    Compartilhe: Link para o post:
  • Barragem de Jucazinho volta a acumular água

    | Administração

    juca

    Captação  provisória do ‘volume morto’ do manancial deve começar dentro de 30 dias 

    Barragens localizadas em várias regiões do estado foram beneficiadas com as chuvas dos últimos dias. A recuperação de Jucazinho, no município de Surubim, que voltou a acumular água depois de um ano meio em colapso, está sendo uma das mais comemoradas. O diretor Regional do Interior da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Marconi de Azevedo, fez uma visita técnica ontem (9) à barragem, e avaliou que dentro de 30 dias, a Compesa deve começar a captar água do ‘volume morto’ do reservatório, por meio de uma bomba flutuante. “O normal seria aguardar que o nível superasse o volume morto para o início da retirada  de água, mas diante da necessidade de atendimento das cidades abastecidas pela barragem, iremos fazer algumas adequações para a captação provisória”, adiantou o diretor.

     A Barragem Jucazinho é o maior reservatório para abastecimento humano do Agreste, tem capacidade para armazenar mais de 327 milhões de metros cúbicos de água. O manancial registra agora 2,58% do seu nível de acumulação, volume que corresponde a 8,4 milhões de metros cúbicos de água e é responsável pelo atendimento de  15 municípios do Agreste, dentre eles, Surubim, Cumaru e Passira. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a previsão para esse ano é de chuvas dentro da média na região Agreste, ou seja, cerca de 700 milímetros durante a quadra chuvosa. Se considerar que o período de inverno oficial das regiões do Agreste, Zona da Mata e Metropolitana do Recife apenas começou, tendo em vista que a quadra chuvosa vai de abril até julho, há esperanças de que o manancial possa melhorar o seu nível ainda mais.

     Na Região Metropolitana do Recife, uma das barragens beneficiadas com as chuvas foi a de Botafogo, em Igarassu, principal fonte hídrica que compõe o sistema de distribuição de água das cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima. Nos últimos oito dias, o manancial subiu 6,75% do seu nível, saiu de 20,66% para 27,41% da sua capacidade de armazenamento. No mesmo período, as barragens de Várzea do Una, em São Lourenço da Mata, e Duas Unas, em Jaboatão dos Guararapes, também ganharam volume, e registram 70,22% e 72,52%, respectivamente. A Barragem de Tapacurá, também localizada em São Lourenço da Mata, teve um pequeno aumento de 1,11% e alcançou 58,51% da sua capacidade de acumulação.

    Pajeú - No Sertão do Pajeú, onde já está quase no final do período invernoso, alguns mananciais também foram beneficiados com as chuvas. A Barragem de Brotas, localizada em Afogados da Ingazeira e que possui 19,6 milhões de metros cúbicos de água, está vertendo. A companhia já está fazendo adequações na Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade para aumentar a produção de 100 litros de água, por segundo, para 120 L/s, dentro dos próximos dez dias. Também será estudada uma possível redução no calendário de abastecimento de Afogados.

     A Barragem de Boa Vista, em Itapetim, que estava seca desde janeiro deste ano, acumulou 9,2% da sua capacidade máxima, que é de 1,6 milhão de metros cúbicos de água. A Compesa está tomando as providências para que, dentro de dez dias, o manancial volte a contribuir com o sistema de abastecimento de Itapetim, que já recebe água da Barragem de Caramucuqui. Em São José do Egito, a Barragem de São José II também saiu da situação de colapso. O reservatório, com capacidade de acumular 7,1 milhões de metros cúbicos de água, registra 54,6% do seu nível. Esse volume possibilita uma maior flexibilidade e segurança hídrica ao sistema de distribuição de água de São José do Egito, que tem na Adutora do Pajeú sua principal fonte de abastecimento.

    Assuntos: seplag, compesa, barragem de jucazinho, barragem de botafogo, barragem de brotas, barragem de boa vista
    Compartilhe: Link para o post: