meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Gestão investe na melhoria do controle do gasto

    | Administração, Balanço


    A Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) está implantando o Observatório da Despesa Pública para fortalecer as ações de controle interno

    As ações voltadas para o controle interno estão auxiliando o Estado na manutenção dos gastos com a máquina, além de trazer para a administração pública uma visão voltada para a melhoria da qualidade desses gastos. Para fortalecer o exercício desse controle e dar ainda mais transparência às contas do Poder Executivo Estadual, a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), na constante busca por ferramentas que possam contribuir com o processo, está implantando o Observatório da Despesa Pública (ODP). Através dele, será possível realizar o cruzamento de dados de diferentes sistemas, prevenindo atos ilícitos na aplicação de recursos públicos e combatendo à corrupção. A iniciativa foi viabilizada por meio de um termo de cooperação técnica assinado entre a SCGE e o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC).

    A adesão ao ODP tem como objetivo aprimorar o trabalho que hoje já é executado pela Controladoria-Geral, permitindo o compartilhamento de informações e experiências entre os órgãos de controle interno. Com isso, será realizada uma espécie de malha fina dos gastos, a partir do cruzamento de dados com o Governo Federal, a Junta Comercial do Estado de Pernambuco (Jucepe), PE-Integrado, e-Fisco e Folha de Pagamento, entre outros bancos de dados, possibilitando, por exemplo, o acompanhamento de despesas com plantões, diárias de servidores, saúde, obras, projetos e a base da central de compras.

    Para o secretário da Controladoria-Geral, Ruy Bezerra, o ODP é um sistema inovador de inteligência no monitoramento da despesa, e vai apoiar as ações já desenvolvidas e executadas pelo órgão. “A Secretaria da Controladoria-Geral tem uma eficaz atuação na fiscalização e monitoramento dos recursos públicos, com foco também na efetividade das ações do controle preventivo. Além disso, fornece informações para subsidiar a tomada de decisão do gestor. O fortalecimento da atividade de controle interno traz uma gestão mais moderna e coloca à disposição da sociedade uma administração pública mais eficiente”, ressaltou o secretário.

    ODP - O Observatório da Despesa Pública (ODP) é uma unidade permanente da Controladoria-Geral da União (CGU), criada para prevenir a ocorrência de fraudes, por meio do monitoramento do gasto público no Governo Federal. A inciativa está sendo expandida para demais esferas de governos e outros órgãos que atuam no controle interno, possibilitando uma integração entre as diversas esferas públicas. “Com os protocolos e rotinas do observatório, vamos fazer análises mais aprofundadas, buscando informações para beneficiar as atividades de auditoria, orientação e fiscalização”, concluiu Ruy Bezerra.

    Assuntos: gestão, controladoria, scge, gastos públicos, monitoramento, odp, scge, despesas, controle,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Expresso Empreendedor da Jucepe dá apoio a quem deseja abrir um negócio

    | Administração, Economia

     

    A partir de hoje, os potenciais empreendedores e profissionais autônomos que têm interesse em formalizar seu negócio como Microempreendedor Individual (MEI) podem ser atendidos na unidade do Expresso Empreendedor na sede da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe), de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 13h. A instalação da unidade na Jucepe é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (SEMPETQ).

    "O percentual dos registros de Microempreendedores Individuais em Pernambuco tem aumentando anualmente. Apesar disso, a maioria das pessoas ainda desconhece as vantagens de se tornar um MEI. Por isso o Expresso Empreendedor da Junta Comercial, que responsável pela abertura e alterações contratuais de empresas, é fundamental para orientar e dar suporte a todos que planejam abrir seu próprio negócio como microempreendedor ou microempresário", destaca a presidente da Jucepe, Taciana Bravo.

    Inscrição, alteração e extinção voluntária de registro, orientação empresarial, emissão do Documento de Arrecadação Simples Nacional (DAS) e declaração de faturamento são alguns dos serviços prestados na nova unidade aos que já são ou desejam se tornar microempreendedores individuais.

    No Expresso Empreendedor é oferecido, ainda, um serviço gratuito de consultoria contábil tanto para MEIs como para microempresários. Esse serviço, realizado todas as segundas-feiras, é prestado em parceria com o Conselho Regional de Contabilidade (CRC-PE). Nas sextas-feiras, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresa (Sebrae), será disponibilizada consultoria na área de gestão empresarial em diversos temas do dia a dia das empresas. Além disso, todas as quartas-feiras são realizadas palestras para quem deseja se informar sobre benefícios e obrigações dos profissionais que se registram como MEIs, legislação existente e oportunidades geradas com a formalização. Para participar, basta chegar antes do início da palestra e se inscrever na unidade do Expresso Empreendedor da Jucepe.

    Já a partir de setembro, além da palestra nas quartas-feiras, as terças e quintas serão dedicadas às oficinas e cursos de qualificação também gratuitos. "Essa é uma ótima oportunidade para quem deseja aprender noções de como empreender, marketing de comercialização, contratação de empregados, entre outras questões", completa Luiz Carlos, supervisor do Expresso Empreendedor da Jucepe. Para outras informações, ligar para 3182 2801/3182 2802.

     

    Assuntos: expresso, jucepe, empreendedor, profissionais autônomos, junta comercial, arrecadação simples
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador recebe dirigentes da Associação de Procuradores do Estado de Pernambuco

    | Administração
    Procuradores

    Com objetivo de homenagear os servidores pelo Dia do Procurador do Estado, comemorado no último dia 20 de agosto, o governador Paulo Câmara recebeu, nesta segunda-feira (22.08), os dirigentes da Associação de Procuradores de Pernambuco (APPE). Na ocasião, o procurador geral do Estado, César Caúla, aproveitou para apresentar ao chefe do Executivo uma cartilha que vai atualizar os funcionários públicos sobre as alterações na legislação que rege o processo eleitoral em andamento, inibindo a realização de práticas ilegais durante período. Além disso, um material oficial que resume os procedimentos de contratação também foi entregue durante a reunião.

    Para Paulo Câmara, os procuradores realizam um trabalho fundamental para as ações desenvolvidas em Pernambuco. "Estamos vivendo um momento difícil e, por isso, toda ajuda é necessária. Eu respeito o trabalho dos procuradores e tenho certeza que vamos conseguir avançar juntos", disse o governador. O gestor lembrou também que o Dia do Procurador foi instituído na gestão do ex-governador Eduardo Campos, ainda no ano de 2007. "É mais um valorização para o servidor", observou Câmara.

    A presidente da Associação de Procuradores de Pernambuco (APPE), Taciana de Castro, pontuou a necessidade do trabalho da categoria para a sociedade. "Somos responsáveis pelo controle da legalidade e pela defesa do patrimônio público", reforçou. Ela disse ter certeza do apoio do governo às ações desenvolvidas pelos procuradores. "Tenho plena convicção que o governador sabe a importância do nosso trabalho", concluiu a dirigente, que, na ocasião, esteve acompanhada do vice-presidente da entidade, Rodolfo Cavalcanti; dos diretores Izac Menezes e Carlos Alberto Carvalho; além da chefe da Procuradoria de Apoio, Rosana Campos, e sua adjunta, Maria Cristina Tavares. 

    César Caúla reforçou que a Procuradoria-Geral do Estado está empenhada para impedir a prática de hábitos nocivos à administração pública. "Promovemos um encontro na procuradoria para divulgar as legislações eleitoral e de compras do Governo e ainda reforçar procedimentos internos", salientou. "Estamos respondendo questionamentos antes mesmo deles serem feitos", registrou. A Procuradoria-Geral do Estado já iniciou o processo de distribuição, junto aos corpo dos servidores estaduais, da cartilha “Eleições 2016 – orientações gerais aos agentes públicos estaduais” e “Passo a Passo de Licitações e Contratos”.

    Assuntos: Dia do Procurador do Estado, homenagem, appe, legislação, processo eleitoral, cartilha
    Compartilhe: Link para o post:
  • SCGE promove 1º Encontro Ouvidoria em Ação

    | Administração, Comunicação
    Ouvidoria


    O evento será realizado na cidade de Caruaru e tem como tema principal "Participação social e cidadania"

    "O papel da ouvidoria na gestão pública", "Participação social", "Lei de Acesso à Informação", “Democracia e participação social" e "Desafios para a consolidação das ouvidorias públicas". Estes são alguns dos temas abordados, no próximo dia 23 de agosto, durante a primeira edição do Encontro Ouvidoria em Ação, que terá como foco: "Participação Social e Cidadania".  

    O evento ocorrerá na Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC), durante todo o dia, e será realizado pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado de Pernambuco (SCGE-PE), por meio da Ouvidoria-Geral do Estado de Pernambuco (OGE-PE)

    As palestras serão ministradas por profissionais da SCGE-PE, OGE-PE, do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, Ministério Público Federal e especialistas do meio acadêmico. O público-alvo do encontro são os ouvidores, gestores públicos estaduais e municipais, alunos, professores universitários e a sociedade em geral.
     
    "Queremos interiorizar as ações de controle social, em especial no interior do Estado, promovendo a participação social por meio da Ouvidoria. Com este evento, estamos levando ao pernambucano os principais debates sobre as formas de intervenção e participação do cidadão na gestão pública.  Além disso, vamos demonstrar quais as ferramentas e os canais que podem ser utilizados, e que tipo de informação eles fornecem", adiantou o secretário da Controladoria-Geral do Estado e ouvidor-geral do Estado, Ruy Bezerra.


    Ele ressalto ainda que "esta é a primeira edição do evento, e pretendemos que o encontro seja um espaço de qualificação continuada, troca de conhecimentos e experiências entre ouvidores e servidores públicos estaduais, federais e municipais", completou.

    Para participar do encontro, o interessado deve preencher ficha de inscrição na página da SCGE, no endereço: www.scge.pe.gov.br. A entrada é franca.​



    Atenciosamente, Assessoria de Comunicação e ImprensaC E-mail: imprensa.scge@cge.pe.gov.br Fone: (081) 3183-0841 Secretaria da Controladoria Geral do Estado - SCGE Rua Santo Elias, 535 - Espinheiro - CEP.: 52020-095 www.cge.pe.gov.br /twitter.com/scge_pe Descrição: SCGE Logo

    Assuntos: ouvidoria, encontro ouvidoria em ação, acic, scge, oge, cidadania
    Compartilhe: Link para o post:
  • SES e PGE reforçam trabalho integrado

    | Administração
    Dia do Procurador

    Atuação conjunta vem permitindo agilidade na análise de processos

    Responsáveis pelo melhor fluxo e agilidade na análise de contratos garantindo uma melhor qualidade do serviço prestado aos usuários do Sistema Único de Saúde, no Dia do Procurador do Estado de Pernambuco, celebrado em 20 de agosto, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) reforçaram, nesta terça-feira (16/08), o trabalho de integração entre as duas pastas.

    A SES é uma das atendidas pelo Núcleo de Apoio às Secretarias da PGE, composto por procuradores do Estado que atuam dentro das instituições, assessorando atos de decisão e gestão em assuntos de natureza jurídica e na análise de processos administrativos.

    Em reconhecimento a esse trabalho, o Secretário de Saúde, Iran Costa, realizou reunião comemorativa. O encontro, na sede da SES, contou com a presença de diversos procuradores do Estado, além de secretários-executivos e representantes da Coordenação Jurídica da SES. A procuradora-chefe da Procuradoria Consultiva, Giovana Ferreira, foi homenageada em nome de todos os procuradores.

    Atualmente dois procuradores atuam na Saúde: Oscar Vilaça e Catarina Sá Ribeiro. Outros cinco atuam em sete secretarias: Manuela Carneiro Leão e Cícero Victor Alencar (Educação), Alexandre Auto (Defesa Social), Luís Maranhão (Desenvolvimento Econômico; e Transportes) e Danilo Almeida (Cidades; Habitação; e Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação).

    "A proximidade física aumenta a velocidade de resposta e fortalece os laços institucionais, proporcionando maior segurança ao gestor na tomada de decisão em assuntos de natureza jurídica", avalia a procuradora Giovana Ferreira. Para ela, a atuação interna melhorou o fluxo de contratação e reduziu a ocorrência de falhas. "Na emergência da zika, a atuação dos procuradores na SES foi fundamental para as análises dos processos, realizadas entre 24 e 48 horas, o que dificilmente se conseguiria na sistemática antiga", cita a procuradora.

    Data - Comemorado no dia 20 de agosto, o Dia do Procurador do Estado foi instituído pelo então governador Eduardo Campos, em 17 de agosto de 2007, por meio da Lei de n° 13.278. A data comemorativa aos profissionais foi criada como reconhecimento do mérito da Advocacia Pública no fortalecimento da consultoria e defesa do Estado, contribuindo para a concretização de políticas públicas.

    Foto Miva Filho

    Assuntos: procurador, homenagem, ses, integração das pastas, trabalho conjunto
    Compartilhe: Link para o post:
  • Obra emergencial beneficia cidades do Agreste

    | Administração

     Adutora Pau de Ferro

    Adutora  Pau Ferro vai atender Lajedo, São Bento do Una e Calçado

    As cidades de Lajedo, São Bento do Una e Calçado, todas localizadas no Agreste Meridional de Pernambuco, serão beneficiadas, a  partir do mês de outubro, com a obra de implantação de uma adutora que vai duplicar a vazão da Barragem de Pau Ferro, localizada em Quipapá, na Mata Sul.

    A obra, já conhecida como Adutora de Pau Ferro,  está em execução pela Companhia Pernambucana de Saneamento-Compesa, em caráter emergencial, para atender as três cidades que estão enfrentado dificuldades de abastecimento, consequência do sexto ano consecutivo de seca. O empreendimento irá permitir  o aumento da vazão de 60 para 120 litros de água por segundo, beneficiando cerca de 70 mil pessoas. O governo do Estado, em parceria com o governo federal,  está investindo  R$ 2 milhões na iniciativa.

    A cidade de Calçado é  abastecida pela  Barragem Santa Rita, que está em colapso  desde abril deste ano. No mês de maio, também por falta de chuvas na região, foi a vez do  colapso do  manancial São Jacques, reservatório responsável pelo atendimento de São Bento do Una e Lajedo. O colapso na Barragem de São Jacques provocou a ampliação do rodízio em Lajedo, que  passou de dois dias com água e oito dias sem, para dois dias com água e 28 dias sem. 

    Em São Bento do Una, a situação também é preocupante. Mesmo sendo atendida pela Barragem de Pau Ferro, as áreas mais elevadas da  cidade não estão sendo abastecidas pela rede de distribuição e sim por meio de carros-pipa, assim como os moradores de Calçado. Para quem reside em bairros situados em áreas planas da cidade, o fornecimento de água é realizado uma vez por mês.

    De acordo com o diretor Regional do Interior da Compesa, Marconi de Azevedo,  a construção  da adutora,  que levará mais água para Lajedo,  São Bento do Una  e Calçado, foi uma recomendação do governador Paulo Câmara para melhorar as condições de vida da população dessas três cidades. "Estamos correndo para  entregar a obra dentro do prazo previsto, pois sabemos das dificuldades  hídricas dessas localidades", argumentou o diretor.

    A obra  consiste na implantação de uma adutora de três mil metros de tubulação e uma estação elevatória (sistema de bombeamento). Cerca de 80% dos serviços já foram concluídos. Hoje, a Barragem Pau Ferro está com 95% de sua capacidade, ou seja, 13,3 milhões de metros cúbicos de água. A capacidade máxima do reservatório é de 14 milhões de metros cúbicos. 

     

    Cidades: Calçados, Lajedo, São Bento do Una
    Assuntos: Lajedo, São Bento do Una, Calçado, abastecimento, agua, adutora, Pau de Ferro, compesa, colapso
    Compartilhe: Link para o post:
  • Condepe/Fidem revisa normas que disciplinam controle urbano do Cabo de Santo Agostinho e de ipojuca

    | Administração, Economia, Meio Ambiente, Mobilidade, Suape

    cabo 

    A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco - Condepe/Fidem finalizou a atualização dos Planos Diretores (PDs) do Cabo de Santo Agostinho e de Ipojuca, localizados no entorno do Complexo Portuário de Suape, litoral sul do Estado.  Os mais recentes PDs datavam de 2006 e 2008, respectivamente. Antes de virarem lei, os anteprojetos serão avaliados pelas Câmaras de Vereadores locais. O Plano Diretor é o instrumento que estabelece normas que vão orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada para a elaboração das políticas de desenvolvimento urbano, ambiental e patrimonial dos municípios.

    A ação integra as atividades do Programa Especial de Controle Urbano e Ambiental do Território Estratégico de Suape, desenvolvido pela Agência Condepe/Fidem, em parceria com oito municípios daquela região e com recursos do BNDES. Os demais PDs já foram entregues anteriormente.  A atividade também atende ao que estabelece a Lei nº 10.257/01, o Estatuto da Cidade, que prevê a atualização destes instrumentos.  A intenção é estruturar e melhorar o sistema de controle urbano da área do entorno de Suape.

    Os Planos Diretores foram reformulados de forma integrada e participativa, com propostas indicadas durante discussões com representantes dos dois municípios nas oficinas de trabalho, considerando a integração regional e o desenvolvimento local. A entrega do documento foi feita em Ipojuca pelo diretor  executivo de Apoio à Gestão Metropolitana da Condepe/Fidem, Luciano Pinto, representando, na ocasião, o presidente da Agência, Flávio figueiredo, ao prefeito Carlos Santana, durante reunião na sede da Secretaria municipal de Turismo. Estavam presentes vários secretários municipais, além da diretora de Controle Urbano e Meio Ambiente de Ipojuca, Terezinha Uchoa, a coordenadora técnica do Grupo de Trabalho (GT) Suape, Sônia Calheiros, entre outros.

    Carlos Santana parabenizou o trabalho e afirmou que a tarefa "não é das mais fáceis, já que requer uma analise minuciosa do território que tem um tamanho duas vezes maior que Recife, com distritos e comunidades com realidades diferentes e, muitas vezes, antagônicas". O gestor acredita, no entanto, que sem uma lei norteadora, o resultado seria um processo de favelização das cidades. "Este é um importante instrumento futurístico de controle urbano", afirmou o prefeito.

    No Cabo de Santo Agostinho o novo PD foi entregue ao prefeito José Ivaldo, Vado da Farmácia, no Centro Administrativo 2. Para o prefeito, uma cidade não tem como se desenvolver de forma correta sem ter um documento como este. “O Plano é extremamente necessário, pois diante de tantos empreendimentos chegados aqui nesta última década, a realidade mudou muito. Temos que olhar para o controle urbano, a mobilidade, a proteção ambiental sob nova maneira. Quem ganha é a população”, registrou o gestor. 

    Avanços -  O presidente da Agência Condepe/Fidem, Flávio Figueiredo, explicou que os PDs do Cabo e de Ipojuca foram os últimos a serem revisados, e obedecem ao cronograma de trabalho do programa voltado para o Território Estratégico de Suape, que prevê outras ações. "A intenção é modernização dos instrumentos de  regulamentação do uso do solo. Foi identificada a  necessidade de adaptarmos a realidade local à velocidade do crescimento, gerenciando melhor o uso do solo, para que haja um crescimento de forma ordenada, com proteção ao meio ambiente". Como avanço na nova legislação, o gestor apontou  a regulamentação das áreas de interesse ambiental e o disciplinamento das áreas de expansão urbana, com uso e formas de ocupação mais adequadas em suas diretrizes.

     

    TEXTOS E FOTOS - Ceça Ataides 
    Cidades: Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca
    Assuntos: condepe/fidem, Plano Diretor, pds, Suape, porto, bndes, cabo de santo agostinho, ipojuca, territorio estrategico de suape
    Compartilhe: Link para o post:
  • Parceria do Estado com o Banco Itaú possibilita a contratação de técnicos para o Projeto Humanidade

    | Administração, Direitos Humanos, Saúde

    Projeto Humanidade

    Foram disponibilizados R$ 2 milhões para a admissão de psicólogos, advogados, terapeutas ocupacional, enfermeira, pedagogo, fisioterapeuta e bacharel em História que vão prestar consultoria a 69 instituições pernambucanas

    O governador Paulo Câmara apresentou à sociedade, nesta quinta-feira (11.08), a nova fase do Projeto Humanidade. A iniciativa, que promove a defesa dos direitos do idoso que reside em instituições de longa permanência, ganhou um novo ânimo com a alteração da Lei que possibilitou a ampliação da doação de recursos para esse público. A partir disso, o Governo do Estado arrecadou com o Banco Itaú R$ 2 milhões, que possibilitaram a contratação de técnicos para o programa. Nesta etapa, os profissionais disponibilizados fazem o monitoramento das instituições, para proporcionar a melhoraria do serviço oferecido nesses locais. O ato ocorreu no auditório do Banco Central do Brasil, no Recife, durante o primeiro encontro do grupo.  

    Esse projeto busca reforçar as nossas políticas públicas em favor da pessoa idosa, promovendo condições para quem precisa do apoio do Governo do Estado. A gente quer está junto daqueles que tanto colaboraram para o desenvolvimento de Pernambuco", afirmou Paulo Câmara. Com relação ao investimento feito no programa estadual, o gestor foi enfático: "É uma parceria do ganha-ganha em favor das pessoas que precisam de um olhar especial". 

    Ao destacar a importância do diálogo para fortalecimento das políticas públicas do Estado, Paulo disse que mantém um sólido canal de comunicação com os segmentos vulneráveis. "A gente conversou bastante com a população para desenvolver políticas sociais, e muitas destas ações já estão em curso. A gente sabe que o Estado tem que chegar mais perto dessa população", frisou Câmara, que, na oportunidade concedeu uma comenda ao representante do Banco Itaú, Rodrigo Figueiredo. 

    O apoio técnico e jurídico às Instituições de Longa Permanência (ILPs) é uma necessidade levantada pelos profissionais do projeto. O secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Isaltino Nascimento, contou que muitas casas não funcionam dentro da legalidade. "Além de ajudar na burocracia, nós vamos capacitar os funcionários e disponibilizar profissionais para ajudar em diversas áreas", adiantou. Hoje, o programa monitora ações em 69 entidades, localizadas em 47 municípios pernambucanos.  

    O fortalecimento das instituições que cuidam de idosos é uma das etapas do Projeto Humanidade. Após a realização dessa fase, o programa estadual parte para o mapeamento geral dessa parcela da população no Estado. Pernambuco tem hoje mais de 900 mil idosos, e o Governo quer saber a situação deles. "Por enquanto, vamos concentrar na parcela mais vulnerável dessa população que são os que residem nas ILPs. Em breve, nós teremos um perfil socioeconômico dos idosos no Estado", revelou Isaltino.

    Priscila Andréa Lopes, administradora do Lar Vicentino, localizada em Timbaúba, na Mata Norte, contou que o Humanidade vai estruturar os empreendimentos do perfil. "Esse projeto vai nos ajudar a andar de acordo com a Lei. O importante é que eles estão orientando e não fiscalizando ", grifou Priscila. O Lar Vicentino atende 37 idosos, e a maior preocupação dos gestores é a qualificação profissional. "A gente quer melhor atender os nossos idosos", completou a administradora.

    Também participaram deste encontro a secretária da Mulher, Silvia Cordeiro; o assessor da presidência do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o juiz Ailton; o promotor de justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Marcos Aurélio; a subdefensora Pública de Recursos, Roberta Quintana; o gerente administrativo do Banco Central, Cleber Pinto; a presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa de Pernambuco; Amaro Bezerra; e a coordenadora do Lar de Jesus; Andréa Navarro.

    Fotos: Edmar Melo/SEI

    Assuntos: humanidade, idoso, instituições de longa permanência, ilps, assistência ao idoso
    Compartilhe: Link para o post:
  • Centro de Artesanato de Pernambuco comercializa R$ 10 milhões

    | Administração, Cultura, Turismo

    Centro Artesanato 

    Localizado no Marco Zero da cidade do Recife e recebendo, em média, 3 mil visitantes por final de semana, o Centro de Artesanato de Pernambuco (Cape) tem se consolidado enquanto o principal espaço que congrega todas as ações de artesanato do Estado. Desde sua inauguração em 2012, foram comercializadas 480 mil peças, injetando R$ 10 milhões no ciclo de economia criativa em Pernambuco.

    Com 2,5 mil m² de área construída, o espaço abriga mais de 20 mil peças de 1,3 mil artesãos genuinamente pernambucanos. “O Centro de Artesanato, tanto do Recife quanto de Bezerros, são o grande coração e área de convergência de todas as atividades de fomento ao artesanato pernambucano com as ações do Programa do Artesanato de Pernambuco (Pape), a organização da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), a Unidade Móvel do Artesanato, entre diversas outras”, disse o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Jenner Guimarães.

    O Centro de Artesanato é considerado o segundo melhor espaço de compras de Pernambuco, perdendo apenas para o Shopping Recife, segundo as avaliações do TripAdvisor. “Minha vida mudou muito depois da abertura do Centro. Não só a minha, mas de muitos artesãos. Só neste primeiro semestre, as vendas superaram o total de 2015 e as encomendas só tem melhorado”, disse a artesã Maria do Carmo Silva, mais conhecida como “Neguinha”.

    INTERIOR - Localizado às margens da BR-232, o Centro de Artesanato de Pernambuco em Bezerros, no Agreste, é uma opção para quem viaja pelo interior do Estado e quer adquirir peças. O local tem mais de 12 mil metros quadrados e peças de mais de 500 artistas do estado. “No Centro de Bezerros o visitante pode fazer uma viagem que vai do Litoral ao Sertão. A divisão das obras é realizada de acordo com a localização geográfica e o tipo de produção artesanal”, disse o diretor de Promoção do Artesanato da AD Diper, Thiago Angelus.

    Foto: Daniela Nader.

    Cidades: Recife
    Assuntos: artesanato, Cape, artesão, pape, fenearte, addiper, tripadvisor
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo defende medidas compensatórias para Estados com dívidas pequenas

    | Administração, Economia, Política
    Brasilia

    Governador de Pernambuco esteve com presidente do Senado e com líder do Governo na Câmara


    BRASÍLIA – O governador Paulo Câmara defendeu, nesta terça-feira (09.08), que o Governo Federal adote medidas compensatórias para os Estados do Nordeste, Norte e Centro-Oeste que não foram devidamente beneficiados pela renegociação das dívidas com a União. “A verdade é que 90% do valor dessa renegociação, que chegará a R$ 50 bilhões até 2018, diz respeito aos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul”, argumentou Paulo, que, ao lado de governadores, senadores e deputados das três regiões, participou de reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e com o líder do Governo na Câmara Federal, André Moura (PSC-SE).

    "Foi uma conversa positiva. O presidente Renan foi bastante receptivo às nossas preocupações e ponderações. É preciso que exista simetria de tratamento na Federação, especialmente quando a renegociação das dívidas beneficia os Estados mais ricos”, argumentou o governador de Pernambuco.

    De acordo com Paulo Câmara, entre as propostas apresentadas está compensação das perdas que os Governos tiveram no FPE (Fundo de Participação dos Estados) por conta da política econômica de desoneração de setores da indústria, que reduziu os repasses aos Estados. Apenas para os anos de 2015 e 2016, essa compensação viabilizaria R$ 14 bilhões a mais para os cofres dos Estados.

    Outra sugestão apresentada pelos governadores do Nordeste, Norte e Centro-Oeste é o aumento da parcela do Imposto de Renda (IR) que é destinada ao FPE, que passaria dos atuais 21,5% para 23,5%.

    No entanto, essa ideia teria que ser encaminhada como Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que precisa de dois turnos de votação na Câmara dos Deputados e mais dois no Senado Federal, com um quórum de três quintos dos votos em cada uma das casas legislativas.


    Fotos: Humberto Pradera/Divulgação
    Assuntos: brasilia, governo federal, medida compensatorias, renegociação de dividas, dividas estaduais, federação, dividas, politica economica
    Compartilhe: Link para o post: