meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Ex-intercambista do Ganhe o Mundo está na China

    Jonas do Nascimento, 17 anos, aluno da Escola Estadual Dom Sebastião Leme, e ex-intercambista do Programa Ganhe o Mundo (PGM), da Secretaria Estadual de Educação, já está em solo chinês, mais precisamente em Xangai, para cursar um período letivo em uma escola americana da cidade. O menino, que além do inglês, também estudará mandarim, só voltará para o Brasil em janeiro de 2016.

    A despedida de Jonas, no Aeroporto Internacional dos Guararapes, na última sexta-feira (05), foi marcada por muita alegria. Os pais estavam radiantes com a conquista do filho e os amigos torcendo pelo sucesso de Jonas. “Ele sempre teve foco e objetivo. Sua meta sempre foi realizar os seus sonhos. E agora ele consegue realizar o maior de sua vida. Espero que sua passagem pela China seja um verdadeiro sucesso e que ele consiga cursar a faculdade de Relações Internacionais”, disse o amigo, Leonardo Gabriel, 17 anos.

    A diretora da escola, Kátia Tavares, disse que era gratificante ver o sucesso de Jonas porque a vitória dele também era de toda a comunidade escolar. “Histórias vitoriosas como a de Jonas são compensadoras para nossos profissionais. É a certeza de que estamos, sim, no caminho certo”, disse, após destacar que Jonas sempre se destacou entre os colegas. “Nossos professores comentavam que ele era muito aplicado e determinado”, pontuou.

    Jonas estava ansioso, mas feliz. Foi difícil, mas conseguiu. “O único recado que quero deixar para os meus amigos e para os que tiverem a oportunidade de conhecer a minha história é que nunca desistam dos seus sonhos. Com foco, coragem, determinação e perseverança, é possível realizar seus objetivos”, destacou o aluno.

    “Estou feliz e muito orgulhosa em saber que meu filho está concluindo uma etapa. Sei que ele teve foco e determinação, mas acho que a sua ousadia foi o que o fez conseguir a viagem para a China. Enquanto eu achava que seria impossível, ele mobilizou a Secretaria e vários parceiros. Espero que, agora, ele aproveite a oportunidade para realizar suas metas e seus objetivos”, disse a mãe, Inalda do Nascimento.

    HISTÓRIA- Tudo começou durante o intercâmbio do estudante pelo PGM, em janeiro deste ano, quando Jonas embarcou para um período letivo nos Estados Unidos. Lá, assim como no Brasil, o aluno se destacou e foi convidado pelo diretor da instituição para participar de uma seleção que levaria quatro estudantes para passar um período letivo em Xangai. O menino, que já admirava a cultura oriental e, na escola americana, participava do chamado Clube do Chinês, onde iniciou os estudos da língua mandarim, aceitou o convite do gestor. Passou por vários testes, desde prova escrita a várias redações. Porém, a aprovação só veio quando Jonas já estava de volta ao Brasil.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seminário sobre sistema de incentivos fiscais na PGE-PE

    O Centro de Estudos Jurídicos (CEJ) da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) promove, nesta quinta-feira (10), o Seminário Sistema Pernambucano de Incentivos Fiscais. A palestra, dirigida a procuradores e a integrantes dos setores jurídicos dos órgãos estaduais, será proferida pelo secretário executivo de Coordenação Institucional da Secretaria Estadual da Fazenda, Roberto de Abreu e Lima Almeida.

    No seminário, será feita uma explanação sobre o conjunto de benefícios fiscais previstos na legislação pernambucana do ICMS – o imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação.

    O evento será 
    das 14h30 às 17h no auditório da PGE-PE, localizado no 7° andar. A Procuradoria fica na Rua do Sol, 143, bairro de Santo Antônio. Inscrições pelo cej@pge.pe.gov.br.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretaria da Fazenda notifica devedores de IPVA

    Concentrando esforços em mais uma ação que busca reforçar a arrecadação do Estado, a Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) realizou o levantamento dos débitos de IPVA vencidos até o exercício de 2014 e deu início à notificação dos veículos irregulares. Os interessados em regularizar as pendências devem procurar uma Agência da Receita Estadual (ARE) ou a unidade de IPVA localizada na sede do Detran-PE, no bairro da Iputinga, no Recife.

    O primeiro edital de intimação, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) da última quarta-feira (2/9), abrange o encaminhamento de 49 mil notificações, o correspondente a R$ 33,34 milhões de créditos tributários. Em outubro, um novo edital será publicado e mais 61.201 mil proprietários de veículos serão notificados, totalizando o valor de R$ 10,74 milhões.

    “Com essa ação, esperamos recuperar mais de R$ 44 milhões de créditos tributários. Nesse momento de crise, recolher esses valores é importante para o Estado. Também estamos parcelando em até dez vezes para facilitar a regularização dos contribuintes”, explica o gerente de IPVA da Sefaz-PE, Erasmo Peixoto.

    As pendências podem ser quitadas em cota única ou em dez vezes. Uma vez notificado, o débito é acrescido de multa de 100% sobre o valor do imposto original, atualização monetária pela Selic e juros. Se houver o parcelamento, além da multa, reajuste e juros citados acima, as parcelas posteriores à inicial sofrerão os acréscimos legais.

    Caso o proprietário não regularize a situação do seu veículo em até 30 dias, a contar da data de publicação do edital no DOE, o débito será inscrito na dívida ativa do Estado e seu nome negativado nos órgãos competentes.

    Mais informações através do Telesefaz (0800-285-1244). Para telefonia móvel, o contato é (81) 3183-6401, com o custo da ligação sendo de responsabilidade do usuário.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco inicia construção do Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar

    Pernambuco iniciou no mês de junho a construção do seu Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar (PEAAF/PE), de forma participativa e integrada com os municípios. A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) recepcionou, entre os dias 31/08 e 2/09, o consultor do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Marcelo Almeida, que realizou visita ao estado para apoiar gestores e técnicos na elaboração do documento. A programação envolveu uma reunião técnica com o grupo de trabalho criado para a construção do programa, além de oficinas, como estratégia para receber colaborações dos municípios.

    As oficinas participativas aconteceram nos municípios de Rio Formoso, Zona da Mata Sul, e São Vicente Férrer, no Agreste e representaram momentos únicos de integração e conhecimento da realidade vivenciada pelos produtores rurais.

    Na oficina de Rio Formoso, realizada na sede do sindicato dos trabalhadores rurais, no centro da cidade, houve a apresentação do Programa Nacional de Educação Ambiental e Agricultura Familiar pelo consultor Marcelo Almeida, seguida de exposição dos conceitos e práticas da educação ambiental, pela assessora de articulação e sustentabilidade da Semas, Genilse Gonçalves. As propostas frente aos desafios apontados pelos agricultores, a partir das discussões em grupos de trabalho, foram de capacitação em agroecologia e sistema orgânico de produção; formação em educação ambiental; assistência técnica voltada para a produção de orgânicos e o apoio dos governos federal e estadual para a aquisição e transporte dos alimentos produzidos com sustentabilidade econômica e ambiental.

    Experiências locais
    O depoimento dos agricultores Moisés Silva e Antônio Santos (foto abaixo), de um assentamento rural da região de Rio Formoso, serviu como estímulo a todos os participantes da oficina. Segundo eles, após cinco anos de investimentos, um grupo de quatro amigos está conseguindo produzir alimentos orgânicos durante todo o ano, garantindo o sustento de cada família. Cada agricultor é responsável por um cultivo diferente: coentro, inhame, macaxeira. Dessa forma, diversificando as culturas, eles agora podem se dedicar apenas à produção dos orgânicos. Antes, precisavam conciliar a produção de alimentos com o trabalho nas usinas da região, durante a safra da cana-de-açúcar, para complementar a renda.

    No município de São Vicente Férrer a oficina foi realizada no auditório do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e teve grande participação. Cerca de 30 pessoas, entre elas gestores das secretarias municipais de educação, juventude, obras e assistência social, além de representantes de cooperativas e associações de agricultores familiares destacaram como temas prioritários a educação ambiental e capacitação técnica a serem desenvolvidos pelo PEAAF/PE.  Para o presidente do Conselho de Desenvolvimento Sustentável do município, Senaqueribe Souza, “o conhecimento e a prática da educação ambiental na agricultura orgânica é fundamental para a atuação dos agricultores familiares da região”, destacou.

    Falando da sua expectativa sobre a construção do PEAAF em Pernambuco, o consultor do MMA destacou a importância da estratégia de se iniciar os trabalhos a partir da realidade dos territórios ou municípios-polo. Para ele, “fazer oficinas nas regiões, é uma oportunidade de identificar os desafios e potencialidades locais, para incorporá-los ao programa a ser desenvolvido para os agricultores familiares”, enfatizou Almeida.

    As ações registradas durante as oficinas de Rio Formoso e São Vicente Férrer serão sistematizadas pelo GT, que tem a coordenação da Semas. Para setembro e outubro já estão previstos novos encontros em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata e em Floresta, no Sertão do Pajeú, além de outro município-polo na região Metropolitana. “A ideia é validar as ações propostas em cada oficina e definir as estratégias de implantação do programa em um seminário estadual, que deve acontecer até o final deste ano”, revelou Clécio Silva, gerente geral de articulação da secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Alunos da Rede Estadual inovam em produtos na 15ª Feira de Miniempresas

    Filtro de ventilador, almofadas de corujas e bolsas feitas com caixas de leite são apenas alguns dos produtos criados por alunos da rede estadual e comercializados na 15ª Feira de Miniempresas, organizada pela ONG Junior Achievement, que ocorreu entre os dias 05 e 06 de setembro no Shopping Guararapes. Do total das 25 miniempresas, 19 são de Escolas de Referências e Escolas Técnicas do Estado.

    Este ano, o tema escolhido para representar a Feira foi: "Grandes ideias desconhecem crise". A gerente administrativa da ONG, Olga Lucena, explica que o programa oportuniza os jovens a lidar com o mercado empreendedor. "Eles levam para a prática o que é passado na teoria, desde a concepção do produto ao consumidor final, buscando inovar e trazer algo cada vez mais rentável. Cada vez mais o mercado tem se tornado competitivo. É necessário aproximar os jovens dessa realidade", ressalta a gerente.

    A estudante Ana Júlia, 15 anos, da Escola Técnica Lucilo Ávila, pensou em algo que pudesse ter baixo custo e que fosse sustentável. "Nós criamos a empresa ‘Bellas Bolsas’ com o intuito de reutilizar caixas de leite e fazer uma bolsa, proporcionando às pessoas um produto acessível para todas as classes". E complementa: "se toda empresa pensasse como a gente, em  reciclar o lixo, a poluição diminuiria muito".

    Já o presidente da ‘Flora Comfort’, empresa criada por alunos da Escola de Referência Augusto Gondim, localizada em Goiana, que vende almofadas em forma de coruja, explicou que para criarem o capital de giro e poderem começar a produzir as almofadas, eles venderam ações da empresa. "Cada ação foi vendida no valor de R$ 5,00, a partir daí, levantamos os custos e com o dinheiro arrecadado começamos a produção. Cada peça sai das nossas mãos a um valor de R$ 7,10 e é vendida por R$ 20,00 reais". Ele também diz que os retalhos que compõem as almofadas são doações de costureiras da região.

    A empresária Sandra Peixoto ressaltou a criatividade dos alunos e a noção que eles adquiriram sobre o empreendedorismo. "Eles conseguiram acompanhar o que aprenderam, além do que é importante eles obterem as práticas empreendedoras". Já o funcionário público, Marcelo Ianini, observa que é importante pensar no futuro. "Existem ideias extraordinárias aqui, e seria muito bom pensar em proteger a ideia desses meninos. Se o filtro de ventilador cumprir o que promete, com certeza eles podem conquistar algo muito maior". E complementa: "uma banca na Rua das Calçadas vendendo este produto seria sucesso".

    Além da EREM Augusto Gondim e da ETE Lucilo Ávila também participaram da Feira de Miniempresa as seguintes escolas estaduais: ETEPAM (com duas empresas), ETEMAC, ETE Miguel Batista, ETE Cícero Dias, EREM Santa Ana, EREM Nóbrega, EREM Nelson Barbalho, EREM João Bezerra (com duas empresas), EREM Ginásio Pernambucano Aurora (com duas empresas), EREM Ernesto Silva, EREM Belo Jardim, EREM Augusto Severo, EREM Arnaldo Assunção e EREM Amaury de Medeiros.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador defende fortalecimento das instituições no desfile do 7 de setembro



    O governador Paulo Câmara participou do desfile cívico-militar, que celebrou o 193º aniversário da Independência do Brasil, nesta segunda-feira (7), no Recife. Cerca de oito mil pessoas acompanharam o ato, na Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, no bairro da Imbiribeira.

    O desfile, que percorreu um trajeto de quatro quilômetros, entre o viaduto Tancredo Neves e as proximidades da ponte Motocomlobó, contou com a participação de 4,5 mil estudantes e entidades, de 40 escolas estaduais, 25 municipais e oito particulares; além de 3,5 mil militares.

    “O Brasil precisa fortalecer suas instituições com democracia, transparência e mais vontade de ajudar o próximo. Em momentos como o do 7 de setembro, é importante fazermos essa reflexão; de que precisamos superar muitos desafios. Com união e harmonia, as coisas ficam mais fáceis”, destacou Paulo Câmara.

    Antes do desfile, acompanhado do general Manoel Luiz Narvaz Pafiadache, comandante do Exército, o chefe do Executivo pernambucano seguiu de carro aberto, um Lincoln 1933, do Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães, o Geraldão, até o viaduto Tancredo Neves, para a Revista à Tropa.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Em anúncio de ampliação da fábrica da Ambev, governador destaca confiança que o Estado transmite aos investidores



    Pernambuco se consolida como polo de bebidas do Norte/Nordeste com o ampliação das operações da Ambev no Estado. O governador Paulo Câmara e o presidente da fabricante, Bernardo Pinto Paiva, anunciaram, nesta sexta-feira (4), o investimento de R$ 400 milhões na expansão da unidade de Itapissuma, atualmente, a maior fábrica do setor nas duas regiões. O aporte ampliará em três milhões de hectolitros por ano a capacidade instalada da unidade. Serão ainda produzidas as cervejas Budweiser e Stella Artois, além da Skol Beats Senses.

    “A política traçada por Pernambuco de atração de investimentos, de benefícios fiscais que fazem a diferença, e de qualificação profissional, está dando certo. Alcança êxitos e resultados. Pernambuco, hoje, tem um desenvolvimento sustentável que alcança o econômico; chega na sociedade e garante o meio ambiente protegido. Pernambuco tem, hoje, algo que o Brasil tanto precisa no momento de crise. Pernambuco transmite confiança aos investidores”, argumentou Paulo Câmara.

    Bernado Pinto Paiva reforçou a qualidade da gestão do Governo do Estado, classificada por ele como “excepcional e um exemplo” para o País. “Trabalhamos juntos, Ambev e Governo, para construirmos sonhos. O pernambucano é um povo que faz acontecer”, celebrou.

    O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões, destacou a excelência dos recursos hídricos da região, especialmente do Aquífero Beberibe, como um diferencial competitivo para a cadeia produtiva de bebidas que se estabeleceu em Pernambuco. “É uma indústria que depende fundamentalmente da água para produzir cerveja de qualidade e que encontra nessa região a melhor”, apontou.

    A fábrica da Ambev em Pernambuco já produz as cervejas Brahma, Antarctica e Skol, e os refrigerantes Pepsi e Guaraná Antarctica. Assim, a Ambev, que já possui quatro centros de distribuição (Olinda, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru e Salgueiro), poderá distribuir para toda a região Nordeste. Hoje, tem capacidade para fabricar 10 milhões de hectolitros anuais e passará, com a expansão, para 13 milhões de hectolitros por ano.

    Com um investimento inicial de R$ 260 milhões e geração de 200 empregos diretos, o projeto cresceu e se transformou na maior planta de bebidas do Norte Nordeste. Ao todo, foram investidos R$ 850 milhões com geração efetiva de mais de 800 empregos diretos na unidade.

    Foto: Roberto Pereira/SEI 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estado garante escritura definitiva para 160 famílias em Itapissuma

    As 160 escrituras de propriedade entregues pelo governador Paulo Câmara aos moradores da comunidade Engenho Botafogo, em Itapissuma, nesta sexta-feira (4), proporcionaram segurança às famílias beneficiadas, que agora não podem mais sofrer ações de despejo. A medida também assegura acesso a financiamentos, linhas de crédito e a permissão para reforma ou venda.

    O ato, realizado na Escola Municipal Sabino Gonçalves, marcou o início da última etapa do programa Meu Imóvel Legal, lançado pelo Governo do Estado em 2014, e que até o fim deste ano vai regularizar 10 mil imóveis.

    Para o governador, o programa é mais uma ferramenta do Estado que tem transformado vidas. Paulo disse ainda que vai manter e ampliar as conquistas obtidas nos últimos anos. "Quero ter um Governo que chegue nas pessoas, nos centros das cidades e também na zona rural. Um Governo que chegue em cada área de Pernambuco, onde o Estado tenha uma presença forte e as coisas funcionem", afirmou.

    "Tenho certeza que os desafios são grandes, mas também que estamos no caminho certo; no caminho de continuar o trabalho que Eduardo iniciou. Onde aqueles que nunca tiveram vez, tenham a oportunidade de conquistar. Vocês tenham certeza, o nosso Governo estará sempre perto, buscando resolver os problemas do povo de Pernambuco", ressaltou Câmara.

    DINÂMICA - O Meu Imóvel Legal tem o objetivo de transferir a propriedade de imóveis ou terrenos, utilizados apenas para fins de moradia e que estão em lotes destinados à políticas habitacionais do Governo de Pernambuco. Até que o proprietário do imóvel receba a escritura definitiva, é necessário passar por algumas etapas do projeto, que prevê a delimitação da área e a aprovação das prefeituras.

    O processo é comandado pela Pernambuco Participações e Investimentos S/A (Perpart), estatal sob governança da Secretaria de Administração (SAD), e tem por missão participar de reformas estruturadoras da administração pública.

    Morador mais antigo da localidade, Agripino André dos Passos, de 84 anos, foi o primeiro a receber a escritura das mãos do governador. "É um momento único. Estou me sentindo muito bem, foi a realização de um sonho", comemorou.

    Foto: Roberto Pereira/SEI 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Estado propõe lei para aumentar a geração de empregos no setor sucroalcooleiro



    Diante do cenário de instabilidade econômica vivenciado pela indústria sucroalcooleira em Pernambuco, o Governo do Estado encaminhou Projeto de Lei à Assembléia Legislativa de Pernambuco (Alepe) que assegura benefícios fiscais para o setor. A medida, que garante as condições para a reabertura de usinas, visa impulsionar a geração de emprego e renda em 20 municípios produtores das zonas da Mata Sul e Norte. Com a provação do PL, a expectativa é que 10 mil novos postos de trabalho diretos e 20 mil indiretos sejam criados. O documento foi assinado, nesta sexta-feira (4), pelo governador Paulo Câmara, em solenidade no Palácio do Campo das Princesas.

    Diante de representantes ligados ao setor, o chefe do Executivo pernambucano destacou a importância da iniciativa para geração de emprego e renda. “O Brasil, nos primeiros sete meses desse ano, perdeu 500 mil empregos formais. Desses 500 mil empregos, 200 mil são da região Nordeste, a mais pobre. E desses 200 mil da região Nordeste, 70 mil vêm de Pernambuco, porque tivemos e estamos tendo dificuldade com empreendimentos do Governo Federal; principalmente a Refinaria, que já era para estar pronta, parou no meio, demitiu gente demais, e, agora, em 2015, talvez retorne a funcionar", argumentou Câmara.

    Na prática, o PL assinado pelo governador propõe a redução em 50% na carga tributária das operações com Álcool Etílico Hidratado Combustível (AEHC) para as usinas que estejam em recuperação judicial, desativadas há mais de um ano, e arrendadas a cooperativas de produtores de cana-de-açúcar. Com a medida, pelo menos duas usinas serão imediatamente beneficiadas: a Pumaty, localizada no município de Joaquim Nabuco, e a Cruagi, situada em Timbaúba, que voltam “a moer” este mês. A usina Pedrosa, em Cortês, também está em negociação para voltar às atividades.

    Ao destacar o período de recessão vivenciado no País, Paulo afirmou que o cenário precisa ser enfrentado "com trabalho e capacidade de sentar à mesa para buscar soluções junto aos atores da cadeia produtiva do nosso Estado". "Soluções que possam apontar um futuro diferente, um planejamento de questões objetivas. Não apenas ficar na teoria de que as coisas podem dar certo e vão melhorar. Não vão melhorar se não sentarmos à mesa e ouvirmos", defendeu.

    Segundo maior produtor de cana-de-açúcar do Nordeste, com uma produção média estimada em 14 milhões de toneladas/ano, Pernambuco contabiliza, hoje, 15 usinas em operação, das 42 instaladas no Estado. A Pumaty, por exemplo, moeu na última safra (2014/2015) 513 mil toneladas e faturou R$ 50 milhões, por meio da Cooperativa do Agronegócio da Cana-de-Açúcar (AGROCAN), recompondo mais de quatro mil empregos no campo e na indústria, gerando para os cofres do Estado, aproximadamente, R$ 7 milhões em tributos, além do efeito multiplicador para a economia da microrregião como um todo. Já a Cruangi tem previsão de faturar R$ 50 milhões.

    Somando as receitas das duas usinas, que representa uma injeção de R$ 100 milhões na economia da região, gerando um aumento na arrecadação do ICMS direto e indireto, o Governo estima manter a arrecadação no mesmo patamar, em relação ao ano passado, mesmo com a concessão da redução tributária.

    Secretário de Agricultura, Nilton Mota salientou que Pernambuco “dá exemplo” ao dar condições para reabertura de unidades industriais. “Enquanto o Centro Sul registrou o fechamento de 80 usinas, o Governo dá condições aos pequenos fornecedores de manter o beneficiamento da produção em seu estado, evitando a diminuição da rentabilidade e a comercialização para vizinhos como Alagoas e Paraíba”, argumentou.

    Presidente do Sindicato dos Cultivadores de Cana-de-Açúcar de Pernambuco, Gerson Carneiro Leão, parabenizou a iniciativa. “Isso é um marco no seu governo. Enquanto outros estados fortes na indústria sucroalcooleira estão fechando, vossa excelência reabre 13 mil empregos na região Mata Sul e Norte. Acredito que esse é o sistema para Pernambuco. As usinas que forem fechando nós estamos aqui para abrir com seu apoio. Quero lhe agradecer. Essa ajuda é muito bem-vinda e vai ajudar os fornecedores”, disse.

    Foto: Wagner Ramos/SEI 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Condepe/Fidem abriu Seleção Simplificada com 24 vagas

    A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco - Condepe/Fidem abriu o processo de seleção simplificada para a contratação de 24 profissionais de nível superior e médio administrativo em diversas especialidades. O edital autorizando a contratação foi publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 02 de setembro. Do total de vagas, 3% está destinada às pessoas com deficiência. O resultado final será divulgado no dia 27 de outubro.

    As inscrições podem ser feitas no período de 09 a 24 deste mês, na sede da entidade, na rua das Ninfas, 65, na Boa Vista, no horário das 8h às 12h ou de 13h a 17h, ou através de sedex. A documentação encaminhada pelos Correios só será acatada se tiver sido postada até o último dia do prazo para a entrega.

    A seleção simplificada visa somente recompor o quantitativo de vagas anteriormente ocupadas por contratos temporários, cujas contratações foram encerradas no mês de junho deste ano, e a remuneração será a mesma percebida pelos antigos contratados.

    Os cargos oferecidos são para as seguintes áreas: economista (01), arquitetos urbanistas (03), geógrafos (04), assistente social (01), contador (01), advogado (01), sociólogos (02), Administradores de Empresas (02), Analista de Operações (01), Estatísticos (02), Pedagogo (01), nível médio administrativo (04) e nível médio administrativo suporte de informática (01). A carga horária é de 40 horas semanais e a remuneração é de R$ 2.457,40 para os cargos de nível superior e R$ 1.228,70 para o nível médio administrativo.

    O processo seletivo será realizado em etapa única, constando de avaliação curricular, de caráter classificatório e eliminatório. O concurso tem validade de dois anos, renováveis por igual período, e com prazo máximo de seis anos.

    A Agência Condepe/Fidem desenvolve atividades de apoio aos municípios para a gestão de controle do uso e de ocupação do solo urbano; Captação de informações, já que a entidade é o órgão de Estatística do Estado de Pernambuco; estudos e pesquisas para acompanhamento, controle e avaliação das ações prioritárias de governo, entre outras.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: