meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Projeto Domingo no Museu tem programação especial para o Dia das Crianças



    O Projeto Domingo no Museu, realizado em parceria pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e o Museu do Estado, tem programação especial e totalmente gratuita para a garotada neste domingo (11). Em comemoração ao Dia das Crianças, nos jardins do Museu, o domingo promete muita animação e cultura com show do mágico Rodrigo Lima, contação de histórias, tarde de autógrafos e comidinhas garantidas por food trucks e bikes.

    Os escritores Homero Fonseca (autor do livro “O Computador que Queria ser Gente”), Itamar Morgado (“Bia Baobá”) e Lucas Mariz (“O conto do Garoto que não é Especial”) apresentarão suas obras, batendo um papo com a criançada em tarde de autógrafos.

    O Domingo do Museu começa a partir das 14h. O Museu do Estado de Pernambuco está localizado na Avenida Rui Barbosa, 960, bairro das Graças.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Plano de ataque emergencial na BR-101 começa a mostrar resultados

    O plano de ataque emergencial que a Secretaria das Cidades (Secid) montou para a BR-101, começou a ser posto em prática. As equipes começaram os trabalhos com a fresagem (remoção do asfalto), recapeamento asfáltico, limpeza no canteiro central e com o início da drenagem no trecho compreendido entre o KM 71,1 ao KM 71,2 (Viaduto Jardim São Paulo). “Começamos a fazer a drenagem da água pluvial com a abertura de uma caixa que vai da calçada para o canal. Quando chove, a água empoça na pista e danifica o pavimento”, explicou o Secretário Executivo de Mobilidade da Secid, Leonardo Cabral e a sua equipe de fiscalização.

    O plano prevê que no prazo de três meses sejam realizados serviços em sete trechos da rodovia que estão em estado crítico, buscando melhorar as condições de tráfego com mais fluidez e mais segurança para os veículos. Com investimento de R$ 2,3 milhões, estão sendo executados os seguintes serviços: fresagem, drenagem, remoção de placa de concreto e asfalto.

    A Secid está responsável pelas melhorias na BR-101 de acordo com o Termo de Compromisso firmado com o DNIT –trecho de 30,7 Km da BR-101 – compreendido entre o Km 51,6 (Abreu e Lima) e Km 82,4 (Jaboatão dos Guararapes), conhecido como "Contorno do Recife".

    Após cessarem as chuvas do período de inverno deste ano (maio a agosto/2015), a Secid explica que está sendo possível cumprir o cronograma elaborado. Assim, o próximo ponto a ser atacado é o KM 78 (Água Mineral Vidda), onde será realizada fresagem e recapeamento asfáltico. Na sequência, as equipes vão trabalhar entre o KM 73,3 e 73,7 (Empresa Karne e Keijo) e no KM 80,5 (Restaurante Moenda). Depois, seguem para os outros três pontos: KM 77 ao KM 79,5 (Cemitério Memorial Guararapes); KM 68,5 ao KM 71 (Via lateral UFPE); KM 62,5 a KM 62,8 (Guabiraba). Somando os locais de atuação, é possível calcular que as ações serão realizadas em pouco mais de um quilômetro da BR-101.

    O secretário-executivo da Secid, Leonardo Cabral, informa que a ação também será realizada nos finais de semana para não atrapalhar muito o tráfego, inclusive as equipes já estão programadas para trabalhar no final de semana do feriado de 12 de outubro. “As pessoas viajam antes e com isso o fluxo de veículos diminui, facilitando a realização dos serviços emergenciais”, comentou.

    Morador de Jardim São Paulo é proprietário de um pequeno comércio, Irinaldo João da Silva, comentou que a BR-101 estava bastante estragada. “Era muito buraco aqui na frente. Foi rápido o conserto e fez uma diferença muito grande, inclusive na questão da segurança”, disse.

    A rapidez também foi elogiada pelo gerente comercial, Gleidson José, que trabalha em uma loja na perto do Viaduto de Jardim São Paulo. “Resolveram o grosso do problema em um dia só. Já melhorou muito os transtornos que atrapalhavam até a nossa parte comercial”, afirmou.

    Manutenção - Os serviços emergenciais serão realizados nos trechos citados, mas é importante ressaltar que o trabalho de manutenção iniciado pela Secid em junho deste ano continua a ser executado em outros pontos da BR-101. Ou seja, prosseguem as ações contratadas por dois anos e com investimento aproximado de R$ 8 milhões.

    “A Secid já realizou a manutenção do Viaduto de Dois Irmãos até o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nos dois sentidos e nós agora estamos trabalhando entre o Viaduto de Jardim São Paulo até o posto da Polícia Rodoviária também nos dois sentidos. Realizamos muito remendos profundos que é quando o problema atinge a base e é necessário recompô-la”, diz o fiscal da obra pela Secid, Rômulo Braz.

    Proprietário de uma empresa de recuperação de peças automotivas, localizada no Ibura às margens da BR-101, Jomar Muniz de Andrade, diz que os buracos na rodovia que foram tapados atrapalhavam muito o trânsito. “Causava congestionamento o tempo todo e insegurança para quem transitava”, falou.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Prodetur lança material sobre estudos estratégicos dos polos turísticos pernambucanos

    A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), lançou o Estudo Estratégico dos Polos de Turismo do Estado. Com este material, o turismo de Pernambuco passa a ter uma fonte inédita de consulta para apoiar, com informações mais aprofundadas e embasadas, futuras ações que tenham como objetivo o desenvolvimento do setor, considerando a interiorização, integração e diversificação de cada local.

    A iniciativa de produzir o Estudo Estratégico surgiu durante o processo de realização do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS) e da Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) dos polos turísticos de Pernambuco. O grupo de trabalho identificou a necessidade da realização de estudos complementares para fornecer mais subsídio ao processo de resolução estratégica.

    Durante a pesquisa, as áreas turísticas do Estado foram dividas em três grandes polos: Polo do Vale do São Francisco, Polo Agreste e Polo Costa dos Arrecifes. A intenção foi promover uma melhor visão de cada um, bem como seus principais destinos naturais e culturais.

    “Pensar no turismo de forma mais embasada é de suma importância para avaliarmos nossas ações e construirmos um caminho certo. Esse trabalho produzido pelo Prodetur será uma ótima ferramenta de consulta para todos. Investir no turismo é sempre uma ótima alternativa para desenvolver a economia de uma cidade”, comenta o secretário, Felipe Carreras.

    O público-alvo do projeto são todos os interessados no setor, profissionais do turismo, empresários, além dos governos, entidades e instituições. Estes parceiros, por sua vez, poderão compreender melhor as características econômicas, socioculturais e de estrutura, facilitando assim a viabilização de planos estruturantes para a economia de Pernambuco.

    Para a secretária executiva do Prodetur, Izabel Urquiza, a disponibilização dos estudos contribuirá com o crescimento do turismo em Pernambuco. “As informações presentes no material ampliarão o conhecimento de todos que fazem parte da cadeia do turismo, e servirão de alicerce para projetos com foco no incremento do turismo no Estado”.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Série incentivada pelo Funcultura estreia na TV Brasil

    Neste sábado (10/10), à meia-noite, estreia na TV Brasil a série de documentários Brasil Visual. São oito episódios inéditos sobre artes visuais, idealizados e dirigidos pela pernambucana Rosa Melo, com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco através do Funcultura Audiovisual.

    Os oito episódios, de 26 minutos cada, exploram o universo da arte contemporânea no país. A série apresenta, em linguagem acessível e dinâmica, o universo das artes visuais no Brasil e seus expoentes de diversas gerações, abrangendo suas mais variadas expressões artísticas. Os programas são descontraídos e divididos entre conversas e visitas a ateliês, entre outros ambientes onde a arte é produzida. Toda semana, um episódio inédito propõe uma nova abordagem ligada ao tema. Explorando a produção de diversas gerações e desvendando como essas gerações se comunicam, os documentários revelam diferentes formas de expressão e múltiplos modos de falar do Brasil, do mundo e do homem através da arte.

    O artista performático e multimídia Rodrigo Saad, o Cabelo, é o apresentador/narrador que dá unidade à série, interagindo com os entrevistados. Além de artista visual, Cabelo é músico e DJ, lidera a nora assinada por Chelpa Ferro e vinhetas criadas pela artista Lia Letícia com colaboração de Fernando Peres.

    “Uma das preocupações do Brasil Visual é quebrar o distanciamento entre o universo das artes visuais e o público em geral: entre o público e os artistas, entre o público e as obras, entre o público e os espaços expositivos”, explica a diretora e idealizadora Rosa Melo.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • SEMAS realiza encontros com municípios para coletar informações sobre desertificação

    Levantar informações com representantes da sociedade civil, como sindicatos de trabalhadores rurais, de organizações não governamentais, governos municipais e especialistas das universidades sobre a realidade de quem vive nos municípios do semiárido do Estado para criar um banco de dados e facilitar a criação de políticas públicas para a região. Esse é um dos objetivos dos “Diálogos Municipais”, que faz parte do projeto “Zoneamento das Áreas Vulneráveis à Desertificação no Estado de Pernambuco”, que é coordenado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) - Semiárido, Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e Universidade do Vale do São Francisco (Univasf). Os encontros foram retomados em setembro e seguem até o início de dezembro, num total de 39 encontros, sendo um município sede e outro como convidado, no final os representantes de 78 cidades pernambucanas serão ouvidos e poderão relatar os problemas relacionados a desertificação de cada cidade. Desde o início do ano já foram realizados 22 encontros, totalizando 44 municípios do Agreste.

    Em 2014 o projeto ganhou o Prêmio Dryland Champions, concedido pela United Nations Convention to Combat desertification UNCDD/ONU, por meio do Ministério do Meio Ambiente, por constituir parte essencial do combate à degradação do solo e à desertificação para a convivência com o semiárido. Nos encontros são levantadas informações que servirão de banco de dados para elaboração do documento de zoneamento das áreas vulneráveis à desertificação, e assim ajudar na elaboração de políticas públicas para a região.

    Pernambuco possui cerca de 80% do seu território no clima semiárido, dos 185 municípios, 122 estão em áreas que vem sofrendo degradação ambiental progressivamente produzindo, não só a perda dos recursos, com a transformação e supressão dos ecossistemas naturais, mas, também desestruturando bases produtivas locais e regionais, ocasionando reflexos sociais negativos. Para o Gerente de Programa do Semiárido, Caatinga e Combate à Desertificação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Sérgio Mendonça (de camisa azul, do lado direito das fotos), as informações serão uma referência para um documento final que servirá para orientar ações reparadoras, através da identificação dos principais agentes causadores da desertificação, classificando-os em função do grau de degradação socioambiental. “É um momento muito rico, onde se discute meio ambiente de uma maneira maior, se fala de tudo que está atuando naquela cidade, e cada uma tem uma realidade diferente da outra, os agentes causadores podem ser diferentes de uma cidade para outra”, afirma Sérgio.

    Ao final dos encontros, serão realizados 14 workshops por regiões de desenvolvimento do estado e um grande seminário para a apresentação do documento final. “A gente quer ouvir a sabedoria popular, de como os moradores convivem com as dificuldades do clima da região do semiárido, e depois somar com os estudos dos pesquisadores, numa relação direta. Tudo é feito de maneira participativa e com muito diálogo, com a ajuda da população”, revela Sérgio Mendonça.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador recebe embaixador da Bélgica



    O governador Paulo Câmara recebeu, nesta quinta-feira (8), mais uma representação estrangeira interessada em conhecer as potencialidades do Estado e estreitar relações. Estiveram no Palácio do Campo das Princesas o embaixador da Bélgica no Brasil, Jozef Smets, e o cônsul honorário do País no Recife, Jozef Bamps. Durante a conversa, foram debatidos temas como educação, indústria e energia alternativa. Nesta sexta-feira, o diplomata terá uma reunião, às 9h30, com o Presidente da AD-Diper, Jenner Guimarães.

    Foto: Wagner Ramos/SEI 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador autoriza reconstrução da Escola Central de Barreiros

    "Esperança de dias melhores". Esse foi o sentimento da estudante do 6º ano, Maciane Mária da Silva, na cerimônia que marcou o início da reconstrução da Escola Estadual Central de Barreiros, localizada na Mata Sul do Estado. O governador Paulo Câmara foi ao município, nesta quarta-feira (7), autorizar a obra.

    Para a construção da unidade de ensino, que será a maior do município, o Governo está investindo R$ 4,3 milhões, dentro da Operação Mata Sul. "Hoje fizemos questão de vir aqui, assinar a ordem de serviço dessa escola, que será inaugurada daqui a um ano, justamente para que a educação de nosso Estado continue no caminho certo; com escolas em tempo integral sendo realidade nos municípios, para que Pernambuco continue sendo referência em todo Brasil", destacou Paulo Câmara.

    A nova escola será composta por quatro blocos equipados com 12 salas de aula, laboratórios de informática e ciências; biblioteca, auditório, refeitório, banheiros com vestiários e quadra coberta. "É uma satisfação estar aqui em um momento tão esperado pela população. Graças ao esforço e empenho do governador Paulo Câmara, já estamos com 15 escolas em construção na Mata Sul; três só em Barreiros. Na próxima semana, estaremos assinando mais duas OSs", pontuou o secretário de Educação, Fred Amancio.

    Visivelmente emocionada, a estudante Joana Silva não segurou a ansiedade. "Saber que vamos receber uma nova escola, que vamos poder usar os laboratórios e a biblioteca é uma alegria muito grande. Não vejo a hora de ver nossa escola pronta, novinha em folha", declarou. Para a gestora da Gerência Regional de Educação Mata Sul, trata-se da construção de um sonho. “É o verdadeiro resgate de cidadania", disse Sandra Cavalcante.

    FEM - Além da autorização para reconstrução da escola, o governador entregou 40 ruas pavimentadas em diversos bairros, em um investimento de R$ 2,6 milhões, das edições de 2013 e 2014 do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM).

    Das 40 ruas entregues, 29 foram asfaltadas e 11 foram pavimentadas em paralelepípedos. Na primeira edição do FEM, a prefeitura recebeu R$ 1,2 milhão; na segunda, ainda em andamento, vai receber o total de R$ 1,3 milhão. Dos três planos de trabalho apresentados, ainda faltam ser executadas as obras de pavimentação em sete ruas relativas ao FEM 2014.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Na Mata Sul, governador acompanha reabertura da Usina Pedroza

    Em menos de um mês, Pernambuco contabiliza a retomada das atividades da terceira usina. Depois de acompanhar a reabertura das usinas Cruangi e Pumaty, o governador Paulo Câmara esteve na Usina Pedroza, em Cortês, na Mata Sul, para acompanhar o início da moagem da safra 2015/2016. Agora, já são 18 unidades em operação no Estado.

    Diante de funcionários da usina e comerciantes da região, o chefe do Executivo estadual destacou a importância do diálogo para retomada do setor sucroalcooleiro. “O caminho para superar os desafios é esse: sentando à mesa e conversando com as pessoas que conhecem o setor, a região e o trabalho dos que nela habitam; para que possamos fazer as soluções que têm permitido Pernambuco inovar mais uma vez. Em um setor que vem fechando tantas usinas no País, Pernambuco tem a satisfação de reabrir duas com a ajuda direta e participativa do Governo do Estado. E, a partir disso, também reabrir a Usina Pedroza no dia hoje”, celebrou Paulo.

    O governador ressaltou os incentivos dado pelo Estado ao segmento. “Este ano tivemos a oportunidade de avançar mais nas discussões, de acharmos uma forma, a partir do ICMS, que possibilitasse a reabertura da Pumaty juntamente com Cruangi. Tive também a contribuição de todo o setor do açúcar e do álcool, para que pudéssemos ver uma forma de superar a crise do setor fazendo um projeto de lei que foi aprovado pela Assembleia Legislativa, onde conseguimos baixar a alíquota do álcool para incentivar o seu consumo. E, com isso, incentivar a produção, fazendo uma equação com a gasolina, tornando o álcool mais atrativo”, explicou Câmara.

    O chefe do Executivo se referiu a uma série de medidas adotadas pelo Governo para enfrentar o cenário adverso vivenciado pelo setor. Além da redução em 50% na carga tributária das operações com Álcool Etílico Hidratado Combustível (AEHC), o Governo enviou à Alepe um pacote anticrise, que, entre outras medidas, alterou as alíquotas do ICMS incidentes sobre a gasolina e o álcool para incentivar a substituição do combustível fóssil pelo renovável. Com a medida, a alíquota álcool caiu de 25% para 23%.

    Paulo também salientou que a reativação das usinas representa uma nova injeção de recursos e geração de emprego e renda na economia da região. “Estou muito feliz em estar aqui comemorando a oportunidade de gerar emprego e renda para essa região, que precisa de uma atenção cada vez maior do Estado de Pernambuco para atrairmos mais indústrias e empreendimentos. Ao mesmo tempo, ajuda na vocação dessa terra, onde a indústria do álcool e do açúcar ainda é predominante; gera muito emprego e faz com que a qualidade da vida das pessoas continue existindo em todo o Estado”, encerrou Paulo Câmara.

    Fundada em 1891, a Usina Pedroza, em toda a sua história, só deixou de moer na safra passada (2014/2015). Ela retoma as atividades após arrendamento, pelo Grupo Farias, à Copersul. A expectativa é de que a usina moa nesta safra 400 mil toneladas de cana, gerando 30 mil toneladas de açúcar (600 mil sacos), que produzirão sete milhões de litros de álcool.

    O faturamento global estimado para safra é de R$ 60 milhões, movimentando cerca de R$ 45 milhões na economia local. Quatro mil postos de trabalhos foram gerados, entre diretos e indiretos. A unidade vai beneficiar a produção de 1,2 mil fornecedores, pequenos e médios, de nove municípios. Além de Cortês, serão beneficiados Ribeirão, Barra de Guabiraba, Joaquim Nabuco, Escada, Amaraji, Palmares, Primavera e Gameleira.

    Secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota afirmou que o modelo adotado em Pernambuco para incentivar o setor tem servido de exemplo ao Brasil. “Tivemos esse modelo que foi iniciado este ano gerando curiosidade em outros estados. Tivemos, nessa segunda-feira, a visita do secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, o Estado mais rico da federação. O Estado que mais produz álcool e açúcar no Brasil veio aqui saber o que Pernambuco estava fazendo, sob a liderança do governador Paulo Câmara”, pontuou Nilton Mota, ao enaltecer a parceria firmada com o governo paulista.

    "Vamos levar nossa experiência para lá e trazer também. Vamos construir um convênio para que a gente possa, em um novo momento do setor sucroalcooleiro, melhorar a nossa produtividade. Hoje, ela é algo em torno de 55 tonelada de cana por hectare. Vamos chegar em 100 toneladas por hectare com essas experiências com tecnologia, assistência técnica e com pesquisa, principalmente com os pequenos fornecedores", garantiu Nilton.

    Morador do município vizinho, Ribeirão, o soldador Marclebio Jamerson, 35 anos, volta a trabalhar depois de quatro meses de desemprego. "Eu estava só fazendo bico; uma coisa aqui, outra ali. Para mim, é mesmo que ter tirado na Mega-Sena. Agora, com meu emprego certo, eu estou garantido; não vai faltar mais nada", comemorou o trabalhador.

    TRAPICHE - Da Pedroza, governador e comitiva seguiram para Usina Trapiche, em Sirinhaém, também Mata Sul. Além de conhecer as instalações da unidade, Paulo Câmara participou de reunião com o diretor da usina, Luiz Antônio de Andrade Bezerra, e funcionários, além de diretores de outras usinas da região. Na pauta, sugestões para o setor sucroalcooleiro.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seplag inicia planejamento estratégico nesta sexta-feira

    A Secretaria de Planejamento e Gestão, na próxima sexta-feira (9), dará início ao planejamento estratégico organizacional e gestão por resultados para os próximos quatro anos. Com a participação de todos os funcionários da Seplag, o evento ocorrerá no auditório do Banco Central, às 10h30. O objetivo é que a Seplag, a partir dos processos de planejamento estratégico e gestão por resultados, trace sua estratégia, o que resultará em um conjunto de iniciativas estratégicas e indicadores.

    Segundo o secretário executivo de Desenvolvimento do Modelo de Gestão da Seplag, Maurício Cruz, o planejamento estratégico é uma oportunidade para se repensar e melhorar os processos internos. “Paradoxalmente, não havíamos desenvolvido o nosso próprio planejamento estratégico. Estávamos muito ocupados com a elaboração dos processos de outros órgãos e do próprio Governo. Com a chegada dos novos gestores governamentais, agora, temos condições de estruturar a nossa casa”, afirma.

    Maurício Cruz destaca que todos os funcionários da Seplag darão contribuições. “É um processo altamente motivacional, com uma metodologia participativa em que todos poderão opinar e construir nosso planejamento”, diz.

    A gerente de Desenvolvimento do Modelo de Gestão, Maíra Fischer, informa que até dezembro o planejamento estratégico estará concluído. “Ao final do processo, a Seplag terá seu próprio mapa estratégico organizacional alinhado ao Mapa da Estratégia do Governo”, ressalta.

    A elaboração do planejamento estratégico terá duração de 13 semanas, com a realização de oficinas, reuniões e entrevistas, com a contribuição de todos os funcionários da Seplag. Segundo o gerente de Gestão por Resultados, Ivo Carille, estão previstas algumas etapas ao longo desse período, como a identificação dos principais processos estratégicos da Seplag, a construção de indicadores que permitam fazer o acompanhamento dos resultados da pasta. Cada equipe indicará representantes para participar mais efetivamente do processo.  “A chave do sucesso será a participação de todos os funcionários”, destaca Ivo.

    O planejamento estratégico que terá início na Seplag, a partir da próxima sexta-feira, já começou a ser realizado em algumas Secretarias estaduais. Está em andamento, por exemplo, nas pastas de Agricultura e Reforma Agrária e nas empresas vinculadas ela, como IPA e Iterpe, de Administração, de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, da Perpart (Pernambuco Participações e Investimentos) e o Instituto de Recursos Humanos (IHR). Ainda neste ano, a Funape (Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco) deve iniciar seu processo. 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Parcelamento de débitos notificados do IPVA agora também na internet

    Os cidadãos interessados em quitar seus débitos notificados do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) já podem parcelar suas dívidas pela internet. O serviço está disponível através do Portal de Relacionamento da Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE), no banner intitulado ARE Virtual. Assim como nas agências físicas, o parcelamento via Web também pode ser feito em até 10 vezes, incidindo juros de 1% ao mês e correção pela taxa Selic até a data do pagamento nas parcelas posteriores à primeira.

    "Essa medida visa a beneficiar o contribuinte e a agilizar o processo de negociação e parcelamento dos débitos notificados, já que o cidadão não precisa mais se deslocar a um posto de atendimento físico. O pagamento dessas dívidas garante ao contribuinte que seu nome seja retirado da dívida ativa do Estado, bem como das listas dos órgãos de proteção ao crédito", explica o gerente de IPVA da Sefaz-PE, Erasmo Peixoto.

    É importante destacar que o parcelamento somente será efetivado após o pagamento da primeira parcela. Sendo efetuado, a Sefaz-PE informará ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) em um prazo máximo de 72 horas. As outras taxas que integram o licenciamento anual de veículos devem ser quitadas junto ao Detran-PE. ​

    Para parcelar débitos notificados de IPVA, acesse:

    www.sefaz.pe.gov.br > ARE Virtual > Menu >  Serviços mais utilizados > Parcelamento de débitos de IPVA constituídos. 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: