meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • FestCine inscreve para oficinas sobre videoarte e representação da mulher no cinema

    | Cultura

    festcine

    18º Festival de Curtas de Pernambuco - FestCine, promovido pelo Sistema Secult-PE/Fundarpe em parceria com a Prefeitura do Recife, está com inscrições abertas para duas oficinas gratuitas. Inscrições podem ser realizadas até 10 de novembro, exclusivamente por e-mail. 

     

    Com a proposta de gerar reflexões sobre a cinematografia de diretoras e questionar padrões como o da mulher-musa e da mulher-coadjuvante no audiovisual, a jornalista e pesquisadora Carol Almeida vai facilitar a oficina “Para além do teste Bechdel: representação da mulher no cinema”. Já a cineasta e educadora Lia Letícia vai orientar o minicurso "Videoarte em ação", exibindo e discutindo obras de diversos artistas do gênero, contemplando vertentes como performance, intervenção urbana, videopoesia e videoinstalação.

    De acordo com Milena Evangelista, coordenadora do festival, "as duas atividades formativas desta edição dialogam com questões que - inclusive para a política pública do audiovisual - são urgentes, como a promoção da visibilidade e o incentivo ao protagonismo das mulheres no fazer cinematográfico". Além disso, "a ideia é estimular ainda a diversidade de narrativas, estéticas e a experimentação no audiovisual, até porque o FestCine é o único em Pernambuco com uma categoria específica voltada para obras de Videoarte/Experimental em mostra competitiva", complementa. 

    As inscrições devem ser feitas exclusivamente meio eletrônico, até o dia 10 de novembro, através do e-mail:festcinepe@gmail.com. No título das mensagens, os interessados devem colocar “inscrição + nome da oficina”. No corpo do e-mail, precisam constar nome completo, idade, contatos (telefone e e-mail) e uma carta de intenção com até 10 linhas sobre a participação nas oficinas. 

    Sobre o festival

    Marca da atual política para o fomento e difusão do nosso cinema, o FestCine 2016 vai acontecer entre os dias 28 de novembro e 3 de dezembro.  "Em mais esta edição, estamos reforçando o caráter de formação que o festival já vem exercendo ao longo de sua trajetória, além de garantir a exibição de obras realizadas por estudantes de faculdades e cursos técnicos na área", comemora o Secretário Estadual de Cultura Marcelino Granja. 

    Realizado pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secult-PE e da Fundarpe, em parceria com a Secretaria de Cultura e a Fundação de Cultura da Cidade do Recife, o festival vai ganhar novamente a tela do templo do audiovisual pernambucano, o Cinema São Luiz. Já as oficinas acontecerão no Espaço Pasárgada, também no bairro da Boa Vista.  "É uma alegria podermos contar com equipamentos públicos estaduais a serviço da difusão do nosso cinema e de reflexões sobre toda a cadeia produtiva do audiovisual”, comenta Márcia Souto, Presidente da Fundarpe. 

    Sobre as oficinas do 18º FestCine:

    - Para além do teste Bechdel: representação da mulher no cinema

    A partir de conceitos-chave da teoria fílmica feminista, que atravessa pensadoras desde Laura Mulvey, Teresa de Lauretis e Bell Hooks, até teorias mais recentes sobre cinema queer, a oficina pretende dar um panorama de como a presença da mulher no cinema tem sido lida não apenas por uma cinefilia historicamente machista, mas pelo próprio pensamento feminista. Além do conteúdo teórico, a oficina pretende apontar para uma cinematografia de diretoras mulheres que potencializam esse debate. Trata-se mais de indicar por que devemos olhar melhor para essa outra cinematografia, que quebra com o padrão da mulher-musa, a mulher-passiva, a mulher-coadjuvante, com exibição de trechos de filmes que tensionem e problematizem a ideia de feminismo no audiovisual. Entre as diretoras debatidas, estarão Chantal Akerman, Agnès Varda, Margarethe Von Trotta, Dee Rees, Anna Muylaert e Naomi Kawase. Haverá, portanto, uma introdução ao cenário atual, no Brasil e no mundo, sobre como as mulheres são representadas no cinema, demonstrações de como as diretoras em questão tentam subverter esse olhar.

    Ministrante: Carol Almeida - Jornalista cultural, crítica de cinema e atualmente aluna doutoranda do programa de pós-graduação em Comunicação na Universidade Federal de Pernambuco com foco na relação Cinema  e Cidades. Publica no site www.foradequadro.com, escreve esporadicamente sobre cinema para diversos meios de comunicação do Brasil e faz parte do coletivo Quebrando Vidraças - Desconstruindo o Machismo no Audiovisual Pernambucano.

    Público-alvo: Pessoas interessadas na linguagem cinematográfica e em questões feministas.
    Faixa etária: A partir de 18 anos.
    Carga Horária: 12 horas/aula
    Local: Espaço Pasárgada (Rua da União, 236)
    Quantidade: 25 


    - Videoarte em ação

    Através da exibição e discussão de obras de diversos artistas a oficina investiga aspectos da videoarte, em suas diversas vertentes como performance, intervenção urbana, videopoesia, videoinstalação, bem como busca diálogo com os jovens através de suas experiências com novas tecnologias. A oficina aborda as discussões acerca da inserção do audiovisual na arte desde as experimentações técnicas do início do século XX, passando pelas intervenções da contracultura e do cinema experimental até a atual sociedade digitalizada. O cinema, arte surgida há pouco mais de um século, estabeleceu-se primordial e dominantemente como uma arte de contar histórias. No entanto, ao longo do seu desenvolvimento o cinema seguiu em várias outras direções, bem distantes das narrativas, estreitando laços, por exemplo, com a linguagem plástica e sonora. Já vislumbradas pelas vanguardas artísticas históricas como o Futurismo, o Dadaísmo e mesmo o cineasta Melliés, estas investigações resultaram no cinema experimental de pioneiros como Maya Deren e Stan Brakhage, que testaram os limites do audiovisual introduzindo elementos advindos de outras linguagens artísticas. Experiências limítrofes entre artes visuais e cinema foram o estopim do que chama-se videoarte, linguagem desenvolvida por artistas desde os anos 60. A potência do vídeo trouxe novas técnicas e procedimentos, inspirando o cinema contemporâneo e sendo incorporado por ele.

    Ministrante: Lia Letícia - Em Porto Alegre trabalhou com cenografia para teatro e escola de samba. Muda-se para Olinda e explora a pintura em diversos suportes, como murais e tecido. Vai morar na casa Molusco Lama, onde participa de exposições coletivas e suas primeiras individuais. Atua em performance e inicia criação em vídeos e filmes. Além de escrever e dirigir seus próprios filmes, trabalha como diretora de arte. É educadora no projeto de experimentação audiovisual Escola Engenho e no Tardes de Quintal. Também coordena o Cinecão, além de projetos independentes de arte na Maumau|Recife.

    Público-alvo: Estudantes de artes visuais, cinema, dança, músicos e artistas em geral interessados em linguagens híbridas.
    Faixa etária: A partir de 18 anos.
    Carga Horária: 15 horas/aula
    Local: Espaço Pasárgada (Rua da União, 236)
    Quantidade: 15

     

    Cidades: Recife
    Assuntos: FestCine, cultura, marcelino granja, governo de pernambuco, secult-pe, fundarpe,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sonegador pernambucano foragido é preso na Bahia

    | Economia, Administração, Fisco


    Marcos Augusto Silva Rocha

    Dono de uma distribuidora de combustíveis fraudou a Fazenda Estadual vendendo álcool sem repassar o valor do ICMS. O prejuízo causado aos cofres públicos de três estados soma cerca de R$ 500 milhões 

    A Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE), o Ministério Público e a Secretaria da Defesa Social divulgaram, em uma coletiva de imprensa, os detalhes da prisão de Marcos Augusto Silva Rocha, 50 anos, considerado um dos maiores sonegadores de impostos de Pernambuco. Ele foi preso, na última sexta-feira (21/10), pela prática dos crimes de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro, entre outros. O mandado de prisão havia sido expedido em 3 de junho deste ano pela comarca de Ipojuca (Região Metropolitana do Recife). Marcos estava foragido e foi capturado pela Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap/Draco) de Salvador (BA). Na tarde de ontem (quinta-feira), ele foi trazido a Pernambuco pelo Delegado José Silvestre, Titular da Delegacia de Capturas. No momento da prisão, ele desembarcava de um jatinho particular na capital baiana. O acusado já foi encaminhado para o Cotel. 

    A ação teve início quando Sefaz-PE recebeu denúncias (via ouvidoria fazendária) sobre as fraudes cometidas pelo sonegador. As ações presenciais foram executadas por auditores tributários vinculados às equipes de fiscalização de estabelecimentos da I Região Fiscal. O diretor Geral da Receita (IRF), Flávio Mota, informa quais foram os fatores determinantes nessa primeira fase do processo.

    “Havia as lacunas observadas pela Diretoria Geral de Planejamento da Ação Fiscal (DPC) para a aprovação de execução de ações fiscais próprias (fiscalizações, diligências) - que redundaram na constituição de crédito tributário de expressivo valor, em quinze processos fiscais lavrados, dos quais cerca de 70% do montante dizem respeito à apropriação indébita”, explica o diretor da Sefaz-PE.

    Nesse contexto, de acordo com Mota, foram geradas sete comunicações ao Ministério Público de Pernambuco (MP-PE) e, dada a gravidade das infrações cometidas, todas foram acatadas e transformadas em denúncias criminais (a última datada de maio deste ano).

    “Além dos autos lavrados, a Sefaz-PE, de forma remota e baseando-se em informações prestadas pela própria empresa, lançou valores significativos, mediante notificação automática de débitos, em ICMS declarado e não recolhido pelo contribuinte. Boa parte dos valores era oriundo de impostos retidos de terceiros e não repassados ao Estado. A Sefaz-PE detectou e lançou os tributos que haviam sido negados a Pernambuco durante 64 meses (de setembro de 2008 a março de 2014), seja por inadimplência ou por sonegação da empresa em questão”, diz Flávio. Ainda segundo o diretor, Marco Rocha vem perdendo em todos os procedimentos em que recorreu a uma defesa administrativa, sendo mantido integralmente o crédito lavrado. 

    Prisão - A Justiça efetuou o bloqueio das contas e o sequestro dos bens do réu e da sua empresa Petróleo do Valle Ltda, no valor de aproximadamente R$ 36,4 milhões. Em setembro de 2015, segundo a delegada Márcia Pereira, da Dececap/Draco, Marcos já havia sido preso pela polícia baiana, por ser alvo de investigações pela prática dos mesmos crimes. As investigações apontam ainda para uma organização criminosa que atua na Bahia e em Minas Gerais – onde ele foi apontado como chefe de um esquema de sonegação fiscal envolvendo a usina de álcool Dasa e empresas transportadoras na região mineira de Nanuque. O fisco de Minas estimou prejuízos de R$ 25 milhões aos cofres públicos em cinco anos. Na Bahia, o valor é de cerca de R$ 430 milhões. Em Pernambuco, a estimativa é de R$ 36 milhões. 

    Fraudes em Pernambuco - As fraudes à Fazenda Estadual foram descobertas por auditores fiscais da Sefaz-PE, que chegaram a notificar a empresa 35 vezes em razão da apropriação indébita dos recursos do ICMS recolhidos e não repassados.

    Para o promotor de justiça do Ministério Público de Pernambuco, José Lopes, a ação conjunta da Secretaria da Fazenda, do MP - através do Centro de Apoio Operacional de Combate aos Crimes contra a Ordem Tributária (Caop-Fiscal) - e da Secretaria de Defesa Social (SDS), foi muito importante. “Esse convênio, entre o MP, a Sefaz-PE e a SDS tem por objetivo uma política de recuperação de crédito tributário mediante investigação e propositura de ações penais para todo contribuinte que atua sistematicamente na evasão fiscal, mediante condutas ilícitas previstas na legislação especial que trata dos crimes fiscais”, diz Lopes.

    No ano de 2011, a Delegacia de Crimes contra a Ordem Tributária ingressou com uma ação de busca e apreensão na empresa, que resultou no cancelamento das inscrições estaduais da matriz e da filial da Petróleo do Valle, de propriedade de Marcos Rocha.

    As investigações policiais apontaram que, devido ao não pagamento dos impostos estaduais, a empresa revendia o litro do etanol abaixo do preço de aquisição, o que configura prática de concorrência desleal. Tal estratégia foi tão bem-sucedida que a Petróleo do Valle Ltda, apesar de ser uma distribuidora de combustíveis de pequeno porte, chegou a vender mais de um milhão e meio de litros de combustível por mês entre os anos de 2012 e 2013, um volume semelhante ao das maiores empresas do setor.

    Segundo o promotor de Justiça, o modus operandi da empresa começava com a compra do etanol diretamente das usinas produtoras, dentre elas, uma de propriedade do pai de Marcos Augusto Silva Rocha, Délio Nunes Rocha, situada no estado de Minas Gerais. Os sócios então coagiam os motoristas dos caminhões a transportar o combustível desviando dos postos fiscais, de modo a realizar a venda direta aos postos, em procedimento contrário ao que determina a Agência Nacional do Petróleo (ANP). Os recursos obtidos com a venda irregular de combustíveis eram lavados através de outras empresas de propriedade de Marcos Rocha e Erik D'Oliveira, que eram usadas para ocultar o dinheiro. 

    Além dos crimes praticados em Ipojuca, o MPPE também investiga supostos crimes contra a ordem tributária, apropriação indébita previdenciária e sonegação de contribuição previdenciária que teriam sido cometidos por Marcos Rocha em Jaboatão dos Guararapes.

    Cidades: Recife
    Assuntos: sonegação fiscal, sefaz-pe, sds, ministério publico, lavagem de dinheiro, marcos augusto silva rocha,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Em Salgueiro, Boa Visão entrega 1,9 mil óculos

    | Educação, Saúde

    Boa Visão

    Nas duas últimas semanas, o Projeto Boa Visão, das secretarias estaduais de Saúde e Educação, realizou 3.832 consultas oftalmológicas em alunos dos ensinos médio e fundamental da rede estadual de dez municípios do Sertão. Do total de estudantes, 1.944 tiveram indicação médica para o uso de óculos, entregues gratuitamente pelo Lafepe e pela Fundação OneSight, parceiros da iniciativa. A Fundação Altino Ventura (FAV)  também participou da ação. Os atendimentos beneficiaram estudantes dos municípios de Salgueiro, Cedro, Mirandiba, Moreilândia, Parnamirim, São José do Belmonte, Serrita, Terra Nova, Verdejante e Belém de São Francisco.

    “Essa é uma ação fundamental para melhorar o rendimento dos estudantes em sala de aula e para melhorar sua vida como um todo. Por meio das consultas, conseguimos detectar aqueles que precisam usar óculos, necessários para 50% dos alunos do Sertão que participaram das atividades, ou que precisam fazer outros exames”, reforça a coordenadora do Boa Visão na Secretaria Estadual de Saúde (SES), Mayra Ramos. 

    Todos os atendimentos foram realizados por profissionais da FAV e da Fundação OneSight, instituição norte-americana do Grupo Luxottica. A ação contou com uma equipe multidisciplinar formada por médicos oftalmologistas, oftalmologistas pediatras, enfermeiros, assistentes sociais, técnicos em exames, assistentes oftalmológicos e recepcionistas, além de intercâmbio com 50 voluntários estrangeiros de várias nacionalidades (Estados Unidos, Itália, Peru, China, Inglaterra, México, Canadá e Brasil) que ficaram responsáveis pela fabricação dos óculos.

    DADOS - O Projeto Boa Visão é um programa do Governo de Pernambuco criado a partir da Lei nº 14.511, de 07 de dezembro, de 2011. Desde o início do Projeto, já foram realizadas mais de 85 mil consultas oftalmológicas e entregues mais de 48 mil óculos corretivos. Além da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Boa Visão também tem a participação da Secretaria Estadual de Educação (SEE).

    Assuntos: projeto boa visão, ses, seduc, oftalmológicas, educação, alunos, ensino médio, rede estadual, visão, saúde, fundação altino ventura, Salgueiro, Cedro, Mirandiba, Moreilândia, Parnamirim, São José do Belmonte, Serrita, Terra Nova, Verdejante e Belém de São Francisco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Blitz Educativa: Mudanças no Código de Trânsito Brasileiro

    | Educação, Mobilidade, Trânsito

    Com o objetivo de alertar a população sobre a Lei 13.281/2016, que altera algumas normas do Código de Trânsito Brasileiro – CTB, e os valores das multas que começarão a ser aplicadas a partir do dia 1º de novembro, a Secretaria das Cidades – Secid, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, estará realizando blitz educativa nesta segunda-feira (31), a partir das 6h.

    A ação que vai acontecer, incialmente, na Av. Maurício de Nassau, no bairro do Cordeiro, próximo ao Grupo de Operações Especiais - GOE, sob a responsabilidade da Operação Trânsito Seguro – OTS, coordenada pela Gerência de Fiscalização. Na ocasião, serão entregues materiais educativos contendo mudanças e valores das infrações pela equipe da Coordenadoria de Educação para o Trânsito e arte educadores da turma do Fom Fom.

    Segundo o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, a partir do dia 1º de novembro, a OTS estará dando continuidade com a blitz, já com aplicação de multa. “É fundamental que a Coordenadoria de Educação para o Trânsito e a Fiscalização trabalhem juntas, principalmente para esclarecer os condutores sobre as mudanças”. 

     

    Serviço

    Blitz Educativa
    Dia: 31/11/2016
    Horário: 6h
    Local: Av. Maurício de Nassau, no bairro do Cordeiro, próximo ao Grupo de Operações Especiais – GOE

     

    ATENÇÃO AOS NOVOS VALORES DAS MULTAS A CONTAR DE 01/11/2016 - LEI Nº 13.281/2016

         

    GRAVIDADE

    VALOR ATUAL

    VALOR EM 01/11/2016

    LEVE

     R$                  53,20 

     R$                             88,38 

    MÉDIA

     R$                  85,13 

     R$                           130,16 

    GRAVE

     R$                127,69 

     R$                           195,23 

    GRAVÍSSIMA

     R$                191,54 

     R$                           293,47 

    GRAVÍSSIMA X 2

     -------- 

     R$                           586,94 

    GRAVÍSSIMA X 3

     R$                574,62 

     R$                           880,41 

    GRAVÍSSIMA X 5

     R$                957,70 

     R$                       1.467,35 

    GRAVÍSSIMA X 10

     R$            1.915,40 

     R$                       2.934,70 

    GRAVÍSSIMA X 20

     R$            3.830,80 

     R$                       5.869,40 

    GRAVÍSSIMA X 60

     R$          11.492,40 

     R$                     17.608,20 

     
    Assuntos: blitz, codigo de transito brasileiro, secid, cidades, transito, detran-pe, multa, goe,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Rodovias da Mata-Sul recebem ações de conservação

    | Transporte, Administração
     
    Com o objetivo de reforçar a trafegabilidade e reforçar a segurança nas rodovias estaduais, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Transportes, segue realizando melhorias nas estradas da Mata Sul.
     
    Equipes do órgão realizam  os trabalhos de tapa-buracos na PE-064, rodovia que liga Sirinhanhém ao entroncamento da BR-101, em Ribeirão. A iniciativa vai facilitar escoamento da produção agrícola da região, predominantemente canavieira. O DER também iniciou operação semelhante na PE-073, no trecho que liga Rio Formoso  até o entroncamento com a BR-101 , em Gameleira.  
     
    Já na PE-085, equipes trabalham com ações de conservação nesta via , que liga a Mata Sul , ao Agreste pernambucano. A ação contempla o trecho situado entre os municípios de Ribeirão e Bonito.
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Aluno de Garanhuns obtém a nota mais alta na seleção para estágio alternativo

    Estágio
     
    É de Garanhuns o estudante que obteve a maior nota na seleção para o Programa de Estágio Alternativo da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE), dirigido a alunos de Direito do 3º ao 6º período que cursaram o ensino médio em escola pública da rede estadual. A seleção, cujo resultado foi divulgado na última terça-feira (25), contemplou quatro instituições: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade de Pernambuco (UPE), Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) e Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). 

    Gilberto Matheus Paz de Barros, aluno do 4º período na Aesga, tirou 9 na prova, a nota mais alta entre todos os 40 classificados. Ele concorre à vaga naquela cidade do Agreste. Gilberto, que tem 20 anos, cursou do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio na Escola de Aplicação de Garanhuns, da UPE.

    “Na verdade, eu não me preparei para essa prova especificamente. Felizmente, adquiri o hábito de estudar para aprofundar meu conhecimento. Fico feliz em todo esse esforço ter valido à pena para a prova da PGE”, disse Gilberto. 

    A segunda maior pontuação (7,6) foi obtida por Rafael Elias de Menezes, 19 anos, também aluno do 4º período da Aesga e egresso do ensino médio na Escola de Aplicação de Garanhuns, da UPE. Ele concorre em Garanhuns. A terceira maior nota (7) foi de Vaniela Oliveira Gomes da Silva, 27 anos, estudante do 6º período da UFPE, concorrendo no Recife. No ensino médio, ela integrou em 2004 a primeira turma do então Centro de Ensino Experimental Ginásio Pernambucano, hoje Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano.

    A prova foi realizada no dia 7 de outubro simultaneamente no Recife, em Garanhuns, em Petrolina e em Arcoverde, por 142 estudantes inscritos. Os candidatos devem aguardar convocação por telefone ou e-mail para apresentarem a documentação exigida pelo edital

    No Recife, 24 dos 45 candidatos que realizaram a prova alcançaram a nota necessária para serem classificados. Em Garanhuns, 6 dos 50 candidatos se classificaram. Em Petrolina, também 6 dos 34 que prestaram a prova. E em Arcoverde, foram classificados 4 candidatos dos 13 que fizeram a seleção.  São oferecidas 4 vagas na sede da PGE-PE, 1 na Sub-Regional de Garanhuns, 1 na Regional de Petrolina e outra na Regional de Arcoverde, além de cadastro de reserva. 

    O programa alternativo de estágio na PGE é realizado em convênio com a Secretaria Estadual de Educação. A seleção é organizada pelo Centro de Estudos Jurídicos da PGE-PE e pela Comissão Organizadora, com o apoio das Procuradorias Regionais de Petrolina, Arcoverde e da Procuradoria Sub-Regional de Garanhuns.
     
    Assuntos: Programa de estágio alternativo, pge-pe, educação, emprego, ufpe, upe, aesga, facape, recife, garanhuns, petrolina, arco verde,
    Compartilhe: Link para o post:
  • PE Conduz realiza Rota de Lazer no Praia sem Barreiras

    | Saúde, Direitos Humanos
    PE Conduz

    Atividade leva trinta usuários do Programa, com dificuldades de locomoção, para lazer em Boa Viagem
    
    Neste sábado (29), o Programa PE Conduz, coordenado pela Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD), realiza mais uma Rota de Lazer, na praia de Boa Viagem, das 8h às 12h. A atividade acontecerá durante o Projeto Praia Sem Barreiras, com a proposta de promover uma manhã de entretenimento e diversão aos usuários do PE Conduz, que apresentam dificuldades de mobilidade. 
    
    O PE Conduz trabalha na locomoção de pessoas com deficiência, que apresentam grau severo de dificuldade na mobilidade. “Nós oferecemos a Rota de Saúde, que é a condução dos usuários a tratamentos de reabilitação e clínico. E, nos finais de semana, viabilizamos a Rota de Lazer, para promover diversão e interação às pessoas inclusas no Programa”, informa o superintendente da SEAD, Paulo Fernando Silva. 
    
    As ações da SEAD são vinculadas à Secretaria Executiva de Segmentos Sociais (SESES), dirigida pelo executivo Sérgio Moura – que compõe a Pasta de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), com o secretário Isaltino Nascimento à frente da gestão. “A realização da Rota de Lazer do PE Conduz é mais uma iniciativa para, além da diversão, apresentar maneiras de inclusão social às pessoas com deficiência”, completa Isaltino. 
    
    A Rota de Lazer deste sábado contará com a atividade de 10 vans adaptadas, com apoio de pessoal, para a mobilização de trinta usuários do PE Conduz e seus respectivos acompanhantes pessoais. “Cada van tem capacidade para três pessoas com deficiência, acompanhadas, e que fazem a rota com apoio de integrantes do Programa. Nesta ação, daremos suporte a trinta usuários”, explica o coordenador do PE Conduz, Rogério June.
    
    A programação acontece na altura do Internacional Palace Hotel, na Orla de Boa Viagem. 
    
    PE Conduz -  O Programa foi criado no ano de 2011 e conta com cobertura no estado de Pernambuco, dividido em núcleos em sete pólos (Vitória de Santo Antão, Timbaúba, Petrolina, Arcoverde, Caruaru, Garanhuns e Região Metropolitana do Recife), que contemplam todas as regiões.
    
    Hoje, o Programa conta com 520 usuários, atendidos pelos serviços de 45 vans devidadmente adaptadas. Para ser inserido no PE Conduz, o usuário precisa atender ao perfil para inclusão do mesmo, cujos critérios foram estabelecidos na fundação do Programa. A faixa etária de atendidos é indeterminada e, a documentação necessária para cadastramento, é recebida pela SEAD, que conta com a colaboração de técnicos da área social e outras secretarias do Estado, para conclusão do processo. 
    
    Serviço:
    Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD) – Av. Norte, s/nº – ao lado do Centro da Juventude – Santo Amaro / Grande Recife
    Contato: 3183-3210
    Central de atendimento Pernambuco: 0800-281-0312
    E-mail: sead.sdscj@gmail.com 
    Cidades: Recife
    Assuntos: PE conduz, sead, rota de lazer, praia sem barreiras, mobilidade, deficientes, rota da saúde,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Seca provoca colapso da Barragem de Santana II no Agreste pernambucano

    | Meio Ambiente, Administração

    Barragem de Santana

    Cidade de Brejo da Madre de Deus passará a ser atendia por carros-pipa e cisternas comunitárias

    A escassez de chuvas em municípios do Agreste de Pernambuco provocou o colapso de mais um manancial. A Baragem de Santana II, que atende a cidade de Brejo da Madre de Deus, não suportou os  efeitos da estiagem prolongada e hoje não oferece mais condições de captação da água para abastecimento humano. A população de Brejo, cerca de  24 mil pessoas, passará a ser abastecida  a partir da próxima semana,  exclusivamente por carros-pipa e cisternas comunitárias.

    Nos últimos meses, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) se esforçou para  preservar a Barragem de Santana II, cuja capacidade total é de 568 mil m³ de água. No mesmo período de 2015, o manancial apresentava 75% da sua capacidade máxima de acumulação.

    "Muitas ações foram realizadas para evitar o colapso no abastecimento de Brejo da Madre de Deus, como  ajustes operacionais, entre eles, a intensificação do rodízio, que chegou a ser de dois dias com água para 20 dias sem. Mas, infelizmente, a barragem não se recuperou no último inverno e chegamos a essa situação crítica", contextualiza o gerente da Unidade Negócios da Compesa, Mário Heitor Filho.

    A Compesa já vinha complementando o abastecimento da cidade com cinco carros-pipa, durante a vigência do rigoroso rodízio de distribuição. Agora, com o colapso do reservatório, será dobrado o número de carros-pipa, passando para dez unidades. Na semana que vem  serão implantadas as cisternas comunitárias em pontos estratégicos da cidade para o atendimento emergencial à população. 

    Adutora do Agreste -   Brejo da Madre de Deus, cidade mundialmente conhecida pelo espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, realizado no distrito de Fazenda Nova,  será  um dos 68 municípios  contemplados com o projeto da Adutora do Agreste, que está em execução. “Essa adutora é um empreendimento estruturador para a regularização do abastecimento do Agreste, a região que possui a pior situação hídrica de Pernambucano, consequência de cinco anos consecutivos de seca”,  observou o gerente da  Compesa, Mário Heitor Filho.

    Cidades: Brejo da Madre de Deus
    Assuntos: colapso, agua, agreste, barragem de santana II, brejo da madre de deus, carros-pipa, cisternas, compesa,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Mês da Consciência Negra terá programação lançada no dia 01/11

    | Cultura, Direitos Humanos

    Serão realizadas várias atividades, que seguem até 30 de novembro 

    A programação oficial do Mês da Consciência Negra será lançada, na próxima terça-feira (01/11), às 13h, em solenidade no auditório do Centro de Artesanato de Pernambuco, na Praça do Marco Zero, Bairro do Recife. Na oportunidade, serão detalhadas todas as ações do mês em defesa da Consciência Negra.

    Em seguida ao anúncio da programação, terá início, às 14h, a 10ª Caminhada dos Terreiros de Pernambuco. A concentração será na Praça do Marco Zero.

    O Mês da Consciência Negra é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão do secretário de Isaltino Nascimento, pela Secretaria Executiva de Segmentos Sociais, dirigida pelo secretário executivo Sérgio Moura, e pela Coordenadoria de Igualdade Racial, comandada por Marta Almeida, com apoio de Mãe Elza. 

    A programação vai contar com seminários, fóruns, encontros, conferências, rodas de diálogo, marchas, exposições e festivais em municípios do Grande Recife, Agreste e Sertão do Estado. 

    ZUMBI DOS PALMARES – O Mês da Consciência Negra faz alusão aos 320 anos de morte do líder quilombola Zumbi dos Palmares (1695-2015). O dia 20 de novembro foi instituído como Dia Nacional da Consciência Negra pela da lei nº 12.519/2011. 

     
     
     

     

    Cidades: Recife
    Assuntos: consciencia negra, centro de artesanato de pernambuco, sdscj, igualdade racial
    Compartilhe: Link para o post: