meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Unidades prisionais de PE comemoram São João com forró e comidas típicas

     cpfr

    As unidades prisionais femininas do Estado estão entrando no clima junino. Nesta quarta (19), às 15h, a Colônia Penal Feminina do Recife (CPFR), no Engenho do Meio, realizará, com a participação das reeducandas e funcionários, quadrilhas juninas e apresentação de danças. Toda a festa será com o gostinho de comidas típicas. A ação ocorrerá na quadra da unidade e contará com o apoio do setor Psicossocial, Pastoral Carcerária e do artista Neguinho do Frevo.

    Na Colônia Penal Feminina de Abreu e Lima (CPFAL) o arrasta-pé vai rolar nesta quinta (20), às 9h30. Haverá homenagem ao cantor Gabriel Diniz (morto num acidente aéreo), apresentação do Forrozart Arretado de Bom, com reeducandas dançando xaxado e forró, além de quadrilhas improvisadas com a participação das detentas e de funcionários dos setor saúde e psicossocial  

    A primeira unidade a cair no forró foi a Colônia Penal Feminina de Buíque (CPFB), no Agreste pernambucano. Nesta segunda (17.06) as detentas participaram das apresentações da banda Filarmônica Joaquim Belarmino Duarte, grupo Carimbó Flores de Buíque e Quadrilha Tá é Danado de Bom. A festa contou também com comidas típicas. As unidades prisionais masculinas também reservam programação especial neste período junino.

    Serviço: 
    CPFR (Engenho do Meio) – 19 de junho / 15h
    CPFAL (Abreu e Lima) – 20 de junho / 9h30

    Foto: Divulgação/Seres
    Cidades: Recife
    Assuntos: cpfr, festejo junino
    Compartilhe: Link para o post:
  • Curso de Bombeiro Hidráulico é ofertado para socioeducandos da Funase

    | Social

     funase

    Com 80 horas/aula, formação profissionalizante é viabilizada pelo Senar-PE para internos do Case Abreu e Lima

    Adolescentes e jovens do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, iniciaram, nesta semana, o curso de Bombeiro Hidráulico. A formação, que contém 80 horas/aula, é ofertada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PE), parceiro do sistema socioeducativo em Pernambuco. As aulas acontecem de segunda a sexta, em horário integral, nas dependências da unidade, que é administrada pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase).

    Sistemas de abastecimento e de distribuição, tratamento de água e rede predial de distribuição estão entre os itens abordados nas aulas. Para obter a certificação, os alunos terão que fazer uma prova. “Eu espero que o curso me ajude, para que, quando sair daqui, eu possa ter uma profissão, conseguir um emprego e mudar minha vida. O tempo que estou aqui serviu de lição. O curso é uma oportunidade e só tenho que agradecer. Vou correr atrás do que for bom pra mim”, afirmou o jovem M.E.F.A., de 19 anos.  

    Para o gerente do Case Abreu e Lima, Abinoan Barboza, inserir os socioeducandos em cursos profissionalizantes os ajuda a formatar novos projetos de vida e cria chances reais de reintegração à sociedade, objetivo principal da Funase. “Muitas oportunidades têm sido proporcionadas para os adolescentes. A formação é mais uma opção para que se identifiquem com o curso no qual eles têm referência. A variedade de formações vem suprindo as necessidades de cada jovem atendido”, explicou.

    A oferta do curso está sendo proporcionada por articulação do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase. Em março deste ano, a instituição e o Senar-PE renovaram um termo de cooperação, por meio do qual foi formalizada a inserção de adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas em turmas de treinamentos profissionalizantes.

    Imagem: Rhaldney Silva/Funase
    Cidades: Abreu e Lima
    Assuntos: funase, case abreu e lima, capacitacao, bombeiro hidraulico
    Compartilhe: Link para o post:
  • DER desliga lombadas eletrônicas durante festejos juninos

    | Mobilidade, Trânsito

     der

    Para melhorar a mobilidade nos trechos das rodovias pernambucanas próximas à capital durante o feriado de São João, a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), vai desligar as lombadas eletrônicas na BR-232, na PE-027 (Estrada de Aldeia), e PE-35, em Itapissuma. As vias devem receber um acréscimo médio de 30% no fluxo de veículos nos horários mais movimentados, por conta dos festejos juninos, que acontecem no próximo final de semana.

    A BR-232 é a principal rota que liga o Recife às cidades do Agreste e do Sertão e deverá receber 40% a mais no fluxo de veículos. A via é rota de acesso aos tradicionais polos de festejos juninos, como Caruaru, Gravatá, Bezerros, Vitória de Santo Antão e Arcoverde, entre outros. O DER fará o desligamento dos equipamentos localizados entre os km, 6,2 e 9,2, no Curado, a partir desta quarta-feira (19), às 22h.

    Na PE-027, também conhecida como Estrada de Aldeia, as lombadas serão desligadas no trecho do Km 0,7, e na rodovia PE-035, em Itapíssuma, nos km 7,3 e 7,9. Nas duas rodovias, os equipamentos serão desligados nesta quinta-feira (20), a partir das 12h. Todos os dispositivos de fiscalização eletrônica serão religados às 5 h da próxima terça-feira (25).

    Além disso, os agentes do DER atuarão em parceria com os órgãos de trânsito na fiscalização e abordagens aos veículos, auxiliando na fluidez do tráfego. O objetivo é minimizar os transtornos com os possíveis congestionamentos nos horários de pico para quem vai pegar as estradas, proporcionando mais segurança e tranquilidade aos usuários. 

    Assuntos: der, mobilidade, lombadas eletronicas, sao joao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Operação Prevenção “Segundos que salvam vidas” será levado ao interior do Estado

    | Trânsito

    Agentes de trânsito das Operações Rota de Fuga – ORF, e Trânsito Seguro – OTS, deram início a Operação Prevenção, sob o título “Segundos que salvam vidas”, que consiste em prevenir acidentes em decorrência do uso de álcool e direção. Será montada blitz na Caxangá, em frente ao Caxangá Golf Clube, com objetivo de dar dicas de segurança no trânsito, alertando sobre o perigo da mistura fatal de álcool e direção; condução de veículo falando ou manuseando o celular; uso correto de cadeirinha, acento de elevação e bebê conforto; uso do cinto de segurança por todos os ocupantes do veículo; e uso correto dos equipamentos de segurança na condução de motos. Os agentes também alertaram sobre as condições dos pneus e do sistema elétrico dos veículos, ou seja, iluminação e de como deve ser acondicionado a bagagem.

    Para a ação foram designados 180 agentes de trânsito, 38 viaturas, 16 motocicletas e 2 PK’s (fiscalização eletrônica), que atuaram em Caruaru e em outros municípios onde acontece festejos juninos. A Capital do Forró foi a primeira cidade a receber a Operação. A ação será estendida para os municípios de Carpina, Limoeiro, Bezerros, Serra Negra, Paudalho, Taquaritinga do Norte, Goiana e Condado.

    SERVIÇO
    Operação Prevenção “Segundos que salvam vidas”
    Local: em frente ao Caxangá Golf & Country Club, localizado na Av. Caxangá, 5362 - Iputinga, Recife
    Horário: a partir das 6h
    Data: 20/06/2019

    Cidades: Recife
    Assuntos: detran, operacao prevencao, seguranca,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Dia Mundial: mais de 2 mil pessoas têm diagnóstico de doença falciforme em Pernambuco

    | Saúde

    Há dez anos foi instituída, pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença Falciforme, celebrado nesta quarta-feira (19.06) com encontro de pacientes e a rede de atenção, a partir das 9h, no Hemope, no Recife. A enfermidade é caracterizada por uma alteração nos glóbulos vermelhos, que perdem a forma arredondada e adquirem o aspecto de foice, dificultando a passagem do sangue pelos vasos sanguíneos e a oxigenação do tecido. Essa condição pode provocar dores fortes, atraso no crescimento e problemas neurológicos, cardíacos, pulmonares e renais entre outros. Considerada a doença genética mais freqüente no mundo, com prevalência na população negra (parda e preta), ela tem diagnóstico e tratamento disponíveis no SUS, possibilitando qualidade de vida e longevidade para o portador. Em Pernambuco, mais de 2 mil pessoas têm diagnóstico da enfermidade.

    A doença falciforme pode ser diagnosticada já nos primeiros dias de vida de uma criança, por meio do teste do pezinho, que deve ser realizado, prioritariamente, entre o 3º e o 5º dia após o nascimento. Em Pernambuco, entre 2014 e 2018, 322 meninos e meninas foram diagnosticados com a enfermidade. “Com o diagnóstico precoce, evitamos mortes provocadas pela doença e garantimos o acesso da criança ao tratamento logo nos primeiros meses de vida. Por meio do tratamento e acompanhamento, ela poderá ter uma vida normal e saudável”, afirma a coordenadora de Atenção à Saúde da População Negra da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Miranete Arruda.

    De acordo com a coordenadora, a doença falciforme acomete entre 0,03% e 0,05% da população, e, em Pernambuco, isso representa 1 para cada 1.400 pessoas nascidas vivas. Como no Estado em torno de 60% das pessoas são pardas ou pretas, é maior a incidência da enfermidade nesse grupo populacional. Além do diagnóstico em crianças, também é possível descobrir a doença em jovens e adultos que não tiveram a chance do diagnóstico precoce (teste do pezinho). “Quando há o diagnóstico em alguma criança, já que a doença é hereditária, é preciso saber se os pais e irmãos possuem a enfermidade”, ressalta Miranete. Para as gestantes, é recomendada a realização do exame da eletroforese da hemoglobina. Caso seja confirmada a doença, a mulher deve ser acompanhada no pré-natal de alto risco.

    DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO – Em Pernambuco, o Hemope, no Recife é a unidade de referência para doença falciforme. No serviço, o paciente realiza os exames especializados e é acompanhado por uma equipe multiprofissional. De acordo com a condição do indivíduo, é estabelecida a periodicidade das consultas para acompanhamento, que, no caso de um paciente saudável e estabilizado, pode ser trimestral ou semestral.

    Além do Hemope, já há atendimento com hematologista no Hemocentro Caruaru e na Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) de Petrolina. “Estamos trabalhando na organização da rede no interior do Estado. Já temos alguns atendimentos em Caruaru e Petrolina, mas estamos focados na qualificação dos encaminhamentos”, reforça Miranete Arruda. A coordenadora ainda lembra que tem trabalhado com os municípios pernambucanos para que a Atenção Primária também faça o acompanhamento das pessoas com doença falciforme e as intercorrências clínicas de baixa complexidade possam ser resolvidas no próprio território.

    MEDICAÇÃO – A Farmácia de Pernambuco fornece aos pacientes com doença falciforme o medicamento hidroxiureia, que é dispensado pelo Hemope e pelas unidades da Farmácia espalhadas pelo interior. Há, ainda, insumos fornecidos pela Atenção Primária (ácido fólico e penicilina)

    TRAÇO FALCIFORME – Além da doença falciforme, há pessoas que recebem de um dos pais apenas um gene da enfermidade, não desenvolvendo, nesse caso, a doença. Estima-se que entre 3% a 6% da população apresente o traço falciforme.

    Cidades: Recife
    Assuntos: saúde, hemope, falciforme,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Em missa na Funase, dom Fernando prega amor e perdão para 115 socioeducandos

    | Social

    funase 

    Arcebispo de Olinda e Recife também conheceu espaços de convivência e salas de aula do Case Cabo de Santo Agostinho

    A necessidade de amor ao próximo e de perdão. Foi essa mensagem que o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, pregou durante uma missa celebrada, na tarde desta terça-feira (18), dentro do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana. Participaram da cerimônia 115 adolescentes e jovens em cumprimento de medida de internação no local, além de gestores, profissionais técnicos e agentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), que administra a unidade. O evento marcou o estreitamento de uma parceria com a Igreja Católica, que, por meio da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, em Pirapama, passará a realizar programações com mais frequência junto aos socioeducandos do Case Cabo.

    Antes da missa, dom Fernando conheceu os espaços de convivência, a escola, as salas de cursos profissionalizantes, a quadra esportiva e as instalações do Grupo de Orientação sobre Drogas (GOD). O sacerdote elogiou o trabalho desenvolvido na unidade e abençoou o local. Ele ainda recebeu presentes confeccionados pelos socioeducandos, como cadernos e agendas resultantes do curso de Encadernação, certificado pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), além de terços fabricados durante oficinas. Legumes cultivados na horta do local também foram entregues. Dom Fernando interagiu bastante com os adolescentes, lembrou que é natural do Cabo de Santo Agostinho e, bem-humorado, fez um censo sobre os times pelos quais os internos torcem.

    “Quem é cristão deve fazer a vontade de Deus, e isso exige renúncia, amor ao próximo. Aproveitem esta oportunidade que vocês estão tendo aqui de estarem na escola, estudando e desenvolvendo estas atividades. Saio daqui feliz, porque senti que, de fato, houve muita receptividade”, disse dom Fernando, que, durante a missa, esteve acompanhado do pároco da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, padre Marcos Antônio da Silva, que ficará à frente dos próximos eventos da Igreja na unidade socioeducativa.

    Como felicitação de aniversário, celebrado na semana passada, o arcebispo ainda ouviu a Oração de São Francisco, entoada por socioeducandos do GOD. A cerimônia terminou com o depoimento do jovem Wesley de Andrade Lima, de 25 anos, que falou aos adolescentes internados sobre sua volta por cima após um período de tratamento de uma dependência química.

    A presidente da Funase, Nadja Alencar, presente ao evento, avaliou a visita de dom Fernando como um gesto de impacto muito positivo na rotina dos adolescentes e jovens em atendimento no local. “Acreditamos muito na fé, no perdão e na gratidão. Na Funase, todos temos a possibilidade de mudar e transformar nossas vidas. Esse momento com dom Fernando foi um chamamento para tudo isso. Foi um evento muito bonito e com participação efetiva dos jovens desta casa”, afirmou. “É importante que vocês saibam que, todos os dias, acreditamos em vocês”, reforçou a gerente do Case Cabo, Tatiane Moraes, em mensagem aos socioeducandos.

    Para o jovem S.G.S.F., de 19 anos, que fez uma leitura durante a missa, foi uma oportunidade importante para o exercício da espiritualidade, fomentada, desde pequeno, pela família. “Minha avó é católica e me fez ter contato com a igreja desde os 12 anos. Foi bom participar desse momento. Acho que a pessoa até entra no erro, mas o que não vale é continuar nessa situação. Aqui já fiz cursos de Manutenção, de Computação e de Refrigeração e estou tendo muita chance de fazer a diferença”, avaliou.

    Imagens: Marcelo Vidal/SDSCJ

    Cidades: Cabo de Santo Agostinho
    Assuntos: funase, case cabo, socioeducandos, missa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Procon-PE interdita duas financeiras de crédito em Camaragibe

    | Direitos Humanos

     procon

    Só este ano, seis foram fechadas

    Dando continuidade as ações de fiscalizações as empresas financiadoras de crédito, o secretário de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Pedro Eurico, fiscais e gerentes do Procon-PE realizaram, durante toda a manhã da ultima terça-feira (18.06), averiguações em estabelecimentos do município de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Seis empresas foram visitadas, das quais duas interditadas e uma notificada.

    A PG Empréstimos e a W.A Promotora de Empréstimos foram fechadas por tempo indeterminado, por funcionarem de forma irregular. Nenhuma das duas possuía documentação necessária de regularização para a prestação do serviço. Já a Amadin foi notificada e terá o prazo de 10 dias para apresentar documentos. “A punição chega aos que não estão regulares. A intenção da fiscalização é garantir que o consumidor seja atendido por empresas que atuam de forma lícita no mercado” explica Eurico.

    Só este ano, seis novas empresas foram interditadas. O Procon-PE iniciou as fiscalizações em junho do ano passado, após receber denúncias de diversos consumidores com empréstimos renovados sem permissão, juros acima do permitido, entre outras irregularidades. Até o momento 21 correspondentes financeiros foram fechados. 

    Entre os pontos fiscalizados nas financiadoras de crédito estão: contrato de prestação de serviço do correspondente com os bancos; autorização do Banco Central  para funcionamento; devida identificação dos funcionários; se o consumidor recebe impresso todas as informações sobre o serviço contratado e se o local tem disponível um serviço de atendimento ao cliente (SAC).

    BANCOS – Na semana passada em uma reunião com o todos os bancos, Procon-PE e a SJDH, o secretário Pedro Eurico apresentou às entidades as irregularidades que vêm sendo apresentadas. Os bancos participantes se mostraram dispostos a unir forças com o órgão de defesa do consumidor no sentido de combater as fraudes das empresas de empréstimos.  Eles irão fornecer ao Procon a lista das financeiras que estão devidamente cadastradas para oferecer o serviço de empréstimo.

    Para que aja um acompanhamento de perto das atividades, trimestralmente o mesmo grupo se reunirá para alinhar informações sobre o assunto. A próxima reunião já ficou pré-marcada para o dia 11 de setembro.

    Foto: Ray Evllyn/SJDH

    Cidades: Camaragibe
    Assuntos: sjdh, procon, fiscalizacao, financiadoras de credito
    Compartilhe: Link para o post:
  • Funase, Senar e CIEE entregam 26 certificados a socioeducandos em Timbaúba

    | Social

     funase

    Socioeducandos participaram de três cursos profissionalizantes realizados nas últimas semanas dentro de unidade de internação

    A capacitação profissional segue ampliando as vivências e o currículo de adolescentes em cumprimento de medida de internação em Pernambuco. Só no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, na Mata Norte do Estado, 18 socioeducandos concluíram, recentemente, a participação nos cursos de Trabalho no Cultivo de Plantas Ornamentais (Terrários), Trabalho na Agricultura Orgânica e Eletrônica Básica. Como alguns alunos participaram de mais de uma formação, foram entregues, ao todo, 26 certificados. A oferta das aulas foi possível por meio de parcerias com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PE) e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), com articulação do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase.

    O curso de Eletrônica Básica teve seis adolescentes concluintes. As aulas foram ministradas por um agente socioeducativo que atua no Case Timbaúba e é credenciado junto ao CIEE, responsável pela emissão dos certificados. Os alunos aprenderam sobre componentes e circuitos eletrônicos, montagem de placa, solda e automação. Já os outros dois cursos tiveram, cada um, dez concluintes. Tanto o de Cultivo de Terrários como o de Agricultura Orgânica foram ofertados pelo Senar-PE e compõem a grade de cursos prevista em um termo de cooperação assinado, em março deste ano, pela instituição de ensino e pela Funase.

    PROFISSIONALIZAÇÃO – Além do Case Timbaúba, outras unidades da Funase também receberam, nos últimos dias, eventos de certificação de socioeducandos por participação em cursos profissionalizantes. Foi o caso da Casa de Semiliberdade (Casem) Olinda, que teve 13 concluintes em Introdução à Automação Eletroeletrônica, e da Casem Caruaru, com sete em Atendimento em Farmácia e Atendimento em Vendas. Na Casem Santa Luzia, três socioeducandas foram certificadas em oficinas de aperfeiçoamento profissional, e na Casem Casa Amarela, houve nove concluintes nessas oficinas, promovidas na Biblioteca Pública do Estado.

    Imagens: Alexandro Pereira/Funase/Arquivo

    Cidades: Timbaúba
    Assuntos: funase, case timbauba, capacitacao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Festas Juninas de Petrolina contam com trabalho de reeducandos

    reeducandos 

    Apenados se dedicam a limpeza e a varrição, além dos serviços de infraestrutura para a festa no Pátio de Eventos Ana das Carrancas

    Um dos principais polos de animação de Petrolina, o Pátio de Eventos Ana das Carrancas, está pronto para receber o público nas festas juninas, e os trabalhos de limpeza e infraestrutura no local, contam com a ajuda de reeducandos do regime aberto.

    O grupo se empenha na limpeza, capinação, pintura e obras de drenagem, e, durante o evento, que segue até 30 de junho, mantém o local limpo através do serviço de varrição. “As parcerias que visam à empregabilidade dos egressos do sistema prisional têm o intuito de reinserir os ex-detentos à sociedade e ao mercado de trabalho, além de diminuir a reincidência criminal no estado”, reforça Josafá Reis, superintendente do Patronato Penitenciário.

    De acordo com a diretora de Limpeza Urbana de Petrolina, Tyara Nunes, “os reeducandos realizam limpeza e obras de drenagem nas avenidas que dão acesso ao Pátio de Eventos, avenida Ulisses Guimarães e BR 235, mas, durante a festa, vão continuar na manutenção dos espaços”.     

    A inclusão dos apenados na equipe de trabalho do São João de Petrolina se deve a parceria entre a prefeitura e o Patronato Penitenciário, órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), que disponibilizou pessoas com experiência nas atividades solicitadas.

    CARUARU -  Assim como em Petrolina, a abertura do São João de Caruaru contou com o apoio de reeducandos acompanhados pelo Patronato Penitenciário.  Eles executaram serviços de limpeza dos equipamentos culturais, como o museu do Barro; a Casa da Cultura, que fica no meio da Feira de Artesanato; e o Memorial da Cidade, no Centro. O grupo também realizou serviços gerais na Estação Ferroviária; reativação dos banheiros que darão apoio à festa; e demarcação dos estacionamentos no Pátio do Forró.

    Assuntos: sjdh, reeducandos, servicos de infraestrutura, festa junina
    Compartilhe: Link para o post:
  • Campanha educativa “Se liga, meu irmão” no São João 2019

    | Trânsito

    detran 

    O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, por meio da Coordenadoria de Educação para o Trânsito, lança a campanha educativa sob o título “Se liga, meu irmão”, chamando a atenção para que nesse São João nada de misturar bebida e direção, visando alertar os motoristas sobre os riscos do uso do álcool quando for conduzir o veículo. Durante os festejos juninos, observa um aumento no tráfego de veículos com destino ao interior do Estado. Com base nisso, é intensificada as ações educativas do Órgão.

    Segundo a Coordenadora de Educação para o Trânsito, Luciana Carvalho, a campanha conta com jingle gravado por Geraldinho Lins para emissoras de rádios, peças em mídias sociais e panfletos com dicas de segurança como bebida e direção, não. Nunca; cinto de segurança sempre, inclusive no banco de trás; respeite os limites de velocidade; respeite a sinalização; não use o celular enquanto dirige; verifique sempre as condições do veículo antes de pegar a estrada; mantenha sempre os faróis acesos nas rodovias; e motociclista, use sempre o capacete. 

    Luciana lembra ainda que, nos dias 19 e 21 de junho, técnicos de Educação para o Trânsito estarão levando a Caravana Detran nos Municípios para Caruaru. A equipe de educação, junto com a Diretoria de Trânsito e Guarda Municipal, estará na Capital do Forró, mais precisamente em frente ao Shopping Rádio Difusora, localizado na Av. Agamenon Magalhães, 444 – Maurício de Nassau, realizando blitz educativa, distribuindo material educativo contendo dicas de segurança no trânsito. Ainda de acordo com Luciana, os trabalhos educativos deverão ter início sempre às 10h.   

     
    Assuntos: detran, campanha educativa, sao joao
    Compartilhe: Link para o post: