meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Cepe estreia na Casa Cor Pernambuco

     cepe

    A Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) marca presença na 21ª edição da Casa Cor Pernambuco. É a primeira vez que uma livraria da Cepe Editora terá ambiente na mostra de decoração e arquitetura, com oferta de títulos sobre arte, arquitetura e fotografia. O espaço de 40 metros quadrados que inclui um contêiner e uma praça externa, poderá ser conhecido já nesta quinta-feira (12), quando a mostra abre para convidados, e no sábado (14), para o público em geral, das 16h às 20h. 

    Projetado pelo escritório Baaus Arquitetura, das arquitetas Bárbara Morato e Aline Fernandes, o contêiner-livraria pop-up presta homenagem à figura do oleiro, com elementos de barro em harmonia com o paisagismo dos cactos (na parte externa) e a fachada de cobogós, itens marcantes da cultura pernambucana. “Buscamos elementos que pudessem reforçar a origem da livraria e a cultura do Estado”, justifica a arquiteta Bárbara Morato. O toque de contemporaneidade vem com poltronas e luminárias de nomes famosos do design nacional, como o catarinense Jader Almeida. Ao longo da mostra, que segue até 3 de novembro, a Cepe realizará lançamentos literários coletivos e programações voltadas para o público infantil. 

    Assuntos: cepe, casa cor pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Cinquenta e cinco cursistas do 3º curso de Mediação Comunitária, de 2019, participam de aula inaugural

    | Direitos Humanos

     sedh

    O evento, que foi realizado na tarde da quarta-feira (11), é um dos objetivos da SEDH em promover a cultura de paz nas comunidades

    Com o objetivo de ampliar a cultura de paz nas comunidades, por meio do diálogo, que na quarta-feira (11) o Programa de Mediação de Conflitos (PMC), vinculado à Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), deu início a 3ª turma do curso em Direitos Humanos e Mediação Comunitária de Conflitos, deste ano, com uma aula inaugural. Os cinquenta e cinco participantes, da turma, representam diversas comunidades do Recife e região metropolitana.

    Declaração Universal dos Direitos Humanos, meios de resolução de conflitos extrajudiciais, diálogos e técnicas de mediação, rede socioassistencial, são alguns dos conteúdos a serem abordados em todo curso, que seguirá até o mês de outubro. Após a formação, os futuros mediadores e mediadoras, irão atuar nos núcleos de mediação, instalados dentro das comunidades, resolvendo conflitos entre familiares, vizinhos, de consumo, pensões alimentícias, acordo de visitas e outros.

    Para o cursista, Kilder Costa, que teve conhecimento da formação, através de uma amiga, o interesse foi imediato. “Achei interessante o trabalho da secretaria, por desenvolver atividades de mediação de conflitos, direitos humanos e sociais, nos bairros. Fiz a inscrição do curso e será um crescimento para mim”, relata.

    Ainda durante a abertura o secretário-executivo de Direitos Humanos, Diego Barbosa, expôs que é uma satisfação para a SJDH poder promover uma nova edição do curso. "O Governo de Pernambuco tem o claro objetivo de desenvolver a cultura de paz e promover a redução da violência nas comunidades, por meio do diálogo e da cooperação, estimulando a capacidade da população de gerir seus próprios conflitos de maneira participativa, autônoma e pacífica”, expõe. 

     FOTO: Alyne Monyque/SJDH

    Assuntos: sedh, curso, direitos humanos, mediacao de conflitos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Em Caruaru, parceria entre quatro instituições prepara jovens da Funase para o mercado de trabalho

    mercado

    Socioeducandos concluíram, nesta semana, cursos profissionalizantes de Vendas, Informática e Farmácia após articulação entre a SDSCJ, a SPVD, a Prepara Cursos e o Cebrac

    A articulação entre duas secretarias estaduais e duas instituições de ensino está possibilitando que adolescentes em cumprimento de medida de semiliberdade na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em Caruaru, no Agreste, se preparem para o mercado de trabalho. Nesta semana, 12 alunos receberam certificados pela conclusão dos cursos de Atendimento em Vendas, Informática e Atendente de Farmácia. As formações têm como característica a ligação com demandas dos empregadores, o que deve ampliar a competitividade dos socioeducandos na busca por vagas de trabalho e seu processo de reinserção na sociedade.

    Iniciada em julho, a formação de Atendimento em Vendas foi ofertada pela Prepara Cursos, tendo como concluintes seis socioeducandos neste mês de setembro. Já os cursos de Informática e de Atendente de Farmácia tiveram aulas realizadas pelo Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac) desde agosto e, nesta semana, tiveram outros seis concluintes. Além da Funase, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) de Pernambuco, também participou da articulação para a oferta dos cursos o Programa Governo Presente, da Secretaria Estadual de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas (SPVD).

    Todos os adolescentes participantes são atendidos na Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru, administrada pela Funase. A busca de parcerias para a inserção desse público em cursos profissionalizantes tem sido uma marca da unidade. “Além das instituições responsáveis pelos cursos encerrados nesta semana, outras, como a Prefeitura de Caruaru e o IFPE, também aparecem como parceiras recorrentes na oferta de profissionalização para nossos socioeducandos. As articulações são um caminho necessário para fazer a socioeducação e temos visto bons resultados”, destaca a coordenadora geral da Casem Caruaru, Anabel Brandão.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sdscj, funase, casem caruaru
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário interino de Justiça assina ordem de serviço para reformas em cadeias públicas do Sertão

    assinatura

    O secretário interino de Justiça e Direitos Humanos, Eduardo Figueiredo, assinou, na tarde desta quarta (11.09), na sede da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, no Bairro do Recife, as ordens de serviço para reformas das cadeias públicas de Belém de São Francisco e Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. 

    Os dois estabelecimentos penais passarão por melhorias na estrutura física incluindo pintura, piso e instalações elétricas e hidrosanitárias. O secretário Eduardo Figueiredo destacou a importância do ato. “É o início de uma perspectiva de ampliação de vagas nas duas cadeias. A presença de representantes do poder executivo municipal busca, acima de tudo, o aumento do aproveitamento da mão de obra local nesse investimento, que é fruto da parceria de Pernambuco com o Depen [Departamento Penitenciário Nacional]”.

    As duas reformas estão orçadas em R$141.044,47 e R$ 158.955,37, Cabrobó e Belém, respectivamente. Os recursos são provenientes do Governo Federal através  do Fundo Penitenciário (Funpen). As empresas executoras dos serviços são WM Construções, em Cabrobó, e a AB Engenharia, na cadeia de Belém do São Francisco. O secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues, presente no ato, considera a ação “importante porque, principalmente, vai proporcionar mais dignidade aos presos, uma reforma oferece melhores condições na infraestrutura, mas também facilita a implementação de ações ressocializadoras como cursos profissionalizantes”, destacou. A previsão de conclusão das obras é janeiro de 2020.

    Estiveram presentes na SJDH o prefeito de Belém de São Francisco, Licinio Lustosa Roriz; os gerentes da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), Murilo Ramos (Administrativo e Financeiro) e Jose Roberto (Cadeias Públicas); e o proprietário da empresa WM, Danúbio Wagner Silvestre. “Recuperar cadeia pública é muito importante porque as pessoas, embora tenham cometido crimes, têm de ser tratadas com dignidade, como seres humanos”, afirmou o prefeito Licinio.  

    Cidades: Belém de São Francisco, Cabrobó
    Assuntos: sjdh, ordem de servico, cadeias publicas
    Compartilhe: Link para o post:
  • Luciana Santos transmite cargo de governador em exercício para Eriberto Medeiros

    Deputado assume o governo complementando o período em que o governador Paulo Câmara estará em Singapura

    A governadora em exercício Luciana Santos transmitiu, nesta quarta-feira (11/09), o comando do Executivo estadual para o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Eriberto Medeiros. O deputado assume o governo complementando o período em que o governador Paulo Câmara estará em Singapura, na Ásia, participando do seminário Gestão Pública, Educação e Gestão de Pessoas de Singapura, entre os dias 10 e 14 de setembro. A vice-governadora, por sua vez, se ausentará do Estado em razão de uma viagem de ordem pessoal ao exterior.

    “Fico muito tranquila, assim como o governador Paulo Câmara, em passar o cargo para o comando do presidente da Assembleia Legislativa. Isso demonstra a harmonia existente no Estado entre os poderes. Fui a primeira mulher a assumir o Governo de Pernambuco, e agora Simone Santana é a primeira mulher a assumir a Assembleia. As duas situações são muito simbólicas e só reforçam que a mulher pode chegar onde ela quiser”, destacou Luciana Santos.

    “Espero que com a experiência do poder legislativo, em harmonia com o Governo do Pernambuco, eu possa dar continuidade, nesses próximos dias, ao que vem sendo feito no Estado pelo governador Paulo Câmara”, pontuou o governador em exercício, Eriberto Medeiros.

    Fotos: Heudes Régis/SEI

    Assuntos: sei, paulo camara, luciana santos, transmissao de cargo, governador em exercicio
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sistema de Esgotamento Sanitário de Itapetim começa a funcionar em setembro

     compesa

    Ampliar os índices de cobertura de esgoto em Pernambuco tem sido um grande desafio para o Governo Paulo Câmara. Várias obras estão em execução, por todo o Estado, a exemplo da cidade de Itapetim, no Sertão do Pajeú, cuja primeira etapa do sistema de esgotamento sanitário começará a ser testada, dentro de 15 dias, pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Estão sendo realizados agora os últimos ajustes no sistema implantado, que recebeu o investimento de R$ 12 milhões, recursos do governo do estado provenientes de empréstimo com a Caixa/FGTS e Compesa, e beneficiará 10 mil pessoas nos bairros de São José, Santo Antônio e Centro, população que corresponde a 60% da cidade.

    A primeira etapa do sistema é composta por cerca de 15 Km de rede coletora de esgoto, duas estações elevatórias de esgoto (sistema de bombeamento) e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A ETE terá capacidade para tratar 18 litros de esgoto, por segundo. “Essa obra vai melhorar a qualidade de vida da população e evitar a proliferação de doenças, além de ser uma importante ação que contribui para a revitalização do Rio Pajeú”, afirma a presidente da Compesa, Manuela Marinho.

    Está prevista, ainda neste ano, o início da segunda etapa da obra de esgotamento sanitário para contemplar os 40% restantes da cidade de Itapetim com serviços de coleta e tratamento de esgoto. Nessa próxima fase, estima-se que serão aplicados mais de R$ 3 milhões para beneficiar mais 4,5 mil pessoas. Ao final da segunda etapa, todo o sistema de esgotamento sanitário de Itapetim contará com mais 30 Km de rede rede coletora, uma ETE e três estações elevatórias de esgoto (sistema de bombeamento).

    Cidades: Itapetim
    Assuntos: seinfra, compesa, esgotamento sanitario
    Compartilhe: Link para o post:
  • Oficinas encerram programação do Seminário Regional de Ouvidorias

     scge

    O segundo e último dia do Seminário Regional de Ouvidorias – Nordeste, promovido numa parceria entre a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), foi marcado pela realização de cinco oficinas temáticas. Cerca de 350 pessoas participaram da atividade, que abordou os assuntos Assédio moral e sexual no ambiente de trabalho, Simplificação e Carta de Serviço, Criação e implementação de ouvidorias municipais e Tratamento de denúncias.

    Para Jucilene Paulo, ouvidora adjunta da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), o seminário possibilitou uma intensa troca de experiência com outros ouvidores e pessoas de áreas correlatas. “Foi um momento muito rico de aprendizado e debates. Hoje participei da oficina sobre assédio, um tema muito polêmico e empolgante, onde pudemos compartilhar informações relevantes para o trabalho que realizamos em nosso estado de origem”, comentou.

    Já Edson Fausto, ouvidor-geral da Prefeitura Municipal de Porto de Pedras, em Alagoas, disse estar muito satisfeito com toda a programação do encontro. “Aprendi bastante com as palestras e achei muito proveitoso quando abordaram a questão da implantação das ouvidorias municipais, já que esse é o caso da nossa cidade que está iniciando nesse caminho”, avaliou o gestor, que ainda participou da oficina sobre Simplificação e Carta de serviço. “Parabéns aos organizadores do evento. Foram dois dias de um conteúdo muito bem compartilhado por todos os profissionais”.

    A secretária da SCGE e ouvidora-geral de Pernambuco, Érika Lacet, comemorou o sucesso do primeiro seminário regional. “Essa parceria com a CGU é estratégica e, com certeza, vem trazendo ótimos frutos para nosso Estado. Eventos como este nos colocam em contato com pessoas de vários estados brasileiros, aumentam nosso network e colaboram com a ampliação do  conhecimento da temática de participação e controle social. Foi uma alegria imensa ter todas essas pessoas aqui, o que demonstra que cada dia mais é reconhecido o relevante papel das ouvidorias públicas”, disse.

    REUNIÃO – Depois da conclusão da programação do seminário, acontece amanhã (12), a 2ª Reunião Ordinária da Rede Nacional de Ouvidorias, da qual a Ouvidoria-Geral do Estado (OGE/SCGE) é integrante do Conselho Diretivo. Ainda fazem parte do conselho, representantes da Controladoria-Geral da União (CGU), Distrito Federal, Ceará, Amazonas e Rondônia.
    Assuntos: scge, seminario regional
    Compartilhe: Link para o post:
  • Lançado um novo curso: “Estratégias de Liderança Inovadora e Transformadora”

    | Administração

     sad

    Secretaria de Administração, por meio do Cefospe, abriu inscrições para esta nova capacitação 

    Buscando sempre novas temáticas na área de Educação Corporativa, a Secretaria de Administração (SAD), por meio do Cefospe, lança o novo curso “Estratégias de Liderança Inovadora e Transformadora”. As inscrições para esta nova capacitação já estão abertas por meio do site: www.cefospe.pe.gov.br.

    Durante a capacitação os alunos irão analisar os desafios e pensar soluções inovadoras de liderança transformadora desejáveis e viáveis de forma dinâmica, criativa e colaborativa para a gestão pública. O curso acontece entre os dias 18 e 20 deste mês, com 16 horas/aula, das 8h30 às 17h. Neste período serão trabalhadas as teorias contemporâneas de liderança, além dos conceitos e estilos de liderança.

    Assuntos: sad, cefospe, curso, educacao corporativa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Curso do Horta em Todo Canto atende jovens de mais duas unidades da Funase

    | Social, Juventude

     funase

    Formação, realizada no IPA, contempla noções sobre agricultura orgânica e segurança alimentar, que podem ser replicadas nos ambientes de cumprimento de medida socioeducativa

    Adolescentes de mais duas unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) estão inseridos no curso de horticultura orgânica do Programa Horta em Todo Canto, do Governo do Estado. A formação profissionalizante é ofertada semanalmente no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), no Recife. A atividade tem como aspecto positivo o estímulo para que os alunos repliquem as experiências vivenciadas em sala de aula nos seus ambientes de cumprimento de medida socioeducativa, o que torna a sustentabilidade e a busca por um mundo melhor como elementos pedagógicos importantes no processo de reinserção social.

    O curso tem uma carga horária de 32 horas/aula e contempla noções sobre agricultura orgânica, composição do solo, material de plantio, preparo de mudas e segurança alimentar. A turma tem estudantes de várias instituições. A Funase está participando com cinco adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Vitória de Santo Antão, na Mata Sul do Estado, e um socioeducando e uma agente socioeducativa da Casa de Semiliberdade (Casem) Rosarinho, no Recife. Desde 2017, o projeto também já beneficiou adolescentes da Casem Areias, do Case Santa Luzia, do Case Abreu e Lima e do Case/Cenip Arcoverde.

    No Case Vitória de Santo Antão, frequentemente atendido pela parceria entre a Funase e o IPA, cursos como esse têm ajudado a consolidar a vocação do lugar como espaço de relação com o meio ambiente. Uma parte do terreno da unidade, por exemplo, conta com uma horta mantida pelos socioeducandos, com a ajuda de instrutores, como prática profissionalizante. Produtos colhidos no local são distribuídos na região e na sede da Funase, no Recife. O Case Vitória de Santo Antão também é a primeira unidade socioeducativa do Estado a contar com um viveiro florestal instalado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

    “Essa experiência é diferenciada, sobretudo, quando observamos além do aspecto formal do aprendizado de uma competência. Os socioeducandos envolvidos estão tendo vivências, estão praticando o exercício de cuidar de uma vida. Estamos ensinando valores”, destacou o coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando de Albuquerque, que, no início do ano, articulou a entrega de um registro de elogio da instituição para o IPA devido às ações realizadas pela socioeducação.

    Na Casem Rosarinho, a outra unidade atendida pela turma atual da parceria Funase/IPA, o impacto também tem sido muito positivo. “Já após o primeiro dia de aula, percebemos um comportamento diferenciado do adolescente. Pode ser que ele nunca plante nada na terra, mas o curso já vai fazer diferença na vida dele, porque ele está aprendendo uma série de coisas, tendo uma série de experiências. E a agente socioeducativa que está participando também está gostando muito. É algo que valoriza essa profissional e que será replicado por ela em seu ambiente de trabalho”, avaliou a coordenadora geral da Casem Rosarinho, Elizabete Nunes.

    Imagens: Arquivo/Funase
    Assuntos: sdscj, funase, capacitacao, horticultura organica
    Compartilhe: Link para o post:
  • Gestor da SCGE participa de congresso sobre compliance em SP

     scge

    Durante três dias, o gestor governamental da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) Mateus Brito participou de um dos principais eventos sobre auditoria, riscos e compliance no Brasil. O IV Congresso Integra e II Compliance Across America ocorreu de 5 a 7 de setembro, em São Paulo, onde reuniu profissionais do Brasil e de outros países para discutir a cultura da ética e da integridade. O objetivo foi promover o intercâmbio de informações e experiências nas áreas de compliance, gestão de risco, governança corporativa e auditoria, além de capacitar e incentivar pessoas e empresas para a cultura da conformidade.

    Para Mateus, é sempre importante atualizar e adquirir conhecimentos a respeito das principais ferramentas e técnicas de governança e integridade que estão sendo utilizadas no cenário mundial atualmente. “Com certeza o que trouxe do evento vai me auxiliar nas atividades profissionais, tais como: construção do Plano de Integridade da SCGE, avaliação dos programas das empresas no âmbito do Processo Administrativo de Responsabilização (PAR) e a coordenação e difusão da cultura de compliance nos demais órgãos do Poder Executivo Estadual, auxiliando-os na construção de seus respectivos programas”, destacou o gestor.

    Segundo os organizadores, o congresso foi o maior sobre compliance já realizado na América Latina, tendo a participação de profissionais, além do Brasil, da Europa, Estados Unidos e alguns países da América do Sul, como Argentina e Peru.
    Assuntos: scge, congresso sobre confliance
    Compartilhe: Link para o post: