meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Semana Nacional do Trânsito 2020: DETRAN-PE realiza ação em Porto de Galinhas

     semana


    Dentro das ações da Semana Nacional do Trânsito – SNT, realizada anualmente sempre de 18 a 25 de setembro, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, em parceria com o batalhão de polícia rodoviária -BPRV e com a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes - AMTTRANS realizou hoje (20), em Ipojuca, mais precisamente na Vila de Porto de Galinhas, ação de conscientização sobre o risco da mistura fatal de álcool e direção. O tema da SNT 2020, definido pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran, é “Perceba o risco. Proteja a vida”, chamando a atenção sobre os perigos no trânsito.

    Segundo o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Roberto Fontteles, estamos cumprindo as medidas de isolamento social para o enfrentamento ao Covid-19, seguindo todas as determinações do decreto do Governo de Pernambuco, no sentido de evitar aglomerações com foco no distanciamento social, agentes de trânsito e técnicos de educação do Órgão realizaram abordagens à motoristas e motociclistas, quando foi realizada mini palestra, no modelo drive thru, por representantes da educação da Lei Seca, alertando as consequências de dirigir fazendo uso de álcool, além da distribuição de máscara e álcool 70%, em parceria com a Secretaria de Políticas de Prevenção a Violência e às Drogas – SPVD-PE, e da Central Única das Favelas – CUFA”.

    Fontelles lembra ainda que, foram preparados filmes com formato digital, que estão sendo veiculados no site do DETRAN-PE e em mídias sociais com postagens educativas, conscientizando e informando. Já no Instagram da Escola Pública de Trânsito (@eptdetranpe), serão realizadas lives, abordando temas de relevância para se ter um trânsito mais seguro para todos, como mecânica básica e primeiros socorros.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Balcão de Direitos aportará no próximo sábado (26) em Paulista

     Balcão de direitos | foto: Ray Evllyn/SJDH

    Os interessados para os serviços deverão realizar o agendamento no site do PE Cidadão

    Com o objetivo de promover cidadania, que o programa Balcão de Direitos, vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), estará no próximo sábado (26), na ação do Governo Presente, com serviços para a emissão gratuita de segundas vias de certidões de nascimento, casamento e óbito. Para participar, os interessados deverão realizar o agendamento no  https://pecidadao.pe.gov.br/#/agendamento . A ação será realizada na Escola de Referência Professor José de Alencar, localizada na Rua Cinquenta e Dois, nº 510, Maranguape I, Paulista, Região Metropolitana do Recife, das 8h às 12h. .

    A atividade atende todas as medidas de prevenção estabelecidas pelo Governo de Pernambuco, no combate ao novo coronavírus, tais como: será obrigatório o uso de máscara, distanciamento social, disponibilização de álcool 70%, medição da temperatura, frequente higienização do ambiente, dentre outros.

    “O Governo de Pernambuco está sensível às necessidades da população e retomando suas atividades gradativamente, com todo o cuidado necessário. Para continuar avançando precisamos contar também com o apoio da população”, salienta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.  

    No dia da ação, a população que optar pelo atendimento de certidões de nascimento, casamento e óbito deverá comparecer ao local de posse do documento antigo ou de identidade, original ou xerox. Na ocasião, também serão realizados serviços para certidão negativa de roubos e furtos de veículos, seguro desemprego, emissão de carteira de identidade 1ª e 2ª vias (sendo a 1ª via gratuita e a partir da 2ª será preciso pagar uma taxa), atendimento com a Compesa, Procon-PE, Detran, orientação ao empreendedor, recebimento da carteira de trabalho e outros.

    Serviço:

    Data: 26/09/2020

    Local: Escola de Referência Professor José de Alencar

    Endereço: Rua Cinquenta e Dois, n° 510, Maranguape I - Paulista

    Horário: 08h às 12h


    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • CPRH lança Projeto Fauna Livre

    fauna
    Na Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), a equipe de Educação Ambiental trabalha um projeto que "é o bicho": é o  Fauna Livre.  Lançado em 2018  com o propósito de promover a informação  sobre a importância dos  animais silvestres para o equilíbrio ambiental, o projeto conseguiu que quase 200 animais silvestres criados ilegalmente,  fossem entregues de forma voluntária. 
     
    A equipe trabalha o processo de conscientização com palestras, narração de histórias, encenação teatral, exposição fotográfica  e jogos ambientais.
     
    Assista ao vídeo do Projeto Fauna Livre e divulgue essa ideia sobre os silvestres: animal lindo é animal livre.
     
    Clique AQUI para acessar o vídeo.
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • SERVIDORES QUE INSPIRAM | Fabrícia e o sonho de vestir a farda da Polícia Militar

    logo

    fabricia

    * por Marcionila Teixeira

    Fabrícia Soares tinha 15 anos quando percebeu possibilidades mais felizes à sua volta. Aconteceu em uma sala de aula de uma escola pública, a Maria do Carmo Pinto Ribeiro, no bairro de Jardim Paulista, município de Paulista, Região Metropolitana do Recife. Na época, Fabrícia cursava o ensino médio. Assim como os demais estudantes, conhecia a preocupação da comunidade escolar com o tráfico de drogas no entorno. Era preciso uma ação transformadora e urgente. Algo que atraísse os jovens para dentro dos muros escolares. Do lado de fora, os riscos eram altos. A própria adolescente vivenciou a perda de colegas para a criminalidade. 

    A transformação em Fabrícia se deu quando ela ouviu a fala da policial militar Rosinete Viana, do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, o Proerd, da Polícia Militar de Pernambuco. A iniciativa busca, até hoje, desenvolver uma cultura de paz dentro das escolas. Ao longo de um minicurso, PMs capacitados falam sobre prevenção ao abuso de drogas entre crianças e adolescentes. Famílias, professores e toda a comunidade escolar são  convidados a se envolverem no processo. Os PMs participantes são voluntários.

    “Sempre admirei a profissão de policial militar. Mas, na época, vivia uma insegurança comum aos adolescentes. Pensava que nunca teria condições de entrar na corporação. Minha família era simples, meus pais eram autônomos. Mas quando vislumbrei aquela mulher PM na sala de aula, encarando aquele papel como uma profissional, pensei: isso é possível para mim.” Há nove anos, Fabrícia prova os resultados dessa possibilidade. Fez pedagogia, passou em um concurso da PMPE e segue soldada desde então. Também inspira outros jovens.

    Aos 36 anos, integra a Gerência de Prevenção e Articulação Comunitária (Gpac), ligada à Secretaria de Defesa Social. Lá estão concentrados projetos como o Proerd, onde tornou-se instrutora. Durante o curso de capacitação para atuar no programa, Fabrícia reencontrou a mulher que lhe inspirou, a policial Rosinete. Se apresentou. Agradeceu.

    Em sala de aula, Fabrícia também alimenta os próprios sonhos. Pensa que os jovens podem se espelhar em escolhas mais positivas. Gosta quando encontra brilho nos olhos dos alunos. Também percebe a necessidade de uma polícia amiga nas comunidades. Que dá a mão e orienta. “Uso meu exemplo em sala de aula. Mostro que é possível mudar rumos. Muitos até pedem para me seguir nas redes sociais”, conta.

    A soldada Fabrícia também gosta de visualizar perspectivas. “Quem sabe um dia eu também não tenha esse aluno que vai se tornar um irmão de farda, alguém que eu possa inspirar para seguir o caminho do bem?”. Sementes plantadas também precisam ser regadas, pensa a policial. Pela escola, pela família e por toda a sociedade.

    Na quinta-feira (10), Fabrícia entregou ao governador Paulo Câmara um kit contendo placa comemorativa pelos 20 anos do Proerd, além de bolo e uma máscara. No período, 748.352 estudantes foram impactados pelo programa. O dia 29 de agosto foi instituído pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), através da Lei nº 13.760, como o Dia Estadual do Proerd.

    Gov

    Assuntos: Servidores que Inspiram, PMPE
    Compartilhe: Link para o post:
  • Produtos confeccionados por socioeducandos da Funase voltam a ser expostos no Caruaru Shopping

    funase 

    Estande ficará montado até o dia 4 de outubro nos corredores do centro de compras. Peças foram produzidas por jovens da Casem Caruaru em oficinas que trabalham o lado artístico e empreendedor 

    Peças artesanais produzidas por adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) voltaram a ser expostas na Feira Livre Cultural, do Caruaru Shopping, no Agreste do Estado. Itens como chaveiros, camas para cachorro, adegas, porta copos, jarros feitos com sisal, centro de mesa e sousplats são algumas peças do catálogo que poderão ser encontradas até o dia 4 de outubro, das 10h às 22h, no estande da instituição. Com a retomada gradual das atividades econômicas no Estado, a expectativa é de que os produtos vendidos contribuam com a manutenção das oficinas realizadas na Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru e incentivem novas formas de empreender e de trabalhar com a criatividade, por meio do artesanato.

    Os preços podem variar de R$ 2 a R$ 150, dependendo do produto e da forma como ele foi confeccionado. A renda é revertida para a compra de materiais para a confecção de novos itens artesanais e também é direcionada aos adolescentes participantes das oficinas de produção dentro da Casem Caruaru. O espaço onde fica o estande da Funase vem atendendo todos os protocolos de saúde e de combate à Covid-19. Nas mesas, além dos produtos, o público encontrará álcool em gel para a limpeza das mãos e as peças devidamente higienizadas. Os funcionários estarão utilizando máscaras de proteção e respeitando o distanciamento social. A parceria da Funase com o Caruaru Shopping existe há cerca de dois anos e vem ajudando na transformação de vida de adolescentes atendidos pelo sistema socioeducativo no município.

    “Estamos voltando com as atividades no Caruaru Shopping depois de seis meses parados por conta da pandemia. Fico feliz em saber que o shopping renovou a nossa parceria e abriu as suas portas para que o trabalho realizado na Casem Caruaru fosse exposto em suas instalações. Tudo isso é resultado de um trabalho feito em equipe, desde a realização das oficinas artesanais na unidade, até a venda dos produtos. Os itens estão lindos e, em breve, vamos trazer novidades para a nossa exposição. Vale a pena o público conferir e estimular o trabalho desses jovens”, afirma a coordenadora geral da Casem Caruaru, Anabel Brandão.

    No mesmo sentido, a coordenadora técnica da Casem Caruaru, Sileide Moreira, reforça a importância das oficinas na unidade para o cumprimento da medida socioeducativa dos adolescentes. “As oficinas estão abrindo ainda mais a mente dos nossos socioeducandos. A qualificação profissional, sem dúvidas, é um caminho para quem quer mudar de vida. Fico feliz em ver que os meninos estão gostando das nossas atividades e que a parceria com o Caruaru Shopping continua”, explica.

     

    SERVIÇO

    Estande da Funase na Feira Livre Cultural

    Data: até 4 de outubro de 2020

    Horário: das 10h às 22h

    Local: Caruaru Shopping – Rua Adjar da Silva, 800 – Indianópolis, Caruaru-PE

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • BOLETIM COVID-19 - COMUNICAÇÃO SES-PE

     
    Sábado, 19/09/2020
     
     

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste sábado (19.09), 807 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 42 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 765 (95%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar. Agora, Pernambuco totaliza 141.042 casos confirmados, sendo 26.032 graves e 115.010 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

     

    Além disso, o boletim registra um total de 122.512 pacientes recuperados da doença. Destes, 16.106 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 106.406 eram casos leves.

    Também foram confirmados laboratorialmente 33 óbitos (sendo 20 do sexo masculino e 13 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Belém de Maria (1), Cabo de Santo Agostinho (5), Cachoeirinha (1), Camaragibe (2), Caruaru (2), Cedro (1), Custódia (1), Gameleira (1), Igarassu (1), Jurema (1), Olinda (1), Paulista (1), Primavera (1), Recife (10), Sanharó (1), São Lourenço da Mata (1), Tabira (1) e Triunfo (1). Com isso, o Estado totaliza 8.004 mortes pela doença.

    As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 23 de abril e 18  de setembro. Do total de mortes do informe de hoje, 4 (12%) ocorreram nos últimos três dias, sendo uma na sexta-feira (18/09) e três em 16/09. Os outros 29 registros (88%) ocorreram entre os dias 23/04 e 14/09.

    Os pacientes tinham idades entre 39 e 85 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (3), 50 a 59 (4), 60 a 69 (9), 70 a 79 (12), 80 anos ou mais (4). Dos 33 pacientes que vieram a óbito, 10 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (4), doença neurológica (3), câncer (2), doença de Chagas (1), doença respiratória (1) e tabagismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

     

    Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 21.585 casos foram confirmados 35.323 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

     

    TRANSPLANTES - Entre janeiro e agosto deste ano, foram realizados 511 transplantes de órgãos e tecidos em Pernambuco. O quantitativo é 52,8% menor que o mesmo período de 2019, quando foram feitos 1.082. A queda está diretamente relacionada à pandemia da Covid-19, já que, durante os meses mais críticos da doença, alguns programas passaram a fazer o procedimento apenas nos casos de urgência. Além disso, o contato com os familiares para autorização do ato ficou comprometido com a nova realidade do ambiente hospitalar.

     

    Para reforçar com os pernambucanos a importância da doação de órgãos e tecidos e tirar dúvidas da população, a Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE) realiza, às 20h da segunda-feira (21/09), live pelo instagram.com/saude_pe com a coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes, e coordenadora da Educação Permanente da CT-PE, Jackeline Diniz. Já na quarta (23/09) e quinta-feira (24/09), ocorre o Encontro Nordeste Transplantes 2020, evento on-line com acesso apenas para aqueles que fizerem a inscrição, gratuita. As ações celebram o Dia Nacional de Doação de Órgãos (27/09).

     

    "Com a pandemia do novo coronavírus, as visitas aos pacientes e permanência dos acompanhantes nas unidades ficaram restritas, dificultando o contato das Organizações de Procura de Órgãos e das Comissões Intra-Hospitalares de Doação com os familiares. Estamos nos reinventando neste momento para fazer essa interlocução de forma remota, acolher e passar as informações necessárias para que o indivíduo tenha o direito de se tornar um doador garantido. Além disso, precisamos chamar a atenção da população para o tema constantemente, esclarecendo como funciona o processo da doação, autorização e, principalmente, combatendo as fake news e os mitos que rodeiam o tema. A doação de órgãos e tecidos no Brasil segue critérios rígidos para garantir a segurança de todos os envolvidos e, principalmente, para dar uma chance de uma qualidade melhor de vida aqueles que estão na fila de espera por um sim", afirma a coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes. 

     

    A doação de órgãos sólidos (coração, fígado, rim, pâncreas), além de tecidos (córnea), pode ser efetivada quando há a morte encefálica do potencial doador. Isso significa que o cérebro do paciente perdeu a capacidade de comandar as funções do corpo, como consequência de uma lesão conhecida e comprovada. O quadro é irreversível e diagnosticado e comprovado por uma série de exames, de acordo com norma do Conselho Federal de Medicina (CFM). "A morte encefálica é a morte do paciente. As funções vitais do corpo podem ser mantidas por aparelhos, inclusive para possibilitar a doação, mas não há nada mais que possa ser feito para reverter o quadro. Reforço que todo o processo segue protocolos rígidos e que são equiparados às regras dos principais países transplantadores", frisa Noemy. Ela ainda lembra que quando há a parada do coração, é possível doar as córneas.

     

    "Pernambuco é referência no Norte e Nordeste quando se trata de transplantes. Nós temos importantes serviços que atendem não só os pernambucanos, mas pessoas de diversos Estados, mostrando que o SUS não tem fronteiras e está pronto para atender a todos. Apesar de estarmos vivendo a mais grave crise de saúde pública dos últimos cem anos, não podemos deixar esse tema tão importante de lado. O assunto precisa fazer parte das nossas conversas com os familiares para que eles saibam do nosso desejo de doar, ajudando e facilitando essa decisão. Esse é um ato nobre, que salva e muda a realidade daqueles que precisam da doação de um órgão ou tecido para ter uma nova vida", pontua o secretário estadual de Saúde, André Longo.

     

    ENCONTRO NORDESTE - O Encontro Nordeste Transplantes 2020, iniciativa dos 9 Estados da região para debater o tema, será on-line e ocorre entre as 18h e 22h em ambos os dias. Os profissionais de saúde e estudantes interessados precisam fazer a inscrição pelo www.eventoweb.me/abto. Entre os temas abordados, a situação do programa de transplantes brasileiro e as expectativas e o impacto da pandemia da Covid-19 na área. As palestras serão feitas por representantes do Sistema Nacional de Transplantes (SNT) e de programas de transplantes de Estados como Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte e Pernambuco.

     

    DADOS - Entre janeiro e agosto, foram realizados 511 transplantes em Pernambuco. Foram 208 de córnea (500 em 2019 || diminuição de 58%), 129 de medula óssea (165 em 2019 || - 22%), 101 de rim (255 em 2019 || - 60%), 47 de fígado (106 em 2019 (- 56%), 14 de coração (35 em 2019 || - 60%) e 1 de rim/pâncreas (6 em 2019 || - 83%), além de 11 de válvula cardíaca (15 em 2019 || - 27%).

     

    Mesmo com a pandemia, os transplantes de fígado, coração e medula óssea foram mantidos. Já os de rim, em  uma decisão colegiada dos centros transplantadores e o Estado, foram temporariamente suspensos, já que o paciente tem um tratamento substitutivo (hemodiálise). Contudo, eles já foram retomados desde a segunda quinzena de julho. Os procedimentos eletivos de córnea continuam parados por decisão do Ministério da Saúde (casos de urgência continuaram sendo realizados). Já a fila de espera conta com 1.455 pacientes, sendo 1.160 aguardando um rim, 130 fígado, 97 córnea, 39 medula óssea, 16 rim/pâncreas e 13 coração.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara prestigia primeira competição de natação do Brasil pós-isolamento

     natacao1

    Respeitando todos os protocolos sanitários, o evento reuniu cerca de 185 atletas de dez estados 

    O governador Paulo Câmara esteve, na manhã deste sábado (19), no Parque Aquático do Centro Esportivo Santos Dumont, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, para prestigiar a primeira competição de natação do Brasil pós-isolamento. O Torneio Interestadual Federação Aquática Pernambucana (FAP/PE) 2020 contou com disputas em todas as categorias, desde o pré-mirim ao sênior. Participaram do evento 10 estados (Pernambuco, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, São Paulo, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte), contabilizando cerca de 185 atletas. Destes, aproximadamente 100 representaram Pernambuco na disputa.

    "Estou muito feliz de estar aqui no Santos Dumont, vendo a primeira competição de natação em nível brasileiro acontecendo em Pernambuco. Todos os protocolos sanitários estão sendo cumpridos. A Federação Pernambucana, que organizou esse evento, está de parabéns. A gente vê os atletas fazendo bons tempos, o que mostra, realmente, que a natação pernambucana e brasileira, está no caminho certo e, com certeza, vai gerar muitos frutos no futuro", afirmou Paulo Câmara, que esteve acompanhado do secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amancio.

    natacao2

    Respeitando as determinações do Governo do Estado e do Protocolo Geral de Esportes, a arquibancada do local não teve público, sendo restrito o acesso apenas para os atletas e seus treinadores. "É a primeira competição no Brasil pós-pandemia, então todos os cuidados estão sendo tomados, como entrega de máscaras, álcool em gel, higienização das áreas comuns e distanciamento social. Estamos seguindo os protocolos da Confederação Brasileira, alinhados aos protocolos do Estado. Esse cuidado e esse respeito são fundamentais", explicou o secretário executivo de Esportes, Diego Pérez.

    Beatriz Bezerra, integrante do Time PE e campeã do sul-americano escolar e brasileiro infantil, marcou presença no evento e falou sobre a expectativa em voltar a competir. "Foram seis meses sem competição, mas a estrutura de hoje está perfeita, tomando todos os cuidados e passando segurança. O dia está sendo um teste pra medir o rendimento depois de tanto tempo, mas acima de tudo é um momento de se divertir e voltar a sentir a adrenalina da competição", contou.

    natacao3
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • INFORME SES-PE - COVID-19 - SÁBADO, 19.09.2020

     

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste sábado (19.09), 807 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 42 (5,2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 765 (94,8%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar. Agora, Pernambuco totaliza 141.042 casos confirmados, sendo 26.032 graves e 115.010 leves.

    Também foram confirmados 33 óbitos, ocorridos desde o dia 23 de abril. Do total de mortes do informe de hoje, 4 (12%) ocorreram nos últimos três dias, sendo uma na sexta-feira (18/09) e três em 16/09. Os outros 29 registros (88%) ocorreram entre os dias 01/05 e 14/09.

    Com isso, o Estado totaliza 8.004 óbitos pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

    --

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Central de Transplantes PE faz live na segunda (21/09) para tirar dúvidas sobre doação de órgãos

    transplante 
    Estados do Nordeste ainda realizam série de palestras on-line, com inscrições gratuitas, dias 23/09 e 24/09


    Entre janeiro e agosto deste ano, foram realizados 511 transplantes de órgãos e tecidos em Pernambuco. O quantitativo é 52,8% menor que o mesmo período de 2019, quando foram feitos 1.082. A queda está diretamente relacionada à pandemia da Covid-19, já que, durante os meses mais críticos da doença, alguns programas passaram a fazer o procedimento apenas nos casos de urgência. Além disso, o contato com os familiares para autorização do ato ficou comprometido com a nova realidade do ambiente hospitalar.

    Para reforçar com os pernambucanos a importância da doação de órgãos e tecidos e tirar dúvidas da população, a Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE) realiza, às 20h da segunda-feira (21/09), live pelo instagram.com/saude_pe com a coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes, e coordenadora da Educação Permanente da CT-PE, Jackeline Diniz. Já na quarta (23/09) e quinta-feira (24/09), ocorre o Encontro Nordeste Transplantes 2020, evento on-line com acesso apenas para aqueles que fizerem a inscrição, gratuita. As ações celebram o Dia Nacional de Doação de Órgãos (27/09).

    "Com a pandemia do novo coronavírus, as visitas aos pacientes e permanência dos acompanhantes nas unidades ficaram restritas, dificultando o contato das Organizações de Procura de Órgãos e das Comissões Intra-Hospitalares de Doação com os familiares. Estamos nos reinventando neste momento para fazer essa interlocução de forma remota, acolher e passar as informações necessárias para que o indivíduo tenha o direito de se tornar um doador garantido. Além disso, precisamos chamar a atenção da população para o tema constantemente, esclarecendo como funciona o processo da doação, autorização e, principalmente, combatendo as fake news e os mitos que rodeiam o tema. A doação de órgãos e tecidos no Brasil segue critérios rígidos para garantir a segurança de todos os envolvidos e, principalmente, para dar uma chance de uma qualidade melhor de vida aqueles que estão na fila de espera por um sim", afirma a coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes.  

    A doação de órgãos sólidos (coração, fígado, rim, pâncreas), além de tecidos (córnea), pode ser efetivada quando há a morte encefálica do potencial doador. Isso significa que o cérebro do paciente perdeu a capacidade de comandar as funções do corpo, como consequência de uma lesão conhecida e comprovada. O quadro é irreversível e diagnosticado e comprovado por uma série de exames, de acordo com norma do Conselho Federal de Medicina (CFM). "A morte encefálica é a morte do paciente. As funções vitais do corpo podem ser mantidas por aparelhos, inclusive para possibilitar a doação, mas não há nada mais que possa ser feito para reverter o quadro. Reforço que todo o processo segue protocolos rígidos e que são equiparados às regras dos principais países transplantadores", frisa Noemy. Ela ainda lembra que quando há a parada do coração, é possível doar as córneas.

    "Pernambuco é referência no Norte e Nordeste quando se trata de transplantes. Nós temos importantes serviços que atendem não só os pernambucanos, mas pessoas de diversos Estados, mostrando que o SUS não tem fronteiras e está pronto para atender a todos. Apesar de estarmos vivendo a mais grave crise de saúde pública dos últimos cem anos, não podemos deixar esse tema tão importante de lado. O assunto precisa fazer parte das nossas conversas com os familiares para que eles saibam do nosso desejo de doar, ajudando e facilitando essa decisão. Esse é um ato nobre, que salva e muda a realidade daqueles que precisam da doação de um órgão ou tecido para ter uma nova vida", pontua o secretário estadual de Saúde, André Longo.

    ATUALIZAÇÃO - O Encontro Nordeste Transplantes 2020, iniciativa dos 9 Estados da região para debater o tema, será on-line e ocorre entre as 18h e 22h em ambos os dias. Os profissionais de saúde e estudantes interessados precisam fazer a inscrição pelo www.eventoweb.me/abto. Entre os temas abordados, a situação do programa de transplantes brasileiro e as expectativas e o impacto da pandemia da Covid-19 na área. As palestras serão feitas por representantes do Sistema Nacional de Transplantes (SNT) e de programas de transplantes de Estados como Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte e Pernambuco.

    DADOS - Entre janeiro e agosto, foram realizados 511 transplantes em Pernambuco. Foram 208 de córnea (500 em 2019 || diminuição de 58%), 129 de medula óssea (165 em 2019 || - 22%), 101 de rim (255 em 2019 || - 60%), 47 de fígado (106 em 2019 (- 56%), 14 de coração (35 em 2019 || - 60%) e 1 de rim/pâncreas (6 em 2019 || - 83%), além de 11 de válvula cardíaca (15 em 2019 || - 27%).

    Mesmo com a pandemia, os transplantes de fígado, coração e medula óssea foram mantidos. Já os de rim, em  uma decisão colegiada dos centros transplantadores e o Estado, foram temporariamente suspensos, já que o paciente tem um tratamento substitutivo (hemodiálise). Contudo, eles já foram retomados desde a segunda quinzena de julho. Os procedimentos eletivos de córnea continuam parados por decisão do Ministério da Saúde (casos de urgência continuaram sendo realizados).

    Já a fila de espera conta com 1.455 pacientes, sendo 1.160 aguardando um rim, 130 fígado, 97 córnea, 39 medula óssea, 16 rim/pâncreas e 13 coração.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secult-PE segue realizando Encontros Lab e reuniões com gestores sobre a Lei Aldir Blanc


    Mais de mil profissionais da cultura, entre gestores municipais, representantes de comissões setoriais e demais trabalhadores do setor, participaram de uma das 20 edições da iniciativa 

    Além dos canais de atendimento ao público para retirada de dúvidas sobre a Lei Aldir Blanc, o Encontro LAB PE é mais uma ação da Secretaria de Cultura no sentido de prestar assistência ao público em geral e aos municípios sobre a Lei. No último mês, a iniciativa teve 20 edições, e reuniu mais de mil profissionais da cultura nos debates que acontecem pela internet. Na próxima segunda-feira (21), a ação terá como tema “- Como solicitar a renda emergencial da Cultura?”. A programação segue até a sexta-feira (25), com outros encontros (Confira a agenda abaixo). 

    Com o lançamento do formulário de solicitação da renda emergencial da Lei Aldir Blanc em Pernambuco, na última segunda-feira (14), alguns temas debatidos desta semana foram “Construindo editais para a Lei Aldir Blanc” e “Como solicitar a renda emergencial da Cultura”. Já na quinta (17) e sexta-feira (18), foi a vez da ação ser voltada para as linguagens de Artesanato, Gastronomia, Cultura Popular e Patrimônio Imaterial.
     

    Já os primeiros encontros, por exemplo, abordaram detalhes de como os trabalhadores poderão acessar os benefícios da lei; o que os municípios precisam fazer para acessar os benefícios; e como funcionará o Cadastro por meio do Mapa Cultural de Pernambuco; entre outros. O birô de atendimento também abriu espaço para diálogos com outras setoriais das linguagens culturais, como Música, Audiovisual e Artes Visuais, entre outras. 

    Dentre o público, participam dos Encontros Lab gestores municipais, conselheiros e conselheiras de cultura, representantes de comissões setoriais e demais profissionais do setor, divididas em temáticas ou linguagens artísticas. A iniciativa será realizada durante toda a execução da Lei Aldir Blanc em Pernambuco.

     

    COMO PARTICIPAR - Quem quiser participar dos Encontros Lab, que acontecem sempre das 14h às 16h, via Google Meet, basta preencher o formuláriodisponível aqui e sinalizar o dia/tema que deseja debater. O link de acesso às salas será disponibilizado via e-mail, até às 14h. As inscrições devem ser feitas até às 13h de cada dia, para ter acesso à sala. 

    REUNIÕES COM GESTORES - Outra reunião importante promovida pela Secult-PE foi a primeira capacitação voltada para o Mapa Cultural de Pernambuco na execução da Lei Aldir Blanc pelos municípios do Estado, realizada na última quarta-feira (16).

    Participaram do encontro cerca de 90 gestores municipais de todas as regiões de Pernambuco, que assistiram a um passo a passo sobre a solicitação da Renda Emergencial para a mobilização dos profissionais da cultura das suas cidades. Também foi apresentado o ambiente de solicitação do Inciso II da Lei Aldir Blanc (Espaços Culturais) que será executado pelos municípios que vão aderir o Mapa Cultural de Pernambuco na execução da Lei. A expectativa é que o próximo encontro aconteça ainda na segunda quinzena de setembro deste ano. 

    CADASTRO NA LEI ALDIR BLANC - Na última segunda-feira (14), O Governo de Pernambuco iniciou o cadastramento de profissionais, artistas e demais trabalhadores da área de cultura que buscam a Renda Básica Emergencial prevista pela Lei Aldir Blanc. As inscrições ficarão disponíveis até o dia 14 de outubro, e exigem alguns requisitos. O preenchimento do formulário pode ser feito dentro da plataforma Mapa Cultural de Pernambuco, no link  www.lab.mapacultural.pe.gov.br. Saiba mais em www.cultura.pe.gov.br/leialdirblanc.

    CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO ENCONTRO LAB ENTRE OS DIAS 21 E 25 DE SETEMBRO

    Segunda (21)
    - Como solicitar a renda emergencial da Cultura?

    Terça-feira (22)
    - Construindo Editais para a Lei Aldir Blanc

    Quarta-feira (23)
    - Como solicitar a renda emergencial da Cultura?

    Quinta-feira (24)
    - Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca - Lei Aldir Blanc

     Sexta-feira (25)
    - Como solicitar o subsídio aos espaços e coletivos culturais?


    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: