meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • OTS e ORF autuam mais de três mil condutores no mês de Junho

    | Trânsito

    blitz

    As Operações Trânsito Seguro – OTS, e Rota de Fuga – ORT, do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, juntas, durante o mês de junho, abordaram 8.535 veículos em blitzes nas cidades de Recife, Olinda, Paulista, Cabo, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru, Bezerros, Carpina, Gravatá e Goiana, onde a ênfase foi na educação, fluidez e teste de alcoolemia.

    Na ação, que contou com a parceria da Polícia Militar – PM, e do Batalhão de Policiamento de Trânsito – BPTran, foram autuados 3.130 condutores por não uso do cinto de segurança, inclusive no banco traseiro; falar ao celular durante a condução do veículo; não portar Carteira Nacional de Habilitação – CNH, e documento de porte obrigatório (Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo – CRLV); dirigir sob o efeito de álcool; falta de equipamento obrigatório de segurança; e carregar criança sem o uso da cadeirinha. Desses, 447 tiveram o veículo removido para o depósito do Órgão; 385 motoristas tiveram sua CNH recolhida; foram realizados 3.049 teste de alcoolemia, desses 61 condutores que ao realizarem o teste do bafômetro estavam acima do teor permitido.

    A OTS tem como foco infrações do cotidiano, comuns nas ruas e avenidas, sempre garantindo o cumprimento das leis e da fluidez do trânsito. Já a ORT, que foge do modelo convencional de blitz estática e mobiliza as equipe para que os agentes se posicionem estrategicamente, a fim de impedir a evasão dos infratores, tem como objetivo principal coibir a realização de manobras perigosas nas vidas como calçadas, colocando em risco a segurança no trânsito, inclusive dos pedestres.

    De acordo com o diretor presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro, os agentes de trânsito estão nas ruas para garantir aos cidadãos mais tranquilidade.  É importante que cada um faça seu papel e pedimos aos condutores prudência na hora de dirigir e não fazer a mistura fatal que é álcool e direção, porque se for necessário agiremos com coercitividade. “O Detran também está participando da Operação Octopus, disponibilizando agentes de trânsito da ORF e OTS, guinchos, viaturas e motos, sendo parceiro da PM-PE, com foco na diminuição de acidentes e da violência”, destacou Ribeiro.

    Assuntos: secid, detran, fiscalizacao, autuacao, blitzes, educacao no transito, ots, orf
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco inaugura 42ª ETE de Pernambuco, no Cabo de Santo Agostinho

    | Educação
    quadra

    Com um investimento de R$ 9 milhões, a nova unidade oferece os cursos
    de Logística, Hospedagem e Desenvolvimento de Sistemas.

    CABO DE SANTO AGOSTINHO - Visando o fortalecimento do setor educacional do Litoral Sul pernambucano, o governador Paulo Câmara inaugurou, nesta quarta-feira (04.07), a nova Escola Técnica Estadual (ETE) Luiz Alves Lacerda, no Cabo de Santo Agostinho. A estrutura, que recebeu um investimento de R$ 9 milhões, através do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), tem capacidade para atender aproximadamente 1.200 estudantes. O equipamento já é o segundo do modelo implantado no município, que já contava com a ETE Epitácio Pessoa. Com a inauguração de hoje, Pernambuco passa a contabilizar um total de 42 unidades já em funcionamento em Pernambuco. O compromisso do Governo do Estado é finalizar o ano com 50 ETEs.

    “A cada evento de educação a gente fica mais satisfeito. Sabemos que tem muito o que avançar ainda, mas sabemos também que conseguimos chegar em um lugar que poucos acreditavam. Dez anos atrás, tínhamos 6 escolas técnicas. Hoje, já temos 42 funcionando. O presidente da Compesa, Roberto Tavares, se comprometeu a realizar um trabalho junto com as escolas do Cabo, justamente para promover oportunidades de estágio na instituição, visitas técnicas e cursos profissionalizantes. É um conjunto de esforços que faz com que tenhamos a certeza de que esses jovens vão ter um curso de qualidade, uma boa formação e que, através da educação, vão poder fazer a diferença em suas vidas”, destacou o governador.

    A estrutura da nova ETE tem 5.577,39 metros quadrados de área e é composta por 12 salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, espera, diretoria, coordenação, banheiros administrativos (masculino e feminino), biblioteca e sala dos professores. O local contempla, também, laboratórios de informática, ciências e física/matemática; além de cozinha, despensa, área de serviço, departamento de material de limpeza, banheiro de serviço, recreio coberto/refeitório, 4 baterias de banheiro de estudantes (masculino e feminino), 4 banheiros para pessoas com necessidades especiais, quadra coberta tamanho G com vestiário e laboratórios especiais.

    Para o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, as ETEs permitem o desenvolvimento não apenas das atividades regulares do Ensino Médio, mas também do ensino integrado, juntamente com a oferta dos cursos profissionais. “Hoje, já ofertamos mais de 30 cursos nas nossas 42 unidades, variando de escola para escola. Começamos também a ofertar cursos que chamamos de subsequente para alunos que já concluíram o ensino médio; e e o MédioTec, aberto para alunos que estudam em outras escolas. Então, a escola acaba trabalhando com diversas modalidades. E isso faz parte do nosso compromisso de tornar as escolas mais atrativas. Os nossos estudantes têm muita vontade de aprender,  ir para o mercado de trabalho e aplicar o conhecimento teórico na prática do dia a dia”, ressaltou.

    A nova unidade foi elogiada pelo aluno Roberto Barbosa, de 17 anos, do 2º ano do Ensino Médio. O estudante já está cursando o técnico em Logística, e disse estar confiante no sucesso da futura carreira.  “O curso de logística está sendo muito importante para mim, porque ele abrange uma área muito boa do mercado, o que vai me ajudar a conseguir um trabalho. Eu não conhecia a logística, não sabia o que era, soube depois que iniciei o curso. E vi que, a partir dele, apareceram novas áreas para que eu possa me profissionalizar. O Porto de Suape facilita muito, por ser perto daqui e por ter várias oportunidades”, declarou.

    NOVA EREM - Ainda no período da manhã, o governador visitou a Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Pastor José Florêncio Rodrigues, que passou por recentes reformas e ampliação, para atender, aproximadamente, 520 estudantes da comunidade Jardim Santo Inácio, também no Cabo de Santo Agostinho. O investimento foi da ordem de R$ 3 milhões, com recursos do FNDE.

    A EREM tem 2.222,47 metros quadrados de área e é composta por 18 salas de aula, administrativo, cozinha, bateria de banheiros, biblioteca, recreio coberto, auditório, laboratório de ciências e vestiários de alunos.  A unidade conta, ainda, com laboratórios de informática, de química, de matemática/física, de biologia e de línguas; refeitório; sala de educação física; quadra coberta; e hall de espera.
     
    MAIS ÁGUA – Ainda no município, Paulo deu por inaugurado o Sistema de Abastecimento de Água de Itapuama. A obra contou com um investimento de R$ 2 milhões, e já está beneficiando cerca de 2,5 mil habitantes. No local, foram implantados cerca de 10.000 metros de rede de abastecimento de água, variando em diâmetros de 50 mm a 250 mm, além de 500 ligações. Antes da intervenção da Compesa, esta área, na sua maioria, era atendida por poços individuais. Não foram construídos reservatórios ou estações elevatórias, pois a rede implantada foi interligada ao reservatório recém-construído do Paiva, de 200 m3, o que possibilitou a economia no Projeto e o atendimento pleno das ligações de Itapuama, com pressões condizentes a garantia de um abastecimento regular, inclusive nas partes altas da localidade.

    Outra importante ação para o setor foi a assinatura da Ordem de Serviço (OS) para a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água de Vila Pirapama. A intervenção vai contar com aportes da ordem de R$ 1 milhão, beneficiando 20 mil habitantes. A obra contemplará a implantação de 1.900 metros de adutora de 250mm PVC DEFOFO, a partir da adutora do sistema Gurjáu, de 600mm. O objetivo é regularizar a vazão e pressão para a comunidade de Vila Pirapama, o que proporcionará o fornecimento de modo contínuo à comunidade. As obras têm prazo de conclusão de quatro meses.

    O governador também assinou a OS para a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água de Ponte dos Carvalhos, que contará com um investimento de R$ 2,7 milhões. Ao todo, serão beneficiadas 19 mil pessoas. A obra, que tem prazo de conclusão de 14 meses, consiste na ampliação do abastecimento em Ponte dos Carvalhos, através da implantação/substituição de 13 quilômetros de rede, construção de una Torre Piezométrica, construção de três estações elevatórias e 1.336 ligações prediais, ampliando todo o sistema de abastecimento de água da localidade.

    “Por conta do crescimento das cidades, ainda existem redes feitas pela própria comunidade. Mas agora, vamos levar água potável de qualidade, com a pressão e vazão correta na casa de cada cidadão. São investimentos assim que vão melhorando a qualidade de vida do povo de Pernambuco e, hoje, em especial, do povo do Cabo de Santo Agostinho”, registrou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.  

    Estiveram também o secretário executivo da Casa Civil, Gustavo Negromonte; os secretários executivos de Educação, Maria Medeiros (Educação Profissional), Severino Andrade (Coordenação), Micheline Oliveira (Gestão da Rede) e Ednaldo Moura (Administração e Finanças); o ex-secretário executivo de Educação, Paulo Dutra; o gestor da Gerência Regional de Educação (GRE) Metropolitana Sul, Amaro Barbosa; e o gestor da ETE Luiz Alves Lacerda, Jorge de Lima.
    Assuntos: sei, paulo camara, governo de pernambuco, etem escola, see, nova erem, mais agua, investimentos, cabo de santo agostinho
    Compartilhe: Link para o post:
  • Novo Portal da Transparência de Pernambuco impulsiona acessos

    | Administração

    portal

    A nova versão do Portal da Transparência registrou incremento no número de acessos. Desde o seu lançamento, há cinco meses, foram contabilizados 164.762 acessos únicos, e 575.221 mil visualizações de páginas, ou seja, clicks em seções. Em um comparativo com o mesmo período de 2017, o crescimento foi de 61% no quantitativo de acessos, e de 57% nas visitações das páginas. A estimativa era de que, com o novo formato, o número de acessos aumentasse 20%. O Portal da Transparência, coordenado pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), é um importante instrumento de cidadania, que coloca à disposição da sociedade as informações sobre a gestão. O endereço é o www.portaldatransparencia.pe.gov.br.

    A seção de Remuneração se manteve como a mais acessada, seguida por Despesa Detalhada. Para o Secretário da CGE, Ruy Bezerra, o crescimento no número de acessos demonstra que a nova ferramenta atendeu às necessidades do cidadão. “O Portal está moderno, com uma linguagem didática, painéis interativos, o que torna a navegação mais fácil. A ideia era estimular o uso da ferramenta, fazendo com que a sociedade exerça seu direito à cidadania, participando da gestão”, ressaltou Ruy.

    O conteúdo do Portal foi ampliado, disponibilizando uma gama maior de informações gerenciais sobre o funcionamento do Estado. Entre elas destacam-se o de “Servidores Expulsos”, “Fornecedores sancionados”, “Pagamentos”, “Consulta pública de pedidos de acesso à informação”. O portal foi desenvolvido pela equipe técnica da SCGE, utilizando ferramentas livres, de baixos custos de implantação e manutenção.

    HISTÓRICO - Pernambuco é pioneiro na criação do Portal da Transparência. O Portal foi lançamento em 2007, pelo então governador Eduardo Campos. Naquele mesmo ano, foi criada a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado, que assumiu a gestão da ferramenta. Mais tarde, a Lei 131/2009 passou a exigir dos entes federados a liberação em tempo real das informações da execução orçamentária financeira em meio eletrônico, que possibilitem amplo acesso ao público, garantindo a transparência das contas públicas. Ao longo desses 11 anos, o Portal passou por várias reformulações, buscando oferecer um instrumento cada vez melhor para o cidadão, e sempre se destacando no cenário nacional.

    Assuntos: cge, scge, portal da transparencia, acessos, servidores, novo portal
    Compartilhe: Link para o post:
  • Moradores do bairro de Ibura de Baixo recebem ação de Cidadania

    | Direitos Humanos

    Promovido pela SEDH, através do programa de Mediação de Conflitos, a ação acontecerá na próxima quinta-feira (05/07), das 8h às 12h.

    A Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), através do Programa de Mediação de Conflito e junto com o Núcleo de Mediação Comunitário do Ibura de Baixo, realizará uma ação de cidadania, com o objetivo de promover aos moradores da região serviços de saúde, beleza e orientação multidisciplinar. O evento que acontecerá na próxima quinta-feira (05/07), das 08h às 12h, na Associação Amigos do Rio, localizado na Rua Rio da Prata s/n, bairro do Ibura de Baixo, Região Metropolitana do Recife (RMR), contará com a participação do Programa Balcão de Direitos.

    Durante a ação serão ofertados atendimentos de saúde bucal, aferição de pressão, vacinas, retirada de 2ª vias de CPF, certidão de nascimento, certidão de óbito, divórcio, casamento, corte de cabelo, SPA para mãos, rosto, para maiores de 18 anos, além da orientação jurídica, social e psicológica, realizada pela equipe do programa de Mediação de Conflito. Também estarão presentes equipes do Procon- PE e Celpe, com orientação ao consumidor e de negociação, respectivamente. No dia 11/07, a ação retorna ao bairro com exames de prevenção. 

    Os interessados para os atendimentos na área da saúde deverão está munidos com o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e com um documento de identificação; já para as 2ª vias de certidão de nascimento, certidão de óbito, divórcio e casamento, é obrigatório levar a certidão antiga e um documento de identificação, no caso de CPF, é necessário levar o antigo ou o título de eleitor.

    De acordo com a coordenadora do programa, Alessandra Lima, não é apenas um momento de apresentar para a população o núcleo e a sua funcionalidade, mas também de promover cidadania para toda a população da região. “Como o núcleo é um local de referencia para a comunidade, essa ação é fundamental não só como meio para resolução de conflitos, mas também, como possibilidade de acesso a outras políticas públicas”, informa. 

    Programa de Mediação de Conflitos

    O programa, vinculado a Secretária Executiva de Direitos Humanos e a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, tem como atribuição o apoio ao desenvolvimento comunitário na promoção de resolução pacífica de conflitos por intermédio do diálogo. Atualmente o programa é formado por uma equipe multidisciplinar com advogadas, psicólogas, assistentes sociais e a coordenadora. 

    Assuntos: sjdh, sedh, ibura, mediacao de conflitos, cidadania, assistencia social, sus, direitos humanos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fenearte aposta em espaço de proteção para as crianças que frequentam o evento

    | Juventude, Infância

    3d

    A estrutura, com capacidade para atender 80 crianças, vai oferecer atividades educativas e culturais.

    A 19º edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) vai oferecer espaço de proteção para os filhos de artesãos e comerciantes, além das crianças que frequentam a feira. Com capacidade para atender até 80 crianças, a Fenearte Cidadania vai oferecer diariamente programação de atividades culturais e educativas como exibição filmes, apresentações teatrais, oficinas, contação de história. A estrutura, que faz alusão a um circo, vai dispor de sala, estilo trailer, com divisórias e vidros, banheiros, brinquedoteca, espaço para cinema e outros. 

    A proposta foi desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) que vai atuar no espaço com os programas Atenção Redobrada, coordenado pela Executiva de Políticas para Criança e Juventude (Sepcj), e de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), da Executiva de Assistência Social (Seass). De acordo com o gerente de Políticas para Criança e coordenador do Fenearte Cidadania, Macdouglas de Oliveira, o local vai efetivar a política de prevenção social e garantir proteção integral das crianças permitindo o acesso ao lazer e a cultura, pontos que são previstos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). “A importância do espaço de proteção é justamente garantir o direito de crianças e adolescentes em situação vulnerável, ou seja, ele tem a perspectiva de tirar a criança do trabalho infantil e de outras violações de direito”, destaca. 

    Ao todo, 35 profissionais das prefeituras de Olinda e Recife, além dos oficineiros do PETI, que irão desenvolver atividades lúdicas, motoras, cognitivas e criativas sob a ótica do desenvolvimento infantil, elaborar peças de arte com artesãos expositores convidados, realizar passeios assistidos por toda a feira, com o intuito de garantir às crianças o acesso a cultura e lazer, além de construir uma exposição com o que foi trabalhado e desenvolvido na Fenearte Cidadania. O grupo vai ainda cadastrar as famílias e crianças para fazer acompanhamentos necessários pela Rede Socioassistencial, distribuir material e fazer abordagens informativas. 

    Atenção Redobrada
    O programa Atenção Redobrada desenvolve ações de prevenção, articulação, sensibilização e enfrentamento ao trabalho infantil, à exploração sexual, ao consumo e venda de bebidas alcoólicas, a situação de rua e a outras violações dos direitos das crianças e adolescentes.

    Atua com o objetivo de fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos, por meio de campanhas educativas e formações com profissionais de diversas áreas, além de desenvolver Espaços de Proteção nos grandes eventos festivos do Estado. 

    O Programa já alcançou em média 10.000 crianças e obteve o reconhecimento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) como uma das 10 melhores práticas de prevenção ao trabalho infantil.

    PETI
    O PETI é um programa do Governo Federal que tem como objetivo retirar as crianças e adolescentes, de 6 a 16 anos, do trabalho considerado perigoso, penoso, insalubre ou degradante, que coloca em risco a saúde e a segurança das crianças e dos adolescentes.

    O objetivo é proteger as crianças e adolescentes de serem explorados precocemente por qualquer forma de trabalho, contribuindo através de ações socioassistenciais que incluam também as famílias buscando a promoção de direitos, cidadania e inclusão social.

    Pernambuco possui 68 municípios com a gestão do PETI. Suas equipes são formadas por profissionais capacitados a desenvolver ações de busca ativa e identificação do trabalho infantil nos seus territórios e realizar os encaminhamentos para atendimento nos equipamentos e serviços da assistência social e de outras políticas públicas.

    Assuntos: sdscj, sepcj, seass, peti, eca, fenearte, espaco para criancas, circo, atencao redobrada,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Moradores da Ilha de Deus e Vila da Imbiribeira são beneficiados pelos cursos do Pernambuco no Batente

    | Emprego

    pé no batente

    O Programa Pernambuco no Batente realiza nesta quarta-feira (04), aula inaugural para anunciar turma de 150 beneficários, no Centro Social Urbano (CSU – Imbiribeira), às 19h. Empreendedorismo e geração de renda são os focos do Programa, que é destinado às pessoas de baixa renda, em situação de pobreza e vulnerabilidade social.

    A ação contempla os moradores da Ilha e Deus e Vila da Imbiribeira – Grande Recife, responsáveis pela escolha dos cursos profissionalizantes deste semestre: pastelaria e panificação, eletricidade predial, beleza e estética, corte e costura, confecção de bijouterias e design de sombrancelhas. Serão 25 turmas que funcionam apenas no turno da noite.

    Durante a Aula Inaugural será realizado o acolhimento dos beneficiários, entrega do fardamento, bem como apresentação dos cursos, da metodologia e da equipe que compõe o Programa, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Crianças e Juventude (SDSCJ). A efetiva execução do programa proporciona ao público atendido oferta de políticas públicas com promoção de geração de renda, oportunidade de inclusão produtiva e empoderamento das famílias.

    SERVIÇO:
    Aula Inaugural do PE no Batente
    Onde: Centro Social Urbano Afrânio Godoy – Rua Manoel Serafim Couto, s/n, Imbiribeira – Recife-PE (próximo à Estação do Metrô da Imbiribeira).
    Quando: 04 de julho de 2017, às 19 h​

    Assuntos: sdscj, pernambuco no batente, cursos, geracao de emprego, renda, imbiribeira, ilha de deus, profissionalizacao,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Procon-PE participa de evento e apresenta aplicativos para pessoas com deficiência

    | Direitos Humanos

    Na próxima quinta-feira (05.07), às 10h, na Faculdade Facho, em Olinda, o Governo de Pernambuco, por meio do Procon-PE e em parceria com a Frente Parlamentar de Acessibilidade, irá realizar uma ação desenvolvida em prol de pessoas com deficiência. Na ocasião, serão apresentados aplicativos com os direitos dos consumidores e doados Códigos de Defesa do Consumidor (CDC) e cartilhas da Anatel em braile às instituições representativas.

    A gerente jurídica do Procon-PE, Danyelle Sena, faz parte do Conselho dos Usuários da TIM no NE e intermediou para que sejam apresentados os projetos desenvolvidos através do conselho de usuários que contempla a elaboração do Código de Defesa do Consumidor em Braille e do código de defesa do Consumidor disponível na linguagem Brasileira de sinais – LIBRAS.

    Também foram convidados órgãos que fazem parte da Rede do Consumidor, como MPPE, Delegacia do Consumidor, OAB-PE, entre outros. O evento é aberto ao público.

    Assuntos: sjdh, procon, governo de pernambuco, sds, acessibilidade, app, libras, mppe
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco reforça importância da vacinação contra poliomielite

    | Saúde

    vacina

    O último caso de poliomielite registrado em Pernambuco foi em 1988, enquanto no Brasil foi no ano seguinte, em Souza, na Paraíba. Desde então, apesar da circulação da doença em outros países, o Brasil se mantém livre da enfermidade. Esse panorama, contudo, pode mudar se não for ampliada a vacinação das crianças contra a enfermidade.

    Em Pernambuco, no ano de 2017, foram vacinadas 82% das crianças abaixo de 1 ano (118.860 meninos e meninas). Contudo, a meta mínima nacional é de 95%. Dos 184 municípios pernambucanos, mais Fernando de Noronha, 63 atingiram a meta. Outros 5 estão com cobertura abaixo de 50%, o que, segundo o Ministério da Saúde (MS), aumenta o risco de reintrodução da doença no país.

    “Estamos há 20 anos sem registrar poliomielite em Pernambuco. Contudo, sabemos da ocorrência da doença em países da África e do Oriente Médio. Com o fluxo de turistas entre os países, existe a possibilidade de reintrodução da pólio em território nacional, por isso a importância da vacinação, que é gratuita e disponibilizada permanentemente nos postos de saúde”, reforça a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo.

    Além de lembrar aos pais e responsáveis da importância de levar as crianças para serem vacinadas nos postos de saúde, a coordenadora do Programa Estadual de Saúde também afirma que, sistematicamente, dialoga com os municípios sobre as coberturas vacinais. “A diminuição no público vacinal contra a poliomielite e também de outras vacinas é uma questão enfrentada em todo o país. Por isso, fazemos o monitoramento constante e conversamos com os municípios para saber quais estratégias podem ser utilizadas para reverter a situação. Também relembramos aos gestores municiais que é essencial manter os sistemas de informação atualizados, para não haver divergência entre a realidade e os números apresentados", pondera. A coordenadora ainda lembra que em agosto será realizada uma campanha nacional para proteger crianças de 1 ano a menores de 5 anos contra a poliomielite e o sarampo.

    A vacina contra a poliomielite é disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e deve ser aplicada aos 2, 4 e 6 meses, na forma injetável, além dos 15 meses e 4 anos, da forma oral. “As crianças precisam completar o esquema para estar imunizada. Os meninos e meninas vacinados com a dose oral ainda produzem o que chamamos de ‘imunidade de rebanho’, já que eles espalham no ambiente o vírus vacinal, o que ajuda numa imunização coletiva”, frisa Ana Catarina. 

    TRÍPLICE VIRAL – Além da poliomielite, o país também está em alerta para o sarampo, que foi reintroduzido em território nacional e já está causando surtos no Norte brasileiro. Em Pernambuco, foram registrados 199 casos de sarampo em 2013 e 27 em 2014, último ano de ocorrência.

    Para evitar o sarampo, a indicação é utilizar a vacina tríplice viral, que ainda protege contra a rubéola e a caxumba. A vacina tríplice viral deve ser aplicada em crianças com 12 meses, com um reforço aos 15 meses com a tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela). Para crianças acima de 2 anos, além de jovens e adultos até os 29 anos, não vacinadas anteriormente ou que não se lembram, devem ser feitas 2 doses da tríplice viral, com intervalo de 30 dias entre elas. Adultos entre 30 e 49 anos (não imunizados ou que não lembram) devem tomar uma dose da tríplice. Profissionais de saúde não vacinados devem tomar duas doses com a vacina tríplice viral, independente da idade. É importante que a população vá a um posto de saúde, munido da caderneta de vacinação, para saber se é preciso fazer a atualização de alguma dose.

    Assuntos: ses, vacinacao, poliomelite, criancas, meta, nacional, panorama, sus, triplice viral,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco recebe 69 imigrantes venezuelanos

    | Juventude, Direitos Humanos

    imigrantes

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) coordena o processo de acolhimento e de inserção dos imigrantes em projetos sociais.

    Pernambuco acolheu 69 imigrantes venezuelanos na tarde da última terça-feira (03) na Base Aérea do Recife. O grupo vindo de Roraima foi alojado em residências administradas pela ONG Aldeias Infantis, em Igarassu. No total, 164 pessoas, entre adultos e crianças, viajaram numa aeronave da Força Aérea Brasileira de Boa Vista, Roraima, até o Estado, sendo que deste número 45 seguiram para João Pessoa, na Paraíba, onde foram abrigados na Pastoral do Migrante, no município de Conde, e outros 50 seguiram viagem para as Aldeias Infantis, no Rio de Janeiro.

    A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio da Executiva de Assistência Social (SEASS), faz parte do comitê de órgãos que coordena as ações conjuntas de acolhimento emergencial dos venezuelanos. “Para que fosse minimizada a situação que o país vem enfrentando com a chegada de imigrantes venezuelanos, foi feita a interiorização e o atendimento aos grupos familiares com políticas sociais. Houve uma cooperação entre o Governo Federal e o organismo internacional, que por sua vez selecionou instituições assistenciais e provocou o Estado, não só na política de assistência social, mas em tantas outras, para que pudesse haver uma colaboração. Esse é o primeiro diálogo com Pernambuco”, pontuou o secretário Cloves Benevides.

    Do número de imigrantes, 23 são crianças de até 11 anos, 7 são adolescentes de 12 a 16 anos e 39 são adultos de 18 a 48 anos. De acordo com o secretário-executivo da SEASS, Joelson Rodrigues, a partir da instalação dos imigrantes, o Estado, junto ao município de Igarassu, vai identificar as principais necessidades e articular ações básicas, como atendimento de saúde, inclusão em escolas para as crianças em idade escolar, estratégias de qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho. “Ao todo são 18 famílias, sendo 40 pessoas aptas ao trabalho, que estão vacinadas e com os documentos regularizados. Neste momento, vamos precisar de parcerias com a indústria e comércio local para garantir condições de inserção dessas pessoas, para que possam construir uma nova vida”, pontuou Joelson.

    A vinda dos venezuelanos para Pernambuco faz parte de um acordo entre o Governo do Estado com a Secretaria Nacional da Casa Civil e o Comitê Federal de Assistência Emergencial, que desde o início do ano tratam do fluxo migratório desses estrangeiros. Anteriormente, o governo federal já realizou outras etapas de interiorização, levando venezuelanos para as cidades de Cuiabá, Manaus e São Paulo.

    Residências

    A estrutura residencial na ONG Aldeias Infantis que será destinada aos venezuelanos é composta por sete casas com cinco quartos que cabem até 10 pessoas. A ONG está instalada em mais de 130 países e no Brasil tem mais de 20 unidades.

    Assuntos: sdscj, seass, governo de pernambuco, imigrantes, venezuelanos, governo federal, ong
    Compartilhe: Link para o post:
  • Alvará de funcionamento e primeiros socorros são mote de seminário da Pessoa Idosa

    | Direitos Humanos

    idosos

    Ação foi destinada a coordenadores e colaboradores das Instituições de Longa Permanência para Idosos.

    Pensado com o objetivo de proporcionar meios cabíveis para obtenção de alvará de funcionamento e licença para as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI’s), a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) realizou o I Seminário sobre Regulamentação das Instituições de Longa Permanência e Primeiros Socorros, nesta terça-feira (03/07), com a parceria do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco. “Nosso interesse é que as ILPI’s estejam preparadas e seguras, para atender melhor aos idosos e idosas que lá residem”, comenta a coordenadora do Projeto Humanidade da SJDH, Renata Guedes.

    O evento aconteceu nas dependências do Abrigo Espírita Lar de Jesus, Zona Norte do Recife, e contou com colaboradores de diversas ILPI’s. “Somos do Lar de Amparo ao Idoso, que fica na cidade de Gravatá. Estamos aproveitando para tirar todas as dúvidas, para executarmos”, disse Maria de Fátima Evangelista.

    O palestrante convidado, o sargento Edmilson de Aquino Monteiro, explicou sobre os riscos de não adaptar as instituições de acordo com as normas de segurança exigidas. “Temos exemplos de instalação de extintores de incêndio, de centrais de gás encanado, entre outros, que podem ser instalados por qualquer prestador de serviço, porém, é verificado pelo Corpo de Bombeiros, para avaliar se estão em cumprimento das exigências”, destacou o sargento.

    Ainda segundo o sargento, é a partir do cumprimento destas recomendações que as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI’s), podem obter alvará de funcionamento e licença às mesmas.

    Também como pauta do seminário, ele discorreu sobre questões relacionadas a primeiros socorros, com a ideia de evitar acidentes e dar condições a cuidadores de auxiliar no caso de acidentes com os residentes das ILPI’s. “Os primeiros atendimentos dizem muito como será a recuperação do acidentado. Por isso é bom que as pessoas saibam a forma correta de agir em casos específicos”, completou o sargento Edmilson.

    PESSOA IDOSA – A política de promoção direcionada à Pessoa Idosa, no Governo de Pernambuco, é realizada na Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), onde a Executiva de Segmentos Sociais desenvolve as atividades para este público, por meio da Superintendência de Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa e do Projeto Humanidade. A SJDH também conta com os serviços do Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa (CIAPPI), onde as pessoas podem denunciar qualquer violação de direito contra a pessoa idosa e, se vítima, será encaminhada para o serviço ideal de continuidade do atendimento.

    Assuntos: sjdh, governo de pernambuco, pessoa idosa, seminario, apoio, ilipi, regulamentacao
    Compartilhe: Link para o post: