meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Pernambuco é líder nacional na geração de empregos com carteira assinada, diz MTE

    , por Assessoria

    Pernambuco é o terceiro estado no país que mais criou emprego formal em agosto de 2011, com 18.613 empregos celetistas, sendo superado apenas por São Paulo (53.033) e pelo Rio de Janeiro (19.865). É o que revela o relatório do Cadastro Geral do Emprego e Desemprego (Caged), divulgado nesta quarta-feira (14/09) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

    “Se considerarmos o tamanho da economia de São Paulo e a proximidade dos valores absolutos do Rio de Janeiro, veremos que Pernambuco está gerando proporcionalmente bem mais empregos que os grandes estados do Sudeste”, afirmou o governador Eduardo Campos.

    O cadastro computa as contratações de empregados pelo regime da CLT, ou seja, aquelas que são feitas mediante a assinatura da carteira profissional. O valor registrado representa um acréscimo de 1,56% em relação ao estoque de assalariados do mês julho.

    Na série histórica ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos últimos 12 meses, verificou-se crescimento de 9,67% no nível de emprego ou + 107.593 postos de trabalho. Esta taxa é superior a média nacional de 5,86% para o mesmo período, representando ainda o melhor da Região Nordeste, em termos absolutos e relativos.

    “Os dados refletem o bom momento vivido pelo estado, que hoje é um pólo de atração de investimentos, e como consequência disso gera empregos que estão sendo conquistados pelos pernambucanos, como demonstram as pesquisas sobre a taxa de desemprego, onde temos também taxas idênticas às de São Paulo”, acrescentou o governador.

    Especificamente em relação aos números de agosto, o aumento no número de contratações de PE foi o segundo maior do país. Segundo avaliação dos técnicos do Governo do Estado, o crescimento se deveu à expansão das demandas de pessoal da indústria de transformação, da construção civil e do setor de serviços.

    Em números absolutos, a maior contribuição foi da Indústria de Transformação, com mais 8.938 postos, devido, principalmente, ao aumento de 8.105 postos na Indústria de Produtos Alimentícios, relacionados às atividades de Fabricação de Açúcar.

    Também tiveram peso expressivo a Construção Civil (+ 3.459 postos), de Serviços (+ 3.158 postos), da Agropecuária (+ 1.473 postos, influenciado pelas atividades do Cultivo de Uva, cujo saldo positivo foi de 1.144 postos) e do Comércio (+ 1.413 postos).

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo otimista sobre acordo de distribuição dos royalties

    , por Assessoria

    “Nunca estivemos tão próximos de um acordo”. A opinião é do governador Eduardo Campos que nesta quarta-feira (14/09) reuniu-se em Brasília com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para costurar um novo modelo de partilha dos royalties do petróleo da Camada Pré-sal.

    Eduardo acredita que o momento agora é amplamente favorável a um acordo entre União, estados produtores e estados não produtores. Para ele, o clima das discussões não está mais tenso como antes e uma nova radicalização de qualquer uma das partes seria jogar fora a oportunidade e, sobretudo, a receita proveniente dos royalties.

    “As três partes envolvidas têm que cooperar. A União tem que ajudar, os estados produtores têm que ceder e os estados não produtores têm que pedir menos”, disse o governador de Pernambuco, alertando que a falta de um consenso levará a discussão à Justiça. “Tudo que não se quer é que isso vire uma briga jurídica. Isso não seria bom”.

    Eduardo relatou que o ministro Guido Mantega mostrou-se disposto a cooperar, mas que o tamanho dessa ajuda ainda não foi estabelecido. “O ministro disse que o Governo Federal tem limites. Há uma crise internacional severa e a União tem que garantir o superávit primário, os recursos de investimentos, mas que mesmo assim, ele tem disposição”, relatou.

    O governador alertou que o desafio agora é definir como vai ser feita a transição do modelo atual de distribuição dos royalties para o novo mecanismo que será utilizado quando grandes poços da camada Pré-sal entrarem em operação em 2017. “Defendo que haja um escalonamento de maneira que os municípios e os estados que hoje não recebem nada já recebam algum recurso em 2012”.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo aponta desigualdades na política de incentivos fiscais

    , por Assessoria

    O governador Eduardo Campos foi um dos palestrantes do seminário “Federação e Guerra Fiscal”, promovido pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) e com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), nesta quinta-feira (14/09), na capital federal.

    Eduardo participou do painel “Guerra Fiscal do ICMS” que reuniu ainda o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Bernard Appy, Diretor da BM&F Bovespa; o ex-secretário da Receita Federal e consultor do IDP, Everardo Maciel e uma plateia de cerca de 200 convidados.

    Durante 16 minutos, ele expôs seu ponto de vista sobre a disputa silenciosa travada entre os estados, através da concessão de benefícios fiscais, para a atração de novos empreendimentos. Eduardo afirmou que a guerra fiscal do ICMS é fruto da ausência de uma política de desenvolvimento regional capitaneada pelo Governo Federal.

    “Segundo a Receita Federal, o Brasil vai renunciar em gastos tributários este ano um total de R$ 116 bilhões com a concessão de todo tipo de incentivos fiscais como para o biodiesel, a informática, ou com o horário eleitoral gratuito. O que nós temos para o desenvolvimento regional não chega a R$ 6 bilhões”, comparou.

    Para o governador, uma saída consensual deve ser acordada até o final deste ano, aproveitando o momento de discussão sobre várias fontes de receita e despesa públicas como o Fundo de Participação dos Estados, os royalties do Pré-sal, e a Emenda 29 entre os governos estaduais e o federal.

    “Não se sai desta situação sem o debate técnico necessário, mas é fundamental que tenhamos também espaço político para fazer uma avaliação que não é entre governo e oposição, mas sim uma discussão mais ampla, pois o que está em jogo é o interesse do país, do nosso povo e o nosso futuro”.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo traz para Pernambuco a maior usina termelétrica do mundo

    , por Assessoria

    Suape vai ganhar uma planta de energia termelétrica no valor de R$ 2 bilhões. Nesta terça-feira (13/09), o Governo de Pernambuco e a empresa Star Energy Participações, do Grupo Bertin, assinaram o protocolo de intenções para instalação da Térmica Bertin, durante evento realizado no Palácio do Campo das Princesas. Com capacidade de gerar 1.452 Megawatts por hora, a nova unidade será a maior do mundo.

    “Escolhemos Pernambuco para fazer o nosso maior empreendimento de energia e maior térmica do mundo. São 1.452 MW, o suficiente para produzir energia para toda a Grande Recife num eventual colapso”, disse Fernando Antônio Bertin, diretor do grupo.

    O empreendimento prevê ainda a instalação de um Terminal de Armazenagem de Granéis Líquidos para armazenar o combustível que será utilizado na usina. A expectativa é de que 2.500 empregos, entre diretos e indiretos, sejam gerados quando a unidade entrar em operação, e outros quatro mil sejam abertos durantes as obras.

    Após dois anos de construção civil, a termelétrica será a terceira a funcionar em Pernambuco. Sua capacidade supera em muito a soma das outras duas. “Para vocês terem uma ideia, a Suape Energy, outra planta térmica em implantação lá em Suape, tem 380 megawatts e a Termopernambuco tem 530”, comparou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio.

    Para o governador Eduardo Campos, o aumento na geração de energia no estado garante o crescimento sustentável do ciclo virtuoso da economia pernambucana. “Na verdade, estamos desafiados a construir uma termelétrica que é a metade da produção de energia da Usina de Xingó, a última hidrelétrica construída ao longo do São Francisco pela Chesf”. A Usina de Xingó possui 3.162 MW de potência instalada.

    Fernando Antônio Bertin fez questão de destacar também o apoio recebido do Governo do Estado, que concedeu incentivos de ICMS e 94 hectares para a implantação das plantas (80 hectares no Cabo de Santo Agostinho e 14 na Zona Industrial de Ipojuca). A primeira área vai abrigar a termelétrica e a segunda será destinada à implantação do Terminal de Armazenagem de Graneis Líquidos. “Foi fundamental a recepção que a gente teve do governo. Isso foi determinante para que a gente viesse para Pernambuco”, ressaltou Bertin.

    O projeto do Terminal de Armazenagem de Granéis Líquidos está diretamente relacionado ao da Termelétrica, que utilizará óleo combustível, mas permitirá também a movimentação de outros insumos, ampliando a capacidade de armazenagem do Polo de Graneis Líquidos em Suape. “Esse vai operar cerca de 6 mil toneladas/mês de óleo combustível, ou seja, uma movimentação importante para o Porto de Suape”, afirmou Geraldo Júlio, lembrando que o porto pernambucano bateu recordes de movimentação de cargas no mês passado, com mais de um milhão de toneladas transportadas.

    O GRUPO

    Fundado há mais de 30 anos na cidade de Lins, interior do Estado de São Paulo, o Grupo Bertin iniciou suas atividades no segmento de agroindústria. A partir de 2003, expandiu suas operações para os setores de infraestrutura e energia.

    Hoje, conta com milhares de colaboradores e atua nos segmentos de: Energia - Renovável, Fóssil, Açúcar e Álcool; Infraestrutura - Construção Civil, Concessões de Rodovias e Saneamento Básico; Equipamentos de Proteção Individual; Agronegócio - Confinamento e Reflorestamento; Higienização Industrial e Hotelaria.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Aprovados na Seleção Simplificada devem se apresentar a SCJ

    , por Assessoria

    Amanhã (13/09), das 8h às 12h, os 205 aprovados na seleção simplificada da Secretaria da Criança e da Juventude (SCJ) de Pernambuco, para atuar nas Casas de Acolhimento, devem entregar suas documentações no auditório da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), localizado na Av. Abdias de Carvalho, s/n – Bongi. Trinta e quatro desses aprovados devem comparecer a Funase de Garanhuns. Foram selecionados profissionais de diversas áreas como: gestor social, advogados, enfermeiros, assistentes sociais, educadores sociais, terapeutas ocupacionais, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psiquiatras e psicólogos.

    Cerca de 3.600 pessoas se inscreveram na seleção, 1.666 candidatos foram selecionados para a segunda etapa do processo seletivo que foi realizado através de análise de currículo.

    A partir desta quarta-feira (14/09) começa a capacitação dos 390 profissionais (novos e antigos) que atuam nas Casas. A formação será dividida em duas turmas e vai até o dia 23 de setembro. O objetivo do curso é promover ações de integração e capacitação dos operadores do sistema protetivo, para formação de profissionais que atuam na área de atendimento das Casas de Acolhimento e técnica da Secretaria.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Itep inicia trabalhos do Escritório de Roterdã esta semana para apoiar produtores de uva

    , por Assessoria

    Nesta semana, entra em operação o Escritório do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) em Roterdã, na Holanda, instalado com o objetivo de ser uma base de apoio naquele país para os exportadores de uva do Vale do São Francisco. Com este trabalho, o Itep garante o apoio à safra de uva do eixo Petrolina desde a chegada dos primeiros contêineres, atuando até o final da safra, em 15 de dezembro.

    Estarão em Roterdã para dar início aos trabalhos o superintendente de Relações e Projetos Internacionais do Itep, Jean Paulo Gayet; a gerente da Unidade de Agrotóxicos e Contaminantes em Alimentos e Bebidas Alcoólicas (Labtox) da instituição, Adélia Araújo; e o assessor do Itep em Petrolina, Danilo Bione, que coordena o Escritório no Vale do São Francisco. Os três ficarão na Holanda por duas semanas.

    Já o grupo formado pela gerente do Escritório de Roterdã, Monica Ishikawa; a coordenadora de Qualidade do Escritório, Cláudia Neves, e sete estudantes dos cursos de Agronomia e Relações Internacionais de universidades localizadas em Petrolina, que foram treinados para contribuir para o trabalho de inspeção de uvas durante toda a safra, ficará na Europa até dezembro.

    A equipe do Itep acompanhará a inspeção das frutas por parte dos holandeses, ocasião em que são avaliados itens como aparência, tamanho e embalagem, trabalho que resultará na elaboração de procedimentos de inspeção a serem repassados para os produtores. Já os estudantes deverão utilizar as atividades como conteúdo e aprendizagem para os trabalhos de conclusão dos cursos de graduação.

    EXPANSÃO

    O presidente do Itep, Frederico Montenegro, mostra-se bastante satisfeito com o trabalho de apoio aos produtores de frutas desenvolvido pela instituição. No ano passado, o Itep instalou um Escritório em Petrolina, no Centro de Convenções, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, e da Prefeitura Municipal de Petrolina. O Escritório atua no recebimento de amostras de frutas a serem analisadas pela equipe do Labtox, na sede do Itep, no Recife, e no desenvolvimento de pesquisas que auxiliam na melhoria da qualidade do produto.

    Além do apoio aos produtores de uva na Holanda, o Itep já planeja desenvolver atividade semelhante no Porto de Hamburgo (o segundo maior porto europeu, depois de Roterdã), na Alemanha, e também em portos ingleses e americanos. A gerente do Labtox, Adélia Araújo, destaca que produtores de outras frutas também poderão receber assistência na chegada aos principais portos da Europa e dos Estados Unidos.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Parque Dois Irmãos promove Semana da Árvore

    , por Assessoria

    Conhecer a história de uma árvore a partir de seu tronco e sementes, calcular a própria pegada ecológica e plantar mudas de pau-brasil dentro da floresta. Quem for ao Parque Estadual de Dois Irmãos de 14 a 23 vai curtir essas e outras atrações da Semana da Árvore, para públicos de todas as idades.

    A programação, que comemora o 21 de Setembro - Dia da Árvore, reúne exposições no Centro Vasconcelos Sobrinho de Educação Ambiental (CEA), ao lado do Museu de Ciências Naturais do zoológico. "As pessoas vão saber como identificar a idade de uma árvore através dos anéis concêntricos existentes dentro do tronco", explica a bióloga Taciana Lauriano, coordenadora de Educação Ambiental do Parque. Esses anéis, que podem ser vistos quando se faz um corte transversal no tronco, serão mostrados a partir de diferentes partes de troncos de árvores.

    Outra novidade será a Sementoteca, que exibirá uma coleção de sementes de diferentes espécies da Mata Atlântica. Também no CEA, paineis vão ensinar a criançada a calcular sua pegada ecológica: a marca que ela vem deixando no ambiente a partir de seus hábitos e atitudes no dia-a-dia.

    Para quem preferir homenagear as árvores in loco, a dica é participar de uma trilha pelo fragmento de Mata Atlântica do parque estadual, durante o qual haverá uma parada para plantar mudas de pau-brasil em pontos estratégicos da floresta. "É uma forma de também homenagear o ecólogo Vasconcelos Sobrinho, um dos fundadores do Zoo, que tinha como grande preocupação evitar a extinção do pau-brasil na mata de Dois Irmãos", explica a bióloga.

    Outra atividade que deverá interessar, particularmente às escolas, são as visitas monitoradas aos animais do zoológico, com o acompanhamento de estudantes de biologia e áreas afins, para tirar as dúvidas dos alunos e professores.

    As trilhas pela mata e as visitas monitoradas ao zoo deverão ser agendadas previamente e custam, respectivamente, R$ 3,00 e R$ 1,00 por pessoa, além do ingresso individual ao Parque (R$ 2,00). Durante a programação, ambas as atividades só serão oferecidas de segunda a sábado, para grupos de no mínimo 20 pessoas. Já as exposições no CEA estarão abertas ao público de 14 a 23 de setembro, sempre das 8h às 16h.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo do Estado inicia formação de novos bombeiros militares

    , por Assessoria

    Na segunda-feira (12/09), às 8h, no Campus de Ensino Metropolitano II - Cemet II, o Governo do Estado, através da Secretaria de Defesa Social – SDS, realiza a aula inaugural do Curso de Formação de Soldados – CFSd BM. Serão 379 novos bombeiros que serão formados para atuarem, principalmente no salvamento de pessoas na Capital, Região Metropolitana do Recife e Interior do Estado.

    Esta é terceira turma de soldados que tem início desde a 1ª gestão do governador Eduardo Campos, iniciada em 2007 que até o momento já formou mais de 800 novos bombeiros militares no Estado.

    Os novos soldados serão formados pela Academia Integrada de Defesa Social - ACIDES e terão 800 horas/aula na formação, com término previsto para o fim de dezembro de 2011. A grade curricular do CFSd BM é composta por dois módulos - o Módulo I de formação básica e o Módulo II com formação técnico especializada.

    Estarão presentes ao evento o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, o comandante geral do CBMPE, coronel Carlos Eduardo Casa Nova, dentre outras autoridades militares e civis.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Começam obras na PE-60

    , por Assessoria

    Tem início nesta segunda-feira (12/09) as obras de manutenção da PE-60, no trecho que vai do Km 0,0 ao 10,2, na área urbana do Cabo de Santo Agostinho. O serviço, realizado pela Secretaria de Transportes, através do DER e estimado em R$ 15,7 milhões, começa pelas vias laterais, implicando na interdição de alguns trechos da pista. Para orientar os motoristas, agentes do trânsito do DER, policiais do BPRv e agentes municipais de trânsito do Cabo de Santo Agostinho estarão na área indicando os desvios a serem seguidos.

    No sentido Recife-Suape, haverá interdição na pista lateral na altura do retorno da antiga Estrada de Gaibu, próximo ao semáforo 23. A opção para quem quer voltar é pegar o próximo retorno, na 1ª Travessa da Rua Vinte e Sete, em frente à madeireira.

    No sentido Suape-Recife o trecho interditado é no retorno da Cohab, próximo ao semáforo 22. A alternativa para quem quer voltar é pegar o próximo retorno, que fica na BR-101, a aproximadamente 800 metros de distância do viaduto.

    O DER destaca que também haverá interdição no anel viário da BR-101/PE-60, próximo ao viaduto, para execução de serviços.

    Somente depois de concluir os trabalhos nas pistas laterais é que terão início as obras na pista principal. Neste caso, serão executadas intervenções primeiro em um lado da via, para só depois realizá-los no sentido inverso.

    A previsão é de que a primeira etapa da obra, que vai do Km 0,0 ao Km 9,0, fique pronta até dezembro. E o trecho que vai do Km 3,0, ao km 10,2, esteja finalizado até fevereiro de 2012.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • SES firma convênio para leitos de traumatologia no Hospital de Santo Amaro

    , por Assessoria

    A partir desta segunda-feira (12/09), o Hospital de Santo Amaro, no Recife, passa a receber pacientes encaminhados do Hospital Getúlio Vargas (HGV) que necessitam de cirurgias traumatológicas. O convênio, assinado entre a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Santa Casa de Misericórdia, vai reduzir a demanda e agilizar os procedimentos cirúrgicos no HGV. Ainda nesta segunda, às 11h, o Hospital de Santo Amaro recebe a visita do secretário de Saúde, Antonio Carlos Figueira.

    “O número de cirurgias de trauma vem crescendo em todo o Estado, principalmente devido aos acidentes de moto. Com esse convênio, pretendemos diminuir o tempo de espera por uma cirurgia traumatológica no HGV, que é a nossa principal referência para a área”, explica o secretário Estadual de Saúde, Antonio Carlos Figueira.

    Atualmente, o HGV realiza uma média de 450 cirurgias traumatológicas, por mês, incluindo procedimentos de emergência e ambulatorial. Com o convênio, até 360 cirurgias de média e alta complexidade poderão ser encaminhadas para o Hospital de Santo Amaro. “O paciente receberá o primeiro atendimento no HGV, será diagnosticado, imobilizado e encaminhado para o Hospital de Santo Amaro, caso seja uma fratura fechada, como fratura de fêmur”, informa o diretor do Getúlio Vargas, Roberto Cruz.

    Para o convênio, a Secretaria de Saúde prevê um investimento de mais de R$ 800 mil, por mês, sendo um valor fixo de R$ 150 mil mensais de incentivo para urgência e emergência. O restante desse valor será pago de acordo com o número de procedimentos cirúrgicos realizados no Hospital, podendo chegar até R$ 666 mil mensais.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: