meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Adolescentes da Funase em Timbaúba concluem curso de Eletrônica Básica

    | Social, Juventude

     funase

    Formação foi viabilizada por meio de uma articulação entre a instituição e o CIEE

    Cinco adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, na Zona da Mata Norte do Estado, concluíram o curso de Eletrônica Básica. A formação, que conteve 15 horas/aula, foi viabilizada por meio de uma parceria entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e o Centro de Integração Empresa-Escola de Pernambuco (CIEE). Circuitos eletrônicos, montagem de placa, solda e automação foram algumas temáticas trabalhadas com os socioeducandos na formação.

    O curso teve a duração de um mês, com aulas ministradas pelo agente socioeducativo José Ferreira. Com a formação ofertada, os alunos poderão, quando saírem da unidade, pleitear vagas disponíveis no mercado de trabalho e construir novos projetos de vida. A cerimônia de certificação contou com a participação da presidente da Funase, Nadja Alencar, da superintendente da Política de Atendimento, Íris Borges, e do coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da fundação, Normando de Albuquerque, além de integrantes da equipe técnica e de agentes socioeducativos da unidade de internação.

    “Já é a quinta turma do curso de Eletrônica Básica que realizamos no Case Timbaúba. O sucesso do grupo resulta na ampliação da formação. A resposta dos meninos foi muito boa. Então, vamos oferecer o curso de Eletrônica Aplicada, com uma carga horária mais extensa. Além disso, estamos reforçando os equipamentos do laboratório de eletrônica da unidade”, afirmou Normando.

    Imagem: Divulgação/Funase

    Cidades: Timbaúba
    Assuntos: funase, case timbauba, capacitacao, eletronica basica
    Compartilhe: Link para o post:
  • Petrolina recebe serviços gratuitos para a emissão de segundas vias de certidões de nascimento, casamento e óbito

    | Direitos Humanos

     sedh

     atendimentos serão prestados pelo programa Balcão de Direitos a partir da quarta-feira (21) até a sexta-feira (23)

    A partir da quarta-feira (21) a sexta-feira (23), o programa Balcão de Direitos, da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), estará na cidade de Petrolina, Sertão de Pernambuco levando serviços gratuitos para a emissão de segundas vias de certidões de nascimento, casamento e óbito. A primeira ação acontecerá na Escola Estadual Eneida Coelho Paixão Cavalcante, localizada na Rua Projetada, s/n, João de Deus, a partir das 8h.

    Já na quinta-feira (22), a ação acontecerá na Escola Estadual Antonio Padilha, situada na Franscisco Coelho de Amorim, s/n, José Maria. Na sexta-feira (23), os moradores de Lagoa Grande terão acesso aos serviços na Escola Estadual Santa Maria, Rua Estudantes, 188, Centro. Durante as três ações, além dos atendimentos para a retirada de certidões, a população poderá fazer a segunda via dos documentos de identidade, também de forma gratuita.

    “O Governo de Pernambuco tem trabalhado com afinco para garantir direitos à população de maior vulnerabilidade social, ampliando as ações, interiorizando seus serviços por todo o Estado de Pernambuco e contribuindo, assim, para a garantia da cidadania de todos os pernambucanos e de uma sociedade ciente dos seus direitos e deveres" garante o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

    Os serviços que integram o programa Governo Presente, acontecerão todos os dias no horário das 8h às 12h. Os interessados deverão comparecer ao local da ação munidos com a certidão antiga e o documento de identidade.  

    POSTO FIXO – O Balcão de Direitos, programa da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos SJDH, executado através da Executiva de Direitos Humanos SEDH, emite documentos gratuitamente no posto fixo, situado na Rua Djalma Farias, 250. Torreão. O funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 16h. 

    Foto: Alyne Monyque/SJDH 
    Cidades: Petrolina
    Assuntos: sedh, balcao de direitos, acao de cidadania, emissao de documentos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Lody e o doce mais doce

     cepe

    Dia 24 de agosto, a Cepe Editora lança no Museu Cais do Sertão Doce Pernambuco, do antropólogo Raul Lody. O título destaca a importância do açúcar na nossa cultura

    A monocultura da cana-de-açúcar foi a primeira grande ocupação colonial no Brasil”, diz o antropólogo e escritor Raul Lody em Doce Pernambuco. O título será lançado pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) no dia 24 de agosto, dentro do projeto Tengo Lengo Tengo, no Museu Cais do Sertão. Antes dos autógrafos, Lody conversa com o escritor Frederico de Oliveira Toscano, autor do título vencedor do Prêmio Jabuti de 2015: À francesa – A Belle Époque do comer e do beber no Recife, editado pela Cepe. O debate intitulado Um papo doce acontecerá a partir das 17h.

    O 10º título de Lody focado no tema açúcar foi prefaciado por uma das maiores autoridades em antropologia da alimentação, Xavier Medina, presidente da Associação Internacional de Antropologia da Alimentação, sediada em Barcelona. A partir de uma abordagem histórica e etnocultural, em Doce Pernambuco o autor transcorre sobre o que chama de civilização do açúcar, especiaria desejada e rara no início dos caminhos que uniam Ocidente e Oriente. O antropólogo conta que o grama do ingrediente equivalia ao do ouro, de forma que chegava a ser ofertado como presente nobre.

    Nos 25 capítulos das 251 páginas Lody enumera cada uma dessas delícias do acervo gastronômico de Pernambuco, verdadeiros patrimônios como o alfenim, que o autor considera uma verdadeira expressão em arte popular feita de açúcar. Cita ainda o abacaxi e o caju como frutas telúricas emblemáticas do Brasil: “As frutas tropicais trazem um frescor nativo”, completa.

    Como num roteiro, o pesquisador traz receitas tradicionais nas páginas do Doce Pernambuco, título que amplia pesquisas e documentações antropológicas situadas nos contextos sociais e culturais. Desse modo, o leitor poderá fazer novas conexões entre as cozinhas orientais e as cozinhas tradicionais de Pernambuco. “O protagonismo do doce e do açúcar da cana sacarina são representações notáveis da identidade alimentar e do acervo gastronômico, que vive no cotidiano, nas casas, nas comidas de rua, nas padarias, e nas festas”, diz.

    Quem poderia imaginar que a rabanada tem procedência judaica ou que o filhós traduz uma receita muçulmana? “Dá-se ao que se come um sentido ampliado do lugar de feitura e do lugar do consumo”, salienta. A cartola, por exemplo, sobremesa tão pernambucana, nasce da combinação gastronômica da banana, “musa paradisíaca” da Ásia, com o queijo em sua versão de manteiga, culminada pela mistura de canela, que chegou do Ceilão pulverizada juntamente com o açúcar. É assim, de forma quase poética que o autor refere-se ao açúcar e suas combinações.

    No início das páginas de Doce Pernambuco, que contextualiza historicamente essa cultura, Lody discorre sobre a civilização do açúcar comoação coordenada pelos elementos: histórico, econômico, social, ecológico e cultural, que resultam na formação e no comportamento, identificando o homem brasileiro e, em especial, o homem nordestino. “Para Pernambuco, tudo isso é muito mais notável. A partir da plantation da cana-de-açúcar, não apenas à mesa se vive o açúcar; mas se vive no português que falamos, na arquitetura, nas tradições religiosas, nas festas populares, nos hábitos alimentares, nas escolhas estéticas, entre tantas outras”, explica.

    De acordo com o pesquisador, para a população do Nordeste há uma construção de imaginários e de maneiras de ver o mundo e de se autorrepresentar que transita pelos engenhos, que expõe desde o melado ou o mel de engenho até o açúcar moreno-mascavo. E com orgulho telúrico diz-se que “o doce de Pernambuco é o doce mais doce”.

    O AUTOR

    Raul Lody é antropólogo, museólogo, professor e pesquisador. Especialista em antropologia da alimentação com projetos de pesquisas no Brasil e no exterior, criador do Grupo de Antropologia da Alimentação (Fundação Gilberto Freyre), do Museu da Gastronomia Baiana. Também é um grande estudioso das religiões afro-brasileiras, com inúmeros livros publicados sobre o tema. Açúcar está fortemente presente na obra de Raul Lody, com nove títulos publicados sobre a temática: Caminhos do açúcar, Vocabulário do açúcar, À mesa com Gilberto Freyre, A doçaria tradicional de Pelotas, A cozinha pernambucana em Gilberto Freyre, Do mucambo à casa-grande,Desenhos e pinturas de Gilberto Freyre(Companhia Editora Nacional, 2007), e o mais recente que é o Museu Virtual do Açúcar, além de ter sido o organizador do Dicionário do doceiro brasileiro.

    Serviço
    Lançamento do livro Doce Pernambuco
    Data: 24 de agosto
    Horário: 17h às 19h
    Local: Museu Cais do Sertão
    Endereço: Avenida Alfredo Lisboa, s/n, Recife Antigo 

    Preço do livro: R$ 40,00 (impresso) e R$ 12,00 (e-book)

    Cidades: Recife
    Assuntos: cepe, lancamento, livro, lody e o doce mais doce
    Compartilhe: Link para o post:
  • PGE-PE promove palestras sobre pacto federativo e inaugura da nova galeria dos ex-procuradores-gerais do Estado nesta terça (20/8)

    Palestras sobre o pacto federativo e inauguração da nova galeria dos ex-procuradores-gerais do Estado fazem parte da programação para marcar, nesta terça-feira (20/8), os 29 anos da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE). A instituição é responsável por realizar a representação do Estado de Pernambuco perante o Judiciário, a consultoria jurídica aos órgãos estaduais e a cobrança da dívida ativa. Conta com corpo de 167 procuradores do Estado, admitidos por concurso público, que atuam na sede, no Recife, e nas Regionais de Caruaru, Petrolina, Arcoverde, Brasília e na Sub-Regional de Garanhuns. 

    Às 14h30, o procurador-geral do Estado de Pernambuco, Ernani Medicis, inaugura a nova galeria dos ex-procuradores-gerais do Estado, ocasião em que haverá a aposição da foto do ex-procurador-geral César Caúla, no térreo do Edifício Anexo da PGE-PE. César Caúla foi procurador-geral de 2015 a 2018 e atualmente é coordenador do Centro de Estudos Jurídicos (CEJ) da PGE-PE.

    Às 15h, haverá duas palestras sobre federalismo, com o presidente da Câmara Técnica do Colégio Nacional de Procuradores-Gerais dos Estados e do DF, Ulisses Schwarz Viana, e com o deputado federal Tadeu Alencar (PSB).

    Ulisses Schwarz Viana, que é procurador do Estado de Mato Grosso do Sul e atua junto aos tribunais superiores (STF e STJ), fará palestra sobre “Defesa judicial do federalismo cooperativo”. O procurador atuou em diversas ações que as PGEs apresentaram nos tribunais superiores para preservação dos direitos dos estados em casos como os da renegociação da dívida, do Fundo de Participação dos Estados, da partilha dos recursos da repatriação, entre outros.

    O deputado Tadeu Alencar, que foi procurador-geral do Estado de Pernambuco de 2007 a 2010, falará sobre “Perspectivas de um novo pacto federativo”. Tadeu é titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e da Comissão de Cultura na Câmara dos Deputados, além de suplente na CCJ. Também é titular da Comissão da Reforma Tributária da PEC 45, de autoria do deputado Baleia Rossi. Para assistir às palestras, que serão realizadas no auditório da PGE-PE, é necessário se inscrever em www.pge.pe.gov.br/eventos.aspx

    O debate é promovido em parceria pelo CEJ e pela Associação dos Procuradores do Estado de Pernambuco (APPE) e comemora, ainda, o Dia do Procurador, também celebrado em 20 de agosto. Após o evento, a APPE entregará os títulos de sócios beneméritos da APPE aos ex-procuradores-gerais do Estado Izael Nóbrega, Sílvio Pessoa e Tadeu Alencar. E também concederá, ao procurador aposentado José Henrique Wanderley Filho a Medalha Procurador Elias Lapenda Sobrinho.

    PROGRAMAÇÃO DO ANIVERSÁRIO DE 29 ANOS DA PGE-PE

    14h30 – Inauguração da nova Galeria dos Ex-Procuradores-Gerais do Estado no térreo do Edifício Anexo (antigo Banco Central), com aposição da foto do ex-procurador-geral César Caúla

    15h – Palestras “Defesa judicial do federalismo cooperativo”, com o presidente da Câmara Técnica do Colégio Nacional de Procuradores-Gerais dos Estados e do DF (Conpeg), Ulisses Schwarz Viana, e “Perspectivas de um novo pacto federativo”, com o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) – auditório da PGE-PE, 7º andar do Edifício Ipsep (sede)

    16h30 – Entrega dos títulos de sócios beneméritos da APPE aos ex-procuradores-gerais do Estado Izael Nóbrega, Sílvio Pessoa e Tadeu Alencar. Entrega da Medalha Procurador Elias Lapenda Sobrinho ao procurador aposentado José Henrique Wanderley Filho – auditório da PGE-PE

    http://www.pge.pe.gov.br/?1559_pge-pe_promove_palestras_sobre_pacto_federativo_e_inaugura_da_nova_galeria_dos_ex-procuradores-gerais_do_estado_nesta_terca_(20/8)
    Cidades: Recife
    Assuntos: pge, palestra, pacto federativo, programacao
    Compartilhe: Link para o post:
  • Atualização dos casos de sarampo

    | Saúde
    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) foi notificada, no último sábado (17.08), de um óbito suspeito de sarampo de um menino de 7 meses, residente em Taquaritinga do Norte. A Vigilância Epidemiológica da IV Gerência Regional de Saúde (Geres) e do nível central da SES já estão investigando o caso e encaminharão as amostras laboratoriais da criança para análise, com o intuito de confirmar ou descartar a hipótese.


    A SES-PE informa, ainda, que, até a manhã desta segunda-feira (19.08), recebeu, da Fiocruz Rio de Janeiro, 5 resultados laboratoriais positivos para sarampo de residentes em Pernambuco. Quatro casos estão relacionados a pacientes que participaram de uma excursão para Porto Seguro, entre o final de junho e início de julho, e que tiveram contato com um paciente positivo de São Paulo. O quinto caso é de um adolescente de 18 anos de Taquaritinga do Norte, notificado ao Estado em 30.07. Com isso, até o momento, são 2 casos confirmados no Recife, 2 em Caruaru e 1 em Taquaritinga do Norte. 

    "As equipes da vigilância epidemiológica das Geres e do nível central estão empenhadas nas investigações dos casos suspeitos e nas atividades de prevenção e controle, com o intuito de analisar se há casos secundários e fazer o bloqueio vacinal dos contatos. E nós continuamos reforçando a importância da população estar devidamente imunizada contra o sarampo. Desde a semana passada, passamos a vacinar as crianças a partir dos 6 meses em 9 municípios, para ampliar nossa rede de proteção, e continuamos com doses para atender a população de 1 ano até os 49 anos em todo o Estado. A vacina é gratuita e a medida mais eficaz para evitar que haja a reintrodução do vírus da doença em nosso Estado", ressalta o secretário estadual de Saúde, André Longo. 

    NOTIFICAÇÕES GERAIS: Desde janeiro deste ano, até o último sábado (17.08), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) recebeu 219 notificações de casos suspeitos de sarampo, com 84 descartes, 5 confirmações e as demais em investigação. Do total de suspeitas, 146 (66%) foram notificadas nas semanas após o caso relacionado a Porto Seguro, o que mostra que as unidades de saúde estão vigilantes e atentas para notificar suspeitas. A notificação desses casos é importante para garantir o acompanhamento da possibilidade de circulação do vírus da doença no Estado. É preciso frisar, ainda, que as ações necessárias para frear a transmissão e aumento dos casos (investigação, bloqueio vacinal e coleta de material para análise laboratorial) são desencadeadas logo após a notificação, independente do resultado laboratorial.

    Em 2018, das 213 notificações, 209 foram descartadas e 4 confirmadas, todas relacionadas a um paciente com histórico de viagem para Manaus, área com circulação do vírus na época. Em 2017 foram 45 notificações e em 2016, 39, todas descartadas.

    Importante destacar que Pernambuco não registra casos autóctones (transmissão sustentada por um período acima de 1 ano) do sarampo desde 2000 - em 1999 foram registradas as últimas 240 ocorrências. Em 2012 houve 1 caso importado e entre 2013 e 2014 um surto com 226, que foi controlado com as ações de vigilância epidemiológica e imunização do Estado e municípios envolvidos.

    CASO SUSPEITO PARA SARAMPO: Todo paciente que apresentar febre e exantema maculopapular morbiliforme de direção cefalocaudal (manchas avermelhadas que começam na cabeça e vão descendo para o restante do corpo), acompanhados de um ou mais dos seguintes sinais e sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, independentemente da idade e situação vacinal; ou todo indivíduo suspeito com história de viagem para locais com circulação do vírus do sarampo, nos últimos 30 dias, ou de contato, no mesmo período, com alguém que viajou para local com circulação viral. No Brasil, os Estados com casos são: Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Sergipe, Minas Gerais, Santa Catarina, Amazonas e Roraima. A notificação de caso suspeito de sarampo é obrigatória. Apresentando essa sintomatologia, é importante ir ao posto de saúde mais próximo para receber a devida assistência.

    IMUNIZAÇÃO: A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba e está disponível de rotina nas salas de vacina dos municípios. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) ressalta a importância de finalizar o esquema vacinal para evitar casos da doença. A imunização com a tríplice deve seguir o seguinte esquema:

    - Indivíduos de 12 meses a 29 anos de idade: 2 doses de tríplice viral com intervalo mínimo de 30 dias entre elas;

    - Indivíduos de 30 a 49 anos de idade não vacinados: 1 dose de tríplice viral;

    - Profissionais de saúde não vacinados: 2 doses com a vacina tríplice viral independente da idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

    * Crianças entre 6 meses e menores de 1 ano, residentes nos nove municípios a seguir, devem tomar uma dose da tríplice viral: Recife, Paulista, Bezerros, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho e Salgueiro. Importante ressaltar que essas crianças precisarão seguir o esquema normal de imunização a partir dos 12 meses. 

    * No momento, ainda é indicada a vacinação de crianças de 6 meses a menores de 1 ano que vão se deslocar para municípios que apresentam surto ativo de sarampo. A imunização deve ser feita pelo menos 15 dias antes da viagem.  

    Cidades: Taquaritinga do Norte
    Assuntos: ses, sarampo
    Compartilhe: Link para o post:
  • SJDH realiza primeiro mutirão Jurídico no Presídio de Itaquitinga

    | Direitos Humanos

    mutirao

    Será avaliada a situação jurídica dos presos com o intuito de requerer benefícios no âmbito da execução penal.

    A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), e a Defensoria Pública de Pernambuco (DPP) realizarão um Mutirão Jurídico no Presídio de Itaquitinga (PIT), na Mata Norte, no período de 20 (terça) a 23 (sexta) de agosto, a partir das 9h. É o primeiro mutirão do PIT desde a inauguração em 2018. A ação atende à Lei de Execuções Penais (artigos 15 e 16), na qual prevê a assistência jurídica aos presos que não a possuem no âmbito privado.

    A equipe - composta de cinco assessores jurídicos da Seres (sede), dois defensores públicos, quatro servidores do Setor Jurídico e Registro e Movimentação Carcerária da unidade prisional, além de quatro agentes penitenciários – atenderá os reeducandos e fará a análise de suas pastas carcerárias, assim como, a atualização do Sistema Integrado de Informacão Prisional ( SIAP). “A iniciativa é mais uma ferramenta importante no combate à superlotação das unidades prisionais de Pernambuco. O objetivo é identificar processos que estão excedendo o prazo e que já poderiam ter sido julgados” detalha o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.  

    Sob coordenação da gerência Jurídico-Penal da Seres e DPP, serão tomadas, de acordo com a situação jurídica do preso, providências como atestado de pena e requerimento de diversos benefícios no âmbito da execução penal a exemplo de progressão de regime, livramento condicional, remição de pena, prisão domiciliar , extinção de pena, habeas corpus e relaxamento de prisão. As diligências serão encaminhadas ao Poder Judiciário a fim de promover a agilização processual dos presos provisórios do PIT.

    Cidades: Itaquitinga
    Assuntos: sjdh, seres, mutirao juridico, presidio de itaquitinga
    Compartilhe: Link para o post:
  • Mais de mil mudas de árvores foram plantadas, este ano, no Recife por reeducandos do regime aberto

    | Direitos Humanos

     árvores

    Eles trabalham na Sementeira Trindade, em Casa Amarela, no serviço de plantio em parques, praças e calçadas.

    O trabalho de educação ambiental anda junto ao de ressocialização no programa de empregabilidade do Patronato Penitenciário, órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH). O resultado desta parceria são as 1.194 mudas, de várias espécies, plantadas, só este ano,  em parques, praças e calçadas do Recife por reeducandos do regime aberto.

    O grupo de 10 apenados trabalha na Sementeira Trindade, através de convênio do Patronato Penitenciário com a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). Na área com um hectare e meio, eles cultivam uma média de 30 espécies de plantas, entre elas, ipê roxo, craibeira, pau de jangada, pata de vaca, amendoeiras, acácias branca, palmeiras, ubaia, saboneteira, felício, mororo, entre outras. Também realizam limpeza, capinação e remoção de ervas daninhas nas plantas.

    Os reeducandos recebem orientação de agrônomos, e em seguida colocam as mãos na terra, para jardinar, limpar e regar as mudas. “É uma oportunidade de enxergar a vida de uma forma diferente, uma atividade laborativa gratificante que ajuda na reintegração à vida em liberdade e contribui com a arborização urbana", ressalta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

    Pelo serviço o grupo é remunerado com um salário mínimo (R$ 998,00), alimentação e transporte.  A.R.H. se identifica muito com a área de jardinagem. “Aprendi como plantar, os nomes de plantas, fazemos plantio de ipê roxo, palmeira imperial e outras espécies no Recife inteiro. As pessoas ligam e aí marcam o dia para realizar o plantio”, explica.   

    O manuseio com plantas também é feito pelos reeducandos que trabalham no Sítio da Trindade, através do plantio, limpeza, corte de grama, retirada do lixo, jardinagem, e manutenção da sementeira de plantas medicinais.  

    Cidades: Recife
    Assuntos: sjdh, patronato penitenciario
    Compartilhe: Link para o post:
  • SCGE participa de evento sobre segurança na era digital

    segurança

    Realizada nos últimos dias 13 e 14, a Conferência Gartner Segurança & Gestão de Risco 2019, em São Paulo, contou com a participação da secretária da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), Érika Lacet, e do assessor técnico Renato Cirne. Durante o evento internacional, a programação destacou os insights e novidades sobre a área de segurança e como os executivos de tecnologia e business podem tornar suas operações mais confiáveis e preparadas para os novos passos da tecnologia. Mais de 700 profissionais de segurança e gerenciamento de riscos estiveram presentes no local.

    “A segurança dos dados é uma preocupação essencial para a administração pública. Em um mundo hiperconectado, a implementação de controles rígidos é fundamental para a proteção de informações sensíveis do governo e da sociedade”, destacou a secretária. De acordo com ela, encontro promoveu uma série de debates sobre o cenário de segurança digital e indicou como os líderes podem avançar em suas estratégias de proteção em uma era marcada pela expansão de soluções tecnológicas e desafios de compliance.

    “O evento foi muito importante para conhecer as melhores práticas sobre privacidade e segurança da informação. Considerando, principalmente, as novas exigências previstas na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)", enfatizou Renato Cirne.

    O Gartner Inc., principal empresa de pesquisa e consultoria do mundo, também irá promover essa mesma conferência, ainda este ano, em Sydney (Austrália), Mumbai (Índia), Londres (Inglaterra) e Dubai (Emirados Árabes).

    Assuntos: scge, seguranca digital
    Compartilhe: Link para o post:
  • Fórum sobre governança e gestão de pessoas tem presença da SCGE

    praticas

    O I Fórum Práticas de Governança e Gestão de Pessoas, realizado na quinta-feira, 15, e sexta-feira, 16, no Hotel Nobile Suites Executive, no bairro do Pina, Recife, conta com a participação de duas servidoras da SCGE. Nestes dois dias de programação, Cecília Moura e Karla Mialaret, respectivamente, gerente de Gestão de Pessoas e coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas agregaram conhecimento e inovação, como forma de contribuírem ainda mais nas atividades desenvolvidas na Controladoria.

    O Fórum teve como objetivo promover debates sobre temas relevantes na área de gestão de pessoas no campo do Poder Judiciário, viabilizando a troca de experiências adquiridas nas áreas de governança e gestão e possibilitando a aquisição de novos conhecimentos. O evento visou ainda fomentar o incentivo à sistematização de ritos e procedimentos entre as partes envolvidas, buscando uma gestão mais eficaz e participativa.

    “Estamos sempre buscando novas informações e estratégias que possam contribuir com nosso trabalho na SCGE. Dessa forma, identificamos boas práticas que podem ser implementadas, a fim de sempre inovar nossas ações em prol do desenvolvimento dos servidores”, destacou Cecília.

    Organizado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), por meio da Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP), o evento contou com a parceria do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT6) e do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

    Cidades: Recife
    Assuntos: scge, forum
    Compartilhe: Link para o post:
  • OGE instrui Prefeitura de Parnamirim na instalação de ouvidoria

     oge

    Na manhã da sexta-feira, dia 16, a diretora da Ouvidoria-Geral do Estado (DOGE), Zélia Correia, esteve reunida com o recém-nomeado ouvidor da Prefeitura de Parnamirim, no Sertão Pernambucano, Moisés Lima Sampaio. Na sede da OGE, no bairro do Espinheiro, no Recife, ele veio em busca de subsídios para estruturar a ouvidoria do município, com uma população estimada em mais de 21 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Ao novo ouvidor, Zélia destacou o importante papel da ouvidoria como ferramenta de gestão e governança; a infraestrutura necessária para criar o espaço de atendimento das manifestações; e falou sobre as habilidades humanas e técnicas que o ouvidor deve ter na condução do trabalho.

    “Além de aproximar ainda mais o cidadão do Poder Executivo Estadual, por meio da ouvidoria ativa e do fomento ao controle social, nosso papel também é o de estimular a implantação de ouvidorias, principalmente nas prefeituras – em atendimento ao inciso VII do art. 13 da Lei Estadual nº 16.420/2018 –, garantindo o exercício do direito à cidadania em todas as esferas do governo”, frisou Zélia Correia.

    Ao retornar para Parnamirim, distante cerca de 570 quilômetros do Recife, o ouvidor vai expor ao prefeito Tácio Pontes sobre a estrutura imprescindível para agilizar a instalação da ouvidoria, bem como elencar a grade de eventos de capacitação repassada pela diretora. “O nosso prefeito tem noção da relevância desse trabalho, por isso tenho certeza que iremos agilizar ao máximo a instalação da nossa ouvidoria”, analisou Moisés. Também presente na reunião, Luciana Silva, que integra a equipe da DOGE.

    Cidades: Parnamirim, Recife
    Assuntos: scge, ouvidoria
    Compartilhe: Link para o post: