meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Projeto Novas Oportunidades insere jovem da Funase em vaga formal de emprego

    | Juventude, Direitos Humanos

    Socioeducando, que cumpre medida de semiliberdade na Casem Caruaru, está trabalhando no fórum do município

    Um socioeducando da Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru foi aprovado para uma vaga de emprego formal ofertada por meio do Projeto Novas Oportunidades. O jovem está trabalhando como engraxate no Fórum Juiz Demóstenes Batista Veras, no município, e aplicando o conhecimento adquirido durante aulas de capacitação profissional das quais participou anteriormente. A iniciativa é promovida pela Gerência Geral de Atendimento Socioeducativo da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco (SDSCJ) e beneficia egressos ou jovens prestes a deixar a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase).

    O socioeducando está dando expediente de segunda a sexta-feira, atendendo advogados que atuam no fórum. Além da remuneração, o jovem terá direito a vale-transporte e a uma ajuda para custear a alimentação. “Esse programa é uma grande oportunidade para o socioeducando exercer as técnicas passadas no curso, além de possibilitar que ele tenha contato com o mundo do trabalho em um local tão qualificado como o Fórum de Caruaru. É gratificante ver um jovem da nossa unidade trabalhando formalmente e criando novos projetos de vida”, ressaltou a coordenadora geral da Casem Caruaru, Anabel Brandão.

    O Projeto Novas Oportunidades é destinado a adolescentes e jovens de ambos os sexos e com idades entre 12 e 22 anos. O objetivo é favorecer ações que promovam mudanças no projeto de vida do público atendido e a redução do índice de reincidência em atos infracionais. Socioeducandos e ex-socioeducandos que desejam participar recebem acompanhamento técnico para a transformação ou superação de circunstâncias adversas, facilitando seu ingresso no mercado de trabalho e o restabelecimento de convívios sociais.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sdscj, funase, casem, socioeducandos, projeto novas oportunidades
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara anuncia novas políticas públicas em favor das mulheres de Pernambuco

    foto

    As medidas foram divulgadas nesta quinta-feira, durante evento alusivo ao Dia da Mulher, no Centro de Convenções

    Durante evento em alusão ao Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira (21.03), no Centro de Convenções, em Olinda, o governador Paulo Câmara, ao lado da vice-governadora Luciana Santos, anunciou novas ações concretas em favor da população feminina de Pernambuco. Entre elas, a criação de mais três Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher e o anúncio do decreto Nº 47.218/2019, que trata de medida protetiva de urgência para a suspensão da posse ou restrição do porte de armas de agressores enquadrados na Lei Maria da Penha. Também foi lançada a 12ª Edição do Anuário 8 de Março – 2019, documento que apresenta as ações realizadas pela Secretaria da Mulher em 2018 e o planejamento das metas e prioridades para 2019.

    “A partir de hoje, no Estado de Pernambuco, constitui-se dever da autoridade policial adotar medidas efetivas que possibilitem até mesmo a suspensão da posse de arma de fogo registrada em nome do agressor denunciado, como forma de evitar um mal maior às vítimas consideradas em situação de risco”, afirmou Paulo Câmara. Com relação às novas delegacias, o governador explicou tratar-se de uma ação que reconhece o relevante papel das Delegacias Especializadas já em funcionamento, e garante que os investimentos nesse segmento tendam a aumentar, por tratar-se de um dos eixos mais importantes da Política de Segurança Pública do Estado.

    O chefe do Executivo estadual também assinou termos de cooperação técnica. Um deles, entre as secretarias da Mulher e de Saúde, que estabelece uma ação para o desenvolvimento da 3ª Edição do Plano Intersetorial de Atenção Integral à Saúde da Mulher em Pernambuco; outro, entre as secretarias da Mulher e de Emprego, Trabalho e Qualificação, que estabelece condições de cooperação mútua visando o desenvolvimento das políticas, programas e projetos coordenados pelas duas pastas voltados para o fortalecimento sociopolítico, produtivo, empreendedor e tecnológico das mulheres pernambucanas; e ainda um entre o Governo Estado e a Assembleia Legislativa – para o Concurso de Fotografia Marylucia.

    “Estamos dentro das comemorações do mês da mulher, mas sempre preocupados com políticas públicas que possam fazer realmente a diferença e dar combate a qualquer tipo de discriminação, violência ou qualquer fato que possa colocar em dúvida desigualdades que ocorrem em relação às mulheres. A gente tem o simbolismo de fazer esse evento no mês de março, mas com a consciência de que tem muita coisa a ser feita durante todos os dias todo ano”, reforçou o governador.

    Outro decreto assinado por Paulo Câmara durante a solenidade foi o Nº 47.219/2019, que convoca a V Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres. Ele também anunciou novas ações para melhoria das condições de vida das mulheres no Estado. São parcerias nas áreas do Enfrentamento à Violência de Gênero, Chapéu de Palha Mulher e dos prêmios Naíde Teodósio de Estudos de Gênero e Mulher Idosa Anita Paes Barreto.

    A vice-governadora Luciana Santos destacou o empenho de Paulo Câmara em aplicar políticas públicas em prol das mulheres, e reiterou que o caminho de luta persistirá. “Estamos diante de um evento que procura afirmar a necessidade de um encontro entre mulheres para prestar contas das políticas públicas, mas também para afirmar novos rumos, uma agenda para o futuro. Procurarei retribuir a confiança que me foi depositada e tenho consciência do papel que preciso cumprir. Vamos persistir nesse caminho e ampliar ainda mais nossas conquistas”, afirmou Luciana.

    A secretária da Mulher, Sílvia Cordeiro, destacou os avanços que a população feminina de Pernambuco obteve ao longo dos 13 anos de existência da sua pasta. Entre eles, o decreto abolindo do Boletim de Ocorrência policial o motivo de crime passional, agora classificado como feminicídio “Esse foi um passo muito forte para combater o machismo”, pontuou. Sílvia também frisou que cerca de 390 mil mulheres foram atendidas pelas ações da secretaria.

    “Mais de 16 mil mulheres foram protegidas pelos serviços disponíveis aqui no Estado nos casos de abrigamento de mulheres em risco de morte. Nossas ações de prevenção chegaram a 2,5 milhões de mulheres. São cerca de 600 serviços fortalecendo a rede articulada de proteção, que vai dos hospitais a delegacias, centros de assistência social, organismos de políticas públicas para as mulheres e aparato do sistema de justiça”, registrou Sílvia Cordeiro.

    HOMENAGEM – O evento desta quinta-feira contou ainda com um momento dedicado a Joana Batista Ramos, que compôs, junto com Matias da Rocha, o Hino Vassourinhas – uma das músicas mais tocadas no Carnaval pernambucano. Invisibilizada por anos, Joana, mulher negra e pobre, recebeu o reconhecimento da sua importância para a cultura pernambucana.

    Cidades: Olinda
    Assuntos: sei, paulo camara, politicas publicas, dia da mulher
    Compartilhe: Link para o post:
  • Procon-PE notifica empresas para devolver valor de taxa de conveniência de ingressos comprados via internet

    | Direitos Humanos

    A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, através do Procon-PE, notificará todas as empresas que vendem ingressos pela internet e cobram taxa de conveniência. O órgão de defesa do consumidor divulgou, na tarde desta quinta-feira (21.03), uma Nota Técnica sobre o assunto em que reconhece a cobrança como ilegal, uma vez que não há, notadamente, serviço efetivo que justifique a sua cobrança.

    Segundo a nota, a venda pela internet "alcança maior número de interessados e privilegia apenas os interesses dos produtores de tais eventos, e estes, por sua vez, ao instituírem a taxa, transferem aos consumidores parcela considerável do risco do empreendimento." As empresas que praticam a cobrança serão notificadas para devolver o valor e ainda poderão ser multadas.

    Assuntos: sjdh, procon, notificaçao, ingressos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Autoliderança é o caminho para uma gestão de sucesso

    | Administração

    Durante o X Encontro do Cefospe com Gestores de Pessoas, especialistas em coaching deram dicas de como se conhecer melhor para alcançar uma gestão transformadora

    Tradicionalmente sediado pelo Centro de Formação dos Servidores Públicos de Pernambuco (Cefospe) o Encontro do Cefospe com Gestores de Pessoas chegou a sua décima edição nesta terça (19.03). Este ano o evento trouxe como tema as “Tendências e Inovação para Modernização da Gestão Pública”. Sob a ótica da personal professonal CoachLeader Coach certificada pelo Behavioral Coaching Institute, Patrícia de Cássia e da fonoaudióloga e mestre em Gestão de Desenvolvimento Local Sustentável, Sandra Vespasiano, os presentes puderam entender como praticar a autoliderança.

    Após o café da manhã de boas vindas, os músicos do Conservatório Pernambucano de Música, Renato e Adilson Bandeira, presentearam a todos com belas canções. Abrindo o evento, a diretora do Centro de Formação dos Servidores Públicos de Pernambuco (Cefospe), Analúcia Cabral, lembrou da importância dos profissionais que trabalham à frente da gestão de pessoas. “Tradicionalmente realizamos este evento para aqueles que militam nessa área. Todas as transformações e avanços são impulsionado por pessoas. Este é o motivo de trazermos o tema liderança, que é tão estratégico para todas as Instituições Públicas”, destacou Analúcia.

    A palestrante e personal professonal Coach e Leader Coach certificada pelo Behavioral Coaching Institute, Patrícia de Cássia foi a primeira a falar sobre “O Poder da Liderança Transformadora”, onde ensina que o autoconhecimento acelera e potencializa a habilidade profissional de desenvolver pessoas profissionalmente. “Para ter sucesso é preciso saber lidar com gente, sobretudo com nós mesmos. É preciso aprender a liderar nossas próprias vidas para só então liderar uma equipe. O autoconhecimento é imprescindível para estruturar uma liderança transformadora”, pontuou a profissional.

    Patrícia ainda deixou um questionamento para os presentes: qual legado da sua liderança? Em quê ela é inspirada? “Gerenciar é completamente diferente de liderar. Um significa planejar, o outro proporciona mudanças; inspirar transformações e impactar positivamente o ambiente. Entende a diferença? Então, o líder precisa sair um pouco do salto alto e ouvir mais, absorver novas técnicas e ter clareza de onde se quer chegar para que os outros sintam-se confortáveis e confiantes com sua liderança”, concluiu a coach

    Pegando o gancho da colega a fonoaudióloga e mestre em Gestão de Desenvolvimento Local Sustentável, Sandra Vespasiano, explanou o conceito do líder OPEN. “É um modelo de gestão de auto conectividade; relações de troca; feedback sobre o próprio desempenho. Pois, uma vez que eu me conheço, não centralizo trabalhos, ganho autonomia e consigo uma liderança amadurecida”, principiou Sandra alertando que também é preciso motivar a si mesmo para motivar o outro. “É isso que me torna um líder por excelência. Tirar o fator que desmotiva e proporcionar uma geração de valor dentro do ambiente organizacional, trazendo transparência, colaboração e equilíbrio. É romper todos os velhos conceitos e programar uma dinâmica atual, alcançando, assim, a maturidade dos liderados e a sua própria”, disparou Vespasiano.

    O professor da UPE, Jalvaro Carneiro Leão elogiou o evento.  “O evento trouxe um novo olhar acerca das diversas lideranças que existem no mercado e como desenvolvê-las da melhor forma. Um tema superpositivo para a melhora da gestão em nossos órgãos” vislumbrou o professor.

    SALA DE LEITURA – Ao fim do evento, todos puderam enfim conhecer a nova sala de leitura do Cefospe, inaugurada no mesmo dia do evento. Com 500 livros em seu acervo, o espaço conta com exemplares com temas técnicos e literários, além da estação para pesquisa com dois computadores. A diretora do Cefospe, Analúcia Cabral, cortou a fita e convidou a todos para conhecer o novo espaço. “Nosso objetivo é sempre proporcionar a melhor estrutura para nossos alunos. Está sendo uma grande alegria poder oferecer este acervo. Aliás, quem quiser, contribuir com a composição da biblioteca, estamos aceitando doações de livros relacionados à gestão pública, foco, recursos humanos, autoajuda, espiritualistas ou negócios”, lembrou a gestora.

    A Policial Militar, Isolda Carlos, ficou encantada com o novo espaço. “Alegra-me muito saber que o Cefospe trouxe uma sala de leitura, pois incentiva a leitura, acolhe-nos, desenvolve e aguça nossa curiosidade. Além do mais, precisamos sair mais desse ambiente virtual e conhecer mais nossa literatura”, lembrou Isolda.

    Já Cecília da Silva, presidente do Sindicato dos Servidores de Pernambuco, elogiou as obras de artesanato presentes no ambiente. “Não poderia valorizar mais nossa terra. Eu que sou de Carpina fico feliz em ver que nossa cultura permanece viva; ainda mais neste ambiente de cultura literária”, disparou ela.

    O servidor Douglas Barbosa, que trabalha na Secretaria de Educação, se surpreendeu com a inovação do Cefospe em possibilitar uma nova estrutura para àqueles servidores também são universitários. “É mais um espaço para estudarmos, nos integrarmos e exercitarmos nossa pluralidade. Adorei”.

    Assuntos: sad, cefospe, gestao publica
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sileno Guedes explica sistemática da 13ª parcela do Bolsa Família para municípios da Zona da Mata Norte e Sul

    | Juventude, Direitos Humanos

    Durante o detalhamento do benefício, o secretário estadual destacou a importância do programa para os mais de 3 milhões de pernambucanos
     
    Com o anúncio do programa Nota Fiscal Solidária e a garantia do pagamento da 13º parcela do Programa Bolsa Família em Pernambuco, o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, detalhou como funcionará o benefício para profissionais da Assistência Social das cidades das Matas Norte e Sul do Estado durante a Reunião Ordinária Descentralizada da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), que aconteceu na quinta-feira (21), no município de Vitória de Santo Antão. O encontro faz parte de uma das instâncias de pactuação do processo de gestão do Sistema Único da Assistência Social (Suas). 
     
    Na ocasião, Guedes destacou a relevância do programa para os mais 3 milhões de pernambucanos que são beneficiados e destacou que a proposta vai ajudar no fortalecimento da política da assistência social neste ano. “Os números do Bolsa Família não são nenhuma novidade para os profissionais da assistência social, que sabem exatamente a importância do benefício para as pessoas e famílias que estão nas camadas mais pobres e também para a economia local e os municípios”, pontuou. “Essa nova parcela é um desafio muito grande que o governador Paulo Câmara lançou no período eleitoral e que, ainda no primeiro semestre do novo mandato, tomou a iniciativa de implantar. Vamos dar apoio às cidades e aos equipamentos que são porta de entrada para acessar o programa, como o Cras (Centros de Referência da Assistência Social), para que possamos treinar os profissionais que irão orientar a população. E, nesse processo, vamos precisar que os municípios nos ajude nessa tarefa”, destacou o secretário. 
     
    Outras pautas também entraram em discussão durante a reunião, como o status do Plano Municipal de Assistência Social (PMAS) e o cofinanciamento 2019, além de alguns informes, como a inserção dos beneficiários do Benefício da Prestação Continuada (BPC) no Cadastro Único e a Frente Pernambucana em Defesa do Sistema Único da Assistência Social (Suas) e da Seguridade Social. Durante o encontro, o secretário-executivo da Assistência Social, Joelson Rodrigues, ressaltou a importância da participação dos gestores municipais no debate e execução de estratégias que fortaleçam a política, além do apoio de deputados estaduais e federais. “Ainda no ano passado, a Frente teve o apoio de 13 deputados federais, mas precisamos mobilizar mais parlamentares a votar em defesa do Suas”, afirmou. 
     
    A reunião ordinária, a primeira no modelo descentralizada, será realizada em outros municípios do Estado: em maio, na cidade de São Caetano, e em julho, em Serra Talhada.
    Cidades: Vitória de Santo Antão
    Assuntos: sdscj, nota fiscal solidaria, 13 parcela do bolsa familia
    Compartilhe: Link para o post:
  • Serviço de Apoio Wilma Lessa debate violência contra a mulher

    | Saúde, Segurança

    No mês que homenageia a mulher, o Serviço de Apoio à Mulher Wilma Lessa, sediado no Hospital Agamenon Magalhães (HAM), promove, nesta sexta-feira (22.03), a partir das 9h, mesa-debate para discutir a violência que atinge esse público e para repensar estratégias de enfrentamento. Intitulado “Nenhuma a menos: feminicídio no Estado de PE e os desafios para transformação de uma realidade inaceitável”, o evento, aberto ao público, contará com a presença da deputada estadual e delegada Gleide Ângelo e a secretária da Mulher do Estado, Sílvia Cordeiro.

    Entre os temas que serão abordados, os contextos sociais diversos que levam a crimes violentos contra as mulheres; o auxílio dos órgãos de proteção para prevenir, investigar e punir o crime de feminicídio; explanação sobre o Protocolo de Feminicídio de Pernambuco; e abordagem da luta do movimento de mulheres. Representantes do SOS Corpo – Instituto Feminista Pela Democracia e da Marcha Mundial das Mulheres participam das discussões.

    ACOLHIMENTO – O Serviço de Apoio à Mulher Wilma Lessa completará 18 anos de funcionamento no próximo mês de junho. O local funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, para acolher e atender a mulher vítima de violência, principalmente sexual. O local recebe pacientes de forma espontânea ou encaminhadas de algum serviço de saúde ou de proteção, como delegacias. Lá, a mulher é acolhida por uma equipe multiprofissional, formada por assistentes sociais, médicos, enfermeiros e psicólogos, que colocarão em prática o protocolo necessário para cada tipo de ocorrência.

    Quando o caso é de violência sexual, é importante que a mulher se dirija ao serviço no máximo em até 72 horas após a agressão, conforme preconiza o protocolo de atendimento  previsto pelo Ministério da Saúde, que inclui o uso de contraceptivo de emergência, do coquetel profilático para IST/HIV, exames subsequentes e, se necessário, o aborto previsto em lei. Todas as medidas são rigorosamente analisadas pelos médicos e equipe de plantão. O Hospital Agamenon Magalhães é referência no Estado para casos de aborto legal, direito das mulheres vítimas do crime de estupro.

    A mulher pode entrar em contato com o Serviço pelo (81) 3184.1740.

    BALANÇO DE ATENDIMENTO

    Em 2018, o Serviço de Apoio à Mulher Wilma Lessa realizou 345 atendimentos. Já os retornos para o acompanhamento dos casos totalizaram 1.202. “Estamos conseguindo ampliar o número de retornos, o que reforça que estamos qualificando a assistência e estimulando as mulheres a seguirem o protocolo de até oito meses de acompanhamento no serviço”, ressalta a gerente do Serviço, Mônica Gomes.

    Entre as mulheres acolhidas no Wilma Lessa em 2018, 117 tinham entre 12 a 18 anos, 224 entre 19 a 59 anos e 4 entre 60 a mais. Dos 345 casos, 244 foram de violência sexual, 62 de sexual e física, 29 física, 7 psicológicas e 3 ignoradas. Sobre como elas chegaram ao local: 89 foram demandas espontâneas, 111 encaminhadas de delegacias, 121 de serviços de saúde e 24 de outros serviços de proteção.

    REDE

    Além do Wilma Lessa, outros serviços de saúde são qualificados para fazer o atendimento integral à mulher vítima de violência. Mas é importante ressaltar que a cidadã pode seguir para qualquer unidade de saúde, que fará o primeiro atendimento e, se necessário, encaminhará para uma referência.

    I GERES: Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam – Pró-Marias) – Recife; Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) – Recife; Hospital da Mulher do Recife (Centro de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sony Santos) – Recife; Hospital Agamenon Magalhães (Serviço de Apoio àMulher Wilma Lessa) – Recife; Policlínica e Maternidade Arnaldo Marques  - Recife; Maternidade Bandeira Filho – Recife; Unidade Mista Prof Barros Lima – Recife; Hospital Geral de Camaragibe Aristeu Chaves - Camaragibe.

    IV GERES: Hospital Jesus Nazareno – Caruaru.

    VII GERES: Hospital Regional Inácio de Sá – Salgueiro.

    VIII GERES: Hospital Dom Malan – Petrolina.

    XI GERES: Hospital Professor Agamenon Magalhães – Serra Talhada.

    Assuntos: ses, hma, wilma lessa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Porto de Suape está ainda mais competitivo

    | Suape

    Ancoradouro pernambucano está apto a receber navios porta contêineres de até 366 metros

    Líder em contêineres no Norte/Nordeste, com 454.721 TEUs (medida equivalente a um contêiner de 20 pés) movimentados em 2018, o Complexo Industrial Portuário de Suape está ainda mais competitivo nesse segmento. Com base em estudos recentes da Universidade de São Paulo (USP), a Marinha do Brasil autorizou o porto pernambucano a receber os navios regulares porta contêineres de maiores dimensões disponíveis na América do Sul (classe SAMMAX, de até 336 metros de comprimento, 48 metros de largura e calado máximo de 14,5 metros), como também embarcações previstas para chegar ao País no início do próximo ano (NEW PANAMAX, de 366 metros de comprimento, 52 metros de largura e calado máximo de 15,2 metros).

    “A indústria naval vem se aprimorando e precisamos acompanhar esse desenvolvimento. Receber esses megaconteineiros é condição primordial para que Suape exerça sua vocação de hub port no segmento. E as parcerias com a Praticagem de Pernambuco e a Capitania dos Portos de Pernambuco foram fundamentais para habilitar o porto nesse processo”, destaca o presidente do complexo, Leonardo Cerquinho. Até então, Suape estava apto a receber navios de contêiner de até 305 metros de comprimento e 48 metros de largura, com capacidade de até 8 mil TEUs. A classe SAMMAX tem capacidade de 9,7 mil TEUs e a NEW PANAMAX, de 14 mil TEUs.

    A novidade é uma das vantagens competitivas que o porto apresenta na 25ª edição da Intermodal South America, maior feira internacional de logística, transporte de cargas e comércio exterior, que acontece desta terça-feira (19) até quinta-feira (21), em São Paulo. É fundamental, inclusive, para o maior projeto de arrendamento portuário em curso no Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) do Governo Federal: o segundo terminal de contêineres (Tecon II). O New Panamax é o navio projeto do Tecon II, ou seja, o mais adequado para operar no local. A Capitania avaliará as condições para utilização das embarcações de maior porte (climáticas e de infraestrutura) antes da atracação.

    O edital de licitação do terminal deve ser lançado ainda neste semestre e o leilão deve ocorrer no segundo semestre. O equipamento mais que dobrará a capacidade do terminal atual, de 700 mil TEUs, para 1,7 milhão de TEUs e deve receber investimentos de R$ 1,2 bilhão. Ele terá 770 metros de cais e dois berços de atracação, numa área de 269 mil metros quadrados, com possibilidade de expansão de mais de 160 mil metros quadrados. O contrato de arrendamento será de 25 anos, prorrogável até 70 anos, e seu valor global estimado é de R$ 5,495 bilhões.

    Há inúmeras outras vantagens competitivas que fazem o Porto de Suape manter a liderança nacional na cabotagem e na movimentação de granéis líquidos, entre os 30 portos públicos do País, assim como na movimentação total entre os portos públicos do Norte e Nordeste, com 23,4 milhões de cargas movimentadas em 2018, ficando em 5º lugar no ranking de movimentação entre os portos nacionais.

    A posição estratégica é uma delas. O ancoradouro está a um raio de 800 quilômetros de sete entre as nove capitais do Nordeste e de 12 aeroportos (seis internacionais), com linhas diretas para países da Europa, América do Sul e do Norte. Seu porto interno tem profundidade entre 12 e 15,5 metros e o externo, de 15,5 a 20 metros. Além disso, é um porto abrigado com assoreamento mínimo e mantém um prédio da Autoridade Portuária, que concentra todos os órgãos intervenientes no local, o que reduz o tempo de liberação de navios e cargas. O espaço de Suape na Intermodal fica na Rua 10, estande 30.

    Assuntos: sdec, suape, conteineres
    Compartilhe: Link para o post:
  • Reeducandos cuidam da limpeza urbana de Caruaru

    | Direitos Humanos

    caruaru

    Os apenados trabalham sete horas por dia, de segunda a sexta com remuneração de um salário mínimo. Eles varrem e capinam ruas e praças

    Em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, a limpeza urbana transforma a vida de egressos do sistema prisional. Noventa e dois reeducandos que cumprem pena no regime aberto trabalham varrendo e capinando as ruas e praças. Eles são beneficiados com uma parceria que a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) mantém com a Prefeitura de Caruaru. O objetivo é garantir que os cumpridores recomecem a vida longe do crime.

    Um convênio de empregabilidade viabilizado pela Secretaria Executiva de Justiça e Promoção dos Direitos do Consumidor (SEJPDC), através do Patronato Penitenciário, garante que os apenados trabalhem sete horas por dia, de segunda a sexta, com remuneração de um salário mínimo. Para conquistar a vaga, todos passam por um processo seletivo com o acompanhamento psicológico e jurídico.

    “Esse trabalho é uma chance de mostrar à sociedade que estamos cumprindo nossa pena e ao mesmo tempo estamos mudando de vida. Meu objetivo com essa oportunidade é ajudar no sustento da minha casa e fazer um curso de enfermagem”, afirma a reeducanda Evanda Gorette, 46 anos.

    Os convênios não são regidos pela CLT e sim pela Lei de Execuções Penais, o que isenta o empregador de pagar 13° salário, férias e outros encargos sociais. Além de Caruaru, a parceria da SJDH também é executada em outros municípios como Recife, Olinda, Paulista, São Lourenço da Mata, Jaboatão dos Guararapes e Petrolina. “Mantemos convênio com instituições públicas e empresas privadas no intuito de resgatar a dignidade dessas pessoas e garantir que elas não reincidam no crime. Atualmente 903 apenados trabalham por meio dessas parcerias”, frisa o superintendente do Patronato Penitenciário, Josafá Reis.

    Cidades: Caruaru
    Assuntos: sjdh, patronato penitenciario
    Compartilhe: Link para o post:
  • Projeto Boa Visão beneficia reeducandos de Arcoverde

    | Saúde

    boa visão

    Atendimentos serão realizados na UPAE do município

    Em meados de 2018, pela primeira vez, o Projeto Boa Visão ofertou consultas oftalmológicas para estudantes reeducandos. Ao todo, 133 pessoas do Centro de Ressocialização do Agreste, em Canhotinho, participaram da iniciativa. Dessas, 126 tiveram indicativo para uso de óculos e receberam as lentas, gratuitamente, pelo Lafepe. Nesta quinta (21.03) e sexta-feira (22.03), será a vez de 5 estudantes da
    Unidade Prisional Brito Alves, ligados à Escola Estadual Dircélio Ferreira de Paiva Júnior, localizada em Arcoverde, serão beneficiados pelo Programa.

    O atendimento será na Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) do município. O Projeto Boa Visão é um programa do Governo de Pernambuco que, desde 2012,
    busca melhorar o desempenho e desenvolvimento das crianças e jovens em idade escolar e dos profissionais da educação, contribuindo para aumentar o rendimento em sala de aula, evitando a evasão escolar. São ofertadas consultas oftalmológicas
    e, quando necessário, os pacientes são encaminhados para exames. Óculos também estão garantidos gratuitamente, por meio de parceria com o Lafepe.

    Desde o início do programa até 2018, foram atendidas 105.635 pessoas e 67.098 óculos foram fornecidos. Atualmente, o Programa está fixado nas UPAEs de Limoeiro, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Arcoverde, Belo Jardim, Caruaru, Garanhuns e Petrolina.

    Cidades: Arcoverde
    Assuntos: ses, projeto boa visao, lafepe, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post:
  • Procurador do Estado faz palestra sobre desafios da advocacia pública

    O procurador do Estado Eduardo Siqueira Campos fez palestra na noite de terça-feira (19/3) no auditório da Faculdade Metropolitana em evento do Projeto AGU nas Universidades. O procurador do Estado, o advogado da União Marco Aurélio Peixoto e o procurador do Município do Recife Alysson Bezerra falaram sobre “Os desafios da advocacia pública” nos níveis estadual, federal e municipal.

    Os três palestrantes integram Comissão de Advocacia Pública da OAB-PE (presidida por Marco Aurélio Peixoto), que promoveu o evento em parceria com a Faculdade Metropolitana, a Escola Superior de Advocacia da OAB-PE, AGU e OAB-PE, com a apoio da Rede Escolas de Governo Pernambuco, da qual o Centro de Estudos Jurídicos da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) participa.

    Eduardo Campos atua na 1ª Procuradoria Regional, com sede em Caruaru, e destacou em sua fala os caminhos trilhados para alcançar a tão almejada aprovação no concurso de procurador do Estado de Pernambuco. Também explanou sobre as atribuições do cargo de procurador dentre as possíveis áreas de atuação (consultiva, contencioso, apoio ao governador).

    Cidades: Recife
    Assuntos: pge, palestra, governo de pernambuco
    Compartilhe: Link para o post: