meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Centro Administrativo da SARA em Petrolina será ampliado

    | Comunicação, Agricultura

    O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, vai autorizar, nesta sexta-feira (30), a abertura de processo licitatório para ampliação do Centro Administrativo da SARA  em Petrolina. Serão realizadas obras de ampliação das unidades do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), além da realização das reformas das regionais da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro) e do Instituto de Terras de Pernambuco (Iterpe).

    Um auditório com capacidade para 60 pessoas também será construído no local que terá dormitórios para homens e mulheres ampliados e estacionamento ordenado. O Centro vai abrigar ainda as instalações do Programa Mãe Coruja.

    "A obras visa dar melhores condições de trabalhos para os servidores dos órgãos ligados à Secretaria e consequentemente a melhoria da qualidade do atendimento aos agricultores familiares da região do São Francisco", avaliou o secretário. Ao final do lançamento da obra será realizado um café da manhã.

    Cidades: Petrolina
    Assuntos: Agricultura, Petrolina, Sertão,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo do Estado orienta população inscrita no Cadastro Único do MDS

    | Comunicação, Social, Administração

    Esta é a última semana para o recadastramento no CadÚnico do Governo Federal. Por isso, muitas famílias beneficiárias dos programas sociais do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS estão com medo de perder os recursos da política de transferência de renda da União. Em alguns municípios do Estado, a quantidade de pessoas nas secretarias de Assistência Social é tão grande que está tumultuando o trabalho dos funcionários da prefeitura.

    Por isso, Kilma Luna, gerente de Proteção Social Básica – GPSB da SEDSDH e coordenadora do Bolsa Família no Estado, orienta a população pernambucana a fazer o recadastramento no CadÚnico em três situações específicas: 1 – Já está inscrita no CadÚnico e já tendo completado dois anos da última atualização cadastral; 2 - Quando beneficiário do Bolsa Família ou de outros programas sociais e for verificado no rodapé do comprovante de saque do benefício a data para comparecimento a sede do município; 3 – Quando houver intercorrência familiar, ou seja, quando alguma mudança na família acontecer, como no caso de nascimento, morte, ingresso no mercado formal de trabalho, mudança de endereço, etc.

    Em janeiro, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos –SEDSDH identificou que mais de 107 mil famílias pernambucanas precisavam realizar o recadastramento no Cadastro Único – CadÚnico do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS. De lá pra cá, mais de 50 mil já fizeram o procedimento.

    Para realizar o recadastramento, é necessário se dirigir a sede do Bolsa Família no município, munido de Certidão de Nascimento ou Casamento; Registro Civil (RG); CPF; Título de Eleitor, Carteira de Trabalho – CTPS e Comprovante de Residência.

    Cidades: Abreu e Lima, Araçoiaba , Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe , Dormentes, Fernando de Noronha, Igarassu, Ipojuca , Itamaracá , Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes , Lagoa Grande, Lagoa dos Gatos, Moreno, Olinda, Orocó, Paulista, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista, São Lourenço da Mata
    Assuntos: Desenvolvimento Social, Cadastro, ÚniCad, MDS, Orientação, Cadastro
    Compartilhe: Link para o post:
  • Lixo hospitalar: Apevisa vai incinerar tecidos

    apevisaApós perícias da Polícia Federal (PF) e Instituto de Criminalística de Pernambuco (IC), que constataram a presença de sangue nas amostras de tecidos recolhidos em depósitos no Agreste do Estado, a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) aplicou penalidade às empresas N.A. Intimidades, que possuía depósitos nas cidades de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama; e Império do Forro de Bolso, em Caruaru.

    Três portarias divulgadas nessa quarta-feira (28) no Diário Oficial de Pernambuco (nº 030/2011, nº 031/2011 e nº 032/2011) determinam que todo o estoque de tecidos recolhido nos três depósitos, totalizando cerca de 50 toneladas de material descartado por hospitais norte-americanos, deve ser incinerado. As empresas têm um prazo de 15 dias para recorrer da decisão. “Os laudos constataram que se tratava de peças de tecidos já utilizadas em serviços de assistência à saúde, sendo, portanto, classificadas como resíduos de serviços de saúde, ou seja, lixo hospitalar”, comentou o gerente da Apevisa, Jaime Brito.

    Apreensões - Em outubro, contêineres foram interceptados no Porto de Suape, com carga de tecido hospitalar importado dos EUA. A Apevisa, além de coletar amostras, encaminhou o material ao Instituto de Criminalística de Pernambuco e à Polícia Federal para serem periciados. A Agência Pernambucana também defendeu, em Brasília, a criação de regras nacionais para controle da comercialização ou doação de roupas de uso hospitalar. Atualmente, o País permite a reutilização dessas peças após higienização e esterilização.

    Assuntos: Apevisa
    Compartilhe: Link para o post:
  • Proprietários rurais recebem indenizações de áreas de barragens

    barragemFamílias que tiveram que deixar suas propriedades em virtude da construção das barragens Gatos, em Lagoa dos Gatos, e Panelas II, em Cupira, têm um motivo a mais para comemorar a chegada de um novo ano. A secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos de Pernambuco (SRHE/PE) está pagando nestas quarta-feira (28) e quinta-feira (29) um lote no valor de R$ 2,7 milhões para indenização de 47 propriedades.

    O cálculo dos valores incluiu construções, benfeitorias e terra nua. A secretaria disponibilizou transporte gratuito para que os proprietários pudessem vir hoje (28.12) ao Recife receber as indenizações na Caixa Econômica Federal. Um novo grupo de agricultores virá à cidade amanhã (29.12) com a mesma finalidade.

    Para construção dos dois empreendimentos, destinados a fazer o controle das cheias na Mata Sul, pouco mais de 200 propriedades serão afetadas. Deste total, 15 já foram indenizadas - num valor total de cerca de R$ 730 mil e as demais estão em fase final de análise e cálculos para pagamento. "O governador Eduardo Campos nos recomendou que zelássemos para que as famílias que tivessem que ser realocadas pudessem ter condições de vida ainda melhores no novo local onde forem morar", enfatizou o secretário de Recursos Hídricos e Energéticos de Pernambuco, José Almir Cirilo.

    Antes da ida à CEF, os proprietários foram recebidos pelo secretário José Almir Cirilo, pelo presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Getúlio Gondim e por representantes do Instituto Tecnológico de Pernambuco (Itep). O secretário destacou a complexidade de conduzir processos como esses que envolvem, inclusive, questões afetivas, pelo apego das pessoas à terra onde vivem há muito tempo. "Entendemos que é difícil para as pessoas saírem de suas casas, mas é necessário. Agradecemos a elas pois permitindo a construção das barragens, elas contribuem para que o povo da Mata Sul possa ficar livre do sofrimento causado pelas cheias".

    O secretário garantiu que os donos de terras que serão utilizadas para construção das barragens não precisam temer nenhum prejuízo financeiro. " Não é preciso ter esse receio pois estamos muito atentos a esse processo, pagando os valores estipulados para indenização da forma mais justa e rápida", explicou, acrescentando que o próprio governo está ajudando os proprietários a providenciarem os documentos necessários.

    Sorrindo, o agricultor José Cícero Lopes de Oliveira, contou que desde que soube que a área de sua propriedade teria que ser inundada para a construção de uma barragem, tinha muita desconfiança e receio de ficar no prejuízo. "Eu vivo daquela terra e estava com muito medo de ficar sem nada, achava que não ia receber, mas agora o dia chegou e estou feliz", confessou.

    O governo de Pernambuco instalou um escritório de desapropriações e indenizações na localidade de Chã de Panelas, no município de Cupira, para disponibilizar informações aos moradores das áreas a serem afetadas pela construção das barragens de Gatos e Panelas II, que foi iniciada em setembro. A retirada das famílias e o processo de indenização envolve também equipes de profissionais do Iterpe que está coordenando o processo de negociações do valor das propriedades e benfeitorias passíveis de indenização e do Itep, responsável pela avaliação dos imóveis e emissão dos laudos técnicos que dão base ao cálculo dos valores.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Licenças ambientais da Compesa terão prazos reduzidos

    sala1Uma parceria inédita no País foi celebrada nesta quarta-feira (28) entre a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), com a criação de um Núcleo Avançado de Meio Ambiente da CPRH dentro da própria companhia de saneamento com o objetivo de agilizar os processos de licenciamento ambiental. A iniciativa foi motivada pelo grande volume de recursos em obras de água e esgoto que estão sendo realizadas em Pernambuco e os novos projetos que serão executados até 2014. A expectativa é reduzir em 50% os prazos legais para liberação das licenças, que serão emitidas a partir de agora em 45 dias em vez dos 90 dias estabelecidos pela legislação vigente. Os trabalhos foram iniciados hoje com a apresentação da sala, situada na Rua da Aurora, na Boa Vista, onde os técnicos da Compesa e da CPRH irão interagir para garantir celeridade aos processos.

    A apresentação dos técnicos dos dois órgãos e a sala onde os profissionais desenvolverão as atividades conjuntas foi acompanhada pelos presidentes da Compesa, Roberto Tavares, e da CPRH, Hélio Gurguel. Ao justificar o pioneirismo da ação, Roberto Tavares lembrou que a Compesa é uma das empresas que mais investe em saneamento hoje no País. Nos últimos quatro anos, foram aplicados R$ 1,4 bilhão em obras de água e esgoto, volume superior a tudo que foi assegurado nos últimos 10 anos. “Graças ao esforço do governador Eduardo Campos em captar os recursos, investimos  uma média de R$ 350 milhões por ano, um marco na história da Compesa”, afirmou Tavares. Segundo ele, a meta é até 2014 aplicar mais R$ 3 bilhões e todos os empreendimentos previstos necessitam de licenças ambientais.

    Grandes projetos estão previstos para os próximos anos, a exemplo da Adutora do Agreste e das barragens do Engenho Maranhão e Pereira. Todos estão dentro do planejamento estratégico do governo estadual, que prevê a universalização dos serviços de água e esgoto. “O governo está determinado a resolver o problema de falta de água em Pernambuco e para isso precisa da agilidade na liberação das licenças ambientais para que as obras sejam executadas”, frisou Tavares. O presidente lembrou que a liberação dos recursos financeiros está atrelada ao licenciamento ambiental dos empreendimentos e que os órgãos financiadores estão cada vez mais exigentes.

    O Gerente de Meio Ambiente da Compesa, Eduardo Elvino, disse sala2que a Compesa precisa muito da CPRH e elogiou a decisão do órgão ambiental em estabelecer um relacionamento diferenciado com a companhia estadual de saneamento. Lembrou que a iniciativa é fruto do entendimento entre a gestão dos dois órgãos, uma vez que a Compesa é um dos principais demandadores de processos de licenciamento ambiental. “Somos o maior cliente da CPRH hoje  e estimamos solicitar 1.300 licenças ambientais até 2014. Isso vai exigir muito trabalho da agência”, adiantou. Somente em 2011, a Compesa solicitou 349 licenças ambientais, das quais foram emitidas 198 pela CPRH, o equivalente a 56% do total solicitado.

    Segundo o presidente da CPRH, Hélio Gurgel, a parceria vai garantir economicidade de tempo e recursos, alinhando os dois órgãos à visão de futuro do planejamento do governo estadual em promover o desenvolvimento de Pernambuco com sustentabilidade ambiental. “O trabalho que será desenvolvido por nossos técnicos na Compesa vai desmistificar o entrave burocrático, dando celeridade à concessão das licenças ambientais. Não tenho dúvidas que o esforço conjunto dos dois órgãos será bastante positivo para o povo pernambucano, que será beneficiado com obras de água e esgoto, de grande alcance social”, complementou Hélio Gurgel.

    Núcleo de Meio Ambiente - A sala onde os profissionais da CPRH vão trabalhar fica localizada no 2º andar do prédio da Compesa, situada na Rua da Aurora, 763, na Boa Vista. Dois profissionais da CPRH vão trabalhar durante oito horas na Compesa, contando com o apoio dos técnicos da Gerência de Meio Ambiente da Compesa, que também funciona no mesmo prédio. O espaço conta com toda a infraestrutura necessária, de mobiliário a equipamentos para garantir o bom andamento dos trabalhos. A sintonia desses profissionais vai permitir a identificação de problemas e que as providências sejam adotadas imediatamente. O Núcleo também irá facilitar a tramitação de documentos entre os dois órgãos, o que vai garantir a celeridade dos processos.

    Assuntos: Compesa, CPRH, Licença Ambiental, Parceria
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programa irá fiscalizar trabalho infantil no Réveillon

    atencaoUm ano novo com maior preocupação na garantia dos direitos das crianças e adolescentes. Nesta sexta-feira (30), das 18h à 0h, e sábado (31), das 17h às 23h, no Recife Antigo e na Orla de Boa Viagem, ocorre mais uma ação do Programa Atenção Redobrada, uma parceria entre a Secretaria da Criança e da Juventude (SCJ) e prefeituras municipais.

    Os profissionais orientarão as pessoas a combater o trabalho infantil, a venda de bebidas alcoólicas aos menores de 18 anos e demais violações dos direitos da criança e do adolescente. Todos os setores da sociedade serão sensibilizados, através da distribuição de materiais educativos, que estarão no comércio local, bares, rede hoteleira e barracas.

    Já na manhã desta quarta-feira (28), representantes da SCJ e da Prefeitura do Recife (PCR), através do Instituto de Assistência Social e Cidadania (IASC) assinaram um termo de cooperativa técnica. Com isso, educadores da PCR e SCJ garantem em 2012 intensificar as ações de combate as práticas abusivas contra crianças e adolescentes, em grandes eventos no Recife. A assinatura ainda contou com a presença do presidente da Associação Metropolitana dos Conselhos Tutelares de Pernambuco, Geraílson Ribeiro e demais educadores.

    “Vamos potencializar e ampliar ainda mais o que já vínhamos fazendo junto ao IASC. Durante todo o calendário festivo de 2012 iremos acionar esse programa com a Prefeitura do Recife e também com outras prefeituras da Região Metropolitana e interior do Estado”, falou a representante da SCJ, Bernadeth Gondim.

    Este ano, a campanha Atenção Redobrada foi realizada no São João de Caruaru, no Pernambuco Nação Cultural em Garanhuns, na Festa da Estação de Gravatá, no PE Folia, em Jaboatão dos Guararapes e no ciclo natalino do Recife.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Aprovados incentivos fiscais para indústrias, centrais de distribuição e importadoras

    A última reunião feita em 2011 pelo Conselho Estadual de Política Industrial, Comercial e de Serviços (Condic), realizado na sede da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), na manhã desta quarta-feira (28), resultou na aprovação de benefícios do Programa de Desenvolvimento do Estado de Pernambuco, o Prodepe, para 48 empresas, sendo 42 indústrias, duas centrais de distribuição e quatro empresas importadoras. Somando-se todos os projetos, há a previsão de aportes de R$ 584,4 milhões, dos quais R$ 418,8 milhões serão injetados no interior e R$ 165,5 milhões na Região Metropolitana do Recife. A geração projetada é de 4.154 empregos diretos, sendo 3.028 no interior e 1.126 na Grande Recife.

    Das 42 indústrias aprovadas, 24 são implantações, ou seja, indústrias novas que escolheram Pernambuco como base para seus negócios. Esses são os casos da WHB,  que está se instalando em Glória do Goitá, fruto de um investimento de R$ 300 milhões; da Cicopal, recentemente anunciada pelo Governo do Estado para Caruaru (R$ 41,4 milhões) e da EDK Mineração que ficará no Recife (R$ 41,2 milhões). No quesito maiores empregadores (projeção de emprego), WHB e Cicopal se destacam mais uma vez, com 2.000 e 318 ocupações diretas, ficando com o primeiro e o terceiro lugar, respectivamente. A Precon Engenharia, que ficará no Recife, responde pelo segundo lugar, com 335 vagas.

    As implantações contemplam 14 municípios, sendo oito do interior e seis da Grande Recife. Na RMR, os municípios são: Recife (6), Abreu e Lima (2), Jaboatão dos Guararapes (2), São Lourenço da Mata (1), Ipojuca (1) e Camaragibe (1). Rumando para o interior, tem-se Glória do Goitá (1), na Mata Norte; Pesqueira (2) e Caruaru (2), no Agreste Central; Petrolândia (1) e Floresta (1), no Sertão do Itaparica; Petrolina (2), no Sertão do São Francisco; Arcoverde (1), no Sertão do Moxotó e Serra Talhada (1), no Sertão do Pajeú. Há ainda 10 são ampliações de plantas já em operação, de forma praticamente igualitária entre os municípios metropolitanos e os interioranos.

    Assuntos: Prodepe, Desenvolvimento, Incentivo Fiscal
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada inicia cadastramento em janeiro

    O Programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada entra na sua quarta edição em 2012. Com o objetivo de atenuar os efeitos causados pelo desemprego em massa no setor produtivo em sete municípios do Vale do São Francisco, o programa iniciará o cadastramento dos trabalhadores no próximo mês. O cadastro será realizado na segunda semana de janeiro, de 09 a 14, na sede dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e em polos descentralizados, das 9h às 17h.

    Uma bolsa no valor de até R$ 232,50, complementar ao Programa Federal Bolsa Família, é ofertada pelo Governo de Pernambuco e como contrapartida cada trabalhador inscrito participará ou indicará um membro da família para participar das atividades e cursos de geração de renda e de promoção da cidadania. Estas ações serão realizadas por sete secretarias estaduais, sendo o programa coordenado pela Secretaria de Planejamento e Gestão. Em 2011, mais de 16 mil trabalhadores foram beneficiados com a ação do governo, totalizando o repasse de mais de R$ 12 milhões referente à bolsa paga pelo Estado aos trabalhadores. Nos dois primeiros anos, o programa beneficiou 21.893 trabalhadores rurais da fruticultura.

    Para estar apto a cadastrar-se o trabalhador deve ser maior de 18 anos e ter trabalhado na última safra da fruticultura irrigada, que compreende o período de 1º de junho a 31 de dezembro de 2011. Ainda que mais de uma pessoa do mesmo núcleo familiar seja trabalhador rural da fruta, apenas uma poderá ser cadastrada no programa (beneficiando toda a família). Isso acontece porque o Chapéu de Palha faz uso do Cadastro Único (CAD) do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), ao qual o Bolsa Família está diretamente ligado. Por este motivo, o pagamento da bolsa se dará por meio do Cartão do Cidadão obedecendo ao calendário do programa federal.

    Este ano, já no ato o cadastramento, o trabalhador poderá escolher, dentre três opções, a atividade ou curso de seu interesse, bem como a localidade mais próxima da sua opção. Mediante a escolha feita, a coordenação executiva do programa trabalhará na priorização da escolha feita por cada um dos trabalhadores cadastrados.

    Serão cadastrados apenas aqueles trabalhadores que moram em uma das sete cidades contempladas pelo programa: Petrolina, Lagoa Grande, Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Petrolândia, Orobó e Belém de São Francisco. No ato do cadastramento é necessário apresentar originais e cópias dos seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, número do PIS ou do NIS, comprovante de residência, carteira de trabalho (com registro de trabalho de no mínimo de 30 dias) e contrato de rescisão referente à última safra. Caso o cadastrado deseje indicar alguém de sua família (que deve ser maior de idade) para participar das ações oferecidas, é preciso que leve consigo também a identidade (original e cópia) do indicado.

    Onde se cadastrar – Parceiro do programa, tanto na fruticultura como na zona canavieira, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pernambuco sede seus espaços nos sete municípios do Vale do São Francisco, contemplados na ação, para as equipes de cadastramento do governo. Petrolina e Lagoa Grande possuem o maior número de trabalhadores rurais da fruta e, por este motivo, a coordenação mantém polos descentralizados, além da sede do sindicato nos dois municípios. Os petrolinenses contarão com oito polos e Lagoa Grande terá três.

    Assuntos: Chapéu de Palha, Fruticultura, Cadastro
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretaria de Cultura e Fundarpe lançam editais do Funcultura 2011/2012

    A Secretaria de Cultura do Estado (Secult-PE) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) lançam a edição 2011/2012 dos editais do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura). O fundo injetará o aporte de R$ 33,5 milhões na produção cultural do estado. Para o Funcultura Independente serão disponibilizados R$ 22 milhões e para o Funcultura Audiovisual, R$ 11,5 milhões – R$ 3,5 milhões a mais do que no último edital.
       
    Dando continuidade à política de co-gestão desenvolvida pela Secult-PE e Fundarpe, a comissão deliberativa, em consonância com a direção do Funcultura, decidiram implementar nos editais algumas modificações sugeridas pela sociedade civil e pelos produtores culturais a fim de atender suas necessidades.

    Outra mudança se refere aos julgamentos. Com a intenção de reforçar a idoneidade, moralidade e imparcialidade da seleção, serão aumentados e explicitados os impedimentos quanto à inscrição e ou participação na equipe técnica de projetos por parte de funcionários da Fundarpe e Secult/PE, da comissão deliberativa, dos grupos de assessoramento técnico temático, bem como de seus cônjuges e/ou parentes de primeiro grau.

    Para contemplar a temática da acessibilidade será orientado que todos os proponentes apresentem formatos comunicacionais acessíveis para as pessoas com deficiência, em suas múltiplas especificidades, seja auditiva, visual, motora ou intelectual. Devendo buscar ao máximo a adoção das providências necessárias para oferecimento de instrumentos de acessibilidade comunicacional, tais como: LIBRAS, Áudio Descrição e BRAILLE, respeitando a linguagem de cada projeto e as necessidades do público.

    Para facilitar o processo de assinatura dos termos de compromissos será incluída, como anexo, a lista dos documentos que os proponentes que tiverem seus projetos aprovados deverão apresentar. Estas são algumas das mudanças que os editais 2011/2012 trarão. A diretoria do Funcultura reforça que só poderão inscrever projetos os produtores culturais que estiverem com suas inscrições devidamente atualizadas no Cadastro de Produtor Cultural (CPC).

    O diretor do Funcultura, Emanuel Soares, esclarece ainda que as mudanças adotadas partiram das solicitações levantadas pelos próprios produtores culturais e que àquelas que este ano não puderam ser implementadas de forma mais aprofundada, serão prioridades para 2012. “Planejamos a partir do início do ano que vem manter um processo permanente de escutas e construção coletiva dos próximos editais, com a participação dos órgãos governamentais, dos produtores culturais e da sociedade civil como um todo. Com possibilidades concretas de reformulações estruturais e significativas, alterando inclusive a legislação do Funcultura para se adequar as novas demandas que surgirem”, explica.

    Para ter acesso aos editais do Funcultura clique aqui.

    Assuntos: Cultura, Funcultura
    Compartilhe: Link para o post:
  • Inscrições abertas para o processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais

    escola_tecnicaAs inscrições para a seleção dos 5.445 alunos que estudarão em uma das 14 Escolas Técnicas Estaduais (ETEs) espalhadas pelo Estado já estão abertas. Os interessados em ingressar nas unidades, seja na modalidade médio integrado ou no subseqüente, devem fazer seu cadastro a partir desta terça-feira (27), no seguinte endereço: www.fadurpe.com.br/seep2012. Nesse mesmo dia, o Diário Oficial também publicará o editorial contendo o conteúdo sobre o processo seletivo.    

    Os interessados podem se inscrever até o dia 9 de janeiro de 2012. Elas serão realizadas exclusivamente pela internet, no endereço da Fadurpe já citado acima. Na ocasião, os candidatos deverão informar o número da identidade, além do endereço completo e um e-mail para contato.

    Após o preenchimento da ficha, será necessário fazer o pagamento de uma taxa de inscrição no valor de R$ 18,00. Porém, os candidatos aos cursos de formação integrada, que concluíram o Ensino Fundamental nos anos de 2010 ou 2011 em escolas públicas, serão isentos da taxa de inscrição. Esses candidatos deverão entregar na escola do curso escolhido, a ficha 18 ou Declaração de Conclusão do Ensino Fundamental Completo até o dia 09 de janeiro (final do período das inscrições).

    O Cartão de inscrição estará disponível a partir do dia 12 de janeiro no site da Fadurpe. Ele deverá ser apresentado no dia da prova juntamente com um documento com foto.

    Seleção - Apenas os candidatos que fizerem a inscrição para o curso de Programação de Jogos Digitais e Multimídia passarão por duas etapas, além da prova objetiva, eles serão submetidos a uma prova de habilidade/conteúdo especifico e de raciocínio lógico. Os demais serão avaliados em uma única prova objetiva de Língua Portuguesa e Matemática. Essas por sua vez, terão 40 questões de múltipla escolha, numeradas sequencialmente, com cinco alternativas para cada uma delas, na qual apenas uma será correta.

    Os exames terão duração de quatro horas. A prova escrita objetiva na organização subseqüente será realizada no dia 22 de janeiro. Já a organização integrada será realizada no dia seguinte, ou seja, 23 do mesmo mês. O resultado das provas escritas será divulgado no endereço da Fadurpe no dia 27 de janeiro. Já os candidatos do curso de Programação de Jogos Digitais e Multimídia terá o resultado divulgado um dia antes, ou seja, 26 do mesmo mês, também no site da Fundarpe.

    Assuntos: Educação, Escolas Técnicas, Seleção
    Compartilhe: Link para o post: