meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Eduardo e Fernando Bezerra fecham parceria para recompor caatinga no Araripe

    , por Assessoria de imprensa | Meio Ambiente

    O Governo de Pernambuco e o Ministério da Integração Nacional vão começar a recompor a caatinga devastada na região do Araripe.

     O Governo de Pernambuco e o Ministério da Integração Nacional vão começar a recompor a caatinga devastada na região do Araripe. Convênio entre as duas instituições, assinado nesta terça-feira (20/09), em Brasília, vai viabilizar o repasse dos recursos necessários à implantação de projetos-piloto em cada um dos15 municípios da região, nos quais a vegetação nativa será recuperada e os agricultores capacitados para fazer a exploração sustentável.


    "Esta é uma ação de grande impacto econômico e social. Fala à sobrevivência de centenas de milhares de famílias pernambucanas, ao tempo em que aponta o rumo da preservação ambiental e do respeito à natureza com uma gestão ambiental moderna", comemorou o governador Eduardo Campos, ao final da solenidade, ao lado do ministro Fernando Bezerra Coelho.

    O Araripe, alto sertão pernambucano, está sob forte degradação ambiental, com o desmatamento da Caatinga. O Polo Gesseiro é a principal atividade econômica da região, responsável por mais de 13 mil empregos diretos e 66 mil indiretos, com faturamento da ordem de US$ 300 milhões por ano (mais de R$ 500 milhões). A matriz energética da indústria do gesso do Araripe é composta de mais de 70% de lenha, retirada da Caatinga da região e de estados vizinhos.

    "É um ponto de partida muito importante no enfrentamento da problemática ambiental do Araripe", afirmou o ministro Fernando Bezerra Coelho.

    O Programa de Desenvolvimento Florestal Sustentável, do Ministério da Integração, prevê um conjunto de ações que vão da realização do zoneamento agroecológico até o plantio de florestas energéticas, ou seja, de espécies vegetais adaptadas para a produção de lenha, preservando a caatinga.

    Além do ministro e do governador, estiveram presentes no evento o presidente da Codevasf, Clementino Coelho, e o presidente do IPA, Júlio Zoé de Brito. "A lógica do programa é garantir biomassa para mover a indústria gesseira partindo do pressuposto que o agricultor só vai cortar as árvores que plantou", comentou Júlio Zoé.

    No total serão investidos na primeira fase do Programa R$ 6,4 milhões na etapa pernambucana. A mesma ação terá desdobramentos no Piauí e no Ceará, estados que compartilham áreas com as características ambientais do Araripe.


     

    Assuntos: recomposicao, caatinga, araripe
    Compartilhe: Link para o post:
  • PE terá R$ 1,4 bi para obras do PAC Mobilidade

    , por Assessoria

    O Governo do Estado garantiu junto ao Governo Federal R$ 426 milhões para as obras do PAC Mobilidade em Pernambuco. O repasse dos recursos do Orçamento Geral da União foi acertado hoje (05/09) em reunião do governador Eduardo Campos com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, em Brasília.

    Outros R$ 688 milhões serão financiados pelo Governo Federal e mais R$ 299 milhões serão investidos em recursos próprios do Estado para viabilizar as obras do PAC Mobilidade em Pernambuco. O programa vai destinar R$ 18 bilhões para as 24 maiores cidades brasileiras investirem em projetos de transporte público visando a Copa do Mundo de 2014.

    “São obras que dialogam com a melhoria do transporte público, beneficiam a população mais necessitada e que visam também trazer para o sistema muitas pessoas que hoje utilizam o seu carro para se locomoverem”, resumiu o governador.

    As prioridades do Estado são os projetos das Perimetrais II e IV. A II Perimetral prevê a duplicação de uma faixa exclusiva de ônibus de Beberibe até a PE-15, da PE-15 até a PE-001 e a construção da faixa exclusiva de ônibus, num valor de R$ 265.764.054,49.

    Já a IV Perimetral – BR-101, será a Implantação do Corredor Exclusivo de BRT, além de um trecho urbano da BR-101 - de Abreu e Lima à Cajueiro Seco – e de Cajueiro à Avenida Bernardo Vieira de Melo - Binário de Cajueiro Seco. Para isso, serão investidos R$ 328.077.612,03.

    As obras para o Corredor Leste-Oeste, do Corredor da Av. Norte e do Corredor Norte-Sul são consideradas como a segunda prioridade. O Corredor Leste-Oeste será responsável pelo transporte dos passageiros na Praça do Derby até o Terminal Integrado de Camaragibe, com extensão de 12,3 Km. Serão construídos o Elevado da Benfica, o túnel Real da Torre, o Elevado da III Perimetral, o Elevado do Bom Pastor, o Viaduto da UPA, PE-05 (Binário Camaragibe/Avenida Belmino Correia) e cinco estações. Tudo, orçado em R$ 144.181.599,30.

    O Corredor Norte-Sul será de BRT no trecho que vai do Terminal Integrado de Igarassu até a Estação Central do Metrô. Para isso, R$ 165.507.606,45 servirão para a construção de Viadutos da PE-15: nos Bultrins e em Ouro Preto. Viadutos ainda na Agamenon: Clube Português e Hospital da Restauração, além do alargamento do Viaduto João de barros, o Terminal Integral de Abreu e Lima, o acesso viário do Terminal Integrado Joana Bezerra e 35 Estações.

    A terceira e última prioridade é o Programa de Navegabilidade dos Rios Capibaribe e Beberibe orçado em R$ 398 milhões. A ideia é aproveitar a calha dos rios para a implantação de um sistema integrado de transporte de passageiros, que utilize embarcações adequadas ao transporte de massa. Um estudo orientado será feito para a localização de estações de embarque e desembarque de passageiros, para o transbordo e a integração com o sistema de transporte urbano existente. As Rotas previstas são o corredor Fluvial Oeste - BR 101/ Centro, o Corredor Fluvial Norte - Centro/ Olinda e o Corredor Fluvial Sul - Centro/ Boa Viagem.

    CORTES

    Durante a reunião, o secretário-executivo do PAC, Maurício Muniz, explicou que a soma dos projetos apresentados pelas 24 cidades atingiu a quantia de R$ 31 bilhões, superando em R$ 13 bilhões o limite estabelecido pela União. Com isso, a implantação de alguns projetos teve que ser postergada.

    O Governo de Pernambuco decidiu em jogar pra frente a implantação do Corredor da Av. Norte e do Corredor Fluvial Sul. Com isso, a soma dos projetos do Estado que era de R$ 1,7 bilhão, caiu para pouco mais de R$ 1,3 bi. “Todos os projetos apresentados pelo Governo do Estado estão dentro de um pensar estratégico da Região Metropolitana e serão executados. Entendemos a disponibilidade dos recursos e vamos buscar outras alternativas para executar essas obras”, disse Eduardo.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • SES firma convênio com Imip para atendimento em neurologia clínica

    , por Assessoria

    Principal referência em neurologia da rede estadual de saúde, o Hospital da Restauração (HR) recebe o reforço de 32 novos leitos de neurologia clínica contratados junto ao Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), localizado no bairro dos Coelhos, no Recife. O reforço faz parte de um convênio entre a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a unidade filantrópica, que, nesta segunda-feira (19/09) às 11h, recebe a visita do secretário estadual de Saúde, Antonio Carlos Figueira.


    O convênio entre a SES e o Imip segue o mesmo modelo do contrato fechado com o Hospital de Santo Amaro. O Imip está atuando como hospital de retaguarda para o HR e recebendo pacientes da emergência clínica, que já receberam alta da emergência, mas precisam continuar internados para o tratamento.

    Dos 32 leitos disponibilizados, 16 são masculinos e 16 femininos. “Demos início ao convênio de forma experimental e passamos a encaminhar uma média de 16 a 18 pacientes por semana para o Imip, onde são acompanhados durante todo o tratamento, até a alta hospitalar. Com isso, tivemos a possibilidade de disponibilizar novas vagas para os pacientes da emergência”, explica o diretor do HR, Miguel Arcanjo.

    Para este convênio, a SES fará um investimento mensal de cerca de R$ 300 mil. “Estamos trabalhando com o intuito de aumentar a oferta de leitos de neurologia no Estado, que é uma demanda crescente na rede de Saúde de todo o País. Em outubro, ainda abriremos mais 80 leitos de neurologia, clínica e cirúrgica, no Hospital Pelópidas Silveira”, completa o secretário Antonio Carlos Figueira.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Segurança: Governo Presente chega ao interior do estado

    , por Assessoria

    Neste domingo (18/09), o governador Eduardo Campos subiu os 365 degraus da escadaria do Monte Bom Jesus, em Caruaru, para lançar a nova versão do programa Governo Presente. O objetivo é integrar ações permanentes de 15 secretarias, com foco nos segmentos sociais mais vulneráveis à violência e diminuir os índices de criminalidade nos pontos mais “quentes” do estado.

    Implantado com sucesso no bairro de Santo Amaro no final de 2008 e transformado em Lei desde julho deste ano, o Governo Presente vai focar agora 65 bairros de 10 Áreas Integradas de Segurança (AIS) com o maior número de ocorrências. Cinco delas ficam no Recife e as outras ficam em Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão e Petrolina.

    “São áreas como esta, do Monte Bom Jesus, que tem menos de 2% da população e é responsável por quase 25% dos índices de violência de Caruaru. Selecionamos esses pontos mais críticos e queremos, até julho do próximo ano, aplicar a mesma política em todos eles”, disse Eduardo.

    As ações dividem-se entre áreas como segurança, educação, saúde, empregabilidade, esportes, cultura e direitos humanos. “Esse programa é um canal direto entre sociedade e Governo, é um instrumento de aproximação”, explicou o secretário de Articulação Social e Regional, Sileno Guedes, coordenador geral do Governo Presente.

    A primeira ação implantada no Monte já está sendo sentida pelos sete mil moradores do local: a implantação do 1° Comando Itinerante Integrado. Foram montados três contêineres que servem como salas de trabalho e abrigam 48 policiais civis e militares durante 24 horas por dia. O destacamento também conta com uma linha direta para que a população possa entrar em contato e informar ocorrências: o Disque Monte funciona no número 3701 1331.

    “O Bom Jesus volta a se sentir cuidado. Vamos recompor esse belo ponto turístico que a cidade havia perdido. Vivemos isso em Santo Amaro, que em 2006 foi o bairro mais violento do estado. Reduzimos em quase 80% os números de homicídios naquele local. E vai acontecer o mesmo aqui”, frisou Eduardo.

    O governador iniciou a subida de cerca de 600 metros por volta das 09h acompanhado pela primeira-dama, Renata Campos, pelo prefeito José Queiroz, diversos secretários estaduais e gestores municipais do Agreste pernambucano. No caminho, conversou com vários moradores que se mostraram bastante animados com a implantação do Programa. “Aqui ninguém subia nem de dia e nem de noite. Agora já mudou muito e vai melhorar ainda mais, tenho certeza”, afirmou o sapateiro Josafá Santos, 77, que mora no Bom Jesus desde a infância. “Só temos que agradecer e aproveitar essa nova fase”, completou Adriano José da Silva, 26, que trabalha com serviços gerais.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Recife entra na contagem regressiva para a Copa 2014

    , por Assessoria

    Na próxima sexta-feira (16/09), começa a contagem regressiva para a Copa do Mundo de 2014. Serão exatos mil dias até a abertura dos jogos no Brasil. Para marcar a data, a Secretaria Extraordinária da Copa de 2014 do Governo do Estado e a Secretaria Extraordinária da Copa de 2014 da Prefeitura do Recife programaram uma série de eventos, incluindo a inauguração de um contador regressivo (relógio) na avenida Agamenon Magalhães.

    A programação conjunta começará às 9h, no 17º andar do Empresarial Padre Roma (Rua Padre Roma, 120, Parnamirim), com um café da manhã para apresentação do balanço das obras relacionadas ao torneio mundial de futebol; lançamento do concurso de artes visuais sobre a Copa; apresentação da logomarca e site do Recife enquanto cidade-sede da Copa de 2014, bem como o site da Secopa/PE. Em seguida, será inaugurado o contador regressivo.

    Às 14h30 do mesmo dia, haverá audiência pública na Câmara Municipal de São Lourenço da Mata, com apresentação do projeto da Copa e debate com a Comissão de Esportes da Alepe e vereadores de São Lourenço.

    Às 19h, na Torre Malakoff, encerrando a programação que marca a passagem dos 1000 dias para o início da Copa do Mundo, haverá exposição fotográfica do Ateliê Santo Lima, com 12 imagens relativas ao tema futebol; e a noite de autógrafos do livro “Amor à Camisa”, do jornalista Marcelo Cavalcante e da fotógrafa Bela Azoubel.

    Na praça do Arsenal, a partir das 21h, haverá programação especial do “Viva o Recife Antigo”, com shows de artistas locais. A Praça do Arsenal da Marinha estará toda decorada com motivos em verde e amarelo. Além da programação cultural, o público poderá se divertir como verdadeiros craques do futebol. No “chute a gol”, quem acertar o ângulo ganhará um squeeze alusivo à Copa. A praça ainda será sinalizada com quatro totens comemorativos.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo assina convênio e HR vira modelo fora do país

    , por Assessoria

    O Hospital da Restauração (HR) agora é referência internacional para a formação de profissionais especialistas em neurocirurgia. A notícia foi dada pelo governador Eduardo Campos durante a abertura do 14º Interim Meeting da World Federation of Neurosurgical Societies (WFNS), que acontece entre os dias 14 e 17 de setembro, em paralelo ao 15º Congresso de Atualização da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, na praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca.

    Durante a solenidade de abertura, Eduardo assinou o convênio com a Federação Mundial de Neurologia (WFNS) para manutenção do centro estruturado dentro do HR e que passará a treinar residentes da área de neurocirurgia do mundo inteiro. Com o reconhecimento da excelência dos serviços do HR, Pernambuco passa a ter o segundo centro da WFNS no Brasil.

    Atualmente, o HR realiza 2.000 neurocirurgias por ano, sendo o maior serviço da América do Sul na área médica. “É uma honra ver a maior emergência do Norte/ Nordeste virar uma referência internacional. Aqui, jovens de todas as partes do mundo vão aprender a salvar vidas”, disse Eduardo, que foi o presidente de honra do evento.

    Maior evento de neurocirurgia do mundo, esta edição da WFNS reúne especialista de mais de 80 países. Essa é segunda vez que o Brasil é sede do encontro. “Em 1977, foi o estado de São Paulo o anfitrião. Sediar depois de 34 anos um evento deste porte o é um reconhecimento inconteste ao que estamos fazendo na área de saúde e, sobretudo, na área de neurocirurgia”, disse o governador.

    O Brasil é hoje um dos principais centros de neurocirurgia, sendo reconhecido como a 3ª sociedade mais importante do todo o mundo.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco é líder nacional na geração de empregos com carteira assinada, diz MTE

    , por Assessoria

    Pernambuco é o terceiro estado no país que mais criou emprego formal em agosto de 2011, com 18.613 empregos celetistas, sendo superado apenas por São Paulo (53.033) e pelo Rio de Janeiro (19.865). É o que revela o relatório do Cadastro Geral do Emprego e Desemprego (Caged), divulgado nesta quarta-feira (14/09) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

    “Se considerarmos o tamanho da economia de São Paulo e a proximidade dos valores absolutos do Rio de Janeiro, veremos que Pernambuco está gerando proporcionalmente bem mais empregos que os grandes estados do Sudeste”, afirmou o governador Eduardo Campos.

    O cadastro computa as contratações de empregados pelo regime da CLT, ou seja, aquelas que são feitas mediante a assinatura da carteira profissional. O valor registrado representa um acréscimo de 1,56% em relação ao estoque de assalariados do mês julho.

    Na série histórica ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos últimos 12 meses, verificou-se crescimento de 9,67% no nível de emprego ou + 107.593 postos de trabalho. Esta taxa é superior a média nacional de 5,86% para o mesmo período, representando ainda o melhor da Região Nordeste, em termos absolutos e relativos.

    “Os dados refletem o bom momento vivido pelo estado, que hoje é um pólo de atração de investimentos, e como consequência disso gera empregos que estão sendo conquistados pelos pernambucanos, como demonstram as pesquisas sobre a taxa de desemprego, onde temos também taxas idênticas às de São Paulo”, acrescentou o governador.

    Especificamente em relação aos números de agosto, o aumento no número de contratações de PE foi o segundo maior do país. Segundo avaliação dos técnicos do Governo do Estado, o crescimento se deveu à expansão das demandas de pessoal da indústria de transformação, da construção civil e do setor de serviços.

    Em números absolutos, a maior contribuição foi da Indústria de Transformação, com mais 8.938 postos, devido, principalmente, ao aumento de 8.105 postos na Indústria de Produtos Alimentícios, relacionados às atividades de Fabricação de Açúcar.

    Também tiveram peso expressivo a Construção Civil (+ 3.459 postos), de Serviços (+ 3.158 postos), da Agropecuária (+ 1.473 postos, influenciado pelas atividades do Cultivo de Uva, cujo saldo positivo foi de 1.144 postos) e do Comércio (+ 1.413 postos).

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo otimista sobre acordo de distribuição dos royalties

    , por Assessoria

    “Nunca estivemos tão próximos de um acordo”. A opinião é do governador Eduardo Campos que nesta quarta-feira (14/09) reuniu-se em Brasília com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para costurar um novo modelo de partilha dos royalties do petróleo da Camada Pré-sal.

    Eduardo acredita que o momento agora é amplamente favorável a um acordo entre União, estados produtores e estados não produtores. Para ele, o clima das discussões não está mais tenso como antes e uma nova radicalização de qualquer uma das partes seria jogar fora a oportunidade e, sobretudo, a receita proveniente dos royalties.

    “As três partes envolvidas têm que cooperar. A União tem que ajudar, os estados produtores têm que ceder e os estados não produtores têm que pedir menos”, disse o governador de Pernambuco, alertando que a falta de um consenso levará a discussão à Justiça. “Tudo que não se quer é que isso vire uma briga jurídica. Isso não seria bom”.

    Eduardo relatou que o ministro Guido Mantega mostrou-se disposto a cooperar, mas que o tamanho dessa ajuda ainda não foi estabelecido. “O ministro disse que o Governo Federal tem limites. Há uma crise internacional severa e a União tem que garantir o superávit primário, os recursos de investimentos, mas que mesmo assim, ele tem disposição”, relatou.

    O governador alertou que o desafio agora é definir como vai ser feita a transição do modelo atual de distribuição dos royalties para o novo mecanismo que será utilizado quando grandes poços da camada Pré-sal entrarem em operação em 2017. “Defendo que haja um escalonamento de maneira que os municípios e os estados que hoje não recebem nada já recebam algum recurso em 2012”.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Eduardo aponta desigualdades na política de incentivos fiscais

    , por Assessoria

    O governador Eduardo Campos foi um dos palestrantes do seminário “Federação e Guerra Fiscal”, promovido pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) e com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), nesta quinta-feira (14/09), na capital federal.

    Eduardo participou do painel “Guerra Fiscal do ICMS” que reuniu ainda o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Bernard Appy, Diretor da BM&F Bovespa; o ex-secretário da Receita Federal e consultor do IDP, Everardo Maciel e uma plateia de cerca de 200 convidados.

    Durante 16 minutos, ele expôs seu ponto de vista sobre a disputa silenciosa travada entre os estados, através da concessão de benefícios fiscais, para a atração de novos empreendimentos. Eduardo afirmou que a guerra fiscal do ICMS é fruto da ausência de uma política de desenvolvimento regional capitaneada pelo Governo Federal.

    “Segundo a Receita Federal, o Brasil vai renunciar em gastos tributários este ano um total de R$ 116 bilhões com a concessão de todo tipo de incentivos fiscais como para o biodiesel, a informática, ou com o horário eleitoral gratuito. O que nós temos para o desenvolvimento regional não chega a R$ 6 bilhões”, comparou.

    Para o governador, uma saída consensual deve ser acordada até o final deste ano, aproveitando o momento de discussão sobre várias fontes de receita e despesa públicas como o Fundo de Participação dos Estados, os royalties do Pré-sal, e a Emenda 29 entre os governos estaduais e o federal.

    “Não se sai desta situação sem o debate técnico necessário, mas é fundamental que tenhamos também espaço político para fazer uma avaliação que não é entre governo e oposição, mas sim uma discussão mais ampla, pois o que está em jogo é o interesse do país, do nosso povo e o nosso futuro”.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo traz para Pernambuco a maior usina termelétrica do mundo

    , por Assessoria

    Suape vai ganhar uma planta de energia termelétrica no valor de R$ 2 bilhões. Nesta terça-feira (13/09), o Governo de Pernambuco e a empresa Star Energy Participações, do Grupo Bertin, assinaram o protocolo de intenções para instalação da Térmica Bertin, durante evento realizado no Palácio do Campo das Princesas. Com capacidade de gerar 1.452 Megawatts por hora, a nova unidade será a maior do mundo.

    “Escolhemos Pernambuco para fazer o nosso maior empreendimento de energia e maior térmica do mundo. São 1.452 MW, o suficiente para produzir energia para toda a Grande Recife num eventual colapso”, disse Fernando Antônio Bertin, diretor do grupo.

    O empreendimento prevê ainda a instalação de um Terminal de Armazenagem de Granéis Líquidos para armazenar o combustível que será utilizado na usina. A expectativa é de que 2.500 empregos, entre diretos e indiretos, sejam gerados quando a unidade entrar em operação, e outros quatro mil sejam abertos durantes as obras.

    Após dois anos de construção civil, a termelétrica será a terceira a funcionar em Pernambuco. Sua capacidade supera em muito a soma das outras duas. “Para vocês terem uma ideia, a Suape Energy, outra planta térmica em implantação lá em Suape, tem 380 megawatts e a Termopernambuco tem 530”, comparou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio.

    Para o governador Eduardo Campos, o aumento na geração de energia no estado garante o crescimento sustentável do ciclo virtuoso da economia pernambucana. “Na verdade, estamos desafiados a construir uma termelétrica que é a metade da produção de energia da Usina de Xingó, a última hidrelétrica construída ao longo do São Francisco pela Chesf”. A Usina de Xingó possui 3.162 MW de potência instalada.

    Fernando Antônio Bertin fez questão de destacar também o apoio recebido do Governo do Estado, que concedeu incentivos de ICMS e 94 hectares para a implantação das plantas (80 hectares no Cabo de Santo Agostinho e 14 na Zona Industrial de Ipojuca). A primeira área vai abrigar a termelétrica e a segunda será destinada à implantação do Terminal de Armazenagem de Graneis Líquidos. “Foi fundamental a recepção que a gente teve do governo. Isso foi determinante para que a gente viesse para Pernambuco”, ressaltou Bertin.

    O projeto do Terminal de Armazenagem de Granéis Líquidos está diretamente relacionado ao da Termelétrica, que utilizará óleo combustível, mas permitirá também a movimentação de outros insumos, ampliando a capacidade de armazenagem do Polo de Graneis Líquidos em Suape. “Esse vai operar cerca de 6 mil toneladas/mês de óleo combustível, ou seja, uma movimentação importante para o Porto de Suape”, afirmou Geraldo Júlio, lembrando que o porto pernambucano bateu recordes de movimentação de cargas no mês passado, com mais de um milhão de toneladas transportadas.

    O GRUPO

    Fundado há mais de 30 anos na cidade de Lins, interior do Estado de São Paulo, o Grupo Bertin iniciou suas atividades no segmento de agroindústria. A partir de 2003, expandiu suas operações para os setores de infraestrutura e energia.

    Hoje, conta com milhares de colaboradores e atua nos segmentos de: Energia - Renovável, Fóssil, Açúcar e Álcool; Infraestrutura - Construção Civil, Concessões de Rodovias e Saneamento Básico; Equipamentos de Proteção Individual; Agronegócio - Confinamento e Reflorestamento; Higienização Industrial e Hotelaria.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: