meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Cais do Sertão dedica programação online a Luiz Gonzaga em agosto

| Cultura

Cais do Sertão 2

O Instagram e o Spotify do museu dedicam homenagens ao Rei do Baião, morto em um 2 de agosto há 31 anos

Recife, 01 de agosto de 2020 -  Zabumba, Sanfona, triângulo e a narrativa inesquecível sobre a vida no Sertão pernambucano. Difícil não associar tudo isso ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Ao longo dos seus mais de 40 anos de carreira, o músico soube contar fielmente sobre a narrativa sertaneja - dotada de fé, esperança e resistência.  Durante os quase 40 anos de carreira, Luiz Gonzaga presenteou o Nordeste e o mundo com suas composições. Neste domingo (2), 31 anos sem a presença física do músico, o Centro Cultural Cais do Sertão exalta o seu legado social e cultural, com gama de atividades online, para todos os públicos. Ao longo da semana, bate-papos, entrevistas e playlists serão dedicadas ao Rei. A programação pode ser acompanhada no Instagram @caisdosertao.

As homenagens ao saudoso músico aportam na primeira live de agosto do quadro Papo de Museu. Na terça (4), às 17h, os internautas conferem bate-papo com Paulo Wanderley, consultor de investimentos do Banco do Brasil e pesquisador da vida e obra de Gonzaga. Sob o tema “O menino que filmou a despedida de Luiz Gonzaga”, a conversa será mediada por Maria Rosa Maia, gestora do Cais, e terá como foco o dia da despedida do artista em Exu, Pernambuco.

“Luiz Gonzaga, Rei do Baião, é o nosso cânone quando pensamos em cultura pernambucana. Artistas de diferentes segmentos tomaram como base as suas narrativas para as próprias criações. Gonzaga se faz presente na arte e na resiliência do povo sertanejo”, comenta Rodrigo Novaes, secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco.

Já na quinta-feira (6), a partir das 17h, o Conexão Cais recebe o jornalista José Mário Austregésilo, que também é escritor, doutor em Serviço Social pela UFPE e diretor de rádio, TV e cinema. Mediada por Sandro Santo, educador do museu, a conversa tem como foco analisar a linguagem popular presente nas canções de Gonzaga e os símbolos que norteiam até hoje a cultura nordestina. “Luiz Gonzaga: o homem, sua terra, sua luta”, livro de Autregésilo, também é tema do encontro online, que esmiúça ainda a inserção de ritmos nordestinos à música popular brasileira.

Além das rodas de conversa, não vai faltar boa música pernambucana! Especialmente para a data, o perfil do Spotify do Cais do Sertão está recheado de playlists temáticas. Em memória ao Rei, estão disponíveis para audição as seleções “O Sertão cantado por Luiz Gonzaga”, com mais de 40 clássicos, entre eles “A Morte do Vaqueiro”, “Numa Sala de Reboco” e “Asa Branca”. Diogo do Monte, músico-educador do museu, seleciona sequência de canções do xaxado, interpretadas pela rainha do ritmo, Marinês.

Fé, patrimônio e tradição junina - Na mesma semana de homenagens ao Rei do Baião, nesta quinta-feira (5), a partir das 16h, o canal do YouTube do Cais do Sertão transmitirá o lançamento do livro “Acorda Povo e Bandeira dos Santos Juninos: pesquisa sobre patrimônio cultural imaterial de Pernambuco”, coordenado por Mário Ribeiro, doutor em História pela Universidade Federal de Pernambuco e professor da Universidade de Pernambuco. As mestras em História e Musicologia pela UFPE, Ester Monteiro, Déborah Callender e Alice Alves, e ainda Paulo Maia, fotógrafo e mestre em Antropologia pela UFPE, e Raquel Araújo, assistente de pesquisa, completam a mesa.

A publicação tem como missão reconhecer as singularidades do patrimônio cultural encontradas nas manifestações de fé e nas festividades juninas. O livro registra a representatividade do grupo Acorda Povo e das Bandeiras dos Santos Juninos no que tange ao conceito de patrimônio. O material conta com documentos sobre os grupos e entrevistas coletadas entre 2018 e 2019. Os grupos residem entre Olinda e Recife. A obra conta com incentivo do Governo de Pernambuco, Funcultura, Fundarpe e Secretaria de Cultura. E apoio do Cais do Sertão e Editora da Universidade de Pernambuco (Edupe).

Serviço:

04/08 - Papo de Museu com Paulo Wanderley, às 17h, no @caisdosertao

05/08 - Lançamento do Livro “Acorda Povo e Bandeira dos Santos Juninos: pesquisa sobre patrimônio cultural imaterial de Pernambuco”, às 16h, no YouTube do Cais.

06/08 - Conexão Cais com José Mário Austregésilo, às 17h, no @caisdosertao
Playlists: todas o acervo musical pode ser conferido no Spotify do Cais.

 

Foto: Chico Andrade

Assuntos: secult, cultura, cais do sertao
Compartilhe: Link para o post: