meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Procon-PE realiza primeira pesquisa de Cesta Básica em Fernando de Noronha

| Direitos Humanos

 sjdh

Alguns produtos chegam a mais de 654,72% quando comparados com a RMR 

O Procon-PE realizou pela primeira vez, através de uma solicitação da Administração do Arquipélago de Fernando de Noronha,  duas pesquisas na Ilha, uma de cesta básica e outra com laticínios, frutas, verduras e bebidas. Alguns produtos chegam a diferença de 200%, no caso do abacaxi que pode ser encontrado por R$ 5,00 e por R$ 15,00. E quando comparados com os preços praticados na Região Metropolitana do Recife, as diferenças são grandes. O quilo do melão, por exemplo, na RMR custa R$ 1,59, já na Ilha sai por R$ 12,00.

Os fiscais do órgão de defesa do consumidor passaram por oito estabelecimentos de Noronha. Uma pesquisa analisa os mesmo produtos analisados na pesquisa de Cesta Básica: alimentação; limpeza doméstica e higiene pessoal. Nessa pesquisa o produto de maior diferença percentual foi o absorvente, R$ 185,43%. O mesmo produto pode ser encontrado por R$ 3,50 e por R$ 9,99.

Um outro levantamento o Procon-PE, classifica preços de laticínios, pães, frutas, verduras, e bebidas em geral. Com a pesquisa em mãos, o consumidor terá um norte de onde encontrar o produto mais barato. O quilo do tomate pode ser encontrado por R$ 8,28 e por R$ 20,00, uma diferença de 141,55%. O achocolatado possui uma diferença percentual de 100%, o menor valor é de R$ 2,00 e o maior de R$ 4,00. Já nas bebidas alcoólicas um whisk, apresenta uma diferença de 58,72%.

O consumidor que queira ter acesso a pesquisa pode solicitar através do e-mail: imprensaproconpe@gmail; ou pegar na unidade do Procon de Noronha, que fica localizado BR-363, no Centro de Geração de Renda, ao lado da Escola Estadual de Fernando de Noronha.

REGIÃO METROPOLITANA – O Procon-PE também realizou as pesquisas também na RMR, pegando os município de Recife, Olinda, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes e Paulista. E pesquisas idênticas, em Goiana, Vitória de Santo Antão e Caruaru. A cesta básica mais cara continua sendo em Goiana, R$ 381,80 e a mais barata em Vitória, R$ 340, 39. Já os produtos que mais aumentaram de valor nos últimos quatro meses foram o alho e o feijão mulatinho. O quilo do feijão e do alho, em agosto, custavam, cada um, R$ 1,99, agora subiram para R$ 2,49, cerca de 79%. Para receber a pesquisa basta solicitar através do e-mail: imprensaproconpe@gmail.com

 

Cidades: Fernando de Noronha
Assuntos: procon, pesquisa de preco, cesta basica, fernando de noronha
Compartilhe: Link para o post: