meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Seminário regional discute papel da ouvidoria pública

 scge

“Um bom governo é aquele que ouve a população e se coloca próximo aos seus anseios, expectativas e dificuldades. Nesse sentido, o trabalho da Ouvidoria-Geral do Estado cumpre papel relevante na perspectiva de ser, no dia a dia, o canal direto entre o cidadão e o Estado”. Com essas palavras, a governadora em exercício de Pernambuco, Luciana Santos, abriu o primeiro Seminário Regional de Ouvidorias – Nordeste, que acontece nesta terça e quarta-feira (10 e 11), no Centro de Convenções, em Olinda. O evento é uma parceria entre a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE).

Cerca de 400 pessoas de 30 municípios pernambucanos e 17 estados brasileiros estão participando do encontro, que tem a proposta de mostrar a função estratégica das ouvidorias para o serviço público. “A efetiva participação e o controle sociais são ações indispensáveis à democracia. O ouvidor deve ter um lugar central na gestão, porque atua na defesa dos direitos da sociedade, zela também pela eficiência e pelo cuidado com a gestão e com as instituições”, avaliou a secretária da SCGE, Érika Lacet, que também é ouvidora-geral do Estado.

“Transformando problemas individuais em soluções coletivas” é a temática central do seminário, que contabiliza 18 palestras e cinco oficinas disponíveis aos participantes. Alguns dos assuntos abordados neste primeiro dia de atividades são Ouvidorias em rede; O papel da ouvidoria em um Estado democrático; Qualidade da resposta – empatia com foco no atendimento personalizado; Pensando junto para mudar nossa cidade; Atendimento a pessoas com transtornos psiquiátricos; O cidadão brasileiro como agente contra a corrupção; e Dados abertos e controle social: desafios, e promessas.

Para amanhã, estão programadas oficinas destacando as temáticas relacionadas ao Assédio moral e sexual no ambiente de trabalho; Simplificação e carta de serviços; Criação e implementação de ouvidorias municipais; Gestão da informação para a transparência; e Tratamento de denúncias.

REUNIÃO - Concluída a programação do seminário, está agendada para o dia 12 de setembro a “2ª Reunião Ordinária da Rede Nacional de Ouvidorias”, da qual a secretária e ouvidora-geral Érika Lacet foi eleita como integrante do Conselho Diretivo, desde o último mês de maio. “Esse encontro possibilita nos aproximarmos de experiências de outros estados e municípios, fortalecendo o trabalho integrado e contínuo. Além disso, discutiremos ações e procedimentos visando a união de esforços no sentido de estimular iniciativas de ouvidoria a serem desenvolvidas em território nacional”, destacou. Ainda fazem parte do conselho, representantes da Controladoria-Geral da União (CGU), Distrito Federal, Ceará, Amazonas e Rondônia.

Cidades: Olinda
Assuntos: scge, seminario regional
Compartilhe: Link para o post: