meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Museu de Arte Sacra em Olinda recebe limpeza por mãos de reeducandos

| Direitos Humanos

reeducandos

Os apenados do regime aberto realizam serviços de varrição e capinação mantendo a área externa do antigo Palácio dos Bispos em condições de receber os turistas.

Até o dia 19 deste mês, vários museus do Recife e de Olinda participam da 17ª  Semana Nacional, que propõe um debate sobre o papel dos museus como centros produtores e receptores de cultura. O Museu de Arte Sacra em Olinda (MASPE) é um deles, e atualmente dá exemplo de inclusão. Absorve a mão de obra de dois reeducandos do regime aberto na limpeza da área externa do equipamento.

Os apenados realizam serviços de capinação, varrição e limpeza da área externa. Pelo serviço eles recebem um salário mínimo (R$ 998,00), passagem e alimentação.  N.M, que está há um mês no serviço, diz que a atividade chegou em boa hora. “Faz dois anos que entrei no regime aberto e pretendo mudar de vida. O serviço é tranquilo e com ele pretendo viver em paz, trabalhando”, explica.  

Os apenados exercem suas atividades do lado de fora do museu mas, de acordo com a assessora de gestão, Caline Araújo, eles também participam de celebrações no local e conhecem  o acervo exposto no equipamento. “É importante que conheçam o local onde trabalham, por isso apresentamos as peças pra eles, durante visita ao espaço “. 

Atualmente a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, através do Patronato Penitenciário, disponibiliza atividade remunerada para 950 reeducandos do regime aberto ou livramento condicional.   "A contratação de mão de obra carcerária contribui diretamente para a redução dos índices de violência. Além de exercerem atividades em equipamentos culturais, como os museus, eles atuam na limpeza de ruas, praças e praias da cidade", destaca Josafá Reis, superintendente do Patronato Penitenciário de Pernambuco.  

Cidades: Olinda
Assuntos: sjdh, museu de arte sacra, patronato penitenciario
Compartilhe: Link para o post: