meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Reeducandos cuidam de animais e colocam as mãos na terra em cursos no Engenho São João, Itamaracá

| Direitos Humanos

Eles iniciam Curso de Suinocultura nesta segunda-feira, 19, e concluíram o de Fruticultura nessa quinta, 14.  A ideia é qualificá-los na área rural, já que muitos são do interior.

Reeducandos do regime semiaberto da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, iniciam nesta segunda-feira, 19, o Curso de Suinocultura, ministrado numa parceria entre a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). A ideia é qualificá-los na área de agricultura e pecuária, já que muitos são do interior.

Nas aulas de Suinocultura, serão oferecidas matérias sobre manejo, nutrição, conhecimento de raça, vacinação, corte de dentes, corte de umbigo do animal na hora do nascimento, além de noções de primeiros socorros. As aulas práticas serão ministradas na pocilga do Engenho São João com dois porcos reprodutores e 16 matrizes das raças Pietran e Landrace.  O curso terá 24 horas aulas e seguem até a quarta-feira, 21.  Este já é o quinto curso de Suinocultura ministrado para os apenados de Itamaracá.

Além do manejo com os suínos, os apenadas também colocaram as mãos na terra no curso de Fruticultura que encerrou, nessa quinta-feira, 14.  Nas aulas eles aprenderam sobre as principais culturas existentes em Pernambuco, bem como o preparo do solo, o plantio, a poda das árvores e noções sobre pragas e doenças. O curso, com 24 horas aulas, contou com a participação de 12 reeducandos. "As parcerias firmadas com a Seres na promoção de cursos para os reeducandos resultam em ganhos para todos e, principalmente, para o privado de liberdade que adquire experiência que o ajudará no retorno à sociedade e ao mercado de trabalho", ressalta o secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues. Outro curso ministrado, este ano, em Itamaracá foi o de Derivados do Leite, no mês de fevereiro.  Atualmente, 47 reeducandos do semiaberto trabalham no Engenho São João.

Cidades: Itamaracá
Assuntos: sjdh, reeducandos, seres, qualificaçao
Compartilhe: Link para o post: