meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

"50 anos sem Bandeira - Estrela da Vida Inteira" homenageia a obra do poeta

| Cultura
Marília Mendes
Gestora do Espaço Pasárgada, Marília Mendes
 
Programação conta com uma feira de livros independentes, apresentações musicais, visita de escolas e uma homenagem especial à ex-coordenadora de Cultura Popular da Secult-PE, Teca Carlos, falecida em agosto


O Espaço Pasárgada, gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe, promove, na próxima quarta (10) e quinta-feira (11), o evento "50 anos sem Bandeira". Com uma série de atividades culturais em homenagem ao poeta pernambucano, que foi um dos expoentes da Semana de Arte Moderna de 1922, a programação, que é inteiramente gratuita, inclui uma feira de livros independentes, apresentações musicais, visita de escolas ao equipamento cultural, além de uma homenagem especial à ex-coordenadora de Cultura Popular da Secult-PE, Teca Carlos, falecida no último mês de agosto.

No primeiro dia, 10/10, a programação começa às 9h, com o projeto "Outras Palavrinhas". A escritora e cordelista Susana Morais comandará uma roda de contação de histórias e bate-papo com as crianças atendidas pelo Projeto Samuel. À tarde, a partir das 14h, haverá uma "Acolhida Brincante" com poemas de Manuel Bandeira para os alunos da Escola Ana Rosa. A atividade será mediada pela arte-educadora Carminha Bandeira. Já à noite, às 19h, haverá a inauguração de um painel feito pelo artista plástico Toni Braga, em homenagem ao modernista. Em seguida, o poeta e editor Philippe Wollney comanda a abertura da Mostra de Publicação Independente (MOPI), que reunirá as editoras Bendito Ofício, Castanha Mecânica, Cérebro Editora, Dente-de-Leão, Livrinho de Papel Finíssimo, Porta Aberta, Titivillus e Vão Edições. O Quinteto Metais Recife (ETE de Criatividade Musical) e o músico/pesquisador Lucas de Oliveira encerram a noite, com a apresentação de várias músicas inspiradas nas obras de Bandeira.

Para gestora do Espaço Pasárgada, Marília Mendes, o encontro representa um momento de valorização da memória do poeta e sua obra. "Apesar de ter passado 50 anos da partida de Bandeira, sua obra continua viva e tocando o coração das pessoas", diz ela, que destaca ainda a participação maciça de estudantes da rede pública e privada, bem como de pesquisadores e universitários no evento. "A programação foi feita levando em conta as atividades que desenvolvemos na casa. As ações educativas já fazem parte do nosso trabalho e é profícua essa aproximação com escolas da rede pública e privada, as bibliotecas e também com a universidade. Somos uma casa-museu. Os estudantes, professores e pesquisadores visitam o nosso espaço e apresentam também seus trabalhos. Tem um conteúdo simbólico muito rico, pois podemos proporcionar esta troca de conhecimentos com esse público escolar e universitário, criando e recriando formas de reviver sua poesia", conta Mendes.

Na quinta-feira (11), às 9h, haverá uma "Troca de Experiências Literárias" entre os grupos "Oficina de Leitores", do EREM Nóbrega, e "Poesia Viva", do Ginásio Pernambucano da Aurora. Às 14h, a pesquisadora Monallysa Maria da Silva Nascimento (UFPE) apresenta o resultado do seu trabalho "A Leitura e a releitura da poesia de Manuel Bandeira". A partir das 19h, além da continuação da Mostra de Produção Independente, o músico Adiel Luna comandará uma homenagem a Teca Carlos, que reunirá artistas da cultura popular pernambucana. "Teca, além de ter contribuído bastaste com a cultura popular do Estado de Pernambuco, era uma grande entusiasta e leitora da obra de Bandeira. Ela participou diversas vezes das atividades do nosso espaço e, como era uma das sócias-fundadoras da Associação dos Amigos do Pasárgada, nada mais justo que homenageá-la", conta Marília.

Confira a programação completa abaixo:

"50 anos sem Bandeira - Estrela da Vida Inteira"
Dias 10 e 11 de outubro, a partir das 9h
(Espaço Pasárgada - R. da União, 263 - Boa Vista, Recife - PE)
Entrada Franca

Quarta-feira (10)
9h - Contação de histórias/bate-papo, com a cordelista e escritora Suzana Morais e participação das crianças atendidas pelo Projeto Samuel.
14h - Cai cai balão - Acolhida brincante com poemas de Bandeira, com Carmem Lúcia Bandeira e Daniel Pereira (Biblioteca Multicultural Nascedouro) e a participação dos alunos da Escola Ana Rosa.
19h - Abertura, com inauguração do Painel - 50 anos sem Bandeira, confeccionado pelo artista plástico Toni Braga.
*Feira de Livros MOPI - Mostra de Produção Independente, com a participação das editoras Bendito Ofício, Castanha Mecânica, Cérebro -Editora, Dente-de-Leão, Livrinho de Papel Finíssimo, Porta Aberta, Titivillus e Vão Edições.
*Quinteto Metais Recife (ETE de Criatividade Musical).Bandeira das Canções - Lucas de Oliveira (músico e pesquisador).

Quinta-feira (11)
9h - Troca de Experiências Literárias entre os grupos Oficina de Leitores (EREM Nóbrega) e Poesia Viva (Ginásio Pernambucano da Aurora)
14h - Apresentação do trabalho Leitura e a releitura da poesia de Manuel Bandeira, mediada por Monallysa Maria da Silva Nascimento ( UFPE)
19h - Feira de Livros MOPI - Mostra de Produção Independente, com a participação das editoras Bendito Ofício, Castanha Mecânica, Cérebro Editora, Dente-de-Leão, Livrinho de Papel Finíssimo, Porta Aberta, Titivillus e Vão Edições.
*Homenagem a Teca Carlos, com apresentação de Adiel Luna e convidados.

Assuntos: secult-pe, 50 anos sem bandeira, manual bandeira, fundarpe
Compartilhe: Link para o post: