meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Socioeducandos terminam curso na UFPE e já saem com ferramentas para uso em instalações elétricas

| Direitos Humanos

curso ufpe

Material foi doado por membros da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem. Primeira turma da profissionalização, viabilizada por meio de parceria, teve dez concluintes.

Dez socioeducandos foram beneficiados pelos primeiros frutos de uma parceria inédita entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Eles concluíram o curso Instalações Elétricas Residenciais e Noções de Gestão de Pequenos Empreendimentos, promovido pelo Núcleo de Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade (NIES) do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA/UFPE) em conjunto com o Centro de Tecnologia e Geociências (CTG/UFPE). E o pontapé inicial para a mudança de vida dos alunos não parou por aí: cada um ganhou uma caixa de ferramentas para pôr em prática o que aprendeu quando deixar o sistema socioeducativo. O material foi doado por membros da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, no Recife.

A entrega dos certificados de conclusão foi feita durante um evento realizado no auditório do Departamento de Hotelaria e Turismo (DHT) do CCSA, com a participação da presidente da Funase, Nadja Alencar, do coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da instituição, Normando Albuquerque, do coordenador geral do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Jaboatão, Mozat Lourenço, e do coordenador do NIES, professor André Marques. Oito internos do Case Jaboatão e duas adolescentes do Case Santa Luzia concluíram a primeira turma.

O professor André Marques lembrou que só foi possível desenvolver essa ação por meio do esforço de outras pessoas da universidade, como os professores Frederico Nunes e Flávio Miranda, destacando que os resultados foram positivos e que a UFPE está disposta a fazer novas aproximações com a Funase de modo a estender o leque de cursos ofertados pela parceria. "Que a gente não fique só nos cursos de Eletricidade. Temos 2,5 mil professores e 43 mil alunos na instituição. Há, portanto, espaço para realizar mais ações que possam beneficiar outras pessoas e ajudar vocês a se colocarem numa situação diferente, perto de suas famílias e com um emprego remunerado”, disse aos formandos.

Já a doação das caixas de ferramentas foi articulada pelo Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase junto à paróquia, que se comprometeu a incentivar os participantes do curso. Dentro delas, há oito itens, como alicate, multímetro e aplicador de lacre, todos para manuseio de instalações elétricas. Também apoiaram a realização do curso a Paróquia Bom Pastor, a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPE e o Rotary Club do Recife - Largo da Paz. “Somos extremamente gratos pela acolhida desde o início, quando Ednaldo Silva, na época colaborador do Eixo Profissionalização, fez o primeiro contato com o professor André. O padre Fábio é outra pessoa fundamental no que estamos fazendo, sensibilizando e mobilizando seus paroquianos para essa causa. É uma oportunidade de mostrar aos socioeducandos a capacidade que eles, muitas vezes, não entendem que têm. Vocês têm que pensar para frente. Esse deve ser o grande propósito de vocês”, disse Normando Albuquerque aos adolescentes.

A presidente da Funase, Nadja Alencar, exaltou a parceria como um agente de transformação na vida dos adolescentes e jovens atendidos pela instituição. “O importante é a coragem de quem quer apostar, de quem quer inovar. São vários entes envolvidos para dar oportunidade aos socioeducandos e, por que não dizer, à Funase. A gente, como instituição, tem muita dificuldade em estabelecer algumas parcerias que beneficiem nossos adolescentes. Os que concluíram essa primeira turma são vencedores porque terminaram o que se propuseram a fazer”, afirmou.

Assuntos: sdscj, funase, curso, ufpe, instalacoes eletricas, nies, case, profissionalizacao,
Compartilhe: Link para o post: