meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Kits de refrigeração e informática vão auxiliar na empregabilidade de reeducandos do regime aberto e livramento condicional

| Direitos Humanos

Curso de refrigeração

Os contemplados realizaram cursos nas áreas em 2017 e buscam retornar ao mercado de trabalho.

Um grupo de 29 reeducandos do regime aberto e livramento condicional receberam, nessa sexta-feira, 12, no auditório do Patronato Penitenciário, kits de empregabilidade com materiais de refrigeração e informática. Os kits foram doados através de parceria entre o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e Patronato Penitenciário, com a Fundação Suíça AdventStiftung.

O objetivo é dar oportunidades aos reeducandos que participaram dos cursos de Auxiliar de Refrigeração e Informática Básica, promovidos pelo próprio Patronato Penitenciário em parceria com o Instituto Cidadania para Todos em 2017, para auxiliar no retorno ao mercado de trabalho e na geração de renda.

O diretor da instituição suíça AdventStiftung, Giuseppe Carbone, esteve no Recife para fazer a entrega do material. Os kits de refrigeração têm: bomba de vácuo, maçarico portátil, alicate amperímetro, entre outros itens. Já o de informática vem com: tablet, pen drive e CD.

Joás Pinheiro, 33, que já fez o curso de Eletricista e agora o de Refrigeração está empolgado. “É um incentivo para a gente que sai da unidade sem expectativa. Os cursos do Patronato são uma porta aberta para o mercado de trabalho e os kits vão nos ajudar muito”, destaca. Em 2017, 1.300 reeducandos do regime aberto e do livramento condicional realizaram cursos e palestras de qualificação na Região Metropolitana do Recife.

O curso de Informática também contou com a participação das mulheres reeducandas. Marta Verônica falou em nome de todas e destacou a força de vontade como combustível para a mudança. “Tudo depende de nós. Se estamos aqui temos que aproveitar” garante. 

Para Josafá Reis, superintendente do órgão de execuções penais, em 2018 o foco no Educacional será nos cursos profissionalizantes. “Entendemos que esse é o grande caminho para o retorno do reeducando para sociedade” grifa.

Cidades: Recife
Assuntos: sjdh, governo de pernambuco, reeducandos
Compartilhe: Link para o post: