meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Operadores do atendimento socioeducativo participam de formação na temática LGBTI

| Social, Direitos Humanos


Funase

Iniciativa se dá por meio de uma parceria firmada com o CECH e busca garantir a melhoria no atendimento a essa população de internos e internas 


Gestores, agentes socioeducativos e equipe técnica - advogados, assistentes sociais, pedagogos e psicólogos – da Unidade de Atendimento Inicial (UNIAI) e do Centro de Internação Provisória (Cenip) Recife participaram das primeiras ações formativas ministradas pelo Centro Estadual de Combate à Homofobia (CECH). A iniciativa é resultado de uma parceria firmada entre o Centro e a Funase e tem como objetivo debater e sensibilizar o público participante sobre temas como respeito da identidade de gênero, orientação afetivo/sexual, LGBTIfobia institucional e direitos humanos.

As ações acontecem nas unidades da Região Metropolitana do Recife e se estenderão posteriormente ao Interior do Estado. A próxima formação está marcada para quinta-feira (22), no Cenip Santa Luzia. "Essas formações possibilitam que os funcionários da Funase tenham dimensão da importância de um tratamento respeitoso e digno com a população LGBTI. Ademais, através dos diálogos suscitados, é possível verificar os casos que ocorrem dentro dos estabelecimentos e refletir sobre as possíveis soluções”, explica Natalia Kajiya, advogada do CECH.

Durante o encontro, foram abordados temas como: direitos humanos, saúde integral, identidade de gênero e sexual, nome social e o enfrentamento a LGBTIfobia. Assistente social do Cenip Recife, Elis Gomes destaca a importância de ações formativas com esta temática. “Como recebemos esse público aqui, quanto mais informado estivermos, mais vamos ter subsídios para lidar com essa temática”, ressalta.

O Centro é um programa da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), órgão vinculado a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), que atua na garantia dos direitos e do respeito à livre orientação afetivo/sexual e identidades de gênero em Pernambuco. “Acreditamos que assim vamos diminuir principalmente a questão do preconceito com essa parcela da população que atendemos”, destaca a Diretora Geral da Política de Atendimento (DGPAT), Iris Borges. Para desenvolver esse trabalho o CECH conta com uma equipe técnica multidisciplinar composta por profissionais das áreas jurídica, de psicologia e assistência social.

AÇÃO EDUCATIVA - O ponta-pé inicial dessa parceria foi dado em maio, com uma ação educativa realizada no auditório da instituição, que contou com a participação da Diretora-Presidente da Funase, Nadja Alencar, diretores, assessores, supervisores e técnicos da instituição. No encontro foram abordados temas muitas vezes vistos como tabu, entre eles: Transexualidade (Homem e Mulher trans), Direitos Humanos e Cidadania LGBT (Nome Social, leis e resoluções) e Orientação Sexual (Bissexualidade, Homossexualidade e Heterossexualidade).


Assuntos: funase, sdscj, capacitação, cenip, cech, lgbtfobia, lgbt, atentes socioeducativos
Compartilhe: Link para o post: